Página 10 dos resultados de 398547 itens digitais encontrados em 0.164 segundos

‣ Perfil nutricional pre-operatorio de mulheres com cancer ginecologico e mamario; Nutritional status of patients with gynecologic and breast cancer

Renata Zorlini
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/12/2007 Português
Relevância na Pesquisa
35.889297%
Introdução: As mulheres com câncer ginecológico ou de mama apresentam, freqüentemente, alterações do estado nutricional como a desnutrição e a obesidade, devido à própria doença como também ao tratamento a que são submetidas: cirurgia, quimioterapia e/ou radioterapia. Tais alterações podem trazer complicações no pós-operatório como aumento do período de hospitalização, dos custos hospitalares e piora do prognóstico. Para identificar este problema, a avaliação nutricional pode ser o melhor método para tratar os distúrbios nutricionais, como a desnutrição e/ou a obesidade, melhorar a resposta terapêutica e o prognóstico das pacientes. Objetivo: Identificar o perfil nutricional pré-operatório de mulheres com câncer ginecológico ou mamário e correlacioná-lo à localização e estádio da doença e tratamentos oncológicos (quimioterapia e/ou radioterapia) prévios. Sujeitos e Métodos: Trata-se de um estudo de corte transversal com 250 mulheres avaliadas no pré-operatório de cirurgias oncologicas no CAISM/Unicamp, pelo Índice de Massa Corpórea e pela Avaliação Nutricional Subjetiva Global, no período de agosto de 2003 a abril de 2005. Para análise dos dados foram aplicados os testes Qui-Quadrado e Índice de Concordância entre os dois métodos...

‣ Identificação de polimorfismos em genes de reparo de DNA e de detoxificação como possíveis marcadores de susceptibilidade ao câncer de mama

Sereia, Aline Fernanda Rodrigues
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 1 v.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
35.889297%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós-graduação em Biotecnologia, Florianópolis, 2009; Câncer é um termo genérico utilizado para um grupo de doenças que pode afetar várias partes do corpo e caracteriza-se pela proliferação celular anormal que tende a ser agressiva determinando a formação de tumores. O câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais freqüente no mundo e o mais comum entre as mulheres. A cada ano, 22% dos novos casos de câncer em mulheres são de mama, apresentando altas taxas de mortalidade. Alguns processos biológicos, como o controle do ciclo celular, a apoptose, os processos de reparo de DNA lesado, vias metabólicas hormonais e de xenobióticos, estão intimamente ligados ao desenvolvimento de vários tipos de câncer, incluindo o câncer de mama. Genes que codificam proteínas e enzimas importantes para essas rotas podem conter mutações ou polimorfismos que podem contribuir para o desenvolvimento do câncer de mama. Esse trabalho procurou identificar possíveis marcadores genéticos de susceptibilidade ao câncer de mama através da análise de polimorfismos em genes de reparo de DNA e detoxificação em 162 mulheres diagnosticadas com câncer de mama e em 148 mulheres não afetadas pela doença e sem histórico familial da mesma...

‣ Câncer de boca

Cimardi, Ana Claudia Baladelli Silva
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 111 f.| grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
35.889297%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Odontologia; A American Câncer Society (ACS) define o câncer como um grupo de doenças representadas pela multiplicação desordenada de células defeituosas ou atípicas, que não conseguem serem rastreadas pelo sistema imunológico. Estima-se que, em 2020, o número de casos novos anuais seja da ordem de 15 milhões, sendo que, cerca de 60% desses, ocorrerão em países em desenvolvimento. Estima-se que um terço dos casos novos de câncer que ocorrem atualmente no mundo poderiam ser prevenidos. O câncer bucal é uma doença genética, complexa e multifatorial. É potencialmente fatal e continua a ter uma incidência global elevada, sendo considerado, assim, um problema de saúde pública. O objetivo deste estudo foi avaliar o conhecimento e a prática coletiva dos cirurgiões-dentistas (CDs) de Santa Catarina sobre câncer de boca, através do instrumento adaptado de DIB (2004). Participaram deste estudo 385 CDs distribuídos por mesorregiões do estado de Santa Catarina sorteados aleatoriamente e o instrumento utilizado foi o envio de questionários por correio convencional ou via internet (e-mail). Os resultados apontaram baixo interesse da população-alvo já que o retorno foi de 19...

‣ Detecção precoce do câncer de mama : conhecimento e prática de mulheres e profissionais da estratégia de saúde da família em Dourados/MS; Early detection of breast cancer : knowledge and practice of women and professionals of the Family Health Strategy in Dourados/ MS

Batiston, Adriane Pires
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
35.889297%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2009.; O câncer de mama é um grande problema de saúde pública. Diante da impossibilidade medidas de prevenção primária, que impeçam o desenvolvimento do câncer de mama, esforços vêm sendo direcionados para implementar medidas de prevenção secundária, por meio da detecção precoce. Em Dourados/MS, o programa de detecção precoce do câncer de mama é alicerçado em ações educativas, no exame clínico das mamas anual e seguimento adequado dos casos alterados. Este estudo teve como objetivo analisar o conhecimento e a prática da detecção precoce do câncer de mama das mulheres e dos profissionais médicos e enfermeiros na Estratégia de Saúde da Família no município de Dourados- MS. Foram estudadas 393 mulheres de 40 a 69 anos, cadastradas na estratégia de saúde da família e 8 profissionais da saúde. Os dados referentes às mulheres foram coletados por meio de um questionário estruturado e os dados foram analisados por meio de estatística descritiva e dos testes do qui-quadrado e exato de Fisher, com nível de significância de 5%. Os profissionais foram investigados por meio de uma entrevista semi-estruturada e os dados analisados por meio de abordagem qualitativa. Os resultados obtidos neste estudo mostraram que 86...

‣ Avaliação do registro de câncer de base populacional do município de Goiânia, estado de Goiás, Brasil; Evaluation of the population based cancer registry of the municipality of Goiânia, Goiás state, Brazil

Moura, Lenildo de; Curado, Maria Paula; Simões, Eduardo Jardim; Cezário, Antônio Carlos; Urdaneta Gutiérrez, Maria Margarita
Fonte: Secretaria de Vigilância em Saúde, Ministério da Saúde Publicador: Secretaria de Vigilância em Saúde, Ministério da Saúde
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
35.889297%
Os Registros de Câncer de Base Populacional (RCBP) constituem uma reconhecida ferramenta para vigilância e monitoramento das neoplasias, exercendo um papel fundamental para a Saúde Pública. Aplicar uma metodologia de avaliação permitirá dispor de informações relevantes quanto à qualidade e utilidade desses registros. A metodologia de avaliação aplicada foi baseada nas seguintes publicações: “Diretrizes para Avaliação de Sistemas de Vigilância”, dos Centers for Disease Control and Prevention (CDC) dos Estados Unidos da América; “Registros de Câncer: Princípios e Métodos” (manuais) e “Comparabilidade e Controle de Qualidade nos Registros de Câncer”, ambas da Agência Internacional para Pesquisa sobre o Câncer (IACR)/Organização Mundial da Saúde (OMS); e “Manual de Rotinas e Procedimentos para Registros de Câncer de Base Populacional”, do Instituto Nacional do Câncer do Ministério da Saúde (Inca/MS). O RCBP do Município de Goiânia, Estado de Goiás, Brasil, mostrou-se complexo em sua operacionalização, porém flexível, oportuno, útil e representativo. Os indicadores de qualidade aferidos validam a importância e o papel das informações geradas pelos RCBP enquanto subsídios à implementação de políticas públicas de prevenção e controle do câncer. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT; Population Based Cancer Registries (RCBP) constitute a recognized tool for cancer surveillance and monitoring...

‣ Análise do papel de mediadores inflamatórios na manutenção do estado tumoral no modelo câncer de próstata in vitro

Fontenele, Rafaela Salgado
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
35.889297%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Biologia Molecular, 2014.; O câncer de próstata é a segunda neoplasia mais frequente em homens no mundo e também no Brasil. Os fatores de risco mais consolidados para o seu desenvolvimento são a idade avançada, histórico familiar e fatores ambientais. Um dos fatores ambientais mais estudados é a inflamação, que pode ser desencadeada por agentes infecciosos, hábitos alimentares, mudanças hormonais, alterações fisiológicas como refluxo de urina ou traumas físicos. Entretanto, em alguns casos, amostras histopatológicas da próstata podem apresentar infiltrado inflamatório sem motivo aparente. Neste contexto, a proposta foi avaliar o papel dos mediadores inflamatórios presentes no microambiente inflamatório tumoral e a sua relação com a dinâmica celular do câncer de próstata. Para simular o microambiente inflamatório tumoral, foi utilizado meio condicionado de células mononucleares de sangue periférico humano, estimuladas ou não com moduladores inflamatórios, nas linhagens celulares de câncer de próstata DU145 e LNCaP. Das citocinas avaliadas, foi detectada a secreção de IL-1β e IL-6. A secreção de IL-1β indica que há formação do inflamassoma e ativação de caspase1. Observou-se aumento da expressão do receptor NLRP3 nas linhagens celulares DU145 e LNCaP e também aumento ou diminuição na clivagem de PARP1 dependendo do estímulo inflamatório. Esses dados juntamente com a observação de fragmentação de DNA...

‣ Mortalidade por câncer de mama nas mulheres brasileiras no período de 1980 a 2009; Breast cancer mortality trends among brazilian women from 1980 to 2009

GONZAGA, Carolina Maciel Reis
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde - Medicina Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde - Medicina
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
35.889297%
Introduction: Breast cancer is the principal cause of death from cancer in women in Brazil and worldwide. Brazil has important social differences, therefore, to understand the mortality rates for female breast cancer, it is necessary to look at the issue of spatial inequalities in income and opportunities characteristic of Brazilian society. Aim: To describe the temporal evolution of breast cancer mortality in Brazil, in its macro-regions and Federal States from 1980 to 2009. Materials and Methods: Ecological time series, using data on deaths from breast cancer registered in the Mortality Information System (SIM/MOH) and the data of population census by the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE). Mortality trends analysis was performed using Poisson s regression model. Results: for Brazil it was observed a 0.4% stabilization trend in women breast cancer mortality since 1994 (95% CI -01 0.8; p = 0.08). Southeast regions showed decreasing trends -0.9% (95% CI -1.6 -0.2; p = 0.01), in South it was observed a -0.3% stabilization (95% CI -1.0 0.3; p = 0.31), whereas the Northeast region stands out with a higher 5.3% increasing trends per year (95% CI 3.9 6.7; p <0.01). A significant decreasing mortality trend was observed in São Paulo -1.9% (95% CI -2.9 -0.9; p < 0.01)...

‣ Avaliação transversal da qualidade de vida de cuidadores de crianças e adolescentes com câncer por meio de um instrumento genérico – “36 item short form health survey questionnaire”(SF-36); Cross-sectional assessment of the quality of life of caregivers of children and adolescents with cancer using the generic instrument “36 item Short Form Health Survey Questionnaire”

Cunha, Cristiane Martins
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
35.889297%
O câncer em crianças e adolescentes pode repercutir na saúde e bem estar tanto dos portadores como de toda família. Ao longo do tempo, experiências com a dor, sofrimento e possibilidade de morte são fontes de instabilidade emocional, familiar e social, principalmente para os pais, que são geralmente os responsáveis diretos pelos cuidados de seus filhos. O presente estudo teve como objetivos avaliar a qualidade de vida relacionada à saúde de cuidadores de crianças e adolescentes com câncer por meio de um instrumento genérico - “36-item Short Form Health Survey Questionnaire” (SF-36) e verificar as propriedades psicométricas desse instrumento. O SF-36 foi aplicado em 73 cuidadores (idade média = 38,4 anos; DP = 8,5) de crianças e adolescentes com câncer (idade média = 10,4 anos; DP = 3,7). Os escores dos domínios do SF-36 obtidos foram comparados com os de cuidadores sem doença crônica (idade média = 37,2 anos; DP = 9,1) de crianças e adolescentes saudáveis (grupo controle), segundo o tipo de câncer (sistema nervoso central, leucemias e tumores sólidos), a fase do tratamento e a presença de doença crônica ou transtorno de humor nos cuidadores. As propriedades psicométricas (qualidade dos dados, a confiabilidade e a validade) do SF-36 foram verificadas. Observou-se efeito teto em cinco domínios. A confiabilidade (coeficiente alfa Cronbach>0...

‣ Seleção e caracterização de peptídeos miméticos a proteínas tumorais no estadiamento clínico-patológico do câncer de próstata

Fujimura, Patrícia Tieme
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
35.889297%
O câncer de próstata (CaP) tem sido considerado a segunda causa de óbitos por tumor em homens, sendo superado apenas pelo câncer de pulmão. A investigação clínica do CaP baseia-se no exame físico, através do toque retal, na ultrassonografia transretal e no exame sorológico do PSA. No entanto, devido a altas taxas de falso-positivo associado à hiperplasia benigna da próstata (HPB), têm estimulado muitos pesquisadores a identificar novos antígenos ou genes específicos do câncer de próstata, a estudar o reconhecimento molecular em câncer, além de buscar ferramentas inovadoras de diagnósticos e prognósticos, que ao serem associados aos novos biomarcadores, promovem o desenvolvimento de plataforma de detecção mais rápido que auxilie a conduta clínica a terapias específicas. Neste trabalho, foram isolados peptídeos reconhecidos por anticorpos purificados a partir do soro de pacientes com câncer de próstata por meio da metodologia de Phage Display, e padronizou-se o acoplamento dos fagos às microesferas para o desenvolvimento de uma plataforma de diagnóstico. Para seleção dos peptídeos foi realizado um bioppaning subtrativo, seguida de uma seleção positiva utilizando uma biblioteca de peptídeos Ph.D.-C7C expressa na superfície do fago filamentoso M13. O DNA dos clones selecionados foi seqüenciado...

‣ Les variations géographiques de la mortalité par cancer au Québec en relation avec l’incidence et la létalité, 2000-2004

Bergeron, Edith
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
35.889297%
Le cancer occupe le premier rang parmi les causes de décès au Québec. Les taux de mortalité diffèrent cependant à travers les régions du Québec. En considérant les territoires des Centres de santé et de services sociaux (CSSS), ce mémoire propose dans un premier temps d’étudier la distribution des taux de mortalité pour les principaux sièges de cancer, d’identifier les régions où une différence significative du taux avec le reste du Québec est perceptible et d’approfondir des éléments impliqués dans la mortalité, soit l’incidence et la létalité. D’autre part, dans le but d’expliquer les variations des taux de mortalité, des variables socio-économiques liées aux territoires retenus serviront de variables explicatives au modèle de régression utilisé. Les résultats ont permis de constater que c’est pour le cancer du poumon que les écarts significatifs sont les plus nombreux. Quant au cancer colorectal, un seul territoire présentait un écart significatif. Pour ce qui est du cancer de la prostate et du sein, aucun écart n’est perceptible dans les taux de mortalité. Concernant la partie explicative de la mortalité, dans le cas du cancer du poumon, les taux d’incidence sont fortement corrélés aux taux de mortalité. On ne peut cependant faire le même constat pour les cancers colorectal...

‣ Role of the protein tyrosine phosphatase DEP-1 in Src activation and the mediation of biological cell functions of endothelial and breast cancer cells

Spring, Kathleen
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
35.889297%
L’implication des protéines tyrosines phosphatases (PTPs) dans la régulation de la signalisation et la médiation des fonctions cellulaires a été bien établie dans les dernières années. Cependant, les mécanismes moléculaires par lesquels les PTPs régulent les processus fondamentaux tels que l’angiogenèse demeurent méconnus. Il a été rapporté que l’expression de la PTP DEP-1 (Density-enhanced phosphatase 1) augmente avec la densité cellulaire et corrèle avec la déphosphorylation du récepteur VEGFR2. Cette déphosphorylation contribue à l’inhibition de contact dans les cellules endothéliales à confluence et diminue l’activité du VEGFR2 en déphosphorylant spécifiquement ses résidus catalytiques Y1054/1059. De plus, la plupart des voies de signalisation en aval du VEGFR2 sont diminuées sauf la voie Src-Gab1-AKT. DEP-1 déphosphoryle la Y529 de Src et contribue à la promotion de la survie dans les cellules endothéliales. L’objectif de cette thèse est de mieux définir le rôle de DEP-1 dans la régulation de l’activité de Src et les réponses biologiques dans les cellules endothéliales. Nous avons identifié les résidus Y1311 et Y1320 dans la queue C-terminale de DEP-1 comme sites majeurs de phosphorylation en réponse au VEGF. La phosphorylation de ces résidus est requise pour l’activation de Src et médie le remodelage des jonctions cellules-cellules dépendantes de Src. Ce remodelage induit la perméabilité...

‣ Characterisation of the co-chaperone small glutamine-rich tetratricopeptide repeat containing protein alpha as a regulator of androgen receptor activity in prostate cancer cells.

Trotta, Andrew Paul
Fonte: Universidade de Adelaide Publicador: Universidade de Adelaide
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
35.889297%
Prostate cancer remains one of the leading causes of cancer related morbidity and mortality in Australian men. The androgen receptor (AR) is an intracellular transcription factor that mediates the biological actions of circulating androgens to drive the growth and survival of prostate cancer cells. However, current treatment options for non-localised, advanced stage prostate cancer invariably fail, which is a consequence of continued AR signalling during all stages of disease progression. Therefore, understanding the regulatory mechanisms of AR action is essential for the development of more effective therapies. Molecular regulation of the AR can occur during the process of protein maturation. This includes the incorporation of tetratricopeptide repeat (TPR) containing co-chaperones into the heat shock protein 90 (Hsp90) molecular chaperone complex, which collectively acts to generate AR proteins capable of high affinity ligand binding, nuclear translocation and gene regulation. The co-chaperone small glutamine-rich TPR containing protein alpha (SGTA) acts to restrict AR nuclear translocation and thereby regulate AR transcriptional activity. The clinical implications of SGTA are evident by a decline in protein levels with prostate cancer progression. The loss of SGTA may therefore disrupt the regulatory process of AR cytoplasmic retention...

‣ Lung cancer is associated with decreased expression of perforin, granzyme B and interferon (IFN)-γ by infiltrating lung tissue T cells, natural killer (NK) T-like and NK cells; Lung cancer is associated with decreased expression of perforin, granzyme B and interferon (IFN)-gamma by infiltrating lung tissue T cells, natural killer (NK) T-like and NK cells

Hodge, G.; Barnawi, J.; Jurisevic, C.; Moffat, D.; Holmes, M.; Reynolds, P.N.; Jersmann, H.; Hodge, S.
Fonte: Wiley Publicador: Wiley
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
35.889297%
There is a limited understanding how of lung cancer cells evade cytotoxic attack. Previously, we have shown reduced production of the cytotoxic mediator granzyme B by CD8(+) T cells in lung cancer tissue. We hypothesized that lung cancer would be further associated with decreased production of granzyme B, perforin and proinflammatory cytokines by other cytotoxic lymphocytes, natural killer (NK) T-like and NK cells, and that this would result from soluble mediators released by the cancer cells. Lung cancer and non-cancer tissue from five patients was identified by experienced pathologists. Tumour necrosis factor (TNF)-α, interferon (IFN)-γ, granzyme B and perforin were measured in CD4 and CD8(+) T, NK T-like cells and NK cells by flow cytometry. Correlation between cancer stage and granzyme B was analysed retrospectively for 21 patients. The effects of soluble factors released by lung cancer cells on production of cytotoxic mediators and cytokines was assessed, and the role of prostaglandin E2 (PGE)2 /COX investigated using indomethacin inhibition. There were significantly decreased percentages of T, NK T-like and NK cells expressing perforin, TNF-α and IFN-γ in cancer versus non-cancer tissue, and of CD8(+) T cells and CD8(+) NK T-like cells expressing granzyme B (e.g. NK T-like cells: non-cancer 30% ± 7 versus cancer 6% ± 2·5). Cancer cells released soluble factors that inhibited granzyme B...

‣ "A criança com câncer vivenciando a reinserção escolar: estratégia de atuação do psicólogo". ; The child with cancer living deeply the pertaining to school reinsection: strategy of performance of the psychologist

Moreira, Gisele Machado da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/06/2002 Português
Relevância na Pesquisa
35.889297%
Dentro da perspectiva de integrar a criança com câncer à escola para a manutenção de seu desenvolvimento psicossocial, este estudo se propõe a ouvir crianças sobre sua vivência de voltar à escola durante seu tratamento oncológico, após um trabalho informativo realizado com seus colegas e professores. Seguindo todas as normas éticas atuais recomendadas, foram identificadas, no Setor de Pediatria e Puericultura do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo (HCFMRP-USP), oito crianças, de cinco a onze anos, participantes do estudo. Foi proposto a elas e a suas mães o desenvolvimento desta pesquisa, que se deu através da realização de um trabalho informativo sobre o câncer infantil a partir da apresentação do desenho animado pela Turma do Snoopy “Não tem choro”, a fim de proporcionar esclarecimentos sobre a doença e tratamento aos colegas e professores. Aproximadamente trinta dias após sua volta às aulas, em um de seus retornos hospitalares, foi feita uma entrevista com as crianças no HCFMRP-USP, a partir da seguinte questão: “Gostaria que você me contasse como está sendo voltar para a escola depois deste tempo que você passou afastado para se tratar”. As entrevistas foram gravadas...

‣ Subtipos clínico-patológicos de carcinoma de mama e sua relação com a expressão da COX2 e da p53 = : Clinico-pathological subtypes of breast cancer related to COX2 and p53; Clinico-pathological subtypes of breast cancer related to COX2 and p53

Kátia Piton Serra
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/05/2014 Português
Relevância na Pesquisa
35.889297%
Introdução: Na última década, doferentes subtipos moleculares de cancer de mama foram propostos. A classificação clinic-patológicas dos subtipos vem comprovando ser estratégica para predizer sobrevida e resposta ao tratamento. Modificação recente da classificação considera a avaliação semiquantitativa da expressão dos RP no curso clínico e resposta ao tratamento. Embora exista associação apreciável com o prognóstico e indicação de terapia citotóxica e endócrina, os subtipos parecem falhar em explicar completamente o comçortamento da doença e a resposta ao tratamento. Moléculas como as da família das cicloxigenases (COX), composta por três entidades (COX 1, 2 e 3) vem demonstrando associação com a carcinogênese mamária, e a análise da expressão da p53 nos tumores de mama pode também oferecer informações adicionais para determinação do prognóstico. Objetivos: Foi avaliada a associação entre os subtipos clinic-patológicos do cancer de mama com o prognóstico e fatores preditivos em uma relativamente grande casuística de pacientes Brasileiras com câncer de mama, que foram acompanhadas por cerca de quatro anos. Foram discutidas as vantagens e possíveis ressalvas relacionadas à nova classificação. Também foi mensurada a expressão da COX2 e da p53 em relação aos subtipos clínico-patológicos e avaliada se a expressão destas molécular poderia explicar a variabilidade no prognóstico ainda encontrada entre os subtipos clínico-patológicos do câncer de mama. Metodologia: Um total de 183 amostras de cancer de mama foram obtidas de mulheres tratadas no Hospital da Mulher da Universidade Estadual de Campinas...

‣ As práticas preventivas para o câncer de mama, do colo de útero e da próstata em município do Estado de São Pauo, Brasil : um olhar sobre a equidade; Preventive practices breast, uterine and prostate cancer in municipalities in the state of São Paulo, Brazil : a view of equity

Vivian Mae Schmidt Lima Amorim
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/08/2010 Português
Relevância na Pesquisa
35.889297%
Justificativa: O câncer de mama, do colo de útero e de próstata são neoplasias importantes na incidência e na mortalidade no Brasil e são agravos que dispõem de métodos de rastreamento para detecção precoce oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Existe a necessidade de se identificar os grupos de mulheres e de homens que não realizam os exames de detecção precoce para esses agravos, como forma de implementar as estratégias para captação desses indivíduos visando minimizar as desigualdades sociais ainda existentes em relação ao acesso aos serviços de saúde. Objetivos: Analisar as práticas de detecção precoce para o câncer de mama, do colo uterino e de próstata, segundo características sociodemográficas, filiação a planos privados de saúde, morbidade e comportamentos relacionados à saúde. Material e Métodos: Estudo do tipo transversal, de base populacional, que teve como população de estudo todos os indivíduos do sexo feminino com idade de 20 a 69 anos residentes no município de Campinas, participantes do ISACAMP 2008/2009 e homens com idade superior a 50 anos residentes nos municípios de Campinas, Botucatu, Taboão da Serra, Embu e o distrito do Butantã em São Paulo, participantes do ISA-SP 2002/2003. Para a obtenção da amostra...

‣ Compreendendo o brincar da criança com câncer por meio do brinquedo terapêutico dramático; Understanding the play of children with cancer through the dramatic therapeutic play

Marileise Roberta Antoneli Fonseca
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/07/2014 Português
Relevância na Pesquisa
35.889297%
Com a evolução do tratamento oncológico nas últimas décadas, o câncer infantil passou de uma doença aguda, com morte inevitável, para crônica com possibilidade de cura. Essa mudança de representação do câncer infantil contribuiu para uma ampliação na forma de assistir à criança com câncer para além dos aspectos biológicos e fisiológicos, incluindo as necessidades emocionais e sociais, exigindo assim o uso de técnicas adequadas de comunicação e relacionamento. O brinquedo terapêutico tem sido utilizado na assistência à saúde das crianças como um recurso para propiciar o alívio das tensões e promover a comunicação entre elas e os profissionais de saúde, seja para traçar metas de assistência e cuidado, seja para favorecer a formação de vínculos e, enfim, promover um cuidado integral à criança doente. O presente estudo teve como objetivo compreender o brincar da criança pré-escolar em tratamento oncológico por meio do brinquedo terapêutico dramático. Optou-se pela modalidade de pesquisa qualitativa, na perspectiva da fenomenologia ¿ análise da estrutura do fenômeno situado, para a compreensão do brincar das crianças com câncer. Foram analisadas 26 sessões de brinquedo terapêutico dramático realizadas com cinco crianças com câncer...

‣ Cancer Care and Control; South-South Knowledge Exchange

Schneidman, Miriam; Jeffers, Joanne; Duncan, Kalina
Fonte: World Bank, Washington, DC Publicador: World Bank, Washington, DC
Tipo: Working Paper; Publications & Research :: Working Paper; Publications & Research
Português
Relevância na Pesquisa
35.889297%
Worldwide, deaths from cancer exceed those caused by human immunodeficiency virus (HIV) and acquired immunodeficiency syndrome (AIDS), tuberculosis, and malaria combined. Seventy percent of deaths due to cancer occur in low-and middle-income countries, which are often poorly prepared to deal with the growing burden of chronic disease. Over a period of 18 months, the cancer care and control South-South knowledge exchange brought together a group of stakeholders from five countries in Africa - Botswana, Kenya, Rwanda, Uganda, and Zambia to share experiences, lessons, and good practices through a set of video conferences and a site visit to Zambia. All five countries have demonstrated commitment, initiated various cancer control and cancer screening programs, and expressed interest in sharing their experiences. The knowledge exchange on cancer care and control aimed to raise awareness, increase knowledge of effective strategies, and strengthen regional collaboration in cancer control planning and expanding equitable access to cancer treatment. This paper presents highlights of the country experiences shared...

‣ Significació pronòstica de l'estatus mutacional del gen K-RAS en càncer de còlon. Estudi retrospectiu.

Surrallés Calonge, M.Lluïsa; Surrallés Calonge, Jordi
Fonte: [Barcelona] : Universitat Autònoma de Barcelona, Publicador: [Barcelona] : Universitat Autònoma de Barcelona,
Tipo: Tesis i dissertacions electròniques; info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
35.889297%
El càncer colorectal és el tipus de neoplàsia més comuna en els països desenvolupats i representa la segona causa de mort per càncer. Per tant, el coneixement de les bases moleculars implicades en la carcinogènesi poden facilitar el diagnòstic i el tractament del càncer. Un dels gens implicats en les bases moleculars del càncer de còlon és el proto-oncogèn K-RAS. El gen K-RAS es localitza en el cromosoma 12 i codifica per la proteïna K-RAS. El proto-oncogèn K-RAS s'activa específicament per mutacions puntuals en el codó12 (aproximadament el 82% de totes les mutacions) i el codó13 (aproximadament el 17%) de l'exó 2 del gen K-RAS. S'han descrit altres mutacions en el codó 61 i 146, representant aproximadament entre 1-4 %. En el càncer colorectal aquestes alteracions es presenten en aproximadament el 40% dels casos. Aquestes mutacions provoquen canvis en l'activitat GTPasa i ocasionen acumulació de la proteïna RAS en el seu estat actiu (unida a GTP). La proteïna mutada altera les vies de trasducció de senyals mitogèniques produint-se l'estimulació del creixement cel·lular i l'expansió clonal. L'estadiatge del càncer colorectal es basa en una sèrie de criteris clinicopatològics que es tenen en compte per l'elecció del tractament al qual es sotmetrà el pacient. Pels tractaments actuals es necessita conèixer les bases biològiques i moleculars dels tumors per poder oferir el tractament més correcte...

‣ Post-sampling mortality and non-response patterns in the English Cancer Patient Experience Survey: Implications for epidemiological studies based on surveys of cancer patients

Abel, Gary A.; Saunders, Catherine L.; Lyratzopoulos, Georgios
Fonte: Elsevier Publicador: Elsevier
Tipo: Article; accepted version
Português
Relevância na Pesquisa
35.889297%
This is the author accepted manuscript. It is currently embargoed pending publication.; BACKGROUND: Surveys of the experience of cancer patients are increasingly being introduced in different countries and used in cancer epidemiology research. We examine how sampling processes, post-sampling mortality and survey non-response influence the representativeness of cancer patient surveys. METHODS: We examined predictors of post-sampling mortality and non-response among patients initially included in the sampling frame of the English Cancer Patient Experience Survey. We also compared the respondents? diagnostic case-mix to other relevant populations of cancer patients, including incident and prevalent cases. RESULTS: Of 109,477 initially sampled cancer patients, 6,273 (5.7%) died between sampling and survey mail-out. Older age and diagnosis of brain, lung and pancreatic cancer were associated with higher risk of post-sampling mortality. The overall response rate was 67% (67,713 respondents), being >70% for the most affluent patients and those diagnosed with colon or breast cancer and <50% for Asian or Black patients, those under 35 and those diagnosed with brain cancer. The diagnostic case-mix of respondents varied substantially from incident or prevalent cancer cases. CONCLUSIONS: Respondents to the English Cancer Patient Experience Survey represent a population of recently treated cancer survivors. Although patient survey data can provide unique insights for improving cancer care quality...