Página 10 dos resultados de 741 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

‣ As fusões no sistema integrado de crédito agrícola mútuo português

Cabo, Paula
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
38.483547%
As fusões no Sistema Integrado de Crédito Agrícola Mútuo (SICAM) português, no período 1995-2001, constituem o objecto de estudo deste trabalho, através do qual se pretende compreender o porquê das fusões nas Caixas de Crédito Agrícola Mútuo (CCAM), com recurso à identificação dos factores inerentes às mesmas e a avaliação do seu impacto sobre a performance ex-post das CCAM. É apresentada, de forma breve, a evolução do Crédito Agrícola em Portugal desde a sua génese até ao presente, focando as mudanças legislativas ocorridas e analisando alguns indicadores de actividade na última década, como o crédito e os depósitos, a margem financeira e os resultados líquidos. Conclui-se com uma referência ao processo de reestruturação do SICAM, iniciado em 1992, como introdução para o trabalho empírico. Segue-se uma síntese dos factores inerentes à fusões e aquisições no sector bancário, focando-se as razões que a literatura aponta como determinantes da decisão de fusão, bem como, os principais resultados dos estudos empíricos. As motivações para a fusão são divididas em razões ligadas à performance económica da empresa e motivações relacionadas com o papel dos gestores. No primeiro caso...

‣ O comportamento das Caixas de Crédito Agrícola Mútuo no sistema bancário português, com especial atenção à crise financeira de 2009

Teixeira, José Miguel Dinis
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
38.448875%
A proliferação da crise financeira de 2009 teve impactos nefastos nos balanços das instituições financeiras mundiais que acabaram por se refletir na deterioração da economia. Neste contexto, este trabalho procura refletir sobre a bibliografia dos efeitos da crise nas principais atividades dos bancos no sistema bancário internacional e, tendo em conta o exemplo do Crédito Agrícola, caraterizar as instituições especializadas no setor rural e o papel do crédito no apoio à agricultura. O presente relatório visa também descrever o período de estágio curricular realizado no departamento comercial da sede administrativa da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo Douro, Corgo e Tâmega. Começa por apresentar a entidade de acolhimento, seguido do enquadramento do estágio e da enumeração das principais tarefas desenvolvidas. Por fim, é efetuado o estudo de caso como forma de análise do comportamento das Caixas de Crédito Agrícola Mútuo nos últimos anos. Estas entidades, ao contrário da maior parte dos bancos portugueses, detinham à entrada da crise um elevado montante de recursos próprios, provenientes da política vigente de captação de depósitos. Apesar destas características, a dinâmica na concessão de crédito não foi suficiente para evitar a contração dos empréstimos durante o período de crise.; Relatório de estágio do mestrado em Economia (Economia Industrial)...

‣ Uma avaliação do capital regulatório no sistema bancário; An analysis of the regulatory capital of the banking system

Gonzalez, Rodrigo Barbone
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/04/2012 Português
Relevância na Pesquisa
38.483547%
Esse estudo avalia a adequação dos requerimentos absolutos de capital no Brasil para bancos pequenos e grandes separadamente e investiga os requerimentos de capital mínimo para risco de crédito nas diferentes abordagens de Basiléia, em especial o impacto da adoção dos modelos dos ratings internos (IRB) conforme o Edital BCB n. 37/11. Além disso, propõe e avalia a abordagem padronizada dos ratings centralizados, CRBA, para cálculo do Capital Mínimo Exigido (CME) em bancos pequenos e que é baseada na abordagem padronizada em vigor na Europa, mas voltada para dados disponíveis nas Centrais de Risco. A CRBA pertence à família dos modelos internos e busca contribuir com as recentes discussões sobre a reforma regulatória bancária na Europa e nos Estados Unidos. Para os três objetivos mencionados, as metodologias adotadas foram: 1) o Valuet-at-Risk (VaR) não paramétrico de Crédito (CVaR) de Carey (2002) e o paramétrico Creditrisk+ para estimar o capital econômico do Sistema Bancário; seguido da 2) estimação amostral e avaliação do capital regulatório para bancos pequenos e grandes nas abordagens IRB, Basileia 1, abordagem padrão simplificada (SSA); além da 3) avaliação da abordagem proposta nesse estudo, a CRBA. A performance de todas essas abordagens é avaliada frente a cenários de stress ad hoc e durante a Crise de 2008-2009. Os dados utilizados foram exposições de crédito aleatórias colhidas da Nova Central de Risco do Banco Central do Brasil (SCR). Os principais resultados desse estudo são: 1) sugerir um capital regulatório total (Patrimônio de Referência mais provisão) para bancos grandes de 17...

‣ Análise setorial das empresas de cal na região da agência de Colombo - PR

Hartrampf, Cristiano Gilberto
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
38.404568%
Esta monografia tem como foco principal identificar as variáveis mais relevantes para a definição do risco setorial das empresas atuantes no setor de extração minerais não metálicos na região de Colombo-PR. A fundamentação teórica foi realizada através de pesquisa bibliográfica, com informações relacionadas ao crédito bancário e aos riscos que os Bancos estão sujeitos, com destaque para o risco setorial de crédito. Foi adotado a análise dos dados contábeis, com procedimentos de estudo multi-caso, e realização de pesquisa do tipo descritiva, tendo como objeto de estudo a prática adotada por quatro das maiores empresas de cal de Colombo. Foram verificadas as análises através dos balanços, índices vertical e horizontal e da indústria. Também foi analisado o processo de crédito no seu aspecto qualitativo e quantitativo, com a utilização dos chamados “C’s” do crédito, que correspondem as iniciais de Condições, Caráter, Capacidade, Capital, Conglomerado e Colateral. A metodologia utilizada esta baseada no estudo científico de Maura Quinn Hunter (1998), realizado nos Estados Unidos sobre a concentração da indústria. Neste contexto, concluiu-se que é primordial a gestão de carteiras de crédito e do risco setorial dentro de uma organização bancária...

‣ Uma análise da evolução do spread bancário no Brasil após a implantação do plano real

Pereira, Fernanda Dalila
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 61 f.
Português
Relevância na Pesquisa
38.411494%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Sócio-Econômico. Economia.; Frente ao problema de alto custo e escassez do crédito no Brasil, este trabalho tem o objetivo de analisar a evolução do spread bancário das instituições financeiras no país e compreender, assim, os fatores responsáveis por este quadro que tanto dificulta o desenvolvimento social. Foi utilizado como fonte principal os estudos realizados pelo Banco Central do Brasil, publicados a partir do ano de 1999. Como resultado, esse trabalho demonstra que o spread bancário no país é influenciado tanto por fatores microeconômicos como fatores macroeconômicos. E no que diz respeito aos componentes do spread bancário nacional, podem ser reduzidos através da sua diluição com o aumento no número de operações creditícias, ou ainda, dependem da estabilidade macroeconômica e ações externas para serem diminuídos.

‣ A China no Séc. XXI : a evolução do sistema bancário e o futuro das reformas económicas

Dias, Margarida Maria Pinheiro Godinho
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /03/2004 Português
Relevância na Pesquisa
38.491704%
Mestrado em Desenvolvimento e Cooperação Internacional; As reformas económicas na China realizadas, depois de 1978, por Deng Xiaoping deram origem a um crescimento impressionante, no maior país do mundo em transição para uma economia de mercado. Embora a China tenha evitado o colapso cambial durante a crise asiática de 1997 (em parte, devido à não convertibilidade total do renminbi), o seu sector bancário é muito frágil, uma vez que os maiores bancos estatais – “The Big Four”- estão descapitalizados e detêm uma enorme percentagem de créditos irrecuperáveis nos seus balanços. Durante o período da reforma, a fragilidade financeira foi aumentando devido à evolução de relações triangulares entre o sistema fiscal, as empresas estatais e os bancos estatais que tinham por hábito conceder créditos de acordo com o Plano de Crédito imposto pelo governo. Para reduzir a crise financeira e tentar construir um sistema bancário sólido, o governo chinês introduziu um conjunto de medidas que incluíam melhoramentos na supervisão financeira e na regulamentação, recapitalização dos bancos estatais e criação de quatro AMCs (Companhias de gestão de activos) para gerir e reduzir o crédito malparado. Mas esta política não teve sucesso...

‣ O Sistema Bancário Português: Eficiência e outras propostas de valor

Silva, Catarina Pita de Vasconcelos Coelho da
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 22/09/2010 Português
Relevância na Pesquisa
38.411494%
Mestrado em Ciências Económicas; O Sistema Bancário Português (SBP) tem evoluído ao longo dos últimos vinte anos, não só ao nível do desempenho financeiro e do número de instituições bancárias que o compõe, como ao nível, dos objectivos económicos que pautam os gestores destas empresas. O aumento da concorrência e a globalização estão na base da procura de melhores práticas de mercado e na crescente procura da produtividade e da eficiência das instituições. A utilização do método paramétrico, Stochastic Frontier Analysis (SFA), permitiu estudar a eficiência de vinte e quatro Instituições Financeiras (IF), que operaram em Portugal entre 2000 e 2008. Assume-se como premissa que a eficiência do SBP é dada por factores empresariais, nomeadamente pelo Resultado Líquido das Instituições e não se adopta a Teoria da Intermediação dos Mercados Financeiros. Conclui-se que o total do activo, os recursos captados, o crédito concedido e rácio custos sobre o produto bancário (ou, cost to income), permitem explicar a eficiência técnica do SBP, com nível de significância de 95%. A eficiência técnica ronda os 70%, aumentando apenas quando introduzido o efeito conjunto entre o total do activo e o volume de crédito concedido...

‣ Espaço geográfico, sistema bancário e a hipercapilaridade do crédito no Brasil

Contel,Fabio Betioli
Fonte: Universidade Federal da Bahia - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas - Centro de Recursos Humanos Publicador: Universidade Federal da Bahia - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas - Centro de Recursos Humanos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2009 Português
Relevância na Pesquisa
38.511545%
O presente artigo tem por objetivo a análise do funcionamento atual do sistema bancário brasileiro, sob uma perspectiva geográfica. Fixando a periodização do estudo a partir da instalação do Plano Real (1994), foi possível identificar quais as principais alterações nos conteúdos técnicos e normativos do território brasileiro que têm relação direta com o desenvolvimento recente do sistema bancário nacional. Dentre as principais novidades desse sistema, foi dado destaque a três questões: o maciço processo de privatização dos bancos públicos estaduais; a implementação do Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB); e a difusão das novas formas de prestação de serviços bancários (Correspondentes Bancários, cartões de crédito/débito e internet banking principalmente), possibilitada pelos objetos informacionais que vêm sendo instalados no território desde as últimas décadas do século XX.

‣ Determinantes macroeconômicos do spread bancário no Brasil: teoria e evidência recente

Oreiro,José Luís da Costa; Paula,Luiz Fernando de; Silva,Guilherme Jonas Costa da; Ono,Fábio Hideki
Fonte: Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
38.411494%
No Brasil, em razão do sucesso do processo de estabilização de preços, da maior abertura e integração ao mercado financeiro internacional e, mais recentemente, da adoção de um regime de taxa de câmbio flutuante, esperava-se que os spreads bancários iriam, em algum grau, convergir para os níveis internacionais, o que acabou por não acontecer. De fato, um dos principais fatores que impedem o crescimento do crédito no Brasil - cuja relação crédito/PIB tem caído de forma acentuada de 1994 aos dias de hoje - são as elevadíssimas taxas de juros dos empréstimos que têm sido praticadas no País. O presente artigo tem por objetivo aprofundar a discussão sobre a determinação do spread bancário no Brasil, procurando mostrar que os determinantes ma-croeconômicos são fatores importantes a serem considerados na explicação do comportamento do spread no País. Para tanto, realiza-se uma análise de regressão múltipla com o intuito de identificar as variáveis macroe-conômicas que podem estar influenciando direta ou indiretamente o spread no Brasil no período 1994/2003. O artigo apresenta evidências de que a elevada volatilidade da taxa de juros e seu nível são os determinantes macroeconômicos principais do elevado spread bancário no Brasil.

‣ O crédito consignado no Brasil: decifra-me ou te devoro

Catalan, Marcos
Fonte: Revista dos Tribunais Publicador: Revista dos Tribunais
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
38.371936%

‣ Fundos constitucionais e Banco do Nordeste: uma análise das liberações considerando a lógica de operação do sistema bancário nacional

Quiante, Wynghpal
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
38.483547%
O presente trabalho tem por objetivo analisar os fundos constitucionais de desenvolvimento do Norte e do Nordeste, para tanto iremos considerar o perfil dos municípios receptores dessas regiões. Para realizar essa análise, dividiu-se o trabalho em cinco capítulos. O primeiro capítulo irá realizar uma reflexão sobre as economias monetárias de produção, a fim de observar como essas afetam as decisões dos agentes econômicos no momento de suas decisões. Assim, procuramos desenvolver nesse capítulo quais são os estágios da evolução bancária. Enquanto que, o segundo capítulo discorre sobre as evoluções de crédito dos bancos públicos e privados, do crédito direcionado, créditos livres e créditos de investimento, o custeio e a comercialização, de forma que se possam destacar quais desses dois tipos de bancos lideraram na liberação do crédito. Além disso, procuramos avaliar a lógica de operação do sistema bancário e o ajuste de portfólio de cinqüenta maiores bancos do Brasil. Já o terceiro capítulo apresenta a nova conformação do sistema financiamento agrícola, a evolução do Sistema Nacional de Credito Rural e a distribuição do mesmo para as regiões Norte Nordeste. O quarto capítulo analisa a evolução da legislação...

‣ La desigualdad del ingreso y los mercados de crédito

Figueroa, Aldo
Fonte: CEPAL - Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe Publicador: CEPAL - Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe
Português
Relevância na Pesquisa
38.491704%
Incluye Bibliografía; Los estudios económicos permiten identificar tres regularidades empíricas: los mercados de crédito bancario exigen garantías, funcionan con exceso de demanda y coexisten con otras formas de crédito. En los países en desarrollo, la estructura financiera la integran los sectores bancario, formal no bancario e informal. Aquí se presenta un modelo teórico que explica las tres regularidades en conjunto. Según este, la desigualdad del ingreso en la sociedad es el principal factor explicativo de esta estructura financiera dual-dual. El modelo predice la segmentación del mercado: el segmento de ingresos altos y los bancos conforman un mercado, el de ingresos medios y las entidades formales no bancarias constituyen otro y el segmento de ingresos bajos, junto con los pequeños prestamistas, integran el sector informal. Asimismo, el crédito es más oneroso en los dos últimos. Mientras la desigualdad del ingreso se mantenga elevada esta estructura financiera seguirá vigente. También se abordan las consecuencias del modelo en las políticas públicas.

‣ Espaço geográfico, sistema bancário e a hipercapilaridade do crédito no Brasil; Geographical space, banking system and overpresence of credit in Brazil; L'espace géographique, le système bancaire et l'hypercapillarité du crédit au Brésil

CONTEL, Fabio Betioli
Fonte: Universidade Federal da Bahia - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas - Centro de Recursos Humanos Publicador: Universidade Federal da Bahia - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas - Centro de Recursos Humanos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
38.511545%
O presente artigo tem por objetivo a análise do funcionamento atual do sistema bancário brasileiro, sob uma perspectiva geográfica. Fixando a periodização do estudo a partir da instalação do Plano Real (1994), foi possível identificar quais as principais alterações nos conteúdos técnicos e normativos do território brasileiro que têm relação direta com o desenvolvimento recente do sistema bancário nacional. Dentre as principais novidades desse sistema, foi dado destaque a três questões: o maciço processo de privatização dos bancos públicos estaduais; a implementação do Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB); e a difusão das novas formas de prestação de serviços bancários (Correspondentes Bancários, cartões de crédito/débito e internet banking principalmente), possibilitada pelos objetos informacionais que vêm sendo instalados no território desde as últimas décadas do século XX.; This paper aims to analyse today's operation of the Brazilian banking system, under a geographical perspective. Beginning the time interval of this study from the installation of Plano Real (1994), it was possible to identify which were the main alterations in the technical and normative contents in the Brazilian territory that have a direct relationship with the recent development of the national banking system. Among the main innovations of that system...

‣ Técnicas de rating em contexto de crise no setor bancário português

Lino, Ana Raquel Ferreira
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
38.404568%
Dissertação para a obtenção do Grau de Mestre em Contabilidade e Finanças Orientador: Mestre Adalmiro Álvaro Malheiro de Castro Andrade Pereira; Durante a década de 1930 as agências de notação de risco, também conhecidas como agências de rating, passaram a assumir um papel fundamental na supervisão regulamentar do risco de crédito. Na origem desta mudança, considera-se que reside o choque económico provocado pela Grande Depressão. Devido ao crescimento da importância da atividade creditícia no mercado, o risco associado às operações financeiras passou a merecer um maior interesse. Consequentemente, as agências que ditam as notações de risco, passaram a ter uma maior procura. Para grande parte das instituições financeiras, a relação entre o risco de crédito, as garantias e o custo de capital são parte fundamental na elaboração da sua política de afetação de recursos e proteção de perdas. A crescente regulação financeira exigida pelas entidades competentes, condiciona cada vez mais a quantidade e a qualidade do risco de crédito presente nos balanços das instituições financeiras. Através do cálculo de rácios apropriados sugeridos pelas mesmas entidades reguladoras, é estipulado, para cada operação de crédito...

‣ Determinantes del acceso a distintas fuentes de financiamiento de las microempresas en Chile

Reese Morales, Kenneth Ty
Fonte: Universidad de Chile Publicador: Universidad de Chile
Tipo: Tesis
Português
Relevância na Pesquisa
38.491704%
Ingeniero Civil Industrial; El miércoles 23 de enero de 2013 en el Congreso Nacional se aprobó una Ley que permite en Chile la constitución de empresas en sólo un día, esto con la finalidad de promover el emprendimiento. Pero los resultados de la segunda Encuesta de Microemprendimiento (EME 2) muestran que sólo la iniciativa no es suficiente ya que muchos microemprendedores se encuentran con falta de acceso a crédito bancario para poder poner en marcha su negocio y para las etapas de crecimiento o expansión. Bajo esta premisa este trabajo de título busca dilucidar, utilizando los datos de las encuestas EME, cuáles son los determinantes del acceso a las distintas fuentes de financiamiento. El objetivo principal del estudio es explorar cuáles son los determinantes del acceso a los distintos tipos de financiamiento. Para eso se cumplieron los siguientes objetivos específicos: caracterización del acceso, determinación de las variables más relevantes (dependientes e independientes) y obtención de la probabilidad de acceso mediante un modelo Probit. El alcance del trabajo está limitado sólo a la utilización de la encuesta de microemprendimientos. Este no analiza la encuesta Longitudinal de empresas (ELE), que tiene información del resto de las unidades de negocios del país (22% restante). La metodología utilizada es similar a la de varios estudios internacionales en los cuales se analiza crecimiento de pequeñas y medianas empresas en el mundo...

‣ istema de gerenciamento de crédito pessoal: CredFacil

Loureiro, Claudio Rivelino Melo
Fonte: Centro Universitário de Brasília Publicador: Centro Universitário de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Português
Relevância na Pesquisa
38.404568%
O sistema de crédito pessoal foi desenvolvido para atender à Credivisa Empréstimo Pessoal no que diz respeito às atividades de atendimento ao cliente – permitindo ao mesmo a possibilidade de simulações e análise de crédito, assim com a efetiva operação de crédito e controle do pagamento das parcelas, e possíveis cobrança caso ocorra a devolução dos cheques referente ao pagamento de parcelas. O sistema registra ainda o movimento bancário referente ao pagamento do empréstimo aos cliente, recebimento de parcelas, devolução de cheques e o efetivo pagamento destes cheques. O sistema é desenvolvido para a intranet da empresa e para a internet, tendo assim um alcance e uma interação maior com os clientes da empresa. O Sistema faz uso de técnicas de Análise Estruturada de Sistemas, utilizando Diagramas de Contexto, Diagramas de Fluxo de Dados, Depósitos de Dados, Elementos de Dados, Relações Normalizadas, Documentos de Captação de Dados e Relatórios Impressos. Este documento também descreve os Problemas Diagnosticados, os Objetivos Específicos bem como os Benefícios Esperados. Utiliza o Modelo de Entidade x Relacionamento (de contexto e de implantação).

‣ Fatores macroeconômicos, indicadores industriais e o spread bancário no Brasil ; Macroeconomic factors, industrial indexes and bank spread in Brazil

Durigan Junior, Carlos Alberto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/10/2015 Português
Relevância na Pesquisa
38.511545%
Segundo a definição do Banco Central do Brasil (2015) o spread bancário é resultado da diferença entre as taxas de juros das operações de crédito (taxas de aplicação) e as taxas de captação. Mesmo com a abertura econômica do Brasil ao mercado internacional, não foi observada redução significativa do spread e o país destaca-se como um detentor de um dos spreads bancários mais altos quando comparado a outros países (OREIRO et al, 2006). Muitos estudos na literatura concluíram que o spread no Brasil está entre os mais altos do mundo (JORGENSEN e APOSTOLOU, 2013). O objetivo deste estudo consiste em identificar quais dos fatores macroeconômicos e dos indicadores de atividade industrial influenciam o spread bancário no período de Março de 2011 a Março de 2015, por meio de regressão linear multivariada. O Banco Central do Brasil alterou metodologicamente as séries de spread a partir de 1º de março de 2011, sendo esta a data inicial de análise deste trabalho. Foram utilizados dados mensais de séries temporais obtidas majoritariamente por consulta ao Sistema Gerenciador de Séries Temporais (SGS) do Banco Central. Ao todo foram utilizadas dezoito variáveis como candidatas às determinantes do spread no período de análise. Nove o determinam positivamente; a inadimplência total...

‣ Determinantes macroeconômicos do spread bancário no Brasil: teoria e evidência recente

Oreiro, José Luís da Costa; Paula, Luiz Fernando de; Silva, Guilherme Jonas Costa da; Ono, Fábio Hideki
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
38.411494%
No Brasil, em razão do sucesso do processo de estabilização de preços, da maior abertura e integração ao mercado financeiro internacional e, mais recentemente, da adoção de um regime de taxa de câmbio flutuante, esperava-se que os spreads bancários iriam, em algum grau, convergir para os níveis internacionais, o que acabou por não acontecer. De fato, um dos principais fatores que impedem o crescimento do crédito no Brasil - cuja relação crédito/PIB tem caído de forma acentuada de 1994 aos dias de hoje - são as elevadíssimas taxas de juros dos empréstimos que têm sido praticadas no País. O presente artigo tem por objetivo aprofundar a discussão sobre a determinação do spread bancário no Brasil, procurando mostrar que os determinantes ma-croeconômicos são fatores importantes a serem considerados na explicação do comportamento do spread no País. Para tanto, realiza-se uma análise de regressão múltipla com o intuito de identificar as variáveis macroe-conômicas que podem estar influenciando direta ou indiretamente o spread no Brasil no período 1994/2003. O artigo apresenta evidências de que a elevada volatilidade da taxa de juros e seu nível são os determinantes macroeconômicos principais do elevado spread bancário no Brasil.; Due to the successful implementation of the price stabilization programme (Real Plan)...

‣ A duplicata virtual e o boleto bancário – efeitos da informática sobre os títulos de crédito; The trade acceptance bill and bank invoices - effects of information technology on the negotiable instruments

Teixeira, Tarcisio
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Direito Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Direito
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 06/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
38.491704%
This paper aims to study the influence of information technology on the negotiable instruments, in order to verify the possibility of legal recognition of the instruments issued as electronic ones, as well as the feasibility of the judicial enforcement in case of default. We will analyze the documentary evidence and the literal transcript principles, and virtual trade acceptance bills, besides practical and procedural aspects about negotiable instruments.; O presente artigo tem por fim estudar a influência da informática sobre os títulos de crédito, objetivando verificar a possibilidade de reconhecimento jurídico dos títulos emitidos eletronicamente como documentos, bem como a viabilidade de sua execução judicial em havendo inadimplência. Para tanto, analisaremos os princípios da cartularidade e da literalidade, a duplicata virtual e o boleto bancário, além dos aspectos práticos e processuais inerentes aos títulos de crédito.

‣ Análise do sistema bancário da União Europeia

Martins, Liliana Patrícia Guimarães
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 Português
Relevância na Pesquisa
38.511545%
Dissertação de mestrado em Economia Monetária, Bancária e Financeira; O presente estudo pretende analisar a estrutura do sistema bancário da União Europeia. Para o efeito selecionamos um conjunto de variáveis independentes, nomeadamente o número de instituições de crédito, o número de funcionários bancários, montante de depósitos, montante de empréstimos bancários e o produto interno bruto; e analisamos o seu efeito na variável que consideramos representar melhor a estrutura do sistema bancário: a Dimensão de Ativos. Este estudo compreende o período de 1999 a 2014, e inclui oito países que representam cerca de 80% do total de ativos da União Europeia, a Alemanha, Bélgica, Espanha, França, Itália e Portugal como países da Zona Euro, e ainda, o Reino Unido e a Suécia. Como instrumentos de análise utilizamos o Coeficiente de Correlação de Pearson, o Coeficiente de Determinação e o Teste de Significância Global. Os resultados obtidos parecem indicar que o número de instituições de crédito existentes na economia tende a afetar negativamente a dimensão de ativos da banca do país em causa, ao contrário das restantes variáveis acima mencionadas que evidenciam uma associação positiva com este indicador. De entre as variáveis estudadas...