Página 12 dos resultados de 2874 itens digitais encontrados em 0.010 segundos

‣ "Empregorismo" de estado, em contextos neoliberais : a criação do próprio emprego e empresas com o apoio do Estado- riscos e contradições : (um estudo sobre a metamorfose de medidas sociais ativas de emprego, transformadas em medidas laissez faire, potencialidades de riscos e exclusão social)

Ferreira, José Eduardo Catalão Garrido.
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
27.132534%
A primeira década do século XXI ficou marcada por inúmeras crises mundiais. Em consequência destas crises e de muitas mudanças que aconteceram e estão em curso, em todo o mundo, também o trabalho está a mudar, à escala nacional e global. Uma das mudanças mais significativas resulta da crescente cosmopolitização do mundo, que veio permitir que os trabalhadores e as empresas possam deslocar-se e instalar-se em qualquer país, independentemente do seu país de origem ou da origem do capital. Por tudo isto, o desemprego e o défice de criação de emprego estão a tornar-se um dos maiores problemas que os governos e governantes de todo o mundo têm de resolver, incluindo os dos países da União Europeia. Pelas mesmas razões, e antevendo já alguns destes problemas, têm vindo a ser aplicadas medidas de combate ao desemprego e de apoio à criação de outras alternativas de trabalho em todos os países da UE. Porém, estas medidas em muitos países não terão sido suficientes para sustar a escalada do desemprego e conter o défice demográfico de criação de emprego. Portugal, que no ano 2000 apresentava uma das mais baixas taxas de desemprego, a rondar os 4%, surge 2012 com uma das mais elevadas taxas de desemprego da UE...

‣ Economia e felicidade: um estudo empírico dos determinantes da felicidade no Brasil; Economics and Happiness: a empirical study of the deteminants of happiness in Brazil.

Lima, Sabrina Vieira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/03/2007 Português
Relevância na Pesquisa
27.08176%
Este trabalho teve por objetivo analisar a influência de possíveis determinantes empíricos na felicidade dos brasileiros. Os determinantes considerados foram estado civil, idade, escolaridade, sexo, região, religião, etnia, renda, posição relativa da renda, desemprego, probabilidade de desemprego para indivíduos empregados e probabilidade de emprego para indivíduos desempregados. Estes determinantes foram utilizados no modelo de probit ordenado para a estimação da felicidade. Para isso foram utilizados os dados disponibilizados pelo World Values Survey para os anos de 1991 e 1997. Os resultados obtidos mostram a variável renda como altamente significativa para a determinação da felicidade. Ela esteve presente nos resultados de quase todas as estimações realizadas. A variável posição relativa da renda, apesar de não ter sido significativa para explicar a felicidade apresentou uma relação positiva com a felicidade (quanto maior a renda de um indivíduo perante seus semelhantes, melhor tende a ser sua posição frente a eles, o que contribui positivamente para sua felicidade). O desemprego também se mostrou quase sempre presente. Essa variável se mostrou mais significativa na determinação da felicidade do que as variáveis que relacionam desemprego com probabilidade de emprego e emprego com probabilidade de desemprego. Casamento...

‣ Ensaios sobre macroeconomia e mercado de trabalho; Essays on macroeconomics and labor market

Attuy, Guilherme de Moraes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/08/2012 Português
Relevância na Pesquisa
27.313066%
Os três artigos que compõem esta Tese possuem em comum a discussão da macroeconomia e o mercado de trabalho, para a investigação de problemas específicos. Desta forma, esta Tese busca preencher importantes lacunas presentes na literatura nacional e internacional. O primeiro artigo analisa os ciclos do desemprego brasileiro a partir de dados de fluxo de trabalhadores obtidos a partir da Pesquisa Mensal de Emprego (PME-IBGE). Usamos a abordagem proposta por Shimer (2007), que tenta controlar para eventual viés decorrente da agregação temporal nos dados do mercado de trabalho. Os dados brasileiros sugerem que a margem de ingresso para o desemprego (margem de separação) tem grande relevância para explicar os ciclos da taxa de desemprego no Brasil no período de março de 2002 a dezembro de 2010. Tais resultados indicam que o Brasil, relativamente a alguns países desenvolvidos, apresenta um mercado de trabalho com características mais próximas de um contexto com baixa regulamentação, ou seja, que o ingresso (e não a saída) no desemprego seria o principal responsável por sua flutuação. Além disso, a dinâmica da margem de separação, em relação a indicadores de atividade (PIB e Taxa de Desemprego), tem um comportamento claro (anticíclico e pró-cíclico...

‣ Quem vê perfil não vê coração: a ferida narcísica de desempregados e a construção de imagens de si no Facebook e no LinkedIn; The profile is no index to the heart: the narcissistic wound of unemployed subjects and the construction of self images on Facebook and LinkedIn

Barros Júnior, Antônio Carlos de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/04/2014 Português
Relevância na Pesquisa
27.08176%
A presente pesquisa visou a responder à questão de como se dá a articulação, nas redes sociais virtuais, em particular no Facebook e no LinkedIn, entre a dinâmica narcísica pós-moderna (em que os sujeitos são estimulados a gozar narcisicamente e impelidos a vender-se constantemente para conquistar seu lugar nesta sociedade do espetáculo) e a economia do desejo e do gozo de sujeitos em situação de desemprego. Dado que a condição de desemprego é socialmente desvalorizada (ou seja, representa uma ferida narcísica para muitos sujeitos), numa sociedade movida por uma dinâmica de estímulos narcísicos de seus membros, o objetivo foi apreender que discursos manifestos e inconscientes sujeitos que estão desempregados produzem nas redes sociais virtuais. A abordagem adotada foi qualitativa, com a base teórica sendo um recorte da psicanálise freudo-lacaniana, em particular no que se refere aos conceitos de inconsciente, desejo, gozo e narcisismo. O método utilizado foi a chamada netnografia adaptação da etnografia para comunidades online. Os instrumentos de pesquisa foram: I) observação e coleta de dados de perfis (posts, descrição, etc.), durante períodos que variaram de 5 meses a 1 ano e 10 meses (entre janeiro de 2012 e outubro de 2013)...

‣ Unemployment insurance an analysis of optimal mechanisms under aggregate shocks

Carvalho, Artur Bezerra de
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
27.132534%
The purpose of this work is to provide a brief overview of the literature on the optimal design of unemployment insurance systems by analyzing some of the most influential articles published over the last three decades on the subject and extend the main results to a multiple aggregate shocks environment. The properties of optimal contracts are discussed in light of the key assumptions commonly made in theoretical publications on the area. Moreover, the implications of relaxing each of these hypothesis is reckoned as well. The analysis of models of only one unemployment spell starts from the seminal work of Shavell and Weiss (1979). In a simple and common setting, unemployment benefits policies, wage taxes and search effort assignments are covered. Further, the idea that the UI distortion of the relative price of leisure and consumption is the only explanation for the marginal incentives to search for a job is discussed, putting into question the reduction in labor supply caused by social insurance, usually interpreted as solely an evidence of a dynamic moral hazard caused by a substitution effect. In addition, the paper presents one characterization of optimal unemployment insurance contracts in environments in which workers experience multiple unemployment spells. Finally...

‣ A análise da curva de Phillips para o caso brasileiro durante período de 1980 a 2004

Oldoni, Criscie Elisabete
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 116 f.
Português
Relevância na Pesquisa
27.132534%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Sócio-Econômico. Economia.; O Presente trabalho de conclusão de curso apresenta como questão a verificação da existência ou não da correlação negativa entre desemprego e inflação no Brasil durante o período de 1980 a 2004 conforme diagnosticado por A. W. Phillips no Reino Unido e posteriormente por Samuelson e Solow nos Estados Unidos. Analisa-se através de uma revisão de literaturas, as variáveis que compõe a Curva de Phillips, fazendo uma breve apresentação do que é inflação, dos tipos de inflação, do desemprego, do desemprego natural e da política monetária. Aborda a primeira constatação da existência de uma correlação negativa entre desemprego e inflação, a qual foi denominada posteriormente como Curva de Phillips. Apresenta a modificação ocorrida na curva a partir do primeiro choque do petróleo em 1973. O trabalho traz um panorama da conjuntura brasileira no período acima descrito, e para melhor entendimento o período foi dividido em três sub-períodos: o primeiro de 1980 a 1994 com a implantação do Plano Real quando inicia o segundo período que segue até 1999 com a implantação do sistema de metas de inflação...

‣ A Geografia do Desemprego no Porto: Comunidades e territórios com maior vulnerabilidade à pobreza e à exclusão social

Alves, Sónia; DINÂMIA'CET-IUL
Fonte: DINÂMIA'CET-IUL Publicador: DINÂMIA'CET-IUL
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 15/02/2012 Português
Relevância na Pesquisa
27.252397%
A incidência do desemprego não é idêntica para todos os grupos sociais nem para todos os territórios, assim como a gravidade da sua experiência depende de um conjunto diversificado de factores, como seja o período de permanência na situação de desemprego ou o nível de protecção social do Estado e da família/amigos. Face a esta complexidade, opta-se por articular, neste estudo, e ao longo de quatro partes, uma perspectiva de análise sociológica e geográfica da problemática do desemprego. Na primeira parte, discutem-se as relações que se estabelecem entre o desemprego e a pobreza e o desemprego e a exclusão social, notando-se que estas conexões dependem dos mecanismos de apoio do Estado e da família. Num segundo momento, desenvolve-se uma abordagem empírica para a problemática do desemprego no contexto do Grande Porto, procurando identificar-se e explicar-se a variação intra-urbana do fenómeno. Na terceira parte, analisam-se as formas de organização socioespacial do desemprego no Porto, bem como a repartição da protecção social associada ao subsídio de desemprego, concluindo-se sobre a existência de uma variação intra-urbana particularmente evidente entre a parte ocidental e a oriental da cidade. Por fim...

‣ Programa seguro-desemprego : combinaço de eficiencia economica e proteção social

Koyanagi, Raquel
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
27.132534%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas, 2010.; A discussão sobre a combinação de eficiência econômica e proteção social tem estado em evidência nos debates acadêmicos, nas reflexões sobre políticas públicas e em outras análises sobre o Estado de Bem-Estar Social. A combinação entre eficiência econômica e proteção social entrou na agenda do Estado de Bem-Estar Social, mesmo no Brasil aonde não se desenvolveu efetivamente. Essa combinação mostrou ser possível em alguns países de industrialização avançada, como a Dinamarca, país que adotou a flexicurity, estratégia que mistura flexibilidade trabalhista, benefícios aos trabalhadores e políticas ativas do governo. Tal estratégia contribuiu para derrubar a taxa de desemprego, bem como para manter o crescimento econômico entre os mais altos entre os países ricos. No Brasil, a política de emprego concebida para combinar eficiência econômica e proteção social é o Programa Seguro-Desemprego. Frente a isso, o objetivo do trabalho é verificar as condições nas quais o Programa Seguro-Desemprego pode combinar a proteção social com um funcionamento mais eficiente do mercado de trabalho. O Programa é formado por três ações...

‣ Saúde mental em tempo de crise: um estudo no concelho de Águeda

Fonseca, Gil Nadais Resende da
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
27.27101%
Em Portugal, no último trimestre de 2013, a taxa de desemprego situava-se nos 15.3%, o que em número de população desempregada representava 826,7 mil pessoas (INE, 2014). Embora a taxa de desemprego tenha vindo a descer em Portugal, esta continua a ser a terceira taxa mais alta da OCDE, a seguir à Grega e à Espanhola (OCDE 2014). Durante muitos anos Águeda foi um concelho onde o desemprego era praticamente inexistente. No entanto, o foi de repente confrontado com um problema com o qual não estava habituado a lidar: o desemprego. Existem evidências de que esta problemática pode acarretar várias consequências a nível psicológico, afetando negativamente a vida do indivíduo, na sua saúde mental, aumentando o sofrimento psicológico, a ansiedade e a depressão, visto que o trabalhador se responsabiliza, muitas vezes, pela falta de qualificações, privações materiais e pelo seu próprio desemprego. Neste sentido, a discussão sobre saúde mental e desemprego é considerada pertinente devido aos efeitos prejudiciais que essa situação pode produzir na saúde do indivíduo, e na sociedade em geral, porque não é apenas a pessoa sujeita a desemprego que fica afetada no seu potencial, são as relações familiares que se degradam e que afetam também...

‣ Desemprego e inatividade nas metrópoles brasileiras: as diferenças entre homens e mulheres

de Oliveira, Pedro Rodrigues; Scorzafave, Luiz Guilherme; Pazello, Elaine Toldo
Fonte: Nova Economia; Nova Economia Publicador: Nova Economia; Nova Economia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 26/01/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.784365%
Analisar a evolução recente da estrutura do desemprego e da inatividade nas metrópoles brasileiras é o objetivo deste trabalho. Além de um panorama geral, foram realizadas análises separadas por gênero. A resposta da inatividade para a variável "número de crianças no domicílio" é a que mais se destaca: há uma relação negativa para os homens, e positiva para as mulheres. Além disso, os padrões observados entre mulheres pobres e não pobres são muito diferenciados – a inatividade para as mulheres de renda baixa é significativamente maior –, refletindo diferenças de escolaridade e, provavelmente, dificuldades de acesso à creche.

‣ Desemprego, flexibilização dos direitos trabalhistas e lutas sociais: a trajetória e os desafios do movimento social AC!

Amorim, Elaine Regina; UNICAMP
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 03/06/2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.784365%
http://dx.doi.org/10.5007/2175-7984.2013v12n23p35 Este artigo tem como objetivos discutir, por um lado, a trajetória do movimento social AC! (Agir juntos contra o desemprego!), que teve um papel importante, a partir de 1993, nas mobilizações desenvolvidas contra o desemprego na França e, por outro, o processo de flexibilização do sistema de proteção social destinado aos desempregados franceses. Pretende-se analisar as particularidades da formação dessa organização, as suas redefinições reivindicativas decorrentes, entre outros fatores, das mudanças no perfil da sua base social e das alterações realizadas nos direitos dos desempregados, como também os desafios enfrentados a partir dos anos 2000 frente ao esvaziamento que atingiu o movimento. A análise estende-se até o ano de 2008 e baseia-se na pesquisa de campo realizada em Paris por meio dos seguintes procedimentos metodológicos: pesquisa documental e bibliográfica, entrevistas qualitativas junto às lideranças e observação participante em diversas atividades (assembleias, reuniões e manifestações). 

‣ Jovens e Desemprego: Estado da Arte

Guilland, Romilda; Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS; Monteiro, Janine Kieling
Fonte: Revista Psicologia: Organizações e Trabalho Publicador: Revista Psicologia: Organizações e Trabalho
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2010 Português
Relevância na Pesquisa
27.204219%
O desemprego juvenil é motivo de preocupação em muitos países. A falta de emprego pode restringir os sonhos dos jovens de se realizarem como sujeitos, e faz com que eles deixem de ver o trabalho como algoque possa nortear positivamente a sua vida. Este artigo teórico teve como finalidade fazer uma revisão na literatura nacional e internacional para discutir como o desemprego juvenil foi abordado nos últimos cincoanos (2004 a 2008). Foi feita uma pesquisa nas bases digitais Medline, Adolec, Lilacs e Scielo, na qual foram encontrados 21 artigos, dos quais 33% são nacionais, sendo que apenas 11 pesquisas abordamespecificamente o tema “jovem e desemprego”. Os estudos apontam que o desemprego juvenil é causado por múltiplos fatores, existindo também diferenças na condição do desemprego de acordo com o contextosocial em que o jovem está inserido. A análise desses artigos indicou que 62% dos estudos têm como foco principal as consequências do desemprego sobre a saúde mental do jovem. Apenas um dos artigos équalitativo. Esse resultado aponta a carência de pesquisas que busquem compreender a dinâmica dos processos de subjetivação do jovem em situação de desemprego.Palavras-chave: desemprego, jovem, saúde mental.

‣ A experiência do desemprego e relações de gênero na categoria metalúrgica de Campinas

Ferreira, Verônica Clemente; Araújo, Angela Maria Carneiro
Fonte: REVISTA DE CIÊNCIAS SOCIAIS - POLÍTICA & TRABALHO Publicador: REVISTA DE CIÊNCIAS SOCIAIS - POLÍTICA & TRABALHO
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/01/2015 Português
Relevância na Pesquisa
27.132534%
O desemprego afeta profundamente as condições de sobrevivência, as relações familiares e os projetos pessoais dos indivíduos. A percepção do desemprego é, no entanto, diferenciada para mulheres e homens, relacionando-se às formas de socialização diferenciadas e às imagens socialmente construídas sobre o que é socialmente adequado para as mulheres e para os homens. Assim, tal percepção sofre influência da importância atribuída ao trabalho doméstico e ao trabalho extradoméstico na vida de cada um/a e é também matizada pelas transformações sociais que alteram as imagens sociais femininas e masculinas. O objetivo deste artigo é refletir a respeito das percepções de homens e mulheres sobre o desemprego e sobre as implicações deste nas suas trajetórias pessoais. Escolhemos investigar, dentro da perspectiva das relações de gênero, a experiência do desemprego entre indivíduos de uma categoria profissional majoritariamente masculina: a categoria metalúrgica. Nossas indagações dizem respeito ao modo como o desemprego impacta sobre a trajetória de vida, as relações familiares e os modelos ideais de comportamento das mulheres e – principalmente - dos homens da categoria. Palavras-chave: gênero, trabalho...

‣ Desemprego Estrutural, Exclusão Social e Sociedade Civil

Maia, Marcela de Almeida
Fonte: Prim@ Facie - Law, History and Politics; Prima Facie - Direito, História e Política Publicador: Prim@ Facie - Law, History and Politics; Prima Facie - Direito, História e Política
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 18/04/2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.784365%
O presente artigo apresenta como tema central a análise sobre como a sociedade civil, através da cidadania, pode interferir de maneira positiva na tentativa de solucionar a problemática da exclusão social, decorrente do desemprego estrutural.

‣ UNEMPLOYMENT IN THE METROPOLITAN AREA OF PORTO ALEGRE: ASPECTS OF THE EXPERIENCE OF THE 2000S; DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE PORTO ALEGRE: ASPECTOS DA EXPERIÊNCIA DOS ANOS 2000

Bastos, Raul Luís Assumpção
Fonte: Revista da ABET Publicador: Revista da ABET
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 14/03/2013 Português
Relevância na Pesquisa
27.204219%
This paper aims to analyze unemployment in the Metropolitan Area of Porto Alegre (RMPA), Brazil, in the 2000s, with data of the Employment and Unemployment Research. Firstly it identifies and interprets the general trends of the unemployment regarding to incidence, stock and duration; secondly, it examines evidence about the sources of livelihood of the unemployed workers; and third, it analyzes unemployment according to demographic and socioeconomic characteristics. The study concludes that unemployment has experienced a significant reduction in the RMPA throughout the 2000s. The favorable macroeconomic environment — especially from 2004 until the third quarter of 2008 -, increased the capacity of the economy to generate work opportunities and made possible a decline of the unemployment to much lower levels compared to those existent in the end of the previous decennium.; Este artigo tem por objetivo analisar o desemprego na Região Metropolitana de Porto Alegre (RMPA) nos anos 2000, valendo-se da base de dados da Pesquisa de Emprego e Desemprego. Inicialmente, procura-se identificar e interpretar as tendências gerais do desemprego quanto à incidência, estoque e duração; logo após, exploram--se evidências sobre as fontes de sobrevivência dos desempregados no período; posteriormente...

‣ YOUTH UNEMPLOYMENT IN BRAZIL; DESEMPREGO DE JOVENS NO BRASIL

Flori, Priscilla Matias
Fonte: Revista da ABET Publicador: Revista da ABET
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 19/06/2005 Português
Relevância na Pesquisa
27.204219%
This work has the purpose to analyze the youth unemployment structure in Brazil,trying to identify the reasons for the youth unemployment rate being so superiorrelative to the unemployment of adults. Despite its importance, this subject hasreceived less attention in the Brazilian labor market Iiterature. In the first analysisf this work, the unemployment rate will be decomposed into two determinants,mean duration and inflow rate for young, adult and old people; it is noticed that theunemployment duration is practically the same for the three categories, but the you-th inflow rate is relatively higher than the other two ones, being so, the determinantthat makes youth unemployment be higher than unemployment of older workers;nd, with a new decomposition of youth inflow rate, it is verified that about 80% ofthis rate is composed of young people that have already worked. Another methodwill be the ca1culus, for young and adult people, of the transition matrices betweenlabor market states. To evaluate where is the  azilian youth unemployment,it is reca1culated these rates for each one of the categories, substituting oneat a time in the matrices, the transition probabilities of the other category; resultsshow the high turnover of the category in labor market. With these results...

‣ YOUTH UNEMPLOYMENT IN BRAZIL; DESEMPREGO DE JOVENS NO BRASIL

Flori, Priscilla Matias
Fonte: Revista da ABET Publicador: Revista da ABET
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 19/06/2005 Português
Relevância na Pesquisa
27.204219%
This work has the purpose to analyze the youth unemployment structure in Brazil,trying to identify the reasons for the youth unemployment rate being so superiorrelative to the unemployment of adults. Despite its importance, this subject hasreceived less attention in the Brazilian labor market Iiterature. In the first analysisf this work, the unemployment rate will be decomposed into two determinants,mean duration and inflow rate for young, adult and old people; it is noticed that theunemployment duration is practically the same for the three categories, but the you-th inflow rate is relatively higher than the other two ones, being so, the determinantthat makes youth unemployment be higher than unemployment of older workers;nd, with a new decomposition of youth inflow rate, it is verified that about 80% ofthis rate is composed of young people that have already worked. Another methodwill be the ca1culus, for young and adult people, of the transition matrices betweenlabor market states. To evaluate where is the  azilian youth unemployment,it is reca1culated these rates for each one of the categories, substituting oneat a time in the matrices, the transition probabilities of the other category; resultsshow the high turnover of the category in labor market. With these results...

‣ Desigualdades, redistribuição e o impacto do desemprego: tendências recentes e efeitos da crise económico-financeira

Carmo,Renato Miguel do; Cantante,Frederico
Fonte: Editora Mundos Sociais Publicador: Editora Mundos Sociais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2015 Português
Relevância na Pesquisa
36.784365%
Este artigo procura realizar uma breve comparação do nível de desigualdade de rendimento em Portugal face ao verificado no universo de países da UE-28. Para além de uma descrição dos indicadores fundamentais, promover-se-á uma caracterização sintética da desigualdade salarial no país. Na segunda parte, a análise recairá sobre o efeito da ação e da capacidade redistributiva do estado português em perspetiva comparada. Na última parte apresentar-se-á uma análise exploratória, tendo como referência os impactos sociais da atual crise económico-financeira sobre a evolução da relação estatística entre o aumento do desemprego e o nível das desigualdades de rendimento nos países europeus.

‣ O efeito do desemprego no stress e coping dos professores do 2º ciclo

Alves,Maria Neves; Oliveira,Eusébio Augusto Medeiros de
Fonte: Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde Publicador: Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.784365%
O desemprego constitui um flagelo na nossa sociedade. Os professores são uma das categorias profissionais mais atingidas. Esta situação tem consequências sociais e psicológicas que se reflectem na saúde do indivíduo. O objectivo deste estudo é compreender o stress e a forma como os professores lidam com ele, ou seja a utilização de estratégias de adaptação (coping). A amostra contempla 100 professores do 2º ciclo, 50 desempregados e 50 exercendo a docência, em ambos os casos 25 homens e 25 mulheres a residir na zona norte de Portugal. Os professores do primeiro grupo encontravam-se desempregados ou aguardando a entrada na profissão. Os instrumentos utilizados para a avaliação do stress foram a Escala Toulosana de Stress (ETS) e a Escala Toulousana de Coping (STC) para perceber as estratégias face ao stress. Os resultados mostram que os professores desempregados ou com retardamento na entrada para a docência têm um stress elevado (p.< 0001), em comparação com os professores que exercem a profissão. A natureza do stress éuma Tensão sócio-emocional,uma Tensão física e depressiva, Perturbações físicas e agitação. Ambos os grupos manifestam um stress elevado relativamente ao futuro Lassidão e angústia temporal. Não existem diferenças entre homens e mulheres...

‣ Desemprego e discriminação como produto do sistema

Prado, Eleutério F. S.
Fonte: Universidade Estadual de Campinas - Instituto de Economia - Setor de Publicações Publicador: Universidade Estadual de Campinas - Instituto de Economia - Setor de Publicações
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; Formato: application/pdf
Publicado em 13/01/2016 Português
Relevância na Pesquisa
36.784365%
O artigo foi escrito com o objetivo de apresentar um modelo do mercado de força de trabalho em que o desemprego e a discriminação aparecem como fenômenos estruturais e sistêmicos inerentes ao próprio sistema capitalista. Nesse sentido, trata-se de um modelo que se contrapõem, de modo radical, à compreensão liberal dominante, a qual enxerga esses fenômenos como decorrentes das decisões individuais de agentes egoístas e racionais. Para atingir esse objetivo, empregou-se um formalismo padrão da teoria do campo aleatório: o modelo de Ising. O artigo se afasta da microeconomia reducionista tradicional engendrando uma construção teórica na esfera do que pode ser chamada de microeconomia sistêmica.AbstractThe paper has been written in order to present a model of labor force market. In this representation the employment and the labor force discrimination are seen as systemic and structural phenomena inherent to capitalist system. In this way, it contest the dominant liberal comprehension of this market that see these phenomena as facts generated by individual decision of selfish and rational agents. In order to accomplish this goal, a standard formalism of random field theory was employed: the Ising Model. The paper contradicts the reductionism of traditional microeconomics because it presents a theoretical construction in a new field of research that can be named systemic microeconomics.Key words: Employment. Unemployment. Labor force discrimination.Systemic microeconomics. Ising model