Página 13 dos resultados de 741 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

‣ Probabilidade de inadimplência de grandes empresas no sistema financeiro nacional; Likelihood of nonpayment of large enterprises in National Financial System

Akiama, Simone Rumi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/05/2008 Português
Relevância na Pesquisa
38.07831%
O risco de crédito é uma das principais preocupações quando se trata de instituições financeiras. A probabilidade de inadimplência, conhecida também como probabilidade de default, tem papel importante na gestão de risco de crédito, auxiliando na constituição de provisões, na precificação das operações de crédito e no estabelecimento de limites de crédito. Com o Novo Acordo de Basiléia, surge a possibilidade de utilização de modelos internos para o cálculo dos componentes que determinam o requerimento mínimo de capital necessário para que a instituição financeira suporte o seu risco de crédito. Um desses componentes é a probabilidade de inadimplência, o que destaca ainda mais a importância de sua mensuração. Deste modo, este trabalho tem como objetivo a construção de um modelo com variáveis contábeis e cadastrais de grandes empresas, juntamente com variáveis macroeconômicas, para estimar a probabilidade de inadimplência dessas empresas no Sistema Financeiro Nacional. Saliente-se que, diferentemente da maioria dos estudos existentes, que utilizam falência e concordata como evento de default, a inadimplência no Sistema Financeiro Nacional é pouco abordada, em função da dificuldade na obtenção de dados desse tipo. As fontes utilizadas foram as bases de dados das Melhores e Maiores - As 500 maiores empresas do país (Revista Exame) e do Sistema de Informações de Crédito do Banco Central do Brasil. Como ponto de partida...

‣ Quantificação do risco de crédito: um estudo de caso utilizando o modelo Creditrisk+; Measures of credit risk: a study of case using the model Creditrisk+

Stolf, Wagner Albres
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/09/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.97146%
A atividade bancária envolve em suas operações diversas formas de riscos. Dentre esses riscos está o risco de crédito representado como sendo uma medida de incerteza relacionada ao recebimento de um valor compromissado concedido pela instituição financeira ao tomador de empréstimo. Nesse trabalho são apresentadas as principais metodologias de quantificação do risco de crédito como Credit Metrics, KMV, Credit Portfolio View e CreditRisk+. Esta última metodologia é aplicada a quatro portfólios de financiamentos à pessoa jurídica, evidenciando o Capital Econômico Alocado - CEA, a distribuição do risco de crédito em diferentes ramos e setores de atividade da economia e o spread necessário para cobrir as perdas esperadas e inesperadas. Após essa quantificação do risco de crédito, verifica-se, utilizando o conceito de Risk Adjusted Returno on Capital - RAROC, qual dos quatro portfólios de empréstimo bancário foi o mais rentável para a instituição financeira.; Banking operations involve several kinds of risk. Among those risks, there is one called the credit risk associated with a measure of uncertainty related to receiving pré-committed values from the financial institutions credit-takers. In this research...

‣ Choques climáticos, crédito e poupança no Brasil, uma análise empírica; Climate shock, credit and savings in Brazil an empirical analysis

Basto, João Bevilaqua Teixeira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/11/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.97146%
Esse trabalho tem como objetivo verificar se o sistema bancário brasileiro protege indivíduos contra os choques transitivos de renda. Por meio de experimentos e avaliação empírica, em pequenas regiões, a literatura tenta explicar como arranjos informais podem contornar os problemas de crédito causados por falhas informacionais e de comprometimento limitado. No entanto, falha em avaliar choques que afetam uma região geográfica ampla já que esses são comportados apenas por bancos. Através de um modelo de dois estágios com variação de renda instrumentalizada por variáveis climáticas, analisamos se existe um efeito significante entre os choques e as contas de crédito das instituições formais. Verificamos que os agentes usam poupança como meio principal de suavizar seu risco intertemporal. As contas de crédito, entretanto possuem um efeito distinto em municípios com mais desenvolvimento financeiro do que aqueles com menos. Isso indica que possuímos uma restrição de crédito para parte da população, deixando-a exposta ao seu risco.; This work aims to verify whether the Brazilian banking system protects individuals against transitive income shocks. Through experiments and empirical evaluation in small regions, literature tries to explain how informal arrangements can overcome credit problems caused by informational failures and limited commitment. But they fail to evaluate shocks that affect a broad geographic region that can only be dealt with banks. Through a two-stage model with varying income instrumentalized by climatic variables...

‣ Decomposição dos mecanismos de transmissão de política monetária e canal de crédito no Brasil; Monetary transmission mechanisms and credit channel in Brazil

Monteiro, Mário Augusto Siqueira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.97146%
Este trabalho tem como objetivo analisar a relevância do chamado canal de crédito na transmissão da política monetária para a economia brasileira a partir da adoção do regime de metas de inflação. Para tanto se estende o modelo semi-estrutural de tamanho médio estimado por Minella e Souza-Sobrinho (2009), a fim de introduzir o canal de crédito como mecanismo adicional de transmissão de política monetária, o que é feito através da escolha do spread bancário como variável chave para capturar o efeito do canal de crédito para firmas e consumidores. E em seguida aplica-se a metodologia de Altissimo et al. (2002) ao modelo estendido. As evidências encontradas mostram a importância do canal de crédito na economia brasileira. Este canal é responsável (combinando o efeito sobre firmas e consumidores) por 19,9% da queda acumulada do produto e por 22,9% da queda acumulada da inflação no horizonte de dois anos após um choque de 100 pontos-base na taxa básica de juros.; This dissertation aims to assess the importance of the credit channel in the transmission mechanism of the monetary policy for the Brazilian economy since the adoption of inflation targeting regime. To achieve this goal, an extension of the medium-size...

‣ Um estudo da evolução recente de crédito e poupança no Brasil a partir de um modelo estrutural; A study of the recent evolution of savings and credit in Brazil using a structural model

Gutierre, Leopoldo Millan
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
38.050437%
A última década foi singular para o mercado de bancário brasileiro devido às diversas melhorias institucionais que se refletiram em uma forte expansão do crédito. Compreender quais foram os canais dessa expansão e o quanto impactaram o mercado tem sido uma questão recorrente na literatura econômica sobre o Brasil. Nesse trabalho investigamos em que medida um modelo de poupança precaucionária, com crescimento da renda e com agentes heterogêneos é capaz de replicar dados municipais agregados. Para tanto, olhamos os totais municipais de crédito/poupança e renda e estimamos parâmetros do modelo a partir de um estimador de momentos. Como resultado, encontramos que, além da incerteza sobre a renda, as principais variáveis para se compreender a expansão do crédito no Brasil foram, em ordem de importância, o aumento do acesso ao crédito e o afrouxamento da restrição de crédito. Além disso, em concordância a uma extensa literatura sobre as relações entre consumo e poupança, encontramos que o motivo precaucionário também se destaca como principal motivo para se poupar no Brasil, na medida em que a incerteza sobre a renda é o parâmetro que destacadamente influencia o estoque de poupança. Encontramos também que um modelo com taxas de juros distintas para poupança e crédito se ajusta melhor à realidade brasileira do que um modelo com uma única taxa.; The last decade was unique to the Brazilian banking market due to several institutional improvements that were reflected in a strong expansion of credit. Understand what were the channels of this expansion and how they impacted the market has been a recurring issue in the economic literature about Brazil. In this paper we investigate to what extent a model of precautionary savings...

‣ Modelos de escoragem de crédito aplicados à empréstimo pessoal com cheque

Vasconcellos, Rafael Soares
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.97146%
A motivação deste trabalho é relacionar a teoria da estatística com uma clássica aplicação prática na indústria, mais especificamente no mercado financeiro brasileiro. Com o avanço de hardware, sistemas de suporte à decisão se tornaram viáveis e desempenham hoje papel fundamental em muitas áreas de interesse como logística, gestão de carteiras de ativos, risco de mercado e risco de crédito. O presente trabalho tem como objetivos principais propor uma metodologia de construção de modelos de escoragem de crédito e mostrar uma aplicação prática em operações de empréstimo pessoal com pagamento em cheques. A parte empírica utiliza dados reais de instituição financeira e duas metodologias estatísticas, análise de regressão linear múltipla e análise de regressão probit. São comparados os resultados obtidos a partir da aplicação de modelos de escoragem de crédito desenvolvidos com cada metodologia com os resultados obtidos sem a utilização de modelos. Assim, demonstra-se o incremento de resultado da utilização de modelos de escoragem e conclui-se se há ou não diferenças significativas entre a utilização de cada metodologia. A metodologia de construção de modelos de escoragem é composta basicamente por duas etapas...

‣ Restrição de capital e as operações de cessão de crédito : um estudo com bancos brasileiros

Ribeiro, Fernanda Vieira Fernandes
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
38.015764%
Esta dissertação tem por objetivo verificar se há relação positiva entre restrição de capital e as operações de cessão de crédito realizadas pelos bancos brasileiros. O período de análise, compreendido entre junho de 2004 e junho de 2009, inclui o impacto da crise financeira, período relevante tendo em vista a dificuldade enfrentada pelas instituições financeiras diante da redução dos empréstimos interbancários. O estudo está dividido em quatro seções, além de introdução e conclusão. Inicialmente é apresentado o levantamento da literatura existente e aspectos institucionais e normativos da cessão de crédito nos bancos brasileiros. Na seção seguinte são desenvolvidos a estatística descritiva e um panorama sobre a evolução das operações de cessão de crédito no Brasil, considerando o período de junho de 2004 a junho de 2009. A próxima seção apresenta a metodologia utilizada e o modelo aplicado – Logit, Tobit e respectivos modelos com dados em painel, considerando as operações de cessão de crédito total, com e sem coobrigação – juntamente com a descrição das variáveis inseridas em cada caso. De forma geral, os resultados observados e os testes de robustez indicam que um aumento na restrição de capital próprio e de terceiros – nesse caso...

‣ A cross-country study on trade credit supply and financial crisis

Miyamoto, Renata
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
38.07831%
O objetivo deste trabalho de pesquisa é investigar a oferta de crédito comercial durante períodos de crise financeira em seis países diferentes: Brasil, França, Alemanha, Itália, Espanha e Reino Unido, foram utilizadas informações de empresas de capital aberto entre 2000 e 2011. A literatura internacional documenta que durante o pico de crises financeiras a oferta de crédito comercial aumenta pois as companhias usam o crédito comercial como substituto e/ou complemento ao crédito bancário, apesar de após o momento de pico esta oferta diminui significantemente porque as empresas enfrentam problemas de liquidez causado por escassez de crédito. Mesmo que somente existam evidências pontuais de que a oferta de crédito comercial aumentou durante a crise financeira global de 2008, o efeito pós-crise é perceptível durante a crise Europeia de 2011, pois as empresas europeias diminuíram a oferta de crédito comercial, também evidenciando que estas companhias estavam confrontando problemas de administração de liquidez. Em relação ao uso de crédito comercial como ferramenta de transmissão de capital, nenhuma evidência foi encontrada para provar sua existência em tempo de crise financeira.; The objective of this research paper is to investigate the trade credit supply during financial crisis periods in six different countries: Brazil...

‣ Análise de crédito corporativo nas empresas de telecomunicações : um estudo de caso na empresa de telefonia celular Telet S/A

Schwanck, Reginaldo Hertzog
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
38.015764%
O processo de análise de crédito para as empresas em geral não é novidade, sobretudo caso considere-se essa prática para o meio bancário. Entretanto, para o segmento de telefonia, que até alguns anos atrás convivia com carência desse serviço, provavelmente, a prática da análise de crédito não possuía a devida importância na gestão do negócio. Nesse contexto, o presente trabalho tem como objetivo avaliar a atual Política de Crédito Corporativa da Telet S/A, a qual determina que seja analisado crédito dos clientes corporativos que habilitam mais de 10 linhas. O estudo foi desenvolvido avaliando-se os percentuais de inadimplência desse segmento de clientes, de forma que pudessem ser observadas as diferenças existentes entre os clientes que são avaliados o crédito daqueles que não são. Os dados foram extraídos do sistema de Business Intelligence (BI) disponível na Telet, sendo que o período estudado foi de janeiro de 2001 a abril de 2002. De modo a atingir o objetivo proposto, os índices de inadimplência foram avaliados de forma segmentada em quatro grupos gerenciais, quais sejam: Ciclos de Faturamento, Tempo de Casa do cliente na base, Regiões de Faturamento e Método de Pagamento. Os índices de inadimplência foram estudados a fim de ser observado se as diferenças existentes entre as médias analisadas eram estatisticamente significativas...

‣ O cartão de crédito na agência do Banco do Brasil de Videira - SC

Zuffo, Antonio
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
38.050437%
Este trabalho objetiva investigar as causas que levam à aceitação ou rejeição do cartão de crédito como meio de pagamento entre os clientes pessoa física da agência do Banco do Brasil da cidade de Videira-SC. Para tanto, aborda-se aspectos teóricos sobre a origem do dinheiro e sua evolução até o advento do cartão de crédito, que é o tema principal desta pesquisa. O cartão de crédito vem revolucionando os meios de pagamento e alterando costumes e hábitos de consumidores, comerciantes e prestadores de serviço. No Brasil é tão difundido que segundo pesquisa realizada pela associação das administradoras de cartão de crédito já representa 61% dos pagamentos feitos por meio eletrônico. Como negócio o cartão de crédito se tornou um grande filão de mercado e já representa um produto indispensável na prateleira das instituições financeiras, daí surge a importância do estudo dos motivos propulsores da aceitação do cartão de crédito pelos usuários e também dos fatores que causam aversão a sua posse e uso. Dentre as principais causas de aceitação destaca-se a facilidade e comodidade proporcionada pelo cartão, por dedução, entende-se que é bem aceito pelos comerciantes e prestadores de serviço em geral. Já os principais fatores relacionados a rejeição do cartão estão relacionados ao custo e preocupação quanto a gastos excessivos.; The objective of this work is to investigate the causes that people just accept or reject the credit card when it is used to do payments between clients of Brazil Bank in the city of Videira-SC. Although...

‣ Alavancagem do crédito imobiliário através da consignação em folha de pagamento - resultado e risco

Damiani, Ricardo Manoel
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
38.015764%
O mercado de crédito no Brasil cresce de forma vertiginosa, parte patrocinado pela oferta de bens de consumo, parte pelo acesso mais facilitado aos empréstimos e financiamentos pelas instituições financeiras e também pela concorrência existente nesse mercado. A concessão do crédito, elemento essencial da existência dos bancos, pela intermediação financeira entre superavitários e elementos deficitários do sistema financeiro evolui de acordo com o desenvolvimento e necessidades sociais. A cada dia surgem novas linhas e produtos para facilitar, reter, conquistar e fidelizar clientes, na busca da manutenção do relacionamento por longo prazo. E o crédito imobiliário surge e se destaca nesse contexto como o elemento congregador da necessidade social pela casa própria, com acesso mais facilitado do que antigamente e instrumento de manutenção do cliente bancário, com o respectivo retorno financeiro pela alavancagem proporcionada por esse crédito nas carteiras dos bancos. Instrumentos de segurança também evoluíram e hoje as instituições financeiras podem contar com garantias consistentes como a Alienação Fiduciária do bem, a proteção do Patrimônio de Afetação e ainda com a consignação em folha de pagamento das parcelas do contrato o que assegura o retorno financeiro...

‣ Mercado de desconto de cheques : uma análise junto aos clientes do BB - Praça Rio Negrinho/SC

Correia, Volnei
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.950444%
As empresas em suas transações operacionais, vendas e compras, concedem prazos aos seus clientes para os recebimentos e recebem prazos de seus fornecedores para efetuarem os pagamentos, com esta sistemática o mercado, clientes e fornecedores, promovem alavancagem em suas vendas. Muitas vezes estas empresas necessitam de recursos para fazer frente às obrigações assumidas junto a seus fornecedores. Ao financiar a venda de sua produção, o empresário gera créditos que, se mantidos em carteira até o final do prazo, reduzem a capacidade de investimento da empresa, ocasionando muitas vezes a perda de boas oportunidades, por estar com seu capital imobilizado. Neste sentido, a proposta do presente trabalho é identificar as possíveis diferenças na política de concessão de crédito do BB, atrativos agregados ao produto e o grau de satisfação do cliente, com relação ao produto Desconto de Cheques oferecido por outras quatro instituições da praça de Rio Negrinho/SC como Banco do Estado de Santa Catarina (BESC), Caixa Econômica Federal (CEF), Hsbc Bank Brasil S.A. (HSBC) e Banco Bradesco S.A. (Bradesco). Dessa forma, comparar a percepção dos clientes com relação ao produto oferecido pelos bancos, identificar as diferentes características das operações de Desconto de Cheques e analisar o grau de satisfação dos clientes com o produto. O método de pesquisa utilizado foi o método “survey”...

‣ Perfil do crédito à pessoa jurídica no Brasil entre 1994 e 2007

Calheiros, Rinaldo Perecin
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 138 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
38.07831%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Economia - FCLAR; O presente trabalho buscou delinear o perfil do crédito à pessoa jurídica no Brasil após o Plano Real até 2007, assim como analisar o comportamento da estrutura ofertante de crédito no período pela perspectiva Pós-Keynesiana. Utilizando-se dados de volume, juros, prazos entre outros e usufruindo de vários níveis de desagregação dos dados fornecidos, principalmente, pelo Banco Central do Brasil, foi possível definir os agentes credores mais importantes das empresas, destacando-se o papel dos dez maiores bancos múltiplos, do BNDES e do mercado de capitais nesse aspecto. Concluiu-se que houve uma “divisão de tarefas” entre os agentes credores: os bancos múltiplos e comerciais concederam recursos estritamente de curto prazo, nas modalidades de Capital de Giro e de adiantamentos de receitas. O BNDES sustentou a demanda por crédito para a finalidade de investimentos, além de servir de agente anti-cíclico em momentos de retração no crédito. Já o mercado de capitais serviu mais como uma oportunidade exclusivamente para empresas de grande porte do que uma alternativa ao BNDES e ao crédito bancário, já que mostrou-se consistente apenas em períodos de estabilidade econômica. Além da divisão de tarefas concluiu-se que o crédito foi influenciado pela preferência pela liquidez por parte dos agentes credores...

‣ Títulos de crédito e implicações jurídicas do aval, da cessão de crédito, do endosso e fiança

Seabra, Antonio Luiz Bandeira
Fonte: Vale do Mogi Publicador: Vale do Mogi
Tipo: Livro
Português
Relevância na Pesquisa
38.07831%
Divulgação dos SUMÁRIOS das obras recentemente incorporadas ao acervo da Biblioteca Ministro Oscar Saraiva do STJ. Em respeito à lei de Direitos Autorais, não disponibilizamos a obra na íntegra. STJ00090987 347.735(81) S438t (2011)

‣ Distribuição de crédito para agricultura familiar: um estudo do PRONAF a partir de um indicador de desenvolvimento rural

Silva, Fernanda Faria
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.97146%
O Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF) constituiu –se um avanço na ampliação do acesso e da inclusão de agricultores familiares no crédito rural formal, que se direcionava majoritariamente a agricultores de maior porte. Nos anos iniciais de implantação do PRONAF, observou-se forte concentração de recursos nas regiões Sudeste e Sul do Brasil e nos agricultores familiares mais integrados ao mercado. Recentemente, ocorreram algumas mudanças que, teoricamente, estariam alterando o perfil do Programa no sentido de direcionar recursos a um número maior de agricultores mais carentes. Além disso, essas mudanças viriam estimular o “desenvolvimento local” e incorporar o debate do “Paradigma de Desenvolvimento Territorial”. Dessa forma, o intuito desta dissertação é verificar a lógica recente da distribuição dos recursos do PRONAF, feita pelas duas principais modalidades: Crédito e Infra-estrutura, a fim de verificar o perfil dos agricultores familiares e das localidades que têm recebido recursos nas regiões Nordeste e Sul. Para tanto, foi feito um estudo do enquadramento de agricultores familiares e municípios que mais captam recursos dessas modalidades e, em seguida — com base no trabalho de Kageyama (2004) —...

‣ Risco de crédito na banca face ao novo enquadramento normativo em contexto de crise : o caso do crédito a particulares

Pernão, José António Malias
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
38.07831%
Mestrado em Auditoria; A actividade bancária, ao longo das últimas décadas, tornou-se uma actividade mais complexa e assistiu-se a algumas falências bancárias a nível internacional. Com o começo destes escândalos as entidades de regulação e supervisão emitiram um conjunto de regulamentos e orientações para evitarem novas falências no sistema financeiro de modo a restaurarem a confiança a todos os seus stakeholders. O risco está associado ao grau de incerteza, uma instituição de crédito, doravante “instituição”, não pode prever o impacto de determinados acontecimentos que possam ocorrer e afectar negativamente a realização dos objectivos. Desde o primeiro Acordo de Basileia I, em 1988, que existe uma maior preocupação para garantir a estabilidade e solidez do sistema bancário internacional, com este acordo iniciou-se a gestão do risco de crédito. Uma grave crise financeira desenvolveu-se em 2008 e em finais de 2009 começou a atingir a economia real que até então era extremamente alavancada pela expansão do crédito. A crise de crédito afectou essencialmente as PME e de um modo geral todo o comércio que entrou em contracção e verificou-se um declínio da procura internacional. Estes factos contribuíram para a propagação da crise: as exportações mundiais diminuíram 12% em 2009. Para combater o pânico instalado no mercado financeiro mundial...

‣ Canales de transmisión de la política monetaria: una revisión para el caso colombiano

Garizado Román, Paula Andrea; Londoño Martinez, Harold H.
Fonte: Universidad Autónoma de Occidente Publicador: Universidad Autónoma de Occidente
Tipo: Artículo Formato: PDF
Português
Relevância na Pesquisa
38.015764%
El objetivo de este trabajo es evaluar empíricamente los canales de transmisión de la política monetaria en Colombia. Utilizando la metodología econométrica de vectores autoregresivos (VAR), se estima que tanto el canal del dinero como el canal del crédito transmiten los efectos de la política monetaria a la economía colombiana. Se evalúa de igual forma los resultados de una política monetaria expansiva a través del canal del crédito tanto en las empresas como en los hogares, acudiendo a modelos que contemplan variables relacionadas con ambos agentes y dando como resultado que el efecto liquidez sí se presenta para el caso colombiano, pero que lo que no funciona es el canal del crédito bancario, pues ante una innovación positiva en la base monetaria, el crédito reacciona positivamente para la cartera comercial. Estos resultados están mostrando diferencias que permiten cuestionar una homogeneidad en las consecuencias de la política monetaria de los distintos agentes en el mercado del crédito quedando evidenciado que existen diferencias entre los resultados de la política monetaria en el crédito a los empresarios y a los hogares.

‣ Acceso al crédito y límites del crecimiento en Pymes: una mirada a través de la dinámica de sistemas; Access to credit and limits to growth in SMEs: a system dynamics approach

Arenas Guerrero, Fernando Antonio
Fonte: Universidad Icesi; Facultad de Ingeniería Publicador: Universidad Icesi; Facultad de Ingeniería
Tipo: article; Artículo Formato: PDF; p.13-32; Electrónico
Português
Relevância na Pesquisa
37.97146%
El acceso al crédito se considera como uno de los mayores problemas que deben afrontar las Pymes para su supervivencia y crecimiento. Este documento describe un modelo de dinámica de sistemas basado en el caso de una empresa manufacturera de tamaño mediano localizada en Colombia. El modelo integra aspectos operativos y financieros de la empresa e incluye variables asociadas con el crédito comercial y el crédito bancario. Se realizó un análisis de sensibilidad sobre el modelo con el fin de encontrar variables con un alto nivel de apalancamiento sobre los resultados deseados. Dichos resultados indican que las políticas operativas y financieras, cuando se aplican de manera aislada, no son suficientes para resolver los problemas de estancamiento de la empresa. Una combinación apropiada de acceso a crédito, condiciones de crédito, y políticas operativas y financieras adecuadas, parece ser la manera más conveniente para manejar la complejidad inherente a la supervivencia y crecimiento de las Pymes.; Access to credit has been considered as one of the main problems that SMEs have to deal with in order to survive and keep growing. This document describes a system dynamics model based on the case of a medium-sized manufacturing firm located in Colombia. The model integrates operational and financial aspects of the firm...

‣ Gestão do risco de crédito e o Acordo de Basiléia (Rodadas I, II e III)

Trein, Carina
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
38.015764%
Este trabalho apresenta um estudo sobre crédito, abordando desde o seu conceito histórico, técnicas para concessão, números do mercado de crédito brasileiro nos dias atuais, as Resoluções n° 2.682/2000 e n° 3.721/2009, as quais citam diretrizes sobre a mensuração do risco de crédito e implementação de uma estrutura de gerenciamento de risco, até a assinatura dos Acordos de Basiléia (rodadas I, II e III). Os Acordos de Basiléia I e II, criados para fortalecer a higidez e a estabilidade do sistema bancário mundial, abrangeram diretrizes sobre os riscos de crédito, mercado e operacional. Visto que as rodadas supracitadas não foram suficientes para impedir práticas arriscadas das instituições bancárias na concessão de crédito, resultando na recente crise financeira mundial, o Acordo de Basiléia III veio a surgir com intuito de aumentar as exigências de qualidade de capital dos bancos.; This project presents a study on credit by addressing its concept from the history, techniques for concession, numbers of the current Brazilian credit market, Resolutions No. 2682 and 3721, which bring guidelines on the measurement of credit risk and the implementation of a risk management structure, until the signing of the Basel (rounds I...

‣ Existe Diferença no Desempenho Financeiro das Cooperativas Centrais de Crédito no Brasil?

Oliveira, Paulo Henrique Magalhães de; Bressan, Valéria Gama Fully; Bressan, Aureliano Angel
Fonte: UFPB Publicador: UFPB
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2014 Português
Relevância na Pesquisa
38.07831%
As demonstrações contábeis têm por objetivo apresentar informações que viabilizem a compreensão dos fatos ocorridos nas entidades e, assim, auxiliam a tomada de decisões dos agentes econômicos. Neste contexto, a avaliação da estrutura financeira das cooperativas centrais de crédito, que são responsáveis por auxiliar a gestão das cooperativas singulares, pode fornecer subsídios às políticas e intervenções por parte do Banco Central, além de auxiliar gestores e agentes econômicos que operam com estas instituições, uma vez que a procura por serviços prestados pelas cooperativas de crédito vem aumentando de forma significativa, principalmente pelo fato de oferecerem taxas de juros e custos de serviços sensivelmente mais baixos quando comparados aos praticadas pelo sistema bancário. Nesse sentido, o presente estudo teve como objetivo avaliar a situação financeira das 14 cooperativas centrais de crédito filiadas ao SICOOB utilizando a metodologia PEARLS. Os estudos sobre as cooperativas de crédito no Brasil focam nas cooperativas singulares e, até o presente momento, não se verificou na literatura uma análise financeira das cooperativas centrais por meio do sistema PEARLS. A presente pesquisa pode ser caracterizada como descritiva...