Página 13 dos resultados de 2933 itens digitais encontrados em 0.057 segundos

‣ Gender in international economic development projects: how is gender being institutionalized in the Inter-American Development Bank?

Hennessey, Flavia Lange
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.402825%
O Banco Interamericano de Desenvolvimento, o Banco Mundial, e outras organizações financiam iniciativas para acelerar o desenvolvimento da região da América Latina e Caribe. Antes do final da década de 80, vários projetos e políticas dessas instituições careciam de considerações ligadas à gênero e foram criticadas por essa falta (Flora, 1998). Em 1987, o BID publicou um documento sobre uma nova política operacional sobre mulheres e desenvolvimento e vem desde então buscando institucionalizar gênero e criar indicadores para medir os impactos relacionados à gênero em seus projetos. O objetivo dessa dissertação é explorar o tema de gênero no contexto do desenvolvimento internacional através de uma análise de como o Banco Interamericano de Desenvolvimento inclui gênero em suas operações. Após uma revisão literária sobre a importância de gênero e de bancos de desenvolvimento, essa dissertação irá analisar de que maneira gênero é incluído nas discussões dos projetos do Banco à nível institucional. A pesquisa será feita através de documentação disponível para o público geral, documentos internos e entrevistas em vídeo com pessoal do BID. Após uma análise dos dados coletados, recomendações para ações futuras serão dadas.; The Inter-American Development Bank...

‣ Influência dos níveis plasmáticos de estrógeno na resposta ao tratamento periodontal relacionado à causa em mulheres na fase de menopausa

Traverso Martínez, Aurora Esmeralda
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 95 p. il.
Português
Relevância na Pesquisa
37.419827%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Odontologia - FOAR; O estudo teve como objetivo avaliar em mulheres menopáusicas, com e sem reposição hormonal, possíveis diferenças na resposta inicial ao tratamento periodontal básico, assim como determinar se a reposição hormonal com estrógeno influencia na estabilidade das condições clínicas periodontais após tratamento periodontal e terapia de manutenção. Foram selecionadas 38 mulheres na fase da menopausa com periodontites crônica, sendo divididas em dois grupos segundo seus níveis plasmáticos de estrógeno: 18 mulheres no grupo estrógeno-suficiente (>40 pg/ml) e 20 mulheres no grupo estrógeno-deficiente (<30 pg/ml). Todas as pacientes fizeram exame de sangue para avaliar os níveis plasmáticos de 17-beta estradiol, no início e no final do estudo, também foi feito o exame dos níveis de FSH só no início do estudo, para comprovação da menopausa. Os parâmetros clínicos de avaliação foram: índice de placa visível, índice de sangramento marginal, sangramento à sondagem, profundidade de sondagem e nível de inserção clínico. Um operador calibrado (Kappa 0.711) e cego para os grupos experimentais realizou todas as avaliações. Todos os parâmetros clínicos foram avaliados em 6 momentos: inicial...

‣ Representações sociais das gestantes sobre a gravidez e a consulta de enfermagem no pré-natal; Social representations of pregnant pacients about pregnany and nurse atendance

Lima, Maria Goreti de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.391003%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2006.; Considerada um momento importante para a vida da mulher, a gravidez sintetiza o encontro de sentimentos ambivalentes: medo, alegria e autoafirmação. Pela importância desse evento para a mulher, decidi refletir sobre a Consulta de Enfermagem no Pré-Natal como espaço que a gestante tem para expressar suas necessidades. Esse estudo tem como objetivo conhecer e analisar as representações sociais das gestantes atendidas no Pré-Natal do Centro de Saúde N.11 de Brasília, sobre a Consulta de Enfermagem, com a finalidade de oferecer subsídios para melhorar a qualidade dessa assistência. Preliminarmente, procedi à caracterização do perfil da gestante atendida no Pré-Natal no ano de 2004, por meio dos Prontuários e/ou Fichas de Atendimentos. Foram realizadas entrevistas semi-estruturadas com 13 gestantes. Para sistematizar os dados, utilizei o software ALCESTE, com o intuito de conhecer o discurso coletivo e a identificação dos significados compartilhados por essas mulheres. Os resultados da análise lexical mostraram que as falas se organizaram em torno de três Eixos e seis Classes Temáticas, a saber: Eixo I - Vivenciando a gravidez: mostra elementos significativos acerca da experiência vivida pelas mulheres durante a gravidez...

‣ O Programa Bolsa Família em São Luís (MA) e Belém (PA) : um estudo sobre a relação entre a gestão local e os efeitos do Programa na condição de vida das mulheres

Fialho, Paula Juliana Foltran
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.398262%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Serviço Social, Programa de Pós-Graduação em Política Social, 2007.; No contexto de crescimento da pobreza e acirramento das desigualdades, especialmente em relação às mulheres, os programas de transferência de renda podem ser apontados como alternativas inovadoras no combate aos fenômenos. O Programa Bolsa Família é o maior programa de transferência de renda do país, implementado pelo Governo Federal como a principal estratégia de combate à fome e à miséria. Por uma cláusula específica que privilegia o acesso às mulheres, o Programa acaba por gerar efeitos positivos em suas vidas, que podem ser verificados nos resultados da pesquisa “O Programa Bolsa Família e o Enfrentamento das Desigualdades de Gênero: o desafio de promover o reordenamento do espaço doméstico e o acesso das mulheres ao espaço público”, executada pela AGENDE sob o encargo do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e apoio do UK Department for International Development (DFID). Tais resultados estimulam o aprofundamento do debate, podendo ser questionado: seria a transferência de renda a responsável pelas mudanças na vida das mulheres beneficiárias? Haveria outras variáveis a influenciar os impactos sentidos pelas mulheres em suas vidas? Se a resposta à primeira pergunta for afirmativa...

‣ Avaliação de grupo de educação nutricional para mulheres com excesso de peso

Duarte, Andreia Neves
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.398333%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2012.; O crescimento do excesso de peso na população aponta para a necessidade de criação de estratégias efetivas para a incorporação de hábitos alimentares saudáveis. Nesse sentido, propõem-se abordagens educativas pautadas no modelo biopsicossocial de atenção à saúde, que permitem o enfoque dos problemas alimentares em sua complexidade e envolvem os pacientes como sujeitos ativos do processo. Dentre eles, destaca-se o modelo cognitivo, que vem se mostrando efetivo em programas de mudanças de hábitos de vida. Assim, o objetivo geral desse projeto foi propor e avaliar um programa de educação nutricional baseado no modelo cognitivo como estratégia para adoção de hábitos alimentares saudáveis e redução do peso e do risco cardiovascular em mulheres com sobrepeso e obesidade. Para tanto, realizou-se um estudo quase-experimental com metodologia quali-quantitativa, do qual participaram 39 mulheres adultas com excesso de peso atendidas na rede pública de saúde do Distrito Federal, que foram alocadas em dois grupos: um de atendimento coletivo (Grupo Experimental n=23) e outro individual (Grupo Controle n=16). O Grupo Experimental participou do programa de educação nutricional coletivo composto por 13 encontros semanais pautado no modelo cognitivo e o Grupo Controle recebeu acompanhamento nutricional individual tradicional...

‣ Desenvolvimento de competências parentais no puerpério através da Visita Domiciliária de Enfermagem: Revisão Integrativa

Sim-Sim, Margarida; Barros, Maria da Luz; Martins, Maria Antónia
Fonte: Unidade local de Saúde do Baixo-Alentejo. Moura Publicador: Unidade local de Saúde do Baixo-Alentejo. Moura
Tipo: Aula
Português
Relevância na Pesquisa
37.379265%
Objetivo: Analisar a perceção de desenvolvimento de competências parentais das puérperas através da visita domiciliária de enfermagem . Desenvolvimento: Revisão de literatura a partir da formulação de uma pergunta de partida que orientou a pesquisa. Foi realizada entre janeiro e fevereiro de 2012, nas bases de dados eletrónicas da Medline, Academic Search Complete, Pub-Med. Critérios de inclusão: estudos publicados na década de 2000 e até á presente data, com evidência científica, de carácter empírico e primário, disponíveis em texto completo, escritos em português, inglês e francês, de acesso livre, cujos sujeitos/participantes são puérperas em ambiente domiciliar, foco no desenvolvimento de competências fruto da visita domiciliária de enfermagem, usando como palavras-chave home visiting, postpartum, puerperium, maternal satisfaction, motherhood satisfaction. Encontraram-se 20 artigos, selecionados 12. Principais Conclusões: da análise dos estudos selecionados, percebeu-se que mulheres de baixa renda beneficiam com o seguimento da visita, mulheres mais visitadas recorrem menos a Serviço de Urgência por problemas com os filhos, problemas de aleitamento materno relacionados com posição e pega inadequada podem ser resolvidos com visitas precoces. A primeira visita domiciliar deve ocorrer na 1ª semana pós-alta hospitalar...

‣ Mulheres na física: poder e preconceito nos países em desenvolvimento

Agrello,D.A.; Garg,R.
Fonte: Sociedade Brasileira de Física Publicador: Sociedade Brasileira de Física
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.424126%
O número de mulheres na física é pouco representativo, seja na pesquisa governamental, na indústria ou no meio acadêmico. Na maioria dos países, apenas cerca de 10% a 12% dos profissionais do campo da física, nos ultimos 100 anos, são mulheres. A situacão não tem se alterado significativamente nos ultimos anos. Recentemente, uma discussão na revista Physics Today [1] questionava se essa seria, de fato, uma questão relevante. O presente artigo fará uma revisão do atual status da mulher na física, focalizando em especial países em desenvolvimento, como Brasil e Índia. Serão discutidas as razões pelas quais a física necessita de mais mulheres e sugeridas algumas estratégias para melhorar a situação atual.

‣ A construção de uma agenda para as questões de gênero, desastres socioambientais e desenvolvimento

Freitas,Rosana de Carvalho Martinelli
Fonte: Centro de Filosofia e Ciências Humanas e Centro de Comunicação e Expressão da Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Centro de Filosofia e Ciências Humanas e Centro de Comunicação e Expressão da Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.379265%
Este artigo¹ tem como objetivo discutir questões relacionadas a desenvolvimento, desastres socioambientais e gênero, as quais, por estarem inscritas no debate contemporâneo brasileiro, constituem elementos que devem pautar pesquisas e estratégias de ação. Apresenta a relação entre gênero, classe, raça/etnia e desastres socioambientais, examinando conceito-schave sobre desenvolvimento, meio ambiente e igualdade no contexto das políticas econômicas recentes. Reflete sobre a situação das mulheres inseridas em uma situação de subalternidade na sociedade capitalista, que sofrem as consequências dos desastres socioambientais. Conclui com sugestões para a inclusão nesses processos do enfoque de gênero na elaboração de agendas de pesquisas e de ação

‣ Violência contra a mulher: análise de casos atendidos em serviço de atenção à mulher em município do Sul do Brasil

Galvão,Elaine Ferreira; Andrade,Selma Maffei de
Fonte: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública. Publicador: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2004 Português
Relevância na Pesquisa
37.398262%
Este artigo, de caráter descritivo, tem como objetivo apresentar o perfil de mulheres atendidas em um centro de atendimento à mulher em Londrina, Paraná, e caracterizar os casos quanto aos tipos de violência sofrida, queixa principal, ambiente em que ocorreu a violência e tipo de vínculo do agressor com a mulher. Utilizando-se o Programa Epi Info 6.04 montou-se um banco de dados com as informações extraídas das fichas das mulheres atendidas pelo Serviço, no ano de 2001. Do total de 470 fichas analisadas, verificou-se que a média de idade das mulheres é de 34 anos. A maioria, 47,2%, declarou-se casada e 54% possuem um ou dois filhos. Declararam-se chefes de família 38,7% das mulheres. A violência emocional prevaleceu, representando 56,4% dos casos, seguida pela violência física (32,1%). Os principais agressores são os atuais maridos ou companheiros das mulheres (73,4%) e o lar é o espaço onde a maioria das agressões ocorre. Considerando-se a complexidade do problema, que está associado à questão da construção social dos papéis masculinos e femininos e da desigualdade existente nas relações entre os gêneros, conclui-se que os serviços de atendimento às mulheres em situação de violência são de fundamental importância e que estes devem estar articulados com os serviços de saúde no desenvolvimento de ações preventivas e na perspectiva da atenção integral à mulher.

‣ Movimento dos trabalhadores rurais sem terra (MST): as contradições vivenciadas na produção sem a participação das mulheres negras

Souza, Simone Maria de
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
37.398262%
O Movimentos dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) é uma organização política, constituída pela superpopulação relativa formada por trabalhadores/as proletários/as, em sua maioria, negros/as. Assim como as organizações tradicionais de classe – partidos políticos de esquerda e sindicatos —, o MST abandonou o trabalho enquanto categoria central na luta socialista. O MST luta pela reforma agrária e pela organização, majoritária, do trabalho com base na família. Segundo Marx e Engels (2002), é na divisão do trabalho que tem como base a família, que há a apropriação e exploração do trabalho da mulher e dos filhos e filhas, que se organiza a divisão do trabalho, a formação das classes sociais e do Estado. A divisão do trabalho, no Brasil, é marcada pela divisão “racial” e sexual do trabalho. É decorrente das relações “raciais” e sociais de sexo. Estas relações sociais são assimétricas e antagônicas, estruturantes e transversais à totalidade do campo social. Geram hierarquia do homem branco em relação à mulher negra. A divisão “racial” e sexual do trabalho, separa e hierarquiza o trabalho, razão porque, predominantemente, os homens brancos não vão ser encontrados nos trabalhos manuais...

‣ Respostas fisiológicas em mulheres adultas em protocolo padrão de movimentos de hidroginástica dentro e fora da água

Scarton, Alessandra Maria
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
37.381885%
O envelhecimento humano é um processo inevitável que se dá ao longo da vida adulta. Embora seja um processo no qual ocorrem mudanças com momentos de desenvolvimento e declínios, é salientado como uma fase de muitas perdas. A vida adulta, precisa ser revista em todos os seus aspectos, dando ênfase à promoção e manutenção da saúde. A atividade física é considerada um fator imprescindível, que possibilita ganhos momentâneos e futuros à saúde, visando um envelhecimento bem-sucedido que corresponde à diminuição ou postergação das mudanças. Dentre as atividades físicas, a hidroginástica, vem se tornando uma excelente possibilidade de se exercitar e adquirir benefícios, sem danos, visto que é uma atividade realizada no meio líquido no qual acontecem adaptações positivas. A justificativa neste estudo se dá pela necessidade de identificação de variáveis físiológicas específicas, com protocolo próprio, que possam auxiliar a prática dos professores no que diz respeito a prescrição e planejamento proporcionando mais benefícios relacionados à saúde. O objetivo da pesquisa foi analisar os índices de freqüência cardíaca (FC), níveis de lactato sangüíneo e respostas na escala de percepção subjetiva do esforço (escala de Borg) em protocolo de exercícios de hidroginástica...

‣ Sustentabilidade da vida humana e as possibilidades da divisão sexual do trabalho doméstico

Sartor, Angela Kalckmann Romanó
Fonte: Curitiba Publicador: Curitiba
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
37.398262%
The sustainability of human life, meaning the activities necessary for the process of social reproduction and life maintenance, as not conceived as productive work has not been treated as a priority for the development of the individual or the society. Performed basically by women in the domestic environment, it is the scene of inequalities and conflicts, in which women who cannot divide responsibilities face a double or triple day work. The object of this research is to know which strategies the working women of Curitiba, holders of a high school diploma, are using to go through this challenge, what services they can be provided and who they can count on. This qualitative and interpretative research has interviewed 15 women and tried to understand the meaning of the gender division of labour i.e. how is domestic work divided between men and women of the same family, and what is the role of the Government and the employer. Their testimonies evidence they are facing times of change and persistency, where the reproductive behaviour coexists with change of values and attitudes. The prevalent model of gender division of labor, defined by Hirata and Kergoat, is the conciliation, although traditional and partnership models also occur in a smaller degree. Grandmothers play a substancial role on the emancipation of the working women. They can count on their own mothers mostly when they cannot get the Government and employer’s support through day-cares for their children. Technological innovations have significantly contributed as time and effort savers for the accomplishment of domestic tasks...

‣ Investigação da ansiedade, depressão e qualidade de vida em pacientes portadores de osteoartrite no joelho: um estudo comparativo

Ferreira,Alyne Hevellen; Godoy,Priscilla Brandi Gomes; Oliveira,Nara Rejane Cruz de; Diniz,Roger Amorim Santos; Diniz,Ricardo Edésio Amorim Santos; Padovani,Ricardo da Costa; Silva,Regina Cláudia Barbosa da
Fonte: Sociedade Brasileira de Reumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Reumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2015 Português
Relevância na Pesquisa
37.413945%
RESUMOIntrodução:A osteoartrite (OA), artrose ou osteoartrose acomete a cartilagem hialina e o osso subcondral e compromete a articulação como um todo. A articulação do joelho caracteriza-se como um dos principais sítios de acometimento da OA. O envelhecimento, o sobrepeso e o gênero (prevalência em mulheres) são os fatores de risco mais significativos para o desenvolvimento da doença. A OA é considerada uma das mais frequentes causas de incapacidade laborativa e pode afetar a qualidade de vida de seus portadores e favorecer a emergência de transtornos mentais.Objetivo:Avaliar se os sintomas de ansiedade e depressão são mais expressivos em mulheres com OA quando comparados com mulheres sem tal diagnóstico e o quanto essa doença reumática compromete a qualidade de vida desses pacientes.Métodos:Participaram deste estudo 75 mulheres, com média de 67 anos, 40 com diagnóstico de OA no joelho e 35 sem. Foram usados os seguintes instrumentos: Inventário de Ansiedade Traço e Estado, Inventário de Depressão de Beck e SF-36, questionário de qualidade de vida.Resultados:Mulheres portadoras de OA no joelho têm níveis maiores de depressão e ansiedade, além de apresentar qualidade de vida inferior em comparação com o grupo sem a doença.Conclusão:Acreditamos que o tratamento aos portadores de OA deveria considerar a combinação de farmacoterapia...

‣ Ascensão profissional de executivas em empresas baseadas no conhecimento

Botelho, Louise de Lira Roedel
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 161 f.| il.
Português
Relevância na Pesquisa
37.391003%
Dissertação (mestrado) - Universidade Fedeal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento; Esta dissertação tem como objetivo geral compreender o fenômeno da ascensão profissional a partir da perspectiva das executivas. Foi realizada em empresas de base tecnológica (EBT's) localizadas no Parque Tecnológico Tecnópolis, em Florianópolis, Santa Catarina. Para a construção da presente pesquisa foi necessário, em primeiro lugar, recuperar nas narrativas das mulheres executivas suas percepções sobre seu caminhar pessoal e profissional, buscando entender as diversas influências experimentadas por elas durante suas trajetórias. O segundo objetivo foi o de conhecer as estratégias utilizadas pelas executivas para ascenderem profissionalmente em suas organizações. Todas essas questões permitiram descrever as regularidades que ocorrem na ascensão profissional feminina. Como procedimento metodológico, foi utilizada a pesquisa qualitativa, com a aplicação de entrevistas semi-estruturadas e estudo de casos múltiplos. Com relação à amostragem, foi investigado o universo de três executivas que atuavam em cargos de comando em suas organizações. Assim, pode-se considerar que a presente pesquisa demonstra que a carreira feminina é complexa...

‣ Sobre mulheres e polícias

Moreira, Rosemeri
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 328 p.| il., tabs., grafs.
Português
Relevância na Pesquisa
37.419827%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História; O objeto da pesquisa em questão constitui-se no processo de criação da Polícia Feminina na cidade de São Paulo, em 1955. Processo que permitiu o acesso de mulheres à função de agentes da violência legítima do Estado, em um contexto de debate sobre os modelos de policiamento que existiam no país: o policiamento civil e o militar. O recorte temporal baliza o período 1955-1964, abarcando desde o processo de construção dos enunciados fundadores do policiamento de "tipo" feminino; a configuração políticas das polícias paulistas do período pós-guerra e pós-vargas; o processo inicial de recrutamento e a transformação das mulheres em policiais femininas; além do desenvolvimento das atividades da chamada Polícia Feminina no espaço urbano paulistano, até o início dos governos militares, em 1964. A principal questão da pesquisa é sobre a articulação do gênero na trama discursiva que possibilitou o imbricamento entre as concepções "mulher" e "policial", uma vez que eram/são percebidos como culturalmente opostos. O texto enfoca a discussão sobre o processo da criação discursiva do modelo de "Polícia Feminina"...

‣ A participação das profissionais de contabilidade no Sindicato dos Contabilistas de Criciúma e Região

Arraes, Mariane Pinto da Silva
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
Português
Relevância na Pesquisa
37.370237%
Trabalho de Conclusão de Curso, apresentado para obtenção do grau de Bacharel no curso de Ciências Contábeis da Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC.; Informação, atualização, planejamento, entre outros, são pontos cruciais para um bom desempenho da contabilidade. No início, a contabilidade foi criada com a finalidade de controlar o patrimônio familiar, mas com o passar dos anos, viu-se também que era indispensável para a existência das organizações. Primeiramente o profissional contábil era conhecido como guarda livros, porém com a evolução da contabilidade e dos profissionais mudou-se o pensamento da sociedade, muito mais do que um simples contador, trata-se de um profissional muito importante para o desenvolvimento das empresas podendo atuar em várias áreas, pois a contabilidade oferece um campo de atuação bastante amplo. Devido às muitas evoluções na história da sociedade, as mulheres conquistaram seu espaço, tendo uma participação mais ativa em meados dos anos 80 na questão profissional, destacando-se a contabilidade. A participação feminina na profissão contábil está em constante evolução, porém ainda existem situações de preconceitos, diferenciação salarial, entre outros...

‣ Avaliação da eficácia de um programa de intervenção junto de mulheres alcoólicas

Couto, Patrícia Moreira
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 Português
Relevância na Pesquisa
37.370237%
Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para a obtenção do grau de Mestre em Psicologia, ramo de Psicologia Clínica e da Saúde; O alcoolismo feminino é um fenómeno que nas últimas décadas tem vindo a aumentar consideravelmente, tornando-se numa temática atual de investigação, por ser considerado um problema de saúde pública, com grandes repercussões físicas, psicológicas, sociais, profissionais e familiares. Estes fatores também são determinantes no modo como a mulher bebe e aceita a sua problemática, bem como, no diagnóstico desta doença por parte dos técnicos de saúde, uma vez que, nas mulheres a procura de ajuda se apresenta muitas vezes associada a outros problemas que não o alcoolismo. De entre esses problemas, podem destacar-se os baixos níveis de autoestima, a vergonha social, a culpabilidade, e os altos níveis de ansiedade e depressão. Diversos autores defendem que é fundamental a intervenção na autoestima no decorrer do tratamento da mulher alcoólica, uma vez que, é considerada um fator que conduz aos consumos alcoólicos numa mulher, bem como, ao desenvolvimento de sintomatologia psicopatológica. Além de ser considerada um fator de risco, também é um fator protetor. É precisamente neste contexto que este estudo se insere...

‣ Violência contra a mulher: análise de casos atendidos em serviço de atenção à mulher em município do Sul do Brasil; Violence against women: analysis of cases attended in a women care centre in a municipality in Southern Brazil

Galvão, Elaine Ferreira; Andrade, Selma Maffei de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2004 Português
Relevância na Pesquisa
37.398262%
Este artigo, de caráter descritivo, tem como objetivo apresentar o perfil de mulheres atendidas em um centro de atendimento à mulher em Londrina, Paraná, e caracterizar os casos quanto aos tipos de violência sofrida, queixa principal, ambiente em que ocorreu a violência e tipo de vínculo do agressor com a mulher. Utilizando-se o Programa Epi Info 6.04 montou-se um banco de dados com as informações extraídas das fichas das mulheres atendidas pelo Serviço, no ano de 2001. Do total de 470 fichas analisadas, verificou-se que a média de idade das mulheres é de 34 anos. A maioria, 47,2%, declarou-se casada e 54% possuem um ou dois filhos. Declararam-se chefes de família 38,7% das mulheres. A violência emocional prevaleceu, representando 56,4% dos casos, seguida pela violência física (32,1%). Os principais agressores são os atuais maridos ou companheiros das mulheres (73,4%) e o lar é o espaço onde a maioria das agressões ocorre. Considerando-se a complexidade do problema, que está associado à questão da construção social dos papéis masculinos e femininos e da desigualdade existente nas relações entre os gêneros, conclui-se que os serviços de atendimento às mulheres em situação de violência são de fundamental importância e que estes devem estar articulados com os serviços de saúde no desenvolvimento de ações preventivas e na perspectiva da atenção integral à mulher.; The objective of this descriptive study is to present the profile of women who were assisted at a women's care center in Londrina...

‣ A CONSTRUÇÃO DE UMA AGENDA PARA AS QUESTÕES DE GÊNERO, DESASTRES SOCIOAMBIENTAIS E DESENVOLVIMENTO; The Construction of an Agenda Concerning Gender, Socio-Environmental Disasters, and Development

Freitas, Rosana de Carvalho Martinelli; Universidade Federal de Santa Catarina
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.379265%
http://dx.doi.org/10.1590/S0104-026X2010000300014Este artigo tem como objetivo discutir questões relacionadas a desenvolvimento, desastres socioambientais e gênero, as quais, por estarem inscritas no debate contemporâneo brasileiro, constituem elementos que devem pautar pesquisas e estratégias de ação. Apresenta a relação entre gênero, classe, raça/etnia e desastres socioambientais, examinando conceitoschave sobre desenvolvimento, meio ambiente e igualdade no contexto das políticas econômicas recentes. Reflete sobre a situação das mulheres inseridas em uma situação de subalternidade na sociedade capitalista, que sofrem as consequências dos desastres socioambientais. Conclui com sugestões para a inclusão nesses processos do enfoque de gênero na elaboração de agendas de pesquisas e de ação.; The purpose of this essay is to discuss issues related to development, socioenvironmental disasters, and gender, which, for being important elements of the public debate in Brazil today, should be addressed in research and public policy strategies. The relationship between gender, class, race/ethnicity and socio-environmental disasters is presented, and key concepts about development, the environment, and equality are examined in the context of recent economic policies. The essay reflects on the condition of women found in a subaltern condition in capitalist society who suffer the consequences of socio-environmental disasters. It concludes with suggestions for including a focus on gender in the preparation of research and action strategies.

‣ VULVOVAGINAL CANDIDIASIS IN HUMAN IMMUNODEFICIENCY VIRUS-INFECTED WOMEN; CANDIDÍASE VULVOVAGINAL EM MULHERES INFECTADAS PELO VÍRUS DA IMUNODEFICIÊNCIA HUMANA

Braz Vieira da Silva Pontes, Zélia; Figueiredo Nóbrega, Camila; Morais da Silveira Frade, Joana D’Arc; Leite Madruga, Maria de Fátima; Soares de Pinho Neto, Otávio; Cortez Costa de Oliviera, Iaponira; Pereira dos Santos, Jozemar
Fonte: Universidade Federal da Paraíba Publicador: Universidade Federal da Paraíba
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 24/08/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.398262%
Objective: To evaluate the clinical and mycological findings of vulvovaginal candidiasis (VVC) in HIV-infected women. Material and Methods: Prospective study (August 2003 to July 2006) of VVC in women assisted the Department of Special Assistance Maternal-Child HIV/AIDS of University Hospital Lauro Wanderley. The clinical material, obtained by vaginal swabs, was processed (Gram and seeded in CHROMagar Candidaâ) and the yeasts were identified using the classic method. Results: We studied 62 HIV-infected women. The signs and symptoms of VVC presented by 42% different women were (multiple answers): vulvovaginal secretion (84.6%), pruritus (65.4%), burning (34.6%) and/or plates (34.6%). C. albicans (69.2%), C. glabrata (15.4%), C. tropicalis (11.5%) and C. krusei (3.9%) were species identified. Risk factors such as immunologic parameter (CD4), pregnancy and use of TARV was respectively significant (p = 0.006) and not significant (p = 0.787; p = 0,305) with VVC. Conclusion: CVV was common in HIV-infected women, having been observed association with CD4 T counts (≤ 200 cells/mm3). The microbiological characterization and correct diagnosis are important. However, it is advisable to increase the sample size and the introduction of a control group of HIV-uninfected women. DESCRIPTORS: Vulvovaginal candidiasis. Human immunodeficiency virus. Signs and symptoms. Risk factors.; Objetivos: Avaliar achados clínicos e microbiológicos de candidíase vulvovaginal (CVV) em mulheres infectadas pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV). Material e Métodos: Estudo prospectivo (agosto de 2003 a julho de 2006) de CVV em mulheres assistidas no Serviço de Assistência Especial Materno-Infantil HIV/AIDS do Hospital Universitário Lauro Wanderley. O material clínico...