Página 14 dos resultados de 2933 itens digitais encontrados em 0.035 segundos

‣ Educação e desenvolvimento do género : os trilhos percorridos na família; Education and gender development : the pathways followed in the family

Vieira, Cristina Maria Coimbra
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
37.36088%
Inserida no âmbito do estudo das diferenças individuais no comportamento e das suas eventuais implicações para a educação, a investigação desenvolvida para a preparação desta dissertação teve como objectivo principal chamar a atenção para a problemática da educação diferencial em função do sexo, que é ministrada em contexto familiar. Sabe-se, com feito, que a preparação diferencial que os pais tendem a fazer do rapaz e da rapariga para o desempenho dos papéis de género repousa, muitas vezes, mais em crenças infundadas sobre as características e as capacidades de cada um dos sexos do que em conhecimentos produzidos pela via científica. Por este motivo, a investigação em educação tem um papel importante na possível correcção de certas práticas educativas, para que se verifique uma maior equidade de poder e de recursos entre homens e mulheres e as escolhas individuais sejam tão livres quanto possível, nos vários domínios da vida. Com o estudo não experimental, de carácter transversal e de tipo correlacional levado a efeito, com 597 sujeitos pertencentes a 227 famílias escolhidas aleatoriamente do Concelho de Coimbra, verificou-se que o modo como os pais e os filhos concebem a educação que devem receber o homem e a mulher parece ser...

‣ Desenvolvimento e aplicação de método analítico para determinação de ésteres etílicos de ácidos graxos (bioindicadores do etanol) em amostras de mecônio; Development and application of an analytical method for the determination of fatty acid ethyl esters (biomarkers of ethanol) in meconium samples

Roehsig, Marli
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.36088%
O álcool é uma das substâncias psicoativas mais consumidas mundialmente e seu uso por mulheres em idade reprodutiva, em particular, tem representado grande preocupação por parte de especialistas e da sociedade em geral. Apesar dos efeitos adversos associados ao ato de ingerir bebidas alcoólicas durante a gestação ser bastante documentados e conhecidos, sabe-se que uma parcela de mulheres grávidas tem dificuldades em abandonar o hábito. O consumo excessivo de álcool durante a gravidez tem sido associado com a síndrome fetal pelo álcool (FAS), caracterizada por crianças com dificuldades comportamentais e de aprendizado. Entretanto, devido ao sentimento de culpa e medo de ações punitivas, mulheres raramente admitem terem utilizado álcool durante a gestação. Como resultado, uma série de marcadores biológicos tem sido estudada para se diagnosticar a exposição fetal ao etanol. Dentre os marcadores utilizados estão os ésteres etílicos de ácidos graxos (FAEE), que podem ser detectados em amostras de mecônio de recém-nascidos. No presente trabalho, um método analítico foi desenvolvido visando a detecção de oito FAEEs em amostras de mecônio e aplicada em amostras coletadas de recém-nascidos cujas mães admitiram ou não o uso de etanol durante a gestação. A microextração em fase sólida por Headspace (HS-SPME)...

‣ Significado da alopecia para mulheres submetidas à quimioterapia para o câncer ginecológico ou mamário; Meaning of hair loss in women undergoing chemotherapy for breast or gynecological cancer

Sampaio, Barbara Alexandre Lespinassi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/08/2013 Português
Relevância na Pesquisa
37.362769%
Estudo qualitativo, cujo objetivo foi compreender o significado da alopecia, decorrente de quimioterapia, para mulheres submetidas a esse tipo de tratamento para o câncer ginecológico ou mamário, e teve como referencial teórico o Interacionismo Simbólico. Os dados foram obtidos por meio de entrevistas e prontuários de 15 mulheres que apresentaram alopecia como evento adverso ao tratamento quimioterápico, e frequentavam um serviço especializado em reabilitação pós-mastectomia ou um ambulatório ou enfermaria de oncologia de um hospital universitário do interior de São Paulo. Foram identificadas duas unidades temáticas pela Análise de Conteúdo: 1) o significado da alopecia para as mulheres que a apresentam, na relação consigo próprias; e 2) na relação com os outros e com o mundo. Na relação consigo próprias, a alopecia significou necessidade de lidar com alterações emocionais e da autoestima, necessidade de disfarce, dificuldade de lidar com a alopecia, de se olhar no espelho e de falar sobre o assunto, sendo que a mulher descobriu formas de lidar com os problemas ocasionados pela queda de cabelo...

‣ Fatores relacionados ao gasto e consumo energético de mulheres obesas com e sem síndrome metabólica

Souza, Carolina Leandro de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 121 f.
Português
Relevância na Pesquisa
37.362769%
Pós-graduação em Alimentos e Nutrição - FCFAR; A obesidade é uma doença estreitamente relacionada ao desenvolvimento da síndrome metabólica (SM) e é fundamentalmente um problema de balanço energético que se desenvolve quando a ingestão de energia proveniente dos alimentos é maior que o gasto energético total. O gasto energético total compreende a taxa metabólica de repouso, o efeito térmico dos alimentos e os gastos com atividade física e pode ser medido pela calorimetria indireta. O objetivo deste trabalho foi estudar a relação da taxa metabólica de repouso (TMR) em mulheres obesas com os componentes da SM e fatores relacionados. O grupo de estudo foi constituído por 35 mulheres com idade entre 18 e 40 anos, que apresentavam um índice de massa corporal (IMC) maior ou igual a 30 kg/m². Foram excluídas as mulheres portadoras de diabetes mellitus, hipotireoidismo, gestantes, lactantes e aquelas em tratamento (medicamentoso ou não) para obesidade e dislipidemias, além das portadoras de doenças graves. Foram aplicados um questionário para obtenção de dados sócio-demográficos, três recordatórios de 24 horas em dias não consecutivos sendo um final de semana e três diários de atividade física, aplicados no mesmo dia dos recordatórios. O comportamento alimentar foi avaliado pela escala de compulsão alimentar periódica (ECAP). Dentre as variáveis antropométricas foram avaliadas peso...

‣ Associação de polimorfismos dos genes da UCP2 e UCP3 com características sociodemográficas e nutricionais de mulheres em pré operatório para cirurgia bariátrica

Schnor, Noa Pereira Prada
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 110 f.
Português
Relevância na Pesquisa
37.36088%
Pós-graduação em Alimentos e Nutrição - FCFAR; Sabe-se que a obesidade possui etiologia multifatorial com forte influência de componentes genéticos. Os genes das UCPs, devido à influência no dispêndio de energia, no metabolismo lipídico, na utilização de glicose, na sensibilidade à insulina, na regulação de espécies reativas de oxigênio, se apresentam associados tanto com a obesidade quanto com suas comorbidades. Porém, poucos são os estudos que avaliaram a associação desses genes com aspectos sócio demográficos, retrospectiva da obesidade e padrões alimentares. Objetivou-se verificar associação de polimorfismos rs659366 (-866G/A) e rs660339 (A55V) do gene da UCP2 e rs1800849 (-55C/T) da UCP3 com características clínicas e nutricionais e com padrões alimentares em candidatas à cirurgia bariátrica. Foi realizado estudo transversal com 308 mulheres candidatas à cirurgia bariátrica com idade entre 21 e 45 anos. Na coleta dos dados foram incluídos: dados sócio-demográficos, peso atual, histórico de peso, estatura, Índice de Massa Corporal, idade de início da obesidade, três recordatórios alimentares de 24 horas, dosagens bioquímicas, exame de ultrassonografia, comorbidades presentes e genotipagem por PCR-real time dos genes selecionados. Foi notado risco de desenvolvimento da obesidade na adolescência em portadoras do alelo A do polimorfismo -866G/A do gene da UCP2 e chance menor de desenvolvimento da obesidade na fase adulta. Portadoras do alelo C do polimorfismo A55V do gene da UCP2 apresentaram risco maior de início da obesidade na idade adulta e portadoras do alelo T apresentaram maior risco de obesidade grau II enquanto que portadoras do alelo T do polimorfismo -55C/T do gene da UCP3 tiveram risco maior de apresentarem superobesidade após ajuste de renda per capita...

‣ Experiências adversas na infância e comportamentos de risco para a saúde em mulheres reclusas

Alves, Joana Ferreira Cardoso
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 09/07/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.367002%
Dissertação mestrado em Psicologia (área de especialização em Psicologia da Saúde); Esta tese de dissertação intitula-se “Experiências Adversas na Infância e Comportamentos de Risco para a Saúde em Mulheres Reclusas”. A adversidade durante a infância tem sido um dos temas alvo de numerosos estudos no âmbito da Psicologia, devido à sua prevalência e ao forte impacto no desenvolvimento do indivíduo. Os resultados mais prevalentes vão de encontro ao facto das experiências adversas durante a infância aumentarem o risco de perturbações físicas e psicológicas na idade adulta. Neste sentido, a presente dissertação, tem como objectivo caracterizar as experiências adversas durante a infância e relacionar a adversidade com comportamentos de risco para a saúde e com sintomas de psicopatologia, em 42 mulheres reclusas num estabelecimento prisional do norte do país. Os instrumentos de medida utilizados foram: o Questionário Sócio-demográfico e História de Vida e Brief Symptons Inventory. Na amostra em estudo, a maioria das mulheres relata um quadro complexo de diversas experiências adversas durante a sua infância. Num total possível de dez categorias de adversidade, verificamos uma média de adversidade total de 5.05 (DP=2.63)...

‣ Violência doméstica : significados em torno da intervenção em grupo com mulheres vítimas

Cunha, Alexandre Herculano da Conceição Soares da
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.362769%
Dissertação de mestrado integrado em Psicologia (área de especialização em Psicologia da Justiça); No plano internacional, a intervenção em grupo é a modalidade terapêutica mais utilizada com vítimas de violência conjugal Tutty, Bidgood e Rothery (1993). Não obstante, em Portugal, a intervenção em grupo é muito recente e pouco comum. Embora existam poucos estudos sobre a eficácia desta forma de intervenção (Lundy & Grossman, 2001), os que existem apontam para um conjunto de ganhos que o grupo proporciona às mulheres (e.g., competências pessoais, competências sociais, estratégias de coping) (e.g., Raynor & Cantin, 1997, Cox & Stoltenberg, 1991). Com o intuito de conhecermos melhor a experiência, os significados e o impacto deste formato de intervenção terapêutica nas mulheres vítimas de violência conjugal, desenvolvemos uma investigação qualitativa, tendo como metodologia de estudo a análise de conteúdo temática. A amostra é constituída por 19 mulheres vítimas de violência conjugal, que beneficiaram de uma intervenção psicoterapêutica em grupo, desenvolvida no âmbito do projeto Grupos de Ajuda Mútua (GAM), dinamizado pela Universidade do Minho. Procedeu-se à recolha dos dados através de uma entrevista semiestruturada e...

‣ Intervenção em grupo com vítimas de violência doméstica : uma revisão da sua eficácia

Matos, Marlene; Machado, Andreia; Santos, Anita; Machado, Carla
Fonte: ISPA Publicador: ISPA
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.36088%
Após o reconhecimento social, a violência doméstica tem adquirido progressivamente uma expressão significativa nas estatísticas criminais no nosso país. Paralelamente, atendendo aos elevados custos que habitualmente estão associados a esta experiência (e.g., saúde física e psicológica), a actuação de profissionais especializados nesta área foi assumindo cada vez mais relevância, constituindo-se a mulher vítima como um dos principais alvos da intervenção. Nesse contexto, assistiu-se nos últimos anos ao desenvolvimento de diferentes modalidades psicoterapêuticas dirigidas a essa população, entre as quais a intervenção em grupo. O objectivo deste trabalho consiste, pois, em sistematizar o conhecimento actual sobre a eficácia da intervenção em grupo com mulheres vítimas desse tipo de violência, reflectindo criticamente sobre as suas potencialidades. Após uma revisão da literatura internacional (e.g., Cox & Stolberg, 1991; McBride, 2001; Rinfret-Raynor & Cantin, 1997; Tutty, Bidgood, & Rothery, 1993), constata-se que essa é uma das mais comuns modalidades de intervenção facultadas às vítimas, revelando-se útil e com grande impacto junto dessas mulheres (e.g., Trimpey, 1989, citado por McBride...

‣ Mercado de Trabalho e Género

Braga, Domingos
Fonte: Caleidoscópio Publicador: Caleidoscópio
Tipo: Parte de Livro
Português
Relevância na Pesquisa
37.36088%
A problemática da crescente participação feminina no mercado de trabalho tem conduzido a uma visão claramente dualista acerca deste fenómeno, onde a uma maior situação de igualdade entre os géneros através da crescente independência económica das mulheres, se depara com processos de diferenciação e segregação na forca de trabalho feminina pela via da maior predominância das mulheres nas atividades precárias, mal remuneradas e com menores oportunidades de desenvolvimento profissional. Esta situação particular das mulheres no mercado de trabalho tem conduzido a que o empreendedorismo feminino seja mais marcado pela necessidade do que pela deteção de oportunidades suportadas por uma estratégia integrada de negócio.

‣ Diagnóstico de Género de Angola

Afonso, Aline; Caetano, Catarina
Fonte: European Union Publicador: European Union
Tipo: Livro
Publicado em /03/2015 Português
Relevância na Pesquisa
37.364038%
O Estudo “Diagnóstico de Género de Angola” insere-se no Plano de Acção para a Igualdade de Género e o Empoderamento das Mulheres no Desenvolvimento (2010-2015) lançado em Junho de 2010 pela União Europeia. Na sua formulação, o Plano de Acção teve por base múltiplos objectivos sendo o mais abrangente contribuir para acelerar o alcance dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM), em particular o ODM 3 – Promover a Igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres e o ODM 5 – Melhorar a saúde materna e simultaneamente reforçar a coordenação da UE com os países parceiros no que respeita às políticas de igualdade de género na cooperação para o desenvolvimento.

‣ Intervenção em grupo com vítimas de violência doméstica : Uma revisão da sua eficácia

Matos, Marlene; Machado, Andreia; Santos, Anita; Machado, Carla
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.36088%
Após o reconhecimento social, a violência doméstica tem adquirido progressivamente uma expressão significativa nas estatísticas criminais no nosso país. Paralelamente, atendendo aos elevados custos que habitualmente estão associados a esta experiência (e.g., saúde física e psicológica), a actuação de profissionais especializados nesta área foi assumindo cada vez mais relevância, constituindo-se a mulher vítima como um dos principais alvos da intervenção. Nesse contexto, assistiu-se nos últimos anos ao desenvolvimento de diferentes modalidades psicoterapêuticas dirigidas a essa população, entre as quais a intervenção em grupo. O objectivo deste trabalho consiste, pois, em sistematizar o conhecimento actual sobre a eficácia da intervenção em grupo com mulheres vítimas desse tipo de violência, reflectindo criticamente sobre as suas potencialidades. Após uma revisão da literatura internacional (e.g., Cox & Stolberg, 1991; McBride, 2001; Rinfret-Raynor & Cantin, 1997; Tutty, Bidgood, & Rothery, 1993), constata-se que essa é uma das mais comuns modalidades de intervenção facultadas às vítimas, revelando-se útil e com grande impacto junto dessas mulheres (e.g., Trimpey, 1989, citado por McBride...

‣ Prevalência de infecção genital em mulheres com diagnóstico de infertilidade no CHCB : qual o agente mais comum?

Castelo, Juliana de Sá
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /05/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.367002%
Na área da reprodução, a importância das infecções genitais surge pela sua influência evitável no desenvolvimento de infertilidade. Infecções genitais têm potencial para alterar a cérvice e o muco cervical dificultando a passagem dos espermatozóides, e para causar doença inflamatória pélvica e consequente oclusão tubária, sendo esta um dos principais factores de infertilidade. A eficácia de técnicas de Procriação Medicamente Assistida é alterada na presença de infecções genitais. Adicionalmente, a sua propagação ascendente para o útero gravídico provoca infecção e inflamação da decídua e dos anexos embrionários sendo a causa de abortos espontâneos recorrentes. O maior foco de interesse científico incide sobre infecções de etiologia sexualmente transmissível (como Chlamydia trachomatis, Neisseria gonorrhoeae, Trichomonas vaginalis) e as espécies Mycoplasma hominis e Ureaplasma urealyticum. Bactérias associadas a Vaginose Bacteriana, Streptococcus agalactiae, e espécies Candida foram também identificadas em mulheres com infertilidade. Este estudo retrospectivo visa calcular a prevalência de agentes infecciosos genitais em mulheres com tempo de infertilidade igual ou superior a doze meses (n=190) seguidas na Unidade de Medicina da Reprodução do Centro Hospitalar Cova da Beira...

‣ Intervenção em grupo com vítimas de violência doméstica: Uma revisão da sua eficácia

Matos, Marlene; Escola de Psicologia, Universidade do Minho; Machado, Andreia; Bolseira de Investigação, Escola de Psicologia, Universidade do Minho; Santos, Anita; Escola de Psicologia, Universidade do Minho e ISMAI – Instituto Superior da Maia; Mach
Fonte: ISPA - Instituto Universitário Publicador: ISPA - Instituto Universitário
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 23/11/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.36088%
Após o reconhecimento social, a violência doméstica tem adquirido progressivamente uma expressão significativa nas estatísticas criminais no nosso país. Paralelamente, atendendo aos elevados custos que habitualmente estão associados a esta experiência (e.g., saúde física e psicológica), a actuação de profissionais especializados nesta área foi assumindo cada vez mais relevância, constituindo-se a mulher vítima como um dos principais alvos da intervenção. Nesse contexto, assistiu-se nos últimos anos ao desenvolvimento de diferentes modalidades psicoterapêuticas dirigidas a essa população, entre as quais a intervenção em grupo.O objectivo deste trabalho consiste, pois, em sistematizar o conhecimento actual sobre a eficácia da intervenção em grupo com mulheres vítimas desse tipo de violência, reflectindo criticamente sobre as suas potencialidades. Após uma revisão da literatura internacional (e.g., Cox & Stolberg, 1991; McBride, 2001; Rinfret-Raynor & Cantin, 1997; Tutty,Bidgood, & Rothery, 1993), constata-se que essa é uma das mais comuns modalidades de intervenção facultadas às vítimas, revelando-se útil e com grande impacto junto dessas mulheres (e.g., Trimpey,1989, citado por McBride...

‣ Anemia e fatores associados em mulheres de municípios do Nordeste brasileiro - 2005

Sena de Lira, Nancy; Israel Cabral de Lira, Pedro (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
37.362769%
Essa dissertação está apresentada sob a forma de uma revisão da literatura sobre a anemia e fatores associados, em mulheres não grávidas em idade reprodutiva e um artigo original: Anemia em mulheres não gestantes em idade fértil em dois municípios do Nordeste brasileiro com elevada prevalência de insegurança alimentar comparando as prevalências de anemia, entre os municípios caracterizados pelo baixo índice de desenvolvimento humano e com alta insegurança alimentar. Esse estudo, transversal, descreve e analisa dados de dois inquéritos de base populacional, em Gameleira (Zona da Mata de Pernambuco) e em São João do Tigre (Semiárido da Paraíba). Foram analisadas associações entre anemia e variáveis socioeconômicas, ambientais, nutricionais e biológicas, e da percepção de (in) segurança alimentar, utilizando a Escala Brasileira de Insegurança Alimentar. Como resultado foi observado que a prevalência de anemia foi significantemente maior (p< 0,001) em Gameleira (30,7%) quando comparada com a de São do João Tigre (18,6%). Em Gameleira foram encontradas associações com anemia nas mulheres que residiam em área urbana, não possuíam o bem de consumo antena parabólica, e nas que se encontravam em insegurança alimentar moderada ou grave. Em São João do Tigre não foram observadas associações entre as variáveis estudadas e anemia. O estudo aponta para uma maior vulnerabilidade das mulheres à anemia...

‣ Relacionamento primário com a figura materna e auto-estima em mulheres com transtornos alimentares

Sopezki, Daniela da Silva
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
37.367002%
Nesse artigo dois fatores de risco para os transtornos alimentares são analisados, bem como sua inter-relação contribuinte no desenvolvimento e manutenção da anorexia nervosa e da bulimia nervosa, em mulheres: a relação mãe-filha e a auto-estima. Entre as necessidades humanas está a de estima, ou seja, a necessidade de auto-estima e estima por parte dos outros. As mães tendem a vivenciar suas filhas mulheres como menos separadas delas, devido a componentes narcisistas que prevalecem nesta dupla como identificação e simbiose. No caso das mulheres com transtorno alimentar algo se inverteu no processo de interação entre mãe-filha prejudicando o vínculo entre elas. A formação da adequada auto-estima depende profundamente do olhar amoroso de apreciação por uma pessoa significativa, a mãe, porque nunca é com seus próprios olhos que a criança se vê, mas sempre com os olhos do outro. O ver-se numa identificação com esse olhar dirigido para si constitui o narcisismo, a sua própria auto-estima e dependendo do tipo de apego existente entre essa dupla, a auto-estima da filha terá nuances diferenciadas.A pesquisa teve como foco a dificuldade na relação primária entre mãe-filha e auto-estima em mulheres com transtornos alimentares. A amostra se constituiu de 51 participantes distribuídas em três grupos: anorexia nervosa (Gr1)...

‣ Prevalência de infecção genital em mulheres com diagnóstico de infertilidade no CHCB : qual o agente mais comum?

Castelo, Juliana de Sá
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /05/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.367002%
Na área da reprodução, a importância das infecções genitais surge pela sua influência evitável no desenvolvimento de infertilidade. Infecções genitais têm potencial para alterar a cérvice e o muco cervical dificultando a passagem dos espermatozóides, e para causar doença inflamatória pélvica e consequente oclusão tubária, sendo esta um dos principais factores de infertilidade. A eficácia de técnicas de Procriação Medicamente Assistida é alterada na presença de infecções genitais. Adicionalmente, a sua propagação ascendente para o útero gravídico provoca infecção e inflamação da decídua e dos anexos embrionários sendo a causa de abortos espontâneos recorrentes. O maior foco de interesse científico incide sobre infecções de etiologia sexualmente transmissível (como Chlamydia trachomatis, Neisseria gonorrhoeae, Trichomonas vaginalis) e as espécies Mycoplasma hominis e Ureaplasma urealyticum. Bactérias associadas a Vaginose Bacteriana, Streptococcus agalactiae, e espécies Candida foram também identificadas em mulheres com infertilidade. Este estudo retrospectivo visa calcular a prevalência de agentes infecciosos genitais em mulheres com tempo de infertilidade igual ou superior a doze meses (n=190) seguidas na Unidade de Medicina da Reprodução do Centro Hospitalar Cova da Beira...

‣ Respostas da percepção subjetiva de esforço em teste incremental de mulheres idosas sedentárias; Ratings of Perceived Exertion in an Incremental Test in Elderly Women

Vieira, Denis César Leite; Catholic University of Brasilia; Madrid, Bibiano; Catholic University of Brasilia; Pires, Flávio de Oliveira; Catholic University of Brasilia; São Paulo University; Tajra, Vitor; Catholic University of Brasilia; Farias, Darla
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares",; Experimental protocol; Avaliado por Pares; Quase Experimental. Formato: application/pdf
Publicado em 12/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
37.370237%
DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2014v16n1p106 Apesar da percepção subjetiva de esforço (PSE) ser utilizada para a avaliação e prescrição de exercícios em idosos, alguns indivíduos podem apresentar dificuldades de entendimento a escala de Borg. Nesse sentido, o objetivo do estudo foi verificar se mulheres idosas percebem, associam e relatam alterações no esforço físico por meio da PSE, em resposta a um teste de esforço máximo, bem como se é possível predizer o ponto de compensação respiratória (PCR) pela escala de Borg. Vinte e seis mulheres idosas realizaram uma avaliação de esforço máximo em esteira com análise ergoespirométrica, eletrocardiográfica e PSE em protocolo de rampa. As respostas de PSE entre diferentes zonas de intensidade baixa, moderada e alta foram consideradas para avaliar a percepção, associação e relato de alterações no esforço. Oito voluntárias (30,77%) não perceberam, associaram e relataram alterações no esforço por meio da PSE. Naquelas que percebe-ram, associaram e relataram alterações no esforço, o percentual da potência máximano momento da PSE 13 (69,92 ± 10,30) e 14 (78,90 ± 11,00)não diferiu significativamente do momento do PCR (75,45 ± 9...

‣ Women and human rights: undoing images, (re) constructing identities; Mujeres y derechos humanos: deshaciendo imágenes, (re)construyendo identidades; Mulheres e direitos humanos: desfazendo imagens, (re)construindo identidades

Stecanela, Nilda; Universidade de Caxias do Sul; Ferreira, Pedro Moura; Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; O método baseaou-se em entrevistas em profundidade. Formato: application/pdf
Publicado em 02/07/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.367002%
Located in the context of studies on gender and violence, this paper interprets cases of violence against women, namely those in which the victim seeks for support services. It is part of a research being carried out in the southern region of Brazil, and debates the need to "deconstruct old images" in order to give place to "new identities" as a form of helping women to move from a victim's position towards playing the leading role of their own lives, in charge of their own choices and writing their own stories. This paper relates the urgency to revise socializing processes that will inculcate on everyday practices - of both men and women - another way of perceiving, conceiving and living their conditions as men and women in contemporaneity. It starts from the principle that it is not enough to assure rights and punish the aggressors. What has become evident in our first contacts with the research field points at the fight against gender violence being closely related to the representations that women have about domestic violence, since most of them only acknowledge physical violence, ignoring the other forms of violence. Generically, they consider gender differences as something natural and believe they occupy an inferior position in relation to men. Gender violence is a social construction that strengthens male domination and oppresses women. The challenge...

‣ Conhecimento e uso de plantas medicinais em uma comunidade rural no município de Cuitegi, Paraíba, Nordeste do Brasil

Silva, Simone; Anselmo, Maria da Glória Vieira; Dantas, Wellington Miguel; Rosa, João Henrique; Nunes, Ernane Nogueira; Soares, Juliana Pontes; Alves, Carlos Antônio Belarmino
Fonte: Programa de Pós Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente – PRODEMA Publicador: Programa de Pós Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente – PRODEMA
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 23/10/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.370237%
As comunidades tradicionais são responsáveis por manter um grande elenco de plantas cultivadas para suprir necessidades alimentícias, industriais ou médicas. O conhecimento tradicional fornece dados importantes para novas descobertas científicas, e nesse panorama as pesquisas sobre o uso de plantas medicinais têm aumentado no Brasil. Assim, muitos estudos etnobiológicos vêm sendo realizados no Brasil, sendo a etnobotânica um dos campos mais desenvolvidos, devido ao seu caráter interdisciplinar na busca de entender as inter-relações entre os seres humanos e as plantas. O estudo foi realizado na comunidade do Sítio Palmeira no município de Cuitegi, localizado no estado da Paraíba (Nordeste do Brasil), na Mesorregião do Agreste paraibano e na Microrregião de Guarabira-PB, tendo como objetivo registrar o uso e importância das plantas medicinais utilizadas pelas mulheres da comunidade do Sítio Palmeira. Realizaram-se entrevistas semiestruturadas com 40 mulheres, aplicando-se o índice de Importância Relativa (IR), realizando distinção entre as citações do valor de uso atual (VUatual.) e valor potencial (VUpotencial). Foram registradas 140 espécies pertencentes a 63 famílias e para esse total obtivemos 92 indicações terapêuticas. A espécie mais citada foi Lippia alba (Mill.) N.E.Br. (erva-cidreira)...

‣ PROFESSORAS VIRTUOSAS; MÃES EDUCADAS: RETRATOS DE MULHERES NOS TEMPOS DA REPÚBLICA BRASILEIRA (SÉCULOS XIX/XX)

Almeida, Jane Soares de
Fonte: Revista HISTEDBR On-line Publicador: Revista HISTEDBR On-line
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 05/08/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.362769%
Nos tempos republicanos, o Brasil intentava consolidar-se como país independente e democrático. Apesar das ideias liberais e do surto progressista, os expoentes intelectuais republicanos ainda se apegavam aos valores morais de fundo religioso na ordenação social, o que indubitavelmente também acontecia em quase todo o território nacional nos centros mais desenvolvidos. Dentre esses valores, a educação feminina e o papel das mulheres como sustentáculo da família e da Pátria, eram ressaltados. O discurso da época enfatizava a necessidade de educação para as mulheres como pano de fundo para a educação dos homens e o desenvolvimento do País. O magistério exercido por mulheres era destacado no discurso oficial como forma de elevação moral. Os cânones educacionais vigentes erigiam uma figura feminina espelhada na religião católica, na qual a maternidade era um dos mais sagrados valores. A sociedade acatava os fins de sua educação e do seu trabalho no magistério, como um prolongamento da missão materna. Isso, entre outros fatores, contribuiu para a feminização da profissão e criou uma imagética social acerca das mulheres que ainda persiste nos tempos atuais.