Página 15 dos resultados de 34243 itens digitais encontrados em 0.022 segundos

‣ Buscando significa??es na aprendizagem de ingl?s no ensino m?dio: uma experi?ncia de fomento de autonomia

NATIVIDADE, Elda Carla Barata
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
36.535417%
Apresenta resultados de uma pesquisa investigativa realizada no campo do ensino e aprendizagem de l?nguas buscando desenvolver a autonomia do aluno referente ? aquisi??o do conhecimento de l?ngua inglesa em uma escola rural. Este trabalho derivou da necessidade de tornar significativa a aprendizagem de ingl?s levando em considera??o tamb?m a motiva??o como um elemento importante na constru??o desse conhecimento. Do ponto de vista te?rico foram relevantes as contribui??es de e Harmer (2001), Brown e Jacob (apud WILLIAN et al, 2004) sobre motiva??o; Holec (apud PAIVA, 2005), Little (1991), Dickinson (1994) Benson (2001) e Paiva (2007) no que se refere ? autonomia no ensino e aprendizagem de l?nguas. Do ponto de vista metodol?gico, as contribui??es de Hadley (2004) e Viana (2007) foram importantes para o direcionamento dos procedimentos de constitui??o dos dados ? luz dos estudos da pesquisa-a??o. Este trabalho foi realizado por mim enquanto professora e pesquisadora, coletando os dados em minha sala de aula com uma turma de Ensino M?dio composta por vinte e oito alunos do primeiro ano do turno da noite em uma escola p?blica na cidade de S?o Francisco do Par?. A an?lise dos dados permitiu afirmar que uma aprendizagem significativa deve partir de situa??es que envolvam os alunos em condi??es de uso da l?ngua. Ele tamb?m mostrou que situa??o de uso da l?ngua em contexto real faz a aprendizagem ter mais sentido para os alunos ao mesmo tempo em que adotam autonomia. A atividade que conduziu este estudo foi chamada de foi Posters' show cujo objetivo desenvolver nos alunos comportamentos diferenciados em rela??o ? aprendizagem. Pois...

‣ Reflectir para (re) construir práticas; a leitura e a escrita; percepções dos professores face às dificuldades de aprendizagem e às necessidades educativas especiais

Resende, Adélia de Jesus Jacinto
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
36.535417%
Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Psicologia, especialização em Psicologia da Educação e Intervenção Comunitária.; A Educação, bem como a reflexão sobre a mesma, é uma premissa absolutamente prioritária que poderá determinar o mundo futuro que queremos construir. Essa reflexão implica a necessidade de repensar o que se ensina e como se ensina, tendo em conta a singularidade de cada aluno no processo de ensino/aprendizagem e ainda como “pano de fundo” a importância de aprender a ler e a escrever numa óptica “ler e escrever para aprender”. Assim, na Parte I do presente trabalho, aprofundamos e reflectimos sobre a inevitabilidade da comunicação entre os indivíduos e a importância da leitura e da escrita para viver na sociedade contemporânea, fundamentando os conceitos e teorias que nos pareceram mais apropriadas. Se cada indivíduo é um ser singular e único, então a aprendizagem não se efectua da mesma forma em todos os sujeitos/alunos. Por outro lado, encontramos por vezes dificuldades no processo de aprendizagem devido às várias perturbações existentes naquele processo. Estas perturbações poderão ser devidas a variadas causas...

‣ A aprendizagem baseada em recursos e a promoção da autonomia dos alunos no Quadro da Biblioteca Escolar

Pais, Maria Paula Marques Baptista Coelho
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.535417%
Dissertação de Mestrado em Gestão da Informação e Bibliotecas Escolares apresentada à Universidade Aberta; A aprendizagem centrada em recursos (resource based learning) envolve uma forte apropriação do processo de ensino-aprendizagem pelos alunos e a tomada de consciência de que o conhecimento é algo de muito pessoal que se vai construindo de acordo com o ritmo de aprendizagem individual e os interesses pessoais. Atual porquanto reconhecedora da importância fundamental da personalidade do aprendente no próprio processo de ensino-aprendizagem, esta metodologia apresenta um grande apelo ao trabalho do mediador enquanto elo de ligação aos recursos, escritos e não escritos e de mobilizador ativo dos estudantes na procura dos mesmos. Profundamente interligada ao aperfeiçoamento das novas tecnologias, novos suportes e novas literacias, responsáveis pela multiplicidade dos recursos disponíveis em contexto educativo, esta abordagem contribuiu igualmente para atenuar o tradicional fosso existente entre professores e alunos no acesso à informação, contribuindo para uma maior acessibilidade e democratização deste caminho. Desempenham aqui um papel fundamental as Bibliotecas Escolares, trabalhando as múltiplas competências afetas às literacias da informação...

‣ A perceção dos alunos do 3º ciclo sobre a aprendizagem da Língua Portuguesa, da Matemática e da Educação Física

Dimas, Carlos André Gonçalves
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
36.535417%
Para garantir a melhor aprendizagem para os alunos nas escolas, de forma a assegurar uma educação de qualidade e assim uma consequente preparação para o futuro dos mesmos na sociedade, é crucial que as escolas adotem estratégias de inclusão, de maneira a adaptar o ensino e a aprendizagem às diferentes características e necessidades dos alunos, e à diversidade que hoje em dia está patente no sistema de ensino. De forma a fomentar a educação inclusiva, é importante que as escolas e os professores organizem o processo ensino-aprendizagem com base na aprendizagem cooperativa, realizada em grupos heterogéneos, onde o sucesso do grupo depende de todos os alunos que o constituem. As interações estabelecidas tanto no seio do grupo como também entre o professor e o grupo de alunos, são fundamentais, pois são consideradas um fator positivo que assegura uma aprendizagem de qualidade sustentada nas relações de interdependência existentes entre alunos e professores. O objetivo deste estudo é perceber qual a perceção dos alunos do 3º ciclo relativamente à aprendizagem na sala de aula nas disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática e Educação Física e se essas perceções variam de forma positiva ou negativa em função da disciplina em causa. A amostra foi constituída por 1159 alunos do 3º ciclo...

‣ A espiral da espiral de aprendizagem : o processo de compreensão do papel das tecnologias de informação e comunicação na educação

José Armando Valente
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Livre Docência Formato: application/pdf
Publicado em 14/04/2005 Português
Relevância na Pesquisa
36.535417%
Estamos aprendendo desde o primeiro momento da nossa vida, mas sabemos muito pouco sobre o nosso próprio processo de aprendizagem. Esse trabalho procura compreendê-lo, sobretudo no que diz respeito à interação do aprendiz com as tecnologias de informação e comunicação. O objetivo da tese é analisar e discutir o processo de compreensão do papel dessas tecnologias na educação, mais especificamente na construção de conhecimento. Esse processo aqui se apresenta como uma compreensão gradativa, descrita em diversos artigos, que evoluíram em complexidade, levando à idéia da espiral de aprendizagem. Os artigos funcionam, portanto, para mostrar como se deu essa evolução, e como novos conhecimentos, já existentes na literatura, em diferentes áreas do conhecimento, foram assimilados, foram arrebanhados e enlaçados, constituindo novos níveis dessa espiral. Foram selecionados quatro artigos que descrevem diferentes versões dessas idéias: "Usos do computador na Educação" e "Logo: mais do que uma linguagem de programação", publicados em 1991, "Análise dos diferentes tipos de software usados na educação" e "A espiral da aprendizagem e as tecnologias da informação e comunicação: repensando conceitos", publicados respectivamente em 1999 e 2002. Eles funcionam...

‣ O professor enquanto estudante : suas estrategias de aprendizagem; The teacher as a student : his learning strategies

Osmar Jose Ximenes dos Santos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/02/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.535417%
Há um número considerável de pesquisas na área educacional que contemplam diversos aspectos do processo educativo, tais como: o professor, o aluno, a instituição escolar ou ainda o fracasso escolar e as dificuldades de aprendizagem. Mas, de modo geral, são escassos os trabalhos que tenham como enfoque o professor enquanto aquele que aprende ou, mais precisamente, o docente numa reflexão com a sua própria aprendizagem. Assim, a presente pesquisa tem como objetivo conhecer o professor enquanto estudante, seu conhecimento e uso de estratégias de aprendizagem. Participaram deste estudo 35 professoras do Ensino Fundamental, de 1ª a 4ª série, de três escolas da rede estadual de Campinas. Os dados foram coletados por meio de uma entrevista estruturada composta de três partes: dados de identificação do professor, questões relativas às estratégias de aprendizagem e uma escala de avaliação das mesmas. Foi realizada uma análise categorial das respostas abertas. Já as questões fechadas e as da escala de avaliação de estratégias de aprendizagem foram estudadas por meio da estatística descritiva. Os resultados revelaram que muitas professoras confundiram o conceito de estratégias de aprendizagem com estratégias de ensino. A concepção de aprender a aprender também se apresentou equivocada. Os dados obtidos pela Escala de Avaliação de Estratégias de Aprendizagem parecem indicar que as professoras fazem bom uso de estratégias de aprendizagem em situações de estudo. Observou-se ainda que...

‣ Aprendizagem organizacional em práticas de auditoria interna de uma empresa do setor financeiro

Maravalhas, Eleonora
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.535417%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, 2009.; A aprendizagem organizacional só ocorre quando novas idéias passam a fazer parte do pensamento dos indivíduos e do modo como estes interpretam suas experiências. Com base nessa afirmação e de acordo com o enfoque da perspectiva social da aprendizagem organizacional, realizou-se estudo com o objetivo de investigar a aprendizagem organizacional associada a mudanças decorrentes da implementação de um novo modelo de atuação na auditoria interna de uma empresa do setor financeiro. No escopo da pesquisa, foram contemplados como objetivos específicos: descrever pontos de vista compartilhados sobre as práticas de trabalho dos auditores internos; identificar aspectos do processo de aprendizagem organizacional vivenciados por auditores internos e não auditores; e caracterizar fenômenos associados à aprendizagem: cultura, mudança, sensemaking, linguagem e narrativas. Coerentemente com o paradigma interpretativista adotado e por se tratar de experiência vivida por indivíduos, foram utilizadas técnicas qualitativas de investigação: análise documental e entrevistas realizadas com vistas a capturar as narrativas de vinte e um indivíduos...

‣ A aprendizagem baseada na resolução de problemas com a utilização do “Scratch” : um estudo com alunos do 8.ºano de escolaridade no âmbito da PES

Dias, Tânia Maria Barroso Fernandes
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 10/07/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.535417%
O presente relatório foi elaborado no âmbito do II Ciclo de estudos do Ensino de Informática da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Católica Portuguesa – Centro Regional de Braga. Este documento incide sobre a Prática de Ensino Supervisionada (PES) na qual analisamos e refletimos sobre o processo ensino-aprendizagem e avaliamos as potencialidades da metodologia de ensino Aprendizagem Baseada na Resolução de Problemas (ABRP), no contexto da aprendizagem da ferramenta Scratch, ao longo de um semestre na disciplina de TIC. As Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) têm um papel fundamental e insubstituível na sociedade atual pelo que sendo a escola uma instituição estruturante da sociedade, elas são fundamentais no processo de aprendizagem nas práticas atuais de ensino. Pretende-se, assim, que o aluno reconheça e se reveja, num papel mais ativo e participativo da própria aprendizagem. Como investigação-ação, o nosso estudo incidiu exclusivamente em turmas do 8º ano do 3º Ciclo de Ensino Básico (CEB) de uma escola da cidade de Braga e delas extraímos uma amostra de conveniência, correspondente a 54 alunos. O objetivo do nosso estudo foi verificar em que medida a utilização da metodologia ABRP potencia a aprendizagem da ferramenta Scratch. As conclusões retiradas mostram que os objetivos propostos foram alcançados tendose os alunos mostrado recetivos à nova metodologia. Na análise dos resultados destacou-se que 70...

‣ O papel dos ambientes online no desenvolvimento da aprendizagem informal

Viana, Joana Andreia Domingues, 1983-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
36.535417%
Tese de mestrado, Ciências da Educação (Tecnologias Educativas), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, 2009; Este trabalho visa investigar o modo como os ambientes online contribuem para o desenvolvimento da aprendizagem informal e como se caracteriza esta aprendizagem. Centra-se nas temáticas da aprendizagem informal e nas potencialidades dos ambientes online para esta aprendizagem. Neste sentido, este estudo desenvolve-se em torno da análise e interpretação da aprendizagem informal em ambientes online, com enfoque na identificação do tipo de ambientes online mais usados para adquirir conhecimentos, dos tipos de conhecimento que são adquiridos em ambientes online, e, sobretudo, no contributo dos ambientes online para o desenvolvimento da aprendizagem informal. Orientámos o nosso estudo com base numa abordagem de natureza qualitativa, de cariz descritivo e interpretativo, sendo a estratégia adoptada o estudo de casos múltiplos. Relativamente à recolha de dados, utilizámos técnicas que considerámos adequadas aos objectivos definidos e nos possibilitaram a obtenção de informação necessária sobre o objecto em estudo, designadamente entrevistas semi-estruturadas, observação das práticas online e a análise de documentos produzidos pelos participantes. Os resultados mostram que os sujeitos estudados adquirem conhecimentos de tipo diversificado - declarativo...

‣ O erro na aprendizagem clínica dos estudantes de enfermagem : percepções de estudantes de enfermagem em aprendizagem clínica sobre os erros cometidos e o papel que desempenham na aprendizagem e o no desenvolvimento

Espada, Ana Paula
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 09/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.535417%
Tese de Doutoramento, Educação (Psicologia Educacional), 9 de Dezembro de 2013, Universidade dos Açores.; A investigação sobre os erros dos estudantes de enfermagem em aprendizagem clínica é escassa e incide essencialmente em procedimentos psicomotores e de medicação, sendo a sua incidência na aprendizagem ainda mais rara. Porém, o seu estudo, tendo implicações para a segurança do cliente e para a consolidação das competências dos estudantes e, ainda, devido ao potencial de aprendizagem que encerra, é recomendado por autores e organizações como a Ordem dos Enfermeiros (2006) e o International Council of Nurses (2012). Esta dissertação teve como objectivo analisar os factores associados aos erros cometidos pelos estudantes de enfermagem durante a aprendizagem clínica, e as suas percepções relativamente a essas ocorrências e à oportunidade de aprendizagem e desenvolvimento delas resultantes, seguindo uma abordagem integradora, baseada numa metodologia mista, de tipo convergente (Creswell & Clark, 2011). Os participantes eram estudantes da ESEnfPD em ensinos clínicos de contexto de cirurgia e de medicina. […].; ABSTRACT: Research on the errors of nursing students in clinical learning is scarce and focuses on psychomotor procedures and medication and its incidence on learning is even scarcer. However...

‣ Estudo empírico sobre a aprendizagem organizacional (empresa angolana do sector petrolífero)

Neves, Teresa Rodrigues dos Santos
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.535417%
Mestrado em Gestão de Recursos Humanos; Este trabalho pretende evidenciar a necessidade e oportunidade da implementação da Aprendizagem Organizacional pelas organizações como meio de promover o desempenho, a competitividade e sustentabilidade num canário de mudanças aceleradas impostas ao mercado num ritmo acelerado, onde a globalização, a implementação de metodologias e novas tecnologias na era do conhecimento. A aprendizagem organizacional é um processo mediante o qual as empresas, adquirem e criam informação com a finalidade de transformar em recursos da empresa que permite a organização adaptar à mudança. O fenómeno da aprendizagem organizacional tem sido amplamente investigado, e a sua importância como uma ferramenta de gestão tem sido defendida por muitos autores. Suportado nesta base teórica partiu-se para o estudo empírico da aprendizagem organizacional, com base num instrumento (Questionário das Dimensões da Organização Aprendente) aplicado a diferentes áreas de uma empresa Angolana do sector petrolífero com o objectivo de identificar uma tipologia de aprendizagem organizacional adaptada ao seu caso. Verificou-se que na empresa em estudo ocorre uma aprendizagem organizacional fragmentada, no entanto...

‣ Aprendizagem autónoma (self-directed learning): relatório de um atelier pedagógico

Rendas, António Bensabat; Pinto, Patrícia Rosado
Fonte: Associação de Estudantes da Faculdade de Medicina do Porto Publicador: Associação de Estudantes da Faculdade de Medicina do Porto
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1994 Português
Relevância na Pesquisa
36.535417%
Educação Médica. 1994, 5(3):178-181.; O relatório descreve as actividades efectuadas durante um "atelier"pedagógico intitulado "Aprendizagem Autónoma", o qual teve lugar em Lisboa na Faculdade de Ciências Médicas, a 7 de Março de 1994. A organização esteve a cargo do Departamento de Fisiopatologia da Faculdade de Ciências Médicas e as actividades foram dinamizadas pela Dra. Angeia Twole do King's Fund Centre for Health Services Development, de Londres. Compareceram 19 participantes (17 da Faculdade de Ciências Médicas, 1 da Faculdade de Medicina de Lisboa, 1 do Instituto de Clínica Geral da Zona Sul). Durante a sessão identificaram-se os conhecimentos do grupo sobre "self-directed learning" (SDL) bem como as fontes de informação disponíveis para os aprofundar. Os participantes tiveram ainda oportunidade de contactar com diferentes tipos de actividades promotoras da aprendizagem autónoma e de elaborar um plano de actividades de SDL para uma disciplina específica ou para um curso. Os trabalhos organizaram-se em actividades de pequenos grupos e discussões no grupo alargado, onde se abordaram as seguintes temáticas: o trabalho de grupo,a aprendizagem autónoma e a individualidade do estudante; as motivações dos estudantes; as condições para a promoção...

‣ O ensino do espanhol como língua estrangeira: estimular a aprendizagem através do lúdico

Fonseca, Ana Margarida Costa
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.535417%
Neste trabalho estudamos o papel do lúdico nas aulas de línguas estrangeiras e o seu valor pedagógico através dos tempos. O objectivo principal é salientar a importância do lúdico no processo de ensinoaprendizagem, particularmente no caso da língua espanhola. No entanto, porque não é fácil definir o lúdico, foi necessário analisar os vários conceitos de lúdico, procurando justificar a sua aplicação na sala de aula de línguas. Começámos por fazer um breve estudo sobre a evolução do ensino do Espanhol em Portugal e abordámos as diversas metodologias de ensino da língua estrangeira, dando especial relevo ao método comunicativo por ter sofrido um grande impulso com a publicação das ideias de Krashen, que, inspirado nas teorias de Vygotsky, salientava o papel desenvolvido pelo ensino escolar na formação de conceitos, assim como o papel do outro na construção do conhecimento, revolucionou o ensino das línguas estrangeiras. Discutiu-se a interdependência entre o jogo e a linguagem bem como a relação entre o lúdico e o desejo de aprender. Procurámos saber o que o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas dizia sobre o tema e, além disso, objectivámos investigar a percepção dos alunos e dos professores quanto à importância do lúdico na procura de uma aprendizagem significativa. Partimos da hipótese de que o lúdico é um factor essencial em toda a actividade humana e que...

‣ Estudantes universitários com dificuldades de aprendizagem: como motivá-los?

Gomes, Magda Altafini
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
36.535417%
O presente estudo tem como objetivo principal identificar e analisar as evidências da falta de motivação para aprender dos estudantes universitários com dificuldades de aprendizagem, com o intuito de desenvolver estratégias de intervenção que possam levá-los ao melhor nível de aprendizagem. O embasamento teórico fundamenta-se nos estudos da Psicopedagogia; no Desenvolvimento Humano, especialmente na fase Adulto Jovem; nas Teorias Motivacionais Contemporâneas, assim como na Psicologia Positiva, que contribui teoricamente nas intervenções pedagógicas e psicopedagógicas para aumentar a motivação para aprender. Este trabalho tem um cunho qualitativo, utilizando o estudo de caso como abordagem metodológica. A pesquisa foi realizada com seis estudantes na fase adulto jovem, entre 20 e 40 anos, com dificuldades de aprendizagem de uma universidade do Estado do Rio Grande do Sul. O instrumento utilizado foi uma entrevista semi-estruturada composta por oito questões semi-abertas, que após a degravação, se constituiram em depoimentos estudados através da Análise de Conteúdo de Bardin. A partir do estudo minucioso das entrevistas foi possível identificar cinco categorias: dificuldades de aprendizagem, família, afetividade...

‣ Dificuldades inerentes à aprendizagem da língua Portuguesa na Educação Pré-escolar e do 1.º Ciclo do Ensino Básico

Andrade, Andreia Monteiro
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 18/06/2015 Português
Relevância na Pesquisa
36.535417%
Mestrado (PES II), Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico, 18 de Junho de 2015, Universidade dos Açores.; [...]. Neste relatório é apresentada uma componente de investigação teórica relativamente às dificuldades de aprendizagem com os objetivos de analisar os problemas de aprendizagem dos alunos e definir estratégias apropriadas para trabalhar com crianças com dificuldades de aprendizagem. A minha investigação foi realizada inicialmente de forma mais abrangente com o intuito de contextualizar as dificuldades de aprendizagem em geral e depois centrei a minha pesquisa nas dificuldades de aprendizagem na Língua Portuguesa. As dificuldades nesta área podem estar relacionadas com diversos fatores, como a falta de incentivo e motivação para a aprendizagem como também problemas de aprendizagem específicos, como a dislexia, disortografia e disgrafia que necessitam de uma avaliação e intervenção adequadas. O sucesso do aluno é determinado por diversos fatores, sendo que a motivação para a aprendizagem tem um elevado impacto na predisposição do aluno para aprender. [...].; ABSTRACT: [...]. In this report an element of research concerning learning disabilities is presented with the aims of analysing the learning disabilities of the learners and defining suitable strategies for working with children with learning disabilities. My research was initially done in a more comprehensively way in order to contextualize the learning disabilities in general...

‣ PROJETOS DE ARQUITETURA: A APRENDIZAGEM COTIDIANA EM ESCRITÓRIOS E A RELAÇÃO COM A GESTÃO

Correa, Glaucinei Rodrigues
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Arquitetura e Urbanismo Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Arquitetura e Urbanismo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado Por Pares; Formato: application/pdf
Publicado em 03/02/2015 Português
Relevância na Pesquisa
36.535417%
Este artigo aborda o cotidiano da produção de projetos arquitetônicos. Tem por objetivo desvelar como as pessoas aprendem a fazer/elaborar projetos de arquitetura na prática. Para isso, relaciona duas abordagens antropológicas à aprendizagem de fazer projetos: a “aprendizagem situada”, de Jean Lave; e a “constituição da habilidade”, de Tim Ingold. O foco do estudo da aprendizagem proposto centra-se nas práticas que levam o iniciante a compreender o processo a partir das relações com outros aprendizes e com profissionais mais experientes. A pesquisa foi realizada em dois escritórios de arquitetura, compreendendo a análise dos sistemas de gestão de projetos, para esclarecer o funcionamento dos escritórios, a observação cotidiana da produção de projetos, para perceber as práticas do dia a dia e a participação das pessoas no projeto, além de entrevistas, com a finalidade de buscar informações não percebidas na observação e de mostrar como as questões relativas à produção de projetos eram vistas pelas pessoas envolvidas no processo. Como resultados, percebe-se que no cotidiano de trabalho dos escritórios de arquitetura há múltiplas situações que promovem a aprendizagem e que os arquitetos aprendem a partir de práticas específicas a esses ambientes...

‣ Projetos de arquitetura: a aprendizagem cotidiana em escritórios e a relação com a gestão

Correa, Glaucinei Rodrigues
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Arquitetura e Urbanismo Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Arquitetura e Urbanismo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado Por Pares;
Publicado em 01/08/2015 Português
Relevância na Pesquisa
36.535417%
Este artigo aborda o cotidiano da produção de projetos arquitetônicos. Tem por objetivo desvelar como as pessoas aprendem a fazer/elaborar projetos de arquitetura na prática. Para isso, relaciona duas abordagens antropológicas à aprendizagem de fazer projetos: a “aprendizagem situada”, de Jean Lave; e a “constituição da habilidade”, de Tim Ingold. O foco do estudo da aprendizagem proposto centra-se nas práticas que levam o iniciante a compreender o processo a partir das relações com outros aprendizes e com profissionais mais experientes. A pesquisa foi realizada em dois escritórios de arquitetura, compreendendo a análise dos sistemas de gestão de projetos, para esclarecer o funcionamento dos escritórios, a observação cotidiana da produção de projetos, para perceber as práticas do dia a dia e a participação das pessoas no projeto, além de entrevistas, com a finalidade de buscar informações não percebidas na observação e de mostrar como as questões relativas à produção de projetos eram vistas pelas pessoas envolvidas no processo. Como resultados, percebe-se que no cotidiano de trabalho dos escritórios de arquitetura há múltiplas situações que promovem a aprendizagem e que os arquitetos aprendem a partir de práticas específicas a esses ambientes...

‣ Dynamic of Learning: the relationship between process, transacted content and configuration of the network in a non-governmental organization; Dinâmica de Aprendizagem: a relação entre processos, conteúdo transacionado e configuração da rede em uma organização não governamental

Odelius, Catarina Cecília; UnB - Brasília - DF; de Castro Sena, André
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa Teórico-empírica; Formato: application/pdf
Publicado em 14/04/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.535417%
Learning networks in a non-governmental organization were characterized and analysed by the learning contents and the processes by which they were learned. Data were collected by means of document research and 16 interviews; and 573 learning contents were identified and classified into the following categories: organizational environment-related behaviors (organizational environment, work behaviors and relations with external actors), work-related knowledge and skills, and individual development. In this article only the organizational environment networks are described. Learning processes identified included activities, getting along with others, teaching, feedback, material, observation and supervision. Learning networks were analyzed with respect to their structural characteristics, contents transacted and the learning processes employed. Learning was found to result from the dynamic relationships established among different actors while going about their routine activities and dealing with the conditions imposed by the internal and external environment. Some learning processes are more recurrent or work better than others, depending upon the content learned or preferences and characteristics of individuals.; http://dx.doi.org/10.5007/2175-8077.2014v16n38p93As redes de aprendizagem em uma organização não governamental foram caracterizadas quanto a conteúdos transacionados e processos de aprendizagem. Pesquisa documental e 16 entrevistas forneceram dados que resultaram em 573 conteúdos aprendidos...

‣ Perfis de uso de estratégias de aprendizagem de alunos de ambiente virtual; Profiles of students’ use of learning strategies in a virtual learning environment

Borges, Vládia M. C.; UFC; Benevides Jr., Fco Tarcízio Cavalcante; UFC
Fonte: Revista Horizontes de Linguistica Aplicada Publicador: Revista Horizontes de Linguistica Aplicada
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 22/01/2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.535417%
Neste estudo analisamos o uso das estratégias de aprendizagem dos alunos da Licenciatura em Letras: Língua Inglesa da UFC/UAB com o intuito de colaborar na composição do perfil desse estudante em ambiente virtual. Para tanto, aplicamos o Inventário de Estratégias para Aprendizagem de Língua Estrangeira em 21 turmas nos 11 polos que mantêm o curso. Os dados mostram que os estudantes dessas turmas possuem um perfil de uso médio de estratégias: 77 – alunos possuem perfil médio; 34, perfil alto e 19, perfil baixo. Os dados revelam, ainda, uma queda no uso de estratégias conforme contrastamos turmas mais antigas às mais recentes no curso. O ano de ingresso no curso mostrou-se inversamente proporcional ao nível de uso de estratégias indicado pelo instrumento de pesquisa. Com as leituras desenvolvidas durante esta pesquisa, em virtude da proximidade de conceitos, enxergamos a possibilidade de considerarmos as estratégias de aprendizagem como categoria de medição de níveis de autonomia de aprendizagem. Isto é, passamos a conceber as estratégias de aprendizagem como um elemento mensurável que pode indicar graus de autonomia, além de ser um dos mecanismos de desenvolvimento de autonomia de aprendizagem.; This study analyzed the learning strategies used by distance learners of English as a Foreign Language in virtual environments (UFC/UAB) in order to identify the different profiles of users of learning strategies.  For this purpose...

‣ Aprendizagem de línguas in-tandem: um suporte inovador na aprendizagem de língua inglesa; Language learning in tandem: an innovative tool for traditional English learning

Nunes, Edi Marli da Silva; FUNEC - Santa Fé do Sul; Ramos, Wiliam César; UNEMAT - Alto Araguaia
Fonte: Revista Horizontes de Linguistica Aplicada Publicador: Revista Horizontes de Linguistica Aplicada
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 17/01/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.535417%
As novas tecnologias têm estabelecido um novo cenário para a educação convencional, inserindo o computador e a Internet como elementos de aprimoramento da aprendizagem de línguas. O ambiente de aprendizagem de línguas in-tandem insere-se nesse contexto. O presente artigo tem como objetivo demonstrar que esse ambiente de aprendizagem pode complementar a aula de inglês convencional. Para isso, analisamos três sessões in-tandem, realizadas a distância por meio do aplicativo msn messenger entre um participante brasileiro e outro mexicano, com base nas descrições de aprendizagem de línguas in-tandem. Os resultados indicam que esse ambiente de aprendizagem pode contribuir para a aprendizagem de língua estrangeira em aulas convencionais do Ensino Médio.; New technologies have established a new background for traditional education. Among them are the computer and the Internet which can help improve second language learning. The tandem language learning environment is part of this new context. The objective of this work is to demonstrate that tandem learning can complement traditional language classes. In order to do that we analyzed three tandem sessions performed at a distance through the chat software MSN Messenger between a Brazilian and a Mexican participant. The analysis was based on descriptions of tandem language learning. The results show that this learning environment can improve foreign language learning in traditional high school classes.