Página 15 dos resultados de 2874 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

‣ As características da vivência das pessoas que se encontram desempregadas em Florianópolis - SC

Tumolo, Ligia Maria Soufen
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
26.921626%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.; Este trabalho tem por objetivo apresentar uma discussão sobre as características da vivência das pessoas que se encontram desempregadas. Para tal, a pesquisadora apresenta uma discussão sobre o fenômeno do desemprego na sociedade brasileira contemporânea. Apresenta, também, estudos desenvolvidos em várias países, como também no Brasil, sobre o impacto do desemprego para a vida das pessoas que se encontram desempregadas, mostrando seus efeitos para a saúde como um todo, e também apontando alguns problemas sociais decorrentes do desemprego. Baseando-se nesses estudos, a pesquisadora investigou as características da vivencia das pessoas que se encontram desempregadas na cidade de Florianópolis, SC. A pesquisa envolveu 13 participantes, escolhidos aleatoriamente, dentre pessoas desempregadas que procuravam emprego por meio de encaminhamento do SINE - Sistema Nacional de Emprego - de Florianópolis, SC. Para coleta de dados, foram utilizadas entrevistas semi-estruturadas. Os resultados permitiram a pesquisadora a sistematizar as características das pessoas desempregadas em treze grupos de análise. A partir da revisão bibliográfica e da coleta de dados...

‣ A batalha pela sobrevivência no mundo do trabalho

Ferreira, Adelia Doraci de Oliveira
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 187 f.| il.
Português
Relevância na Pesquisa
26.921626%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.; Este trabalho busca estudar as trajetórias ocupacionais de jovens egressos do ensino fundamental da Escola Básica José do Valle Pereira, localizada no Bairro João Paulo em Florianópolis / SC, durante o período 1991 - 2003 e identificar as estratégias adotadas na inserção / manutenção do emprego. Procura também estabelecer relações entre emprego, desemprego e escolarização. Envolve pesquisa teórica e empírica. Os procedimentos metodológicos adotados na pesquisa são de cunho qualitativo. Buscamos analisar a heterogeneidade do emprego, ou das trajetórias em busca deste, por meio de entrevistas (individuais e coletiva) e de contatos informais com suas famílias, parentes e amigos. Na compreensão de suas experiências de trabalho, enfatizamos a questão do desemprego e da escolarização - mais especificamente de jovens - segundo a perspectiva dos atores inseridos num campo de relações historicamente construídas. O que caracteriza fundamentalmente as trajetórias ocupacionais desses jovens é a situação de estudante-trabalhador, a grande rotatividade entre as ocupações que...

‣ Inclusão digital e inserção profissional

Dahmer, Alessandra Zago
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 100 f.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
26.921626%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação; Nesta dissertação de mestrado procuramos discutir questões relacionadas às transformações no mundo do trabalho e às políticas de Inclusão Digital. Pesquisas indicam que os postos de trabalho formal estão desaparecendo e que o trabalhador, diante do desemprego crescente, busca ampliar sua qualificação profissional para inserir-se, reinserir-se ou manter-se no emprego. Uma das alternativas que vem sendo apontada para combater o desemprego está voltada à Inclusão Digital. O problema da dissertação foi direcionado para a seguinte questão: em que medida a formação básica na utilização das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) gera condições de acesso ao mercado de trabalho? Para analisar essa questão, optamos pela realização de um estudo de caso no projeto de Inclusão Digital da ONG "Moradia e Cidadania", em Florianópolis - SC. Elegemos como local de pesquisa uma Organização Não Governamental (ONG) que oferece cursos de formação básica em conhecimentos de informática, denominados "Educação Digital", voltados para a qualificação profissional e com o objetivo de facilitar o acesso ao emprego. Os resultados da pesquisa nos permitiram conhecer o perfil sócio-econômico e escolar e a situação profissional de dois grupos estudados: participantes do projeto de Inclusão Digital no momento da pesquisa e egressos de cursos do mesmo projeto. Tivemos ainda o propósito de destacar algumas transformações ocorridas no mercado de trabalho de forma a compreender a relação entre as iniciativas voltadas para a qualificação profissional no que tange à utilização das TICs e o problema do desemprego. In this work we discuss questions concerning changes that occurred recently at the labour market and its relationship with digital inclusion policies. Recent research concludes that formal employment is disappearing...

‣ Educação profissional da juventude na crise do emprego

Freitas, Maria da Conceição da Silva
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
26.921626%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2004.; Na sociedade contemporânea, a lógica societal do capitalismo tardio gerou uma nova sociabilidade que desemprega e precariza milhões de pessoas de todas as faixas etárias, e o desemprego tornou-se um risco de desagregação social que afeta a juventude na faixa etária entre 15 e 24 anos. A crise da identidade mediada pelo trabalho também atinge a educação que, ao adotar as competências individuais e a noção de empregabilidade como possibilidade de inserção profissional perde a sua finalidade integradora. O setor produtivo demanda por perfil de formação integral: técnica e científica e desafia a dualidade estrutural - propedêutica e tecnicista/assistencialista do ensino médio. Essa questão preocupa a comunidade acadêmica ligada à pesquisa da educação e do trabalho. A questão central da tese foi identificar como os atores sociais envolvidos com a escola técnica se movimentam diante do desemprego juvenil. O eixo conceitual da pesquisa se estruturou na centralidade do trabalho como práxis social intersubjetiva (Lukács). Na teoria da ação comunicativa (Habermas) buscaram-se os elementos teórico-metodológicos para uma visibilidade de indicadores de participação. A interação entre a escola e o setor produtivo foi vista pela abordagem da formação integral...

‣ Transferências de renda e políticas ativas para o mercado de trabalho : do merecimento por destituição a destituição de direitos

Sousa, Tázya Coelho
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
26.921626%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Serviço Social, Programa de Pós-Graduação em Política Social, 2014.; Este estudo visa demonstrar, a partir da análise comparada de três programas de transferência de renda brasileiros - Bolsa Família, Seguro Desemprego e Previdência Rural -, a variação de suas respectivas legitimidades perante a opinião pública a depender de suas maiores ou menores vinculações com o mérito (associado ao trabalho assalariado, remunerado ou autorrentável), ou com o direito (associado à assistência social). Por privilegiar o mérito pessoal e competitivo, a política social contemporânea, regida pelo ideário neoliberal, vem defendendo a autossustentação dos indivíduos; logo, os direitos sociais que ela deveria concretizar, vêm sendo rechaçados, por serem incompatíveis com a ética capitalista do trabalho e por não contribuírem com o fortalecimento da lógica da rentabilidade econômica privada. Consequentemente, a tendência dominante, no âmbito dos sistemas de proteção social capitalista em curso, é a ativação dos demandantes da assistência social para o mercado de trabalho. Disso resultou que esta política deixou de funcionar como um colchão de segurança contra a pobreza absoluta...

‣ Repensar o mercado de trabalho : emprego vs desemprego

Marques, Ana Paula
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2000 Português
Relevância na Pesquisa
26.921626%
A questão do emprego/desemprego, hoje banalizada nos mass media e nas intervenções políticas, tem sido até então enquadrada em análises de pendor economicista, onde o rigor da quantificação do fenómeno constitui o principal affair dos especialistas neste domínio. Contudo, as investigações mais recentes, no âmbito da economia como da sociologia, têm contribuído para uma reconversão do fenómeno emprego/desemprego, ultrapassando as análises centradas nas "consequências" ou "vivências", ao restituir os processos sociais que estão simultaneamente na sua origem e sentido. Pretende-se, neste artigo, fazer uma resenha crítica das abordagens desenvolvidas pelo pensamento económico predominante na literatura especializada sobre esta temática, bem como, apresentar alguns tópicos de reflexão introduzidos para a discussão pelo enfoque sociológico. Repensar o mercado de trabalho toma-se fundamental na compreensão do emprego e desemprego, das suas lógicas de funcionamento e processos explicativos.

‣ Este é um Caminho ou um Atalho? desemprego e turnout no comportamento eleitoral dos portugueses no sentido da Europa (1987-2014)

Calca, Patrícia; Koehler, Sebastian
Fonte: Almedina Publicador: Almedina
Tipo: Parte de Livro
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
26.921626%
Quando no dia 19 de Julho de 1987 se realizaram as primeiras eleições para o Parlamento Europeu em território nacional, nada poderia prever que depois de quase trinta anos o sentimento português em relação à União Europeia (UE) seria tão distinto do de então. Alvo de intervenção externa desde 2011, Portugal encontra-se, ainda, a lutar contra os efeitos que a crise do subprime gerou, resultado da crise das dívidas soberanas europeias. A percentagem na taxa de desemprego atual prova bem a devastação económica que o país teve que lidar nos últimos anos. Curiosamente, e apesar de parecer intuitivamente contraditório, a participação nas urnas, em especial nas eleições para o Parlamento Europeu de 2014, não registraram valores de turnout tão baixos como expectável. Portugal é quase sempre apresentado, em estudos comparativos, como tendo uma baixa participação política. Todavia, neste momento de crise e de desencantamento com a UE tal não se manifesta pelo aumento da abstenção. Porque é que isto acontece? Esta dúvida leva-nos a alguns pontos recentemente desenvolvidos a partir da literatura sobre turnout. Estes aspectos indicam o caminho no sentido dos efeitos provenientes da relação entre variáveis até agora não debatidas. Nessa linha de pensamento questionamos como é que o desemprego afeta o turnout? Mais especiicamente...

‣ Ajustamento psicossocial, ajustamento diádico e resiliência no contexto de desemprego

Dimas, Inês Margarida; Universidade do Minho; Pereira, Marco Daniel; Bolseiro de Pós-Doutoramento da Fundação para a Ciência e Tecnologia; Canavarro, Maria Cristina; Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
Fonte: ISPA - Instituto Universitário Publicador: ISPA - Instituto Universitário
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 31/03/2013 Português
Relevância na Pesquisa
26.921626%
No contexto socioeconómico atual, o confronto com condições de maior ou menor adversidade no trabalho, onde podemos enquadrar o desemprego, pode desafiar a vida pessoal e relacional dos indivíduos. No presente estudo transversal, analisamos a adaptação pessoal (sintomatologia psicopatológica e qualidade de vida), relacional (ajustamento diádico) e resiliência individual no contexto de desemprego. A amostra foi constituída por conveniência e incluiu 15 casais em que um dos elementos estava desempregado e 22 casais, com ambos os elementos empregados. O protocolo de avaliação incluiu os seguintes instrumentos: Inventario de Sintomas Psicopatologicos (BSI); Instrumento de Avaliação da Qualidade de Vida da Organização Mundial de Saúde – WHOQOL-Bref; a Escala de Ajustamento Diádico – Revista (EAD-R) e a Connor-Davidson – Escala de Resiliência (CD-RISC). Os resultados encontrados sugerem que os participantes desempregados atribuem uma maior importância a relação do que os seus parceiros. A resiliência do desempregado mostrou-se associada a menor sintomatologia psicopatológica, a melhor perceção de QdV e a melhor ajustamento diádico. O presente estudo exploratório permitiu contribuir para conhecer melhor a adaptação individual e conjugal ao desemprego...

‣ Persistência e memória longa sazonal na série de desemprego da região metropolitana de São Paulo

Marques,Guilherme de O. L. C; Fava,Vera Lúcia
Fonte: Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
26.921626%
Este artigo aborda o tema da persistência na taxa de desemprego da região metropolitana de São Paulo. Foram utilizados modelos SARFIMA de integração fracionária para avaliar a dinâmica de absorção dos choques econômicos pela série de desemprego. A hipótese de histerese no desemprego foi avaliada usando os modelos de memória longa. Os resultados obtidos pelo arcabouço fracionário foram contrapostos aos do paradigma I(1) -I (0) e revelaram a incapacidade dos modelos tradicionais SARIMA de extrair corretamente o comportamento de baixa frequência da série temporal. Verificou-se que o modelo sazonal tradicional induz à superavaliação da persistência na série de tempo estudada.

‣ Cidadania e desemprego no Brasil contemporâneo: uma reflexão a partir das categorias de subjetividade indivíduo, mero-indivíduo e pessoa

Pereira,Maria Cecília; Pereira,José Roberto; Brito,Mozar José de
Fonte: Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia Publicador: Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 Português
Relevância na Pesquisa
26.921626%
Com o acirramento da competição internacional e a diminuição do papel do Estado na sociedade, emergem novas formas de relações de trabalho, influenciando na oferta e na natureza contratuais dos empregos, nas qualificações requeridas dos trabalhadores e na precarização do trabalho. O desemprego e o trabalho informal destacam-se no cenário brasileiro. Com essa reflexão, objetivou-se destacar o desemprego a partir do próprio lugar do trabalho na sociedade contemporânea, considerando as condições particulares de democracia e de cidadania no cenário brasileiro. Acredita-se que as categorias subjetivas indivíduo, mero-indivíduo, sujeito e pessoa possam ser articuladas para essa reflexão. Pretende-se contribuir, mesmo que de forma modesta, para a construção de um novo direcionamento para o estudo do fenômeno do trabalho e, conseqüentemente, do desemprego na sociedade contemporânea.

‣ A Relação formação profissional / Mercado de Trabalho: percepção dos assistentes sociais não-inseridos no mercado de trabalho do Serviço Social em Natal/RN

Cordeiro, Ana Paula de Moura
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Serviço Social; Serviço Social, Formação Profissional, Trabalho e Proteção Social; Serviço Social, Cultura e Relaçõe Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Serviço Social; Serviço Social, Formação Profissional, Trabalho e Proteção Social; Serviço Social, Cultura e Relaçõe
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
26.921626%
The study is about the non-insertion of the Social Assistant in the work market of Natal/RN, emphasizing the perception those Social Assistants have about this problem. We try to analyze the relation that those workers figure out about their non-insertion in the work market and their professional formation. The problem is related to the present unemployment rates in our society, which results of the changes that have affected the world of work as a whole in the wake of the Productive Restructuring and State Reformation supported by the neo-liberalism ideological system. We realize that these factors have deeply affected the configurations of the work market in general; especially those related to professions whose challenges multiply obstacles not only to the insertion of new workers, but to their staying in their job. We note that the reality of the work market has been built up on the decrease of the work force opportunities and the increase of the selectivity criteria to insertion of new workers. In consequence, unemployment rates increase everywhere, regardless of place, profession or education level of the workers. Work and management changes have brought about new challenges to professional formation. The presence of neo-liberalism productive and market logic demands a more adequate professional formation to work market from their candidates to a job. Due to the numberless difficulties workers face nowadays to enter the world of work...

‣ Jovem, licenciado & desempregado: discriminação face à idade e consequências para a saúde

Lourenço, Ana Cláudia Trindade
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
26.921626%
Dissertação submetida como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre em Psicologia Social da Saúde / Classificações e códigos da American Psychological Association: 3000 Social Psychology - 3040 Social Perception & Cognition; Actualmente, vive-se um momento de progressivo aumento do desemprego jovem, que ocorre paralelamente à melhoria da qualificação dos jovens portugueses. O presente estudo quasi-experimental almeja compreender o impacto do desemprego nos jovens licenciados na sua percepção de discriminação face à idade, na perspectiva de futuro e consequências para a saúde. Para tal, comparámos dois grupos de jovens, com características semelhantes, mas que diferiam na sua condição de emprego (40 empregados e 33 desempregados). Concluiu-se que os jovens em situação de desemprego apresentam maiores níveis de percepção de discriminação e piores níveis de saúde (auto-estima, ansiedade, depressão e comorbilidade) e referem sentirem mais sintomas físicos de depressão, dores e sintomas gripais, o que se reflecte na forma como percepcionam a sua saúde, de forma geral, ou seja, pior do que os jovens empregados. Ao que se refere a perspectiva de futuro, os jovens desempregados apresentam uma perspectiva mais limitada.; Nowadays...

‣ Apontamentos para o debate sobre o pleno emprego no Brasil

Mattos,Fernando Augusto Mansor de; Lima,Sergiany da Silva
Fonte: Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas Publicador: Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2015 Português
Relevância na Pesquisa
26.921626%
RESUMOEste artigo analisa a evolução dos indicadores de emprego e de desemprego na economia brasileira desde o início dos anos 2000 até os dados referentes a 2012, tomando como referências teóricas a formulação de Keynes sobre o desemprego involuntário e também os estudos sobre a dinâmica das relações entre setor formal e setor informal dos mercados de trabalho formulados por autores ligados ao Prealc. O artigo apresenta um exercício econométrico (que teve por base a função emprego de Keynes explicada pelo Princípio da Demanda Efetiva) que revela que o crescimento do emprego é uma função positiva do crescimento econômico. Dados adicionais mostram que, a despeito do crescimento da ocupação e da formalização do emprego ocorrida no período, com consequente queda da taxa de desemprego para patamares historicamente baixos, a economia brasileira não conseguiu, segundo as referências teóricas adotadas, atingir o pleno emprego ao final do período analisado, devido à persistência de parcela expressiva de mão de obra subutilizada no mercado de trabalho.

‣ Uma análise da transição dos jovens para o primeiro emprego no Brasil; An Analysis of Youth's Transition to the First Job in Brazil; Texto para Discussão (TD) 1996: Uma análise da transição dos jovens para o primeiro emprego no Brasil

Reis, Mauricio
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
Português
Relevância na Pesquisa
26.921626%
Este estudo analisa o processo de transição dos jovens do desemprego para o primeiro emprego. Os resultados mostram que jovens sem experiência no mercado de trabalho têm probabilidades mais baixas de saírem do desemprego, mesmo quando comparados com indivíduos na mesma faixa etária que já tiveram trabalho anteriormente. Os resultados também mostram que esta dificuldade relativa dos jovens em busca do primeiro emprego é ainda mais acentuada para empregos considerados de melhor qualidade. Nota-se, porém, que jovens e adultos com alguma experiência prévia no mercado de trabalho apresentam probabilidades semelhantes de transição do desem¬prego para o emprego.; 32 p. : il.

‣ Geração de empregos e realocação espacial no mercado de trabalho brasileiro — 1992-2002

Ramos, Lauro; Ferreira, Valéria
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Pesquisa e Planejamento Econômico (PPE) - Artigos
Português
Relevância na Pesquisa
26.921626%
O objetivo principal deste estudo é examinar a geração e, principalmente, a distribuição ao longo do território nacional dos empregos criados no Brasil entre 1992 e 2002, com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD). Além da ocupação como um todo, são também inspecionados segmentos específicos — segundo recortes setoriais e por características dos trabalhadores — bem como o contingente de desocupados. Os resultados desse exercício mostram que o processo de realocação espacial no mercado de trabalho brasileiro ocorreu de forma diferenciada, segundo o objeto de análise: por um lado, tanto a ocupação quanto a desocupação total não apresentaram mudanças significativas na sua distribuição espacial no período; por outro, para alguns segmentos específicos — cabendo destacar o emprego na indústria, o emprego formal e, também, o desemprego entre trabalhadores que são chefes de família —, as mudanças na distribuição espacial são mais pronunciadas, com destaque para o contraste entre as áreas metropolitanas e o restante do país. Uma implicação importante desses achados é que os resultados das pesquisas domiciliares mais conjunturais — que são restritas às regiões metropolitanas...

‣ A Experiência do Reino Unido no fortalecimento das políticas ativas de emprego

Costanzi, Rogério Nagamine
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Mercado de trabalho: conjuntura e análise - Artigos
Português
Relevância na Pesquisa
26.921626%
Neste final de século XX, a tendência generalizada de crescimento da taxa de desemprego, inclusive o de longa duração, criou pressões políticas e sociais em prol de maior cobertura da massa de desempregados, via critérios mais flexíveis de acesso ao benefício, assim como, de ampliação da duração do seguro desemprego. Por outro lado, o próprio crescimento da taxa de desemprego pressionou os custos destes programas, exatamente em um momento de crise do welfare state, inclusive financeira, que dificultava políticas de benefícios mais generosas e criava pressões para cortes dos gastos públicos.; p. 53-57

‣ Mercado de trabalho nos anos 90: fatos estilizados e interpretações; Texto para Discussão (TD) 743: Mercado de trabalho nos anos 90: fatos estilizados e interpretações; Labor market in the 90s: stylized facts and interpretations

Neri, Marcelo; Camargo, José Márcio; Reis, Maurício Cortez
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
Português
Relevância na Pesquisa
26.921626%
A economia brasileira passou por importantes modificações ao longo da década de 90. Durante esse período, ocorreram a abertura da economia ao fluxo de comércio e de capitais internacionais e queda na taxa de inflação e redução da presença do Estado na economia. Essas mudanças estruturais resultaram em efeitos importantes sobre o ritmo e a estrutura do crescimento da economia, afetando, significativamente, o desempenho do mercado de trabalho. Primeiramente, a queda no emprego industrial foi compensada pelo aumento do emprego nos serviços e no comércio. Entretanto, a partir de 1997 esse fenômeno não foi mais observado, de forma que a taxa de desemprego passou a aumentar. Neste artigo examinamos o desempenho do mercado de trabalho nos anos 90, através da análise da evolução do nível e da estrutura do emprego, dos rendimentos reais, da produtividade do trabalho nos setores da economia e da taxa de desemprego. Por intermédio dessa análise pode-se concluir que os rendimentos reais e o custo do trabalho aumentaram em todos os setores. Além disso, o aumento da produtividade marginal do trabalho no setor industrial mais que compensou a mudança de preços relativos contra esse setor, ocorrida com a estabilização da economia. Conclui-se também que houve um grande aumento do desemprego estrutural...

‣ Persistência e memória longa sazonal na série de desemprego da região metropolitana de São Paulo

Marques, Guilherme de O. L. C; Fava, Vera Lúcia
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
26.921626%
This paper deals with the persistence theme in the unemployment rate of São Paulo metropolitan region. SARFIMA fractional integration models were used to evaluate the dynamics of economic shock absorption by the unemployment series. The hysteresis hypothesis in the unemployment rate was evaluated using long-memory models. The results found using the fractional framework were compared with those of the I(0) -I (0) paradigm, and they showed the inability of the traditional SARIMA models to correctly extract the low-frequency behavior of the time series. It was shown that traditional seasonal model leads to an overvaluation of the persistence in the series.; Este artigo aborda o tema da persistência na taxa de desemprego da região metropolitana de São Paulo. Foram utilizados modelos SARFIMA de integração fracionária para avaliar a dinâmica de absorção dos choques econômicos pela série de desemprego. A hipótese de histerese no desemprego foi avaliada usando os modelos de memória longa. Os resultados obtidos pelo arcabouço fracionário foram contrapostos aos do paradigma I(1) -I (0) e revelaram a incapacidade dos modelos tradicionais SARIMA de extrair corretamente o comportamento de baixa frequência da série temporal. Verificou-se que o modelo sazonal tradicional induz à superavaliação da persistência na série de tempo estudada.

‣ Jornada de trabalho: o exemplo europeu; Jornada de trabalho: o exemplo europeu

M. de Mattos, Fernando Augusto
Fonte: Nova Economia; Nova Economia Publicador: Nova Economia; Nova Economia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 26/05/2009 Português
Relevância na Pesquisa
26.921626%
This paper examines the role played by the decline in average annual hours of work per person in employment over the behavior of unemployment rate in Europe since II World War. The results show that during the Golden Age of Capitalism in the twentieth century the pronounced reduction in the average annual hours of work per person in employment (which can be traced to legal action or to particularly negotiation between the social partners) has been very important to keep the unemployment rate at very low levels in the main European countries. Nevertheless, after the eigthies, there has been an important decline in the rate of reduction of average annual hours of work per person in employment. Since then, this fact explains a great part of the raise of the unemployment rates in European countries.; Este artigo avalia o papel da redução das jornadas de trabalho médias anuais (por trabalhador ocupado) sobre as trajetórias de desemprego da Europa desde o pós-guerra. Os resultados apresentados mostram que durante os Anos Dourados do capitalismo a redução das jornadas de trabalho (obtida por ação legal ou por negociação entre os atores sociais) foi muito importante para a manutenção de baixas taxas de desemprego nos principais países europeus. A desaceleração da redução das jornadas de trabalho...

‣ Mental health of unemployed workers; Saúde Mental de Trabalhadores Desempregados

de Oliveira, Tatiane Lacerda; Psicóloga – CRP 01/13560; de Barros, Celso Aleixo; Universidade Católica de Brasília
Fonte: Revista Psicologia: Organizações e Trabalho Publicador: Revista Psicologia: Organizações e Trabalho
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 04/11/2009 Português
Relevância na Pesquisa
26.921626%
Unemployment has been world widely discussed due to its individual and collective impact. It is a socially constructed situation which reflects the historical and world changes, more intensely affecting the mental health of unemployed workers. Once the worker is prone to become ill in this situation, this research aimed at understanding the relationship between unemployment and mental health. For this purpose, 204 unemployed and registered people in an employment agency in Distrito Federal answered the following research instruments: Social-Demographic Survey, Instrument to Measure Psycho-social Suffering of Unemployed Workers, developed by Veiga and Silva (2007); and General Health Questionnaire (Pasquali and cols.,1996). Basic descriptive analysis such as Pearson correlation and analysis of variance were performed using the statistic package SPSS. The results were significant, once the data obtained showed positive correlations between psycho-social suffering and the general health state. Key-words: health mental; Unemployment; work; mental suffering and work.; O desemprego tem sido mundialmente discutido devido às suas repercussões individuais e coletivas. É uma situação construída socialmente, que reflete as mudanças históricas e mundiais...