Página 18 dos resultados de 47045 itens digitais encontrados em 0.035 segundos

‣ "Competências da enfermeira na atenção básica: contribuição à construção das funções essenciais de saúde pública" ; Nurse’s competencies in primary health care: contribution to the construction of the Essential Public Health Functions.

Witt, Regina Rigatto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/03/2005 Português
Relevância na Pesquisa
67.279824%
Esta investigação sobre o trabalho da enfermeira, na atenção básica em saúde, tem como questão central a especificidade desse trabalho e, como objeto de estudo, as competências gerais e específicas da enfermeira e sua contribuição para a construção do Sistema Único de Saúde (SUS) e para a constituição das Funções Essenciais de Saúde Pública (FESP), com os objetivos: 1) identificar e analisar as competências gerais e específicas requeridas da enfermeira para atuação na saúde pública, a partir do trabalho realizado na rede básica de saúde; 2) compreender como essas competências estão contribuindo para o desempenho das FESP, considerando-se a forma como estão sendo construídas no atual estágio de implementação do SUS. A determinação dos locais do estudo e da escolha dos sujeitos deu-se em função da utilização da Técnica Delphi como método de investigação. Foram selecionados dois grupos de participantes: um de 131 enfermeiras que atuam na rede básica do Município de Porto Alegre, e, outro, de 144 especialistas, enfermeiras que ocupam cargos na Secretaria de Saúde do Município de Porto Alegre e docentes de enfermagem em saúde publica/comunitária/coletiva das escolas de enfermagem do estado do Rio Grande do Sul. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética da Escola de Enfermagem de Ribeirãoreto/USP. Aceitaram participar da pesquisa...

‣ Convergência temática entre produção científica e política nacional de pesquisa em saúde pública: estudo com base em análise de artigos de periódicos indexados; Thematic convergence between scientific and national policy research in public health: a study based on indexed journals analysis

Santos, Cibele Araujo Camargo Marques dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/04/2010 Português
Relevância na Pesquisa
67.274375%
O mapeamento da atividade científica é essencial para o desenvolvimento da pesquisa e definição de políticas. Na presente pesquisa, foi analisada a convergência entre a produção de artigos científicos da área da Saúde Pública e a Agenda Nacional de Prioridades de Pesquisa em Saúde (ANPPS) implementada pelo Ministério da Saúde em 2005. Nessa perspectiva, faz-se uma breve apresentação do campo científico da Saúde Pública, o histórico de sua constituição, suas principais linhas teóricas e epistemológicas, o contexto atual e suas relações interdisciplinares. A análise foi realizada pelo mapeamento temático de artigos indexados na base de dados LILACS (Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde), desenvolvida pela BIREME, com apoio da rede colaborativa da Biblioteca Virtual de Saúde. O estudo recorreu, metodologicamente, à combinação dos procedimentos de Organização da Informação com as técnicas propostas pelos Estudos métricos da Informação. O corpus da pesquisa foi constituído de 7603 registros de artigos selecionados de 37 títulos de periódicos indexados na base de dados LILACS. Os descritores dos artigos, publicados no período de 2003 e 2007, foram comparados com as 24 subagendas da ANPPS para obter indicadores sobre o grau de convergência ente produção científica nacional e política de pesquisa em saúde. Os resultados mostraram que a convergência é positiva...

‣ Uso do flúor em saúde pública sob o olhar dos delegados à 13ª Conferência Nacional de Saúde; Use of fluoride in public health from the perspective of the delegates to the 13th National Health Conference

Lucena, Regina Glaucia Ribeiro de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/10/2010 Português
Relevância na Pesquisa
67.28727%
Introdução Sendo a cárie dentária um grave problema de saúde pública para a maioria dos indivíduos que moram em países do hemisfério Sul e para as populações com baixo status socioeconômico dos países de capitalismo desenvolvido, advoga-se o uso do flúor em saúde pública, como medida preventiva. Objetivo Descrever as percepções e opiniões dos delegados à 13ª Conferência Nacional de Saúde sobre o uso do flúor em saúde pública, com foco na fluoretação das águas de abastecimento público. Método - Realizou-se pesquisa exploratória, descritiva, com abordagem qualitativa, utilizando-se como técnica de processamento de depoimentos o Discurso do Sujeito Coletivo (DSC). Ao todo, foram 310 respondentes. Os dados foram coletados por meio de questionários semiestruturados e analisados por meio da análise do discurso. Resultados Constatou-se desinformação dos delegados no tocante a vários aspectos do uso do flúor em saúde pública e os mesmos sentem necessidade de meios de divulgação efetivos sobre a água para consumo e sobre os níveis de flúor da água. Considerações Finais - Ideias equivocadas ou lacunas de conhecimento acerca de vários aspectos do uso do flúor em saúde pública revelam a necessidade de se melhorar o nível de informação da sociedade sobre questões relativas à fluoretação. O desconhecimento dos delegados...

‣ Estilos de pensamento em saúde pública: um estudo da produção da FSP-USP e ENSP-FIOCRUZ, entre 1948 e 1994, a partir da epistemologia de Ludwik Fleck

Da Ros, Marco Aurélio
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
67.25947%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação.; DESCRIÇÃO: A presente pesquisa objetiva, a partir da epistemologia de Ludwik Fleck, caracterizar a existência de estilos de pensamento (EP) distintos e incongruentes entre si na área de saúde pública. Pretende, com esta caracterização contribuir para o entendimento dos mesmos, e em função disto, para a construção de um estilo que integre conteúdos dos anteriores em direção a um entendimento mais totalizante na área da saúde. MÉTODOLOGIA E CONTEÚDOS: A partir do universo dos resumos de teses e dissertações (858), produzidas pelas duas escolas mais importantes na área da saúde pública brasileira, entre 1948 e 1994, foram selecionadas 72 para serem analisadas e aprofundadas. Aplicando as categorias de análise de Fleck, foi construída uma metodologia para caracterizar EP. A análise das tese e dissertações foi pareada com a história: das instituições examinadas; das mudanças de compreensão do processo saúde - doença; das políticas de saúde brasileiras. O movimento simultâneo de aprofundamento da história, das categorias fleckianas, e do conteúdo dos trabalhos caracterizou a metodologia como dialética . CONCLUSÃO: Foram caracterizados 11 EPs distintos em Saúde Pública...

‣ Saúde pública, psicanálise e infância

Medrano, Carlos Alberto
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
67.25806%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública; O objetivo deste trabalho é o de apresentar as determinações ideológicas - discursivas historicamente construídas em relação aos espaços para o brincar. Estes espaços aparecem em cena por volta da década de 1980. Muitos deles como um intento de desafiar às regras de jogo presentes na relação criança - adulto nos hospitais. Nos interessa particularmente a dimensão discursiva tecida a partir das práticas discursivas e não discursivas da Saúde Pública e da Psicanálise em relação à infância e ao brincar. Levando em conta que o sentimento da infância e o reconhecimento do brincar como inerente à condição de criança, são relativamente recentes, podemos afirmar que o Estatuto da Criança e do Adolescente (1990) institui um antes e um depois na condição jurídica dos menores no Brasil. A passagem de objeto ao de sujeito pleno de direito, significou que o brincar comece ser reconhecido como um direito a ser efetivamente garantido e defendido pela sociedade. O brincar é a fala da criança e, através do qual a criança vai construindo sua subjetividade; é através do brincar...

‣ Percepção de professores e estudantes em relação ao perfil de formação do nutricionista em saúde pública; Perception of teachers and students about the education of dieticians who specialize in public health

Pinheiro, Anelise Rizzolo de Oliveira; Recine, Elisabetta; Teixeira, Bárbara de Alencar; Fagundes, Andhressa Araújo; Sousa, Jussara Santos de; Monteiro, Renata Alves; Bertolin, Maria Natacha Toral
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
67.25806%
OBJETIVO: Analisar a percepção de professores e estudantes em relação ao perfil de formação do nutricionista em saúde pública. MÉTODOS: A pesquisa, de abordagem qualiquantitativa, foi realizada com participantes do 21° Congresso Brasileiro de Nutrição. Foi aplicado um questionário com estudantes e recémegressos, e feito um grupo focal com professores. Foi estabelecida a análise descritiva dos dados quantitativos, e a análise qualitativa foi desenvolvida por meio da análise do discurso do sujeito coletivo. RESULTADOS: Dentre os estudantes, 35% relataram ter afinidade com a área de saúde pública, e 11% dos egressos disseram atuar em saúde pública. Segundo os professores, as principais barreiras percebidas na formação do nutricionista em saúde pública foram: dificuldade de inserção do profissional na área; relação entre teoria e prática; e relação ensino e serviço de saúde. CONCLUSÃO: Os aspectos de saúde pública na formação do nutricionista ainda são incipientes, o que evidencia a necessidade de um maior aprofundamento do tema. ____________________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT; OBJECTIVE: This study analyzed how professors and students perceive the education of dieticians who specialize in public health. METHODS: This qualitative and quantitative study administered a questionnaire to undergraduate and graduate students and held a focal group with professors. The data collected by the questionnaire was descriptively analyzed and the contents of the focal group were analyzed according to the Discourse of the Collective Subject method. RESULTS: Thirtyfive percent of the students mentioned some kinship with the public health field and 11% of the graduates reported working in public health. Meanwhile...

‣ Estudios sobre la mujer en tres Revistas de Salud Pública

Montero,Cristina A.
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1995 Português
Relevância na Pesquisa
67.279814%
Este trabajo pretende observar la influencia que la "Conferência Nacional de Saúde e Direitos da Mulher", realizada en Brasília, en 1986, tuvo sobre las principales publicaciones periódicas del área de la salud pública de Brasil, respecto al tema de la mujer. Se muestran los artículos publicados en tres revistas del área, relacionados con la Salud de la Mujer; sin pretender realizar un análisis profundo del contenido de los artículos citados. Para ello, se organizaron por área temática los artículos publicados a partir de 1986 en las tres revistas: Revista de Saúde Pública (Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo, Saúde em Debate (Centro Brasileiro de Estudos de Saúde), y Cadernos de Saúde Pública (Escola Nacional de Saúde Pública, Fundação Oswaldo Cruz). Se examinaron los artículos que tratan de la mujer, número de publicaciones y aspectos tratados en su contenido.

‣ Saúde pública e direitos humanos

Mann,Jonathan
Fonte: IMS-UERJ Publicador: IMS-UERJ
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1996 Português
Relevância na Pesquisa
67.25806%
O artigo discute questões envolvendo programas e políticas de Saúde Pública e o respeito aos direitos humanos. Avalia até que ponto se deve zelar pela saúde pública sem interferir nos direitos individuais das pessoas quando há a necessidade. por exemplo, de conter epidemias como a da AIDS. Chama a atenção para a omissão das políticas de Saúde Pública em relação às populações mais pobres. o que caracterizaria também uma violação dos direitos humanos, na medida em que todos devem ter igual acesso à saúde. Evoca a Declaração Universal dos Direitos do Homem e propõe que se faça uma avaliação de impacto das políticas de Saúde Pública sobre os direitos humanos, na tentativa de promover, dessa forma, a melhoria tanto da qua­lidade da Saúde Pública quanto da sensibilidade desta em relação aos direitos humanos.

‣ Evolução histórica da medicina veterinária preventiva e saúde pública

Pfuetzenreiter,Márcia Regina; Zylbersztajn,Arden; Avila-Pires,Fernando Dias de
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2004 Português
Relevância na Pesquisa
67.25806%
O artigo aborda a evolução histórica da participação da medicina veterinária na saúde pública e as ações desempenhadas pelo médico veterinário nesse campo de atuação. As etapas do desenvolvimento do pensamento preventivo em Medicina Veterinária são descritas desde o surgimento das atividades relacionadas à medicina veterinária preventiva, até o início do trabalho do médico veterinário voltado para a população. O desenvolvimento do conceito de saúde pública veterinária foi acompanhado desde a criação do termo até a formulação do conceito atual. As funções do médico veterinário na saúde pública e a contribuições da Medicina Veterinária para a saúde humana são destacadas com a apresentação do cenário atual e das tendências para a Medicina Veterinária Preventiva e Saúde Pública. Alguns aspectos da educação veterinária relacionados com a saúde pública são discutidos tendo em vista questões de maior relevância social na atualidade e para o futuro.

‣ As ocupações supostamente subalternas: o exemplo da enfermagem brasileira

Santos,Luiz Antonio de Castro; Faria,Lina
Fonte: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública. Publicador: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
67.25806%
Este é um estudo sobre a história da formação de Educadoras Sanitárias e Enfermeiras de Saúde Pública na primeira metade do século 20, com destaque para acontecimentos em São Paulo e no Rio de Janeiro. A sociologia histórica proporciona um instrumental teórico-metodológico fundamental para análise e interpretação das relações entre instituições, poder e identidades profissionais e, nesse sentido, permite o estudo do processo de demarcação de um território de decisões e de atuação feminina que não fosse marcado pela subalternidade à profissão médica. O presente estudo se apóia na literatura histórico-sociológica que discute o movimento de configuração do campo da saúde pública iniciado nos anos de 1920 e estreitamente ligado aos debates sobre a nacionalidade e a constituição de identidades profissionais no campo do Cuidar. A década de 1920 instaurou novas práticas e concepções na relação entre Estado e sociedade, acentuando-se a especialização em saúde pública ou higiene. A formação de novas categorias seguiu um modelo de profissionalização baseado na "feminização" da atenção ao paciente e às famílias. O texto discute a formação das profissionais e a organização do campo do trabalho. Conclui-se que a ênfase nas conquistas do poder médico pela literatura tem relegado...

‣ Promoção da saúde mental em espaço urbano

Gomes, José Carlos Rodrigues
Fonte: Universidade Nova de Lisboa. Escola Nacional de Saúde Pública Publicador: Universidade Nova de Lisboa. Escola Nacional de Saúde Pública
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
67.274375%
RESUMO: A saúde pública deve estar atenta aos contextos e às mudanças sociais, políticas, económicas, científicas e tecnológicas com que se confrontam constantemente as comunidades, particularmente em situações de grandes transformações como o momento que a União Europeia atravessa. A urbanização é provavelmente a mudança demográfica mais importante das últimas décadas. Tendo importantes repercussões sobre a saúde mental, é importante desenvolver a investigação neste domínio, de forma multidisciplinar e integrando a compreensão dos diferentes determinantes sociais, psicológicos e físicos. As políticas de saúde mental tornaram-se uma parte importante da política social e da sociedade de bem-estar, em particular se considerarmos a urbanização das nossas comunidades. Considerar a saúde mental em espaço urbano é fundamentalmente estudar como um espaço particular pode influenciar a saúde. Baseado nesta reflexão, desenvolveu-se uma investigação participada de base comunitária, com recurso a uma metodologia de estudo de caso. Recorreu-se a dezenas de documentos de referência local, registos em arquivo, à observação direta, à observação participante e à observação in loco do espaço urbano. Foi utilizada uma amostragem em bola de neve...

‣ A violência e a saúde pública : um estudo bibliográfico de artigos publicados no Brasil, 1998 - 2008

Nunes, Ana Cristina Silveira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
67.26624%
A violência é tema prioritário de saúde pública por ameaçar o desenvolvimento dos povos, afetar a qualidade de vida e desgastar o tecido social. Assim, o objetivo deste trabalho é analisar produções científicas cujo tema seja violência. Como procedimentos metodológicos foram realizadas buscas bibliográficas através dos unitermos (violência e saúde coletiva e pública) no banco de dados Scielo, entre os anos de 1998 e 2008. A partir da análise dos dados, obtivemos como resultados: maior número de artigos publicados no ano de 2008; Revista Ciência e Saúde Coletiva (RJ) foi o veículo que mais publicou; violência de gênero foi a mais pesquisada; na população vulnerável à violência estão crianças, adolescentes e mulheres; os homens são os autores na maioria das práticas violentas; grande parte das publicações foram escritas por autores do sexo feminino; a profissão que mais escreveu foi a Medicina e a maioria dos autores tinham títulos de mestrado e doutorado; a Universidade de São Paulo / Ribeirão Preto foi a instituição de pesquisa que mais publicou, a maioria dos artigos não apresentaram conceitos de violência embora a identificassem como questão de saúde pública; quanto aos conceitos de violência e seus tipos...

‣ Contribuições da ciência pós-normal à saúde pública e a questão da vulnerabilidade social

Palma,Alexandre; Mattos,Ubirajara A. de O.
Fonte: Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2001 Português
Relevância na Pesquisa
67.28727%
O objetivo deste artigo é discutir os riscos à saúde pública, considerando-se as ponderações de Funtowicz et al. (1997, 1994), sobre a complexidade e incertezas de estudos, avaliação e gerenciamento dos riscos à saúde pública, verificadas nas relações da saúde pública com a vulnerabilidade dos grupos sociais. O discurso predominante sobre a saúde pública opera com dados estatísticos, que reduzem o fenômeno da doença a uma relação causal determinada biologicamente, desconsiderando a história da sociedade e imputando ao indivíduo a responsabilidade pelos problemas de saúde ocorridos. Pretendemos mostrar que a saúde, como um processo dinâmico, necessita de um novo 'olhar' atento a essas questões. Os grupos colocados à prova da exclusão social estão enfraquecidos de suas capacidades de reação e, talvez por isso, mais facilmente passíveis de agravos à saúde. A discussão sobre a complexidade dos estudos, avaliação e gerenciamento dos riscos à saúde pública deveria evitar o reducionismo e determinismo de qualquer ordem.

‣ PROBLEMAS DE SAÚDE PÚBLICA NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO. DIRETRIZES PARA O GOVERNO LOCAL; PROBLEMAS DE SAÚDE PÚBLICA NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO. DIRETRIZES PARA O GOVERNO LOCAL

Mascarenhas, Rodolfo dos Santos
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/1965 Português
Relevância na Pesquisa
67.28727%
Comentários c sugestões a respeito dos Serviços de Saúde Pública no Governo local, do Município de São Paulo. Conceitos de problema de saúde pública, saúde e padrão de vida. Foram definidos os níveis de autoridade esta tal nos programas de saúde pública e apresentada a distribuição da receita tributária no Brasil, onde, em 1962 a União arrecadou 52%, os estados 43% (e os municípios, apenas 4,9%. Dados em geral referentes aos níveis de saúde do Estado de São Paulo, dos anos de 1900 a 1962, tais como: percentagem da população abastecida pela rêde de águas e pelo sistema de esgôto; coeficiente de mortalidade geral; razão da mortalidade proporcional; curva de mortalidade proporcional; vida média ao nascer; coeficiente da mortalidade por doenças transmissíveis. Foram estudados alguns problemas de saúde ligados à administração de serviços, à deficiência de dados e pesquisas, à falta de planejamento e coordenação de atividades, à influência da política e da atitude paternalista dos serviços estatais, em relação ao público. Diretrizes para uma posterior reformulação das atividades de saúde pública, do Govêrno Municipal de São Paulo.; This papcr analyses the administration of local public health services of S. Paulo...

‣ Interdisciplinarity on public health: a field in construction; Interdisciplinaridad en la salud pública: un campo en construcción; Interdisciplinaridade na saúde pública: um campo em construção

Gomes, Romeu; Deslandes, Suely Ferreira
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/07/1994 Português
Relevância na Pesquisa
67.28844%
This article, based on a literature review, aims to discuss the interdisciplinarity on Public Health (its needs, barriers for implementation and possibilities). Therefore, initially, the authors present a discuss on conceptual and historical terms, that explains the subject. In this part, it is discussed the process of inclusion and exclusion of interdisciplinarity on Public Health, as well as the different dimension of it. Subsequently it is related an interdisciplinary experience on Public Health. Finally, the authors concluded that the interdisciplinary is extremely necessary to Public Health due to the complexity of its object of study.; El presente artículo, basado en una revisión bibliográfica, tiene como objetivo discutir la cuestión de la interdisciplinaridad en el campo de la Salud Pública (su necesidad, obstáculos a su implementación y posibilidades). Para tanto inicialmente, es presentado un debate en términos conceptuales e históricos que explica claramente la temática. En este segmento es discutida la trayectoria de inclusión y exclusión de la interdisciplinaridad en el campo de la Salud Pública así como las diferentes dimenciones de la misma. A continuación es relatada una experiencia interdisciplinar en el campo de la Salud Pública. Finalmente se concluye que la interdisciplinaridad es imprescindible en el campo de la Salud Pública dada la complejidad de su objeto.; O presente artigo...

‣ Processos de trabalho na saúde pública: humanização e efetivação do Sistema Único de Saúde

Morschel, Aline; Barros, Maria Elizabeth Barros de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2014 Português
Relevância na Pesquisa
67.25947%
O presente artigo trata da temática “processos de trabalho no campo da saúde pública”, tendo a Política Nacional de Humanização (PNH) e, mais especificamente, um curso de formação de apoiadores institucionais como referências. Por meio dessa atividade formativa e desde uma perspectiva cartográfica, foi composto um campo de pesquisa acompanhando/produzindo reflexões referentes ao modo como os processos de trabalho têm se realizado na saúde pública. Objetiva, assim, problematizar como a PNH tem comparecido nesse cenário, que questões têm sido levantadas, com quais impasses os trabalhadores se deparam em seu cotidiano do fazer-saúde, quais estratégias de enfrentamento têm sido disparadas. Parte do princípio de que os modos como os processos de trabalho são concebidos e realizados repercutem na produção de mudanças nas práticas de saúde e na efetivação do Sistema Único de Saúde (SUS) como política pública. Além do acompanhamento dos momentos presenciais do curso, foram realizadas entrevistas. Utilizou-se um roteiro de perguntas iniciais para disparar conversas com os trabalhadores formandos do curso e com formadores, estes últimos denominados “apoiadores pedagógicos”. Como resultados, obteve-se a problematização coletiva acerca do trabalho no contemporâneo e de importantes elementos que se presentificam no campo pesquisado...

‣ Processos de trabalho na política de saúde pública: o caso da implementação das Linhas de Cuidado pela Unidade de Saúde Escola da UFSCar.

Carrijo, Elisângela Rodrigues; Andrade, Thales Haddad Novaes de
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Política Social da UFES Publicador: Programa de Pós-Graduação em Política Social da UFES
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2013 Português
Relevância na Pesquisa
67.270483%
RESUMO O sistema de saúde brasileiro direciona ao Estado à responsabilidade pela gestão da política pública de saúde e fornece as diretrizes a esta política através da legitimação de seu ordenamento operativo, ancorado em lei que enumera as suas diretrizes. O presente estudo delimita a perspectiva que valoriza o construto sócio-histórico de um serviço de saúde de uma Instituição de Ensino Federal. Elege o método qualitativo para esse trabalho e propõe a descrever pela abstração documental como foi o proceder o histórico da origem ao momento atual. Desde a promulgação da Constituição Federal de 1988, as orientações normativas em matéria do direito a saúde ainda representam importantes desafios a uma política setorial do governo. Decorridos mais de vinte anos de sua existência, o sistema brasileiro tem se sustentado pelos fundamentos de uma ideologia que valoriza o conhecimento técnico científico instituído por sua legislação. O mecanismo processual dado à operacionalidade do sistema foi revisitado por vários gestores da saúde pública e é o modelo predominante de instituir e implementar sua política setorial. Esse modelo encontra respostas para sua sustentabilidade na ideologia sanitarista, retira desta as motivações postas pela renovação do conhecimento aplicando-as na inovação da gestão dos serviços públicos. A inovação em práticas democráticas de gestão produz oportunidades de novos acessos às agendas políticas e incorpora a arena de decisão o debate sobre novos projetos...

‣ Physical Education and the public health care system: dillemas, possibilities and challenges between the formation and the intervention; Educación Física y la red de salud pública: dilemas, posibilidades y desafíos entre la formación y la intervención; Educação Física e a rede de saúde pública: dilemas, possibilidades e desafios entre a formação e a intervenção

Mendes, Márcia Fernanda de Méllo; Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul; de Moraes, Marielly; Universidade Feevale; Andrade, Sabrina Chapuis de; Fundação Municipal de Saúde de Canoas; Rocha, Cristianne Maria Fame
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 12/11/2014 Português
Relevância na Pesquisa
67.279814%
The aim of this research was to identify and analyze the activities performed by physical education professionals (PEF) in the field of public health care, and to investigate how their formation influences their professional practices. Procedure: the focus group technique as used, with the participation on eleven PEF linked to the public health care system. Results: two categories were pointed out: one regarding the professional formation and other regarding the insertion of the PEF in the field of public health care. Considerations: the research has identified that there is a gap between the formation of the PEF and the reality of their professional activities in terms of the needs and guidelines of Unified Heath System (SUS). The formation should surpass the biological hegemonic model, centered purely on technical background, and propose to the students a new concept of health care, society and subject. ; El objetivo de esta investigación fue identificar y analizar las actividades realizadas por los profesionales de Educación Física (PEF) en el campo de la Salud Pública e investigar como la formación influencia en su práctica profesional. Metodología: se utilizó la técnica de Grupo Focal con la participación de once profesionales de Educación Física vinculados a la red pública de salud. Resultados: emergieron dos categorías: una dice respeto a la formación profesional y la otra a la inserción de los PEF en el campo de la Salud Pública.  Consideraciones: La pesquisa identifico que existe un hueco entre la formación del PEF y a la realidad de la practica profesional que atienda a las directrices y a las necesidades del SUS. La formación debe superar el modelo hegemónico biológico...

‣ Psicologia da Saúde, saúde pública e saúde internacional

Matos,Margarida Gaspar de
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2004 Português
Relevância na Pesquisa
67.289277%
A Psicologia da Saúde é um campo da Psicologia cada vez mais valorizado no campo da Saúde em áreas como a relação das pessoas, no dia a dia, com a Saúde e com a Doença, a comunicação e cooperação com os restantes técnicos de Saúde e a investigação e inovação no Sistema de Saúde. Este facto tem a ver com a evolução histórica do conhecimento, da intervenção e da investigação nesta área, que ocasionou uma convergência "histórica", entre o âmbito da Psicologia da Saúde, o âmbito da Saúde Pública e ainda o âmbito da emergente Saúde Internacional, com benefícios para essas três áreas. Uma outra consequência foi o aumento da formação específica na área da Psicologia da Saúde por parte da maior parte das Escolas Superiores de Psicologia, com inclusão de conteúdos ligados à Saúde Pública e Saúde Internacional, o mesmo acontecendo na formação nas áreas da Saúde Pública e Saúde Internacional, que em geral passam a incluir conteúdos ligados à Psicologia da Saúde. Durante este trabalho serão revistas estas mudanças históricas bem como a sua repercussão na formulação de questões relativas à promoção da saúde/bem-estar dos indivíduos e da comunidade.

‣ Estudios sobre la mujer en tres Revistas de Salud Pública

Montero,Cristina A.
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1995 Português
Relevância na Pesquisa
67.279814%
Este trabajo pretende observar la influencia que la "Conferência Nacional de Saúde e Direitos da Mulher", realizada en Brasília, en 1986, tuvo sobre las principales publicaciones periódicas del área de la salud pública de Brasil, respecto al tema de la mujer. Se muestran los artículos publicados en tres revistas del área, relacionados con la Salud de la Mujer; sin pretender realizar un análisis profundo del contenido de los artículos citados. Para ello, se organizaron por área temática los artículos publicados a partir de 1986 en las tres revistas: Revista de Saúde Pública (Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo, Saúde em Debate (Centro Brasileiro de Estudos de Saúde), y Cadernos de Saúde Pública (Escola Nacional de Saúde Pública, Fundação Oswaldo Cruz). Se examinaron los artículos que tratan de la mujer, número de publicaciones y aspectos tratados en su contenido.