Página 19 dos resultados de 67836 itens digitais encontrados em 0.035 segundos

‣ Efeitos do envelhecimento, isolado e associado ao diabetes e/ou à hipertensão sobre o transporte mucociliar e propriedades físicas do muco nasal; The effects of aging, isolated and associated with diabetes and/or hypertension on nasal mucociliary clearance and mucus properties

Oliveira, Janaína Proença de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.360469%
A pneumonia é uma das principais causas de morte na população idosa. O prejuízo do transporte mucociliar pode aumentar a susceptibilidade à infecção respiratória. Nosso objetivo foi avaliar os efeitos do envelhecimento, isolado e combinado com diabetes ou hipertensão, sobre a transporte mucociliar nasal e as propriedades do muco. De 440 pacientes contactados por telefone, 252 pessoas participaram do estudo: 79 saudáveis (18-94 anos, 50 homens), 38 indivíduos com diabetes (14-85 anos, 13 homens), 51 indivíduos com hipertensão (23-90 anos, 12 homens) e 84 indivíduos com diabetes e hipertensão (18-84 anos, 33 homens). Os indivíduos foram divididos em dois grupos principais, saudável e co-morbidade. Cada grupo foi separado em três sub-grupos de faixas etárias: (a) <40 anos, (b) 40-59 anos e (c) 60 anos. Foram avaliados os dados demográficos, os dados clínicos, o questionário de Qualidade de Vida SF-36, o pH nasal, o transporte mucociliar nasal por meio do teste de tempo de trânsito da sacarina (TTS), as propriedades do muco in vitro por meio da transportabilidade do muco por alto fluxo e o ângulo de contato. Neste estudo, observamos no grupo saudável uma maior frequência de mulheres (p=0,040) no sub-grupo 60 anos (70%) comparado com <40 anos (35%) e 40-59 anos (22%). Nos indivíduos saudáveis não observamos diferença entre as faixas etárias quanto aos seguintes parâmetros: sumário do componente físico do SF-36 (51±7)...

‣ Visão de cores, sensibilidade ao contraste e eletrorretinografia multifocal em indivíduos com Diabetes Mellitus tipo 1; Color vision, contrast sensitivity and multifocal electroretinogram in subjects with Diabetes Mellitus type 1

Garcia, Valéria Duarte
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/07/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.360469%
O Diabetes Melitus (DM) é uma doença crônica que compromete vários aspectos da saúde. Uma das complicações mais prevalentes associada à DM é a retinopatia diabética (RD), que produz perdas visuais em várias funções, podendo levar à cegueira. Essas perdas são detectáveis mesmo antes do aparecimento de sinais de retinopatia diabética e sua detecção pode servir para melhor monitoramento, prevenção e tratamento da RD. Utilizando testes psicofísicos e eletrofisiológicos computadorizados de última geração, o presente projeto investiga a discriminação de cores, sensibilidade ao contraste e o padrão das respostas eletrofisiológicas do eletrorretinograma multifocal (mfERG) em vinte pacientes (Idade=28,20 DP = 7,12) com Diabetes Mellitus tipo 1 sem sinais clínicos de retinopatia comparando-os com vinte sujeitos controle (Idade = 28,29 anos DP = 5,03) sem diabetes, ou outras doenças. A discriminação de cores foi avaliada pelo CCT (Cambridge Colour Test) para a discriminação de cores, e a sensibilidade ao contraste programa Metropsis (Cambridge Research System, Ltd), utilizando grades senoidais verticais em sete freqüências espaciais (0,2; 0,5; 1; 2; 5; 10 ; 20 cpg) A função eletrofisiológica da retina foi avaliada pelo eletrorretinograma multifocal (mfERG). A comparação dos dados entre grupos foi feita por ANOVA. No CCT...

‣ Efeito do dispositivo endoscópico temporário de exclusão duodeno jejunal na resistência insulínica e no risco cardiovascular em pacientes obesos com diabetes tipo 2; Effect of the duodeno jejunal bypass liner in insulin resistance and cardiovascular risk in obese patients with type 2 diabetes

Orso, Ivan Roberto Bonotto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/10/2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.360469%
OBJETIVO: Avaliar a eficácia do dispositivo endoscópico temporário de exclusão duodeno jejunal (DEED) na redução da resistência à insulina e do risco cardiovascular em pacientes obesos mórbidos portadores de diabetes tipo 2 (DMT2), utilizando a relação Triglicerídeos/colesterol HDL (TG/HDL), porcentagem de perda de peso e controle glicêmico. MÉTODO: Neste estudo foram incluídos 54 pacientes implantados com o DEED e acompanhados por um período de 6 meses. Todos apresentavam uma relação TG/HDL com valor acima de 3,5, sugerindo uma maior resistência insulínica e um perfil lipídico compatível com um maior risco cardiovascular. O valor da relação inicial foi comparado com o valor obtido após 6 meses do implante do dispositivo, com o objetivo de avaliar se houve redução desse valor, indicando melhora na resistência insulínica e redução do risco cardiovascular. Também foi avaliada a melhora dos níveis de hemoglobina glicada (HbA1c) e a perda de peso obtida com o uso do dispositivo. Estes dois últimos achados foram correlacionados com a redução da relação TG/HDL para avaliar a presença de dependência entre os fatores. RESULTADOS: Todos os pacientes implantados com o DEED apresentaram redução significativa dos níveis de HbA1c...

‣ Diabetes: práticas e sentidos de cuidado e autocuidado em fluxo no Sistema Único de Saúde (Sus); Diabetes: practices and senses of care and self-care in flow in the Public Health System (SUS)

Cruce, Alexandre Pereira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/03/2015 Português
Relevância na Pesquisa
36.360469%
Problema de saúde pública de prevalência global, a diabetes está em franca expansão em todo planeta, vinculada ao contexto socioeconômico, às condições de urbanização e ao envelhecimento populacional. Estimativas da Organização Mundial da Saúde indicam que existem, atualmente, 387 milhões de pessoas vivendo com diabetes no mundo. Quarto colocado no ranking da International Diabetes Federation, o Brasil tem 11,6 milhões de adoecidos, 10% dos quais insulinodependentes. É nesse cenário epidêmico que se dá a construção de redes e sentidos de cuidado e autocuidado da diabetes baseados em práticas e conceitos elaborados por actantes os mais diversos, das políticas públicas brasileiras de saúde coletiva a profissionais de saúde e adoecidos crônicos. Assim, o objetivo deste trabalho é analisar como as redes e seus actantes humanos e não humanos (políticas públicas, rede de atenção à saúde, profissionais de saúde, pacientes, amigos e familiares, medicamentos, insumos e tecnologias) performam e são performados na produção de cuidado e autocuidado no cotidiano dos serviços especializados. Para tanto foi realizado um estudo etnográfico, por meio de observação participante e entrevistas semiestruturadas de profissionais de saúde e usuário de unidade de atenção secundária do município de São Bernardo do Campo...

‣ Aminoguanidine reduces oxidative stress and structural lung changes in experimental diabetes mellitus; Aminoguanidina reduz o estresse oxidativo e as alterações estruturais pulmonares em diabetes mellitus experimental

Di Naso, Fábio Cangeri; Forgiarini Júnior, Luiz Alberto; Forgiarini, Luiz Felipe; Porawski, Marilene; Dias, Alexandre Simões; Marroni, Norma Anair Possa
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.360469%
Avaliamos o efeito da aminoguanidina sobre o estresse oxidativo pulmonar e a estrutura pulmonar em um modelo experimental de diabetes mellitus. Foram determinados thiobarbituric acid reactive substances (TBARS, substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico), histologia e gasometria arterial em animais com diabetes mellitus (DM), animais com diabetes mellitus tratados com aminoguanidina (DM+AG) e controles. O nível de TBARS foi significativamente maior no grupo DM que nos grupos controle e DM+AG (2,90 ± 1,12 vs. 1,62 ± 0,28 e 1,68 ± 0,04 nmol/mg proteína, respectivamente), o mesmo ocorrendo com PaCO2 em relação ao grupo controle (49,2 ± 1,65 vs. 38,12  ±   4,85  mmHg), e PaO2 foi significativamente maior no grupo controle (104,5 ± 6,3 vs. 69,48 ±16,30 e 97,05  ± 14,02 mmHg, respectivamente). Neste modelo experimental de diabetes mellitus, a aminoguanidina reduziu o estresse oxidativo, alterações estruturais teciduais pulmonares e a troca gasosa no modelo experimental.; We evaluated the effect of aminoguanidine on pulmonary oxidative stress and lung structure in an experimental model of diabetes mellitus. Thiobarbituric acid reactive substances (TBARS), histology and arterial blood gases were evaluated in animals with diabetes mellitus (DM group)...

‣ Prevalence and antifungal resistance profile of Candida spp. oral isolates from patients with type 1 and 2 diabetes mellitus

Bremenkamp, R. M.; Caris, A. R.; Jorge, A. O. C.; Back Brito, Graziella Nuernberg; Mota, A. J.; Balducci, Ivan; Brighenti, F. L.; Koga-Ito, C. Y.
Fonte: Pergamon-Elsevier B.V. Ltd Publicador: Pergamon-Elsevier B.V. Ltd
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 549-555
Português
Relevância na Pesquisa
36.360469%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Processo FAPESP: 04/01602-5; Objective: The goal of the study was to measure the prevalence of Candida spp. in the oral cavity of patients with diabetes types 1 and 2 when compared to healthy individuals and to study antifungal resistance profile of the isolates.Design: There were 162 subjects in the study: diabetes type 1 (n = 39); control group 1 (n = 50): healthy individuals matched in gender, age, and oral conditions to diabetes type 1 patients; diabetes type 2 (n = 37); control group 2 (n = 36) who were matched to each patient of the diabetes type 2 group. Stimulated saliva was collected and isolates were identified with phenotypic tests. The presence of C. dubliniensis was determined by multiplex PCR.Results: There were no statistically significant differences in Candida spp. frequency between the diabetes 1 group and its control (p = 0.443) nor between the diabetes 2 group and its control (p = 0.429). C. albicans was the most frequently isolated yeast in all groups. In the diabetes groups, C. stellatoidea, C. parapsilosis, C. tropicalis, C. lipolytica, C. glabrata, and C. krusei were also identified. Additionally, in control groups, C. kefyr was also detected. None of the isolates were resistant to amphotericin B and flucytosine. A low percentage of the isolates were resistant to ketoconazole.Conclusions: No differences were detected in colonization of Candida spp. oral isolates from type 1 and type 2 diabetes when compared to matched controls. The antifungal resistance of Candida spp. isolates for ketoconazole from type 1 diabetes patients was significantly higher than that of its matched control. (C) 2010 Published by Elsevier Ltd.

‣ Diabetes mellitus: fatores associados à prevalência em idosos, medidas e práticas de controle e uso dos serviços de saúde em São Paulo, Brasil

Mendes, Telma de Almeida Busch; Goldbaum, Moisés; Segri, Neuber José; Barros, Marilisa Berti de Azevedo; Cesar, Chester Luiz Galvão; Carandina, Luana; Alves, Maria Cecília Goi Porto
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1233-1243
Português
Relevância na Pesquisa
36.360469%
Este estudo analisa os fatores associados à prevalência de diabetes segundo as variáveis demográficas socioeconômicas, condição de saúde e estilo de vida, o uso dos serviços de saúde e medidas e práticas de controle entre 872 idosos residentes na cidade de São Paulo, Brasil. A prevalência de diabetes referida foi de 17,9%, valor acima do encontrado na população adulta. A maior prevalência de diabetes foi verificada entre idosos que relataram sua saúde como ruim/muito ruim, os que nunca beberam ou não bebem mais, os viúvos e entre os que se hospitalizaram pelo menos uma vez no último ano. Dentre os idosos, 69,9% procuraram o serviço rotineiramente por causa do diabetes e 96,1% foram atendidos no serviço que procuraram. Há falta de informação, conhecimento e a utilização de medidas de controle ainda é insuficiente entre os idosos. Fazem-se necessárias políticas de saúde com foco na capacitação de profissionais e na orientação familiar, e que incentivem mudanças no estilo de vida dos idosos.; This study analyzes factors associated with diabetes prevalence according to demographic and socioeconomic variables, health status, and lifestyle among 872 elderly living in the city of São Paulo, Brazil, in addition to health services utilization and control measures and practices. Reported diabetes prevalence among the elderly was 17.9%...

‣ Alterações da matriz extracelular causadas pelo diabetes: o impacto sobre a continência urinária

Marini, Gabriela; Rinaldi, Jaqueline De Carvalho; Damasceno, Débora Cristina; Felisbino, Sérgio Luis; Rudge, Marilza Vieira Cunha
Fonte: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia Publicador: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 328-333
Português
Relevância na Pesquisa
36.360469%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); The prevalence of urinary incontinence in diabetic pregnant women is significantly high two years after cesarean section. Incontinence can be the most common consequence of hyperglycemia compared to other complications. Thus, identifying the risk factors for the development of urinary incontinence in diabetes is the major aim in the prevention of this very common condition. Recent surveys have shown that not only muscle but also the urethral extracellular matrix play an important role in the mechanism of urinary continence. Translational work on rats by our research group showed that diabetes during pregnancy damages the extracellular matrix and urethral striated muscle, a fact that may explain the high prevalence of urinary incontinence and pelvic floor dysfunction in women with gestational diabetes mellitus. Diabetes affects the expression, organization and change in extracellular matrix components in different organs, and tissue remodeling and fibrosis appear to be a direct consequence of it. Therefore, understanding the impact of modifiable risk factors...

‣ Avaliação do registro alimentar de tres dias, desenvolvimento pondero-estatural e perfil metabolico de adolescentes com diabetes melitus tipo 1 com e sem microalbuminuria; Evaluation of the food intake a 3 day food report, weight stature development and metabolic profile the adolescents with type 1 mellitus diabetes with and without microalbuminuria

Maria Caroline Azevedo Souza Netto
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/02/2005 Português
Relevância na Pesquisa
36.360469%
Foram avaliados 30 adolescentes com diabetes melitus tipo 1, sendo 14 com microalbuminúria e 16 sem microalbuminúria, acompanhados no Ambulatório de Diabetes da FCM - UNICAMP, com o objetivo de estudar as possíveis diferenças destes grupos quanto à ingestão referida dos principais nutrientes, à distribuição do índice de massa corporal, ao perfil lipídico, à hemoglobina glicosilada, ao clearance de Cr EDTA, à dose de insulina, ao desenvolvimento pôndero-estatural e ao tempo de doença. Materiais e Métodos - Para a avaliação da ingestão alimentar foi utilizado o registro alimentar de 3 dias, sendo avaliados a calorias total / kg e os macronutrientes (carboidrato, proteína e lipídio). A avaliação da adequação do peso foi realizada através do cálculo do índice de massa corporal. A microalbuminúria foi medida por radioimuno-ensaio, em amostra de urina noturna. Os dados laboratoriais seguiram a rotina do laboratório de Patologia Clínica do HC da UNICAMP. Resultados - Foi demonstrado que os únicos dados que foram significativamente diferentes entre os grupo foi o maior tempo de doença e a prevalência do sexo feminino no grupo com microalbuminúria. Ambos os grupos apresentaram valores elevados de hemoglobina glicosilada...

‣ Yoga e doenças crônicas : inovações no cuidado do câncer e diabetes; Yoga and chronic diseases : innovations in cancer care and diabetes

Cecília Muzetti de Castro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/02/2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.360469%
As doenças crônicas apresentam longa duração, lenta progressão e estão entre as principais causas de mortalidade atualmente. As bases terapêuticas medicamentosas para o tratamento destas doenças não tem sido exitosa e, por isso, a Organização Mundial de Saúde propôs a introdução de inovações no cuidado, que extrapolam o modelo biomédico. No Brasil, o Yoga e outras práticas corporais foram introduzidas no Sistema Único de Saúde por meio da Portaria 719, de 7 de abril de 2011, com a criação do Programa da Academia de Saúde, pelo Ministério da Saúde. A expansão do uso do Yoga como prática terapêutica motivou o crescimento do número de pesquisas sobre o tema. O objetivo do presente trabalho foi analisar sistematicamente a literatura científica sobre a aplicação do yoga no cuidados de pessoas portadoras de câncer e diabetes. As buscas foram conduzidas nas bases de dados "PubMed", "Embase", "Web of Science" e "Ebsco Host" para o período de vinte anos (1991 a 2011), utilizando as descritores "yoga and cancer" e "yoga and diabetes". Foram analisados 36 e 22 artigos respectivamente referentes ao câncer e diabetes segundo o país de desenvolvimento das pesquisas, os periódicos de publicação, as tradições e técnicas de yoga empregadas...

‣ Evaluation of the effect of tooth movement on the development of diabetes-induced neuropathy in rats = : Avaliação do efeito da movimentação ortodôntica no desenvolvimento de neuropatia decorrente do diabetes induzido em ratos; Avaliação do efeito da movimentação ortodôntica no desenvolvimento de neuropatia decorrente do diabetes induzido em ratos

Fabiana Furtado Freitas
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/02/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.360469%
O diabetes induz resposta inflamatória acentuada resultando em maior movimentação dental por dispositivos ortodônticos. Sendo assim, este estudo teve como objetivo avaliar se o aumento da resposta inflamatória, decorrente do tracionamento dental por um dispositivo ortodôntico, induzido pelo diabetes altera a excitabilidade neuronal no gânglio trigeminal. Para este estudo foram utilizados ratos Wistar (±150 g, n= 4-6/grupo) tratados com injeção intraperitoneal de tampão citrato (veículo; Normoglicêmicos - NG), estreptozotocina 75 mg/kg (Diabético - DG), ou estreptozotocina 75 mg/kg + injeção subcutânea de insulina (Diabético tratado com insulina - IG). Vinte e oito dias após o tratamento foi instalado um dispositivo ortodôntico e a movimentação dentária foi avaliada nos dias 0, 1, 3, 6 ou 12. Após o tempo correspondente, os animais foram anestesiados e a maxila, gânglio trigeminal e tecido gengival removidos e submetidos à análise para quantificação da movimentação dentária e análise bioquímica (ELISA) para avaliação da liberação de glutamato, Fator de Necrose Tumoral-alfa (TNF-α), Interleucina 1-beta (IL-1β), Substância P (SP) e Peptídeo Relacionado ao Gene da Calcitonina (CGRP). Os resultados demonstraram que o diabetes aumentou significativamente o movimento dental induzido pelo tracionamento ortodôntico nos dias 1...

‣ Variabilidade genética das glicoproteínas plaquetárias GPIba e GPIIIa e a sua possível associação com o risco trombótico em doentes com Diabetes mellitus tipo 2

Carvalhais, Virgínia Maria Dinis
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 28/01/2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.360469%
Dissertação de mestrado em Genética Molecular; As patologias vasculares são a principal causa de mortalidade e morbilidade na Diabetes mellitus tipo 2. Uma vez que um endotélio vascular íntegro é fundamental para a homeostasia, eventos isquémicos são frequentes nos indivíduos com Diabetes mellitus tipo 2. Na isquemia arterial, a exposição do conteúdo da placa de ateroma leva à activação das plaquetas por intermédio das glicoproteínas existentes na superfície das mesmas. O objectivo principal deste estudo é verificar se a presença de polimorfismos nas glicoproteínas plaquetárias poderão estar associados com o aparecimento de isquemia arterial do membro inferior nos indivíduos com DM tipo 2. Para isso, estudou-se por PCRRFLP os SNPs HPA-2 e KOZAK na GPIbα, o PlA1/A2 na GPIIIa, e um VNTR na GPIbα. Verificou-se que existem diferenças estatisticamente significativas para o polimorfismo VNTR entre o grupo controlo e o grupo com DM tipo 2. O polimorfismo KOZAK parece estar associado ao aparecimento de isquemia arterial do membro inferior em indivíduos com DM tipo 2. Estes resultados sugerem que o polimorfismo KOZAK poderá contribuir para um aumento da probabilidade de desenvolver isquemia arterial do membro inferior em indivíduos com DM tipo 2. Os nossos resultados também evidenciam a importância do estudo dos polimorfismos plaquetários uma vez que podem contribuir para estabelecer um perfil genético de risco em indivíduos com DM tipo 2.; Vascular diseases are the most important cause of mortality and morbidity in patients with type 2 diabetes mellitus. Once a functional endothelium is important for homeostasis...

‣ Propriedades psicométricas do questionário de stress face à diabetes em adolescentes portugueses; Psychometric properties of the stress questionnaire on diabetes in portuguese adolescents

Almeida, J. Paulo; Pereira, M. Graça
Fonte: Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde Publicador: Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.360469%
O Stresse face à diabetes desempenha um papel determinante na adesão ao tratamento, no controlo metabólico e na qualidade de vida do adolescente. O presente trabalho teve como objectivo a adaptação do Questionário de Stresse face à diabetes (QSD-R) numa amostra de 256 adolescentes com Diabetes tipo 1. Os resultados apontam para a existência de qualidades psicométricas que permitem a sua utilização com adolescentes diabéticos. O questionário apresenta uma consistência interna semelhante à versão original (α = 0,93), sendo composto por 40 itens organizados em seis componentes: Queixas somáticas (α =0,81), Stresse social e escolar (α = 0,82), Ansiedade/depressão (α= 0,77), Stresse face à hipoglicemia (α = 79), Relação médicodoente (α = 0,75), Regime terapêutico (α = 0,72). A versão portuguesa do QSD-R eliminou as duas escalas referentes á relação conjugal e stresse no trabalho e foram inseridos itens referentes ao stresse em contexto escolar. A validade externa permite constatar que o QSD-R apresenta uma correlação com a adesão ao tratamento (r= 0,17; p= 0,03) e com a qualidade de vida (r= 0,55; p=0,0001). Não se verificam diferenças entre adolescentes de ambos os sexos nem variação no nível do stresse ao longo da idade.; Stress towards diabetes and its treatment is determinant in treatment adherence...

‣ Representações cognitivas da Diabetes, conhecimentos acerca da doença e autocuidados : um estudo com Diabéticos Tipo II controlados e não controlados

Baptista, Luís Miguel Lopes
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 11/11/2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.360469%
A diabetes mellitus é uma doença crónica cujo tratamento exige um papel ativo por parte do paciente no controlo da doença. A presente investigação teve como principal objetivo caracterizar uma amostra de utentes com diabetes tipo II, ao nível das representações da doença, conhecimentos e autocuidados, explorando as diferenças entre os diabéticos controlados e não controlados. Trata-se de um estudo observacional, descritivo transversal com análise comparativa dos dados. A amostra foi constituída por 140 utentes de um centro de saúde da região Norte. Os instrumentos utilizados foram Ilness Perception Questionnaire- Brief (IPQ-B), Questionário dos Conhecimentos da Diabetes (QCD), Questionário de Avaliação das Actividades de Auto-Cuidado com a Diabetes (SDSCA). Os resultados da comparação entre diabéticos controlados e não controlados evidenciaram diferenças significativas na maioria das dimensões do IPQ, nos conhecimentos acerca da doença e nos autocuidados. Estes dados apontam no sentido de intervenções diferenciadas por diabéticos controlados e diabéticos não controlados.; Diabetes mellitus is a chronic disease the treatment of which requires an active role by the patient to control the disease. This research has as main objective to characterize a sample of clients with Type II diabetes...

‣ Empowerment, qualidade de serviço e satisfação na consulta de diabetes

Viana, Marta Patrícia Carvalho
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
36.360469%
Os serviços de saúde em todo o mundo estão desenhados para responder às situações agudas da doença. Por isso, o aumento acentuado das doenças crónicas e o seu impacto na saúde pública e na economia representam um grande desafio à capacidade de reorganização desses sistemas. Dentro do panorama das doenças crónicas, a diabetes é considerada uma epidemia mundial. Estima-se que, em 2030, a doença afecte 366 milhões de pessoas. Para inverter esta tendência, é necessário que os governos de cada país definam estratégias de actuação, tanto ao nível da prevenção como do tratamento. É consensual que os doentes com diabetes são a pedra basilar do seu próprio cuidado e, por isso, as medidas de saúde adoptadas devem ser orientadas para o empowerment do doente. Simultaneamente, é necessário avaliar a qualidade de serviço percebida pelos doentes, relativamente às novas formas de organização dos cuidados. Portugal implementou, nos centros de saúde, uma consulta específica de diabetes, que se apresenta como o objecto de estudo deste trabalho. O objectivo principal desta pesquisa é averiguar até que ponto a qualidade de serviço percebida pelo doente, na componente funcional, e o empowerment contribuem para a sua satisfação com o serviço prestado durante a consulta de diabetes. Para alcançar os objectivos propostos foram inquiridos 336 doentes diabéticos tipo II que frequentam a consulta específica de diabetes...

‣ Diabetes Mellitus: a problemática dos factores intrínsecos e extrínsecos na regulação da glicémia

Fernandes, Joana Sobral Leite
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.360469%
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária; O metabolismo da glicose, principal nutriente dos seres vivos, é regulado pela acção sincronizada da insulina e do glucagon, secretados pelo pâncreas endócrino. Na deficiência absoluta ou relativa de insulina, surge uma síndrome denominada Diabetes mellitus, caracterizada clinicamente por poliúria, polidipsia, polifagia, perda de peso, hiperglicémia persistente em jejum e glicosúria. Ocorre em animais de idade avançada e pode ser classificada em função do mecanismo fisiopatológico (Tipos 1, 2, 3 e Diabetes Gestacional) e da necessidade de insulinoterapia (Insulino-Dependente e Não Insulino-Dependente). A realização de curvas de glicémia e a pesquisa de proteínas glicosiladas são auxiliares importantes na avaliação diagnóstica e monitorização do doente diabético. O tipo de diabetes determina a escolha do protocolo terapêutico, que pode consistir em fluidoterapia, insulinoterapia, dieta, fármacos hipoglicemiantes orais e outros. Entre as principais complicações crónicas da Diabetes incluem-se as cataratas, uveíte induzida pelo cristalino, neuropatia e nefropatia diabéticas. Foi desenvolvida uma avaliação clínica baseada na medição da concentração de glucose sérica em animais diabéticos e não-diabéticos...

‣ Diabetes como causa básica ou associada de morte no Estado de São Paulo, Brazil, 1992

Franco,Laercio J.; Mameri,Cecília; Pagliaro,Heloisa; Iochida,Lúcia C.; Goldenberg,Paulete
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1998 Português
Relevância na Pesquisa
36.360469%
INTRODUÇÃO: As estatísticas de mortalidade, em geral, baseiam-se na análise das causas básicas de óbito. No caso do diabetes, sua importância é sempre subestimada, pois os diabéticos geralmente morrem devido às complicações crônicas da doença, sendo estas que figuram como a causa básica do óbito. Para atenuar esse problema, deveriam ser analisadas todas as causas mencionadas no atestado de óbito. Como contribuição ao problema foi analisada a freqüência das menções do diabetes nas declarações de óbito e as principais causas associadas. METODOLOGIA: Os coeficientes específicos e a mortalidade proporcional por diabetes, como causa básica ou associada, foram calculados com base nas informações extraídas dos atestados de óbito, através do sistema ACME (Automated Classification of Medical Entities), para o Estado de São Paulo, em1992. RESULTADOS E CONCLUSÕES: De um total de 202.141 óbitos, o diabetes foi mencionado em 13.786 (6,8%), sendo a causa básica em 5.305 (2,6%). A proporção foi maior para mulheres do que para homens (10,1 vs 4,6% como causa mencionada e 6,1 vs 2,9% como causa básica). Entre os óbitos com menção de diabetes no atestado, as principais causas básicas foram: diabetes (38,5%)...

‣ Insulinoterapia, controle glicêmico materno e prognóstico perinatal: diferença entre o diabetes gestacional e o clínico

Basso,Neusa Aparecida de Sousa; Costa,Roberto Antonio Araújo; Magalhães,Cláudia Garcia; Rudge,Marilza Vieira Cunha; Calderon,Iracema de Mattos Paranhos
Fonte: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia Publicador: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2007 Português
Relevância na Pesquisa
36.360469%
OBJETIVO: avaliar protocolo de insulinoterapia e conseqüentes resultados maternos e perinatais, no diabetes gestacional e clínico, num serviço de referência para gravidez de alto risco. MÉTODOS: estudo prospectivo e descritivo, incluindo 103 gestantes portadoras de diabetes gestacional ou clínico, tratadas com insulina e acompanhadas no serviço, no período de outubro de 2003 a dezembro de 2005. Foram excluídos casos de gemelaridade, abortamento, abandono do pré-natal e parto fora do serviço. Compararam-se idade gestacional no início do tratamento; dose, aplicações/dia e incremento de insulina (UI/kg); média glicêmica e resultados perinatais. Utilizaram-se ANOVA e testes de Fisher e Goodman, considerando p<0,05. RESULTADOS: a multiparidade (92 versus 67,9%), o índice de massa corporal (IMC) pré-gestacional >25 kg/m² (88 versus 58,5%), o ganho de peso <8 kg (36 versus 17%) e o maior incremento de insulina caracterizaram o diabetes gestacional. No diabetes clínico, apesar da maior proporção de média glicêmica ≥120 mg/dL (39,2 versus 24%) no final da gestação, a insulinoterapia teve início precoce (47,2 versus 4%), maior duração (56,6 versus 6%), e maior dose diária de insulina (92 versus 43 UI/dia)...

‣ The relationship between low maternal serum 25-hydroxyvitamin D levels and gestational diabetes mellitus according to the severity of 25-hydroxyvitamin D deficiency

Zuhur,Sayid Shafi; Erol,Rumeysa Selvinaz; Kuzu,Idris; Altuntas,Yuksel
Fonte: Faculdade de Medicina / USP Publicador: Faculdade de Medicina / USP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.360469%
OBJECTIVE: To assess the relationship between low maternal serum 25-hydroxyvitamin D levels and gestational diabetes mellitus in Turkish pregnant women according to the severity of 25-hydroxyvitamin D deficiency and assess intact parathyroid hormone levels in women with gestational diabetes mellitus and controls with low and sufficient 25-hydroxyvitamin D levels. METHODS: We analyzed serum 25-hydroxyvitamin D and intact parathyroid hormone levels in 234 women with gestational diabetes mellitus and 168 controls. To define the deficiency status, 25-hydroxyvitamin D levels were further classified into severely deficient, deficient, insufficient and sufficient groups. RESULTS: Women with gestational diabetes mellitus had significantly lower 25-hydroxyvitamin D levels compared to controls (30.8±16.3 vs. 36.0±16.2 nmol/L). However, when subgroups of 25-hydroxyvitamin D were analyzed, gestational diabetes mellitus was significantly more common only in women with severely deficient 25-hydroxyvitamin D levels. After adjusting for covariates, only severely deficient 25-hydroxyvitamin D levels were independently associated with an increased relative risk of gestational diabetes mellitus. The relative risk of gestational diabetes mellitus in women with insufficient and deficient 25-hydroxyvitamin D levels was not statistically significant. Intact parathyroid hormone concentrations were also significantly higher in women with gestational diabetes mellitus compared to the controls (45.3±26.2 vs. 38.7±27.6 pg/ml). CONCLUSIONS: The results obtained from this study provide novel data indicating that only severely deficient maternal serum 25-hydroxyvitamin D levels are significantly associated with an elevated relative risk of gestational diabetes mellitus...

‣ Diabetes-Related Microvascular and Macrovascular Diseases in the Physical Therapy Setting

Cade, W Todd
Fonte: American Physical Therapy Association Publicador: American Physical Therapy Association
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /11/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.360469%
Physical therapists commonly treat people with diabetes for a wide variety of diabetes-associated impairments, including those from diabetes-related vascular disease. Diabetes is associated with both microvascular and macrovascular diseases affecting several organs, including muscle, skin, heart, brain, and kidneys. A common etiology links the different types of diabetes-associated vascular disease. Common risk factors for vascular disease in people with diabetes, specifically type 2 diabetes, include hyperglycemia, insulin resistance, dyslipidemia, hypertension, tobacco use, and obesity. Mechanisms for vascular disease in diabetes include the pathologic effects of advanced glycation end product accumulation, impaired vasodilatory response attributable to nitric oxide inhibition, smooth muscle cell dysfunction, overproduction of endothelial growth factors, chronic inflammation, hemodynamic dysregulation, impaired fibrinolytic ability, and enhanced platelet aggregation. It is becoming increasingly important for physical therapists to be aware of diabetes-related vascular complications as more patients present with insulin resistance and diabetes. The opportunities for effective physical therapy interventions (such as exercise) are significant.