Página 19 dos resultados de 1181 itens digitais encontrados em 0.001 segundos
Resultados filtrados por Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura

‣ Atividade da pectina metilesterase e da β-galactosidase durante o amadurecimento do mamão cv. golden

Pinto,Luciana Konda de Azevedo; Martins,Meire Lelis Leal; Resende,Eder Dutra de; Thièbaut,José Tarcísio Lima
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2011 Português
Relevância na Pesquisa
17.136553%
Este trabalho foi realizado com o objetivo de investigar o comportamento das enzimas pectina metilesterase (PME) e β-galactosidase (β-Gal) durante o amadurecimento do mamão cv.'Golden'. Mamões com 15% de cor amarela foram estocados em câmara de refrigeração a 20ºC e 85-95 % UR, por um período de 11 dias. Durante este período de estocagem, foi determinada a cor da casca, firmeza e pH da polpa dos frutos, bem como a atividade das enzimas PME e β-Gal. A atividade da PME, observada ao longo do amadurecimento do mamão, indicou que esta enzima participou do processo de hidrólise da parede celular, principalmente no início do amadurecimento dos frutos. Já a atividade da β-Gal aumentou, de maneira não gradual, do primeiro dia até o final do armazenamento, quando alcançou seu valor máximo. Uma redução drástica na firmeza e no pH da polpa ocorreu nos três primeiros dias de armazenamento. Neste período, os frutos apresentaram coloração com valores do ângulo hue próximos de 80, a qual corresponde a uma coloração amarela. Verificou-se que a PME atua de modo efetivo no amadurecimento do mamão, mas a redução precoce em sua atividade indica que a β-Gal tem também um papel fundamental na rápida perda de firmeza pelo mamão cv. Golden.