Página 4 dos resultados de 34243 itens digitais encontrados em 0.010 segundos

‣ Uma oficina de formação de aprendizagem cooperativa : aspectos da leccionação da matemática

Serra, Ana Paula Lopes Bernardo Nunes
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2007 Português
Relevância na Pesquisa
36.574343%
Dissertação de Mestrado em Ensino das Ciências apresentada à Universidade Aberta; Resumo - Este estudo de caso analisou as opiniões que as professoras, que leccionavam Matemática e que frequentaram uma Oficina de Formação que decorreu no ano lectivo de 2004/2005 no Colégio de Santa Clara, apresentaram acerca da temática da Aprendizagem Cooperativa. O objectivo principal da investigação foi o de lançar alguma luz sobre a experiência e os processos de aprendizagem que um grupo de professoras que leccionava Matemática, inserido num grupo alargado de outras disciplinas, efectuou numa Oficina de Formação sobre a temática da Aprendizagem Cooperativa. Para aprofundar e contextualizar a problemática em análise, definimos quatro temas de investigação: (1) Em que medida consideraram, os citados professores, pertinente esta Oficina de Formação para planificar e desenvolver aulas utilizando a Aprendizagem Cooperativa; (2) Que dificuldades encontraram na implementação de dinâmicas de Aprendizagem Cooperativa; (3) Em que medida consideraram pertinente a Aprendizagem Cooperativa na promoção da aprendizagem da Matemática; (4) Em que medida esta Oficina de Formação contribuiu para a sua actualização profissional. Privilegiou-se...

‣ Comunidade de aprendizagem no Facebook: tecnologia como fomento da nova cultura de aprendizagem

Garcia, Rosangela Silveira
Fonte: Universidade Aberta; LE@D Publicador: Universidade Aberta; LE@D
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.574343%
Este artigo apresenta temática de pesquisa de doutorado, em fase de desenvolvimento, e tem como objetivo refletir sobre o processo de produção de conhecimento no mundo virtual como ato da nova cultura de aprendizagem, mais especificamente, no espaço de uma comunidade de aprendizagem na rede social Facebook, constituída por alunos de curso de pós-graduação. A discussão proposta parte do princípio que, no cenário do ciberespaço, despontam novos ambientes de interação e de relação entre os sujeitos sociais e que, novas formas produção de conhecimento estão sendo instituídas. Neste contexto, as redes sociais - ambientes criados para a promoção de relações sociais mediadas pela internet - surgem com grande potencial de favorecer a cultura do conhecimento, promover a troca de informações e a participação dos sujeitos em grupos de interesses comuns, configurando-se como novo espaço de aprendizagem. Ação que vai ao encontro da proposta da nova cultura de aprendizagem centrada na aprendizagem por meio do envolvimento no mundo - como uma cultura de ambiente - tendo como alicerce o envolvimento ativo e compartilhamento, a produção coletiva de conhecimento como processo orgânico, social, coletivo. Como objeto de análise para suas reflexões fez uso das interações entre os alunos de um curso de pós-graduação...

‣ Relações entre Aprendizagem Dentro e Fora de Equilíbrio Termodinâmico

Oliveira Filho, Evaldo Araújo de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/08/2000 Português
Relevância na Pesquisa
36.574343%
A aplicação da Mecânica Estatística no estudo de Redes Neurais é baseada no fato que a extração de informação de dados (exemplos) pode ser modelada por um processo de minimização de uma função energia. Técnicas originadas no estudo de sistemas desordenados, tais como o Método de Réplicas; o Método da Cavidade; Equações de TAP; bem como técnicas de Monte Carlo tem sido exaustivamente estudadas, levando a vários resultados dentro do que temos conhecido como aprendizagem off-line, onde o sistema é posto em equilíbrio termodinâmico. A possibilidade do tempo de relaxação ser muito grande implica alto custo computacional, o que tem estimulado a busca por algoritmos de aprendizagem fora do equilíbrio, onde surge uma interessante classe de métodos conhecidos por aprendizagem on-line, na qual cada informação (exemplo) é apresentada ao sistema apenas uma vez, trazendo um baixo custo computacional junto a um bom desempenho. Nessa dissertação nós trabalhamos em cima do trabalho de Opper, que relacionou a aprendizagem on-line ótima à aprendizagem off-line Bayesiana por meio de uma aproximação Gaussiana da distribuição posterior. Isso porém, pode ser visto como apenas o primeiro passo numa expansão generalizada de Gram-Charlier (G-Ch) da densidade posterior...

‣ Redes e comunidades virtuais de aprendizagem: elementos para uma distinção; Netwoks and virtual learning communities: elements for a distinction

Carvalho, Jaciara de Sá
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/05/2009 Português
Relevância na Pesquisa
36.574343%
Criado a partir do trabalho colaborativo de grupos de pessoas, o ciberespaço expressa vocação para abrigar incontáveis agrupamentos, diversos e distintos como a natureza humana. Parte desses agrupamentos tem recebido o nome de redes de aprendizagem online e comunidades virtuais de aprendizagem. Uma vez que a aprendizagem é intrínseca ao homem, em variados tempos, lugares e situações, todos os agrupamentos do ciberespaço podem proporcionar aprendizagens. Mas o fato de que há aspectos em comum na diversidade não retiraria a necessidade de estabelecer diferenças entre os agrupamentos porque não se deve confundir multiplicidade com indistinção. Nesse sentido, esta investigação buscou identificar elementos que podem distinguir as redes e comunidades virtuais de aprendizagem dos demais agrupamentos do ciberespaço. A partir da compreensão de que as palavras são signos ideológicos e que seu emprego formata a realidade (BAKHTIN, 1981), verificamos que também há distinção entre redes de aprendizagem online e comunidades virtuais de aprendizagem. A reflexão proporcionou ainda mapearmos indicadores de formação de comunidades virtuais em situação de aprendizagem. Para levantar os elementos mencionados, realizamos revisão bibliográfica e examinamos três agrupamentos do ciberespaço...

‣ Aprendizagem em ações educacionais a distância: fatores influentes no desempenho acadêmico de universitários; Learning in distance education: factors that influence students academic performance.

Martins, Lara Barros
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/08/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.574343%
Os atuais contextos educacionais a distância ou híbridos, assentados na internet, introduzem novas formas de estudar e aprender, suscitando questões que precisam ser discutidas acerca da qualidade e efetividade da Educação a Distância (EAD). A presente pesquisa objetivou propor e testar um modelo de avaliação de ações educacionais a distância, visando identificar variáveis preditoras de aprendizagem relacionadas às características da clientela (estratégias de aprendizagem e frequência nos recursos da web) e às reações aos procedimentos instrucionais e ao tutor. A universidade parceira oferece desde 2008 cursos superiores em EAD, sendo as disciplinas semipresenciais Metodologia Científica e Economia, ofertadas a todos os graduandos da instituição. Foram aplicados virtual e presencialmente os questionários de Estratégias de aprendizagem, Reação aos procedimentos instrucionais e Reação ao desempenho do tutor, os quais, anteriormente à coleta de dados, sofreram modificações para se adequarem às especificidades dos contextos de ensino superior (validação semântica e/ou por juízes). Para constatar as evidências de validade dos instrumentos, foram realizadas análises exploratórias fatoriais (Principal Components e Principal Axis Factoring) e de consistência interna (Alfa de Cronbach). Todas as escalas são estatisticamente válidas e confiáveis. A análise de regressão múltipla padrão foi realizada para cumprir o objetivo de testagem do modelo...

‣ Liberdade na escolha das respostas e variabilidade de resposta no processo adaptativo em aprendizagem motora; Freedom in response choice and response variability on adaptive process in motor learning

Walter, Cinthya
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.574343%
O objetivo desse estudo foi investigar os efeitos da liberdade na escolha das respostas, da variabilidade de resposta resultante dessa liberdade e da variabilidade externamente determinada no processo adaptativo em aprendizagem motora. Foram realizados oito experimentos, compostos por duas fases: estabilização, contendo 100 tentativas com conhecimento de resultados (CR), e adaptação, com 24 tentativas em uma mesma condição para todos os grupos, sem CR. Participaram do estudo 96 adultos de ambos os sexos, sem experiência prévia na tarefa utilizada. Como tarefa foi utilizada uma habilidade motora sequencial e de precisão temporal que consistiu em movimentar um cursor, usando o mouse, direcionando-o a seis alvos numa sequência, de forma que os "toques" nos alvos fossem realizados em coincidência com estímulos auditivos. A ordem dos toques na sequência foi livre nos grupos com liberdade na escolha das respostas e determinada nos grupos yokeds. Na fase de adaptação foi realizada uma modificação perceptivo-efetora na tarefa. O experimento 1 foi realizado para investigar o efeito da liberdade na escolha das respostas no processo adaptativo em aprendizagem motora. Os resultados evidenciaram que a liberdade na escolha da resposta...

‣ Uso de técnicas de realidade aumentada no processo de ensino–aprendizagem de eletromagnetismo

Macedo, Suzana da Hora
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.574343%
Este estudo tem como objetivo melhorar o processo de ensino-aprendizagem dos conceitos de Eletromagnetismo usando Realidade Aumentada (RA). Eletromagnetismo é a base científica para a compreensão do princípio de funcionamento das máquinas elétricas rotativas. No entanto, verificou-se através de um estudo preliminar que existem dificuldades no processo de ensino-aprendizagem de Eletromagnetismo e que estas dificuldades estão concentradas basicamente em dois fatores: tanto na visualização da representação correta do campo magnético quanto na base matemática para trabalhar com esses conceitos, os quais permitiriam a aquisição de novos conceitos na área de Eletromagnetismo. O estudo preliminar foi realizado através de questionários aplicados aos alunos e aos professores da disciplina Eletricidade, que aborda os referidos conceitos. O resultado do estudo revelou que 85% dos professores percebem as dificuldades dos alunos em aprender e, confirmada esta percepção pelos próprios alunos, dos quais apenas 39,5% demonstraram ter aprendido estes conceitos. Este trabalho foi baseado na teoria da Aprendizagem Significativa, que, de acordo com Ausubel, ocorre quando um conceito está relacionado de forma significativa e não arbitrária...

‣ Treinamento auditivo em escolares com distúrbio de aprendizagem

Pinheiro, Fábio Henrique; Capellini, Simone Aparecida
Fonte: Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda. Publicador: Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 49-54
Português
Relevância na Pesquisa
36.574343%
TEMA: programa de treinamento auditivo em escolares com distúrbio de aprendizagem. OBJETIVOS: verificar a eficácia de um programa de treinamento auditivo em escolares com distúrbio de aprendizagem e comparar os achados dos procedimentos de avaliação utilizados nas pré e pós-testagem em escolares com distúrbio de aprendizagem e sem dificuldades de aprendizagem, submetidos e não submetidos ao programa de treinamento auditivo. MÉTODO: participaram deste estudo 40 escolares, sendo que esses foram divididos em: GI, subdividido em: GIe (10 escolares com distúrbio de aprendizagem submetidos ao programa de treinamento auditivo), GIc (10 escolares com distúrbio de aprendizagem não submetidos ao programa de treinamento auditivo) e GII, subdividido em: GIIe (10 escolares sem dificuldades de aprendizagem submetidos ao programa de treinamento auditivo) e GIIc (10 escolares sem dificuldades de aprendizagem não submetidos ao programa de treinamento auditivo). Foi realizado o programa de Treinamento Auditivo Audio Training®. RESULTADOS: os resultados mostraram que o GI apresentou desempenho inferior ao de GII em atividades relacionadas com as habilidades auditivas e de consciência fonológica. O GIe e o GIIe apresentaram melhor desempenho em habilidades auditivas e de consciência fonológica depois da aplicação do programa de treinamento auditivo...

‣ Estudo da literacia visual contextualizada no conteúdo de metabolismo e análise da aprendizagem de bioquímica; Study of visual literacy contextualized in metabolism contents and analysis of the biochemistry learning process

Vanessa Jaqueline da Silva Vieira dos Santos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/08/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.574343%
A dificuldade de entendimento de muitos fenômenos bioquímicos está ligada, entre outros, à dificuldade de visualização dos mesmos, o que leva os interessados na área a lançarem mão de modelos visuais, principalmente no que se relaciona ao estudo do Metabolismo, representando um tema crítico de aprendizagem. O presente trabalho teve como proposta a aplicação de ferramentas de avaliação da aprendizagem para diagnosticar a Literacia Visual (LV) relacionada aos conteúdos de Vias Metabólicas e a aprendizagem de Bioquímica. A pesquisa foi realizada no Bacharelado em Bioquímica da Universidade Federal de São João Del-Rei, Divinópolis/MG. Na análise dos dados coletados visou-se estabelecer correlações entre o índice de acertos por questões e o nível/etapa de aprendizagem dos alunos no curso. Fez-se uma análise dos resultados frente à estrutura curricular, bem como procurou-se estabelecer parâmetros que justificassem possíveis padrões de erros nos itens dos Questionários aplicados. Os padrões de erros existentes foram importantes na identificação de problemas de aprendizagem, constituindo uma análise que deu suporte para uma intervenção pedagógica que teve como objetivo auxiliar a construção de um processo de Ensino e Aprendizagem simples que levasse a resultados positivos e efetivos. Os dados coletados indicaram um aumento de aprendizagem de LV e aprendizagem Bioquímica no decorrer do curso. A análise das questões forneceu informações relevantes quanto à postura dos alunos frente ao domínio de conteúdo visual indicando importantes correlações com a aprendizagem de cunho conceitual. Os dados indicaram uma necessidade de ajustes no processo didático-pedagógico...

‣ O ensino e a aprendizagem da administração da produção

Brun, Sergio Adelar
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 322 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
36.574343%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico, Programa de Pós-Graduação em Administração, Florianópolis, 2013; As atuais e tradicionais técnicas de ensino da Administração da Produção apresentam sinais de esgotamento e a disciplina não é percebida como interessante. Há tentativas de melhorar, mas há uma lacuna na literatura, especialmente de estudos que considerem a aprendizagem, uma vez que não retratam as diferenças entre ensino e aprendizagem. No entanto, a aprendizagem apresenta características que indicam possíveis soluções para o problema, sendo importante conhecê-la. É necessário um trabalho de sala de aula que proporcione maior aprendizagem e o problema é descobrir e gerar propostas que desencadeiem uma relação efetiva de ensino e de aprendizagem na Administração da Produção. Este estudo visa a uma proposta que considere não somente o ensino, mas o aprender. O objetivo geral é desvelar os alicerces da aprendizagem para obter maior efetividade no ensino. Os objetivos específicos são identificar e analisar os conceitos essenciais, visando a determinar, a partir da teoria, como é possível uma maior apropriação de conhecimentos e, assim, desenvolver um modelo teórico conceitual. A metodologia utilizada foi a pesquisa experimental...

‣ O ambiente virtual como um espaço para a autonomia na aprendizagem de línguas

Barros, Júlia Maria Antunes
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.574343%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução, 2011.; Este estudo visa investigar a aplicabilidade da utilização de um ambiente virtual de aprendizagem (AVA) como um espaço para a promoção do desenvolvimento da autonomia na aprendizagem de uma língua estrangeira (LE) — inglês. Para isso busquei: a) identificar evidências de comportamento autônomo por parte dos aprendentes da LE ao utilizarem o ambiente virtual Moodle; b) verificar quais os elementos que, durante esta utilização, se mostram adequados para o desenvolvimento da autonomia na aprendizagem de LE; c) diagnosticar as possíveis relações entre a autonomia ou a falta de autonomia de um aprendente e seu contexto, sua agência, suas motivações e suas estratégias de aprendizagem. A fundamentação teórica é baseada em estudos sobre o uso das tecnologias de informação e comunicação na aprendizagem e os estudos sobre a autonomia na aprendizagem de LE com a utilização de um modelo de perspectivas de autonomia. O método empregado foi o de um estudo de caso no qual tentamos responder como se dá o uso de AVA e quais os efeitos desta utilização na autonomia dos aprendentes; e...

‣ Dificuldade de aprendizagem e subjetividade : para além das representações hegemônicas do aprender

Bezerra, Marília dos Santos
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.574343%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2014.; A ênfase dada aos aspectos cognitivo-intelectuais como elementos fundamentais do processo de aprendizagem escolar corroborou para uma compreensão organicista como causa determinante das dificuldades de aprendizagem. Dessa forma, aprendizagem passou a ser entendida como o resultado das capacidades intelectuais dos alunos e de suas habilidades para o processamento e armazenamento de informações. Tal visão contribuiu de forma significativa para a disseminação e banalização do diagnóstico de dificuldades de aprendizagem no contexto escolar. A predominância de se conceber as dificuldades de aprendizagem a partir de um viés meramente biológico-cognitivista, acabou por reduzir o entendimento deste fenômeno, desconsiderando aspectos importantes que fazem parte da constituição do processo de ensino e aprendizagem. Diante desse contexto, novos olhares fazem-se necessários, no sentido de ampliar a compreensão das dificuldades de aprendizagem a partir de sua complexidade. O tema desta pesquisa gira em torno da compreensão da aprendizagem como um processo subjetivo em que os elementos do cognitivo e do afetivo se manifestam de forma integrada. Com base no referencial teórico da teoria da Subjetividade em uma perspectiva cultural-histórica...

‣ Autorregulação e dificuldades de aprendizagem

Coelho, Vanda do Carmo Padrão
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
36.574343%
A autorregulação da aprendizagem tem ao longo do tempo adquirido importância no combate ao insucesso escolar e no aumento de fatores de autoeficácia por parte dos alunos. A investigação tem proporcionado bases que nos permitem verificar a eficácia da autorregulação no meio escolar. Este estudo procura verificar se alunos de quarto ano com e sem dificuldades de aprendizagem apresentam estratégias de autorregulação da aprendizagem e se os fatores de género possuem alguma influência nas estratégias utilizadas. Para isso foram analisadas entrevistas a crianças com e sem dificuldades de aprendizagem que frequentam o quarto ano, com o fim de compreender melhor as estratégias de autorregulação utilizadas por ambos os grupos de alunos. Também os afetos e as conceções sobre o estudar e o aprender são contemplados e a sua influência analisada. Faremos ainda uma breve revisão da literatura e do quadro teórico atual no que se refere à autorregulação, às dificuldades de aprendizagem e à influência dos afetos, neste processo. Os resultados da pesquisa evidenciam que alunos com e sem dificuldades de aprendizagem apresentam estratégias de autorregulação apesar de em diferentes níveis, destacando-se os alunos sem dificuldades de aprendizagem onde se verifica uma maior incidência de processos autorregulatórios. No que se refere às conceções dos alunos sobre o processo de aprender estas ainda se encontram muito ligadas a conceções simplistas. Verificou-se ainda a influencia na aprendizagem de fatores de ordem emocional...

‣ A aprendizagem cooperativa em alunos com dificuldades de aprendizagem

Bastos, Paula Maria Sousa
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.574343%
Projeto de Intervenção apresentado à Escola Superior de Educação de Lisboa para obtenção de grau de mestre em Educação Especial; Este projeto foi desenvolvido numa turma de 2º ano do ensino básico, em que se identificou como problema as dificuldades de aprendizagem na leitura e na escrita num número elevado de alunos da turma (cerca de um terço), a que se associavam já alguns comportamentos de desmotivação e desinvestimento nas tarefas. Ora, a aprendizagem da leitura e da escrita, iniciada nos primeiros anos de escolaridade, é a base de todas as outras aprendizagens ao longo do percurso escolar, sendo por isso essencial para o sucesso educativo dos alunos. No entanto, nem todos os alunos têm a mesma facilidade em adquirir essas aprendizagens, razão pela qual os docentes tentam diversificar estratégias para promover o sucesso educativo. Neste sentido, a aprendizagem cooperativa surge como uma estratégia complementar no processo de ensino-aprendizagem, e tem como base as relações interpessoais e as competências sociais, que são consideradas essenciais e promotoras da aprendizagem. E, uma vez que a aprendizagem cooperativa é considerada por alguns autores como estratégia adequada para desenvolver competências...

‣ Perfis de aprendizagem de Estudantes do Ensino Superior: abordagens ao estudo, conceções de aprendizagem e preferências por diferentes tipos de ensino

Valadas, Sandra Teodósio; Gonçalves, Fernando Ribeiro; Faísca, Luís
Fonte: ISPA Publicador: ISPA
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.574343%
Tendo por base o trabalho de Entwistle e colaboradores sobre a forma como os estudantes do ensino superior percepcionam e vivem as experiências de aprendizagem, foram objectivos centrais do presente trabalho, por um lado, conhecer e analisar os significados atribuídos por estudantes à aprendizagem, ao estudo e às preferências por tipos de ensino e, neste sentido, perceber de que forma os estudantes conceptualizam o que lhes é exigido em termos de aprendizagem na universidade; e por outro, compreender se serão divergentes as abordagens ao estudo e as concepções de aprendizagem de estudantes de diferentes áreas científicas e anos. Foram consideradas as percepções dos estudantes em relação ao ambiente de ensino-aprendizagem, entendidas como indicadores que influenciam o que os estudantes pensam sobre o ensino, o estudo e a aprendizagem (preferências por tipos de aulas e de ensino). Considerando a proximidade dos constructos, quisemos ainda relacionar as abordagens à aprendizagem com as concepções de aprendizagem (reprodutivas e significativas) e com a preferência por formas de ensino e de instrução diversificadas. Foi também nossa intenção definir perfis em função das formas como os estudantes abordam o estudo e a aprendizagem. O estudo realizado assume uma natureza descritiva...

‣ Perfis de aprendizagem de estudantes do ensino superior: Abordagens ao estudo, concepções de aprendizagem e preferências por diferentes tipos de ensino

Valadas, Sandra Cristina Andrade Teodósio dos Santos; Centro de Investigação sobre o Espaço e as Organizações – CIEO, Universidade do Algarve; Gonçalves, Fernando Ribeiro; Centro de Investigação sobre o Espaço e as Organizações – CIEO, Uni
Fonte: ISPA - Instituto Universitário Publicador: ISPA - Instituto Universitário
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 23/11/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.574343%
Tendo por base o trabalho de Entwistle e colaboradores sobre a forma como os estudantes do ensino superior percepcionam e vivem as experiências de aprendizagem, foram objectivos centrais do presente trabalho, por um lado, conhecer e analisar os significados atribuídos por estudantes à aprendizagem, ao estudo e às preferências por tipos de ensino e, neste sentido, perceber de que forma os estudantes conceptualizam o que lhes é exigido em termos de aprendizagem na universidade; e por outro, compreender se serão divergentes as abordagens ao estudo e as concepções de aprendizagem de estudantes de diferentes áreas científicas e anos. Foram consideradas as percepções dos estudantes em relação ao ambiente de ensino-aprendizagem, entendidas como indicadores que influenciam o que os estudantes pensam sobre o ensino, o estudo e a aprendizagem (preferências por tipos de aulas e de ensino). Considerando a proximidade dos constructos, quisemos ainda relacionar as abordagens à aprendizagem com as concepções de aprendizagem (reprodutivas e significativas) e com a preferência por formas de ensino e de instrução diversificadas. Foi também nossa intenção definir perfis em função das formas como os estudantes abordam o estudo e a aprendizagem.O estudo realizado assume uma natureza descritiva...

‣ Treinamento auditivo em escolares com distúrbio de aprendizagem

Pinheiro,Fábio Henrique; Capellini,Simone Aparecida
Fonte: Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda. Publicador: Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.574343%
TEMA: programa de treinamento auditivo em escolares com distúrbio de aprendizagem. OBJETIVOS: verificar a eficácia de um programa de treinamento auditivo em escolares com distúrbio de aprendizagem e comparar os achados dos procedimentos de avaliação utilizados nas pré e pós-testagem em escolares com distúrbio de aprendizagem e sem dificuldades de aprendizagem, submetidos e não submetidos ao programa de treinamento auditivo. MÉTODO: participaram deste estudo 40 escolares, sendo que esses foram divididos em: GI, subdividido em: GIe (10 escolares com distúrbio de aprendizagem submetidos ao programa de treinamento auditivo), GIc (10 escolares com distúrbio de aprendizagem não submetidos ao programa de treinamento auditivo) e GII, subdividido em: GIIe (10 escolares sem dificuldades de aprendizagem submetidos ao programa de treinamento auditivo) e GIIc (10 escolares sem dificuldades de aprendizagem não submetidos ao programa de treinamento auditivo). Foi realizado o programa de Treinamento Auditivo Audio Training®. RESULTADOS: os resultados mostraram que o GI apresentou desempenho inferior ao de GII em atividades relacionadas com as habilidades auditivas e de consciência fonológica. O GIe e o GIIe apresentaram melhor desempenho em habilidades auditivas e de consciência fonológica depois da aplicação do programa de treinamento auditivo...

‣ ALGUMAS CONSIDERAÇÕES ACERCA DA APRENDIZAGEM EM AMBIENTES DE TRABALHO SOB UMA PERSPECTIVA MULTINÍVEL: Um

Wander Pereira Souza; Fundação Universidade Federal de Rondônia; Salvadora Giménez; Universidad Nacional de Asunción - UNA
Fonte: Revista de Administração e Negócios da Amazônia Publicador: Revista de Administração e Negócios da Amazônia
Tipo: Artigo Avaliado por Pares; Ensaio Teórico Formato: application/pdf
Publicado em 19/09/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.583904%
O presente ensaio tem como objetivo refletir sobre a aprendizagem que ocorre em ambientes de trabalho, traçando algumas considerações sob uma perspectiva multinível. Partindo do pressuposto que a aprendizagem é um processo técnico e social, porém sem entrar no campo de discussão dessas dimensões, são apresentadas algumas considerações conceituais sobre o debate da aprendizagem em ambientes de trabalho, abrangendo o nível individual, grupal, organizacional e interorganizacional. Argumenta-se que a aprendizagem acontece de forma dinâmica entre os seus vários níveis em um continuum que gera novos conhecimentos, acrescentando esses conhecimentos aos conhecimentos anteriores ou modificando-os, e não obstante, em todos os níveis, a aprendizagem só poderá sobrevir por intermédio da reflexão sobre os conhecimentos anteriormente acumulados. Contudo, admite-se que a aprendizagem do nível individual é a base para os demais níveis, mas não apenas como o somatório das aprendizagens individuais. Constatou-se que existe uma relação direta entre os estudos de aprendizagem intra-organizacional com a aprendizagem interorganizacional...

‣ Concepções de aprendizagem com o computador em estudantes universitários

Rebelo,Isabel; Duarte,António
Fonte: Associação Portuguesa de Psicologia (APP); Edições Colibri Publicador: Associação Portuguesa de Psicologia (APP); Edições Colibri
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.583904%
Tendo como objectivo conhecer as representações dos estudantes sobre a aprendizagem mediada pelo computador, este estudo pretendeu testar a eventual replicação, no que toca à ideia do computador como meio de aprendizagem, das variantes da concepção de aprendizagem propostos pela perspectiva “fenomenográfica”, assim como revelar concepções possivelmente novas. Este estudo baseou­‑se em entrevistas semi­‑estruturadas centradas em quatro dimensões de análise das concepções de aprendizagem com o computador: dimensão referencial (o que é a aprendizagem com o computador); processual (como se aprende com o computador); contextual (onde se aprende com o computador) e dimensão funcional (para que se aprende com o computador). Os resultados derivaram de uma análise de conteúdo das respostas e revelaram alguma correspondência entre as concepções de aprendizagem com o computador e as concepções de aprendizagem em geral, conhecidas da investigação fenomenográfica (i.e. a aprendizagem enquanto acumulação de informação, enquanto compreensão ou enquanto obtenção de classificações). Estas concepções comportam variantes que o estudo permitiu diferenciar e que replicam ou inovam o leque de concepções de aprendizagem conhecido. Para além disso emergiu uma concepção nova...

‣ Avaliação da aprendizagem e motivação para aprender: tramas e entrelaços na formação de professoresThe evaluation of learning and motivation to learn: intrigues and interlaces in pre-service teachers formation

Souza, Nadia Aparecida de; Boruchovitch, Evely
Fonte: ETD - Educação Temática Digital Publicador: ETD - Educação Temática Digital
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado pelos pares; bibliográfica Formato: application/pdf
Publicado em 06/11/2009 Português
Relevância na Pesquisa
36.583904%
A avaliação pode processar-se sob a égide de duas distintas lógicas: a da classificação ou a da formação. A prevalência da primeira parece condenar os estudantes a desempenhos sofridos e sofríveis, conforme se constata nos resultados revelados por provas nacionais e internacionais. Afinal, apesar do discurso a propalar um exercício formativo, o que se nota, ainda, em termos de avaliação é a preocupação em separar o joio do trigo. A inquietação quanto às decorrências da avaliação classificatória, principalmente no que tange á motivação para a aprendizagem, orientou a delimitação do objetivo do presente estudo: mapear e analisar as implicações das concepções de avaliação vivenciadas ao longo de um curso de Licenciatura em Pedagogia relativamente à motivação da aprendizagem. A pesquisa quanti-qualitativa valeu-se de metodologia também hibrida, o estudo de caso. Os procedimentos de coleta utilizados foram: questionário e entrevista. Os dados foram analisados à luz da análise de conteúdo clássica. Os resultados parecem apontar relação entre avaliação classificatória, motivação extrínseca e abordagem superficial à aprendizagem, bem como entre avaliação formativa, motivação intrínseca e abordagem profunda à aprendizagem. Palavras-chave Avaliação da aprendizagem; Motivação para a aprendizagem; Estratégias de aprendizagem; Formação de professores Abstract The evaluation of learning can be either classificatory or formative. The prevalence of the first one over the second usually condemns students to poor achievement performance as it can be observed in national and international examinations. Though the educational discourse seems to acknowledge the important role of learning evaluation as a process...