Página 6 dos resultados de 67836 itens digitais encontrados em 0.030 segundos

‣ Brain dysfunction and cell death in type 2 diabetes : A neuroprotective role for the peripheral treatment with Exendin-4

Sebastião, Inês Carolina de Sousa Madeira e Antunes
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
36.415623%
A Diabetes tipo 2 e a doença de Alzheimer são, nos dias de hoje, dois graves problemas de saúde pública. A diabetes tipo 2 afecta milhões de pessoas em todo o mundo e os seus números continuam a aumentar. Esta epidemia tem grandes repercussões no quotidiano dos pacientes, maioritariamente devido às suas complicações crónicas que podem afectar não apenas vários órgãos periféricos, mas também o cérebro, constituindo inclusivamente um factor de risco para o desenvolvimento da doença de Alzheimer. Esta é a forma de demência mais comum, na qual a resistência à insulina (uma das características da diabetes tipo 2) tem sido amplamente descrita, pelo que tem sido colocada a hipótese de que a doença de Alzheimer e a Diabetes tipo 2 serão mais do que meras patologias não interrelacionadas. De facto, um número crescente de evidências científicas sugere a existência de inúmeros elos moleculares de ligação entre as duas patologias (ex.: dismetabolismo da glucose, insulina e disfunção mitocondrial, stresse oxidativo), que poderão culminar em morte celular e consequente disfunção cerebral. Assim, a doença de Alzheimer tem sido cada vez mais referida como uma “diabetes tipo 3” ou uma “diabetes tipo 2 específica do cérebro”. Nesta perspectiva...

‣ Knowledge and attitude: important components in diabetes education; Conocimiento y actitudes: componentes para la educación en diabetes; Conhecimento e atitudes: componentes para a educação em diabetes

RODRIGUES, Flávia Fernanda Luchetti; ZANETTI, Maria Lúcia; SANTOS, Manoel Antônio dos; MARTINS, Tatiane Aparecida; SOUSA, Valmi D.; TEIXEIRA, Carla Regina de Sousa
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
36.41911%
This descriptive cross-sectional study was conducted from March to November 2007 at a research and community services center of a Brazilian university. It aimed to explore the knowledge and attitude of people with diabetes mellitus who were attending a diabetes self-care education program. The sample was composed of 82 adults with diabetes mellitus. Data were collected through the Portuguese versions of the Diabetes Knowledge Questionnaire (DKN-A) and the Diabetes Attitude Questionnaire (ATT-19). Results revealed that 78.05% of the participants obtained scores higher than eight on knowledge about diabetes, which indicates they have knowledge and understand the disease. Scores on attitude ranged from 25 to 71 suggesting difficulty in coping with the disease. We conclude that although participants obtained a good score on knowledge, their attitude did not change so as to more adequately cope with the disease.; Estudio transversal, realizado en un centro de investigación y extensión universitaria brasileño, en el período de marzo a noviembre de 2007. El objetivo fue verificar conocimientos y actitudes de personas con diabetes mellitus que participaban de un programa de educación en el auto cuidado en diabetes. Como método se usó una muestra constituida por 82 adultos con diabetes mellitus. Para recolección de los datos fueron utilizadas versiones portuguesas de los cuestionarios Diabetes Knowledge Questionnaire (DKN-A) y Diabetes Attitude Questionnaire (ATT-19). Los resultados mostraron que 78...

‣ Effect of alloxan-induced diabetes mellitus and ethanol on pregnancy outcome in mice; Efeito do diabetes mellitus induzido por aloxana e etanol na gestação de camundongos

PERES, Luiz Cesar; RIBEIRO, Camila Nunes de Morais; GUTIERREZ, Cristiane Minot; FOSS, Milton Cesar
Fonte: Sociedade Brasileira de Patologia ClínicaSociedade Brasileira de PatologiaSociedade Brasileira de Citopatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Patologia ClínicaSociedade Brasileira de PatologiaSociedade Brasileira de Citopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
36.415623%
INTRODUCTION AND OBJECTIVES: To investigate the effects of ethanol, diabetes mellitus and the combination of both on mouse fetuses. METHODS: We used 24 female Swiss mice, dividing them into four groups of 6 each: control (C), ethanol (E), diabetes (D) (blood glucose > 200 mg/dL) and diabetes + ethanol (DE). Diabetes was induced by alloxan (40 mg/kg) on day 7 of pregnancy. Groups E and DE received 4 g/kg of 25% v/v ethanol intraperitoneally, whereas groups C and D received saline. On day 18, all fetuses were harvested. RESULTS: In group DE the following anomalies were found: exencephaly, situs inversus totalis, situs inversus partialis, eyelid skin tag and one animal from group E had pulmonary artery hypoplasia. Ethanol administration partially reverted diabetes-fetal resorption caused by diabetes, yet it induced late fetal death. Both diabetes and ethanol reduced placental diameter and increased its weight. Ethanol had more effect on fetal length in males than in females, however, such bias was not found for diabetes. Ethanol prevented diabetes-induced tail shortening in both genders. CONCLUSIONS: These results show that, although ethanol might improve energy metabolism in early gestation, it causes cell damage that leads to cardiovascular...

‣ Análise Integrativa de Perfis Transcricionais de Pacientes com Diabetes Mellitus Tipo 1, Tipo 2 e Gestacional, Comparando-os com Manifestações Demográficas, Clínicas, Laboratoriais, Fisiopatológicas e Terapêuticas; Integrative Analysis of Transcriptional Profiles in Type 1, Type 2 and Gestational Diabetes Mellitus, Compared with Demographic, Clinical, Laboratory, Physiopathology and Therapeutic Manifestations.

Evangelista, Adriane Feijó
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/03/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.411807%
O diabetes mellitus tipo 1 (DM1) tem etiologia autoimune, enquanto o diabetes mellitus tipo 2 (DM2) e o diabetes mellitus gestacional (DMG) são considerados como distúrbios metabólicos. Neste trabalho, foi realizada análise do transcriptoma das células mononucleares do sangue periférico (do inglês, peripheral mononuclear blood cells - PBMCs), obtidas de pacientes com DM1, DM2 e DMG, realizando análises por module maps a fim de comparar características patogênicas e aspectos gerais do tratamento com anotações disponíveis de genes modulados, tais como: a) análises disponíveis a partir de estudos de associação em larga escala (do inglês genome-wide association studies GWAS); b) genes associados ao diabetes em estudos clássicos de ligação disponíveis em bancos de dados públicos; c) perfis de expressão de células imunológicas fornecidos pelo grupo ImmGen (Immunological Project). Foram feitos microarrays do transcriptoma total da plataforma Agilent (Whole genome onecolor Agilent 4x44k) para 56 pacientes (19 DM1, 20 DM2 e 17 DMG). Para a compreensão dos resultados foram aplicados filtros não-informativos e as listas de genes diferencialmente expressos foram obtidas por análise de partição e análise estatística não-paramétrica (rank products)...

‣ Prevalência de diabetes mellitus em mães de crianças com fissuras labiopalatinas; Prevalence of diabetes mellitus in mothers of children with cleft lip and palate

Kostrisch, Lilia Maria von
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/05/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.41911%
Introdução: Não foram encontrados na literatura dados sobre a prevalência de diabetes mellitus em mães de crianças com fissura labiopalatina. Dada a relevância do tema esse foi o principal objetivo da presente investigação. Método: Após aprovação do comitê de ética e pesquisa e obtenção do consentimento livre e esclarecido, foram entrevistadas 325 mulheres, mães biológicas de crianças com fissuras labiopalatinas com idades de 0 a 3 anos matriculadas no Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais da Universidade de São Paulo, HRAC-USP. Foi aplicado questionário com 24 questões onde obteve-se a identificação das mães, o tipo de diabetes, os principais sinais clínicos, as comorbidades associadas, hipertensão, obesidade, medicamentos e drogas lícitas e ilícitas usadas durante a gravidez. Também foram aferidos a pressão arterial e o perímetro abdominal das mães e anotados os valores da glicemia de jejum na primeira consulta pré-natal. Resultados: Os resultados obtidos mostraram que 88 mulheres apresentavam diabetes mellitus, sendo 78 com diabetes mellitus gestacional, 05 com diabetes mellitus tipo 1 e 05 com diabetes mellitus tipo 2. A prevalência de diabetes mellitus em mães de crianças com fissuras labiopalatinas foi de 27...

‣ Reparação pós-exodôntica em pacientes com diabetes tipo 2; Post-extraction wound healing in patients with type 2 diabetes

Fernandes, Karin Sá
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.415623%
A hiperglicemia, bem como o diabetes, é reconhecida como fator de risco para infecções pós-cirúrgicas, assim manter o controle glicêmico perioperatório tem sido padrão de cuidado em saúde. Entretanto há poucos estudos sobre o impacto do controle glicêmico no processo de reparação de cirurgias de extração dentária. Apesar da escassez de estudos e de evidências clínicas e científicas que investiguem o risco de infecções pós-exodônticas em pessoas com diabetes, existem livros, artigos e guias que recomendam aos dentistas o uso de antibióticos profiláticos nesses indivíduos, especialmente para aqueles descompensados. O objetivo deste estudo foi avaliar clinicamente a cicatrização pós-exodôntica, em relação à cronologia dos eventos reparacionais e em relação à ocorrência de complicações pós-operatórias, em indivíduos com diabetes tipo 2 comparados a um grupo controle. Além disso, procuramos relacionar os eventos pós-cirúrgicos com o controle metabólico e com o perfil imunológico dos pacientes. Este estudo prospectivo longitudinal caso controle incluiu 53 indivíduos com diabetes tipo 2 (grupo de estudo=GE) e 29 indivíduos sem diabetes (grupo controle=GC). Foi aplicado questionário sobre a história médica...

‣ O envelhecimento do pâncreas endócrino : fisiopatologia de diabetes mellitus tipo 2 e a caracterização da incretinopatia com início na senectude; The aging of endocrine pancreas : physiopathology of diabetes mellitus type 2 and characterization of incretinpathy starting on senescence

Maria Saúde Oliveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/07/2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.411807%
Objetivo: Estimar o impacto do envelhecimento e do diabetes na sensibilidade à insulina, função da célula beta, adipocitocinas e produção de incretina Métodos: Foram realizados clamps hiperglicêmicos, testes de arginina e testes de refeição padrão em 50 pacientes não obesos para medir a sensibilidade à insulina e secreção de insulina, assim como os níveis plasmáticos do glucagon, GLP-1 e GIP. Os pacientes com diabetes e do grupo controle saudáveis foram divididos nos seguintes grupos: meia idade com diabetes tipo 2 (MI-DM2), idosos com diabetes tipo 2 (I-DM2), meia idade ou idosos com tolerância normal à glicose (MI-TNG, I-TNG). Resultados: A sensibilidade à insulina (SI), determinada pelo modelo de avaliação da homeostase, taxa de infusão de glicose e pela sensibilidade à insulina a glicose oral, foi reduzida no grupo de idosos e nos grupos com DM2, comparados com o grupo de meia idade com tolerância normal à glicose, mas foi similar no grupo MI-DM2 e grupo I-DM2. O índice insulinogênico, a primeira e segunda fase de secreção de insulina e o índice de disposição, com exceção da resposta da insulina à arginina, foram reduzidos com o envelhecimento e nos grupos com DM2. A produção pós-prandial média de glucagon no tempo total de 0 - 180 minutos foram maiores no grupo de DM2 comparado ao grupo de TNG...

‣ Grupo de convivência de pessoas com diabetes mellitus e familiares

Sandoval, Rita de Cássia Bruno
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 154 f.| il., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
36.411807%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.; Este estudo teve por objetivo contribuir para a conscientização da importância das complicações crônicas do Diabetes Mellitus (DM) por meio de atividades educativas em saúde em grupo de convivência com pessoas com Diabetes Mellitus Tipo 1 e familiares. Foi realizado no Hospital Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina (HU/UFSC). Trata-se do relato de uma prática assistencial realizada em grupo de convivência do qual participaram oito pessoas com diabetes e quatro familiares. Caracteriza-se por ser um estudo de natureza qualitativa. O quadro teórico conta com uma revisão de literatura acerca do DM e das complicações crônicas que podem advir desta doença, e do referencial teórico de análise que norteou o trabalho, sendo composto de conceitos e pressupostos da Teoria do Alcance dos Objetivos de Imogene King. A dinâmica de condução da prática educativa contou com duas etapas, ou seja, a realização prévia de exames de detecção precoce das complicações físicas do diabetes que incluíram: avaliação do pé de risco de ulceração, exame de fundo de olho e avaliação da neuropatia autonômica cardiovascular diabética e a segunda etapa...

‣ Percepções das pessoas com diabetes mellitus acerca da doença e das complicações crônicas

Campos, Thais Silva Pereira
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 144 p.| il.
Português
Relevância na Pesquisa
36.41911%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2014.; O diabetes mellitus traz mudanças importantes na vida das pessoas, pois requer cuidados, tratamentos e modificações permanentes no estilo de vida. No entanto, as pessoas com diabetes mellitus têm dificuldade para realizar o autocuidado aderindo ao tratamento. Essa situação favorece a evolução da doença podendo levar ao desenvolvimento de sérias complicações agudas e/ou crônicas, como a nefropatia diabética. Com a intenção de contribuir para a maior compreensão sobre como as pessoas percebem sua condição, foi realizado o estudo que objetivou conhecer a percepção de pessoas com diabetes mellitus tipo 2, atendidas na atenção básica em centros de saúde de Florianópolis/SC, acerca da doença e das complicações crônicas decorrentes da mesma. Para elucidar o objetivo desta pesquisa, realizou-se um estudo descritivo, exploratório, com abordagem qualitativa dos dados. A coleta de dados foi realizada nos meses de junho a setembro de 2014. Para tanto, entrevistas com roteiro semiestruturado foram aplicadas nos domicílios e em quatro centros de saúde de Florianópolis/SC. Participaram do estudo vinte pessoas com diabetes mellitus tipo 2 acompanhadas em centros de saúde do município. Para a organização e codificação dos dados utilizou-se o software Ethnograph 6.0. Além disso...

‣ A educação na pessoa com diabetes tipo 2 para a adesão às atividades de autocuidado

Salvado, Susana Sequeira
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 02/02/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.42231%
A diabetes mellitus (DM) constitui um grave problema de saúde pública a nível mundial, não só pelo aumento da sua incidência, como também pela sua elevada morbilidade e mortalidade. No entanto, uma grande percentagem da mortalidade associada à diabetes pode ser prevenida através da normalização dos níveis de glicemia. A educação na diabetes é o pilar fundamental no tratamento desta patologia, pois os doentes diabéticos, com a ajuda dos profissionais de saúde, devem executar um complexo plano de ações de forma a desenvolver habilidades de autocuidado. O objetivo principal deste trabalho foi explicar a importância da educação na pessoa com diabetes tipo 2 para a sua adesão às atividades de autocuidado. Para tal foi realizado um estudo transversal de natureza exploratório-descritivo, com uma metodologia de caráter quantitativo. Para a recolha de dados foram utilizados dois questionários: um questionário para caraterização sociodemográfica, formação na diabetes e antecedentes pessoais; e outro questionário para a avaliação das atividades de autocuidado com a diabetes, tendo sido traduzido e adaptado para português por Bastos Severo & Lopes (2007). A amostra foi constituída por 100 indivíduos com diabetes tipo 2...

‣ Conhecimentos dos profissionais da comunidade educativa sobre a diabetes mellitus tipo 1 na criança

Bernardo, Bruno José Varandas Ramos
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /03/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.415623%
Enquadramento: A falta de capacitação que existe em muitas comunidades escolares para lidar com a criança com diabetes mellitus, enquanto esta se encontra sob a sua responsabilidade no ambiente escolar, gera dificuldades e insegurança. São necessários instrumentos válidos que permitam obter informação sobre os conhecimentos dos educadores sobre a criança com diabetes mellitus tipo 1 na escola, no sentido de planear intervenções educativas mais dirigidas. Objetivos: Avaliar os conhecimentos da comunidade educativa sobre a diabetes mellitus tipo 1 na criança e validar um questionário de avaliação de conhecimentos da comunidade educativa sobre a diabetes mellitus tipo 1. Métodos: O estudo delineado insere-se no tipo de investigação não experimental e descritiva, desenvolvido numa amostra não probabilística por conveniência, constituída por 382 indivíduos, com uma média de idades de 43,05 anos (± 8,675), pertencentes a uma comunidade educativa de Escolas Básicas e Secundárias da região centro do país. Foi aplicada a Escala de Conhecimentos Sobre Diabetes Mellitus Tipo 1 na Criança (Francisco, Silva, Bernardo & Martins, 2007), a qual foi ainda sujeita a um estudo psicométrico, que englobou dois a consistência interna e a análise fatorial. Resultados: dos participantes...

‣ Sentido de coerência em pessoas com diabetes de tipo 2 : autocuidado e controlo metabólico 

Araújo, Cláudia Patrícia Sobreira
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública. Universidade Nova de Lisboa Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública. Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.411807%
RESUMO - A diabetes mellitus é considerada um flagelo à escala mundial, não apenas por atingir milhões de pessoas, mas também porque se tem verificado um aumento da sua prevalência e, consequente-mente, das suas complicações crónicas, que se traduzem no aumento dos gastos em saúde e, sobretudo, em sofrimento das pessoas com diabetes, seus familiares e comunidade. A prevenção das complicações crónicas da diabetes reside, sobretudo, na adopção de comporta-mentos saudáveis que, no dia-a-dia, se traduzem em competência no autocuidado. Assim, será importante conhecer em que medida o sentido de coerência – característica pessoal entendida como influenciadora das estratégias utilizadas face aos acontecimentos originadores de stress, com repercussões na saúde mental, bem como na saúde física – pode determinar a escolha de comportamentos de saúde e, por tal, possa considerar-se como um aspecto sobre o qual os pro-fissionais de saúde poderão investir em prole do seu fortalecimento e, consequentemente, garantir a facilitação do processo de adopção de comportamentos saudáveis. De acordo com o estudo transversal exploratório retrospectivo proposto ambiciona-se conhecer a relação entre o nível de sentido de coerência e o nível de autocuidado e de controlo metabólico...

‣ Preval??ncia e fatores associados ao anticorpo contra o v??rus da hepatite ???C??? em pacientes com diabetes mellitus tipo 2 atendidos no Hospital Universit??rio Dr. Miguel Riet Corr??a Jr. ??? Rio Grande, RS

Sparvoli, Juc??li M??rcia Hendges
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
36.411807%
Disserta????o(mestrado) - Universidade Federal do Rio Grande, Programa de P??s-Gradua????o em Enfermagem, Escola de Enfermagem, 2004.; A hepatite C e o diabetes mellitus tipo 2 apresentam substancial morbidade, complica????es devastadoras e mortalidade significativa. A preval??ncia do diabetes mellitus tipo 2 est?? aumentando exponencialmente, adquirindo caracter??sticas epid??micas. A preval??ncia global da hepatite C cr??nica ?? estimada em 3%. No Brasil, a preval??ncia da infec????o varia de 0,9 a 2,8%. O v??rus da hepatite C pode ser transmitido parenteralmente e, raramente, por rela????o sexual. O anti-VHC ?? o marcador utilizado para seu rastreamento. Esta infec????o causa primariamente doen??a hep??tica. A epidemia da hepatite C ampliou sua dimens??o quando foram constatadas diversas manifesta????es extra-hep??ticas. Recentemente, a possibilidade da associa????o da hepatite C com o diabetes mellitus tipo 2 tem despertado muito interesse. Contudo, a exist??ncia desta associa????o ainda desperta pol??mica. Disso surgiu a necessidade de estudos experimentais, epidemiol??gicos e cl??nicos. Realizamos um estudo prospectivo observacional em 454 pacientes com diabetes mellitus tipo 2, atendidos no Centro Integrado de Diabetes do Hospital Universit??rio Dr. Miguel Riet Corr??a Jr....

‣ Utilização de medicamentos por idosos com diabetes do município de Goiânia, Goiás; Drugs utilization by the elderly people with diabetes in the city of Goiania, Goias

Nunes, Marcus Vinicius Oliveira
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva (PRPG); Pró-Reitoria de Pós-graduação (PRPG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva (PRPG); Pró-Reitoria de Pós-graduação (PRPG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.415623%
Introduction. In Brazil, the percentage of elderly people is increasing considerably over the years. As a consequence, it is observes the increasing of chronical diseases such as diabetes mellitus. It is a disease that requires special attention, because it exposes elderly people to a long care period and to the continued use of medicines, sometimes using multidrugs. Moreover, elderly people are often affected by other comorbidities, by complications of the disease and its treatment. Objective. Analyze the use of medicines by the elderly people with diabetes mellitus in the city of Goiania, Goias, Brazil. Methodology. It is a population-based cross-sectional study carried out with a sample of 173 elderly individuals with diabetes mellitus and medications referred, selected by cluster. Data were collected by household interviews from December 2009 to April 2010 and they were analyzed by the Software Stata 12.0. The identified medicines were classified according to the Anatomical Therapeutic Chemical classification of the World Health Organization. The study was approved by Ethics Committee of the Federal University of Goias . Results. The mean age of old people with diabetes mellitus was 72.5 years and 61.8% were female. The most used medicines were acetylsalicylic acid (20.2%)...

‣ Efeitos de regras sobre comportamentos de cuidados com os p?s em pessoas com diabetes

NAJJAR, Enise C?ssia Abdo
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
36.42231%
Dentre as complica??es do Diabetes Mellitus (DM) encontra-se a amputa??o de membros inferiores, em decorr?ncia do p? diab?tico. Medidas preventivas simples voltadas para os comportamentos de cuidados com os p?s colaboram de forma significativa para a preven??o do p? diab?tico. Em virtude da gravidade e alta preval?ncia do p? diab?tico, v?rios estudos tem sido realizados com objetivo de identificar vari?veis que contribuem para melhorar a ades?o ?s medidas preventivas de cuidados com os p?s em pacientes com diabetes. Entretanto, ainda n?o est? claro quais os fatores que contribuem para estabelecer e manter comportamentos de cuidados com os p?s. A proposta desta pesquisa foi identificar vari?veis que contribuem para estabelecer e manter comportamentos de cuidado com os p?s e que, desta forma, colaboram para evitar o surgimento do p? diab?tico em pessoas com diabetes. Ela se constituiu em tr?s estudos: o primeiro, descritivo transversal, caracterizou-se como linha de base para os outros dois, que foram experimentais. A pesquisa se desenvolveu em uma unidade b?sica de sa?de na cidade de Bel?m ? Par?. O primeiro estudo investigou: as regras (orienta??es) relacionadas aos cuidados com os p?s apresentadas pelos profissionais de sa?de do programa Hiperdia...

‣ Heart rate variability in children with type 1 diabetes mellitus

Gardim, Camila Balsamo; Oliveira, Bruno Affonso Parenti de; Bernardo, Aline Fernanda Barbosa; Gomes, Rayana Loch; Pacagnelli, Francis Lopes; Lorençoni, Roselene Modolo Regueiro; Vanderlei, Luiz Carlos Marques
Fonte: Sociedade de Pediatria de São Paulo Publicador: Sociedade de Pediatria de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 279-285
Português
Relevância na Pesquisa
36.415623%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); OBJECTIVE: To gather current information about the effects of type 1 diabetes mellitus on children's cardiac autonomic behavior.DATA SOURCES:The search of articles was conducted on PubMed, Ibecs, Medline, Cochrane, Lilacs, SciELO and PEDro databases using the MeSH terms: autonomic nervous system, diabetes mellitus, child, type 1 diabetes mellitus, sympathetic nervous system and parasympathetic nervous system, and their respective versions in Portuguese (DeCS). Articles published from January 2003 to February 2013 that enrolled children with 9-12 years old with type 1 diabetes mellitus were included in the review.DATA SYNTHESIS:The electronic search resulted in four articles that approached the heart rate variability in children with type 1 diabetes mellitus, showing that, in general, these children present decreased global heart rate variability and vagal activity. The practice of physical activity promoted benefits for these individuals.CONCLUSIONS:Children with type 1 diabetes mellitus present changes on autonomic modulation...

‣ Coconstrução da autonomia do cuidado da pessoa com diabetes mellitus; Co-construction of the autonomy of the persoClinicaln's care with diabetes mellitus

Rosilei Teresinha Weiss Baade
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/02/2015 Português
Relevância na Pesquisa
36.411807%
Este estudo tem como objetivo analisar o processo de coconstrução da autonomia no cuidado em diabetes mellitus, através das reflexões de pessoas com diabetes e profissionais de saúde de um ambulatório público especializado, localizado em um município de médio porte, no estado de SC, através de uma pesquisa qualitativa. Os referenciais teóricos buscaram ampliar o entendimento sobre temas e contextos de vida como autonomia, doenças crônicas, diabetes, adoecimento, viver com diabetes, clínica do sujeito, autocuidado, cuidado, trabalho em saúde, coconstrução e cogestão. Os dados foram coletados através de entrevistas individuais semiestruturadas com as pessoas com diabetes e os profissionais de saúde deste ambulatório, além da realização de uma Roda de Conversa com os profissionais de saúde sobre as falas dos usuários nas entrevistas. As falas foram transcritas e analisadas através dos referenciais da análise de conteúdo, especificamente pela análise temática (Bardin apud Minayo, 2014), destacando-se a compreensão sobre como as pessoas com diabetes e profissionais de saúde entendem o processo de coconstrução da autonomia das pessoas com diabetes, reforçando o protagonismo dos sujeitos e privilegiando meios que possam levar ao cuidado integral e singular. A escuta...

‣ O oraloma da diabetes melitos tipo 1 vs diabetes melitos tipo 2 - um estudo comparativo

Brás, Vítor Daniel Moreira
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 02/09/2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.411807%
A Diabetes Melitos é uma doença de grande prevalência a nível mundial e os seus mecanismos fisiopatológicos não são ainda totalmente conhecidos. Actualmente, a terapêutica seguida em casos de Diabetes Melitos é eminentemente sintomática consistindo na administração de insulina nos casos de Diabetes Melitos tipo 1 ou quando se verifica a falência das células beta do pâncreas de pacientes com Diabetes Melitos tipo 2, ou no controlo da glicemia nos casos de Diabetes Melitos tipo 2. A hiperglicemia, fenótipo característico desta patologia, produz efeitos negativos no organismo a longo prazo, levando à modificação estrutural e funcional de vários proteínas, afectando, deste modo, diversos processos moleculares em que intervêm estas proteínas. Os dois tipos Diabetes Melitos influenciam, de forma diferenciada, a expressão de diversas proteínas, produzindo efeitos ao nível das vias de sinalização celular e nos processos biológicos celulares. Consequentemente, conhecer as características moleculares dos dois tipos de Diabetes Melitos permite o desenvolvimento de técnicas diagnósticas e terapêuticas mais precoces e eficazes específicas para cada uma delas. Tendo como base o proteoma da cavidade oral...

‣ Alterações comportamentais e neuroquímicas associadas ao diabetes : evidências a partir de um modelo animal e de uma amostra clínica

Ceretta, Luciane Bisognin
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
36.41911%
Tese apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde da Universidade do Extremo Sul Catarinense - UNESC, para obtenção do titulo de Doutor em Ciências da Saúde.; Muitos estudos têm destacado uma relação entre diabetes e transtornos do humor. Além de alterações no metabolismo energético, estresse oxidativo e neurotrofinas. Assim, o objetivo do presente estudo foi avaliar essas alterações em um modelo animal de diabetes e em pacientes com diabetes do tipo 2. Para isso o estudo foi dividido em 3 etapas. A primeira teve como objetivo avaliar a prevalência de transtornos do humor, risco de suícidio e a qualidade de vida de pacientes com diabetes do tipo 2. Os resultados mostraram que pacientes com diabetes tiveram uma maior prevalência de transtornos do humor, maior risco de suícidio e uma pior qualidade de vida, quando comparado a pessoas não diabéticas. A segunda parte do estudo avaliou parâmetros de memória, metabolismo energético e de estresse oxidativo em cérebro de ratos Wistar submetidos a um modelo animal de diabetes induzido por aloxano. Os resultados mostraram que esses animais não tiveram alterações na memória de reconhecimento, porém tiveram alterações na atividade dos complexos da cadeia respiratória mitocondrial...

‣ Prevalência de diabetes e hipertensão no Brasil baseada em inquérito de morbidade auto-referida, Brasil, 2006; Prevalencia de diabetes e hipertensión en Brasil basado en pesquisa de morbilidad auto-referida, Brasil, 2006; Prevalence of diabetes and hypertension based on self-reported morbidity survey, Brazil, 2006

Schmidt, Maria Ines; Duncan, Bruce B; Hoffmann, Juliana Feliciati; Moura, Lenildo de; Malta, Deborah Carvalho; Carvalho, Rosa Maria Sampaio Vilanova de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/11/2009 Português
Relevância na Pesquisa
36.42231%
OBJETIVO: Estimar a prevalência de diabetes e de hipertensão auto-referidas e seus números absolutos no Brasil. MÉTODOS: Foram analisados dados referentes aos 54.369 indivíduos com idade >;18 anos entrevistados pelo sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (VIGITEL), realizado nas 27 capitais brasileiras em 2006, que responderam positivamente a questões sobre pressão alta e diabetes. Os percentuais de hipertensão e diabetes auto-referidas estimados na amostra foram projetados para a população brasileira segundo idade, sexo e estado nutricional, utilizando o método direto de padronização. RESULTADOS: A prevalência de diabetes foi de 5,3%, maior entre as mulheres (6,0% vs. 4,4%), variando de 2,9% em Palmas (TO) a 6,2% em São Paulo (SP). A prevalência de hipertensão foi de 21,6% (21,3;22,0), maior entre as mulheres (24,4% vs. 18,4%), variando de 15,1% em Palmas a 24,9% em Recife (PE). As prevalências aumentaram com categorias de idade e nutrição. Estimou-se haver no Brasil um total de 6.317.621 de adultos que referem ter diabetes e 25.690.145 de adultos que referem ter hipertensão. CONCLUSÕES: As prevalências de diabetes e hipertensão auto-referidas são elevadas no Brasil. O monitoramento destas e outras condições de saúde pode ser feito por estratégias como a do VIGITEL...