Página 6 dos resultados de 47045 itens digitais encontrados em 0.035 segundos

‣ A dimensão espácio-temporal em saúde pública: da descrição clássica à análise de clustering

Nunes, Carla; Briz, Teodoro; Gomes, Dulce; Matias Dias, Carlos
Fonte: Revista Portuguesa da Saúde Pública Publicador: Revista Portuguesa da Saúde Pública
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
87.09715%
O estudo da distribuição geográfica e temporal das doenças, dos seus determinantes e das características básicas da população tem uma longa tradição em Epidemiologia. É indispensável visualizar e caracterizar essas distribuições, para controlar as doenças e promover a saúde, pelo que esse estudo, hoje, faz parte da missão desta área para o conhecimento e reforça a utilidade actual da Epidemiologia em Saúde Pública. O principal objectivo da descrição e da análise de dados georreferenciados é a melhor compreensão da história natural e da distribuição espacial dos fenómenos de saúde.

‣ Estágio integrado na Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo: preparo para o trabalho multiprofissional

Pereira,Isabel Maria Teixeira Bicudo; Harris,William Moffitt
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/1976 Português
Relevância na Pesquisa
87.09715%
O presente trabalho relata a experiência havida em 1975 na Faculdade de Saúde Pública da USP no Estágio Integrado dos alunos. A comissão incumbida do estágio resolveu introduzir algumas modificações na metodologia utilizada tendo em vista os precários resultados da chamada Carta Sanitária até agora em vigor. Procurou-se conduzir os alunos em seus trabalhos para um diagnóstico setorial de saúde através de parte das técnicas da CENDES/OPS e Programação Integrada de Saúde. Neste trabalho são apontadas dificuldades encontradas e alguns resultados auspiciosos conseguidos. Conclue-se pela continuação da experiência.

‣ Violência social sob a perspectiva da saúde pública

Minayo,Maria Cecília de S.
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1994 Português
Relevância na Pesquisa
87.09715%
Este artigo tem a finalidade de introduzir o leitor na temática da violência social, sob a perspectiva da Saúde Pública. Desenvolve-se analisando o tema no âmbito da sociedade, no campo da saúde expressa na mortalidade e morbidade. Termina refletindo sobre as propostas possíveis, setoriais, intersetoriais, interprofissionais e articuladas com a sociedade e os movimentos sociais.

‣ Identificação e procedência de periódicos nacionais referentes à temática de saúde pública ou saúde coletiva, editados entre 1998 e 2003

Rummler,Guido; Spinola,Aracy Witt de Pinho
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2004 Português
Relevância na Pesquisa
87.09715%
A diversidade de conteúdos em periódicos científicos nacionais referentes à Saúde Coletiva ou à Saúde Pública reflete o aspecto peculiar da abrangência desse campo e das interfaces com diversas outras áreas. Foi elaborada uma pesquisa bibliométrica em cinco bases de dados, compreendendo catálogos e portais de revistas, com o objetivo de identificar os periódicos relativos a essa temática e editados dentro do período 1998-2003, além de estabelecer sua origem quanto à localização geográfica da entidade responsável. Por essa pesquisa foram listados, inicialmente, 118 títulos diferentes. Por confrontação e conjugação de indicadores dessas bases, a listagem ficou reduzida para 83 periódicos, sendo 66 com vigência dentro dos últimos cinco anos. Dessa listagem, 57,6% têm a sua entidade responsável localizada na Região Sudeste; 16,7%, na Região Sul; 13,6%, na Centro-Oeste; 10,6%, na Região Nordeste e 1,5%, na Região Norte. Integram ainda os resultados deste estudo a apresentação, em Tabela, das revistas pelo correspondente título, ISSN, denominação da instituição responsável e respectiva localização regional.

‣ Influência da internet na comunidade acadêmico-científica da área de saúde pública

Cuenca,Angela Maria Belloni; Tanaka,Ana Cristina d'Andretta
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2005 Português
Relevância na Pesquisa
87.11435%
OBJETIVO: Verificar a influência da internet nas atividades acadêmico-científicas da comunidade brasileira que atua na área de saúde pública. MÉTODOS: Estudo descritivo, centrado na opinião de 237 docentes vinculados aos programas de pós-graduação em saúde pública, nos níveis mestrado e doutorado, no Brasil, em 2001. Para a obtenção dos dados, optou-se por questionário auto-aplicado via web e correio postal. A análise estatística foi feita por meio de proporções, médias e desvios-padrão. RESULTADOS: O uso da internet foi apontado por 94,9%(225) da comunidade, sendo o correio eletrônico (92,0%) e a web (55,6%) os recursos mais utilizados, diariamente. A influência da internet na comunicação entre os docentes, principalmente para o desenvolvimento de pesquisas em colaboração, foi significativa (73,8 %). Declararam não utilizar a internet 5,1% dos docentes, cujas justificativas apresentadas foram a falta de motivação, falta de tempo e facilidade de conseguir de seus colegas o material de que precisam. CONCLUSÕES: Os resultados mostraram que a internet influencia o trabalho dos docentes e afeta o ciclo da comunicação científica, principalmente na rapidez de recuperação de informações. Observou-se tendência em eleger a comunicação entre os docentes como a etapa que mais mudou desde o advento da internet no mundo acadêmico-científico brasileiro.

‣ Curso de Saúde Pública em um semestre: algumas considerações; A one semester course in Public Health: commentaries

Souza, José Maria Pacheco de; Mercadante, Otávio Azevedo; Arantes, Gilberto Ribeiro; Ferreira, Sonia Apparecida; Vasconcelos, Tércio Pessoa de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/10/2006 Português
Relevância na Pesquisa
87.11435%
São discutidos problemas quanto à formação de sanitaristas pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo e apresentado um programa que permite que esta formação seja abreviada para um semestre.; Problems refering to the School curriculum of graduates in Public Health are discussed, and a programme for a one semester course is presented, in order to shorten this preparation.

‣ Influência da internet na comunidade acadêmico-científica da área de saúde pública; The Internet influence on the academic-scientific public health community

Cuenca, Angela Maria Belloni; Tanaka, Ana Cristina d'Andretta
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/10/2005 Português
Relevância na Pesquisa
87.11435%
OBJETIVO: Verificar a influência da internet nas atividades acadêmico-científicas da comunidade brasileira que atua na área de saúde pública. MÉTODOS: Estudo descritivo, centrado na opinião de 237 docentes vinculados aos programas de pós-graduação em saúde pública, nos níveis mestrado e doutorado, no Brasil, em 2001. Para a obtenção dos dados, optou-se por questionário auto-aplicado via web e correio postal. A análise estatística foi feita por meio de proporções, médias e desvios-padrão. RESULTADOS: O uso da internet foi apontado por 94,9%(225) da comunidade, sendo o correio eletrônico (92,0%) e a web (55,6%) os recursos mais utilizados, diariamente. A influência da internet na comunicação entre os docentes, principalmente para o desenvolvimento de pesquisas em colaboração, foi significativa (73,8 %). Declararam não utilizar a internet 5,1% dos docentes, cujas justificativas apresentadas foram a falta de motivação, falta de tempo e facilidade de conseguir de seus colegas o material de que precisam. CONCLUSÕES: Os resultados mostraram que a internet influencia o trabalho dos docentes e afeta o ciclo da comunicação científica, principalmente na rapidez de recuperação de informações. Observou-se tendência em eleger a comunicação entre os docentes como a etapa que mais mudou desde o advento da internet no mundo acadêmico-científico brasileiro.; OBJECTIVE: To investigate the influence of the Internet on the academic-scientific activities of the Brazilian public health community. METHODS: This was a descriptive study...

‣ Curso de Saúde Pública em um semestre: algumas considerações; A one semester course in Public Health: commentaries

Souza, José Maria Pacheco de; Mercadante, Otávio Azevedo; Arantes, Gilberto Ribeiro; Ferreira, Sonia Apparecida; Vasconcelos, Tércio Pessoa de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/1975 Português
Relevância na Pesquisa
87.11435%
São discutidos problemas quanto à formação de sanitaristas pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo e apresentado um programa que permite que esta formação seja abreviada para um semestre.; Problems refering to the School curriculum of graduates in Public Health are discussed, and a programme for a one semester course is presented, in order to shorten this preparation.

‣ Estágio integrado na Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo: preparo para o trabalho multiprofissional; Interdisciplinary training at the S. Paulo University School of Public Health: a preparation for multiprofessional teamwork

Pereira, Isabel Maria Teixeira Bicudo; Harris, William Moffitt
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/1976 Português
Relevância na Pesquisa
87.09715%
O presente trabalho relata a experiência havida em 1975 na Faculdade de Saúde Pública da USP no Estágio Integrado dos alunos. A comissão incumbida do estágio resolveu introduzir algumas modificações na metodologia utilizada tendo em vista os precários resultados da chamada Carta Sanitária até agora em vigor. Procurou-se conduzir os alunos em seus trabalhos para um diagnóstico setorial de saúde através de parte das técnicas da CENDES/OPS e Programação Integrada de Saúde. Neste trabalho são apontadas dificuldades encontradas e alguns resultados auspiciosos conseguidos. Conclue-se pela continuação da experiência.; The present paper gives a brief description of the experience undergone at the São Paulo University School of Public Health in 1975 regarding interdisciplinary teamwork among its pupils. The committee in charge of the practical work changed the methodology used in the school this year. The students were conducted in the general direction of a health sectorial diagnosis programme collecting data belonging to one of the São Paulo State's Administrative Regions, The Paraiba Valley (14,000 square kilometers and a population of 1,050,000 inhabitants). Parts of the CENDES/PAHO technique and the Programme Packaging technique were used as tools by the students. This paper points out difficulties that turned up as well as some of the good results. Conclusions indicate that the experiment ought to go on.

‣ Tabagismo entre alunos e funcionários da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo; Smoking among students and works at School of Public Health/USP

Mirra, Antonio Pedro; Marcondes, Ruth Sandoval; Souza, José María Pacheco de; Stewien, Glacilda Talles Menezes
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/1999 Português
Relevância na Pesquisa
87.11435%
Dois inquéritos sobre a prevalência do tabagismo entre os alunos e funcionários da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, presentes à aula inaugural, cujo tema foi tabagismo, foram realizados em 1980 e 1995. No primeiro inquérito, em 1980, estavam presentes 177 funcionários e alunos de cursos de especialização e pós graduação (homens = 38,4% e mulheres = 61,6%) e 128, no segundo, em 1995 (homens = 29,7% e mulheres = 70,3%). Observou-se que houve um decréscimo na prevalência de fumantes regulares de 56,9% para 26,3% no sexo masculino e de 45,9% para 22,2% no feminino, sendo essas diferenças mais acentuadas entre os mais jovens (20 a 39 anos de idade). Os profissionais com formação biológica foram os mais motivados para não adquirirem o vício de fumar, seguindo-se o grupo com formação básica em ciências exatas e sociais e os educadores; os profissionais relacionados às letras, advogados, foram os que não mostraram motivação, pois houve aumento da prevalência de fumantes regulares. A idade no início de fumar foi semelhante à da população geral (10-14 anos de idade), bem como as razões para esse início e a manutenção do vício. A grande maioria dos entrevistados afirmou ter conhecimento dos malefícios do tabaco. A mídia falada (TV/ Rádio) foi selecionada como meio mais adequado para a divulgação dos efeitos nocivos do fumo. Programas de combate ao tabagismo mais efetivos devem ser implementados na escolas de saúde pública...

‣ Para viver e pensar além das margens: perspectivas, agenciamentos e desencaixes no campo da saúde pública; To live and think beyond the margins: perspectives, agencing and mismatches in the field of public health

Adorno, Rubens de Camargo Ferreira; Vasconcellos, Maria da Penha; Alvarenga, Augusta Thereza de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2011 Português
Relevância na Pesquisa
87.11435%
Neste ensaio os autores buscam expor ideias, críticas e reflexão ética ao destacarem questões complexas e que requerem a análise densa de estudiosos do campo interdisciplinar da saúde pública. A defesa do ponto de vista dos autores é pensar que a complexidade inerente ao campo requer aproximação mais conseqüente junto às necessidades sociais, criatividade dos agentes públicos, investigação e estudos inovadores que possibilitem uma saúde pública contemporânea e voltada para a realidade brasileira.; In this essay, the authors seek to expose critical ideas and ethical reflection by highlighting complex issues that require a thorough analysis by scholars in the interdisciplinary field of public health. The defense of the authors' point of view is to think that the complexity inherent in the field requires a qualified approach to social needs, public officials' creativity, research studies and new ideas, so as to promote a contemporary public health based on the Brazilian reality.

‣ The role of non-governmental organizations in international cooperation in public health; O papel das organizações não-governamentais na cooperação internacional em saúde pública

Torronteguy, Marco Aurélio Antas; Dallari, Sueli Gandolfi
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2012 Português
Relevância na Pesquisa
87.11435%
O presente artigo pergunta pela possibilidade de as ONGs atuarem na cooperação internacional sanitária e pelo modo como essa atuação é regulada. Primeiramente se apresenta a cooperação internacional e sua relação com a saúde pública. Então são referidos dados sobre a cooperação bilateral sanitária brasileira, nos quais se pode verificar o reconhecimento formal das ONGs como parceiras dos Estados. Isso permite refletir sobre o papel das ONGs na cooperação e se percebe que, embora o direito internacional legitime a atuação das ONGs, ele regula essa atuação de modo incipiente. Isso sugere importantes aspectos a serem aperfeiçoados na relação jurídica que as ONGs travam com Estados no campo da saúde pública.; This article discusses the possibility of the NGOs acting on international health cooperation and how this acting is regulated. Firstly, the international cooperation and its relation with public health is presented. After that, data on Brazilian bilateral health cooperation are brought in, in which it is possible to find the formal recognition of NGOs as partners of States. This allows the consideration of the role of NGOs in health cooperation. Although the action of NGOs is legitimated by international law...

‣ Breve história da hanseníase: sua expansão do mundo para as Américas, o Brasil e o Rio Grande do Sul e sua trajetória na saúde pública brasileira; Trajectory in the Brazilian Public Health

Eidt, Letícia Maria
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2004 Português
Relevância na Pesquisa
87.09715%
Este trabalho faz uma revisão sobre a história da hanseníase através dos tempos, desde sua provável origem na Antigüidade até a sua vinda para as Américas, o Brasil e o Rio Grande do Sul. Relata, também, a evolução das políticas de saúde pública brasileiras adotadas para o seu controle e descreve algumas atitudes da sociedade para com os doentes de hanseníase no passado. Este retrospecto histórico contribui para o conhecimento da doença, para a detecção de fatores predisponentes do binômio saúde-doença e auxilia na compreensão dos sentimentos dos pacientes com relação a sua doença na atualidade.; This work makes a review about the history of the Hansen's disease through the time, since its beginning until its arrival in Americas, in Brazil and in Rio Grande do Sul State. Reports the evolution of the public health policies for its control and describes some attitudes of the society with these patients in the past. This history helps to the knowledge of the disease, to the detection of the predisponent factors of the phenomenon health and disease and to understand the feelings of the patients about their disease in the present days.

‣ Biodiversidade e Saúde Pública: questões para uma nova abordagem; Biodiversity and Public Health: issues for a new approach

Ianni, Aurea Maria Zöllner
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2005 Português
Relevância na Pesquisa
87.09715%
Verificar o estado da biodiversidade e as intervenções que provocaram ou provocam a sua destruição ou comprometem a sua conservação implica problematizar aspectos fundamentais do fenômeno da vida, das relações entre saúde e ambiente. Na dinâmica ecológica, a freqüência de determinados seres vivos depende em grande medida da freqüência de outros seres vivos. Também na saúde, a história de cada doença é dependente da história de todas as doenças, da história natural e da dos homens. A emergência e reemergência de doenças infecto-contagiosas colocam em evidência a fragilidade do equilíbrio ambiental. Esses problemas implicam necessidade de reposicionar o limiar crítico das relações do homem com a natureza, do biológico com o social. Articular a interface dessas categorias por meio da Epidemiologia, disciplina estruturante da Saúde Pública no Brasil, possibilita desvendar as implicações ecológicas dessa prática social.; To verify biodiversity today and the human interventions that cause and determine its destruction or conservation implies considering the phenomenon of life and the relationship between environment and health. In ecological processes the frequency of plants, animals and humans depends on the frequency of all living entities. The same happens in health where the natural history of a disease depends on the history of all diseases. It depends on natural history and on human history. The emergence and re-emergence of infectious diseases demonstrate the environmental fragility balance. These problems necessarily replace the critical threshold between men and nature relationship...

‣ Violência social sob a perspectiva da saúde pública

Minayo,Maria Cecília de S.
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1994 Português
Relevância na Pesquisa
87.09715%
Este artigo tem a finalidade de introduzir o leitor na temática da violência social, sob a perspectiva da Saúde Pública. Desenvolve-se analisando o tema no âmbito da sociedade, no campo da saúde expressa na mortalidade e morbidade. Termina refletindo sobre as propostas possíveis, setoriais, intersetoriais, interprofissionais e articuladas com a sociedade e os movimentos sociais.

‣ Curso de Saúde Pública em um semestre: algumas considerações

Souza,José Maria Pacheco de; Mercadante,Otávio Azevedo; Arantes,Gilberto Ribeiro; Ferreira,Sonia Apparecida; Vasconcelos,Tércio Pessoa de
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2006 Português
Relevância na Pesquisa
87.11435%
São discutidos problemas quanto à formação de sanitaristas pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo e apresentado um programa que permite que esta formação seja abreviada para um semestre.

‣ Influência da internet na comunidade acadêmico-científica da área de saúde pública

Cuenca,Angela Maria Belloni; Tanaka,Ana Cristina d'Andretta
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2005 Português
Relevância na Pesquisa
87.11435%
OBJETIVO: Verificar a influência da internet nas atividades acadêmico-científicas da comunidade brasileira que atua na área de saúde pública. MÉTODOS: Estudo descritivo, centrado na opinião de 237 docentes vinculados aos programas de pós-graduação em saúde pública, nos níveis mestrado e doutorado, no Brasil, em 2001. Para a obtenção dos dados, optou-se por questionário auto-aplicado via web e correio postal. A análise estatística foi feita por meio de proporções, médias e desvios-padrão. RESULTADOS: O uso da internet foi apontado por 94,9%(225) da comunidade, sendo o correio eletrônico (92,0%) e a web (55,6%) os recursos mais utilizados, diariamente. A influência da internet na comunicação entre os docentes, principalmente para o desenvolvimento de pesquisas em colaboração, foi significativa (73,8 %). Declararam não utilizar a internet 5,1% dos docentes, cujas justificativas apresentadas foram a falta de motivação, falta de tempo e facilidade de conseguir de seus colegas o material de que precisam. CONCLUSÕES: Os resultados mostraram que a internet influencia o trabalho dos docentes e afeta o ciclo da comunicação científica, principalmente na rapidez de recuperação de informações. Observou-se tendência em eleger a comunicação entre os docentes como a etapa que mais mudou desde o advento da internet no mundo acadêmico-científico brasileiro.

‣ Revista de Saúde Pública: 30 anos de evolução

Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1996 Português
Relevância na Pesquisa
87.11435%
São analisadas as principais características da Revista de Saúde Pública ao longo dos seus 30 anos de existência. Faz-se um paralelo com a evolução da saúde pública brasileira. O aspecto dinâmico, adaptativo da Revista, é ressaltado como uma de suas principais virtudes. Seu futuro papel na constituição do Mercosul é discutido.

‣ Estágio integrado na Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo: preparo para o trabalho multiprofissional

Pereira,Isabel Maria Teixeira Bicudo; Harris,William Moffitt
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/1976 Português
Relevância na Pesquisa
87.09715%
O presente trabalho relata a experiência havida em 1975 na Faculdade de Saúde Pública da USP no Estágio Integrado dos alunos. A comissão incumbida do estágio resolveu introduzir algumas modificações na metodologia utilizada tendo em vista os precários resultados da chamada Carta Sanitária até agora em vigor. Procurou-se conduzir os alunos em seus trabalhos para um diagnóstico setorial de saúde através de parte das técnicas da CENDES/OPS e Programação Integrada de Saúde. Neste trabalho são apontadas dificuldades encontradas e alguns resultados auspiciosos conseguidos. Conclue-se pela continuação da experiência.

‣ Curso de Saúde Pública em um semestre: algumas considerações

Souza,José Maria Pacheco de; Mercadante,Otávio Azevedo; Arantes,Gilberto Ribeiro; Ferreira,Sonia Apparecida; Vasconcelos,Tércio Pessoa de
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/1975 Português
Relevância na Pesquisa
87.11435%
São discutidos problemas quanto à formação de sanitaristas pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo e apresentado um programa que permite que esta formação seja abreviada para um semestre.