Últimos itens adicionados do Acervo: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri

A Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) é uma universidade pública brasileira sediada na cidade de Diamantina, estado de Minas Gerais, no Brasil. Foi criada em 6 de setembro de 2005.

Página 7 dos resultados de 339 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

‣ Cera epicuticular e anatomia foliar de espécies do gênero Sida spp.; Epicuticular wax and leaf anatomy of species of the genus Sida spp.

Cunha, Viviane Cristina da
Fonte: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri Publicador: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Diversas espécies do gênero Sida são importantes plantas daninhas, principalmente em pastagens e culturas anuais. O conhecimento da anatomia e morfologia é fundamental para o controle químico das plantas, bem como o estudo dos mecanismos de penetração dos herbicidas. Características morfofisiológicas e composições químicas estão diretamente relacionadas à habilidade competitiva superior das culturas. O objetivo do trabalho foi fazer uma análise comparativa da produção de matéria seca, área foliar, quantidade de cera epicuticular e estudar a anatomia foliar de três espécies de Sida spp., em diferentes estádios de desenvolvimento, visando obter informações de possíveis barreiras à penetração de agroquímicos além de outras características envolvidas na capacidade competitiva pelos recursos naturais. A partir de criterioso trabalho fitossociológico em áreas de pastagens, observou-se maior índice de valor de importância para as espécies Sida urens, Sida spinosa e Sida rhombifolia. Essas espécies foram coletadas em três estádios fenológicos caracterizados como V1: formação de até 10 folhas completamente expandidas; V2: entre 11 folhas e antes do florescimento e R: após florescimento. As plantas foram cortadas rente ao solo e levadas ao laboratório para quantificação da área foliar...

‣ Resistência de linhagens de tomateiro à traça Tuta absoluta, relacionada a aleloquímicos e à densidade de tricomas.; Resistance of tomato linea to the south american pinwrm tuta absoluta is related to allelochemical contents and to trichome densities.

Oliveira, Celso Mattes de
Fonte: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri Publicador: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Comparou-se a efetividade de linhagens melhoradas de tomateiro, ricas em 2-tridecanona (2-TD), zingibereno (ZGB) e acilaçúcares (AA), ou no tocante aos níveis de resistência à traça-do-tomateiro Tuta absoluta. Também verificou-se se linhagens selecionadas para maiores densidades de tricomas glandulares, presumivelmente com maiores níveis de 2-tridecanona, é efetiva no sentido de promover maior resistência à traça. Como testemunhas suscetíveis foram utilizadas as linhagens TOM-584 e TOM-679, com nível normal dos três aleloquímicos. A linhagem melhorada TOM-687 (com alto teor de AA) foi utilizada como linhagem resistente padrão, por ter sua resistência amplamente documentada, juntamente com o também resistente acesso selvagem PI134417 (com alto teor de 2-TD). O experimento foi instalado em casa de vegetação em delineamento inteiramente casualizado. O acesso selvagem PI 134417 confirmou-se como altamente resistente. TOM-622 (rica em 2-TD), ZGB-703 (rica em ZGB) e TOM-687 apresentaram diminuições significativas na ovoposição da traça-do-tomateiro, bem como no dano geral na planta, lesão nos folíolos e porcentagem de folíolos atacados, comparadas às testemunhas TOM-584 e TOM-679. Os níveis de resistência à traça em TOM-622...

‣ Gênese e classificação de solos em topossequência de veredas das Chapadas do Alto Vale do Jequitinhonha, MG.; Genesis and classification of soils in toposequence of palm swanp of the chapadas of the Alto Vale do Jequitinhonha, MG.

Bispo, Fábio Henrique Alves
Fonte: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri Publicador: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
No Alto Vale do Jequitinhonha encontram-se extensas áreas de relevo aplainado onde predominam as “Chapadas”, que estão separadas por áreas dissecadas pelos afluentes dos rios Jequitinhonha e Araçuaí. Nessas áreas encontra-se um sistema de drenagem superficial com uma vegetação arbóreo-arbustiva e gramíneas, comumente denominadas de “veredas”. O objetivo deste trabalho foi caracterizar morfológica, micromorfologica, quimica, fisica e mineralogicamente uma topossequência formada por Latossolo Vermelho Amarelo, Latossolo Amarelo, “Latossolo Acinzentado” e Gleissolo representativos dos solos da microbacia da Vereda Lagoa do Leandro, localizada no município de Minas Novas - MG, enfatizando aspectos de sua gênese e da evolução da paisagem nas chapadas do Alto Vale do Jequitinhonha. A topossequência está embasada em rochas do Grupo Macaúbas e o clima é tropical com estação seca de inverno. O Cerrado era a cobertura vegetal nativa nas áreas de entorno da Vereda Lagoa do Leandro e foi substituído pelo reflorestamento com Eucaliptus sp. Os perfis ocupam as seguintes posições na vertente: topo - Latossolo Vermelho (LVA), terço médio de vertente - Latossolo Amarelo (LA), sopé - “Latossolo Acinzentado” (“LAC”) e base da vereda - Gleissolo (GXbd). Esses perfis foram descritos e coletadas amostras deformadas e indeformadas para realização das análises físicas...

‣ Tolerância de gramíneas forrageiras ao cádmio e biodisponibilidade no solo.; Forage grasses tolerance to cadmium and bioavailability on soil.

Fonseca, Felipe Galuppo
Fonte: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri Publicador: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Esse trabalho foi desenvolvido com os objetivos de avaliar a tolerância de gramíneas forrageiras e a absorção, acúmulo e disponibilidade no solo de cádmio (Cd). Os experimentos foram instalados em condições de casa de vegetação do Departamento de Agronomia da Faculdade de Ciências Agrárias da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Diamantina (MG). As forrageiras estudadas foram: Panicum maximum cv. Aruana e cv. Tanzânia e Brachiaria decumbens cv. Basilisk, Brachiaria brizantha cv. Xaraés e cv. Marandu e as doses de Cd foram 0, 5, 10 e 20 mg L-1 de solução nutritiva e 0, 2, 4 e 12 mg kg-1 de solo. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com quatro repetições, sendo o período experimental de 90 dias, em ambos os experimentos. Determinou-se a massa seca e os teores de Cd na parte aérea, colmo e raízes das forrageiras. Os conteúdos de Cd foram calculados com base nos teores e nas produções de massa seca em cada parte da planta. No caso do experimento em solo, para avaliação do teor de Cd foram utilizados os extratores Mehlich-1, DTPA pH 7,3, teor semitotal - USEPA 3051 e teor total - USEPA 3052. O crescimento relativo das forrageiras foi reduzido pelas doses de Cd, tanto na solução nutritiva quanto no solo...

‣ Adequações metodológicas para os testes de vigor em sementes de Brachiaria brizantha.; Methodological adjustments to the vigor tests in Brachiaria brizantha seeds.

Oliveira, Ariadne Santos
Fonte: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri Publicador: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Dentre as espécies mais utilizadas na implantação de pastagens estão as do gênero Brachiaria. Os benefícios do uso de sementes de alta qualidade para formação de pastagem podem ser facilmente constatados pelo rápido estabelecimento da forrageira, pastagem formada uniformemente e cobertura mais rápida do solo, resultando em uma utilização da pastagem em menor espaço de tempo. Porém, as metodologias utilizadas para avaliar a qualidade de suas sementes ainda não estão bem definidas. O uso de testes de vigor é uma ferramenta imprescindível para a avaliação do potencial fisiológico dos lotes de sementes. Assim, objetivou-se com este estudo adequar os testes de envelhecimento acelerado e de condutividade elétrica, para avaliar o potencial fisiológico de lotes de sementes de Brachiaria brizantha das cultivares Marandu e Xaraés, cada uma delas representada por quatro lotes. Para o teste de envelhecimento acelerado as sementes foram submetidas ao envelhecimento acelerado tradicional e com solução saturada de NaCl, em cinco períodos de envelhecimento, 0; 24; 48; 72 e 96 horas. Para o teste de condutividade elétrica, as sementes foram submetidas a 12 períodos de imersão em água, por 2; 4; 6; 8; 10; 12; 14; 16; 18; 20; 22 e 24 horas...

‣ Efeito de herbicidas aplicados em pós-emergência na cultura da mandioca.; Effect of Herbicides applied after the emergence of cassava plant.

Silva, Daniel Valadão
Fonte: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri Publicador: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Objetivou-se com este trabalho avaliar a seletividade de herbicidas aplicados em pós emergência sobre a cultura da mandioca (Manihot esculenta Crantz). Para isso, foram realizados três experimentos em ambiente protegido. No primeiro, avaliou-se os efeitos de 22 princípios ativos aplicados aos 60 dias após a brotação das manivas sobre o crescimento inicial das plantas. Os sintomas de intoxicação foram mais perceptíveis aos 21 dias após o plantio para a maioria dos herbicidas testados. Ametryn, ametryn + trifloxysulfuron-sodium, atrazine, diuron + hexazinone e sulfentrazone provocaram as maiores reduções de matéria seca e causaram os maiores danos visíveis, ao contrário, bentazon, fluazifop-p-butil, mesotrione e tembotrione foram os menos tóxicos à cultura. O segundo experimento teve como objetivo avaliar a tolerância de cultivares de mandioca a aplicação em pós-emergência dos herbicidas fluazifop-p-butil e fomesafen em mistura e de forma isolada. Na primeira avaliação de intoxicação visual, aos 7 dias após a aplicação, sintomas mais visíveis de intoxicação ocorreram nas plantas de mandioca tratadas com a mistura de herbicidas e também com fomesafen de forma isolada. A mistura mostrou-se tóxica provocando reduções na matéria seca foliar...

‣ Competição entre mudas de oliveira (Olea europaea L.) e plantas daninhas.; Competition between olive nursery trees (Olea europaea L.) and weeds.

Martins, Larissa Madureira
Fonte: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri Publicador: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
O entendimento da interferência promovida pelas espéciesexistentesna comunidadede plantas daninhas doolival esuas densidadesrelativas sãoconsiderações importantes nomanejo dessas plantas para manter o equilíbrio da competição, permitindo que o cultivo da oliveira seja beneficiado. A pesquisa foi realizada com o objetivo de avaliar a capacidade competitiva de mudas de oliveira cultivadas com diferentes espécies e densidades de plantas daninhas sobre o crescimento vegetativo e os teores de nutrientes. Para avaliar a capacidade de competição da oliveira com as plantas daninhas foram conduzidos três experimentos em casa de vegetação do Setor de Fruticultura da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), Diamantina, MG. No primeiro experimento avaliou-se o crescimento inicial de mudas de duas cultivares de oliveira ‘Arbequina’ e ‘Koroneiki’ convivendo com cinco espécies de plantas: Bidens pilosa, Brachiaria brizantha, Cenchrus echinatus,Canavalia ensiformis e Lupinus albus, e um tratamento sem convivência com plantas daninhas por um período de 60 dias. Observou-se que a cultivar Arbequina mostrou-se mais tolerante a interferência das espécies de plantas. B. pilosa, C. ensiformes e L. albus foram as espécies com maior potencial de interferência no crescimento inicial das mudas de oliveira. No segundo...

‣ Divergência, variabilidade genética e desempenho agronômico em genótipos de couve.; Divergence, genetic variability and agronomic performance in kale genotypes.

Azevedo, Alcinei Mistico
Fonte: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri Publicador: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Embora haja grande variabilidade genética para a couve, são poucos trabalhos no Brasil que visão obter informações para programas de melhoramento genético nesta cultura. Assim, objetivou-se neste trabalho caracterizar 30 genótipos de couve a partir de caracteres morfo-agronômicos para estimar a divergência genética, a importância dos caracteres para a divergência, o desempenho agronômico, os parâmetros genéticos e a correlação entre as características avaliadas. O experimento foi conduzido na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) utilizando o delineamento em blocos casualizados com quatro repetições constituídos por cinco indivíduos, avaliando-se 30 genótipos de couve a partir de 44 características. Observaram-se genótipos com grande divergência genética entre si, sendo os genótipos UFLA-6 e UFVJM-24 os mais divergentes dos demais, contudo, a maioria dos genótipos são similares, o que evidencia uma base genética restrita. O comprimento do pecíolo, proporção da projeção alada, o tom de roxo da superfície adaxial da nervura primária, formato da margem foliar, número de folhas totais, formato da base da folha e diâmetro da base do pecíolo foram as características mais discriminantes quanto à divergência genética em genótipos de couve. Verificou-se variabilidade genética entre os genótipos...

‣ Crescimento de Brachiaria brizantha e seu potencial para remediação de solo contaminado com picloram em três valores de pH.; Development Brachiaria brizantha and its potential for remediation of soil contaminated with picloram at three pH levels.

Braga, Renan Rodrigues
Fonte: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri Publicador: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
O Brasil possui imensas áreas de pastagens e a espécie mais cultivada é a Brachiaria brizantha. O controle das plantas daninhas nestas áreas é realizado predominantemente pelo uso de herbicidas com longo período residual, destacando-se o picloram. Este é utilizado no controle de plantas daninhas de folhas largas perenes e tem sido intensamente pesquisado em função da alta meia vida nos solos, sendo sua persistência dependente do clima e atributos edáficos, como textura e pH. Objetivou-se com este trabalho avaliar o desenvolvimento e o potencial remediador de B. brizantha em solo contaminado com picloram em diferentes níveis de pH. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, com quatro repetições e com faixa de pH variando entre 4,5 e 5,6. Cultivou-se a forrageira até a floração, quando se determinou a massa da matéria seca dos componentes da planta e posteriormente, cultivou-se plantas de pepino como indicadores da presença do herbicida. O picloram causou redução no acúmulo da massa da matéria seca total das plantas de B. brizantha, em consequência do efeito negativo sobre a produção de raízes, independente do pH do solo. Nas folhas o herbicida promoveu redução na massa da matéria seca em solo com maior pH. Nos tratamentos com maior valor de pH...

‣ Produtividade, qualidade e conservação pós-colheita de frutos de diferentes cultivares de morangueiro.; Productivity, quality and postharvest fruit of different strawberry cultivars.

Guimarães, Amanda Gonçalves
Fonte: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri Publicador: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
O objetivo deste trabalho foi avaliar a produtividade, qualidade e à conservação pós-colheita de frutos de diferentes cultivares de morangueiro. Os experimentos foram conduzidos na fazenda Mape Frutas Ltda, localizada em Datas-MG, e no laboratório de Tecnologia de Biomassa do Cerrado, da UFVJM. Foram avaliadas oito cultivares de morangueiro: seis de dias curtos (Festival, Campinas, Toyonoka, Dover, Oso Grande e Camarosa), e duas de dias neutros (Diamante, Aromas), utilizando-se delineamentos estatísticos específicos para cada experimento. Os frutos foram colhidos duas vezes por semana no período de maio a outubro de 2012. A cultivar Dover foi a que produziu maior número de mudas por matriz e maior número de mudas por hectare. As cultivares Aromas e Diamante apresentaram as maiores produtividades precoces de frutos. Não foram observadas diferenças significativas entre as cultivares para a produção por planta e para a produtividade total de frutos, exceto para a cultivar Toyonoka que apresentou os menores valores para essas características. As cultivares Camarosa, Diamante, Festival e Oso Grande apresentaram as maiores produções comerciais por planta e as maiores produtividades comerciais de frutos. As maiores produtividades totais foram obtidas nos meses de junho...

‣ Fenologia, biologia reprodutiva, germinação e desenvolvimento inicial de Cipocereus minensis subsp. leiocarpus N.P. Taylor & Zappi (Cactaceae) no planalto de Diamantina-MG; (Phenology, reproductive biology, germination and initial development of the Cipocereus minensis subsp. leiocarpus N.P.Taylor & Zappi (Cactaceae) in the plateau of Diamantina-MG).

Lopes, Liliane Teixeira
Fonte: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri Publicador: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
(Fenologia, biologia reprodutiva, germinação e desenvolvimento inicial de Cipocereus minensis subsp. leiocarpus N.P.Taylor & Zappi (Cactaceae) no planalto de Diamantina-MG). No Brasil a família Cactaceae é representada por 160 espécies, das quais 26% ocorrem em campos rupestres. Cipocereus minensis é uma Cactaceae endêmica dos campos rupestres da porção mineira da cadeia do Espinhaço. Neste estudo pretendeu-se avaliar os ritmos de produção de flores e frutos da espécie, sua biologia floral e reprodutiva, além de conhecer seus visitantes florais e prováveis dispersores de sementes, numa área de campo rupestre do planalto de Diamantina-MG. Foram realizados testes de germinação de sementes e avaliado o desenvolvimento inicial das plantas em diferentes substratos. A espécie apresentou características florais como antese noturna, flores brancas, volume abundante de néctar e estruturas do perianto rígidas que sugeriram polinização por morcegos. No entanto, observou-se também a presença de polinizadores diurnos como beija-flores. O sistema reprodutivo de C. minensis é alogâmico, auto-incompatível e os visitantes noturnos foram mais eficientes que os diurnos na formação de frutos. O padrão fenológico de floração e frutificação é subanual...

‣ Seletividade de herbicidas aplicados nas culturas do milho e do eucalipto em insetos de controle biológico.; Selectivity of herbicides applied in maize and eucalyptus under insect of biological control.

Menezes, Claubert Wagner Guimarães de
Fonte: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri Publicador: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
O manejo das plantas daninhas é necessário nas culturas agrícolas para que se evite a competição e perdas na produção. O uso de herbicidas é comum no controle das plantas daninhas, e pode causar impacto negativo ao meio ambiente. O objetivo desse trabalho foi avaliar a seletividade de herbicidas, aplicados nas culturas do milho e do eucalipto, sobre os insetos de controle biológico de pragas Podisus nigrispinus Dallas, 1851 (Heteroptera Pentatomidae) e Palmistichus elaeisis Delvare & LaSalle, 1993 (Hymenoptera: Eulophidae). Foram realizados três experimentos em laboratório. No primeiro, avaliou-se a seletividade dos herbicidas atrazine e nicosulfuron e a mistura destes, e mais o controle (água), aplicados em posturas e em diferentes estádios biológicos de P. nigrispinus. A viabilidade dos ovos de P. nigrispinus diminuiu sob ação dos herbicidas, sem diferirem quanto ao tempo de eclosão. A sobrevivência de ninfas foi baixa sob ação dos herbicidas, sendo mais afetada negativamente com a mistura de herbicidas. Para a aplicação em cada estádio, observou-se baixa sobrevivência de ninfas do primeiro ao terceiro estádios com o herbicida atrazine isolado, ou em mistura, e até o segundo estádio para o nicosulfuron. Observou-se em todos os demais estádios do inseto a menor seletividade à mistura dos herbicidas comparados ao efeito isolado. O segundo experimento avaliou-se a seletividade de herbicidas registrados para a cultura do milho para o inimigo natural P. elaeisis. Os tratamentos foram pupas do hospedeiro alternativo Tenebrio molitor Linnaeus...

‣ Promoção do crescimento e da nutrição de mudas clonais de Eucalyptus urophylla por fungos ectomicorrízicos em viveiro comercial.; Promotion of growing and nutrition of clonal Eucalyptus urophylla seedling by ectomycorrhizal fungi in commercial plant nursery.

Gandini, Andrezza Mara Martins
Fonte: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri Publicador: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
A utilização dos fungos ectomicorrízicos (FEM) em plantios comerciais de eucalipto melhora a adaptação das mudas no campo e permite um uso mais eficiente de fertilizantes. A eficiência de doses de inoculante de FEM em promover o crescimento, a absorção de nutrientes, a colonização ectomicorrízica e a qualidade de mudas clonais de Eucalyptus urophylla foi avaliada em condições de viveiro comercial. O experimento foi realizado em delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 4 x 4, com quatro doses de inoculante composto de micélio vegetativo incluso em gel de alginato de cálcio (0, 5, 10 e 15 cápsulas) dos FEM Amanita muscaria isolado UFSC-Am161, Elaphomyces anthracinus (Cenococcum geophilum) isolado Amance, Pisolithus microcarpus isolado ITA-06 e Scleroderma areolatum isolado UFSC-Sc129, mais um controle não inoculado com 100 % da adubação de substrato, com quatro repetições. Os FEM, em geral, promoveram maior diâmetro do coleto, altura da parte aérea, massa seca da parte aérea, colonização ectomicorrízica, teores e conteúdos foliares de N, P e K nas mudas clonais de eucalipto. O melhor crescimento e colonização foram observados na maior dose de inoculante e os maiores teores e conteúdo de P...

‣ Comportamento de leguminosas para adubação verde no Vale do Jequitinhonha.; Behavior of leguminous against green manuring in the Jequitinhonha Valley.

Teodoro, Ricardo Borges
Fonte: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri Publicador: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Os impactos provocados pela agricultura convencional têm promovido degradação dos recursos naturais, o que preocupa toda a humanidade. Especificamente nos trópicos, os solos necessitam de proteção constante, haja vista que o seu desgaste promove redução da produtividade. Nesse sentido, práticas conservacionistas, como adubação verde, permitem a manutenção da capacidade produtiva do solo ao longo do tempo, sem causar impactos negativos ao meio ambiente, conduzindo para a sustentabilidade dos agroecossistemas. O objetivo deste trabalho foi gerar e adaptar conhecimentos e tecnologias que possibilitem ampliar o uso da adubação verde em cultivos conservacionistas de baixa perturbação do solo para a agricultura familiar, no Vale do Jequitinhonha/MG, quando foram objetos deste estudo dois biomas característicos da região, o Cerrado e a Caatinga. Dois experimentos foram conduzidos: um na região de Cerrado, com leguminosas anuais, mucuna cinza (Mucuna nivea), mucuna preta (Mucuna aterrima), lab-lab (Dolichos lab lab), feijão-de-porco (Canavalia ensiformis), crotalária juncea (Crotalaria juncea), crotalária espectabilis (Crotalaria spectabilis), guandu anão (Cajanus cajan) e testemunha (solo nu), e outro na região da Caatinga Mineira...

‣ Silagens de ramas e raízes de batata-doce.; Silage of branches and roots of sweet potato.

Pedrosa, Carlos Enrrik
Fonte: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri Publicador: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Objetivou-se selecionar genótipos de batata-doce mais produtivos e de melhor qualidade nutricional e avaliar a qualidade da silagem de ramas e de raízes de batata-doce. Foram realizados dois ensaios. Com o primeiro ensaio objetivou-se selecionar genótipos de batata-doce de melhores características de produção de ramas e avaliar a composição bromatológica das ramas emurchecidas de batata-doce e de suas silagens. O experimento foi conduzido na Fazenda Rio Manso, da UFVJM, em Couto Magalhães de Minas - MG. Foi utilizado o delineamento em blocos ao acaso, com quinze genótipos de batata-doce: BD-31TO, BD-26, BD-13, BD-17, BD-22, BD-24, BD-54, BD-56, BD-69, BD-43, BD-44, BD-46, BD-52, BD-35 e a cultivar comercial Brazlândia Rosada, com três repetições. Apenas para o número de folhas por metro linear não foram observadas diferenças significativas entre os genótipos. A maioria dos genótipos estudados apresenta média a alta produtividade de massa verde (PMV) e de massa seca das ramas (PMS). Devido à existência de correlação entre o comprimento da haste principal (CH) e a PMS, pode-se em futuros trabalhos mensurar o comprimento da haste visando maiores PMS. Não foram observadas diferenças significativas entre os genótipos para os teores de carboidratos solúveis das ramas emurchecidas e silagens das ramas. Foram encontradas diferenças significativas para os teores de matéria seca (MS)...

‣ Sensibilidade a herbicidas de mudas de abacaxizeiro ‘Imperial’ associadas com Piriformospora indica.; Sensitivity to herbicides of ‘Imperial’ pineapple nursery associated with Piriformospora indica.

Cruz, Lana Ivone Barreto
Fonte: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri Publicador: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
A baixa oferta de mudas sadias e com qualidade tem sido um obstáculo para o crescimento da abacaxicultura no Brasil. A formação de mudas provenientes da cultura de tecidos vem sendo apontada como a possibilidade de se obter alta quantidade de mudas e assegurar a sanidade das mesmas. Porém, na micropropagação, as mudas necessitam de um período de aclimatização, o que aumenta o tempo para a sua formação. A utilização de fungos micorrízicos pode ser a alternativa na redução do tempo de produção de mudas, porque eles podem otimizar o sistema radicular na absorção de água e nutrientes. Após o plantio das mudas em campo, o manejo de plantas daninhas é uma prática indispensável na abacaxicultura, visto que as espécies competidoras apresentam rápido crescimento e interferem negativamente no crescimento da planta. Entre os métodos de controle, a aplicação de herbicidas tem sido o mais utilizado, por se tratar de uma prática eficiente e que não danifica o sistema radicular da cultura. Diante disso, esta pesquisa foi realizada com objetivo de avaliar a associação do fungo Piriformospora indica com mudas de abacaxizeiro micropropagadas em cultivo com a aplicação de herbicidas em pré-emergência e determinar o crescimento e a absorção de nutrientes das mudas micorrizadas. Avaliou-se o crescimento in vitro de fungo P. indica em meio de cultura com aplicação dos herbicidas ametryn...

‣ Avaliação de produção e florescimento de cultivares de cenoura em duas regiões distintas do Alto Vale do Jequitinhonha, MG.; Carrot yielding and flowering on two jequitinhonha valley sites.

Pereira, Gustavo Antônio Mendes
Fonte: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri Publicador: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
O sucesso na exploração comercial de raízes de cenoura depende da escolha de cultivares com boa adaptação às condições edáficas e climáticas no local onde será cultivada e com boa aceitação pelo mercado consumidor. O objetivo do presente trabalho foi avaliar o desempenho de cultivares de cenoura no cultivo de outono-inverno em dois municípios com características edafo-climáticas distintas do Alto Vale do Jequitinhonha, MG. Os experimentos foram conduzidos na Fazenda Rio Manso, município de Couto de Magalhães de Minas, MG e no Campus JK, município de Diamantina, MG. Foram avaliadas seis cultivares de cenoura (Brasília, Nantes, Kuronan, Esplanada, Planalto e Tornado) num delineamento experimental em blocos ao acaso com três repetições. Para a evolução do crescimento, a partir do dia do desbaste (35 dias após semeadura), até o dia da colheita (100 dias após semeadura), foram avaliadas semanalmente as seguintes características: altura da parte aérea, comprimento de raiz, massa seca de raiz, massa seca total, índice de colheita e produtividade total. Estas mesmas características, acrescidas da produção comercial, foram consideradas para representarem a produção final. As cultivares que se destacaram foram Planalto...

‣ Aplicação do ácido cítrico na produção de mudas, no crescimento, estado nutricional e produtividade de café arábica.; Application of citric acid in seedlings production, growth, nutritional status and productivity of Arabica coffee.

Lemos, Vinícius Teixeira
Fonte: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri Publicador: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
A cafeicultura a partir dos anos 80 expandiu-se para solos muito intemperizados e pobres em nutrientes, o que requer aplicação de elevadas quantidades de fertilizantes, principalmente os fosfatados, além disso, passou a ser necessário se adicionar micronutrientes. Existem compostos hidrossolúveis como o ácido cítrico, que são capazes de formar complexos com Cu, Fe, Zn e Mn e favorecer sua difusão no solo, solubilizar fosfatos de Fe e Al de baixa solubilidade em solos ácidos pobres em P, aumentando a disponibilidade de P pelo bloqueio dos sítios de adsorção. Diante do intemperismo em solo de cafeeiro e da ação positiva do ácido cítrico na liberação de nutrientes no mesmo, faz-se necessário conhecer os reais efeitos desse ácido orgânico em cafeeiros jovens e em produção. Para isso, foram realizados três experimentos visando avaliar o crescimento, estado nutricional e produtividade do cafeeiro, em três estádios de desenvolvimento da planta. O primeiro experimento, visando avaliar o crescimento, qualidade e o teor nutricional de mudas de café cultivar Catuaí Vermelho IAC 99 submetidas à aplicação de ácido cítrico e concentrações de fósforo no substrato, utilizou-se do esquema fatorial (4x4), sendo o primeiro fator referente à aplicação de ácido cítrico (0...

‣ Testes de vigor para avaliação da qualidade de sementes de crambe (Crambe abyssinica Hochst).; Vigor tests assessing the quality of crambe seeds.

Cruz, Sara Michelly
Fonte: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri Publicador: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
A cultura do crambe (Crambe abyssinica Hochst) tem se destacado no cenário nacional pelo seu potencial para produção de biodiesel devido à facilidade de cultivo, qualidade do óleo e possibilidades de uso dos subprodutos da extração do óleo. Para o estabelecimento da cultura no país é necessário que sejam usadas sementes de qualidade. No entanto, as informações sobre metodologias para avaliação da qualidade de sementes dessa cultura são escassas. Dessa forma, objetivou-se adequar as metodologias dos testes de envelhecimento acelerado e condutividade elétrica para avaliação do vigor de sementes de crambe e investigar a atividade enzimática em relação às diferenças de vigor. Foram utilizados cinco lotes de sementes da cultivar FMS Brilhante das safras 2008, 2009, 2010 e 2011. Foram realizadas a caracterização morfológica de sementes e plântulas e a composição centesimal da semente de crambe. Para caracterização do perfil dos lotes realizou-se a determinação do grau de umidade e os testes de primeira contagem de germinação, germinação, índice de velocidade de germinação, emergência, estande inicial, índice de velocidade de emergência e sanidade. Foi também realizada a análise eletroforética das isoenzimas superóxido dismutase...

‣ Capacidade competitiva, seletividade de herbicidas e atividade microbiana rizosférica de mudas de Hymenaea courbaril L..; Competitive capability, selectivity of herbicides and rhizospheric microbial activity of Hymenaea courbaril L seedling.

Gandini, Elizzandra Marta Martins
Fonte: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri Publicador: Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
O presente estudo teve por objetivo avaliar mudas de Hymenea courbaril L. (jatobá) quanto: (a) à capacidade competitiva com plantas consortes e espécies daninhas referentes a alocação de matéria seca, área foliar e concentração de macronutrientes; (b) à seletividade aos herbicidas sulfentrazone e glyphosate e; (c) aos efeitos de diferentes doses de sulfentrazone sobre a atividade microbiana de substratos cultivados com as mudas. Os experimentos foram conduzidos em casa-de-vegetação, viveiro de produção de mudas e em laboratório na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), Diamantina-MG. No ano de 2009, foram conduzidos dois experimentos sendo os tratamentos compostos pela combinação de mudas de jatobá, se desenvolvendo isoladamente ou em competição com cada uma das seguintes espécies Brachiaria humidicola, Brachiaria brizantha, Brachiaria decumbens, Panicum maximum, Cajanus cajan, Canavalia ensiformis e Mucuna aterrima (experimento 1) e Cenchrus echinatus L., Bidens pilosa L., Euphorbia heterophylla L., Solanum americanum Mill e Lolium multiflorum Lam. (experimento 2), mais o cultivo isolado de cada planta daninha e consorte, por 60 dias. Além do efeito das plantas nas características de altura e matéria seca das plantas de jatobá...