Página 7 dos resultados de 398547 itens digitais encontrados em 1.188 segundos

‣ Polimorfismos dos genes TP53 e MDR-1, susceptibilidade e resposta à quimioterapia neoadjuvante em pacientes com câncer de mama; Polymorphisms of the TP53 and MDR-1 genes, susceptibility and response to neoadjuvant chemotherapy in patients with breast cancer

Mayorano, Mónica Beatriz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/03/2008 Português
Relevância na Pesquisa
35.89489%
O câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais freqüente no mundo e o mais comum entre as mulheres. A quimioterapia neoadjuvante tem sido introduzida para diminuir o tamanho do tumor, permitindo a conservação da mama e ganhando controle sobre possíveis metástases. Polimorfismos em genes envolvidos no reparo do DNA, controle do ciclo celular, apoptose e enzimas do metabolismo e eliminação de drogas, poderiam determinar a susceptibilidade individual ao câncer e a resposta ao tratamento. A proteína p53 é um fator de transcrição envolvido, entre outras funções, no processo de apoptose. Por outro lado, a glicoproteína P é uma proteína de transmembrana responsável pelo efluxo de drogas nas células. Polimorfismos do gene TP53, Arg72Pro e Pro47Ser, tem sido observado alterando o potencial de indução de apoptose; quanto ao polimorfismo C3435T do gene MDR-1, tem demonstrado sua influência sobre a atividade ou expressão da glicoproteína P. O presente trabalho teve por objetivo investigar se os polimorfismos os genes TP53 e MDR-1 na susceptibilidade de câncer de mama e na resposta a quimioterapia neoadjuvante. Para isso, 116 pacientes com câncer de mama e 120 indivíduos controles foram genotipados pela da técnica de PCRRFLP. Analisando os genes TP53 e MDR-1...

‣ Identificação de perfis de expressão de RNAs codificadores e não codificadores de proteína como preditores de recorrência de câncer de próstata; Identification of protein-coding and non-coding RNA expression profiles as prognostic marker of prostate cancer biochemical recurrence

Moreira, Yuri José de Camargo Barros
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/08/2010 Português
Relevância na Pesquisa
35.89489%
O câncer de próstata é o quinto tipo mais comum de câncer no mundo e o mais comum em homens. Fatores clínicos e anatomopatológicos atualmente usados na clínica não são capazes de distinguir entre a doença indolente e a agressiva. Existe uma grande necessidade de novos marcadores de prognóstico, a fim de melhorar o gerenciamento clínico de pacientes de câncer de próstata. Além das anormalidades em genes codificadores de proteínas, alterações em RNAs não codificadores (ncRNAs) contribuem para a patogênese do câncer e, portanto, representam outra fonte potencial de biomarcadores de câncer de próstata. Entretanto, até o momento, poucos estudos de perfis de expressão de ncRNAs foram publicados. Este projeto teve como principal objetivo identificar perfis de expressão de genes codificadores e não codificadores de proteína correlacionados com recorrência de tumor de próstata, a fim de gerar um perfil prognóstico com potencial uso como biomarcadores e elucidar o possível papel de ncRNAs no desenvolvimento do câncer. Para isso, foram analisados os perfis de expressão de genes codificadores e não codificadores de proteína de um conjunto de 42 amostras de tecido tumoral de câncer de próstata de pacientes de amostras de pacientes submetidos à prostatectomia radical...

‣ Capacidade funcional e qualidade de vida de mulheres com câncer de mama após o tratamento oncológico; Functional Capacity and Quality of Life in women with breast cancer after breast cancer treatment

Vendrusculo, Leticia Meda
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/05/2011 Português
Relevância na Pesquisa
35.89489%
Estudo descritivo, quantitativo que teve como objetivo comparar a Capacidade Funcional de mulheres com câncer de mama, que realizaram tratamento oncológico (G1), com a de mulheres que nunca apresentaram diagnóstico de câncer (G2), e identificar se a qualidade de vida de mulheres com neoplasia mamária correlaciona-se com a capacidade funcional. O G1 foi composto por 42 mulheres submetidas ao tratamento para o câncer de mama, até um ano do período da coleta de dados, e que frequentavam um núcleo de reabilitação. O G2 foi composto por 42 mulheres, pareadas com o G1, por idade e nível sócio-econômico. A coleta de dados se deu no período de janeiro a julho de 2009. Os instrumentos utilizados para a comparação da Capacidade Funcional foram Índice de Katz e Índice de Lawton, e para a Qualidade de Vida, o EORTC QLQ-C30 e EORCT QLQ-BR23. Os resultados mostraram que o G1 apresentou leve comprometimento nas condições físicas, como fadiga, imagem corporal, função sexual, função física e sintomas na mama e no braço, e moderadas alterações psicossociais na função emocional e nas atividades de lazer e de participação social, comprometendo, assim, sua QV. A comparação entre G1 e G2 mostrou que o tratamento oncológico prejudicou muito a realização das AIVDs das integrantes do G1...

‣ Sexualidade e imagem corporal de mulheres com câncer de mama; Sexuality and body image in women with breast cancer

Santos, Daniela Barsotti
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/10/2012 Português
Relevância na Pesquisa
35.89489%
Introdução: A sexualidade é uma construção que envolve normas culturais, sexo, corporeidade e gênero. Ela faz interface com a imagem corporal e é produto e produtora da medicalização. Tais elementos interagem entre si e formam diferentes configurações no contexto social e individual, ao longo do tempo. Nesse sentido, o acometimento pelo câncer de mama transforma a sexualidade e a imagem corporal da mulher. Propomos com este estudo contribuir para a compreensão de aspectos psicossociais de mulheres, após o câncer de mama, para a atenção integral à saúde da mulher. Objetivo: Compreender as repercussões do processo diagnóstico e de tratamento, na sexualidade e na imagem corporal, da mulher com câncer de mama. Métodos utilizados: O estudo de abordagem qualitativa embasou-se na Teoria dos Scripts Sexuais que propõe explicar os processos pelos quais as pessoas organizam suas condutas sexuais pela interação entre cenários culturais, scripts interpessoais e scripts da subjetividade. Foram realizadas entrevistas individuais com roteiro semiestruturado; grupos focais e atividade grupal temática, que foram audiogravados e transcritos integralmente. O material foi categorizado, triangulado e analisado segundo conteúdo temático. Cada categoria foi relacionada a um determinado nível dos scripts sexuais. Resultados: 36 mulheres entre 36 e 76 anos participaram do estudo. A maioria mantinha um relacionamento...

‣ Prevalências e características clínico-epidemiológicas do câncer bucal e de cabeça e pescoço no Hospital Estadual de Bauru/SP; Prevalence and clinical and epidemiological characteristics of oral cancer and head and neck in the state hospital Bauru/sp

Figueiredo, Andréa Mendes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/05/2013 Português
Relevância na Pesquisa
35.89489%
O câncer tem sido considerado uma doença de países desenvolvidos e em desenvolvimento, sendo que a maior parte do ônus global do câncer é observada nos países em desenvolvimento, convertendo-se em um evidente problema de saúde pública mundial. Devido a sua alta incidência, prevalência e mortalidade, o câncer de cabeça e pescoço, é considerado um dos principais tumores no Brasil e no mundo, sendo o câncer bucal um dos tipos mais incidentes, correspondendo a 10% de todos os tumores malignos, com aproximadamente 390.000 novos casos a cada ano. As taxas de incidências variam conforme as regiões do Brasil, tendo a região sudeste e sul as maiores taxas de incidência do mundo, sendo a região sudeste responsável por 42% do número total de casos o Brasil. Os fatores de risco são tabagismo, alcoolismo, hábitos alimentares, radiação solar, vírus, idade, sexo, irritação mecânica/química, nível socioeconômico além de fatores genéticos. Embasados neste contexto, o objetivo deste estudo foi verificar a prevalência, perfil clínico e epidemiológico do câncer bucal e de cabeça e pescoço de pacientes registrados no Hospital Estadual de Bauru/SP, um hospital público no interior do estado de São Paulo, através de revisão de prontuários no período de junho de 2008 à janeiro de 2011...

‣ Função do sistema estomatognático em indivíduos dentados após tratamento de câncer de cabeça e pescoço comparados com indivíduos saudáveis; Function of the stomatognathic system in dentate after treatment of head and neck cancer compared with healthy subjects

Dante, André Mario Maia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/10/2013 Português
Relevância na Pesquisa
35.89489%
O câncer é considerado uma doença genética, extremamente complexa, que resulta de alterações concomitantes em genes geralmente relacionados à proliferação, diferenciação e morte celular. Os tumores de cabeça e pescoço englobam ampla variedade de neoplasias malignas que tem origem na mucosa do segmento aerodigestório superior, sendo responsável por cerca de 5% de todos os novos tumores diagnosticados. A Odontologia desempenha hoje um papel importante nas diferentes fases terapêuticas contra o câncer, seja na fase que antecede a cirurgia, em que uma avaliação prévia poderá reduzir de forma efetiva complicações oriundas de processos infecciosos ou inflamatórios crônicos, de origem bucal, que podem exacerbar após o tratamento cirúrgico, seja na prevenção das sequelas bucais que ocorrem durante e após o tratamento por radioterapia, como a osteorradionecrose dos tecidos da região irradiada. Esse estudo teve como objetivo avaliar, bilateralmente, por meio da eletromiografia (EMG), o padrão de comportamento (morfológico e funcional) da atividade dos músculos masseter e temporal nas condições clínicas de Repouso, Protrusão, Lateralidades direita e esquerda, Máxima Intercuspidação Habitual (MIH) e Mastigação com Parafilme M®. Avaliou também a espessura muscular por meio da ultrassonografia no Repouso e na Máxima Intercuspidação Habitual (MIH) e a força de mordida molar máxima direita e esquerda de dez indivíduos dentados totais...

‣ Conhecimento, atitude e pratica relacionados a sexualidade de mulheres tratadas de cancer genital

Milzen Jessel Lavander Giatti
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2005 Português
Relevância na Pesquisa
35.89489%
Objetivos - estudar alguns aspectos relacionados à sexualidade e avaliar o perfil sódio-demográfico de mulheres tratadas de câncer genital e compará-las com um grupo de mulheres sem câncer. Sujeitos e métodos - estudo de corte transversal, comparativo, tipo inquérito CAP ? Conhecimento, Atitude e Prática. No período de julho de 2002 a março de 2004, 260 mulheres foram entrevistadas, 130 anteriormente tratadas de câncer ginecológico e 130 sem antecedente de câncer, pareadas por idade e por domicílio. Foi idealizado um questionário estruturado, com perguntas pré-codificadas e abertas, cujas respostas foram armazenadas num banco de dados, utilizando-se o software EPI-INFO 6,04b. Para o processamento e análise das informações foram construídas tabelas de contingência com freqüências absolutas e relativas. A associação entre as variáveis foi avaliada através dos testes de qui-quadrado de Pearson ou exato de Fisher. Para a análise do conhecimento e da atitude criaram-se indicadores através de média aritmética das respostas corretas, cujos valores foram comparados na variável dependente através do teste de Mann-Whitney, e a diferença estatística de acertos de cada questão estudada através do teste exato de Fisher. Resultados - A idade média das mulheres foi de 56...

‣ Avaliação do potencial de uso dos perfis genotipicos de GSTP1, GSTO1 e P53 como marcadores de presiposição ao cancer da tireoide e como preditores de resposta ao tratamento; Evaluation of the potential use of GSTP1, GSTO1 and p53 genotype profiles as markers of thyroid cancer predisposition and response to treatment

Fabiana Granja
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/08/2005 Português
Relevância na Pesquisa
35.89731%
O desenvolvimento de métodos moleculares de rastreamento de indivíduos com risco de desenvolver câncer entre os portadores de nódulos na tiróide é uma questão urgente de Saúde Pública. O objetivo deste trabalho é analisar a utilidade do perfil genotípico de GSTP1, GSTO1 e p53 na identificação de risco para câncer de tiróide e na sua resposta terapêutica. Comparamos amostras de sangue periférico de 157 controles com 142 indivíduos com nódulos: 44 benignos (30 bócios e 14 adenomas foliculares- AF) e 98 malignos (77 carcinomas papilíferos- CP e 21 carcinomas foliculares- CF). Todos os pacientes foram tratados e seguidos de acordo com o mesmo protocolo. Os pacientes com câncer da tiróide apresentavam mais freqüentemente os polimorfismos de GSTP1 (câncer = 27.5% versus controle = 5.7% - p<0.0001) e os polimorfismos do códon 72 de p53 (câncer =12.2% versus controle =2% - p<0.001) do que na população controle. Não houve diferença entre pacientes e controles em relação ao perfil do gene GSTO. Estes genótipos variantes conferiram um aumento de risco para câncer de tiróide de mais de 7 vezes, tanto para GSTP1 (Odds ratio= 7.415; 95% CI: 2.472-22.243) como para o códon 72 de p53 (Odds ratio=7.023; 95% CI: 1.928-25.588). Os polimorfismos em GSTP1 e códon 72 p53 identificam câncer com sensibilidade de 75% e 80% e especificidade de 68% e 63%...

‣ A Mulher com câncer de mama do sintoma ao tratamento

Rosa, Luciana Martins da
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 182 p.| il., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
35.89731%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2011; Este estudo utilizou como métodos de investigação revisão integrativa, pesquisa qualitativa e pesquisa descritiva, para atender aos objetivos propostos: identificar nas publicações da LILACS, SciELO e PubMed, período 2004-2009, fatores contribuintes para a elevação das taxas de sobrevida em cinco anos e de sobrevida livre de doença de mulheres com câncer de mama; analisar fatores condicionantes associados ao estadiamento avançado do câncer de mama; analisar o intervalo de tempo, entre as etapas diagnósticas e terapêuticas, do sintoma ao tratamento adjuvante de mulheres com câncer de mama; conhecer o significado do câncer de mama, na percepção da mulher, no intervalo de tempo do sintoma da doença ao tratamento adjuvante; conhecer o itinerário terapêutico adotado pelas mulheres com câncer de mama, no intervalo de tempo do sintoma da doença ao tratamento adjuvante. O referencial teórico utilizado foi o Sistema de Cuidados à Saúde e publicações científicas que compõe a introdução e a revisão integrativa deste estudo. A coleta de dados ocorreu de maio a dezembro de 2010. Foi realizada em 24 prontuários de mulheres com câncer de mama...

‣ Influência da imagem corporal na autoestima de mulheres em tratamento do câncer de mama; Influence of body image in self-esteem in women in treatment of breast cancer

Prates, Ana Carolina Lagos
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde (FM); Faculdade de Medicina - FM (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde (FM); Faculdade de Medicina - FM (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
35.89731%
Breast cancer is the most common disease in the female population, accounting for 22 % of new cases each year. In this sense, prevention is the best way to prevent disease. Are preventive measures for breast cancer: control of obesity, prátiva physical activity, not smoking, keeping the body in good nutritional status, avoid alcohol, do clinical examination, perform the breast self-exam and mammography often. Breast cancer causes doubts and distress in relation to body image, the maternal function, sexuality, conjugal love, life project and consideration of herself. Thus, body image impacts the self-esteem of these women in treatment. Objective: investigate the self-esteem of women with and without breast cancer, related to body image. Methods: A quantitative, case-control study in which 90 women with breast cancer were evaluated in the case group and 77 women without breast cancer in the control group. The study took place from March 2011 to February 2013. For data collection, the instrument of satisfaction with body image (ESIC) and the Rosenberg self-esteem questionnaire were used. SPSS version 16.0 - For statistical analysis, the Statistical Package for the Social Sciences software was used. Results: Compared to the women without breast cancer...

‣ Non-pharmacological interventions for cancer-related fatigue in men treated for prostate cancer: a systematic review

Larkin, D.; Lopez, V.; Aromataris, E.
Fonte: Joanna Briggs Institute Publicador: Joanna Briggs Institute
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
35.89489%
BACKGROUND Cancer-related fatigue is the most common, distressing complaint reported by cancer patients and the most frequently reported long-term side effect of treatment for prostate cancer. Despite this, cancer-related fatigue has not received serious attention from health professionals or researchers, particularly in relation to men with prostate cancer. It is important for healthcare professionals to understand effective non-pharmacological interventions for treating cancer-related fatigue. OBJECTIVE To synthesize the best available evidence on the effectiveness of non-pharmacological interventions for managing cancer-related fatigue in men with prostate cancer who are undergoing or have completed treatment. INCLUSION CRITERIA : TYPES OF PARTICIPANTS This review considered men with prostate cancer (regardless of staging, any previous treatment or co morbidities), aged 18 years and over who were undergoing any treatment, or had completed any treatment for prostate cancer within the previous 12 months. TYPES OF INTERVENTIONS This review considered non-pharmacological interventions, including exercise, diet modification, counselling, education, and cognitive behavioral therapy, using other non-pharmacological interventions or standard care as comparators. TYPES OF OUTCOMES Fatigue...

‣ Role of annexin A2 in ovarian cancer metastasis.

Lokman, Noor Alia
Fonte: Universidade de Adelaide Publicador: Universidade de Adelaide
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
35.89731%
Ovarian cancer is the most lethal gynaecological cancer. We identified annexin A2 to be modulated in the co-culture of ovarian cancer and peritoneal cells in vitro. Annexin A2, a calcium phospholipid binding protein, has been characterized in many malignancies and mediates various cellular functions such as cell motility, invasion, proliferation, angiogenesis and cell adhesion. Annexin A2 heterotetramer consists of annexin A2 and S100A10 monomers on the cell surface and plays an important role in the plasminogen activator system that enhances cancer cell invasion and metastasis. The aim of this Ph D thesis was to investigate the role of annexin A2 in ovarian cancer metastasis using in vitro and in vivo ovarian cancer models. Annexin A2 expression was characterized in serous ovarian cancer cell lines and human serous ovarian cancer tissues. Annexin A2 inhibitors were used to evaluate the effects of annexin A2 on ovarian cancer cell motility, invasion and adhesion to the peritoneal cells. Furthermore, annexin A2 neutralizing antibodies were used to examine the role of annexin A2 in tumour invasion and metastasis using a chick chorioallantoic membrane (CAM) assay and an intraperitoneal xenograft mouse model. We evaluated whether annexin A2 can be used as a diagnostic marker by measuring blood annexin A2 levels in serous ovarian cancer patients. Moreover...

‣ The effect of chemotherapy on cognition in patients with and survivors of colorectal cancer.

Giles, Kristy Diane
Fonte: Universidade de Adelaide Publicador: Universidade de Adelaide
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
35.89489%
This thesis has explored the phenomenon that has been described as chemotherapy-related cognitive impairment (CRCI), both in the wider cancer patient population, as well as looking specifically at patients being treated for colorectal cancer. CRCI refers to the situation in which treatment with chemotherapy for cancer leads to a subsequent decline in the cognitive functioning of affected patients, evident in both self-report data and the results of psychological testing. Four studies have been completed. The first study was a meta-analysis of the literature published up until 2010, which investigated the effect of treatment with chemotherapy on cognitive functioning across a number of different types of cancer. This study found that, although CRCI has been well documented as occurring in patients treated with chemotherapy for breast cancer, research is lacking in relation to other types of cancer, in particular colorectal cancer. This outcome justified the research that followed; the specific focus of which was to evaluate the effect of chemotherapy on cognition in patients with colorectal cancer. Following the meta-analysis, a primary research study was conducted to assess the effect of chemotherapy on cognition in patients treated for colorectal cancer. This study comprised four sample groups...

‣ Eficacia de la terapia láser de baja potencia en el tratamiento del linfedema de miembro superior secundario al tratamiento de cáncer de mama: revisión sistemática cualitativa. Propuesta de un protocolo de investigación

López de la Fuente, Verónica
Fonte: Universidade de Alcalá Publicador: Universidade de Alcalá
Tipo: info:eu-repo/semantics/bachelorThesis; info:eu-repo/semantics/acceptedVersion Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
35.89731%
Antecedentes: Actualmente, el cáncer de mama es el segundo tipo de cáncer más común entre las mujeres, sin contar el cáncer de piel no-melanoma. Su incidencia aumenta cada año entre el 1 y el 2%. El tratamiento médico, consistente en cirugía y terapias coadyuvantes, daña y obstruye las vías de drenaje linfáticas axilares desencadenando, en la mayoría de las mujeres, el linfedema de miembro superior (LMS). Este edema crónico de origen linfático ocasiona algún grado de deformidad estética, incomodidad física (dolor, pesadez, tirantez) e incluso invalidez del miembro superior afecto y trastornos psicológicos (ansiedad, depresión y estrés emocional). Existen diversas terapias conservadoras y técnicas fisioterapéuticas para el tratamiento del linfedema de miembro superior secundario a la cirugía mamaria y/o tratamiento coadyuvante, destacando la fisioterapia descongestiva compleja (FDC) como la principal y la más importante técnica de tratamiento para esta patología asociada al cáncer de mama. En los últimos años, la terapia láser de baja potencia (LPLT) se ha incluido en el abordaje del LMS. Sin embargo, pocos estudios precisan cuál es el tipo de LPLT y parámetros que tienen una eficacia óptima en el tratamiento de esta identidad crónica. Objetivos: El objetivo de este trabajo es conocer la eficacia de la LPLT y los efectos que ésta produce en el abordaje del LMS secundario a las diferentes terapias médicas del cáncer de mama. Material y métodos: Se realizaron búsquedas a través de los metabuscadores electrónicos de la Universidad de Alcalá (España) y la Universidad Mälardalens Högskola (Suecia) en las principales bases de datos de ciencias de la salud...

‣ Oncología y ontología un análisis semiótico-material del cáncer /

Castillo Sepúlveda, Jorge
Fonte: [Bellaterra] : Universitat Autònoma de Barcelona, Publicador: [Bellaterra] : Universitat Autònoma de Barcelona,
Tipo: Tesis i dissertacions electròniques; info:eu-repo/semantics/doctoralThesis Formato: application/pdf
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
35.89731%
El fin del siglo XX ha visto la transformación radical de las prácticas de investigación e intervención biomédicas. Una serie de procesos han configurado un nuevo escenario para el abordaje de enfermedades de difícil tratamiento. A la base, puede encontrarse la proliferación de colectivos que participan en la producción de evidencia que orientan las decisiones clínicas, la construcción de plataformas de trabajo colaborativo y la introducción de nuevas entidades que reconfiguran y coordinan la relación entre los actores comprometidos. Ello ha implicado la redefinición del campo de actividades bioclínicas y, a su vez, la transformación del significado de las enfermedades en sí mismas. Entre las aquellas mayormente articuladas por este proceso se encuentra el cáncer. Esta investigación aborda el cáncer y lo hace considerando los entramados de relaciones heterogéneas que constituyen este fenómeno como un objeto biomédico. En tal sentido, nos hemos propuesto describir y analizar el carácter semiótico-material del cáncer, dando cuenta del diverso tipo de actores que participan en su definición como entidad médica, además de sus implicancias sociales y materiales. Para hacerlo, hemos adoptado la perspectiva analítica de la teoría del actor-red...

‣ Generación y validación de un modelo animal ortotópico de cáncer de endometrio

Cabrera Díaz, Silvia
Fonte: [Barcelona] : Universitat Autònoma de Barcelona, Publicador: [Barcelona] : Universitat Autònoma de Barcelona,
Tipo: Tesis i dissertacions electròniques; info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
35.89731%
Introducción El cáncer de endometrio es el más frecuente de los tumores infiltrantes del tracto genital inferior femenino. El adenocarcinoma endometrioide representa el 80% de todos los carcinomas de endometrio. Otros tipos histológicos menos frecuentes son el seroso o el de célula clara. Los tumores de endometrio se clasifican en dos grandes grupos en función de variables clínicas, histopatológicas y de su perfil de alteraciones moleculares: el cáncer de endometrio endometrioide o tumores tipo I, y cáncer de endometrio no endometrioide o tumores tipo II. El síntoma guía del cáncer de endometrio es el sangrado vaginal, que está presente en el 90% de los casos. El tratamiento primario es quirúrgico, lo que permite un correcta estadificación de la enfermedad. La radioterapia externa es el tratamiento adyuvante que ha demostrado mejores resultados, disminuyendo la tasa de recurrencias loco-regionales. La quimioterapia está indicada en casos avanzados al diagnóstico o en las recidivas. Existen diferentes modelos animales preclínicos para terapias experimentales oncológicas. Los de inoculación pueden ser ectópicos, si se desarrollan mediante la implantación de células o de tejido tumoral fuera del órgano en el que producen el tumor en el humano...

‣ Familial relative risks for breast cancer by pathological subtype: a population-based cohort study

Mavaddat, Nasim; Pharoah, Paul D. P.; Blows, Fiona; Driver, Kristy E.; Provenzano, Elena; Thompson, Deborah J.; MacInnis, Robert J.; Shah, Mitul; (SEARCH), Studies of Epidemiology and Risk factors in Cancer Heredity; Easton, Douglas F.; Antoniou, Antonis
Fonte: Universidade de Cambridge Publicador: Universidade de Cambridge
Tipo: Article; Published Version
Português
Relevância na Pesquisa
35.89489%
RIGHTS : This article is licensed under the BioMed Central licence at http://www.biomedcentral.com/about/license which is similar to the 'Creative Commons Attribution Licence'. In brief you may : copy, distribute, and display the work; make derivative works; or make commercial use of the work - under the following conditions: the original author must be given credit; for any reuse or distribution, it must be made clear to others what the license terms of this work are.; Abstract Introduction The risk of breast cancer to first degree relatives of breast cancer patients is approximately twice that of the general population. Breast cancer, however, is a heterogeneous disease and it is plausible that the familial relative risk (FRR) for breast cancer may differ by the pathological subtype of the tumour. The contribution of genetic variants associated with breast cancer susceptibility to the subtype-specific FRR is still unclear. Methods We computed breast cancer FRR for subtypes of breast cancer by comparing breast cancer incidence in relatives of breast cancer cases from a population-based series with known estrogen receptor (ER), progesterone receptor (PR) or human epidermal growth factor receptor 2 (HER2) status with that expected from the general population. We estimated the contribution to the FRR of genetic variants associated with breast cancer susceptibility using subtype-specific genotypic relative risks and allele frequencies for each variant. Results At least one marker was measured for 4...

‣ Câncer colo-retal hereditário não polipose - Diagnóstico e surgimento de famílias de alto risco; Hereditary nonpolyposis colorectal cancer identification and surveillance of high-risk families

Silva, Roberta Vasconcelos e; Garicochea, Bernardo; Cotti, Guilherme; Maranho, Isabel Cristina; Cutait, Raul
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2005 Português
Relevância na Pesquisa
35.89731%
O câncer colo-retal hereditário não polipose é uma síndrome genética caracterizada por uma susceptilidade aumentada para certos tipos específicos de câncer, especialmente o câncer colo-retal. Ao nível molecular, a síndrome caracteriza-se pela herança autossômica dominante de mutações em genes envolvidos em um mecanismo de reparo do DNA dirigido para defeitos em trocas, ganhos ou perdas de um número de pequeno de bases, chamado de sistema de reparo de erros de pareamento. Os genes mais comumente afetados em câncer colo-retal hereditário não polipose são hMLH1 e hMSH2, e sua inativação destina a célula portadora à acumulação de mutações, uma condição conhecida como fenótipo de erro de replicação. Estas mutações múltiplas serão transmitidas e amplificadas em células-filhas e sua identificação pode ser feita por meio da identificação de distúrbios em seqüências repetidas de DNA chamadas de microssatélites. Células portadoras de defeitos deste tipo em seus microssatélites apresentam um fenótipo denominado de instabilidade de microssatélites (também denominado fenótipo MSI). Por meio da detecção destes defeitos genéticos é possível, presentemente, a realização de um diagnóstico preciso de câncer colo-retal hereditário não polipose...

‣ Communicating About Costs: A qualitative analysis to understand the out-of-pocket financial burden associated with cancer care

Harris, Jessica R.
Fonte: Universidade Duke Publicador: Universidade Duke
Tipo: Masters' project
Publicado em 20/04/2012 Português
Relevância na Pesquisa
35.89731%
EXECUTIVE SUMMARY Policy Question In the context of the Affordable Care Act, what factors create financial burden for female breast cancer patients eligible for Medicare? Specifically, how can LIVESTRONG, a leading cancer advocacy organization, minimize the individual burden from out-of-pocket costs? Recommendations The goal of this study was two-fold: 1) develop recommendations to target LIVESTRONG ‘s research about the practical concerns of survivorship, and 2) improve the effectiveness and impact of LIVESTRONG’s navigation services. Correspondingly, my recommendations are separated into these two categories. Past research on patient-provider communication, medical decision-making, and cost-effectiveness precede this work. All recommendations were evaluated using the criteria of minimizing implementation costs, and maximizing collaboration and buy-in among stakeholders, and maximizing applicability to clients of diverse backgrounds. Further Research 1. Conduct market research to develop a segmented approach to assist different client groups. OOP costs are a universal challenge. However, different types of individuals (age, gender, race, socio-economic position, insurance type, etc.) access information in different ways. These groups likely have different coping strategies and varying comfort levels in discussing costs. The Medicare population in this study...

‣ Study of the role of retinoic acid signaling in colon cancer

Gupta, Anindita
Fonte: University of Delaware Publicador: University of Delaware
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
35.89489%
Kirk Czymmek; Bruce Boman; Stem cells in normal and cancer tissues have been studied using different markers developed over the past few years such as ALDH1, CD34, CD133 and many others. Other approaches to identifying stem cells are based on their nuclear morphology and chromosomal organization. Dr. Gostjeva from MIT proposed that stem cells have bell-shaped nuclei (Gostjeva et al. 2009). Cells having this nuclear morphology are called metakaryotes. They undergo amitotic cell division instead of mitosis. These metakaryotic cells are thought to have stem cell properties (stemness) and have been seen more in fetal tissues and in cancers. Fetal mouse intestine and normal and cancer tissue of colon were used in my project to study metakaryotes. A fetal human colon cell line (FHC) was also studied. Different histologic techniques were used to study the presence of this nuclear morphology. While a few cells with bell shaped nucleus could be identified using the Gostjeva protocol, no metakaryotes were detected with any other approach studied. Immunostaining showed that the stem cell marker ALDH1 is expressed in fetal mouse tissue and in the FHC cell line, but no cells were found in these tissues having bell shaped nuclear morphology. These results suggest that the identification of cells with a bell shaped nucleus is dependent on the histologic method and that Gostjeva protocol may affect nuclear morphology. Retinoid receptors are members of a nuclear hormone receptor family of proteins and are regulators of retinoid acid (RA) signaling pathways. Two types of retinoid receptors that regulate RA signaling are retinoid acid receptors (RAR) and retinoid X receptor (RXR). Both these receptor types are important for normal retinoid acid signaling and homeostasis of cells. Retinoic acid signaling plays a vital role during embryonic development by regulating stem cell function and is also crucial for normal functioning of different types of adult cells. Dysregulation of retinoic acid signaling has been reported in different types of cancer. Retinoic acid signaling is important for proper proliferation and differentiation of cells because of its role in cell cycle arrest. Retinoic acid derivatives (ATRA and 9-cis RA) are necessary signaling molecules for the activation of this pathway. They act via binding to retinoid receptors. Retinoid receptors are not only important for retinoic acid signaling...