Página 9 dos resultados de 1181 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

‣ O impacto da adopção das NIC/NIRF nas micro e PME`s portuguesas

Pires, Amélia M.M.; Rodrigues, Fernando J. P. A.
Fonte: AECA - Associación Española de Contabilidad y Administración Publicador: AECA - Associación Española de Contabilidad y Administración
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Português
Relevância na Pesquisa
26.73595%
O presente trabalho procura evidenciar os aspectos relevantes da informação financeira que deve ser produzida pelas entidades, em função da dimensão, numa época em que a Europa se encontra numa fase de ajustamento dos modelos contabilísticos de cada país ao modelo acolhido pela Comissão Europeia. Para tanto procurámos evidenciar o efeito que a estrutura empresarial portuguesa, assente em micro e pequenas empresa, tem na concepção de um novo modelo e, também, as condições da sua adaptação. Nesse enquadramento equacionámos as principais alterações entre o modelo actual e o modelo proposto, de modo a poder-se compreender e estimar os efeitos previsíveis na produção da informação financeira e na mudança de comportamentos e de paradigma contabilístico.

‣ Os sistemas de controlo de gestão nas empresas de sectores tradicionais na região de Trás os Montes

Fernandes, António B.; Ribeiro, Nuno A.; Nogueira, Sónia P.
Fonte: Universidad de Vigo Publicador: Universidad de Vigo
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Português
Relevância na Pesquisa
26.73595%
A criação/desenvolvimento de empresas é frequentemente apontada como uma estratégia viável para o desenvolvimento das regiões. Para este fim, as empresas dispõem de vários instrumentos entre os quais os SCG - Sistemas de Controlo de Gestão. Estes são considerados como importantes instrumentos para o crescimento e desenvolvimento das empresas incluindo PME. Assim, pretende-se com o presente trabalho avaliar o sistema de controlo de gestão existente nas empresas dos setores de atividade tradicionais da região de Trás-os-Montes. Para o efeito, após uma revisão da literatura, procede-se a um estudo empírico com base em dados primários de uma amostra de 7 empresas, recorrendo ao questionário com 3 grupos de questões. Os resultados vão de encontro ao esperado, ou seja, nem todas as empresas possuem SCG e as que não possuem não tencionam implementar esse sistema no curto prazo. Verifica-se alguma indiferença, relativamente à performance das empresas que possuem SCG.

‣ O papel das sociedades de garantia mútua no apoio ao financiamento

Oliveira, Américo do Carmo Ferrão de
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
26.73595%
A actividade bancária actua hoje num ambiente de incerteza e constantes mudanças, exigindo a todos os intervenientes uma enorme capacidade de adaptação às novas necessidades e exigência das entidades reguladoras. As novas regras de Basileia III, que obrigam os bancos a ter de aumentar significativamente o nível de capital de qualidade que precisam de manter, sob a forma de reservas, para se tornarem mais resistentes a crises financeiras, fixando limites mínimos de solvabilidade, só vêm criar mais um desafio a esta actividade, já por si só fragilizada, face à actual crise económica mundial instalada. A Garantia Mútua insere-se num conjunto de instrumentos financeiros vocacionados fundamentalmente para a facilitação do financiamento das PME. É um instrumento com grande tradição em muitos países da Europa continental e que foi introduzido em Portugal em 1994. As SGM especializam-se na concessão de garantias para vários fins, resultando o seu carácter mutualista do facto de apenas o fazerem em favor de empresas que se tornem suas accionistas.; Trabalho profissionalizante do mestrado em Gestão, apresentado à Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, sob a orientação de António Marques Mendes.

‣ Previsão de insolvência nas PME : o setor alimentar (CAE 101 - Rev. 3)

Alves, Ana Catarina Oliveira
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
26.73595%
Contribuir para a melhoria do tecido empresarial é sempre um fator fulcral. Em tempos de crise, urge manter as empresas em atividade. A insolvência é a maior ameaça que uma empresa pode ter. Trata-se de um processo lento onde a degradação dos indicadores económico-financeiros são um prenúncio revelador desta situação. Os modelos de previsão de insolvência assumiram uma maior relevância a partir da década de 60 do século XX e a literatura atribui maior relevância ao estudo de Altman. Esta investigação tem por objetivo o desenvolvimento de um modelo de previsão de insolvência para o setor alimentar com o CAE 101 – Rev.3. Deste modo, é efetuada a seleção de 36 rácios económico-financeiros para, através da análise discriminante obter um modelo de previsão, cuja capacidade de discriminação é de 90.3% para um ano antes da insolvência e de 91.3% para dois anos antes da insolvência. São analisadas 31 empresas insolventes, (selecionadas com base no facto de ter sido requerida ou declarada a insolvência no período em análise, de 2007 a 2010) emparelhadas com 31 empresas solventes (com um rácio de autonomia financeira igual ou superior a 45%, a mesma forma jurídica, um volume de negócios e número de empregados semelhantes)...

‣ Business intelligence no contexto de uma PME

Amarante, Raquel Raposo
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
26.73595%
No atual ambiente cada vez mais desafiante que envolve os negócios, torna-se fundamental para as empresas o acesso a mais e melhor informação, na tentativa de conhecer bem esse ambiente que as rodeia. O objetivo é, portanto, a maximização do conhecimento através do planeamento cuidado, e da gestão criteriosa da informação e dos dados disponíveis. O recurso a sistemas Business Intelligence (BI) e às suas ferramentas têm mostrado eficiência no que respeita à necessidade das empresas se manterem constantemente atualizadas, rentabilizando o seu tempo e melhorando os seus processos, através da tomada de decisão mais consciente e direcionada. O presente relatório decorre da realização do Estágio Curricular realizado no Grupo Aníbal Oliveira Cristina (AOC) de 16 de Setembro a 7 de Fevereiro de 2014, com vista à obtenção do grau de Mestre. Nele é dado ênfase ao Business Intelligence, fazendo a ponte entre aquilo que o desenvolvimento tecnológico tem permitido, nomeadamente o aumento exponencial do volume de dados, o acesso a informação relevante para tomada de decisão em tempo real e a aliança entre as aplicações de BI e os dispositivos móveis, e a forma como esse desenvolvimento pode ser aplicado à realidade de uma Pequena e Média Empresa (PME). No caso concreto do Grupo AOC...

‣ Eficiência da gestão do fundo de maneio e rendibilidade : o caso das PME portuguesas

Pais, Maria Amélia de Almeida Nunes Canelas
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
26.73595%
À semelhança das outras economias europeias, o segmento das pequenas e médias empresas constitui, no mercado português, o principal gerador de emprego e produção, assumindo-se como pilar das estruturas empresariais. Estas empresas, na sua grande maioria com atividade económica essencialmente desenvolvida no mercado interno, perante a atual conjuntura de crise económica e financeira internacional sentem, de forma mais marcada, a diminuição da procura e das alternativas externas de financiamento. Estas suas características particulares tornam-nas mais dependentes do crédito comercial e do financiamento a curto prazo sendo pois da maior importância, que apostem numa mais eficiente gestão do seu fundo de maneio. Neste contexto, e com o objetivo de fornecer evidências empíricas sobre os efeitos da gestão do fundo de maneio na rendibilidade das PME portuguesas usou-se, para realizar um estudo através da metodologia de dados em painel, uma amostra de 6065 empresas, no período temporal de 2002 a 2009. Os resultados obtidos por técnicas fundamentais de dados em painel indicam que a redução dos prazo médio de pagamento, prazo médio de recebimento e prazo médio de inventário se encontram associadas a uma maior rendibilidade das empresas. Também para controlar possíveis efeitos de endogeneidade...

‣ Os regimes simplificados em sede de Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Coletiva (IRC) : análise comparativa entre Portugal e Espanha

Madeira, Marisa Paulos
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
26.73595%
Atualmente, as Pequenas e Médias Empresas apresentam um papel fundamental no desenho da estratégia de desenvolvimento e competitividade de cada país. Neste sentido, não sendo Portugal uma exceção, a Comissão de Reforma do IRC propôs uma medida com vista a aumentar a competitividade desta categoria de empresas. Assim, aprovado em 2014, através da Lei 2/2014, o reestruturado Regime Simplificado de Tributação (RST) configura-se como um regime optativo ao Regime Geral de Tributação (RGT), enquadrado na avaliação indireta, que pretende tributar o rendimento real presumido e não o rendimento real efetivo (ambos baseados na Contabilidade). Através de uma análise comparativa baseada no CIRC – Portugal – e no Código del Impuesto sobre Sociedades (CIS) – Espanha –, o presente Relatório de Estágio visa numa primeira fase caracterizar cada um destes regimes e posteriormente proceder à sua confrontação, retirando conclusões acerca das suas principais semelhanças e diferenças. Deste modo, a análise encontrar-se-á enriquecida por um panorama externo, não se centrando apenas em conclusões acerca da realidade portuguesa. Da análise ao Regime Especial de Incentivos Fiscais para Pequenas Empresas (REIF-PE), presente em Espanha...

‣ A aplicação do Balanced Scorecard nas pequenas e médias empresas

Sousa, Sara Fernanda Lucas
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
26.73595%
O processo de tomada de decisão é uma das fases mais importantes da gestão, pois é através da decisão que se define o futuro de uma organização. Este processo tem de estar devidamente fundamentado antes da sua implementação, com informação precisa e oportuna. Os tradicionais sistemas de informação, por sofrerem de algumas insuficiências, não se mostraram à altura do desafio que se exige. Deste modo, o Balanced Scorecard surge como uma solução exequível, pois apresenta-se como um instrumento de controlo de gestão que serve de apoio à implementação e controlo duma estratégia previamente definida, baseada na formulação de objetivos, iniciativas, metas e indicadores, distribuídos por quatro perspetivas, a financeira, clientes, processos internos e aprendizagem e desenvolvimento, relacionadas entre si por relações de causa e efeito. Neste trabalho foi desenvolvido o Balanced Scorecard para uma pequena empresa, a Vidraria Barbosa, com base na informação disponibilizada pela mesma e a interação com os seus administradores e colaboradores. De modo a fundamentar esta aplicação, foi feito um enquadramento teórico do Balanced Scorecard, e também das Pequenas e Médias empresas sendo o objeto de estudo constituído por uma PME. O modelo desenvolvido partiu dos objetivos e indicadores...

‣ Como melhorar a competitividade das PME na Uniao Europeia e na América Latina e Caribe: propostas de política do setor privado

Fonte: CEPAL Publicador: CEPAL
Português
Relevância na Pesquisa
26.98394%
Incluye Bibliografía; Versiones en inglés y español disponibles en Biblioteca; As PME são agentes econômicos que estão chamados a representar um papel renovado muito importante na dinamização das relações entre a América Latina e o Caribe e a União Europeia. Ambas as regiões estão estreitamente vinculadas do ponto de vista econômico, sobretudo através do comércio e dos investimentos, assim como pelo nutrido intercâmbio histórico de pessoas e ideias. Hoje, o crescimento da América Latina e do Caribe pode contribuir para a mitigação dos efeitos da crise na Europa. A internacionalização das PME, além de contribuir para a geração de emprego e para a elevação da renda, oferece a possibilidade de agregar valor na origem e introduzir melhoras na produção que aumentem a participação desse tipo de agentes nos mercados, promovendo um maior dinamismo empresarial. Para isso, é fundamental reduzir as brechas de produtividade incorporando tecnologia, inovações e conhecimento a seus produtos, assim como impulsionar melhoras na gestão.

‣ Análise das políticas públicas direccionadas às PME - um olhar sobre o QREN

Machado, Maria Joana de Morais Pinto Teles
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
26.98394%
O presente trabalho tem por base um Estágio feito numa empresa de Consultoria de Gestão, e a principal actividade em que estive envolvida foi na preparação de concursos para o QREN. Este trabalho tem como objectivo compreender as políticas públicas direccionadas às empresas, com especial ênfase para as PME. Apesar de não haver consenso na literatura académica, muitos autores referem as PME como as grandes geradoras de emprego, com uma grande capacidade de inovação e uma forte resistência aos choques exógenos, comportando-se de forma contra cíclica no que concerne ao mercado de trabalho. Existem falhas de mercado inerentes a este tipo de empresas; a informação é assimétrica e estamos na presença de externalidades, o Estado deve então intervir na economia sempre e quando os benefícios sociais são superiores aos benefícios privados, tentando minimizar as falhas de mercados, sendo que toda a sociedade beneficia com isto. O actual programa de ajuda às empresas que assistimos em Portugal provém dos Fundos Estruturais Comunitários, o QREN, e está programado no sentido de colmatar as falhas de mercado. Neste trabalho é analisado o funcionamento do QREN, tanto a nível de programas, prioridades estratégicas, orçamento...

‣ O sistema de objectivos financeiros como metodologia e instrumento de mudança organizacional na gestão da PME

Lucena, José Filipe Medeiros de
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2006 Português
Relevância na Pesquisa
26.98394%

‣ Consultoria financeira e apoio financeiro ao comércio: apoios financeiros à modernização do comércio: relatório de estágio na Associação Empresarial da Póvoa de Varzim

Moreira, Patrícia Alexandra da Costa
Fonte: Instituto Politécnico do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 24/09/2015 Português
Relevância na Pesquisa
26.98394%
O presente Relatório de Estágio é um resumo do estágio curricular que decorreu ao longo de vinte e sete semanas na Associação Empresarial da Póvoa de Varzim (AEPVZ), no âmbito do Mestrado em Finanças Empresariais, da Escola Superior de Estudos Industriais e de Gestão do Instituto Politécnico do Porto. O estágio fez parte dos requisitos a cumprir para a obtenção do grau de Mestre em Finanças Empresariais, conferido pelo Instituto Politécnico do Porto e tem por objetivo, proporcionar aos mestrandos um contexto real de experiência e desenvolvimento, onde possam pôr em prática, de uma forma integradora, os conhecimentos, competências e metodologias adquiridos em ambiente curricular e o desenvolvimento de competências profissionais, sociais e pessoais. Assim, na Primeira Parte deste relatório, no Capítulo 1, irei apresentar o conceito de empreendedorismo e de criação de empresas, uma vez que estava previsto, ao longo do estágio a criação de uma empresa unipessoal por quotas que seria detida a 100% pela AEPVZ, para execução dos serviços de contabilidade, auditoria, consultoria e gestão às empresas associadas que assim o entendessem (contudo...

‣ As PME de base tecnológica na transição para um novo sistema energético em Portugal: características, estratégias e barreiras à atuação

Pedroso, Eduardo Ferreira
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
26.98394%
Mestrado em Economia da Empresa e da Concorrência; A coevolução entre tecnologia e instituições cria sistemas estáveis que, apesar de providenciarem à sociedade a satisfação das suas necessidades, podem criar bloqueios sistémicos ao desenvolvimento e difusão de alternativas tecnológicas mais eficientes. Este é atualmente o caso para muitas tecnologias energéticas, de transporte e industriais que se encontram demasiado dependentes da utilização de combustíveis fósseis, os quais estão na base dos atuais desafios ambientais. A existência de um carbon lock-in requer assim profundas alterações dos sistemas tecnológicos vigentes no sentido de uma economia hipocarbónica, o que recai sobre múltiplos agentes, designadamente nas Novas Empresas de Base Tecnológica (NEBT) a operar no sector das energias renováveis. Deste modo, a presente dissertação procura contribuir para um melhor conhecimento das estratégias e barreiras específicas de empresas dessa natureza a operar em contexto nacional. Para o efeito, foi considerada uma amostra inicial de PME do distrito de Lisboa e Setúbal caracterizadas segundo o seu ano de criação, origem, número de pessoas ao serviço, volume de negócios, área(s) tecnológica(s) e tipo de negócio. Seguidamente...

‣ O financiamento e a performance das PME do Distrito de Castelo Branco

Raposo, Francisco José Martins
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
26.98394%
O presente estudo tem como objetivo principal analisar a estrutura de capital e os determinantes da performance das pequenas e médias empresas (PME) do distrito de Castelo Branco e, relacionar as fontes de financiamento com a sua performance. Para atingir este objetivo, recorreu-se à base de dados SABI (Sistema de Balanços Ibéricos – System Analysis of Iberian Balance Sheets), para obtenção de dados referente ao período 2005-2009, tendo-se analisado uma amostra de 902 empresas. Os dados foram objeto de tratamento estatístico tendo-se recorrido à estatística descritiva e à regressão linear múltipla. Os resultados obtidos mostram que as variáveis explicativas crescimento, capital próprio e os outros capitais próprios mostram uma relação positiva e significativa com a performance empresarial, enquanto que, as variáveis estrutura do ativo, idade, risco, capital alheio e o capital social, influenciam negativamente a performance destas empresas. Verificou-se ainda que a performance assumiu um comportamento decrescente ao longo do período em análise. Contudo, os resultados obtidos sugerem que as decisões da estrutura de capital das PME do distrito de Castelo Branco seguem os pressupostos da teoria do pecking order.

‣ Sustentabilidade de uma PME: processos, operações e estratégia no longo prazo

Campos, Hugo Renato Tavares de Oliveira
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
26.98394%
Actualmente as Pequenas e Médias Empresas (PME´s) sofrem um conjunto de alterações estruturais, processuais e políticas as quais interferem directamente na dinâmica e estabilidade das mesmas. Esta dissertação pretende analisar, primeiramente, algumas discussões conceptuais baseadas em revisão teórica e, principalmente, em simulações empíricas. Definindo de forma clara as premissas conceptuais, o objecto de estudo culmina com a exposição de uma metodologia de intervenção em Pequenas e Médias Empresas (PME´s) capaz de proporcionar saltos significativos no seu nível de competitividade no curto prazo, assim como, através de um processo simultâneo de capacitação e mudança cultural, aumentar a sua capacidade de adaptação ao ambiente competitivo no médio e longo prazo.

‣ Determinantes do Trade Credit nas PME portugueses

Neves, Ricardo Jorge Fernandes
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
26.98394%
Este trabalho tem como objetivo analisar quais os determinantes do recebimento de trade credit por parte das pequenas e médias empresas (PME) portuguesas, no período entre 2000 e 2009. Com base numa amostra 42 mil PME, e usando a metodologia de dados em painel, os resultados obtidos permitem concluir que empresas que recorrem ao trade credit também concedem trade credit, agindo como agentes transmissores de crédito e que as empresas mais pequenas não são aquelas que mais recorrem ao trade credit. Os resultados obtidos permitiram confirmar a utilização do trade credit como substituto do crédito bancário, como complemento deste e ainda de como as empresas usam o trade credit de forma estratégica. Observou-se ainda que o volume de trade credit recebido pelas pequenas e médias empresas portuguesas sofreu uma acentuada queda nos anos 2008 e 2009, fato este justificável pela aguda crise financeira internacional.

‣ O controlo de gestão nas PME portuguesas: uma abordagem contingêncial

Gonçalves, Tiago André Serra
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
26.98394%
A crescente internacionalização da gestão empresarial fomentou a introdução de sistemas de controlo, essencialmente financeiros, que passaram a ser institucionalizados e considerados como sistemas de controlo por excelência. Para muitos autores os sistemas de controlo de gestão são processos através dos quais os gestores asseguram que os recursos são obtidos e usados de forma eficaz e eficiente no acompanhamento da obtenção dos objectivos propostos pela empresa. O aparecimento de sistemas com enfoque em medidas não financeiras agitou a temática e o aparecimento de múltiplos artigos acerca do tema acarretou novos horizontes e por conseguinte o aperfeiçoamento dos sistemas de controlo. Esta investigação procura conhecer que tipo de ferramentas as pequenas e médias empresas portuguesas utilizam, quais os factores de contingência que influenciam a sua escolha e o seu modo de funcionamento e as repercussões no desempenho organizacional.

‣ Sobre a comparação da taxa de desocupação na PNAD Contínua e na PME; Nota Técnica n. 18 (Disoc) : Sobre a comparação da taxa de desocupação na PNAD Contínua e na PME

Corseuil, Carlos Henrique; Ramos, Lauro
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea); Diretoria de Estudos e Políticas Sociais (Disoc) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea); Diretoria de Estudos e Políticas Sociais (Disoc)
Tipo: Nota Técnica
Português
Relevância na Pesquisa
26.98394%
Análise da taxa de desocupação retratada na pesquisa domiciliar - PNAD Contínua (frequência trimestral de cobertura nacional) referente aos dados divulgados com cobertura do período entre o primeiro trimestre de 2012 (2012/1) e o segundo trimestre de 2013 (2013/2).; 8 p. : il.

‣ O atrito nas pesquisas longitudinais: o caso da pesquisa mensal de emprego (PME/IBGE)

Ribas, Rafael Perez; Soares, Sergei Suarez Dillon
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2010 Português
Relevância na Pesquisa
26.98394%
This article aims to estimate the determinants of attrition/permanence of people in the panel of the Brazilian Monthly Employment Survey (PME/IBGE) and also to test the bias emerged from ignorability of attrition selection in regression analyses. Results point out a strong correlation between attrition rate and characteristics closely related to geographic mobility. In addition, both survey design aspects and socioeconomic events are significantly related to the probability of attrition. In selection correction models, we find that all selection mechanisms are endogenous, even though they are not directly correlated with the equation of interest. Finally, we show that ignoring the endogeneity of sample selection, such as attrition, may imply to a biased analysis. However, controlling for only some selection mechanism, not controlling for all, may provide estimators even more biased than no controlling.; O objetivo deste artigo é estimar os determinantes da permanência de pessoas no painel da Pesquisa Mensal de Emprego (PME) e, além disso, testar se ignorar a não-aleatoriedade do desgaste no painel causa algum viés em análises de regressão. Os resultados apontam que há uma forte correlação da taxa de atrito com as características geralmente associadas a uma mobilidade geográfica maior. Além disso...

‣ As PMEs em Portugal : a necessidade de inovação tecnológica e organizacional como estratégia internacional

Ribeiro, Maria Margarida Carriche
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
26.98394%
Mestrado em Economia Internacional e Estudos Europeus; O objectivo da investigação leva-nos a tentar identificar, quais as variáveis mais importantes para identificar a existência de uma estratégia de internacionalização deliberada, específica das PME. Procedemos ao estudo da política da EU para estas empresas e utilizamos o referencial das políticas top-bottom, para proceder à observação do impacto destas directivas no tecido empresarial português. O método utilizado foi o inquérito por questionário, dirigido a 500 PME, de diferentes sectores de actividade, que resultou numa taxa de resposta de 13,2 %,com relevância para as empresas da indústria transformadora. A base da investigação é o universo das micro, pequenas e médias empresas, cuja caracterização é feita com base na definição da EU. A conclusão a que chegamos é que a escolha dos parceiros não é utilizada como uma estratégia deliberada de internacionalização, continuando as empresas a dar particular atenção às relações directas com os clientes. Tendo em consideração a inexistência da estratégia deliberada, questionamos quais as alterações a introduzir na estrutura organizacional para ultrapassar esta dificuldade, nomeadamente na escolha dos parceiros...