Página 1 dos resultados de 3542 itens digitais encontrados em 0.029 segundos

‣ Iron availability in the presence of β-carotene in different mixtures; Disponibilidade de ferro na presença de β-caroteno em diferentes misturas

GERMANO, Romilda Maria de Arruda; CANNIATTI-BRAZACA, Solange Guidolin
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.211323%
Iron availability in the diet is very important because iron deficiency affects a large population in the world. The matrix where iron is present has an influence in its availability. The presence of β-carotene is a factor that alters the availability of iron. This research aims to estimate the iron availability in the presence of β-carotene in food mixtures: M1 = egg and pumpkin; M2 = spinach and pumpkin; M3 = spinach and cabbage; M4 = egg and cabbage; M5 = spinach and carrot; M6 = egg and carrot; M7 = bean and carrot; M8 = bean and pumpkin and M9 = bean and cabbage. After cooking, the following figures were determined: proximate composition, oxalic acid, phytic acid, tannin, iron, iron availability in vitro and β-carotene. The data were analyzed by Tukey test (5%). There were no significant statistical differences for oxalic acid. Tannin presented greater results in mixtures with spinach (M2 and M5); phytic acid was greater in bean samples (M7, M8 and M9) and with spinach (M2). Mixtures M5 e M7, with carrot, presented more β-carotene than the others. The best result for iron availability appeared in mixture (M6). A positive correlation was verified between protein and iron dialysis, and between lipids and iron dialysis. Dietetic fiber was an inhibitor to iron availability. Mixtures with egg showed greater iron availability; A disponibilidade de ferro na dieta é importante porque a deficiência de ferro atinge grande número de pessoas no mundo. A matrix em que o ferro está tem influência na disponibilidade. A presença de β-caroteno altera a disponibilidade do ferro. Essa pesquisa teve por objetivo avaliar a disponibilidade de ferro na presença de β-caroteno nas misturas: M1 = ovo e abóbora; M2 = espinafre e abóbora; M3 = espinafre e couve; M4 = ovo e couve; M5 = espinafre e cenoura; M6 = ovo e cenoura; M7 = feijão e cenoura; M8 = feijão e abóbora; e M9 = feijão e couve. Após cocção...

‣ Efficacy of geraniol but not of β-ionone or their combination for the chemoprevention of rat colon carcinogenesis

VIEIRA, A.; HEIDOR, R.; CARDOZO, M.T.; SCOLASTICI, C.; PURGATTO, E.; SHIGA, T.M.; BARBISAN, L.F.; ONG, T.P.; MORENO, F.S.
Fonte: Associação Brasileira de Divulgação Científica Publicador: Associação Brasileira de Divulgação Científica
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.226895%
β-ionone (βI), a cyclic isoprenoid, and geraniol (GO), an acyclic monoterpene, represent a promising class of dietary chemopreventive agents against cancer, whose combination could result in synergistic anticarcinogenic effects. The chemopreventive activities of βI and GO were evaluated individually or in combination during colon carcinogenesis induced by dimethylhydrazine in 48 3-week-old male Wistar rats (12 per group) weighing 40-50 g. Animals were treated for 9 consecutive weeks with βI (16 mg/100 g body weight), GO (25 mg/100 g body weight), βI combined with GO or corn oil (control). Number of total aberrant crypt foci (ACF) and of ACF ≥4 crypts in the distal colon was significantly lower in the GO group (66 ± 13 and 9 ± 2, respectively) compared to control (102 ± 9 and 17 ± 3) and without differences in the βI (91 ± 11 and 14 ± 3) and βI+GO groups (96 ± 5 and 19 ± 2). Apoptosis level, identified by classical apoptosis morphological criteria, in the distal colon was significantly higher in the GO group (1.64 ± 0.06 apoptotic cells/mm²) compared to control (0.91 ± 0.07 apoptotic cells/mm²). The GO group presented a 0.7-fold reduction in Bcl-2 protein expression (Western blot) compared to control. Colonic mucosa concentrations of βI and GO (gas chromatography/mass spectrometry) were higher in the βI and GO groups...

‣ Síntese de derivados solúveis de ß escina e algumas avaliações físico-químicas e biológicas; Synthesis of β Escin Soluble Derivatives and some Physical, Chemical and Biological Analysis

Araujo, Carolina de Barros Franco
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/04/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.211323%
β Escina, o principal princípio ativo das sementes da Castanha-da-Índia, Aesculus hippocastanum (Hippocastanaceae), tem demonstrado evidências satisfatórias nas respostas clínicas significativas dos casos de insuficiência venosa crônica (IVC), hemorróidas e edemas pós-operatórios. (SIRTORI C.R., 2001). Suas características físico-químicas e farmacológicas permitem seu uso tanto medicamentoso quanto cosmético. Como produto de uso farmacêutico, possui grande utilidade e várias apresentações, em diferentes formas farmacêuticas. A β Escina é uma mistura de saponinas, substâncias de elevado peso molecular, formada por uma parte hidrofóbica denominada aglicona ou sapogenina e uma parte hidrofílica constituída por um ou mais açúcares. (TREASE G.E. et al., 1996). Ocorre na natureza na forma beta, que é praticamente insolúvel em água e em óleo. (MARTINDALE, 2003). Por ser praticamente insolúvel em água, sua manipulação e incorporação em formas farmacêuticas líquidas e semi-sólidas são dificultadas. Além disso, esta característica pode ser responsável por uma redução da sua absorção e conseqüente biodisponibilidade. O trabalho proposto foi a modificação da molécula da β escina...

‣ β-glicosidases intestinais da larva de Diatraea saccharalis: clonagem e sequenciamento dos cDNAs, expressão e algumas propriedades; Diatraea saccharalis larvae midgut β-glicosidases: cDNAs cloning and sequencing, expression and some properties

Dumont, Alexandra Frealdo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/05/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.377588%
Utilizando uma bibioteca de expressão feita a partir do epitélio do intestino médio da larva de Diatraea saccharalis, nós clonamos e sequenciamos 3 cDNAs completos (DsβglyA, DsβglyB e DsβglyC), além de uma seqüência parcial que teoricamente codificam β-glicosidases. As sequências dos peptídeos obtidos após digestão por tripsina das β-glicosidases βgly1 e βgly2 de D. saccharalis mostraram que DsβglyA codifica a βgly1, caracterizada anteriormente. DsβglyB e DsβglyC provavelmente codificam duas β-glicosidases solúveis com massas moleculares teóricas de, respectivamente, 57,5 KDa e 56,2 KDa. Levando em consideração as semelhanças entre βgly1 e βgly3 e entre DsβglyA e DsβglyC, é razoável supor que DsβglyC codifique a βgly3. Os peptídeos produzidos após a hidrólise de βgly2 por tripsina não são codificados por nenhum dos cDNAs que nós sequenciamos. βgly2 provavelmente é codificada pelo cDNA cuja seqüência ainda está incompleta. A inativação da βgly2 por carbodiimida usando o tio-glicosídeo sinigrina e o O-glicosídeo p-nitrofenil β-D-galactopiranosídeo resulta na mesma constante de inativação, indicando que o mesmo sítio ativo é responsável pela hidrólise dos dois substratos. A mesma conclusão é obtida calculando o Km de βgly2 para os dois substratos e o Ki da inibição que cada um deles causa na hidrólise do outro. Os resultados indicam que uma só enzima é responsável pela hidrólise de sinigrina e p-nitrofenil β-D-glicosídeo com atividade semelhante. Essa propriedade nunca foi descrita para outra tio- ou O-glicosidase.; We used an expression library made from Diatraea saccharalis midgut epithelium and succeeded in cloning and sequencing three complete cDNAs (DsβGlyA; DsβGlyB; DsβGlyC) plus a partial sequence that hypothetically code for β-glycosidases. The sequence of peptides obtained from the purified D. saccharalis β-glycosidases (βGly1 and βGly2) after trypsin digestion shows that DsβGlyA codes for βGly1...

‣ Estudos de interação de β2-glicoproteína I em solução aquosa e com interfaces lipídicas; Study of interaction between β2- glycoprotein I in aqueous solution and with lipid interfaces

Pozzi, Fernanda Martins
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.300972%
A β2GPI é uma glicoproteína que circula livre ou em lipoproteínas. Adsorve em superfícies negativas, tem efeitos anticoagulantes e moduladores da inflamação. Neste trabalho caracterizou-se a interação de moléculas da proteína entre si e com superfícies lipídicas. O SDS-PAGE e o imunoblot da β2GPI identificaram monômeros, dímeros e oligômeros. Técnicas de espalhamento de luz (estático, dinâmico, Raios-X) revelaram que β2GPI forma soluções aquosas de macroagregados anisométricos. Seca sobre mica, a β2GPI forma elipsóides prolatos, observáveis por microscopia de força atômica. A forma e o tamanho das partículas dependeram de pH e concentração de proteína. A interação entre a β2GPI e superfícies lipídicas foi estudada por microgravimetria. Superfícies de fosfatidilcolina pura adsorveram β2GPI mais fracamente do que ouro ou misturas com fosfatidilserina. A adsorção de lipoproteínas artificiais à β2GPI foi dependente de pH. Sugere-se que os efeitos biológicos da β2GPI sejam mediados por interações proteína-proteína e proteína-lipídio, e dependentes de pH.; β2GPI is a blood glycoprotein circulating free or bound to lipoproteins. β2GPI adsorbs to negatively charged surfaces...

‣ A  β2-glicoproteína I no contexto da resposta inflamatória de fase aguda; The β2-GPI in the acute phase of the inflammatory response condition

Pereira, Elisângela Monteiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/09/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.3389%
A β2-glicoproteína I (β2GPI) é uma proteína de fase aguda, produzida principalmente no fígado e intestino. Os efeitos dessa proteína sobre células mononucleares foram investigados tanto em monócitos humanos de sangue periférico quanto em células promonocíticas humanas da linhagem celular ATCC THP-1. As correlações entre sua concentração plasmática e a intensidade da inflamação sistêmica foram avaliadas em humanos e em um modelo experimental de infecção sistêmica, em ratos. Nenhum efeito da β2GPI foi observado sobre a resposta oxidativa de monócitos de sangue periférico durante a fagocitose de zymosan opsonisado ou de S. aureus, analisada respectivamente por quimiluminescência amplificada por luminol ou por citometria de fluxo. A β2GPI estimulou a viabilidade celular e estimulou a diferenciação dos promonócitos. As células THP-1 tratadas com β2GPI apresentaram adesão aumentada a placas de cultura bem como expressão aumentada de CD54 e CD14. A suplementação com β2GPI foi suficiente para manter a proliferação das células THP-1 em cultura sem a adição de soro por 72h. Não houve correlações entre a concentração plasmática da β2GPI e indicadores clínicos da resposta inflamatória aguda em pacientes sépticos. A concentração da β2GPI não correlacionou com as concentrações plasmáticas de IL-8...

‣ Papel de TGFβ-1 na regulação da expressão de MMPs seus inibidores (TIMPs e Reck) em modelo de carcinoma mamário humano: análise funcional de RECK e sua correlação com dados clínico-patológicos; Role of TGFβ-1 as a common regulator of MMPs and their inhibitors (TIMPs e RECK) in human breast cancer cell model: functional analysis of RECK and its correlation with clinical-pathological

Gomes, Luciana Rodrigues
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/10/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.272073%
A causa de morte da maioria das pacientes com câncer de mama se deve à doença metastática desenvolvida a partir do tumor primário. A degradação dos componentes da matriz extracelular (MEC), um dos principais eventos do processo metastático, é regulada pelo balanço entre as atividades das metaloproteinases de matriz (MMPs) e dos seus inibidores, tanto os inibidores teciduais (TIMPs) como o inibidor associado à membrana (RECK). Contudo, ainda existe pouca informação sobre os mecanismos moleculares responsáveis pela manutenção deste balanço. No presente trabalho, foi investigado o envolvimento de TGF-β1 (Transforming Growth Factor-β1), uma citocina multifuncional é capaz tanto de inibir o crescimento celular, quanto de promover invasão e metástase, dependendo do estadiamento e do tipo de tumor, na regulação da expressão de MMPs, TIMPs e RECK, em modelo de câncer de mama. Primeiramente, examinou-se os níveis de expressão de mRNA das isoformas e receptores de TGF-β, em um painel de cinco linhagens de carcinoma mamário humano, com diferentes potenciais invasivos e metastáticos, por qRT-PCR. Os resultados obtidos demonstraram uma correlação positiva entre a expressão dessas moléculas, e a progressão do caráter invasivo e metastático celular. Em seguida...

‣ Efeitos do β-glucano solúvel, administrado por diferentes vias, na imunomodulação de IgA e IgG séricos em aves desafiadas e não desafiadas por Escherichia coli; Effects of soluble β-glucan, administered by different routes, in immunomodulation of serum IgA and IgG in chickens challenged and not challenged by Escherichia coli

Moraes, Maria Eugênia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.316624%
Os β- glucanos são polissacarídeos que possuem atividade imunomoduladora. A colibacilose é uma das principais doenças da avicultura, pois causa grandes perdas econômicas. Diante da necessidade de se estabelecer a ação do β-glucano solúvel nas aves, foram realizados dois experimentos. Um para se avaliar os efeitos do β-glucano solúvel, administrado por diferentes vias, na produção de anticorpos séricos IgA e IgG, nos parâmetros zootécnicos e outro na infecção por Escherichia coli (EC). Os experimentos foram realizados ao mesmo tempo, em galpões diferentes, sendo alojados 160 frangos de corte da linhagem Ross (Aviagen®), do primeiro ao 42o dia de idade. β-glucano solúvel foi administrado no primeiro dia, na dose de 215µg/ave, nas seguintes vias de administração: subcutânea (SC), ocular (OC) e oral (VO). O controle negativo foi o mesmo para os dois experimentos. Os tratamentos do Experimento 1 (Vias de Administração) foram: T2(SC), T3(OC) e T4(VO). O experimento onde as aves foram desafiadas por Escherichia coli foi o Experimento 2 (β-glucano e Escherichia coli). As mesmas vias de inoculação foram também estudadas nestes tratamentos, assim: T5 (controle positivo) foi desafiado e não recebeu o β-glucano solúvel...

‣ Preparação e caracterização de cerâmica condutora iônica-β "Na; Obtaining and characterization of ionic conductor ceramic β "Na-alumina

Souza, Dulcina Maria Pinatti Ferreira de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/07/1987 Português
Relevância na Pesquisa
37.316624%
Neste trabalho estudamos vários fatores que tem uma forte influência sobre o comportamento da alumina- β ", um condutor iônico para íons de sódio com composição 8,85%Na2O+0,75%Li2O+90,40%Al2O3 (% em peso). O papel das impurezas freqüentemente encontradas na alumina-α obtida pelo processo Bayer, tais como cálcio, silício e ferro, é estudado na alumina -β ". Dopagem destas impurezas, separadas e em conjunto, na alumina-β " mostram a forte influência que exercem sobre a conversão de fase alumina - β → β ", condutividade iônica, resistência mecânica e microestrutura da alumina-β. Os resultados obtidos indicam claramente que a presença simultânea de cálcio e silício tem forte efeito negativo sobre as propriedades da alumina-β ", devido à presença de uma nova fase intergranular. A presença simultânea de ferro, cálcio e silício deprimem a formação dessa fase causando um efeito positivo sobre as propriedades da alumina-β ". O uso da técnica de redução carbotérmica do hidróxido de alumínio produz uma alumina-&945 com excelentes características para a preparação de alumina-β ", que quando comparada à alumina-β " preparada com a alumina Baikowski...

‣ Oxidação da LDL in vivo e in vitro, concentração de antioxidantes plasmáticos e de apolipoproteína H (β2Glicoproteína I) em idosos hipercolesterolêmicos; In vitro and in vivo LDL oxidation and plasmatic concentration of antioxidants and apolipoprotein H (β2Glycoprotein I) in hypercholesterolemic elderly subjects

Alves, André Fonseca
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/04/2002 Português
Relevância na Pesquisa
37.26275%
A idade avançada e a dislipidemia são dois dos fatores de risco clássicos para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares e se associam à fisiopatologia da aterosclerose. A oxidação da LDL, in vivo, é parte do mecanismo de iniciação e progressão das placas ateromatosas. A LDL oxidada, encontrada no espaço sub-endotelial, interfere com a função de células endoteliais e macrófagos. Formas minimamente oxidadas da LDL, ou LDLminus, são circulantes. Discute-se a importância das vitaminas como substâncias protetoras in vivo, embora a susceptibilidade da partícula à oxidação in vitro dependa de seu conteúdo em antioxidantes lipossolúveis. A apolipoproteína H ou H-β2glicoproteína I (β2GPI) é uma apolipoproteína capaz de ligar-se a lipoproteínas oxidadas in vitro, especialmente a LDL e pode desempenhar um papel protetor, in vivo. A oxidação da LDL avaliada pela sua susceptibilidade à oxidação in vitro e pela concentração plasmática de LDLminus in vivo, a concentração plasmática de vitaminas antioxidantes e de β2GPI foram avaliadas em cem indivíduos idosos hipercolesterolêmicos (concentrações LDL > 130mg/dL) clinicamente normais. Estes indivíduos foram orientados a manter a dieta preconizada pela American Heart Association e atividade física regular. Mediram-se as concentrações de colesterol total e frações e separou-se a fração de LDL por ultracentrifugação...

‣ Efficacy of geraniol but not of β-ionone or their combination for the chemoprevention of rat colon carcinogenesis

Vieira,A.; Heidor,R.; Cardozo,M.T.; Scolastici,C.; Purgatto,E.; Shiga,T.M.; Barbisan,L.F.; Ong,T.P.; Moreno,F.S.
Fonte: Associação Brasileira de Divulgação Científica Publicador: Associação Brasileira de Divulgação Científica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.226895%
β-ionone (βI), a cyclic isoprenoid, and geraniol (GO), an acyclic monoterpene, represent a promising class of dietary chemopreventive agents against cancer, whose combination could result in synergistic anticarcinogenic effects. The chemopreventive activities of βI and GO were evaluated individually or in combination during colon carcinogenesis induced by dimethylhydrazine in 48 3-week-old male Wistar rats (12 per group) weighing 40-50 g. Animals were treated for 9 consecutive weeks with βI (16 mg/100 g body weight), GO (25 mg/100 g body weight), βI combined with GO or corn oil (control). Number of total aberrant crypt foci (ACF) and of ACF ≥4 crypts in the distal colon was significantly lower in the GO group (66 ± 13 and 9 ± 2, respectively) compared to control (102 ± 9 and 17 ± 3) and without differences in the βI (91 ± 11 and 14 ± 3) and βI+GO groups (96 ± 5 and 19 ± 2). Apoptosis level, identified by classical apoptosis morphological criteria, in the distal colon was significantly higher in the GO group (1.64 ± 0.06 apoptotic cells/mm²) compared to control (0.91 ± 0.07 apoptotic cells/mm²). The GO group presented a 0.7-fold reduction in Bcl-2 protein expression (Western blot) compared to control. Colonic mucosa concentrations of βI and GO (gas chromatography/mass spectrometry) were higher in the βI and GO groups...

‣ PPM1B and P-IKKβ expression levels correlated inversely with rat gastrocnemius atrophy after denervation

Wei,Jian; Liang,Bing-Sheng
Fonte: Associação Brasileira de Divulgação Científica Publicador: Associação Brasileira de Divulgação Científica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.226895%
Activated inhibitor of nuclear factor-κB kinase β (IKKβ) is necessary and sufficient for denervated skeletal muscle atrophy. Although several studies have shown that Mg2+/Mn2+-dependent protein phosphatase 1B (PPM1B) inactivated IKKβ, few studies have investigated the role of PPM1B in denervated skeletal muscle. In this study, we aim to explore the expression and significance of PPM1B and phosphorylated IKKβ (P-IKKβ) during atrophy of the denervated gastrocnemius. Thirty young adult female Wistar rats were subjected to right sciatic nerve transection and were sacrificed at 0 (control), 2, 7, 14, and 28 days after denervation surgery. The gastrocnemius was removed from both the denervated and the contralateral limb. The muscle wet weight ratio was calculated as the ratio of the wet weight of the denervated gastrocnemius to that of the contralateral gastrocnemius. RT-PCR and Western blot analysis showed that mRNA and protein levels of PPM1B were significantly lower than those of the control group at different times after the initiation of denervation, while P-IKKβ showed the opposite trends. PPM1B protein expression persistently decreased while P-IKKβ expression persistently increased for 28 days after denervation. PPM1B expression correlated negatively with P-IKKβ expression by the Spearman test...

‣ Uma revisão sobre metalo-β-lactamases

Bertoncheli,Claudia de Mello; Hörner,Rosmari
Fonte: Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas da Universidade de São Paulo Publicador: Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.24042%
A emergência e disseminação da resistência aos antimicrobianos são problemas de grande importância mundial, particularmente entre patógenos nosocomiais de importância clínica como os bacilos Gram negativos não fermentadores e membros da família Enterobacteriaceae. O principal mecanismo de resistência desses patógenos é a produção de β-lactamases, que são enzimas que hidrolisam o anel β-lactâmico impedindo assim a ação dos antimicrobianos β-lactâmicos. As β-lactamases foram dividas em quatro classes de acordo com a sua estrutura primária e podem também ser classificadas dentro de dois grupos com base no seu mecanismo catalítico, isto é, serina-β-lactamases (Classes A, C e D) e metalo-β-lactamases (Classe B). As metalo-β-lactamases (MβL) utilizam íons divalentes, comumente zinco, como co-fator para sua atividade catalítica e são atualmente uma das classes que mais merece destaque, devido à sua capacidade de hidrolisar todos os antimicrobianos β-lactâmicos, incluindo os carbapenens. Estes antimicrobianos são utilizados no tratamento de infecções causadas por bactérias Gram-negativas multirresistentes e conseguem se manter estáveis frente às serina-β-lactamases. A detecção de microrganismos produtores de MβL tem por finalidade auxiliar a Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) na prevenção da disseminação desse mecanismo de resistência no ambiente hospitalar e impedir que ele chegue até a comunidade...

‣ Incremento da solubilidade / dissolução da β-lapachona utilizando tecnologias de dispersões sólidas e complexas de inclusão

Maria Alves Presmich, Geisiane; José Rolim Neto, Pedro (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
37.252273%
A β-lapachona é uma ortonaftoquinona de ocorrência natural no ipê roxo ou pau d arco roxo (Tabebuia avellanedae Lor), da família Bignonaceae. Também pode ser obtida pelo processo de semi-síntese a partir de seu isômero lapachol. É um produto vegetal simples com uma estrutura química diferente dos fármacos atuais e tem demonstrado excelente potencial antineoplásico atuando por um mecanismo particular de apoptose em diversos tipos de câncer, em especial algumas linhagens de próstata, mama, ovário e leucemias refratárias aos tratamentos convencionais, o que tem incentivado estudos tecnológicos com este princípio ativo, ainda não disponível em uma forma farmacêutica devido à dificuldade no desenvolvimento farmacotécnico. Por se tratar de um princípio ativo com baixa solubilidade em água, a tecnologia para o desenvolvimento de uma forma farmacêutica a base de β-lapachona que proporcione biodisponibilidade favorável é um ponto fundamental para a continuidade das pesquisas. Neste estudo a β-lapachona foi complexada na forma de dispersões sólidas e complexos de inclusão. As dispersões sólidas foram obtidas pelo método de evaporação do solvente de solubilização com os polímeros hidrossolúveis PVP-K30 e PEG 4000 nas concentrações de 10...

‣ Preparação, caracterização e cinética de liberação in vitro de lipossomas contendo β-lapachona e complexos de inclusão β-lapachona:2-hidroxipropil-β-ciclodextrina

Macário Ferro Cavalcanti, Isabella; Stela Santos Magalhães, Nereide (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
37.364888%
O presente estudo objetivou a preparação e caracterização de lipossomas contendo β-lapachona (β-lap) ou complexo de inclusão β-lap:2-hidroxipropil-β-ciclodextrina (β-lap:HPβ-CD) visando aumentar a solubilidade da β-lap e obter um sistema de liberação controlada. Inicialmente ensaios de solubilidade de fases de β-lap em HPβ-CD foram realizados. O complexo de inclusão β-lap:HPβ-CD foi preparado pelo método de liofilização (freeze-drying) e caracterizado por espectroscopia de ressonância magnética nuclear de prótons (RMN H1), análise termogravimétrica (TG), calorimetria exploratória diferencial (DSC), espectroscopia de infravermelho (IV) e espectroscopia Raman. A modelagem molecular dos complexos β-lap:HPβ-CD também foi realizada. Os lipossomas foram preparados utilizando a técnica de hidratação do filme lipídico e as estabilidades acelerada e a longo prazo foram avaliadas. A cinética de liberação in vitro da β-lap a partir dos lipossomas foi avaliada pelo método de diálise. No estudo de solubilidade de fases um aumento de 302 vezes na solubilidade da β-lap em água foi alcançado na presença de HPβ-CD e a constante de associação foi calculada (K1:1 = 961 M-1). Os termogramas da TG e DSC de β-lap:HPβ-CD mostraram a ausência do pico correspondente ao ponto de fusão do β-lap (128 oC). O perfil das bandas Raman demonstrou um indício de uma mudança no ambiente molecular da β-lap no complexo de inclusão. Sobre o RMN H1 pode ser observado que os prótons Hc da β-lap interagem com os dois prótons da cavidade da HPβ-CD (H3 e H5). A energia de interação do complexo de inclusão β-lap:HPβ-CD foi -23...

‣ Purificação e caracterização de uma β-glucuronidase extraída do molusco mesogastropoda ampularidade Pomacea sp

Andrade, Maria Lúcia Lira de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Bioquímica; Bioquímica; Biologia Molecular Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Bioquímica; Bioquímica; Biologia Molecular
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.252273%
This work studies the involved enzymatic way in the metabolism of glycosaminoglycans sulfateds in the mollusc Pomacea sp. Had been identified endoglycosidases and exoglycosidases in the enzymatic extract of the mollusc Pomacea sp by means of hydrolysis activity in condroitim sulphate of whale cartilage and of the p-Nitrofenil-β-glucuronide, respectively. The enzymatic extracts qere obtained of Pomacea sp. being used of 0.1 sodium acetate buffer, pH 5.0 and later centrifugated the 8,000 x g and the presents proteins in the sobrenadante were submitted to the fractionament with two crescents ammonium sulphate concentrations, the visualized activity biggest in the F2 fraction (50-80%). The β-glucuronidase (F3) was isolated in gel chromatography filtration Biogel 1.5m, the purification degree was ratified in Chromatography Liquid of high efficiency (HPLC). The enzyme was purificated 6.362,5 times with 35,6% yield. The β -glucuronidase isolated in this work showed a molecular mass of 100 kDa, determined for eletroforese in poliacrilamida gel . The determination of the ideal kinetic parameters for the catalysis of the p-nitrofenil- β -glucuronide for β-glucuronidase, showed excellent activity in pH 5,0 and temperature 65ºC for 6 hours and apparent Km of 72 x 10-2 mM. It is necessary for the total degradation of 3mM of p-N-β-glucoronide...

‣ Alterações nos genes da E-caderina e β-catenina em adenoma pleomórfico e carcinoma adenóide cístico: estudo molecular e imuno-histoquímico; Alterations of E-cadherin and β-catenin genes in pleomorphic adenoma and adenoid cystic carcinoma: molecular and immunohistochemical study

Cavalcante, Roberta Barroso
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Patologia Oral; Odontologia Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Patologia Oral; Odontologia
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.26275%
Pleomorphic adenoma and adenoid cystic carcinoma represent a benign and malignant salivary gland neoplasm, respectively, that shares the same histological origin, however with distinct biological behavior. The aim of the present study was identify the -160 C/A polymorphism in the gene CDH1, mutational analysis of CTNNB1 gene and evaluation the expression of the E-cadherin and β-catenin in pleomorphic adenomas and adenoid cystic carcinomas. Furthermore, it was proposed correlate the immunochemistry staining patterns with the polymorphism and mutations. Twenty-four pleomorphic adenomas and 24 adenoid cystic carcinomas were retrieved. The polymorphism analysis was performed by restriction fragment length polymorphism (RFLP), using the restriction enzymes HphI or AflIII and the mutational screening was performed by PCR-single strand conformational polymorphism (PCR-SSCP). The immunohistochemical analysis was taken by the counting of cells, recorded as the Hscore index, and considering the presence or absence, intensity, distribution and localization of proteins expression. Comparing the two neoplasms, the results demonstrated statistically significant difference for the E-cadherin and β-catenin expression...

‣ Development of the endocrine pancreas and novel strategies for β-cell mass restoration and diabetes therapy

Márquez-Aguirre,A.L.; Canales-Aguirre,A.A.; Padilla-Camberos,E.; Esquivel-Solis,H.; Díaz-Martínez,N.E.
Fonte: Associação Brasileira de Divulgação Científica Publicador: Associação Brasileira de Divulgação Científica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2015 Português
Relevância na Pesquisa
37.24042%
Diabetes mellitus represents a serious public health problem owing to its global prevalence in the last decade. The causes of this metabolic disease include dysfunction and/or insufficient number of β cells. Existing diabetes mellitus treatments do not reverse or control the disease. Therefore, β-cell mass restoration might be a promising treatment. Several restoration approaches have been developed: inducing the proliferation of remaining insulin-producing cells, de novo islet formation from pancreatic progenitor cells (neogenesis), and converting non-β cells within the pancreas to β cells (transdifferentiation) are the most direct, simple, and least invasive ways to increase β-cell mass. However, their clinical significance is yet to be determined. Hypothetically, β cells or islet transplantation methods might be curative strategies for diabetes mellitus; however, the scarcity of donors limits the clinical application of these approaches. Thus, alternative cell sources for β-cell replacement could include embryonic stem cells, induced pluripotent stem cells, and mesenchymal stem cells. However, most differentiated cells obtained using these techniques are functionally immature and show poor glucose-stimulated insulin secretion compared with native β cells. Currently...

‣ Uma revisão sobre metalo-β-lactamases; A review on metallo-β-lactamases

Bertoncheli, Claudia de Mello; Hörner, Rosmari
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.33249%
A emergência e disseminação da resistência aos antimicrobianos são problemas de grande importância mundial, particularmente entre patógenos nosocomiais de importância clínica como os bacilos Gram negativos não fermentadores e membros da família Enterobacteriaceae. O principal mecanismo de resistência desses patógenos é a produção de β-lactamases, que são enzimas que hidrolisam o anel β-lactâmico impedindo assim a ação dos antimicrobianos β-lactâmicos. As β-lactamases foram dividas em quatro classes de acordo com a sua estrutura primária e podem também ser classificadas dentro de dois grupos com base no seu mecanismo catalítico, isto é, serina-β-lactamases (Classes A, C e D) e metalo-β-lactamases (Classe B). As metalo-β-lactamases (MβL) utilizam íons divalentes, comumente zinco, como co-fator para sua atividade catalítica e são atualmente uma das classes que mais merece destaque, devido à sua capacidade de hidrolisar todos os antimicrobianos β-lactâmicos, incluindo os carbapenens. Estes antimicrobianos são utilizados no tratamento de infecções causadas por bactérias Gram-negativas multirresistentes e conseguem se manter estáveis frente às serina-β-lactamases. A detecção de microrganismos produtores de MβL tem por finalidade auxiliar a Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) na prevenção da disseminação desse mecanismo de resistência no ambiente hospitalar e impedir que ele chegue até a comunidade...

‣ Evaluation of hβD-1 and hβD-2 levels in saliva of patients with oral mucosal diseases

Kucukkolbasi,H; Kucukkolbasi,S; Ayyildiz,HF; Dursun,R; Kara,H
Fonte: West Indian Medical Journal Publicador: West Indian Medical Journal
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2013 Português
Relevância na Pesquisa
37.24042%
OBJECTIVE: This study aimed to determine a possible correlation between oral mucosal disease and salivary concentrations of the antimicrobial peptides human beta-defensin-1 (hβD-1) and human betadefensin- 2 (hβD-2). METHOD: The present work focussed on the establishment of a reversed phase-high performance liquid chromatography (RP-HPLC) procedure to quantify human beta-defensins (hβD-1 and hβD-2) in saliva samples of patients with oral diseases such as lichen planus (n = 10), Behçet (n = 10) and recurrent apthous stomatitis (n = 10). RESULTS: Linear calibration range for hβD-1 and hβD-2 defensins was 1.67−200 µg mL-1 and 3.13− 100 µg mL-1 with R2 values of 0.9998 and 0.996, correspondingly. The concentration of beta-defensins in saliva was determined by comparing the peak areas of eluted hβD-1 and hβD-2 with that of their standards. The variation of the amount of beta-defensins was evaluated by comparisons of the results obtained from the patients with oral mucosal diseases before and after treatments and the control subjects. The limit of detection (LOD) and limit of quantification (LOQ) were found to be 1.62 µg mL- 1 and 5.39 µg mL-1 for hβD-1 and 0.94 µg mL-1 and 3.13 µg mL-1 for hβD-2...