Página 1 dos resultados de 19 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

‣ Emprego de terapia celular em modelo experimental de doença inflamatória intestinal.; Employment of cell therapy in experimental model of inflammatory bowel disease.

Marcelino, Monica Yonashiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
28.392314%
Pretendeu-se, no presente estudo, verificar a segurança e a eficácia do transplante de células-tronco derivadas do tecido adiposo (ASC) em ratos com UC induzida por ácido trinitrobenzenosulfonico (TNBS). A população celular foi isolada do tecido adiposo por dissociação mecânica e cultivada. O comportamento celular foi verificado por meio da morfologia, proliferação, viabilidade, capacidade de aderência à superfície plástica e parâmetros de diferenciação osteogênica, condrogênica e adipogênica. Os animais foram avaliados, considerando-se os aspectos clínicos, macroscópicos, microscópicos e bioquímicos. No modelo experimental de UC, a infusão de ASC reduziu significativamente a presença de aderências entre o cólon e órgãos adjacentes, bem como diminuiu a quantidade de células inflamatórias na mucosa lesada. Conclui-se que as ASC podem promover e/ou acelerar o processo de regeneração da mucosa intestinal inflamada e assim, serem empregadas como uma opção terapêutica com amplo potencial de aplicabilidade no tratamento da DII.; It was intended in this study verify the safety and efficacy of the transplantation of adipose derived stem cells (ASC) in rats with ulcerative colitis induced by trinitrobenzenosulfonico acid (TNBS). The cell population was isolated from the adipose tissue by mechanical dissociation and cultured. The cell behavior was verified by the morphology...

‣ Avaliação da atividade anti-inflamatória intestinal de Pfaffia glomerata (Spreng.) Pedersen

Tanimoto, Alexandre
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 49 f.
Português
Relevância na Pesquisa
17.69772%
Pós-graduação em Ciências Biológicas (Farmacologia) - IBB; Pfaffia glomerata (Spreng.) Pedersen (“ginseng brasileiro”) é uma planta medicinal que apresenta um amplo espectro de usos como tônico, antiestresse e afrodisíaco. Esta espécie pertence ao complexo grupo de plantas medicinais conhecidas como “ginseng” e compõe um grupo específico de plantas denominadas adaptógenas, definidas como produtos capazes de aumentar a resistência não específica do organismo frente a diferentes estímulos estressores; considerando-se tal definição, é previsível que os compostos fitoquímicos presentes na P. glomerata sejam úteis no controle e prevenção de doenças na qual o estresse é fator etiológico, como é o caso da Doença Inflamatória Intestinal (DII). Dessa forma, o presente trabalho possui como objetivo avaliar a atividade anti-inflamatória intestinal da fração butanólica de P. glomerata (rica em saponinas), sobre o modelo de doença inflamatória intestinal induzida por ácido 2, 4, 6-trinitrobenzenosulfônico (TNBS) em ratos. Para tal, foram estudados parâmetros macroscópicos (escore da lesão, extensão da lesão, relação peso/comprimento do cólon, diarreia e aderência) e bioquímicos (atividade da mieloperoxidase e da fosfatase alcalina e quantificação da glutationa total) do processo inflamatório intestinal. Análises fitoquímicas mostraram principalmente a presença de triterpenos e saponinas...

‣ HSP70, heparanase e HPRT participam da resposta inflamtória intestinal induzida por TNBS em ratos

Quaglio, Ana Elisa Valencise
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 73 f.
Português
Relevância na Pesquisa
27.69772%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciências Biológicas (Farmacologia) - IBB; A Doença Inflamatória Intestinal (DII) engloba, fundamentalmente, duas doenças distintas: a Doença de Crohn (DC) e a Retocolite Ulcerativa (CU), ambas caracterizadas por uma inflamação crônica do intestino, com períodos de exacerbação seguidos de intervalos prolongados de remissão dos sintomas. Apesar da DII ser objeto de pesquisa há várias décadas, a sua etiologia ainda é desconhecida e a principal limitação no entendimento dos mecanismos fisiopatológicos desta doença é a disponibilidade de modelos experimentais adequados que mimetizem o caráter crônico e de recidiva da DII em humanos e que possam ser de baixo custo, reprodutível, fácil de induzir e que apresente características clínicas e histopatológicas, respostas terapêuticas e mediadores inflamatórios similares ao que ocorre com a doença em humanos. Dentre os vários modelos experimentais disponíveis, o modelo de colite induzida por ácido trinitrobenzenosulfônico (TNBS) em ratos tem sido considerado o mais adequado para a avaliação de novos fármacos, assim como aquele que melhor mimetiza esta doença em humanos. Assim sendo...

‣ Avaliação dos efeitos da cumarina e da 4-hidroxi-cumarima e de diferentes associações com a sulfassalazina no modelo de colite induzida por ácido trinitrobenzenosulfônico (TNBS) em ratos

Luchini, Ana Carolina
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 112 f. : il., gráfs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
48.87544%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Ciências Biológicas (Farmacologia) - IBB; As cumarinas representam uma importante classe de compostos fenólicos com inúmeras propriedades farmacológicas que incluem inibição da peroxidação lipídica, da geração de ânion superóxido dependente de neutrófilos, da citotoxicidade induzida por hidroperóxido de ácido linoleíco, da atividade de lipooxigenases e ciclooxigenases, além de agirem como agentes imunossupressores e antiinflamatórios. Todas estas propriedades são essenciais para que um produto seja potencialmente ativo para o tratamento das doenças inflamatórias intestinais (DII). A sulfassalazina (primeira opção terapêutica no tratamento das DII) possui vários efeitos colaterais, especialmente quando usada em altas doses ou em períodos longos de tratamento. O objetivo do presente trabalho foi avaliar se cumarina e 4-hidroxi-cumarina possuem efeitos preventivos e/ou curativos no modelo de colite induzida por ácido trinitrobenzenosulfônico (TNBS) em ratos e também se as associações de cumarina ou 4-hidroxi-cumarina com doses menores de sulfassalazina produzem efeitos antiinflamatórios com menor incidência de efeitos colaterais decorrentes da administração da sulfassalazina. Além disso...

‣ Atividade antiinflamatória intestinal e antiulcerogênica gástrica e duodenal de Hymenaea stigonocarpa Mart. ex Hayne

Orsi, Patrícia Rodrigues
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 133 f.
Português
Relevância na Pesquisa
27.69772%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciências Biológicas (Farmacologia) - IBB; Hymenaea stigonocarpa Mart. ex Hayne (Fabaceae), é uma espécie vegetal do Cerrado Brasileiro conhecida popularmente como jatobá-do-cerrado. A casca do caule e o fruto de H. stigonocarpa são usados na medicina popular brasileira para o tratamento de úlceras, diarréia e como antiinflamatório. A terapêutica atualmente disponível para o tratamento da doença inflamatória intestinal e úlcera péptica apresenta-se como sintomático e paliativo, além de possuir sérios efeitos adversos. Com base nestas informações, o objetivo do presente trabalho foi investigar os efeitos do extrato metanólico da casca do caule e a dieta enriquecida com a farinha da polpa do fruto de H. stigonocarpa (EMHs e DFHs) no modelo experimental de doença inflamatória intestinal, ação antidiarréica e antiulcerogênica. O estudo incluiu (a) preparação do EMHs e da DFHs; (b) avaliação do perfil fitoquímico do EMHs e da polpa do fruto; (c) avaliação do EMHs e da DFHs no processo inflamatório intestinal induzido por ácido trinitrobenzenosulfônico (TNBS) em ratos; (d) Avaliar os efeitos do EMHs e da DFHs sobre os parâmetros clínicos...

‣ Avaliação dos efeitos de Baccharis dracunculifolia DC na prevenção e tratamento de colite induzida por ácido trinitrobenzenosulfônico em ratos

Cestari, Sílvia Helena
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 81 f.
Português
Relevância na Pesquisa
27.69772%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciências Biológicas (Farmacologia) - IBB; Doença inflamatória intestinal (DII) é um termo que engloba várias doenças crônicas do trato gastrintestinal, principalmente colite ulcerativa (CU) e Doença de Crohn (DC), cuja etiologia ainda não é completamente conhecida, mas que se caracterizam por um curso crônico onde se alternam períodos de remissão e de atividade de duração variáveis. Embora DII tenha sido alvo de muitas pesquisas nos últimos anos, as drogas utilizadas correntemente causam sérios efeitos colaterais quando usados em altas doses ou durante um período prolongado, o que limita seu uso. Considerando-se a etiologia multifatorial das DII, produtos que reúnam atividades antioxidante, antiinflamatória e imunomoduladora representam uma possibilidade potencial para a descoberta de novas drogas eficazes na prevenção e tratamento desta doença. Neste sentido, inúmeras alternativas de pesquisas surgem com base em produtos naturais. Este trabalho testou a atividade antiinflamatória do extrato acetato de etila de folhas de Baccharis dracunculifolia em diferentes doses (5 a 200 mg/Kg) em duas condições experimentais distintas: quando a mucosa colônica está intacta (efeito preventivo); quando a mucosa colônica está afetada por um processo inflamatório intestinal (efeito curativo) assim como preventivo da recidiva do processo inflamatório...

‣ Efeitos sinérgicos da paepalantina, uma isocumarina isolada dos capítulos florais de Paepalanthus bromelioides, sobre a atividade da sulfassalazina no modelo de coliteulcerativa induzida por ácido trinitrobenzenosulfônico em ratos: Patrícia Rodrigues Orsi. -

Orsi, Patrícia Rodrigues
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 84 f.
Português
Relevância na Pesquisa
48.709365%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Ciências Biológicas (Farmacologia) - IBB; Paepalantina, uma isocumarina isolada dos capítulos de Paepalanthus bromelioides, possui atividade antioxidante e antiinflamatória intestinal. Considerando que a sulfassalazina apresenta sérios efeitos colaterais, especialmente quando usada em altas doses ou longos períodos de tratamento, o presente projeto teve como objetivo avaliar a presença de possíveis efeitos sinérgicos da paepalantina sobre a atividade antiinflamatória intestinal da sulfassalazina no modelo experimental de colite ulcerativa na fase aguda e crônica com recidiva induzida pela administração intracolônica de ácido trinitrobenzenosulfônico (TNBS) em ratos. Os efeitos da administração de paepalantina 5 mg/Kg (P5) e sulfassalazina 25 mg/Kg (S25), assim como de suas combinações (P5+S5; P5+S15 e P5+S25 mg/Kg) foram avaliados por parâmetros clínicos (presença de diarréia, consumo de alimento e peso corporal), macroscópicos (escore de lesão, relação peso/comprimento colônico, aderência a órgãos adjacentes), microscópicos e bioquímicos (níveis de glutationa, atividade enzimática da mieloperoxidase e fosfatase alcalina). Os resultados indicam que uso da combinação P5+S5 promoveu efeitos preventivos e curativos na mucosa colônica afetada pelo TNBS/etanol...

‣ Atividade antiinflamatória intestinal da escopoletina e fraxetina nas fases aguda e crônica do processo inflamatório induzido por TNBS em ratos

Chagas, Alexandre da Silveira
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Português
Relevância na Pesquisa
27.69772%
A Doença Inflamatória Intestinal (DII) engloba, fundamentalmente, duas doenças distintas: a Doença de Crohn (DC) e a Colite Ulcerativa (CU), ambas caracterizadas por uma inflamação crônica do intestino, com períodos de exacerbação seguidos de intervalos prolongados de remissão dos sintomas. Apesar da DII ser objeto de pesquisa há várias décadas, a sua etiologia ainda é desconhecida e seu tratamento envolve uma série de fármacos com sérios efeitos colaterais, especialmente quando usado cronicamente. As cumarinas representam uma importante classe de compostos fenólicos naturais que apresentam inúmeras propriedades farmacológicas importantes para que um produto seja potencialmente ativo no tratamento da DII. Dentre as inúmeras cumarinas conhecidas e estudadas, dados obtidos em nosso laboratório demonstram que algumas cumarinas apresentam efeitos protetores na fase aguda e preventiva do processo inflamatório intestinal induzido por TNBS (ácido trinitrobenzenosulfônico) em ratos, reduzindo a incidência de diarréia, aderência e obstrução intestinal, além de manterem os níveis de glutationa e reduzirem a atividade da fosfatase alcalina e da mieloperoxidase colônica. Os objetivos do presente projeto são determinar a atividade antiinflamatória intestinal da escopoletina e fraxetina na fase aguda e crônica com recidiva de colite ulcerativa induzida por TNBS tendo-se em vista a determinação de sua atividade curativa. Para tanto...

‣ Avaliação da influência do estresse em modelo experimental de colite por administração de Ácido Trinitrobenzenosulfônico (TNBS) em concentração subinflamatória

Chiba, Camila Hiromi
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Português
Relevância na Pesquisa
48.709365%
Inflammatory bowel disease (IBD) is a chronic and relapsing disease caused by exaggerated response of the immune system. It represents a significant health problem by limiting the quality of life and being the main risk factor for colorectal cancer. Despite of its importance, the high worldwide incidence and being the object of research for several decades, the etiology remains unknown. Studies indicates an interaction between genetic and environmental factors which together with the intestinal microbiota, leads to an uncontrolled immune response. One of the aggravating environmental factors often discussed is stress, as the daily life of the population in general is increasingly rushed. In order to demonstrate the influence of stress on IBD, this study aimed to standardize an experimental model of colitis induced by instillation of a trinitrobenzene sulfonic acid (TNBS) noninflammatory concentration plus exposure to stress that intensify the inflammation. Therefore, an experiment was done to determine what would be the noninflammatory concentration. In this step, four different concentrations of TNBS (1, 6, 12.5 or 40mg/ml) were tested and the lowest concentration capable of inducing a noninflammatory response in the gut was defined as 1 mg/ml. Then...

‣ Avaliação da atividade anti-inflamatória intestinal do extrato das folhas jovens de Triticum aestivum L. obtido por cultivo em Casa de Vegetação: subtitulo

Curimbaba, Tainan Freitas Salmeron
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Português
Relevância na Pesquisa
27.69772%
O uso disseminado do suco de folhas jovens de trigo (Triticum aestivum L.) para diversos fins terapêuticos foi proposto por Dra. Ann Wigmore há mais de 40 anos nos Estados Unidos e popularizado de tal forma que é utilizado para o tratamento alternativo de doenças autoimunes e gastrointestinais, dentre outras. Baseado nessas informações populares, o presente estudo teve como objetivo avaliar a composição química e a atividade anti-inflamatória intestinal do extrato aquoso de folhas jovens de trigo na fase aguda do modelo experimental de doença inflamatória intestinal induzida por TNBS (ácido trinitrobenzenosulfônico) em ratos. Os animais foram tratados durante cinco dias antes da indução do processo inflamatório, sendo testadas as doses de 100, 50, 25 e 5 mg/Kg e azatioprina como droga de referência. Após 48 horas da indução do processo inflamatório, os animais foram mortos e seus cólons extraídos para a realização dos estudos macroscópicos e bioquímicos. Paralelamente foi realizado um estudo para a caracterização da composição química do extrato, através de testes para a determinação das principais classes de substâncias presentes, bem como o doseamento de compostos fenólicos e atividade sequestradora de radicais livres. O estudo demonstrou que o extrato aquoso de folhas jovens de trigo a 5 mg/Kg apresentou uma tendência em melhorar os parâmetros macroscópicos e bioquímicos avaliados...

‣ Efeitos da dieta enriquecida com frutos das palmeiras Euterpe oleracea Mart. e Mauritia flexuosa L.f. na inflamação intestinal em ratos

Curimbaba, Tainan Freitas Salmeron
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 54 f.
Português
Relevância na Pesquisa
27.69772%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciências Biológicas (Farmacologia) - IBB; Whereas conventional treatments of inflammatory bowel disease does not represent a cure or remission of symptoms and produce severe side effects, the search for additional strategies to prevent and treat this disease is presented as a promising prospect. Based on this information, the present study aimed to evaluate the intestinal anti-inflammatory activity of the diets enriched with the fruits of açaí (Euterpe oleracea Mart.) and buriti (Mauritia flexuosa L.f.) in the acute phase of experimental model of induced inflammatory bowel disease TNBS (trinitrobenzenosulfonic acid) in rats. Due to popular uses and known nutritional values, these two palm trees in the Amazon region have great potential to act as prebiotics, antioxidants and / or modulators of the immune response. The animals were submitted to a diet containing the pulp of the fruits in the feed in a ratio of 10% for 35 days. After 48 hours of induction of the inflammatory process, the animals were sacrificed and their colons removed for the achievement of macroscopic studies (score, lesion length, weight ratio length of the colon and occurrence of diarrhea and grip)...

‣ Investigação de dietas ricas em fibras e compostos fitoquimicos na modulação da flora bacteriana e prevenção/tratamento de doenças inflamatorias intestinais; Investigation of diets with high contents of fiber and phytochemical compounds in modulating of bacterial flora and prevention/treatment of inflammation bowel diseases

Cibele Lima de Albuquerque
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/01/2010 Português
Relevância na Pesquisa
49.046875%
Apesar da amplitude de possibilidades terapêuticas, ainda não existe um tratamento ideal para as doenças inflamatórias intestinais (DII), com perfil adequado de eficácia e segurança. Por essa razão, é de grande interesse estudar agentes com pouco efeito colateral, como um nutracêutico, no tratamento/prevenção dessas enfermidades. Neste contexto, surgiu o interesse em se estudar couve e mamão, vegetais com alto teor de carotenóides e fibras dietéticas, além de ter baixo custo e ser de uso comum na dieta de brasileiros. Sabe-se que substâncias antioxidantes e os ácidos graxos de cadeia curta (AGCC), principalmente o ácido butírico, proveniente da fermentação de fibras dietéticas, podem estar envolvidas na prevenção e tratamento de doenças intestinais. O ácido butírico é substrato para a reparação do tecido inflamado e inibe fatores pró-inflamatórios; portanto, quantificar a produção desse ácido é imprescindível, dado que quanto maior for sua produção, maior será a eficiência da dieta para a recuperação do tecido. Para tanto, foi realizada uma análise in vitro que demonstrou que a dose de 0,3 g couve acrescido de 0,2 g de mamão era a dieta que produzia maiores quantidades de butirato, o dado foi obtido através da leitura por cromatografia de íons...

‣ Avaliação antiinflamatoria e antioxidante em ratos suplementados com uva (Vitis vinifera L.) na vigencia de colite induzida por acido trinitrobenzenosulfonico; Antiinflamatory and antioxidant evaluation in rats supplemented with frape (Vitis vinifera L.) in the presence of colitis induced by trinitrobenzene sulfonic acid

Anderson Luiz Ferreira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
49.046875%
Apesar da amplitude de possibilidades terapêuticas, ainda não existe um tratamento ideal para as doenças inflamatórias intestinais (DII), com perfil adequado de eficácia e segurança. Por essa razão, é de grande interesse estudar agentes com poucos efeitos colaterais, que preferencialmente façam parte da dieta, no tratamento/prevenção dessas doenças. Neste contexto, surgiu o interesse em estudar uva, fruta com alto teor de flavonóides e fibras dietéticas, ambas benéficas à saúde. Sabe-se que substâncias antioxidantes e ácidos graxos de cadeia curta (AGCC), principalmente o ácido butírico proveniente da fermentação de fibras dietéticas, podem estar envolvidas na prevenção e tratamento de doenças intestinais. O ácido butírico é utilizado como substrato para a reparação do tecido inflamado e inibe fatores pró-inflamatórios; portanto, quantificar a produção desse ácido é imprescindível, dado que quanto maior for sua produção, maior será a eficiência da dieta para a recuperação do tecido. Para tanto, foi realizada uma análise in vitro que demonstrou que a concentração de 0,5 g de Uva foi a que produziu maiores quantidades de butirato na análise por cromatografia de íons. Após a escolha da concentração da fruta...

‣ Atividades antiulcerogênica gástrica e antiinflamatória intestinal de Albarema cochliacarpos; Antiiulcerogenic gastric and anti-inflammatory intestinal activities of Albarema cochliacarpos

Maria Silene da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/03/2010 Português
Relevância na Pesquisa
28.014773%
Abarema cochliacarpos (Gomes) Barneby & Grimes, pertencente à família Mimosaceae, é conhecida popularmente como barbatimão por comunidades tradicionais do Nordeste do Brasil, que utilizam sua casca no tratamento da úlcera gástrica e inflamação, entre outros usos. Neste trabalho, inicialmente realizou-se a triagem da atividade antiulcerogênica de extratos e frações, utilizando-se o modelo de úlcera gástrica induzida por etanol absoluto em ratos. A fração butanólica do extrato metanolico, na dose de 150mg/kg, foi selecionada por ser a mais efetiva, a qual foi utilizada para o estudo dos mecanismos de ação antiulcerogênico em modelos de muco aderido e ligadura do piloro. Essa fração foi testada em modelo de atividade antiinflamatória intestinal em ratos. A toxicidade aguda de AC foi avaliada em camundongos Swiss (na dose de 5000 mg/kg) não tendo sido observados sintomas ou sinais de toxicidade. AC 150mg/kg foi sempre administrada oralmente aos animais, exceto no modelo de ligadura do piloro, no qual a via intraduodenal foi empregada. A fração foi capaz de aumentar significativamente o muco aderido, e alterar parâmetros bioquímicos da secreção ácida gástrica, produzindo redução do volume gástrico e aumento do pH...

‣ Mediadores químicos e resposta celular na colite induzida pelo DSS

Bento, Allisson Freire
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 136 p.| il., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
27.69772%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Farmacologia; As doenças inflamatórias intestinais (IBD) representam um grupo de disfunções do trato gastrointestinal, que acometem milhões de pessoas em todo o mundo e, até o momento, possuem poucos tratamentos eficazes. Neste sentido, os modelos de colite experimental têm contribuído de forma crucial para o estudo dos eventos patofisiológicos que ocorrem nas IBD e, também, na busca por alternativas terapêuticas que venham a prevenir e/ou tratar essas doenças. Recentemente, a necessidade da suplementação humana com os ácidos graxos poliinsaturados, do tipo ômega-3, tem ganhado grande atenção, devido ao fato desse lipídio ser precursor de vários mediadores químicos envolvidos em diversas funções celulares e na promoção da resolução da inflamação. Dessa forma, o presente estudo buscou mapear a cinética de produção de alguns mediadores inflamatórios e células envolvidas no modelo de colite aguda e crônica induzida pelo sulfato sódico de dextrana (DSS), bem como, avaliar o papel antiinflamatório dos mediadores lipídicos derivados do ômega-3, AT-RvD1, RvD2 e 17R-HDHA, em diferentes modelos de inflamação intestinal. Nossos resultados demonstraram que a população de neutrófilos foi predominante nos estágios iniciais da colite induzida pelo DSS...

‣ O papel da maresina 1, um mediador lipídico derivado do ácido graxo poliinsaturado omega-3, na colite experimental em camundongos

Marcon, Rodrigo
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 112 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
38.28305%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Farmacologia, Florianópolis, 2013; Os óleos de peixe, bem como alguns vegetais apresentam quantidades significantes de ácidos graxos poliinsaturados ômega-3, sendo que os principais encontrados em derivados marinhos são: o ácido graxo eicosapentaenóico (EPA) e o ácido graxo docosahexaenóico (DHA). Estudos prévios têm demonstrado que uma dieta rica em óleo de peixe pode exercer efeitos benéficos sobre inúmeras doenças com características inflamatórias, dentre as quais se destacam as doenças inflamatórias intestinais (IBD). Um novo mediador lipídico derivado do DHA, denominado maresina 1 (MaR1) têm apresentado potente atividade analgésica, antiinflamatória e pró-resolutiva em distintos modelos experimentais de inflamação, sendo assim, foi hipotetizado que o processo de resolução desencadeado pela MaR1 também poderia prevenir ou atenuar a inflamação intestinal em camundongos. Dessa forma, o presente estudo buscou avaliar o papel da MaR1, no modelo de colite aguda induzida pelo sulfato sódico de dextrana (DSS) (com um ou dois ciclos de DSS), e no modelo de colite aguda induzido pelo ácido trinitrobenzenosulfônico (TNBS) em camundongos. Os resultados observados demonstraram que o tratamento sistêmico com a MaR1 reduziu o escore clínico experimental e o dano tecidual colônico nos modelos de colite induzida pelo DSS (tanto no primeiro quanto no segundo ciclo)...

‣ Enzymatic treatment of polyamide 6.6 fibres

Silva, Carla Manuela Pereira Marinho da
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 13/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
27.69772%
Tese de Doutoramento em Engenharia Têxtil - Ramo de Conhecimento Química Têxtil.; The controlled hydrolysis of polyamide fibres surfaces leads to the formation of amino and carboxylic end groups. The presence of these groups improves hydrophilicity and creates further starting points for covalent bonding of certain compounds. The coupling of flame retardants, proteins and other compounds bring extra added value to polyamide fibres. Chemical hydrolysis, tradicionally used to modify the surface of these fibres, is an “all-or-nothing” event leading always to yellowing and loss of fibres resistance. Given that enzymes are large globular proteins, their catalytic action remains at the surface of the fibres, therefore preserving their intrinsic structure. This dissertation successfully presents the use of enzymes to functionalise the surface of polyamide 6.6 fibres. The ability of a cutinase from Fusarium solani pisi and a protease, a Subtilisin from Bacillus sp. to hydrolyse polyamide 6.6 fibres was evaluated. Different methodologies were developed in order to monitor the formation of the products resulting from enzymatic hydrolysis. The first one is based on the reaction of the compound 2,4,6-trinitrobenzenesulfonic acid (TNBS) with the amino groups released to the bath treatment and the other one is based on the reaction of a specific wool reactive dye with the terminal amino groups at the surface of the treated fabrics. In this work it was proved that the enzymatic hydrolysis with cutinase or protease leads only to surface modifications...

‣ In vivo antioxidant potential of passion fruit (Passiflora Edulis) peel= : Potencial antioxidante in vivo da casca do maracujá (Passiflora Edulis); Potencial antioxidante in vivo da casca do maracujá (Passiflora Edulis)

Juliana Kelly da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/03/2013 Português
Relevância na Pesquisa
17.69772%
O maracujá (Passiflora edulis) é uma variedade cultivada no Brasil, destinada principalmente à indústria de suco, mas seu processamento gera muitos resíduos. Estes subprodutos podem ser fontes de compostos bioativos, atuando na prevenção e tratamento do estresse oxidativo e agravos à saúde. Neste sentido, o escopo deste trabalho foi avaliar a ação antioxidante da farinha da casca de P. edulis (PPF) em ratos saudáveis e com colite induzida. Também foi avaliada a ação da PPF na microbiota cecal e na produção de ácidos graxos de cadeia curta (AGCC) dos animais saudáveis. A caracterização química mostrou que a PPF possui aproximadamente 48 % de fibra insolúvel e 17 % de fibra solúvel. O teor de fenóis totais na PPF foi 2,53±0,03 mg GAE g-1, de acordo com análise de Folin-Ciocateau. Nos ensaios biológicos foram utilizados ratos Wistar machos (77 dias de idade). Para o preparo da dieta experimental (Peel) 50% do teor de celulose da dieta padrão foram substituídos por fibra de PPF. No primeiro ensaio, os animais foram divididos em 2 grupos: Peel e Control (n=4). Após 15 dias os animais foram anestesiados e sacrificados. O grupo Peel apresentou maior ingestão diária de dieta, sem alteração ponderal, porém mostrou menores níveis de albumina sérica e proteína total em comparação ao grupo Controle. Não houve diferenças no potencial antioxidante sérico de acordo com ensaio de FRAP e TBARS...

‣ Efeitos de antocianinas monoméricas de Sambucus nigra L. sobre modelo de colite ulcerativa induzida por TNBS; Effects of Sambucus nigra L. monomeric anthocyanins on TNBS induced ulcerative colitis

Eduardo Augusto Rabelo Socca
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/01/2011 Português
Relevância na Pesquisa
38.18085%
Retocolite ulcerativa idiopática e doença de Crohn são doenças inflamatórias intestinais caracterizadas por inflamação crônica da mucosa, resultando em diarréia, fezes sanguinolentas, dores abdominais, anemia, febre, fadiga e perda de peso, tanto em homens quanto em mulheres. Acredita-se que essas manifestações sejam resultado de uma interação multifatorial envolvendo indivíduos geneticamente susceptíveis, condições ambientais específicas, desbalanço na microflora intestinal e desajuste da resposta imune. Drogas derivadas do acido 5-aminossalicilico (sulfassalazina, mesalamina), corticosteroides e agentes imunomoduladores são utilizadas, em conjunto no tratamento dessas patologias. No entanto tais drogas apresentam efeitos adversos importantes, o que acaba por motivar pesquisas envolvendo produtos naturais como alternativas de tratamento. Neste contexto, este trabalho avaliou os efeitos de antocianinas presentes nos frutos de Sambucus nigra L. (sabugueiro), espécie arbustiva pertencente a família Adoxaceae, em modelo de colite ulcerativa induzida pelo acido 2,4,6-trinitrobenzeno sulfônico (TNBS). Os frutos do sabugueiro apresentam grandes concentrações de metabolitos secundários como antocianinas, alem de outros compostos fenólicos...