Página 1 dos resultados de 36 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

‣ Efeito do extrato aquoso de alecrim (Rosmarinus officinalis L.) sobre o estresse oxidativo em ratos diabéticos; Effect of aqueous rosemary extract (Rosmarinus officinalis L.) on the oxidative stress of diabetic rats

SILVA, Ana Mara de Oliveira e; ANDRADE-WARTHA, Elma Regina Silva de; CARVALHO, Eliane Bonifácio Teixeira de; LIMA, Alessandro de; NOVOA, Alexis Vidal; MANCINI-FILHO, Jorge
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
32.34745%
OBJETIVO: Avaliar o efeito do extrato aquoso de alecrim sobre o estresse oxidativo em ratos diabéticos. MÉTODOS: O extrato aquoso de alecrim foi obtido por método sequencial. Os fenólicos totais foram determinados pelo método de Folin Ciocateau e a atividade antioxidante in vitro foi determinada através de três métodos: β-caroteno/ácido linoleico, varredura do radical 2,2 Difenil-1-Picril-hidrazil e oxigen radical absorbance capacity. Ratos Wistar machos foram distribuídos em 5 grupos: controle, diabético, e três grupos de animais diabéticos tratados com extrato aquoso de alecrim em concentrações diferentes: 25, 50 ou 100mg/kg por via oral durante 30 dias. O diabetes foi induzido por estreptozotocina e, no final do experimento, foi coletado sangue para avaliar o percentual de hemoglobina glicada e os tecidos hepático e cerebral para determinação das enzimas antioxidantes: superóxido dismutase, catalase, glutationa peroxidase e glutationa redutase. RESULTADOS: Constatou-se que o extrato aquoso de alecrim apresentou altos teores de compostos fenólicos totais e expressiva atividade antioxidante in vitro nos três métodos de avaliação. O extrato aquoso de alecrim na concentração de 50mg/kg diminuiu o percentual de hemoglobina glicada e aumentou a atividade das enzimas catalase e glutationa peroxidase no fígado...

‣ Atividade antiúlcera e toxicidade de Baccharis trimera (Less) DC (ASTERACEAE); Antiulcer action and toxicity of Baccharis trimera Less (DC)

Dias Toledo, Larissa Funabashi de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/02/2008 Português
Relevância na Pesquisa
30.647505%
A carqueja, Baccharis trimera (Less) DC (Asteraceae), é uma espécie vegetal de pequeno porte, característica de regiões tropicais muito utilizada na medicina popular como antiinflamatória, hipoglicemiante e em tratamento de problemas digestivos. Este trabalho tem por finalidade o estudo farmacognóstico, farmacológico e toxicológico de B. trimera. O extrato hidroetanólico a 70%, obtido por percolação, a partir da droga pulverizada, foi concentrado e liofilizado. O extrato foi fracionado com solventes de diferentes polaridades (clorofórmio, acetato de etila, etanol e etanol 50%). O perfil cromatográfico foi determinado para os extratos e as frações. A triagem fitoquímica da droga indicou a presença flavonóides, taninos, saponinas e óleos essenciais. O teor de flavonóides verificado na droga foi de 0,05%, no extrato bruto liofilizado, de 0,21%, no extrato liofilizado da "resina" (uma mistura viscosa, semi-sólida que ficava depositada no fundo do recipiente) 1,52%, na fração clorofórmica 1,17%, acetato de etila 0,40%, etanólica, 0,17% e etanólica 50%, de 0,10%. A avaliação da atividade antiúlcera do extrato bruto liofilizado e do extrato liofilizado da "resina" foi realizada através de indução aguda por etanol acidificado. O extrato bruto liofilizado...

‣ Efeito da região de plantio, cultivares, safras e parboilização sobre compostos fenólicos com atividade antioxidante em arroz integral produzido no Brasil; Effecting of planting regions, cultivars, harvest periods and parboiling on phenolic compounds with antioxidant activity in brown rice produced in Brazil

Kawassaki, Fabiana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/11/2011 Português
Relevância na Pesquisa
70.558423%
O arroz (Oryza sativa L.) integral é rico em compostos fenólicos livres e conjugados (solúveis) e ligados (insolúveis). Atribui-se a estas substâncias propriedades benéficas à saúde humana devido à elevada ação antioxidante. Porém, pouco se conhece sobre o efeito do ambiente e de processos tecnológicos como a parboilização sobre os seus teores. Este trabalho teve como objetivo estudar a variabilidade nos teores de compostos fenólicos solúveis e insolúveis em arroz integral em função da região de plantio e safras. Avaliou-se também o efeito da parboilização nos fenólicos e sua atividade antioxidante. Fez parte do escopo desta pesquisa analisar a composição química de 9 amostras de arroz integral e compará-la ao arroz parboilizado integral, e com isso contribuir com dados para tabelas de composição de alimentos. Foram analisadas 54 amostras de arroz integral fornecidas pela Epagri/Estação Experimental de Itajaí, pertencentes a três cultivares comerciais, produzidas simultaneamente em três regiões do Estado de Santa Catarina por diferentes produtores em sistema irrigado e colhidas nas safras de 2007/2008 e 2008/2009. Todas as amostras referentes à safra 2007/2008 foram analisadas antes e após a parboilização. Os compostos fenólicos solúveis foram extraídos com EtOH 80% e os insolúveis com acetato de etila após tratamento em meio alcalino. O método espectrofotométrico de Folin-Ciocalteau foi empregado para a sua quantificação e os métodos ORAC (Oxygen radical absorbance capacity) e DPPH (1...

‣ Análise química, avaliação da atividade antioxidante e obtenção de culturas in vitro de espécies de hypericum nativas do Rio Grande do Sul; Chemical analysis, evaluation of the antioxidant activity and development of in vitro cultures of Hypericum species native of Rio Grande do Sul

Bernardi, Ana Paula Machado
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
30.7183%
Aproximadamente vinte espécies do gênero Hypericum (Guttiferae) têm ocorrência natural no Brasil, e concentram-se principalmente na região Sul do País. Considerando a importância deste gênero como fonte de substâncias com variadas atividades biológicas, tais como analgésica, antidepressiva, antimicrobiana, antiviral, antiproliferativa, entre outras, o presente trabalho teve como objetivos analisar a constituição química e o potencial antioxidante de espécies de Hypericum, desenvolver protocolos para manutenção de algumas espécies nativas através de culturas de tecidos e células e validar metodologia para quantificação de benzopiranos em H. polyanthemum proveniente de cultivo a campo, in vitro e aclimatizado. Utilizando-se métodos cromatográficos e espectroscópicos, foram isolados e identificados o ácido fenólico ácido 5-O-cafeoil-1-metoxi-quínico e os flavonóides 3,7-dimetil-quercetina, 3-Ometil- quercetina, I3,II8-biapigenina, guaijaverina, isoquercitrina e hiperosídeo, todos derivados da quercetina e obtidos da fração acetato de etila das partes aéreas de H. ternum. Ainda desta espécie, porém da fração n-hexano das raízes, obteve-se o derivado de floroglucinol uliginosina B. De H. myrianthum foram isolados e identificados os flavonóides quercetina e hiperosídeo...

‣ Avaliação do potencial antioxidante, citotóxico e fotoprotetor de extratos de Hymenaea courbaril L. e Hymenaea stigonocarpa Mart. ex Hayne

Figueiredo, Patricia Aparecida
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 70 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
32.34745%
Pós-graduação em Biociências - FCLAS; Hymenaea courbaril and Hymenaea stigonocarpa are native medicinal plants of Brazil. Popularly known as jatobá-da-mata and jatobá-do-cerrado are widely used in folk medicine to treat various diseases, the different parts of the plants in the form of tea or syrup are used to treat respiratory problems, inflammation, stomach pain, and how healing. These species have potential therapeutic value due to the presence of various secondary metabolites such as flavonoids and terpenoids. Therefore, the objective this study was to evaluate the antioxidant and photoprotective activity of the hydroethanolic and methanolic extracts from plant parts (leaves, fruit rind, pulp and seed) of H. courbaril and H. stigonocarpa, as well as their content of total phenols and flavonoids. Moreover, it was also evaluated the cytotoxicity of the hydroethanolic extract from seeds of H. coubaril.The antioxidant activity of the extracts was performed by free radical scavenging using DPPH (2,2-difenil-1-picril hidrazil), antioxidant power reduction of iron (FRAP) and the Oxygen Radical Absorbance Capacity (ORAC-FL) assays. The content of total phenols and flavonoids was determined by spectrophotometric methods. The cytotoxicity of the hydroethanolic extract from seeds of H. coubaril on murine melanoma (B16F10-Nex2) cells was investigated by cell viability test using the Trypan blue dye exclusion method.The sun protection factor (SPF) was determined by in vitro method. The results showed that...

‣ Estudo de frutas do cerrado brasileiro para avaliação de propriedade funcional com foco na atividade antioxidante; Antioxidant activity of Brazilian cerrado fruits

Roberta Roesler
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/10/2007 Português
Relevância na Pesquisa
30.7567%
Annona crassiflora (araticum), Solanum lycocarpum (lobeira), Eugenia dysenterica (cagaita), Caryocar brasiliense (pequi) e Swartzia langsdorfii (banha de galinha) são frutas do 2º maior bioma do Brasil (Cerrado). Atualmente, o cerrado enfrenta duas realidades diferentes: a grande possibilidade de produção de alimentos, sendo considerado o maior celeiro do mundo e por outro lado, a riquíssima biodiversidade que está sendo recentemente descoberta e conhecida. A importância da pesquisa por antioxidantes naturais tem aumentado muito nos últimos anos uma vez que o stress oxidativo tem sido associado ao desenvolvimento de muitas doenças crônicas e degenerativas, incluindo o câncer, doenças cardíacas, doenças degenerativas como Alzheimer, bem como está envolvido no processo de envelhecimento. Neste trabalho foi estudada a atividade antioxidante (AAO) de diferentes extratos de frutas nativas do cerrado, a fim de avaliar o potencial desses extratos como antioxidante natural para possíveis aplicações nos setores farmacêutico, cosmético e alimentício. A capacidade de seqüestrar radicais livres em relação ao radical estável 2,2 difenil- 1-picril hidrazil (DPPH) foi inicialmente avaliada por se tratar de uma metodologia simples...

‣ Análise de esteróides em extratos vegetais e estudo fitoquímico e biológico preliminar de Brunfelsia uniflora.

Queiroz, Gustavo Silva
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 56 f.
Português
Relevância na Pesquisa
70.53119%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Físicas e Matemáticas, Curso de Química.; Brunfelsia uniflora, é uma planta nativa, conhecida popularmente como manacá, pertencente à família Solanaceae. É encontrada no sul e sudeste do Brasil e países limítrofes sendo frequentemente cultivada como planta ornamental. Na medicina tradicional é usada como abortiva, purgativa, emética e antiblenorrágica (raízes); Contra artrite, reumatismo, febres e mordedura de cobras (folhas). Devido aos escassos estudos fitoquímicos e biológicos desenvolvidos com esta planta, foram feitos ensaios para avaliar a atividade antioxidante do extrato bruto e das frações de B. uniflora utilizando o radical livre DPPH (1,1-difenil-2-picril-hidrazil) e por determinação de grupos fenólicos totais e de flavonóides. Também foram avaliadas as atividades alelopática e antibacteriana e a toxicidade frente à Artemia salina. As folhas desta espécie após a coleta foram secas, trituradas e extraídas por maceração em solução hidroetanólica 96% por 15 dias obtendo-se o extrato bruto hidroalcoólico (EBH). O EBH foi suspenso em etanol 20% de onde se obteve um precipitado, denominado de resina (Res), que foi filtrado. O filtrado foi particionado com solventes de polaridade crescente...

‣ Perfil polifenólico e atividade antioxidante de farinhas e polentas de variedades locais de milho conservadas on farm no oeste de Santa Catarina

Boeing, Antonio Humberto
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 105 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
30.665293%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Agroecossistemas, Florianópolis, 2014.; Introdução: Uma dieta saudável está baseada no consumo adequado de frutas, verduras e cereais integrais. Entre os cereais, o milho destaca-se por ser considerado uma boa fonte de ácido ferúlico. É amplamente utilizado para diversas preparações culinárias, a exemplo da polenta, que tem sido pouco estudada. Dessa forma, o presente trabalho teve como objetivo investigar o perfil fenólico e a atividade antioxidante nas farinhas de variedades locais de milho, devido ao seu potencial de diversidade química, e avaliar os possíveis efeitos da preparação da polenta sobre o conteúdo daqueles compostos. Métodos: Grãos de 5 variedades locais foram resgatadas nos Municípios de Anchieta e Guaraciaba (Oeste de Santa Catarina) e uma variedade comercial foi utilizada para efeitos de comparação. As amostras foram moídas (60 mesh) e os compostos fenólicos livres (FL), esterificados (FE), glicosilados (FG), ligados liberados por hidrólise enzimática (HE) ou térmica (HT) foram extraídos. As farinhas das variedades Vermelho (76C), Mato Grosso Palha Branca (2109) e o milho comercial (P32R22) foram utilizadas para preparar as polentas. O teor de fenólicos foi determinado pelo método de Folin-Ciocalteau e a atividade antioxidante pelos ensaios ?Ferric Reducing Antioxidant Power? (FRAP) e DPPH (2...

‣ Bioprospecção de fungos endofíticos de Bauhinia variegata : busca por substâncias agonistas da isoforma gama do receptor ativado por proliferadores peroxissomais e por substâncias antioxidantes

Mesquita, Pedro Góes
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
31.204282%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2011.; O diabetes mellitus é uma desordem metabólica que acomete milhões de pessoas em todo o mundo e que está associada à disfunção de vários órgãos, à diminuição da expectativa de vida, além da produção de espécies reativas de oxigênio (EROs). Tiazolidinadionas são substâncias agonistas totais de receptores ativados por proliferadores peroxissomais (PPAR ), capazes de aumentar a sensibilidade à insulina e, por isso, utilizadas no tratamento do diabetes tipo 2. Porém, estas substâncias promovem o aparecimento de efeitos adversos durante o tratamento, como aumento no risco do infarto do miocárdio, hepatopatia e ganho de peso. Por causa dos efeitos indesejados, substâncias que possam substituir a terapia com tiazolidinadionas no tratamento do diabetes têm sido buscadas. Estudos recentes mostraram que extratos das folhas da Bauhinia variegata são capazes de ativar o PPAR e, ainda, que ligantes de PPARs podem regular a produção de EROs. Fungos endofíticos, microrganismos que colonizam os tecidos das plantas de forma simbiótica, são responsáveis pela produção de produtos naturais com efeitos biológicos importantes. Alguns deles são capazes de produzir os mesmos metabólitos do seu hospedeiro. O objetivo deste trabalho foi isolar das folhas de Bauhinia variegata fungos endofíticos que pudessem ser avaliados como fonte de compostos antioxidantes e agonistas a receptores nucleares PPAR . Nove extratos de cultura dos fungos endofíticos das folhas de Bauhinia variegata foram obtidos...

‣ Validation of HPLC, DPPH• and nitrosation methods for mesalamine determination in pharmaceutical dosage forms; Validação dos métodos de CLAE, DPPH• e nitrosação para determinação de mesalazina em formas farmacêuticas

Rafael, Janice Aparecida; Jabor, José Roberto; Casagrande, Rúbia; Georgetti, Sandra Regina; Borin, Maria de Fátima; Fonseca, Maria José Vieira
Fonte: Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas da Universidade de São Paulo Publicador: Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
70.594214%
Mesalazina (ácido 5-aminosalicílico, 5-ASA) é utilizado devido seu efeito local no tratamento de doença inflamatória intestinal. Assim, o objetivo deste trabalho foi comparar e validar três métodos analíticos para o controle de qualidade de comprimidos comerciais revestidos contendo 5-ASA: cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE), radical 1,1-difenil-2-picril-hidrazil (DPPH•) e nitrosação. Os parâmetros linearidade, precisão e exatidão foram estudados neste trabalho. CLAE com detecção ultravioleta em 254 nm foi realizada utilizando coluna C18 e a eluição em fase móvel constituída de tampão fosfato monobásico 30 mmol/L (pH 7,0) e metanol (70:30; v/v), com 25% de sulfato hidrogênio de tetrabutilamônio. Para o método de DPPH• utilizou-se tampão acetato 100 mmol/L, pH 5,5, álcool etílico e 250 µmol/L solução etanólica de DPPH• a 517 nm. Para o método de nitrosação utilizou-se um eletrodo de platina e um padrão de nitrito de sódio 0.1 mol/L como solução titulante. Repetibilidade (intra-dia) e precisão intermediária (inter-dia), expressado como DPR, foi menor que 3%. A recuperação experimental foi entre 72,5 e 99,9%. Análise estatística por "one-way" ANOVA, seguida de comparação múltipla do teste de Bonferroni...

‣ Constituintes químicos, avaliação das atividades citotóxica e antioxidante de Mimosa paraibana Barneby (Mimosaceae)

Nunes,Xirley P.; Mesquita,Rafael F.; Silva,Davi A.; Lira,Daysianne P.; Costa,Vicente C. O.; Silva,Marianna V. B.; Xavier,Aline L.; Diniz,Margareth F. F. M.; Agra,Maria de Fátima
Fonte: Sociedade Brasileira de Farmacognosia Publicador: Sociedade Brasileira de Farmacognosia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 Português
Relevância na Pesquisa
70.376157%
Mimosa paraibana Barneby foi submetida a um estudo fitoquímico para o isolamento de seus constituintes químicos, através de métodos cromatográficos usuais, e posterior identificação estrutural, utilizando-se métodos espectroscópicos de RMN ¹H e 13C uni e bidimensionais, além de comparações com modelos da literatura. Deste estudo pioneiro, foram isolados e identificados cinco constituintes da fase clorofórmica: uma mistura dos esteróides, β-sitosterol e estigmasterol, a 15¹-hidroxi-feofitina A, a 5,7-dihidroxiflavanona, o 3,4,5-trihidroxibenzoato de etila e o ácido p-cumárico. A atividade antioxidante das fases hexânica, clorofórmica e acetato de etila foi avaliada utilizando o radical estável DPPH (1,1-difenil-2-picril-hidrazil) e os resultados comparados com o padrão ácido ascórbico. A avaliação da citotoxicidade das fases foi realizada empregando-se o ensaio de letalidade contra Artemia salina. Dos extratos avaliados, somente o hexânico mostrou baixa toxicidade.

‣ Avaliação fitoquímica e atividade antioxidan e, antimutagênica e toxicológica do extrato aquoso das folhas de Ocimum gratissimum L.

Gontijo,D.C; Fietto,L.C.; Leite,J.P.V
Fonte: Sociedade Brasileira de Plantas Medicinais Publicador: Sociedade Brasileira de Plantas Medicinais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
70.376157%
A espécie Ocimum gratissimum L., popularmente conhecida como alfavaca, é uma planta muito usada na medicina tradicional brasileira, à qual são atribuídas diversas atividades terapêuticas quando usada na forma de infuso de suas folhas. Neste estudo foi realizada a caracterização fitoquímica, a avaliação da ação antioxidante e a investigação dos efeitos antimutagênico e antigenotóxico, além do efeito mutagênico e genotóxico potencial do extrato aquoso liofilizado a parir das folhas de O. gratissimum (EAOG). O conteúdo de polifenóis totais no extrato foi determinado pelo método Folin-Ciocalteu, sendo encontrado 11,3 µg EAG/mg de EAOG. A atividade antioxidante foi avaliada pelo teste do 1,1-difenil-2-picril hidrazil (DPPH•), apresentando IC50 de 83,0 µg/mL. A antimutagenicidade e mutagenicidade foram avaliadas em cepas de Salmonella typhimurium (TA98 e TA100) utilizando o teste Salmonella/microssoma (Salmonella typhimurium/microssomas) em diferentes concentrações. EAOG induziu a atividade antimutagênica para a cepa TA98. A mutagenicidade não foi observada para o extrato em ambas as linhagens. Adicionalmente, a ação antigenotoxica avaliada pelo teste de clivagem do DNA-plasmidial também foi observada para EAOG. Os resultados também demonstraram que o extrato não foi capaz de induzir a genotoxicidade pelo teste empregado. Este estudo relata...

‣ Extração, caracterização e avaliação bioativa do extrato de Rumex acetosa

Santos, ênio Rafael de Medeiros
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química; Pesquisa e Desenvolvimento de Tecnologias Regionais Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química; Pesquisa e Desenvolvimento de Tecnologias Regionais
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
30.644512%
Studies show the great influence of free radicals and other oxidants as responsible for aging and degenerative diseases. On the other hand, the natural phenolic compounds has shown great as antioxidants to inhibit lipid peroxidation and lipoxygenase in vitro. Among these, is highlighted trans-resveratrol ( 3,5,4 `- trihydroxystilbene ) phenolic compound , characterized as a polyphenol stilbene class. The vegetables popularly known as "Azedinha" (Rumex Acetosa) has trans-resveratrol in its composition and from this, the present work aimed to study on the supercritical extraction and conventional extraction (Soxhlet and sequential) in roots of Rumex Acetosa, evaluating the efficiency of extractive processes, antioxidant activity, total phenolic content and quantification of trans-resveratrol contained in the extracts. Extractions using supercritical CO2 as solvent, addition of co-solvent (ethanol) and were conducted by the dynamic method in a fixed bed extractor. The trial met a 23 factorial design with three replications at the central point, with the variable reply process yield and concentration of trans-resveratrol and pressure as independent variables, temperature and concentration of co-solvent (% v/v). Yields ( mass of dry extract / mass of raw material used ) obtained from the supercritical extraction ranged from 0...

‣ AVALIAÇÃO DA TOXICIDADE ORAL AGUDA E DAS ATIVIDADES DIURÉTICA E ANTIOXIDANTE, DA Rudgea viburnoides (CHAM.) BENTH. (CONGONHA-DE-BUGRE); EVALUATION OF ORAL TOXICITY AND ACTIVITIES DIURETICS AND ANTIOXIDANT, DA Rudgea viburnoides (Cham.) BENTH. (Congonha-DE-BUGRE)

PUCCI, Liuba Laxor
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciências Farmacêuticas; Ciências da Saúde - Farmácia Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciências Farmacêuticas; Ciências da Saúde - Farmácia
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
31.296626%
The Rudgea viburnoides (Cham.) Benth. (Rubiaceae), popularly known as "congonha, congonha-de-Bugre or Bugre" is used in folk medicine as diuretic, hypotensive, anti-rheumatic and depurative of blood (leaves tea). This species is being traded as "porangaba" and used in weight loss programs. This work aimed to study the acute toxicity, the diuretic and antioxidant activities of R. viburnoides. The test for acute toxicity in single dose was performed with the ethanolic crude extract, administered orally, at concentrations of 2000mg/kg and 5000mg/kg in mice and rats of both sexes by the testo of Class.To test for diuretic activity in rats, it was used the crude ethanolic extract of the leaves at concentrations of 40mg/kg, 80mg/kg and 160mg/kg, and furosemide 20mg/kg as positive control. The determination of total phenols of the crude extract and fractions (hexane, dichloromethane, ethyl acetate and methanol/water) was performed by the method of Butler and Hargerman and the evaluation of antioxidant activity performed by the method of 2,2-diphenyl-1- picryl -hidrazil (DPPH). There was no acute toxicity of crude ethanolic extract of the leaves and it was classified as non toxic.The results has shown that the ethanolic extract presented dependent dose diuretic effect higher than furosemide...

‣ Síntese e avaliação da atividade biológica de bisfosfonatos derivados do indazole

Matias, Guilhermina do Carmo Andrade Negrinho
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
71.16046%
Os bisfosfonatos são uma classe importante de fármacos com largo espetro de aplicações no tratamento de doenças do metabolismo mineral do osso. Recentemente, tem sido estudada as suas atividades antitumoral e contra diversos microrganismos. Neste trabalho, efetuou-se a síntese de bisfosfonatos derivados do indazole. Os bisfosfonatos utilizados neste trabalho foram sujeitos a estudos de avaliação de atividade antioxidante, toxicidade e atividade biológica. A atividade antioxidante foi determinada por dois métodos: o método do DPPH (1,1-difenil-2-picril-hidrazil) e o método do β-caroteno/ácido linoleico. Os BPs apresentaram atividade antioxidante preferencialmente pelo segundo método. Na avaliação da toxicidade, utilizou-se a Artemia salina, com determinação do valor de CL50. Os BPs estudados apresentaram uma toxicidade superior ao BP comercial estudado. Foi ainda avaliada a atividade antimicrobiana pelo método de difusão em meio sólido e a determinação da concentração mínima inibitória. Nestes ensaios, os BPs mostraram-se mais ativos para as bactérias patogénicas gram negativas, especialmente para Enterobactereaceae; ABSTRACT: Bisphosphonates (BPs) are an important class of drugs with broad spectrum of applications in the treatment of diseases of bone mineral metabolism. Recently...

‣ Efeito protetor da flavana extra?da da esp?cie Brosimum acutifolium contra danos causados por hip?xia em c?lulas retinianas: um estudo in vitro

FONSECA, Susanne Suely Santos da
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
30.631506%
O acidente vascular cerebral isqu?mico (AVCi) causa danos celulares por provocar intensa excitotoxicidade e estresse oxidativo ap?s priva??o de oxig?nio e glicose para uma regi?o do enc?falo. Neste trabalho, investigamos o potencial neuroprotetor da planta amaz?nica Brosimum acutifolium que ? rica em flavanas como a 4',7-diidroxi-8-(3,3-dimetilalil)flavana (brosimina b, aqui abreviada como Bb) que apresenta elevado potencial antioxidante. Utilizamos cultura de c?lulas retinianas de embri?o de galinha submetidas a hip?xia experimental, por priva??o de oxig?nio e glicose, para avaliarmos o potencial antioxidante da Bb atrav?s da an?lise do sequestro do radical 2,2-difenil-1-picril-hidrazil (DPPH). Al?m disso, avaliamos a viabilidade celular (VC) e o perfil oxidativo e antioxidativo ap?s 3, 6 e 24 horas de hip?xia, pela produ??o de oxig?nio reativo (O2-) e atividade antioxidante end?gena pela enzima catalase, respectivamente. Nossos resultados demonstram que nosso modelo experimental de hip?xia in vitro provoca redu??o tempo-dependente da VC, acompanhada por intenso estrese oxidativo, devido ? excessiva produ??o de oxig?nio reativo (O2-). O tratamento com Bb (10?M) protegeu significativamente a viabilidade celular durante 3 e 6 h de hip?xia experimental em c?lulas retiniana cultivadas in vitro...

‣ Impacto do processamento sobre as características físico-químicas, reológicas e funcionais de frutos da gabirobeira (Campomanesia xanthocarpa Berg)

Santos, Marli da Silva
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
30.69165%
Resumo: A gabirobeira (Campomanesia xanthocarpa Berg) e uma planta nativa da familia Myrtaceae. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o potencial tecnologico do fruto, por meio de producao de polpa congelada, extracao de suco, elaboracao de doce em massa, extracao de pectina a partir da polpa e oleo a partir da semente. Os frutos, provenientes de populacoes de plantas nativas, de cinco omunidades do Distrito de Itaiacoca, proximo ao municipio de Ponta Grossa (PR), foram colhidos manualmente e de forma aleatoria, em diversas posicoes e orientacoes das plantas, em media tres quilos de frutos por planta, em tres diferentes estadios de maturacao, adotando-se o criterio de cor predominante da casca. Os tres estadios de maturacao foram assim caracterizados: estadio de maturacao verde (FV), estadio iniciando a pigmentacao, meio-maduro (FIP) e maduro considerado adequado para consumo com a coloracao predominante da casca amarela/laranjada (FAL). As caracteristicas fisicas e quimicas da gabiroba foram avaliadas nos tres estadios de maturacao quantos aos parametros. pH, solidos soluveis totais (SS), acidez total titulavel (AT), croma, a*, b*, L*, angulo Hue ( ‹h) , relacao SS/AT, acucares totais e porcentual de polpa (%). Foram realizadas analises estatisticas multivariadas de agrupamento...

‣ Castanheiros: selecção clonal na variedade Judia

Dinis, Lia-Tânia Rosa
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
50.806055%
Tese de Doutoramento em Ciências Agronómicas e Florestais; O castanheiro é uma espécie multifuncional, cujo fruto, durante séculos, fez parte da dieta alimentar de muitos povos das regiões de montanha onde era cultivado, como sucedeu nos países do sul da Europa. Esta tendência foi evoluindo ao longo dos tempos e de alimento base de populações rurais, a castanha passou também a ser consumida pelas populações mais urbanas através de receitas tradicionais ou da alta cozinha. Finalmente, o conhecimento adquirido sobre o seu valor alimentar tem-na transformado num alimento dietético, a ponto de ser conhecida como uma “unNut”. Entre outros aspectos, é recomendada na alimentação para pessoas quer com problemas de diabetes quer celíacos. De entre as 13 espécies do género Castanea, a “europeia” é a Castanea sativa Mill. Infelizmente as alterações climáticas, principalmente a temperatura e o stresse hídrico, parecem condicionar o seu desenvolvimento em muitas regiões europeias. Assim, pretendeu-se com este trabalho conhecer melhor a forma como diferentes condições edafoclimáticas poderão no futuro influenciar o desenvolvimento e consequente produtividade desta espécie em Trás-os-Montes, com destaque para a variedade Judia. A tese está estruturada em dez capítulos. No primeiro é feita uma Introdução Geral (Capítulo 1). Seguidamente...

‣ In vitro evaluation of Mucuna pruriens (L.) DC. antioxidant activity

Longhi, Joy Ganem; Perez, Elisa; Lima, Jair José de; Cândido, Lys Mary Bileski
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2011 Português
Relevância na Pesquisa
70.64451%
A Mucuna pruriens (L). Dc é uma planta da família Fabaceae, conhecida popularmente como feijão-veludo, fava-coceira, feijão chiporro, mucuna, entre outros. Possui diversas propriedades medicinais, entre elas, o tratamento da doença de Parkinson (DP). Estudos internacionais vêm demonstrando que essa planta possui atividade superior à do fármaco levodopa para o tratamento da DP. O presente estudo avaliou a possibilidade da atividade antioxidante dessa planta auxiliar nesses resultados, uma vez que as células nervosas são altamente sensíveis às substâncias oxidativas. Para isto foi quantificada a concentração fenólica da semente da mucuna e os testes empregados para a avaliação da atividade antioxidante foram o teste de redução do complexo fosfomolibdênio, redução do radical 1,1-difenil-2-picril-hidrazil (DPPH•) e a formação do radical monocatiônico ABTS•+, proveniente do ácido [2-2'-azino-bis(3-etil-benzolina-6-sulfonado)]. Essa análise demonstrou que M. pruriens possui alta capacidade antioxidante, no entanto, não superior à levodopa isolada e, portanto, novos estudos devem ser realizados para a elucidação da atividade dessa planta em seres humanos.; Mucuna pruriens (L). Dc is a plant of the Fabaceae family...

‣ Validação dos métodos de CLAE, DPPH• e nitrosação para determinação de mesalazina em formas farmacêuticas; Validation of HPLC, DPPH• and nitrosation methods for mesalamine determination in pharmaceutical dosage forms

Rafael, Janice Aparecida; Jabor, José Roberto; Casagrande, Rúbia; Georgetti, Sandra Regina; Borin, Maria de Fátima; Fonseca, Maria José Vieira
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2007 Português
Relevância na Pesquisa
82.497%
Mesalazina (ácido 5-aminosalicílico, 5-ASA) é utilizado devido seu efeito local no tratamento de doença inflamatória intestinal. Assim, o objetivo deste trabalho foi comparar e validar três métodos analíticos para o controle de qualidade de comprimidos comerciais revestidos contendo 5-ASA: cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE), radical 1,1-difenil-2-picril-hidrazil (DPPH•) e nitrosação. Os parâmetros linearidade, precisão e exatidão foram estudados neste trabalho. CLAE com detecção ultravioleta em 254 nm foi realizada utilizando coluna C18 e a eluição em fase móvel constituída de tampão fosfato monobásico 30 mmol/L (pH 7,0) e metanol (70:30; v/v), com 25% de sulfato hidrogênio de tetrabutilamônio. Para o método de DPPH• utilizou-se tampão acetato 100 mmol/L, pH 5,5, álcool etílico e 250 µmol/L solução etanólica de DPPH• a 517 nm. Para o método de nitrosação utilizou-se um eletrodo de platina e um padrão de nitrito de sódio 0.1 mol/L como solução titulante. Repetibilidade (intra-dia) e precisão intermediária (inter-dia), expressado como DPR, foi menor que 3%. A recuperação experimental foi entre 72,5 e 99,9%. Análise estatística por "one-way" ANOVA, seguida de comparação múltipla do teste de Bonferroni...