Página 1 dos resultados de 380 itens digitais encontrados em 0.043 segundos

‣ Contribuições à gestão de micro, pequenas e médias empresas (MPMEs): um estudo sobre a adoção de práticas administrativas e sua relação com o porte e com a lucratividade; Contributions to the management of micro, small and médium business (MSMBs): a study on the adoption of administratives practices and its relation to the size and profitability

Mello, Alexssandro Augusto Pereira Correa de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/04/2015 Português
Relevância na Pesquisa
190.88574%
As Micro, Pequenas e Médias empresas, MPME, são responsáveis por em torno de 30% do PIB e por mais da metade dos trabalhos formais no Brasil, tamanha importância aponta a crescente necessidade de pesquisas que suportem o seu desenvolvimento e amadurecimento. Neste contexto, esta tese teve como foco as MPMEs, procurando responder quais são as práticas de gestão que mais impactam na lucratividade, bem como a associação destas práticas de gestão ao porte. As práticas de gestão foram concebidas a partir da cadeia de valor, formando-se nove dimensões: Estratégia, Estrategista, Gestão de Pessoas, Gestão de Valor, Gestão Financeira, Gestão de Operações, Mercadológico, Sistemas de Informação e Governança. Para a construção do instrumento de coleta de dados utilizou-se as referencias conceituais apontadas ao longo do referencial teórico. Dessa forma, montou-se um questionário com 204 perguntas, sendo 160 ligadas diretamente à representação destas práticas e mais 44 que suportaram o alcance do objetivo proposto. Por conseguinte, obteve-se um instrumento robusto para ser respondido em 60 minutos. Foi formada uma amostra de 197 empresas respondentes de diversos setores da economia, sendo 91 micro, 65 pequenas e 37 médias. Para a análise destas respostas utilizou-se a metodologia quantitativa exploratória...

‣ Inovação e criatividade nas pequenas e médias empresas

Girardi, Luiz Tadeu de Azevedo
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
150.6795%
The importance of small and medium enterprises for the economy of a country is fundamental because they have several strategic social and economic roles. Besides contributing to the production of national wealth, they also counterbalance the vulnerabilities of large companies providing the necessary economic balance. Socially their contribution is directly related to the lessening of unemployment, functioning also as source of stability in the community, as a means of reducing inequalities in the distribution of income among regions and economic groups, and contributes, decisively, to limit migration to urbans area. The capacity to innovate is now a key component for the survival and development of small organizations. The future today is increasingly less predictable using past parameters and the business world is more turbulent. The objective of this is to point out the need to revise the models which serve as examples for their adoption of competitive alternatives of development and to offer theoretical-practical knowledge to make possible the implementation of the innovative culture in small enterprises. It emphasizes, moreover, that in the present context, flexibility and skills to work in ambiguous situations and to find creative solutions become central concerns of businessmen and managers.; A importância das pequenas e médias empresas para a economia do País é fundamental pois desempenham diversos papéis econômicos e sociais estratégicos. Além de contribuir com a produção da riqueza nacional...

‣ Determinação de indicadores de qualidade para avaliação do processo de gestão de pequenas e médias empresas do setor de construção civil habitacional

Tachizawa, Elio Takeshi
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
150.76092%
A escolha do tema ficou circunscrita ao subsetor de construção habitacional, que é caracterizado pela presença de pequenas e médias empresas. A consolidação de grandes empresas neste ramo de atividades tende a ocorrer sobretudo em conjunturas onde através da intervenção estatal são definidos programas habitacionais de grande escala que requerem das empresas participantes de maior volume de capital e o acesso a tecnologias mais sofisticadas

‣ Financiamento das pequenas e médias empresas : aspectos do processo de decisão empresarial e o instrumento de capital de risco

Schmitt Júnior, Dalton
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
140.83691%
A presente pesquisa analisa o processo de escolha dos empresários de pequenas e médias empresas brasileiras em relação ao financiamento do crescimento, com ênfase na modalidade capital de risco. A pesquisa foi desenvolvida em duas partes. A primeira avaliou o ciclo financeiro das empresas, os elementos teóricos influentes nas decisões de relação dívidacapital das empresas e teorias relacionadas à agregação de valor do instrumento de capital de risco. A segunda parte consistiu em uma pesquisa de campo com 25 empresários de pequenas e médias empresas brasileiras. Essa pesquisa foi realizada através de um questionário com 43 perguntas, que objetivavam analisar os aspectos de maior importância e maior impacto na decisão de financiamento das empresas e a visão do empresário acerca de elementos do processo de financiamento, como sua percepção em relação aos riscos, custo do capital e associação. O cruzamento dos elementos teóricos com os resultados da pesquisa apresentou resultados significativos. Foi constatado que os empresários optam por financiamento através de dívida para lidar com a hipótese de crescimento da empresa e consolidação da reputação corporativa. Além disso, o custo da captação foi apontado como o elemento mais representativo na escolha da modalidade de financiamento. Nesse sentido...

‣ Fatores de sucesso na internacionalização ativa de pequenas e médias empresas de software : estudo de casos do Brasil e da França

Galimberti, Maurício Floriano
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
150.55846%
A internacionalização de pequenas e médias empresas (PMEs) de software é crescente em diversas regiões do globo, mas as teorias e modelos de internacionalização têm mostrado limitações em explicar o sucesso destes tipos de PMEs em mercados internacionais. A grande maioria dos estudos sobre internacionalização está focada em corporações multinacionais, o que motiva o aprofundamento da investigação sobre internacionalização de PMEs de produtos e/ou serviços inovativos ou de alta tecnologia, denominada de internacionalização ativa. O objetivo central deste trabalho é pesquisar quais são os fatores que contribuem para que PMEs de software entrem e mantenham-se no mercado internacional. Para alcançar este objetivo foi proposto um modelo com as variáveis que influenciam a internacionalização ativa e foram coletados dados junto ao setor de software do Brasil, como país em desenvolvimento, ou não-central, e da França enquanto um país central tecnologicamente. A pesquisa foi conduzida pelo método de estudo de casos, com três empresas de cada país. A internacionalização é tratada como entrada ou acesso a mercados internacionais, desde que "ativa", e independentemente da estratégia adotada para acesso. A análise dos diferentes modelos e teorias contemporâneos...

‣ A administração do capital de giro em pequenas e médias empresas do setor de confecções do Estado de Goiás

Pinheiro, Ivelcy Rocha Caciquinho
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 125 f.| tabs., grafs.
Português
Relevância na Pesquisa
140.88679%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; Este trabalho apresenta um levantamento dos principais problemas na administração do capital de giro em micro, pequenas e médias empresas do setor de confecções, no Estado de Goiás, e propostas para contornar os problemas enfrentados. Realizaram-se entrevistas, abordando os aspectos de controle gerencial, de produção e financeiro. Foram entrevistadas quatro empresas e, em uma delas, elaborou-se uma pesquisa-ação. A pesquisa contou, também, com entrevista de uma consultora do setor de confecções e do diretor da Associação Goiana das Indústrias de Confecções (Agicon). Conclui-se pela necessidade de controles adequados, reforma tributária para o setor de confecções, capacitação dos gestores, incentivo para modernização tecnológica, união dos empresários, visando fortalecimento nas negociações, e maior atuação dos órgão de classe.

‣ A administração do capital de giro em pequenas e médias empresas do setor de confecções do Estado de Goiás

Pinheiro, Ivelcy Rocha Caciquinho
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 125 f.| tabs., grafs.
Português
Relevância na Pesquisa
140.87759%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; Este trabalho apresenta um levantamento dos principais problemas na administração do capital de giro em micro, pequenas e médias empresas do setor de confecções, no Estado de Goiás, e propostas para contornar os problemas enfrentados. Realizaram-se entrevistas, abordando os aspectos de controle gerencial, de produção e financeiro. Foram entrevistadas quatro empresas e, em uma delas, elaborou-se uma pesquisa-ação. A pesquisa contou, também, com entrevista de uma consultora do setor de confecções e do diretor da Associação Goiana das Indústrias de Confecções (Agicon). Conclui-se pela necessidade de

‣ Análise de ambiente favorável ao desenvolvimento das micro, pequenas e médias empresas do arranjo moveleiro da região oeste de Santa Catarina

Rangel, Maria Elisabeth Gonçalves Ribeiro
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 208 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
151.00782%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico, Programa de Pós-Graduação em Administração, Florianópolis, 2014; Esse estudo objetivou analisar as interações das micro, pequenas e médias empresas do arranjo moveleiro da Região Oeste do Estado de Santa Catarina com o ambiente, sob a perspectiva dos arranjos produtivos locais e as possibilidades de construção de ambiente favorável ao desenvolvimento dessas empresas, pela perspectiva de ambiente complexo. O ambiente foi compreendido sob duas dimensões: a física, de localidade, caracterizada como espaço de competitividade, numa relação de adaptação do local ao global; e de espaço cognitivo, como ambiente de interações, de cooperação e de articulações entre os atores envolvidos, resultante das externalidades proporcionadas pelo arranjo produtivo. Nesse sentido, a análise buscou ir além das relações deterministas de adaptação das empresas ao ambiente, exigidas pelo desenvolvimento econômico, apontando para a perspectiva complexa de construção de ambiente, na qual as empresas são vistas com capacidade para auto-organização e transformação do ambiente. No que se refere ao desenvolvimento das empresas, contextualizou-se a relação entre o global e o local...

‣ Pequenas e médias empresas como patrocinadoras de planos previdenciais em entidades fechadas de previdência complementar

Cardoso,Sérgio; Capelo Júnior,Emílio; Chagas,Dimitri Mendonça Spinelli; Rocha,Alane S.; Batista,Paulo César de Souza
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
160.39449%
Este artigo tem como objetivo quantificar o carregamento de contingência sobre as Provisões Matemáticas de Entidades Fechadas de Previdência Complementar - EFPCs, para entidades de diferentes portes, demonstrando, assim, a influência da variável "número de participantes" no nível de carregamento de contingência estipulado. Através de estudo exploratório, com pesquisas bibliográfica e experimental, foram determinadas as taxas de carregamento de contingência para diferentes arranjos previdenciários. Os resultados mostraram que as taxas de carregamento das obrigações das EFPCs são decrescentes com o aumento do tamanho do grupo de seus participantes, considerando-se cada nível de solvência estudado. Constatou-se, ainda, que a necessidade de elevadas taxas de contingência dificultam a constituição de planos em EFPCs por Pequenas e Médias Empresas - PMEs. Por fim, são apresentadas sugestões e alternativas para que as PMEs possam patrocinar planos de previdência em EFPCs: aprimorar, incentivar e difundir arranjos previdenciais flexíveis, operados por EFPCs multipatrocinadas, que recepcionem empregados de distintas origens laborais e de diferentes necessidades previdenciais.

‣ Convergência de fato ou de direito? A influência do sistema jurídico na aceitação das normas internacionais para pequenas e médias empresas

Carmo,Carlos Henrique Silva do; Ribeiro,Alex Mussoi; Carvalho,Luiz Nelson Guedes de
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
160.47743%
Para uma norma contábil ser eficaz no cumprimento do seu objetivo ela deve ser aceita no meio social. Esta pesquisa investiga o impacto do sistema jurídico na aceitação das normas internacionais, objetivando verificar se o ambiente jurídico (Common Law e Code Law) influencia a opinião das partes interessadas no processo contábil em relação à norma para Pequenas e Médias Empresas (PME). A utilização da norma para PMEs ressalta, ainda mais, a relevância dos resultados obtidos, pois ela irá afetar a rotina contábil da maioria das empresas existentes nos países que estão adotando ou pretendem adotar as normas internacionais e não apenas as grandes corporações de capital aberto. Os dados foram coletados das opiniões sobre 4 perguntas utilizadas pelo IASB no seu Discussion Paper de criação da norma para PMEs. Os respondentes foram classificados de acordo com o sistema jurídico dos seus países de origem e conforme a entidade ou classe que representavam. Os achados da pesquisa indicam que não existem diferenças significativas entre as respostas aos questionamentos do IASB com base no sistema jurídico de origem do respondente e nem diferenças significativas nas respostas levando em conta diferentes categorias de respondentes. A inferência que pode ser tirada desta pesquisa é que...

‣ Relações entre práticas de gestão de pessoas e estratégias competitivas em pequenas e médias empresas do setor industrial

Ribeiro, Ivano
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
141.23301%
Resumo: É crescente o número de pesquisas com foco na gestão estratégica de pessoas. Contudo, poucos estudos empíricos exploram este tema em pequenas e médias empresas, sobretudo no contexto nacional. Atualmente, a literatura considera que os recursos humanos são fundamentais para a alavancagem e desenvolvimento sustentável das organizações, enquanto as pesquisas desenvolvidas comprovam que, em grande parte delas, a área de gestão de pessoas ainda se encontra em um plano secundário, focalizando áreas como finanças, produção e marketing em suas formulações estratégicas. O desenvolvimento de práticas de gestão de pessoas adequadas e alinhadas às estratégias competitivas é considerado como um elemento importante para que empresas alcancem a excelência. Nesta perspectiva, este estudo analisou as relações entre as estratégias competitivas e as práticas de gestão de pessoas adotadas em pequenas e médias indústrias do município de Cascavel – PR, verificando se estas práticas variam ou não de acordo com as estratégias. Apoiado no modelo proposto por Schuler e Jackson (1987), o estudo relacionou empresas inovadoras e não-inovadoras com quatro práticas de gestão de pessoas: recrutamento e seleção; treinamento e desenvolvimento; remuneração e avaliação de desempenho. Os resultados apontam para existência de diferenças entre algumas práticas adotadas pelas empresas pesquisadas...

‣ O impacto dos estilos de decisao sobre as estratégias de inovaçao tecnológica nas pequenas e médias empresas

Oliveira, Marilisa do Rocio; Cunha, João Carlos da, 1949-
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
151.16664%
Resumo: O objetivo deste estudo foi verificar como os proprietários de Pequenas e Médias Empresas com diferentes estilos diferem na formulação de estratégias de inovação tecnológica para fazer face à turbulência ambiental. A teoria de adaptação-inovação proposta por Kirton foi nossa base teórica adotada para distinguir gestores com diferentes estilos, onde o autor propõe que os indivíduos possuem diferentes estilos de gestão, resolução de problemas e tomada de decisão. Dentro do modelo apresentado foi possível classificar os gestores como reativos, adaptativos e neutros. Para a análise das estratégias adotadas pelas organizações utilizamos a taxonomia proposta por Miles & Snow, por ser esta a que apresenta ampla aceitação entre os pesquisadores na área de administração estratégica, especialmente em pequenas e médias empresas que enfatizam a sua relevância para a análise do comportamento estratégico destas. Através dessa taxonomia pudemos classificar as estratégias das empresas em: defensivas, prospectoras, analíticas ou reativas. No tocante às estratégias de Inovação Tecnológica implementadas nas empresas estudadas, onde definimos essa inovação como a determinação por novos produtos e processos de nível tecnológico mais elevado ou aprimoramento tecnológico de produtos já em linha ou de processos já em uso...

‣ O impacto da orientação para o mercado e da orientação para a marca no desempenho de mercado das pequenas e médias empresas

Saban, Paulo Cezar de Moura
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 132f. : il., tabs., grafs.; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
161.52505%
Orientadora : Profª. Drª. Simone Regina Didonet; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Administração. Defesa: Curitiba, 24/03/2015; Inclui referências; Área de concentração: Estratégia de marketing; Resumo: O objetivo da pesquisa foi analisar empiricamente o impacto da relação entre orientação para o mercado e orientação para a marca no desempenho de mercado de pequenas e médias empresas. Para satisfazer seus desejos e necessidades, os consumidores dessas empresas buscam produtos e serviços com maior percepção de valor, fazendo com que essas empresas repensarem sua orientação estratégica em busca de uma vantagem competitiva sustentável. O embasamento teórico foi fundamentado nos três construtos e suas respectivas relações, abordadas no contexto geral e das pequenas e médias empresas. Por meio de estatísticas multivariadas, foi possível analisar os dados resultantes de uma pesquisa de campo com 106 pequenas e médias empresas manufatureiras. Com o resultado foi possível identificar a intensidade da orientação para o mercado e da orientação para a marca nas empresas pesquisadas, resultando numa tipologia específica...

‣ Financiamento das pequenas e médias empresas: análise das empresas do distrito do Porto em Portugal

Tavares,Fernando Oliveira; Pacheco,Luís; Almeida,Emanuel Ferreira
Fonte: Departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo Publicador: Departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 Português
Relevância na Pesquisa
151.3042%
RESUMONeste artigo, o objetivo é conhecer e analisar as formas de financiamento e produtos mais utilizados pelas pequenas e médias empresas do distrito do Porto, em Portugal. Pretende-se ainda perceber a aceitabilidade e a propensão para utilização de formas de financiamento alternativas e compreender quais as dificuldades das empresas no acesso ao crédito. O método utilizado é quantitativo e exploratório, um inquérito foi enviado a 1.600 empresas do distrito do Porto, acerca das diferentes formas de financiamento das organizações. Os resultados permitem concluir que o crédito bancário é a principal fonte de financiamento das pequenas e médias empresas, seguindo-se o autofinanciamento. O financiamento pela emissão de ações e obrigações é residual. Os resultados apresentam três fatores preponderantes quando as empresas têm necessidade de financiar-se: o crescimento da empresa, o custo do empréstimo e os aspetos burocráticos. Apesar de tratar-se de um estudo exploratório, os três fatores encontrados são um contributo para o estudo sobre o financiamento de pequenas e médias empresas, merecendo atenção por parte de investidores, gestores e detentores de capital.

‣ Um estudo do nível de implantação das normas brasileiras de contabilidade em pequenas e médias empresas nos escritórios contábeis de Goiânia

Moreira, Danilo de Pina
Fonte: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Economia (RG); Ciências Contábeis (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Economia (RG); Ciências Contábeis (RG)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Português
Relevância na Pesquisa
160.39252%
Com o objetivo de adequar a contabilidade das PMEs às normas internacionais, em 2009 foi criada a NBC TG 1000 – Contabilidade para Pequenas e Médias Empresas. Estudos em algumas cidades do Brasil apontam que o nível de adoção à norma em vigor desde 2010, ainda é baixo e que muitos profissionais contábeis ainda não tem um conhecimento pleno das exigências da NBC TG 1000. Dessa premissa surgiu a necessidade de investigar o processo de adoção da NBC TG 1000 nos escritórios contábeis de Goiânia, visto que o perfil empresarial da cidade é composto quase em sua totalidade por PMEs. O presente estudo identificou que foi necessária a capacitação dos funcionários dos escritórios para a aplicação da norma e que uma porcentagem considerável de escritórios contábeis de Goiânia ainda não aplicam a NBC TG 1000, mesmo a norma sendo obrigatória desde 2010 para a contabilidade das PMEs. Também foi verificado que a maioria dos contabilistas considera a NBC TG 1000 como positiva, pois a sua aplicação aumentou a qualidade dos serviços prestados. A pesquisa se caracterizou como exploratória e descritiva, através de estudo bibliográfico acerca do tema e de levantamento através de aplicação de questionário para os responsáveis pelos escritórios contábeis de Goiânia.

‣ A auditoria das Pequenas e Médias Empresas em Portugal: presente e futuro

Branco, Neuza Cristiana Faustino
Fonte: Instituto Politécnico do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 Português
Relevância na Pesquisa
150.69905%
Dissertação de Mestrado apresentado ao Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto para a obtenção do grau de Mestre em Auditoria sob orientação de Adalmiro Álvaro Malheiro de Castro Andrade Pereira; A Comissão Europeia (CE) publica o “Livro Verde: Política de auditoria: as lições da crise”, no ano de 2010, onde são tratados alguns pontos importantes para a auditoria, no que respeita ao papel do auditor, a supervisão, a simplificação de Pequenas e Médias Empresas (PME) e de Pequenas e Médias Sociedades de Auditoria (SMP) entre outros. Após a publicação da CE, a certificação legal das contas para PME foi colocada em causa. Desta forma, a CE propõe três caminhos a seguir, no que toca, ao desencorajamento da revisão legal de contas às PME, a criação de um novo tipo de revisão legal tendo em conta as características das PME e a criação de um “porto seguro”. Assim, as auditorias às PME passariam a ser na vertente de “auditoria limitada”, para que os revisores executassem procedimentos limitados. Neste trabalho apresenta-se um estudo de caso, sobre a influência da auditoria na viabilidade das PME em Portugal, com uma amostra de 62 empresas, sociedades anónimas, do setor comércio...

‣ Gestão da segurança da informação: fatores que influenciam sua adoção em pequenas e médias empresas; Information security management: factors that influence its adoption in small and mid-sized businesses

Silva Netto, Abner da; Silveira, Marco Antonio Pinheiro da
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2007 Português
Relevância na Pesquisa
140.85537%
Este estudo teve como objetivos verificar em que medida as pequenas e médias empresas realizam gestão da segurança da informação e identificar fatores que influenciam pequenas e médias empresas a adotarem medidas de gestão da segurança da informação. Foi realizada pesquisa de natureza exploratório-descritiva e utilizou-se como delineamento o levantamento (survey). A amostra consistiu em 43 indústrias do setor de fabricação de produtos de metal situadas na região do Grande ABC. Com base na literatura sobre gestão da segurança da informação e na norma brasileira de segurança da informação, foram identificadas as ferramentas ou técnicas de gestão da segurança da informação e classificadas em três camadas: física, lógica e humana. O estudo identificou que a camada humana é a que apresenta a maior carência de cuidados por parte das empresas, seguida pela camada lógica. O antivírus é a ferramenta/técnica mais utilizada pelas empresas pesquisadas para garantir a segurança da informação. A pesquisa relevou que 59% das empresas pesquisadas possuem um nível de segurança satisfatório e que o principal fator motivador para adoção de gestão da segurança da informação é "evitar possíveis perdas financeiras". Todos os fatores inibidores se mostraram importantes para as empresas pesquisadas: falta de conhecimento...

‣ RELAÇÕES DOS DIRIGENTES E GESTÃO ESTRATÉGICA DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS DOI: 10.5585/rai.v4i2.118; MANAGER’S RELATIONS AND STRATEGIC MANAGEMENT OF SMALL AND MEDIUM ENTERPRISES

Lima, Edmilson de Oliveira; Knoll Zoschke, Ana Cláudia
Fonte: Universidade de São Paulo. Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 14/12/2007 Português
Relevância na Pesquisa
170.4858%
This paper characterizes the role of interpersonal relations of managers in strategic management of small and medium enterprises (SME), particularly relating to formation, evolution and implementation of their strategic vision. Different authors highlight that this concept is essential to understand strategic management of SME. The empirical research presented in this paper is a multi-case, exploratory and qualitative study. The data was collected mainly through in-depth semi-structured interviews and was processed intra and inter-site qualitative analysis. The sample is composed of eight SME from different sectors. They were chosen by convenience using the technique of theoretical sampling, but respecting some pre-defined criteria. Results corroborate a conceptual model from literature and offer contributions that can provide orientations for new efforts in practice and research about SME. One contribution is the recognition and the description of the strategic conversation process, essential to the development of shared vision in the context of SME directed by management teams. The paper's conclusion presents some future research requirements and some implications of the results on practice.; Este artigo caracteriza a participação das relações interpessoais dos dirigentes de pequenas e médias empresas (PME) em sua gestão estratégica...

‣ CUSTOMER RELATIONSHIP MANAGEMENT Y LAS PEQUEÑAS Y MEDIANAS EMPRESAS: UN ESTUDIO DE MÚLTIPLOS CASOS EN EMPRESAS PORTUGUESAS; CUSTOMER RELATIONSHIP MANAGEMENT E AS PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS: UM ESTUDO DE MÚLTIPLOS CASOS EM EMPRESAS PORTUGUESAS

Pedron, Cristiane Drebes; Monteiro, Pedro; Marques, Telma
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 14/01/2013 Português
Relevância na Pesquisa
140.96596%
El Customer Relationship Management (CRM) surge como respuesta a las organizaciones que decidenadoptar estrategias de marketing relacional para ofrecer a sus clientes una atención más personalizada. Lanecesidad de inversiones significativas en la compra de sistemas tecnológicos y  en la adaptación de losprocedimientos internos hizo con que las Pequeñas y Medianas Empresas (PME) se mantuvieran en uncircuito más tradicional, al contrario de las grandes empresas. Sin embargo, el aumento de la competencia,la globalización de los mercados, el desarrollo tecnológico y lo efímero de las preferencias de los clienteshan llevado muchas PME a repensar su negocio. Este artículo  procura responder la pregunta “Cómo seefectúa la adopción del CRM en las PME?, teniendo como objetivo analizar los factores críticos de suceso para la adopción del CRM en las PME. Para tanto, fueron realizados estudios de casos  en tres empresasportuguesas. Como fuente de colecta de datos, se realizaron entrevistas y análisis de documentossecundarios. Como principal contribución, un análisis de los factores críticos de suceso más pertinentespara la adopción del CRM, que deben ser considerados por las PME. En conclusión, se obtuvo que lasempresas estudiadas atribuyeron mayor importancia...

‣ Convergência de fato ou de direito? A influência do sistema jurídico na aceitação das normas internacionais para pequenas e médias empresas; Convergence de facto ou de jure? The influence of the legal system on the acceptance of international financial reporting standards for small and medium-sized entities

Carmo, Carlos Henrique Silva do; Ribeiro, Alex Mussoi; Carvalho, Luiz Nelson Guedes de
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
150.47971%
Para uma norma contábil ser eficaz no cumprimento do seu objetivo ela deve ser aceita no meio social. Esta pesquisa investiga o impacto do sistema jurídico na aceitação das normas internacionais, objetivando verificar se o ambiente jurídico (Common Law e Code Law) influencia a opinião das partes interessadas no processo contábil em relação à norma para Pequenas e Médias Empresas (PME). A utilização da norma para PMEs ressalta, ainda mais, a relevância dos resultados obtidos, pois ela irá afetar a rotina contábil da maioria das empresas existentes nos países que estão adotando ou pretendem adotar as normas internacionais e não apenas as grandes corporações de capital aberto. Os dados foram coletados das opiniões sobre 4 perguntas utilizadas pelo IASB no seu Discussion Paper de criação da norma para PMEs. Os respondentes foram classificados de acordo com o sistema jurídico dos seus países de origem e conforme a entidade ou classe que representavam. Os achados da pesquisa indicam que não existem diferenças significativas entre as respostas aos questionamentos do IASB com base no sistema jurídico de origem do respondente e nem diferenças significativas nas respostas levando em conta diferentes categorias de respondentes. A inferência que pode ser tirada desta pesquisa é que...