Página 1 dos resultados de 236 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

‣ Agrofloresta e cartografia indígena: a gestão territorial e ambiental nas mãos dos agentes agroflorestais indígenas do Acre; Agroforestry and Indigenous cartography: territorial and environmental management in the hands of Indigenous Agroforestry Agents of Acre

Gavazzi, Renato Antonio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.52571%
O presente trabalho aborda uma experiência local na Amazônia ocidental brasileira no estado do Acre, desde 1996, onde trata de uma ação educacional na formação de Agente Agroflorestal Indígena (AAFI) para a gestão territorial e ambiental das terras indígenas e de seu entorno. A pesquisa debate dois aspectos fundamentais na formação do AAFI: a agrofloresta e a cartografia indígena. A agrofloresta nessa pesquisa é vista pelo olhar atento dos AAFIs, através de seus registros realizados em seus diários de trabalho. Trata-se dos registros etnográficos, realizados pelos próprios índios a partir da sua realidade, por meio do uso da língua escrita e do desenho figurativo. Os diários de trabalho mostram como os AAFIs, junto às suas comunidades, têm trabalhado no uso, no manejo e na conservação dos recursos naturais e agroflorestais. Os AAFIs através das práticas agroflorestais vêm contribuindo na construção de novos modelos e novos espaços produtivos adaptados às condições ecológicas da floresta tropical, com o aporte do conhecimento tradicional, do conhecimento científico-acadêmico e do conhecimento local e de uma efetiva participação das comunidades indígenas na gestão de seus territórios. A cartografia indígena é tratada como uma disciplina direcionada para orientar o planejamento e a gestão das terras indígenas. O trabalho destaca a importância dos conhecimentos indígenas na construção individual e coletiva dos mapas mentais e georreferenciados e dos planos de gestão...

‣ Caracterização de solos sob diferentes usos na região sul do Amazonas

Oliveira, Ivanildo Amorim De; Campos, Milton César Costa; Freitas, Ludmila De; Soares, Marcelo Dayron Rodrigues
Fonte: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Publicador: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1-12
Português
Relevância na Pesquisa
17.05214%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Areas with native vegetation are increasingly fragmented due to agricultural occupation, and with the removal of the natural vegetation, the use of soil has shown changes in their chemical, physical and biological attributes. Thus, the objective of this work was to evaluate soil physical and chemical attributes using multivariate technique. The study was carried out in area with Archaeological Black Earth (TPA), forest, pasture, agroforestry, sugar cane and cassava. In these areas 64 soil samples were collected from disturbed and undisturbed soils at a regular spacing of 10 meters and 0.0 to 0.10 m depth for chemical and physical analyses. Areas of TPA and agroforestry had different values for physical and chemical attributes in comparison with soils from pasture, forest, cassava and sugar cane. The areas cultivated with cassava, sugar cane and pasture had similar physical and chemical characteristics. The use of the multivariate analysis tool proved to be useful to detect similarities or differences in soils attributes based on chemical and physical in the study area.; Áreas com vegetação nativa são cada vez mais fragmentadas devido ao desmatamento associado à atividade agropecuária...

‣ Recuperação de áreas degradadas através de sistemas agroflorestais: a experiência do Projeto Agrofloresta, sustento da vida

Formoso, Silvia Cupertino
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 45 f.
Português
Relevância na Pesquisa
27.345303%
PETROBRAS started in 2003 the implantation of agroforestry systems as an alternative to recuperate degraded areas at Oiteirinhos Farm, of its property, located in the biggest terrestrial field of oil of Brazil, between the cities of Carmópolis and Japaratuba, at Sergipe. The project, idealized by the geologist Ismael Quirino Trindade Neto and called Agrofloresta, sustento da vida, has the model of agroforestry systems developed by Ernst Götsch as technical and theoretical references, which joins agricultural cultures with forest species. In this direction, it was evidenced that the practices adopted in the SAFs allow to join recovery, conservation and production, as it follows the biodiversity and the dynamics of the natural processes as basic principles of the practices adopted. Including social inclusion and economic return, the project expands the environmental aspect, turning into an action focused in sustainable development.; A PETROBRAS (Petróleo Brasileiro S.A.) iniciou em 2003 a implantação de sistemas agroflorestais (SAFs) como alternativa para recuperação ambiental de áreas degra dadas na Fazenda Oiteirinhos, de sua propriedade, situada no maior campo terrestre de petróleo do Brasil, entre os municípios de Carmópolis e Japaratuba...

‣ A construção de sistemas agroflorestais a partir do saber ecológico local (O caso dos agricultores familiares que trabalham com agrofloresta em Pernambuco)

Almeida, Dirce Gomes de
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xv, 238 f.| il., fots.
Português
Relevância na Pesquisa
27.345303%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias; Análise do trabalho de difusão da Agrofloresta conduzido pelo Centro Sabiá, buscando compreender o modo como os agricultores familiares locais participaram na construção desse processo. Estuda a trajetória de vida do agricultor enfocando o seu sistema de valores e o saber ecológico local, suas percepções sobre o processo de difusão da Agrofloresta, as conexões entre o corpus e a praxis do agricultor, assim como a identificação dos principais indicadores ecológicos monitorados pelos mesmos no sistema. As conclusões centrais do trabalho evidenciam que na geração e disseminação de tecnologias é essencial a valorização dos saberes e das estratégias locais, como base para a construção de novos conhecimentos que incorporem e adaptem as inovações exógenas, num processo de integração de saberes, possibilitando a atualização do conhecimento que privilegie a diversidade. Este trabalho pretende contribuir para a validação da proposta de agricultura agroflorestal, ajudando no credenciamento da mesma junto aos fóruns que elaboram políticas públicas na área de conservação e recomposição dos ecossistemas naturais...

‣ Estrutura da comunidade de insetos (Arthropoda, Insecta) em sistemas de produção de hortaliças e agrofloresta no Distrito Federal

Souza, Érica Sevilha Harterreiten
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
27.802922%
Dissertação (Mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de ciências biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2012.; A composição da comunidade de insetos é constantemente alterada pelas práticas de manejo da vegetação, mudando tanto o número de espécies quanto a sua abundância relativa em sistemas agrícolas. O objetivo foi avaliar os efeitos da diversificação de plantas, a intensidade de perturbação e exploração das propriedades rurais na abundância, riqueza, diversidade e composição das comunidades de insetos, também avaliados localmente, entre os sistemas de produção de hortaliças e de agrofloresta de cada propriedade. O estudo foi conduzido em quatro propriedades rurais de agricultores familiares em diferentes estágios da transição agroecológica, no Distrito Federal, Brasil. As coletas foram realizadas mensalmente, diretamente sobre as plantas, no período de 2009 e 2010. As comunidades de insetos apresentaram menor abundância, maior de riqueza, diversidade e equitabilidade nas propriedades mais diversificadas na vegetação e com menor perturbação e exploração da área. Os dados de distribuição de abundância de espécies apresentaram melhor ajuste ao modelo Série Logarítmica. Maior similaridade da composição de espécies foi observada entre as áreas de agrofloresta do que entre as áreas de hortaliças. Assim...

‣ Caracterização de solos sob diferentes usos na região sul do Amazonas

OLIVEIRA,Ivanildo Amorim de; CAMPOS,Milton César Costa; FREITAS,Ludmila de; SOARES,Marcelo Dayron Rodrigues
Fonte: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Publicador: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2015 Português
Relevância na Pesquisa
17.05214%
Áreas com vegetação nativa são cada vez mais fragmentadas devido ao desmatamento associado à atividade agropecuária, o que provoca alterações nos atributos químicos, físicos e biológicos do solo. Assim, o objetivo do estudo foi avaliar os atributos físicos e químicos do solo por meio de técnicas estatísticas multivariadas. O estudo foi realizado em áreas de terra preta arqueológica (TPA), floresta, pastagem, agrofloresta, cana-de-açúcar e mandioca. Nestas áreas foram coletadas 64 amostras de solos deformadas e indeformadas com espaçamento regular de 10 m na profundidade de 0,0-0,10 m para determinação dos atributos químicos e físicos. O estudo mostra que as áreas com TPA e agrofloresta apresentaram valores de atributos físicos e químicos diferentes da pastagem, floresta, mandioca e cana-de-açúcar. Por serem ambientes cultivados, as áreas de mandioca, cana-de-açúcar e pastagem apresentam características físicas e químicas similares. O uso das técnicas de análises multivariadas foi eficiente para verificar as similaridades ou as diferenças, com base nos atributos químicos e físicos do solo em cada área estudada.

‣ Resistência à penetração em Neossolo Quartzarênico submetido a diferentes formas de manejo

Freitas,Idelfonso C. de; Santos,Felipe C. V. dos; Custódio Filho,Ronaldo de O.; Silva,Nelson R. da A; Correchel,Vladia
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
17.05214%
A substituição das florestas nativas por agrossistemas provoca mudanças na estrutura do solo. O grau dessas alterações depende da intensidade do uso e do manejo do solo, condições climáticas locais e propriedades físicas e químicas do solo. O objetivo deste estudo foi avaliar a densidade do solo, resistência do solo à penetração e a matéria orgânica de um Neossolo Quartzarênico órtico em quatro sistemas de manejo: floresta nativa, agrofloresta, pasto e outra área recentemente convertida para uso agrícola. Em cada sistema avaliado sete perfis de solo foram coletados em julho de 2010 e Janeiro de 2011. A resistência do solo foi determinada com um penetrômetro de impacto, modelo Planasucar Stolf IAA, de 00-40 cm de profundidade. O teor de água do solo foi determinado de 00-20 e 20-40 cm de profundidade. A matéria orgânica e a densidade do solo foram determinadas de 00-05; 05-10; 10-20 e 20-40 cm. Entre os sistemas avaliados os menores valores de densidade e resistência do solo foram encontrados na agrofloresta e os maiores obtidos no pasto. Os resultados obtidos na área com uso agrícola de apenas um ano, foram semelhantes aos obtidos em mata nativa.

‣ Caracterização de agrofloresta periurbana no município de Parintins-AM.

ROÇODA, L. C. C.; SOUSA, S. G. A. de; HAURADOU, G. R.; ALBUQUERQUE, E. C. de
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE SISTEMAS AGROFLORESTAIS, 8., 2011, Belém, PA. Anais... Belém, PA : SBSAF : Embrapa Amazônia Oriental: UFRA : CEPLAC : EMATER : ICRAF, 2011. 1 CD-ROM. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE SISTEMAS AGROFLORESTAIS, 8., 2011, Belém, PA. Anais... Belém, PA : SBSAF : Embrapa Amazônia Oriental: UFRA : CEPLAC : EMATER : ICRAF, 2011. 1 CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
27.052139%
O objetivo do presente estudo foi caracterizar os agroecossistemas de uma unidade de produção familiar. O estudo foi realizado em uma Unidade de Produção Familiar (UPF) periurbana de Parintins-AM, situada em ambiente de terra firme e várzea.; 2011

‣ Atributos químicos do solo em sistemas agroflorestais multiestrata sucessional e em áreas de regeneração natural.

SCHWIDERKE, D. K.; CEZAR, R. M.; VEZZANI, F. M.; FROUFE, L. C. M.; SEOANE, C. E. S.
Fonte: In: CONGRESSO FLORESTAL PARANAENSE, 4., 2012, Curitiba. Anais. [Curitiba]: Malinovski Florestal, 2012. CD-ROM. Publicador: In: CONGRESSO FLORESTAL PARANAENSE, 4., 2012, Curitiba. Anais. [Curitiba]: Malinovski Florestal, 2012. CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
17.345303%
Os sistemas agroflorestais multiestrata sucessional (agrofloresta - AG) podem ser definidos como a interação entre espécies arbóreas, culturas agrícolas de ciclos anuais, semi-perenes e perenes. Este sistema vem ganhando cada vez mais destaque no Brasil. Diante disto o objetivo deste trabalho foi avaliar a influência do tempo de condução de sistemas agroflorestais multiestrata sucessional nos atributos químicos do solo e compará- los com áreas de regeneração natural. Este experimento foi realizado no município de Adrianópolis ? PR, sendo composto por três tratamentos: agrofloresta com até cinco anos (AG 05); agrofloresta de 5 - 10anos (AG 10); áreas de regeneração natural de 10 anos (RN). O delineamento experimental utilizado foi o delineamento de blocos ao acaso. Foram determinados o pH CaCl2, pH SMP, Ca+2 e Mg+2, K+ trocável, P disponível e carbono orgânico. Os valores de pH CaCl2, Ca+2 e K+ foram maiores no tratamento AG 05. Os valores de pH SMP, Mg+2, P disponível, e carbono orgânico não diferiram entre os tratamentos. Pode- se concluir que os sistemas agroflorestais multiestrata sucessionais impactaram de forma positiva os atributos químicos de qualidade do solo quando comparados com áreas de regeneração natural.; 2012

‣ Agrofloresta em sistema de multiestrato: uma breve abordagem teórica.

MARTINEZ, G. B.; OLIVEIRA, E. C. P. de; MATOS, I.; SILVA, A. B. da.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE SISTEMAS AGROFLORESTAIS, 6., 2006, Campos dos Goytacazes. Sistemas agroflorestais: bases científicas para o desenvolvimento sustentável. Campos dos Goytacazes: Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro; Salvador: Sociedade Brasileira de Sistemas Agroflorestais, 2006. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE SISTEMAS AGROFLORESTAIS, 6., 2006, Campos dos Goytacazes. Sistemas agroflorestais: bases científicas para o desenvolvimento sustentável. Campos dos Goytacazes: Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro; Salvador: Sociedade Brasileira de Sistemas Agroflorestais, 2006.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
Português
Relevância na Pesquisa
27.052139%
2006

‣ Serviços ambientais e domesticação da paisagem através de agrofloresta.

SILVA, R. O.; STEENBOCK, W.; SALMON, L. G.; SEOANE, C. E. S.; FROUFE, L. C. M.
Fonte: In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE AGROPECUÁRIA SUSTENTÁVEL, 4.; CONGRESSO INTERNACIONAL DE AGROPECUÁRIA SUSTENTÁVEL, 1., 2012, Porto Alegre. A sustentabilidade dentro de sistemas associativistas de produção: anais de resumos expandidos. Porto Alegre: UFRGS, 2012. p. 76-79. Publicador: In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE AGROPECUÁRIA SUSTENTÁVEL, 4.; CONGRESSO INTERNACIONAL DE AGROPECUÁRIA SUSTENTÁVEL, 1., 2012, Porto Alegre. A sustentabilidade dentro de sistemas associativistas de produção: anais de resumos expandidos. Porto Alegre: UFRGS, 2012. p. 76-79.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
27.052139%
O objetivo deste trabalho foi estudar a domesticação de paisagens e serviços ambientais da Agrofloresta praticada pela Cooperafloresta no Vale do Ribeira, através de entrevistas, análise fitossociológica e estimativas de biomassa e carbono na vegetação. Há dois métodos de domesticação de paisagem: Parcelas de Manejo Intensivo (PMI) e Parcelas Sem Intervenção Direta (PSD). As PSD são as atuais matrizes da paisagem destas propriedades. Nas PMI identificamos 222 espécies vegetais. A biomassa de carbono variou entre 39,56 e 129,06 Mg C ha-1 e a taxa anual de incremento de carbono variou de 6,59 a 21,51 Mg C ha-1.. As Agroflorestas promovem restauração da floresta tropical e a fixação de carbono.; 2012; IV SIMBRAS. Disponível online.

‣ Agrofloresta e alimentação

Fonini, Regiane
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27.052139%
Resumo: O presente estudo se insere no processo de investigação de formas alternativas ao modelo hegemônico de produção e consumo de alimentos, partindo de um olhar acerca do meio do rural. O contexto atual é de permanência de um grande número de famintos no mundo ao passo que se configura um modelo de consumo exacerbado e um padrão hegemônico na produção de alimentos que exacerbam conflitos socioambientais. Diante dessa problemática, o foco desse estudo, definido dentro da categoria alimentação, tem como pano de fundo a articulação gerada entre agricultores agroecológicos, ressaltando a experiência de produção de alimentos no sistema agroflorestal (SAF). O objetivo central desta pesquisa é compreender as estratégias de adaptação de um grupo de agricultores agroflorestais quilombolas face aos imperativos do ambiente natural e da sociedade englobante. O universo de pesquisa trata-se do bairro de remanescentes de quilombos Terra Seca, no município de Barra do Turvo (SP). Através de um olhar sobre os grupos sociais não hegemônicos esta pesquisa se desenvolveu tendo como perspectiva o pressuposto epistemológico de que a interdisciplinaridade surge através da prática social a partir da qual emerge o conhecimento sobre a relação sociedade-ambiente. Por conseguinte...

‣ Dinâmica do carbono e do nitrogênio em classes de agregados de um neossolo regolítico com manejo agroflorestal

Dahmer, Gilson Walmor
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 53f. : il. algumas color., tabs., grafs., maps.; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
17.05214%
Orientadora: Profª. Drª. Fabiane Machado Vezzani; Co-orientador: Prof. Dr. Jeferson Dieckow; Co-orientador: Prof. Dr. Luis Claudio Maranhão Froufe; Co-orientadora: Profª. Drª. Karina Maria Vieira Cavalieri; Co-orientadora: Profª. Drª. Lucilia Parron Vargas; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo. Defesa: Curitiba, 28/02/2014; Inclui referências; Area de concentração : Solo e ambiente; Resumo: As práticas agrícolas alteram a dinâmica do carbono (C) e do nitrogênio (N) e a constituição da estrutura do solo, consequentemente interferem na qualidade do solo. Este trabalho teve o objetivo de avaliar a influência do manejo agroflorestal multiestrata sucessional na formação da estrutura e na dinâmica do C e N no perfil completo de um Neossolo Regolítico Eutrófico típico inserido no Bioma Mata Atlântica, localizado na região do Vale do Ribeira. O delineamento experimental foi o de blocos incompletos com quatro blocos e três repetições. Os tratamentos consistiram em AF5: agrofloresta implantada há cinco anos após regeneração natural por cinco anos; AF10: agrofloresta implantada há dez anos após área em solo degradado; e RN10: área em regeneração natural de floresta secundária por dez anos. Com amostras coletadas nas camadas de 0-5; 5-10; 10-15; 15-30; 30-45; e 45-60 cm...

‣ Reciprocidade, solidariedade e reconstrução da identidade camponesa : estratégias de reprodução social dos agricultores familiares da Cooperafloresta

Rodrigues, Almir Sandro
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 244f : il. algumas color.; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
17.345303%
Orientadora: Profª. Drª. Angela Duarte Damasceno Ferreira; Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Sociologia. Defesa: Curitiba, 10/12/2013; Inclui referências; Área de concentração; Sociologia; Resumo: Este trabalho inseriu-se numa pesquisa sobre a construção de alternatividades na produção agroalimentar que empreendeu estudos de caso no âmbito da Rede Ecovida de Agroecologia, organização de agricultores familiares agroecológicos do Sul do Brasil. Seu objeto específico de análise foi a experiência da COOPERAFLORESTA, associação integrante desta Rede e que reúne agricultores familiares do Vale do Ribeira, região situada na fronteira entre os Estados do Paraná e São Paulo. O interesse maior dessa pesquisa foi o de apreender as estratégias de reprodução dos agricultores vinculados a essa associação, em especial sua opção pela agroecologia e agrofloresta, entendendo como tais estratégias são implementadas através de diversas ações de reciprocidade e solidariedade. Nessa perspectiva, o problema da pesquisa partiu das seguintes questões: de que forma a opção pelo sistema agroflorestal e agroecológico nas atividades produtivas, mediante a organização de uma associação de base (no caso a Cooperafloresta...

‣ Cultivando a floresta : sistemas de conhecimento e agroflorestas em Barra do Turvo - SP; Cultivating the forest : knowledge systems and agroforestry at Barra do Turvo - SP

Lucas Berliner Krasucki
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/11/2014 Português
Relevância na Pesquisa
27.052139%
Este projeto visa uma análise da apropriação diferencial de técnicas e narrativas agroflorestais por agricultores familiares da Barra do Turvo, no Vale do Ribeira, São Paulo. Reunidos, atualmente, em torno da associação Cooperafloresta, esses agricultores tiveram contato com diversos ativistas, pesquisadores e cientistas, entre eles um dos sistematizadores do conceito de agrofloresta, Ernst Götsch, em 1996. A pesquisa buscará, portanto, compreender, do ponto de vista desses agricultores e agricultoras, os aspectos econômicos, sociais e simbólicos que permeiam a prática do cultivo de florestas, e de que forma tal prática se constitui e se insere num diálogo entre ciência e tradição, entre transnacionalidade e localidade, entre cultura letrada e cultura oral. Trata-se, portanto, de focalizar a imbricação do conhecimento tradicional e da ciência alternativa oferecida pela agroecologia, com ênfase na produção intelectual de pesquisadores das agroflorestas, nas representações da população local sobre a natureza - vegetais, animais, solos e outros aspectos -, buscando mapear suas convergências, dilemas e eventuais conflitos.; This project aims to analyze different ways family farmers appropriate agroforestry techniques and narratives at Barra do Turvo...

‣ Movimento multirão agroflorestal : trajetoria do grupo, o processo de formação em agrofloresta, suas contribuições e impactos; Movimento multirão agroflorestal : The path of the group, the education process in agroforestry, your contributions and impacts

Renata Zambello Pinho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/08/2008 Português
Relevância na Pesquisa
27.647922%
O Movimento Mutirão Agroflorestal começou em 1996, a partir do contato com as idéias inovadoras do agricultor/experimentador Ernst Götsch, e sempre foi um movimento espontâneo, com livre participação de todos os interessados. O grupo possui organização e dinâmica próprias, e desde o início se propôs a trabalhar de forma auto-gestionária. É formado por profissionais das áreas de ciências agrárias, biológicas, exatas e humanas, estudantes (graduação e pós-graduação), agricultores e técnicos extensionistas, que se reúnem em propriedades rurais para aprender a fazer agrofloresta na prática e de forma coletiva. Hoje, onze anos depois, conta com um acúmulo de experiências em implantação e manejo de agroflorestas, bem como no desenvolvimento de metodologias de ensinoaprendizagem em agrofloresta e percepção ambiental. Os principais objetivos deste trabalho foram resgatar a história e trajetória do Movimento Mutirão Agroflorestal, dando ênfase ao processo de formação em agrofloresta, e avaliar as contribuições do Mutirão para a formação pessoal e profissional de seus participantes. As metodologias utilizadas foram a sistematização da experiência do Movimento Mutirão Agroflorestal, por meio do resgate e análise dos materiais de registros do grupo...

‣ Implantação do Sistema Agroflorestal Sucessional para conservação de sete nascentes em área degradada por pastagem; Deployment system for storing agroforestry of succession seven springs area in degraded in pastures

Veloso, Amanda Santos
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
17.52571%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Florestal, 2013.; A Agrofloresta é a união de vantagens ambientais e econômicas, sendo assim muito interessante ao agricultor familiar. A Agrofloresta Sucessional define-se como um policultivo, reunindo várias culturas agrícolas, árvores frutíferas, árvores para uso madeireiro, medicinais e ornamentais, tudo sendo plantado com variados andares, com alta densidade, incluindo a presença de animais e a família do agricultor. Este trabalho foi implantado na Fazenda Covanca (13° 19’ 37,98” S e 46° 49’ 13,97”. O, elevação 526 m), município de Monte Alegre – GO, em uma área equivalente a 3 hectares, tendo como justificativa, a necessidade de recuperar nascentes de água, solos e estabelecer espécies arbóreas florestais, com menor custo e investimento na implantação e no manejo, para validar o uso do Sistema Agroflorestal Sucessional implantado (com sementes e mudas em geral) na recuperação de áreas degradadas – RAD’s, e assim, produzir alimentos saudáveis e garantir uma melhor qualidade de vida para população. O objetivo deste trabalho é recuperar, por meio da implantação do Sistema Agroflorestal Sucessional...

‣ Comportamento ecofisiologico de clones de guarana em dois agrossistemas na Amazonia.

SILVA, J. F. da; COUTINHO, E. F.; CRAVO, M. da S.; ATROCH, A.; RIBEIRO, J. R. C.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE SISTEMAS AGROFLORESTAIS, 3., 2000, Manaus. Sistemas agroflorestais: manejando a biodiversidade e compondo a paisagem rural - resumos expandidos. Manaus: Embrapa Amazonia Ocidental, 2000. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE SISTEMAS AGROFLORESTAIS, 3., 2000, Manaus. Sistemas agroflorestais: manejando a biodiversidade e compondo a paisagem rural - resumos expandidos. Manaus: Embrapa Amazonia Ocidental, 2000.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: p. 107-109.
Português
Relevância na Pesquisa
27.052139%
Avaliacao do comportamento ecofisiologico de dois clones de guarana cultivados em um sistema convencional de monocultivo e outro de agrofloresta com seringueira, em Maues-AM (Brasil). Com base nos dados obtidos, pode-se verificar que em qualquer horario e epoca de avaliacao, a radiacao solar global e a temperatura do ar foram sempre mais elevadas no sistema monocultivo. A resistencia difusiva do clone BRS Amazonas foi menor no monocultivo, enquanto que para BRS Maues nao houve influencia dos sistemas de cultivo sobre essa caracteristica. Essa diferenca de comportamento sugere que BRS Amazonas quando sombreado e' mais eficiente na economia de agua do que quando cultivado em ceu aberto. Contudo, ha necessidade de acompnhar se essas caracteristicas favoraveis verificadas no sistema agroflorestal se traduzirao para melhor comportamento produtivo das plantas.; 2000

‣ Sistema de Informação orientado à gestão agrofloresta : Tecnologias Envolvidas

Simões, Rui Manuel Coelho
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
27.052139%
Mestrado em Gestão de Sistemas de Informação; A necessidade de gestão agroflorestal é cada vez mais real. A exploração de propriedades, agrícolas ou florestais, carece de planeamento e metodologia. Os sistemas de informação têm vindo a ganhar relevo e importância na georreferenciação e apoio à tomada de decisão. Da recolha, arquivo e análise de dados geográficos, características do solo e clima, fatores sócio económicos e de gestão, podem criar-se sistemas de suporte à decisão que promovam a utilização da terra de uma forma sustentável e rentável. Este trabalho estudou a componente tecnológica de um Sistema de Informação orientado à gestão de recursos agroflorestais, propondo e integrando as tecnologias selecionadas. Implementado em 4 fases distintas, permite registar os dados das propriedades, realizar estudos de casos e propor metodologias para a sua exploração e promoção, trazendo valor acrescentado para todos os stakeholders envolvidos.; The need for agroforestry management is increasingly real. The exploration of properties, agricultural or forestry, lacks planning and methodology. Information systems have been gaining relevance and importance in georeferencing and in supporting decision making. The collection...

‣ A agrofloresta e os contornos de um sujeito (re)significado; The agroforestry and the contours of a subject (re) meaning

Souza Lima, José Edmilson de; UNICURITIBA - Centro Universitário Curitiba; Cazarin Braga, Priscila; UFPR; Macari da Silva, Rômulo; UFPR.
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa qualitativa; Formato: application/pdf
Publicado em 02/08/2013 Português
Relevância na Pesquisa
37.647922%
http://dx.doi.org/10.5007/1984-8951.2013v14n104p25 O artigo indaga em que medida a agrofloresta, ao possibilitar a emergência de um sujeito agroflorestal, este, uma vez constituído, possibilita a consolidação da agrofloresta, dando continuidade a um processo recursivo. Para tanto, recorre à análise dialógica de depoimentos de agricultores quilombolas que usam práticas agroflorestais para coexistir face os desafios da sociedade englobante. O sujeito que irrompe da prática agroflorestal é o sujeito que se (re)significa à medida que reinventa a si mesmo e a própria agrofloresta.; This article asks to what extent agroforestry, to enable the emergence of a subject agroforestry, this once formed, enables consolidation of agroforestry, continuing a recursive process. It is based on the analysis of dialogic testimonials from farmers maroons who use agroforestry practices to coexist face the challenges of society encompassing. The guy who breaks out of the practice of the Agroforestry is the guy who (re)means while he reinvents himself and own agroforest.