Página 1 dos resultados de 38 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

‣ O artista como documentarista: estratégias de abordagem da alteridade; O artista como documentarista: estratégias de abordagem da alteridade

Steen, Paula Alzugaray van
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/04/2008 Português
Relevância na Pesquisa
27.994058%
A presente pesquisa tem como objeto de investigação a apropriação de narrativas e estratégias documentais pelo artista contemporâneo, procurando traçar uma cartografia específica das ações do artista documentarista, a partir de três pressupostos comuns aos campos da arte e do documentário: o deslocamento, a participação e a fabulação. A meta é observar como esses impulsos se desenvolvem nas obras de alguns artistas em atividade hoje no Brasil, entre eles Maurício Dias e Walter Riedweg, Rosângela Rennó e Janaina Tschäpe. Sem querer abranger a totalidade do corpo ético e poético da obra desses artistas, a pesquisa enfoca atividades que combinam pesquisas de campo, invenção de situações e reinvenção de protocolos documentais. Ao analisar e questionar o estatuto testemunhal da imagem documental, e ao adaptar essa imagem para usos subjetivos, pessoais, conceituais etc., o artista documentarista estabelece uma nova plataforma para a prática documental, propiciando a revisão dos modos de leitura e representação da alteridade e da realidade.; As its object of investigation, this research looks at the appropriation of documentary narratives and strategies by the contemporary artist. It looks to trace a specific map of the actions of the artist documentarist starting from three conditions common to the fields of art and the documentary: displacement...

‣ Do campo a cidade; Do campo a cidade

Bahia, Dora Longo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2010 Português
Relevância na Pesquisa
17.54771%
Do Campo a Cidade é uma reflexão sobre o estatuto da obra e do artista contemporâneos. Trata da comparação entre o percurso dos jovens artistas Marcelo do Campo (1951 - ?) e Marcelo Cidade (1979 - ?). Por meio da investigação e reprodução do corpo de trabalhos de ambos, explora questões fundamentais para a arte: qual a natureza do autor contemporâneo, qual a importância do contexto de produção da obra para sua interpretação, e quais os limites entre a obra de arte, a documentação, a citação, a falsificação e o plágio. Do Campo a Cidade é um objetolivro. Concebido como um textoimagem, propõe uma experiência de arte disfarçada de narrativa. Em sua apresentação gráfica, como em seu conteúdo textual, expõe uma reflexão sobre a relação entre o artista e a universidade, eliminando a lacuna entre a prática e a teoria, entre o fazer artístico e sua investigação acadêmica. Pretende responder, assim, às exigências da área de Poéticas Visuais, que privilegia pesquisas tanto teóricas quanto experimentais sobre os processos artísticos.; Do Campo to Cidade is a reflection on the status of contemporary artists and their work. It is a comparison between the trajectories of the young artists, Marcelo do Campo (1951 ?) and Marcelo Cidade (1979 ?). By means of the investigation and reproduction of the body of work of each one of them...

‣ Espelhos e abismos: autoria, erotismo e primitivismo em Louise Bourgeois; Mirrors and abysses: authorship, eroticism and primitivism in Louise Bourgeois

Luduvice, Ruy Lewgoy
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/10/2013 Português
Relevância na Pesquisa
17.54771%
O presente estudo pretende abrir três caminhos possíveis para a compreensão da obra da artista franco-americana Louise Bourgeois (1911-2010). Para isso, primeiramente aborda a relação entre vida e obra em seu trabalho, percorrendo escritos, obras visuais e retratos, rediscutindo o estatuto da noção de autoria em seu trabalho. Em seguida, busca mostrar a peculiaridade da erótica da artista, elemento chave para o estabelecimento entre público e obra. Por fim, examina a inserção de Bourgeois na vaga primitivista presente na implantação do modernismo em solo norte-americano.; This study intends to open three possible approaches to the understanding of the work of the French-American artist Louise Bourgeois (1911-2010). To do this, first it discusses the relationship between life and art in her work, traversing her writtens, visual works and portraits, revisiting the status of the of authorship in her work. Then seeks to show the peculiarity of the artist s erotica, key to her comprehension of the relacionship between art and public. Finally, it examines her integration in the deploying of primitivist modernism in United States.

‣ A arte e a psicose de Seraphine de Senlins: uma leitura clínica; Seraphine de senlis art and psychosis: a clinical reading

Trimer, Alexandre
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/11/2014 Português
Relevância na Pesquisa
17.128413%
Este trabalho tem por objetivo apresentar e discutir a biografia e o estado da arte de Séraphine Louis ou Séraphine de Senlis (1864-1942), uma pintora francesa de estilo naïf (estilo de pintura espontânea e autodidata), descoberta por Wilhelm Uhde (1874-1947) esteta reconhecido e negociante de arte, no início do século XX. A arte (pintura) de Séraphine de Senlis foi conhecida pelo público, através de uma pequena exposição de arte, organizada na prefeitura da cidade de Senlis, em 1927, causando grande escândalo e polêmica pela fusão de cores e também por remeter a temas góticos da Idade Média. Objetivo: A partir da leitura clínica do caso, indaga-se: O que o caso de Séraphine de Louis pode ensinar à clínica da psicose?. Método: O método utilizado é a análise biográfica - especialmente dos fatos recolhidos da tese de doutorado sobre a história da arte, de Alain Vircondelet (2010), dedicada à artista reunidos para discussão e leitura clínica do caso. Com referencial teórico, aqueles concebidos por Jacques Lacan que contribui ao conceber ao menos três possibilidades de estabilização em quadros graves de transtorno psíquico: metáfora delirante, o ato e a obra (criação artística). Resultados e discussão: Os dados biográficos e críticos analisados indicam que o estatuto e a função de criação para Séraphine de Louis suturaram o vazio existencial de sua enfermidade...

‣ A imagem do artista e os diferentes públicos : um estudo de caso na 6ª Bienal do Mercosul

Araujo, Paula Langie
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
48.607065%
A imagem do artista e os diferentes públicos. Um estudo de caso na 6ª Bienal do Mercosul é uma pesquisa no campo da História, Teoria e Crítica de Arte que apresenta uma abordagem sociológica do estatuto do artista contemporâneo e visa analisar o quanto a construção e divulgação de uma “imagem” (entendida enquanto nome, conceito e reputação) em torno da figura do artista contemporâneo é importante para o seu desempenho profissional no atual sistema das artes plásticas. Baseando-se fundamentalmente em um estudo de caso realizado durante a 6ª Bienal do Mercosul, é questão central, neste trabalho, tentar compreender como o público que visita as bienais vê a figura do artista plástico contemporâneo. Para isso, são propostas as seguintes questões: Existe uma “imagem”, enquanto conceito, do artista? Essa imagem-conceito é veiculada em diferentes meios, como os de comunicação? Como essa imagem-conceito é encarada pelo próprio artista, pelo público especializado e pelo grande público? Como o público que freqüenta a Bienal do Mercosul se aproxima da imagem do artista contemporâneo? A dissertação foi dividida em 4 capítulos. Para enriquecer cada um dos 3 últimos capítulos, foram utilizadas entrevistas ordenadas em 3 grupos distintos. No primeiro capítulo...

‣ Arte e filosofia como disciplinas das multiplicidades: problema filosóficos e problemas estéticos em interferência intrínseca, segundo Deleuze

Cardoso Júnior, Hélio Rebello
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 49-66
Português
Relevância na Pesquisa
17.507273%
The most challenging Deleuze/Guattari’s lesson regar- ding art is that it is an autonomous way of thinking and bears of no lack relatively to philosophy and science. In fact, creating artistically is thinking. Throughout this article, I will try to show that art and philosophy are autonomous modes of thinking, as far as the statute of their creations is multiplicity. The multiplicity that characterizes philosophy is concept; the multiplicity that characterizes art is sen- sation. Both of them have their multiplicity character guaranteed by the instance of the problems, to which they are solutions. The most important is that the problems although independent constitute in- terference channels through which two modalities of meeting could happen. First, sensations point out how could a thinker endures in the instance of problems, avoiding both to deprive the concept and to fall in philosophical illusions. In second place in the instance of the problem philosophy and art exchange, so that either a thinker takes an art sensation and extracts from it its generating problem to be philosophically solved or, vice-versa, an artist takes a concept and solves its problem creating new art sensations.; A mais provocante lição de Deleuze/Guattari a respeito da arte é a de que ela é um modo de pensamento autônomo e não deficitário relativamente à filosofia e à ciência. Com efeito...

‣ Clipping 2013-09-setembro

UFSC, Agecom
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Imagem
Português
Relevância na Pesquisa
17.767341%
Clipping de 01 e 02/09/2013: Jornalista Luiz Motta / Professor titular da Universidade de Brasília / Professor visitante da UFSC / Pós-Graduação em Jornalismo da UFSC / Instalação do curso de Medicina na UFSC de Curitibanos / Reunião no Ministério da Educação / Reitora Roselane Neckel / Prefeita de São Cristóvão do Sul, Sisi Blind / Comemoração de 163 anos de Blumenau / Lançamento simbólico do campus da UFSC / Cursos de Engenharia Têxtil, Engenharia de Controle e Automação e Engenharia de Materiais / Licenciaturas em Química e Matemática / Auditório do Colégio de Aplicação da UFSC / Debate sobre violência e tortura contra povos indígenas na ditadura militar / 40 anos do desaparecimento do ex-deputado estadual catarinense, Paulo Stuart Wright / DOI-Codi / Filme PSW: Uma crônica subversiva / Ator catarinense Waldir Brazil / Ator do Grupo Armação, Juval Nahas / Ator Antônio Fagundes / Professor Neno / Desaparecimento das cópias do longa-metragem / Direção de Paulo Halm e Luiz Arnaldo / Produção de Zeca Nunes Pires, Norberto Depizzollatti e do professor da UFSC, Nildo Ouriques Clipping de 03/09/2013: Joi Cletison / Oleiro de São José, José Geraldo Germano / Exposição Da Terra e do Barro: Um Caminho Entre a Tradição e a Arte / Espaço Cultural do Núcleo de Estudos Açorianos da UFSC – NEA / UFSC / Governo dos Açores / PET Letras da UFSC / Inscrições / Cursos de idiomas / Projeto PET Idiomas / Sorteio de vagas / Personagem Kassandra / Montagem catarinense da peça Kassandra / Direção de Renato Turnes / Atriz Milena Moraes / Dramaturgo uruguaio Sergio Blanco / Palestra na UFSC / Cronista Katia Farret Struck de Lima / Menção Honrosa / Concurso de Crônicas Maura de Senna Pereira / Editora da UFSC – EdUFSC / Duplicação da rua Deputado Antônio Edu Vieira / Escolha de propostas pela comunidade / Prefeitura de Florianópolis / Especialistas em mobilidade da UFSC / Administração Dario Berger / Cessão de terreno da UFSC / Administração Cesar Souza Júnior / Grupo de Estudos de Mobilidade Urbana – Gmurb / Curso de Arquitetura da UFSC / Auditório da reitoria / Fórum consultivo / Segurança no campus / Diretor do Departamento de Segurança da UFSC – Deseg...

‣ Clipping 2013-10-outubro

UFSC, Agecom
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Imagem
Português
Relevância na Pesquisa
17.128413%
Clipping de 01/10/2013: Inscrições / Prêmio Cruz e Sousa de Poesia / Editora da UFSC – EdUFSC / Edital / Pró-Música de Florianópolis / 40 Anos / Concerto no Teatro Ademir Rosa / Centro Integrado de Cultura – CIC / Polyphonia Khoros / Massami Ganev / Alberto Andrés Heller / Idealizador Darcy Brasiliano dos Santos / Departamento Cultural da UFSC / Pró-Música de Curitiba / Maestro Carlos Alberto Vieira / Maestro Hélio Teixeira da Rosa / Teatro Álvaro de Carvalho – TAC / Pianista Pablo Rossi / Sete meses na África / Estudantes da UFSC, Flora Pereira e Natan de Aquino / Site Afreaka / Financiamento colaborativo via crowdfunding / África do Sul / Namíbia / Bostwana / Zimbábue / Zâmbia / Tanzânia / Quênia / Moçambique / UFSC de Araranguá / Mestrado em saúde / UFSC / Edital para o Vestibular 2014 / Campi de Araranguá, Blumenau, Curitibanos, Florianópolis e Joinville / Inclusão do campus de Blumenau / Cursos de Engenharia Têxtil, Engenharia de Controle e Automação e Engenharia de Materiais / Licenciaturas em Matemática e Química / Reitora Roselane Neckel / Prefeito de Blumenau, Napoleão Bernardes / Inscrições / Cotas / Exame Nacional do Ensino Médio – Enem Clipping de 02/10/2013: Inscrições / Prêmio Cruz e Sousa de Poesia / Editora da UFSC – EdUFSC / Contação de histórias / Produtora cultural Vanessa Schultz / Exposição Papel-Mundo / Espaço Cultural BRDE / Professora da UFSC...

‣ História da arte e apropriações contemporâneas : uma metodologia de ensino em construção

Oliveira, Emerson Dionisio Gomes de
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
17.128413%
O presente trabalho procurou refletir sobre a prática de ensino que utiliza obras de artes visuais, indiciadas dentro do vocabulário da arte contemporânea, para a construção de um processo comparativo que explicita leituras, releituras e apropriações de estilos e estéticas visuais do passado. Tal prática mira no confronto entre os elementos da linguagem visual oriundos da tradição classificatória da história da arte ocidental – barroco, maneira, neoclássico, romantismo, modernismo etc. –, apropriados pelos artistas contemporâneos. Nesse confronto explicitam-se usos, jogos, críticas e procedimentos realizados pelos artistas, ao mesmo tempo em que se evidencia a história constitutiva dos valores da disciplina História da Arte dentro do contexto sóciohistórico brasileiro. Para tanto, indica-se nesta pesquisa, em uma primeira abordagem, o uso desse método comparativo na formação de professores, a partir do curso de Licenciatura em Artes Plásticas da Universidade de Brasília, e a produção de conhecimento por meio da História da Arte. Nesse tocante, a prática metodológica abriu outros questionamentos: o estatuto artístico em diferentes momentos históricos; o papel do artista diante das fontes visuais do passado; o sentido de autoria e suas restrições culturais; o processo narrativo do passado por meio de fontes visuais derivadas; a hierarquia dos gêneros e suportes; a circulação e a percepção de obras derivadas; a memória como elemento conceitual mediador; o papel das instituições de arte e sua relação com as instituições de ensino; e...

‣ Obra, poesia e instituição : o lugar de Ana Maria Pacheco na arte goiana

Oliveira, Emerson Dionisio Gomes de
Fonte: Associação Nacional de História – ANPUH Publicador: Associação Nacional de História – ANPUH
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
17.54771%
O presente estudo procurou compreender o papel da obra da artista Ana Maria Pacheco no cenário cultural e artístico goiano, em especial, a importância da coleção de obras da artista para o acervo do Museu de Arte Contemporânea de Goiás. Radicada na Inglaterra desde 1973 e louvada pelas instituições oficiais do estado como uma das pioneiras da arte contemporânea na região, Pacheco transformou-se num símbolo da arte local graças a sua bem sucedida inserção na rede internacional da arte. Seu vocabulário estilístico esta voltado para a criação de personagens que navegam entre o estatuto arquetípico e os clichês da estética a mística surrealista, de forte inspiração do renascentista. Procura-se entender o lugar que sua obra ocupou dentro de um acervo que, desde os anos 90, procura narrar-se apenas como contemporâneo. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT; This paper sought to understand the role of the work by the artist, Ana Maria Pacheco in the state of Goiás cultural and artistic scenario, especially the importance of the collection of the works by the artist for the Goiás Contemporary Art Museum collection. Pacheco, who has been living in England since 1973 and is praised by the state’s official institutions as one of the pioneers of contemporary art in the region...

‣ More knave than fool : cepticismo e ironia no drama de Christopher Marlowe

Ribeiro, Nuno Pinto
Fonte: Porto : [Edição de Autor] Publicador: Porto : [Edição de Autor]
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
17.128413%
O teatro comercial e popular isabelino qualifica decisivamente a relação entre o autor e a sua criação: o texto dramático é modelado pelo mercado e os contextos de produção dramática tendem a esbater o rosto do autor e emprestam às peças dramáticas, que ainda se não definem como literatura, uma configuração precária e indecisa. Porém, as pressões dissolventes das instância autoral, à partida inviabilizando a identificação da voz do dramaturgo e do lugar que a ironia ocupa no texto, cedem em Christopher Marlowe (1564-1593) perante os direitos de uma irredutível presença. A suvversão lúdica da memória clássica, em celebração ambígua do conquistador, do desejo herético do poder e do saber, a sedução pelos jogos do excesso e do grotesco ou ainda a desembaraçada expressão de uma perturbadora identidade marginal, momentos de um percurso experimental descontínuo, correspondem simultaneamenteà irreverência provocatória do criador heterodoxo e a um sentido de oportunidade do produtor que sabe manter o interesse do seu público investindo nesta relação uma equívoca cumplicidade. A condição social do artista e o estatuto da arte dramática numa sociedade aristocrática iluminam em grande medida o radicalismo da revolta e a insubordinação iconoclasta das personagens; a liberdade vigiada do teatro ajuda a compreender as * estratégicas de persuasão de que o arrojo da representação se reveste; e o cepticismo dognático revelado no corpo irregular da criação marlowiana insinua o reducionismo da tese e amortece as virtudes compreensivas e dialécticas da supervisão irónica.

‣ O cubo branco fora do cubo branco

Pereira, José Manuel de Magalhães
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
18.110181%
No presente trabalho tenta-se trazer de novo à discussão um leque de questões que, tendo sido levantadas no final da década de sessenta do século XX pelo movimento denominado por Arte conceptual, carecem, passados quarenta anos, de uma resposta. Nesse âmbito, traça-se um mapa possível para que tal tenha sucedido, através de uma breve análise da evolução de paradigma – Modernismo, Pós Modernismo e o devir que desagua na actualidade. Num tempo em que a arte pode ser praticamente tudo, faz todo o sentido que, com maior incidência que nos tempos precedentes, se questione não tanto o que é arte mas qual o seu papel no todo adjacente e, fundamentalmente, que princípios orientadores podem constituir uma praxis basilar para o artista contemporâneo. A prática artística contemporânea deve assumir-se, simultaneamente, como auto consciente, autocrítica e geradora de intrínsecos esboços ontológicos e fenomenológicos potenciadores de uma evolução cognitiva e sensorial (quer a nível pessoal, no seu particular, quer a nível social, no seu sentido mais lato). O cubo branco assumiu-se como arena plenipotenciária onde são esgrimidos os argumentos da arte contemporânea. A questão adjacente é que nesta arena o papel do artista vai sendo gradualmente relegado para um plano de acção quase simbólico. Na fase de pós produção...

‣ A oficina do artista, ou as relações a ciência e a arte a propósito de uma imagem

Cruz, António
Fonte: Instituto Politécnico de Santarém, Escola Superior de Educação Publicador: Instituto Politécnico de Santarém, Escola Superior de Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2006 Português
Relevância na Pesquisa
37.767341%
A actual imagem do artista, de origem romântica, está associada a inspiração e irracionalidade e, portanto, a sua arte em nada parece estar relacionada com a ciência. Um desenho de Stradanus (1523-1605) que representa a descoberta da pintura a óleo por Jan van Eyck (c.1395-1441) dá conta de uma outra realidade: um pintor, com o estatuto de artífice, a desenvolver a sua actividade numa oficina, de acordo com o estabelecido num minucioso contrato, seguindo os mesmos modelos dos outros pintores, auxiliado por ajudantes que laboriosamente lhe preparam os materiais e o equipamento ou aprendem a desenhar. O prolongado contacto com os materiais de pintura que ocorre neste contexto proporciona um conhecimento empírico dos materiais e das suas propriedades, nomeadamente dos pigmentos e das tintas, que permite o uso racional nas obras que só actualmente pode ser convenientemente explicado. Neste espaço da oficina de pintura, arte e ciência estão intimamente relacionadas. A propósito deste desenho é ainda mencionada a dependência da arte em relação aos desenvolvimentos da ciência e da tecnologia que ao longo da história lhe têm proporcionado os materiais e, por outro lado, a contribuição dada à matemática pela descoberta da perspectiva linear pelos pintores do século XV. - The current image of the artist...

‣ A tatuagem como profissão: um ofício tornado arte?

Oliveira, Ana Mónica Palinhos
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
27.54771%
Mestrado em Sociologia; Pretende-se com o presente estudo desenvolver a temática sobre o universo da tatuagem, não na sua vertente de consumo, sinal de identidade individual e de afiliação grupal, mas sim, analisando de que forma este universo se tem profissionalizado e como o corpo se tem “artisticizado” nas sociedades contemporâneas, estudando os tatuadores enquanto artistas e enquanto profissionais dotados de uma cultura profissional que lhes é própria. Este estudo recorreu a uma metodologia de natureza qualitativa, tendo sido contemplada a abordagem etnográfica. O tempo de permanência no terreno foi de aproximadamente seis meses, tendo sido o campo etnográfico composto por estúdios de tatuagens tanto implantados na cidade de Lisboa como em zonas periféricas, e a visita à convenção nacional de tatuagem – Tattoo and Rock Festival. Foram realizadas entrevistas semi-directivas a tatuadores donos de estúdios e tatuadores a trabalhar por conta de outrem. Foram igualmente realizadas entrevistas a agentes do campo das artes consagradas, tais como galeristas, críticos de arte e professores de Belas-Artes, com o intuito de se perceber como a tatuagem e os tatuadores são vistos nesse campo das artes por agentes que o legitimam. O processo de passagem da clandestinidade para a visibilidade...

‣ A Teia de Penélope : encontros e desencontros entre a arte e o artesanato na Época Contemporânea

Jorge, Inês pereira Guerreiro
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /07/2014 Português
Relevância na Pesquisa
27.128413%
Partindo da consciência de que o artesanato se encontra num momento de considerável vigor, apesar da aparente supremacia tecnológica, bem como de que a percepção em relação ao artesanato foi sofrendo variações ao longo do tempo, a presente dissertação pretende averiguar o estatuto e o significado do artesanato, no âmbito da prática artística contemporânea. Com o intuito de analisar alguns dos possíveis desdobramentos desta reflexão, o presente estudo divide-se em três capítulos. Após um preâmbulo, que consiste numa breve história dos ofícios com início na Antiguidade Clássica, desembocando na ruptura entre a beleza e a utilidade que surgiu no século XVIII, o primeiro capítulo constitui uma análise das disputas e diálogos entre a arte popular, as belas-artes a indústria, assumindo um balizamento cronológico que se estende desde a Revolução Industrial e do movimento Arts and Crafts de Oitocentos até à era digital que emergiu na década de 1980. O segundo capítulo dedica-se a interrogar o entrelaçamento da actividade artesanal na dicotomia entre a cultura de elite e a cultura de massas, a partir da sua formulação no século XIX e terminando na actualidade. Neste percurso, sobressai a identificação da cultura popular com o feminino e...

‣ O(s) Tempo(s) da Imagem: uma investiga??o sobre o estatuto temporal da imagem a partir da obra de Didi-Huberman

Tavares, Marcela Botelho
Fonte: Programa de P?s-Gradua??o em Filosofia. Departamento de Filosofia, Instituto de Filosofia, Artes e Cultura, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s-Gradua??o em Filosofia. Departamento de Filosofia, Instituto de Filosofia, Artes e Cultura, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
27.507273%
Este estudo apresenta um pensamento que considera as imagens produzidas no ?mbito da arte, principalmente no contexto das artes visuais ? pintura e escultura ? a partir da compreens?o do estatuto temporal que as constitui. Lemos em Walter Benjamin que ?a imagem ? um cristal de tempo, aonde o Outrora se encontra com o Agora em um rel?mpago para formar uma constela??o?, tal afirma??o est? na base da teoria est?tica formulada pelo fil?sofo franc?s Georges Didi-Huberman, sobre a qual nos debru?amos neste trabalho. O fil?sofo analisa as imagens art?sticas ? e a hist?ria que fazemos delas ? a partir de um modelo temporal acronol?gico, n?o-sucessivo; uma temporalidade de ?dupla-face?, anacr?nica e ?sintom?tica?. Tal temporalidade turbulenta origina imagens dial?ticas ? conceito formulado por Benjamin e atualizado por Didi-Huberman. As imagens dial?ticas s?o as ?nicas ?imagens aut?nticas?, que irrompem como redemoinhos no rio da hist?ria, fraturando o solo das doutrinas est?ticas, e nos for?ando a repensar o trabalho da Hist?ria da Arte. Nestas imagens, passado e presente coexistem, o virtual e o atual se cristalizam em uma imagem-cristal, que devido a sua transpar?ncia permite ao vision?rio, ao vidente ?ver o jorrar do tempo como desdobramento...

‣ A oficina do artista, ou as relações entre a ciência e a arte a propósito de uma imagem.

Cruz, António João; Departamento de Arte, Conservação e Restauro Escola Superior de Tecnologia de Tomar
Fonte: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém Publicador: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 05/04/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.767341%
A actual imagem do artista, de origem romântica, está associada a inspiração e irracionalidade e, portanto, a sua arte em nada parece estar relacionada com a ciência. Um desenho de Stradanus (1523-1605) que representa a descoberta da pintura a óleo por Jan van Eyck (c.1395-1441) dá conta de uma outra realidade: um pintor, com o estatuto de artífice, a desenvolver a sua actividade numa oficina, de acordo com o estabelecido num minucioso contrato, seguindo os mesmos modelos dos outros pintores, auxiliado por ajudantes que laboriosamente lhe preparam os materiais e o equipamento ou aprendem a desenhar. O prolongado contacto com os materiais de pintura que ocorre neste contexto proporciona um conhecimento empírico dos materiais e das suas propriedades, nomeadamente dos pigmentos e das tintas, que permite o uso racional nas obras que só actualmente pode ser convenientemente explicado. Neste espaço da oficina de pintura, arte e ciência estão intimamente relacionadas. A propósito deste desenho é ainda mencionada a dependência da arte em relação aos desenvolvimentos da ciência e da tecnologia que ao longo da história lhe têm proporcionado os materiais e, por outro lado, a contribuição dada à matemática pela descoberta da perspectiva linear pelos pintores do século XV.

‣ Aproximación Psicoanalítica al Cuerpo del Actor en Escena

Idiáquez U., Cristian
Fonte: Universidad de Chile Publicador: Universidad de Chile
Tipo: Tesis
Português
Relevância na Pesquisa
17.767341%
Magíster en psicología clínica de adultos; Aproximaciones psicoanalíticas al cuerpo del actor en escena se ubica como un estudio en transversalidad; es decir, se busca contrastar empíricamente las nociones de cuerpo en un grupo de actores chilenos de distintas edades, género y formación, con algunas de las aportaciones teóricas del psicoanálisis. Se intenta dar cuenta de las implicancias subjetivas para los actores de su estar en el escenario. Para ello metodológicamente se recurre al concepto de cuerpo como vehículo de expresión estética, a través del cual se interrogan nociones como lo erógeno, el proceso creador, y cómo este último “trabaja” al artista en tanto sujeto psíquico. Tomando en cuenta las tensiones existentes entre los distintos campos de saber –ciencias sociales, psicoanálisis y el arte- se recurrió a un enfoque metodológico de tipo cualitativo, el cual permitió una articulación con la concepción de sujeto del inconsciente y el lugar del investigador en ello. Por lo mismo, la principal herramienta de recolección y análisis de la información fue humana, es decir el propio tesista. De esta manera, se realizaron entrevistas en profundidad a los actores y actrices seleccionados para el estudio...

‣ O OFÍCIO DA PINTURA EM PORTUGAL E O PROJETO DA ACADEMIA DE PINTURA

Pifano, Raquel Quinet
Fonte: Universidade Federal da Paraíba Publicador: Universidade Federal da Paraíba
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 21/02/2014 Português
Relevância na Pesquisa
18.344651%
O estatuto social da arte e do artista no ocidente sempre foi alvo de muitas pesquisas e acalorados debates. O processo de reconhecimento do estatuto teórico da arte e sua consequente alteração do estatuto social do artista investigado ao longo da História da Arte mostrou-se complexo e até contraditório. Se durante o medievo, a condição de “artes mecânicas” das artes visuais parece aos historiadores muito clara, quando se trata de Antiguidade, o mesmo não acontece. Num olhar mais próximo, verifica-se que o reconhecimento dos artistas como merecedores de glórias e elogios varia ao longo do período clássico e muito do que se sabe sobre a condição social do artista no período foi revelado por Plinio em sua Historia naturalis...

‣ Darko Maver: uma encenação estética com a imagem da violência

Leite, Sionelly
Fonte: Temática Publicador: Temática
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 09/04/2015 Português
Relevância na Pesquisa
17.767341%
Este ensaio analisa a narrativa sobre Darko Maver, um falso artista sérvio criado pelos grupos italianos 0100101110101101.org e Luther Blissett, que, com a pretensão de idealizar a identidade desse artista, o fez penetrar o sistema de arte com uma falsa história. Além de pretender provar que qualquer um pode ser artista, desde que se saiba o caminho certo a percorrer e os veículos midiáticos a se recorrer, inspirados em Marcel Duchamp e o urinol sob o codinome Fonte, é demonstrado, também, que tudo pode vir a ser arte, pois são adaptadas fotografias de crime às obras de Darko Maver. Ao se apropriar de tal estética chocante, a intervenção artística nos provoca, portanto, a refletir não apenas a construção de sua narrativa e elevação ao estatuto de arte, como os efeitos em relação às imagens reveladoras de violências físicas.Palavras-chave: Darko Maver. Fotografia. Violência. Estética.