Página 1 dos resultados de 10906 itens digitais encontrados em 0.008 segundos
Resultados filtrados por Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP

‣ Redes inter-organizacionais: estudo de políticas de cooperação em biotecnologia no Brasil; Inter-organizational nets: a study on biotechnology cooperation politics in Brazil

Prestes Junior, Norberto Honorato
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/03/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.874626%
Esse trabalho tem como objetivo principal avaliar o atual cenário de biotecnologia no Brasil em termos econômicos, políticos e institucionais e, com base nessas informações, avaliar as condições pré-existentes que favorecem a implantação de uma rede inter-organizacional de empresas de biotecnologia no Brasil. Para que fosse possível tal avaliação foi realizada uma revisão bibliográfica que trouxe informações sobre: a biotecnologia enquanto oportunidade de negócio; os cenários nacional e internacional de biotecnologia; as características das empresas de base tecnológica e de biotecnologia no Brasil; os principais conceitos de rede de cooperação; o atual ambiente e as políticas para inovação e estímulo ao desenvolvimento da biotecnologia no Brasil. Para validar o quadro conceitual realizou-se pesquisa de campo com o estudo da recente experiência da BRBiotec - Rede Brasileira de Empresas de Biotecnologia, que, nasce com o propósito de dinamizar as várias cadeias produtivas que utilizam a biotecnologia no Brasil. Adotou-se, para coleta de informações de campo, sistematização e interpretação dos dados metodologia quantitativa e qualitativa combinadas, na forma de questionário eletrônico. Os resultados obtidos apontam para a necessidade de institucionalização de uma rede como instrumento essencial para a consolidação da biotecnologia no Brasil...

‣ Biotecnologia no Brasil: uma atividade econômica baseada em empresa, academia e Estado; Biotechnology in Brazil: an economic activity based on enterprise, academy and State

Freire, Carlos Eduardo Torres
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.834526%
Essa pesquisa demonstra que a biotecnologia é uma atividade econômica essencialmente baseada na interdependência de atores das esferas mercado, ciência e Estado. A empresa privada depende do conhecimento da academia e de financiamento para inovação e regulação do Estado para produzir bens e serviços. Universidades e institutos fazem pesquisa utilizando recursos públicos e privados. E governos, agências e comitês formulam políticas de CT&I e respondem pela estrutura de regulação, atividade que precisam estar afinadas com empresas e academia para que sejam efetivas. Compreender a biotecnologia passa pelo entendimento desse complexo de interdependências, por isso as três esferas são utilizadas como recurso analítico nessa tese. O segundo aspecto importante da pesquisa é que seria inapropriado falar em um setor de biotecnologia. São atividades biotecnológicas com aplicações em diferentes áreas da economia (setor privado em saúde, bioenergia e agricultura), que provêm de diferentes áreas de conhecimento (agronomia, ciências biológicas e da saúde) e que precisam de políticas públicas específicas (para medicamentos, biocombustíveis e alimentos), e não genéricas (como políticas para biotecnologia). Condição para discutir esses dois aspectos é construir a biotecnologia como um objeto empírico de pesquisa...

‣ Alianças e a sua contribuição no desenvolvimento da capacidade de absorção e no desempenho inovador das empresas dedicadas à biotecnologia; Alliances and its contribution to the development of absorptive capacity and innovation performance of dedicated biotechnology firms

Vicentin, Flavia Oliveira do Prado
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/03/2015 Português
Relevância na Pesquisa
36.834526%
Os mercados cada vez mais competitivos fazem com que as empresas busquem novas formas organizacionais e desenvolvam "capacidades dinâmicas" a fim de sobreviver no mundo globalizado. Nesse contexto, a inovação se tornou tema central para a competitividade. As fontes de inovação estão cada vez mais diversificadas e dispersas geograficamente, as empresas utilizam fontes internas e externas para o desenvolvimento de soluções inovadoras e modelos de negócios diferenciados. Estudos afirmam, que durante todos os anos, são produzidos milhares de artigos científicos que envolvem a biotecnologia, mostrando que é um dos campos mais promissores do mundo, com implicações importantes para economia global. A biotecnologia é caracterizada por ser baseada na ciência, ser multidisciplinar e o seu desenvolvimento é realizado por meio da interface com diversos atores, sendo altamente dependente do seu ambiente institucional. Assim, dado o contexto da biotecnologia, as lentes da teoria das capacidades dinâmicas são úteis para verificar a construção do conhecimento que conduz ao desenvolvimento de novos produtos, já que as empresas não podem depender somente do desenvolvimento do conhecimento interno, elas devem absorver conhecimentos relevantes de fontes externas. No setor de biotecnologia...