Página 1 dos resultados de 134 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

‣ A dimensão internacional do conflito armado colombiano: a internacionalização dos processos de paz segundo as agendas hemisférica e global; The colombian armed conflict international dimension: the internationalization of peace processes according to hemispheric and global agendas

Viana, Manuela Trindade
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/04/2009 Português
Relevância na Pesquisa
68.74278%
Esta pesquisa tem como objetivo central a identificação e análise dos principais atores e temas envolvidos na internacionalização do conflito armado na Colômbia. Este estudo entende por internacionalização a participação de atores estrangeiros na formulação e/ou implementação das tentativas de resolução do referido conflito. O recorte temporal pertinente aos propósitos da pesquisa estende-se do Governo César Gaviria (1990-1994) ao final do primeiro governo de Álvaro Uribe (2002-2006), na medida em que, no período anterior, não era possível observar um envolvimento externo considerável nos processos de paz na Colômbia. Os atores selecionados para uma análise mais atenta foram: EUA e OEA, cujas agendas correspondem à proposta hemisférica predominante; e UE e ONU, as quais representam as iniciativas globais voltadas à resolução do conflito. A principal conclusão deste estudo incide sobre o agrupamento das propostas internacionais em torno desses dois pólos: hemisféricas (das quais os EUA constituem o principal expoente) e globais (que têm na UE o seu ponto focal). A primeira é dotada de vultosos recursos, apresenta um caráter marcadamente militar e encontra na erradicação das drogas e no confronto às guerrilhas as suas principais estratégias. Por outro lado...

‣ Legítima defesa ou represália? O uso da força no conflito armado de 2001 no Afeganistão; Self-defense or reprisal? the use of force in the armed conflict of 2001 in Afghanistan

Saraiva, Rodrigo Motta
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/05/2009 Português
Relevância na Pesquisa
48.46532%
Esta dissertação tem por objetivo analisar as ações militares lideradas pelos EUA no Afeganistão, em 2001, como resposta aos notórios ataques terroristas de 11 de setembro daquele ano contra o WTC e o pentágono, tendo como o foco confrontar os argumentos jurídico-políticos dos EUA utilizados no sentido de qualificar suas ações militares no referido conflito armado pretensamente sob a égide da legítima defesa, com os argumentos jurídicos trazidos pelas normas, usos e costumes e doutrina do direito internacional. Na primeira parte do trabalho, são relatados, mediante a utilização da doutrina internacional, e de documentos de política externa, os fatos envolvendo o conflito armado no Afeganistão de 2001, expondo os principais acontecimentos, segundo uma ordem cronológica, abordando também as Resoluções da ONU sobre tais eventos. Também será exposta uma breve síntese contendo uma contextualização histórica e geopolítica sobre o Afeganistão. Na segunda parte do trabalho, são destacadas algumas das seqüelas produzidas por tais fatos, quais sejam: a Estratégia de Segurança Nacional dos EUA, lançada em 2002, também conhecida como a 'Doutrina Bush', com a respectiva política de ataques preventivos; e a subseqüente e polêmica invasão militar norte-americana ao Iraque em 2003...

‣ Passado e presente nas relações Colômbia-Estados Unidos: a estratégia de internacionalização do conflito armado colombiano e as diretrizes da política externa norte-americana

Santos, Marcelo
Fonte: Instituto Brasileiro de Relações Internacionais Publicador: Instituto Brasileiro de Relações Internacionais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 67-88
Português
Relevância na Pesquisa
68.34394%
Este artigo tem como objetivo analisar a dinâmica das relações entre Colômbia e EUA, com ênfase no governo de Álvaro Uribe (2002-...). Para tanto, são examinadas a estratégia de internacionalização do conflito armado colombiano e os aspectos da intervenção dos EUA mediante o Plano Colômbia. Como conclusão, o trabalho sugere que as recentes mudanças políticas nos EUA têm causado impacto nas diretrizes das relações das relações entre EUA e Colômbia.; This article aims to analyze the dynamics of the relationship between Colombia and United States, with emphasis on the Uribe Government. For this purpose, the internationalization strategy of the Colombian armed conflict and the aspects of the U.S. intervention under Plan Colombia were examined. In the final analysis, this paper suggests that recent political changes in the United States have impacted the guidance for U.S. - Colombia relations.

‣ As organizações indígena e camponesa frente ao conflito armado no norte do Cauca, Colômbia : um estudo de caso

Quintero, Renata Moreno
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
59.1025%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas, 2007.; Comparam-se as formas em que o conflito armado afetou as organizações indígena e camponesa na região do norte do Cauca na Colômbia, e como estas organizações reagiram diante do conflito. Procura-se explicar por que a organização indígena resiste ativamente ao confronto e a camponesa não. São analisadas a dinâmica do conflito armado no período 2000-2005, comparadas as características organizativas e as visões sobre o conflito da organização indígena ACIN e da organização camponesa ARDECANC. O trabalho se apóia em duas perspectivas teóricas da ação coletiva Sydney Tarrow (1997), e Escobar, et. al., (2001). A comparação destas organizações mostrou que a organização indígena realiza resistência ativa ao conflito armado graças a características de sua organização e os elementos culturais e de identidade sustentam a resistência, possibilitam definições alternativas sobre o conflito armado e sobre a paz no país, apesar da forte presença de atores armados e atividades bélicas nos seus territórios. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT; This work compare the ways in which the armed conflict affected the indigenous and peasant organizations at north of Cauca in Colombia...

‣ Conflito armado na Colômbia : marcos de governabilidade no acesso aos direitos à saúde mental e à reparação integral

Sarmiento Marulanda, Laura
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
68.34394%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Serviço Social, Programa de Pós-Graduação em Política Social, 2015.; O objetivo deste trabalho é problematizar os marcos de governabilidade no acesso aos direitos à saúde mental e à reparação integral dentro da política e do quadro legal da Colômbia no período de 2003 a 2013. Foram pesquisados oito documentos governamentais de abrangência nacional, bem como a Política Nacional de Saúde Mental, a Lei Nacional de Saúde Mental, as leis referidas a vítimas (Ley de justicia y paz e Ley de victimas) e os planos de saúde pública de tal período. O desenho da pesquisa foi baseado na teoria fundamentada. Indaga-se o uso político do sofrimento humano e a leitura da violência em um viés médico-psicológico, escondendo os debates morais e políticos dos conflitos, no que é denominado como a razão humanitária contemporânea. Especificamente no contexto colombiano, explora-se como a requalificação da guerra na economia moral implica consequências para a responsabilidade estatal na dinâmica do conflito armado. Com isso, geram-se ordens de legitimidade entre a violência estatal e a violência insurgente, bem como processos de subjetivação política das vítimas da violência em uma tensão entre indivíduos traumatizados e sujeitos de direitos. O sujeito central do trabalho é a vítima da violência sociopolítica; porém...

‣ (In)segurança humana em situação de conflito armado : o crime de violação enquanto atrocidade

Pereira, Susana Luísa Correia
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
48.24457%
Dissertação de mestrado em Relações Internacionais; Na sequência da reconceptualização da segurança que ocorre na última década do século XX, certificando uma posição central ao indivíduo na arena internacional, verifica-se um momento de alteração do entendimento e reconhecimento referente à utilização intencional da violência sexual como ferramenta de guerra em situação de conflito armado. As atrocidades perpetradas nas zonas de conflito (atrocity zones) da Bósnia- Herzegovina (1992-1995) e do Ruanda (1994), integrando comportamentos de violação como componente nuclear de estratégias político-militares calculadas (nítido desafio às noções convencionais de segurança), provocaram uma resposta internacional que culmina na instituição dos Tribunais Ad Hoc para a antiga Jugoslávia e para o Ruanda, intentando a identificação e responsabilização dos respetivos agentes. Os avanços jurisprudenciais tangentes ao crime de violação, decursivos do trabalho destes Tribunais, nomeadamente a sua consagração direta e explícita enquanto atrocidade (atrocity crime), compõem um esforço notório na procura da maximização da proteção dos indivíduos (na condição de civis) em contexto de conflito. Os desenvolvimentos aludidos constituem-se como base e impulsionadores da recente tendência jurídica que emerge na década de 90...

‣ A proteção dos jornalistas em conflito armado: o caso de estudo dos conflitos não internacionais no continente africano

Garrido, Rui André Lima Gonçalves da Silva
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
68.94616%
Dissertação de mestrado em Direitos Humanos; A proteção dos jornalistas em missão perigosa de conflito armado não tem sido estudada com a atenção que o assunto merece. Um olhar mais atento à comunicação social internacional mostra a situação de grande precariedade em que estes profissionais trabalham nesses contextos de grande risco. Este trabalho de investigação centra a sua atenção na figura dos jornalistas que, no decorrer de uma missão de conflito armado, se deparam com uma situação de insegurança em que, de forma crescente, são vítimas represálias e violência que lhes é especificamente dirigida. O Direito Internacional Humanitário, que regula a condução das hostilidades, reserva aos jornalistas uma proteção que, por um lado, é generosa na medida em que os protege enquanto civis, mas, por outro, não responde aos desafios que estes profissionais da comunicação enfrentam enquanto fazem a cobertura noticiosa do conflito armado. Os jornalistas transitaram de meros espetadores do conflito, para uma situação em que são perseguidos, raptados e assassinados, no que se consubstanciam graves violações do Direito Internacional Humanitário, mas também do Direito Internacional dos Direitos Humanos. Como responde o Direito Internacional Humanitário a este desafio que lhe é imposto? Como procura responder à deterioração da situação que estes profissionais vivem em conflito armado? Analisamos ao longo deste trabalho algumas propostas que têm surgido dos vários quadrantes para responder a este desafio...

‣ O processo de paz em Angola: a dimensão internacional do conflito armado de Gbadolite à Luena

Sebastião, André Kizua Monteiro
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
68.65183%
Angola, após se tornar uma Nação Independente face ao colonialismo Português, esteve afundada numa guerra civil que durou vinte e sete (27) anos. Este conflito, opôs as forças do exército do governo angolano FAPLA e as forças do exército da UNITA FALA. Salienta-se que, após a Independência de Angola, houve apenas uns poucos meses de paz em Novembro de 1975, e dois interlúdios instáveis de paz relativa em 1991-1992 e 1994-1998. Com efeito, o conflito angolano era inevitável e as suas linhas de força foram os factores políticos internos. Embora, até o fim da Guerra Fria, tenha tido o envolvimento externo, nomeadamente da África do Sul, do Zaire, da China, de Cuba e das duas superpotências, designadamente dos EUA e da URSS que, ao longo deste conflito, apoiaram uma e outra força. A trajectória das negociações de paz em Angola, desde a Conferência de Gbadolite aos Acordos de Bicesse, desde o Protocolo de Lusaka até à assinatura do Memorando de Entendimento de Luena, foi longa e complexa, obtendo-se resultados positivos graças à boa vontade política e militar das duas partes em conflito, bem como a activa intervenção pacífica de países observadores no sentido de ultrapassar alguns obstáculos. Ressalva-se que...

‣ Passado e presente nas relações Colômbia-Estados Unidos: a estratégia de internacionalização do conflito armado colombiano e as diretrizes da política externa norte-americana

Santos,Marcelo
Fonte: Instituto Brasileiro de Relações Internacionais Publicador: Instituto Brasileiro de Relações Internacionais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2010 Português
Relevância na Pesquisa
68.34394%
Este artigo tem como objetivo analisar a dinâmica das relações entre Colômbia e EUA, com ênfase no governo de Álvaro Uribe (2002-...). Para tanto, são examinadas a estratégia de internacionalização do conflito armado colombiano e os aspectos da intervenção dos EUA mediante o Plano Colômbia. Como conclusão, o trabalho sugere que as recentes mudanças políticas nos EUA têm causado impacto nas diretrizes das relações das relações entre EUA e Colômbia.

‣ Mortes prematuras e conflito armado pelo domínio das favelas no Rio de Janeiro

Zaluar,Alba; Barcellos,Christovam
Fonte: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Publicador: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2013 Português
Relevância na Pesquisa
58.12319%
O artigo se propõe a ir além do uso de variáveis socioeconômicas e individuais agregadas relativas à pobreza, para incluir fatores relacionados com o espaço urbano, hoje parte da explicação sociológica do crime. A análise ecológica das distribuições dos delitos busca a compreensão da natureza complexa da violência para identificar fatores que influenciam o comportamento, aumentando ou diminuindo o risco de cometer ou de ser vítima de violência nas mesmas condições socioeconômicas. Como muitos dos indicadores são dificilmente mensuráveis, as respostas a essas questões tornam a pesquisa etnográfica imprescindível, com a necessária substituição de alguns conceitos para incluir as práticas sociais interiorizadas (etos) que permitem a articulação entre o subjetivo e o objetivo, o micro e o macro. Para acompanhar os complexos processos que provocam e consolidam tais práticas sociais, a pesquisa foi feita segundo o método dos casos desdobrados, que permite vincular o local a outras esferas da vida social em abordagem histórica com pluralidade de fontes de dados. O mapeamento dos diferentes domínios nas favelas (milícias, diversas facções de tráfico e neutras) permitiu identificar áreas de conflito, que se concentram próximas a rodovias...

‣ Efeitos do conflito armado sobre a vida e a saúde na Colômbia

Franco,Saúl; Suarez,Clara Mercedes; Naranjo,Claudia Beatriz; Báez,Liliana Carolina; Rozo,Patricia
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2006 Português
Relevância na Pesquisa
68.74278%
O presente trabalho trata das conseqüências do conflito armado interno (CAI) que a Colômbia tem vivido durante as últimas quatro décadas. Começa identificando o contexto e o momento atual do conflito. A seguir, são descritas algumas das formas, expressões e conseqüências do conflito armado interno, com maior impacto sobre a vida, a qualidade de vida, a saúde e as doenças da população e sobre os serviços de saúde no país. Especial ênfase é dada às altas taxas de mortalidade por homicídio, ao fenômeno do deslocamento forçado pela violência, aos seqüestros e às minas antipessoais. Entre os grupos populacionais mais afetados, destacam-se homens jovens, mulheres, crianças e as minorias étnicas indígenas e afrodescendentes. Esta análise também se refere ao sério problema das contínuas infrações da Lei Internacional Humanitária e aos ataques contra a Missão Médica, assim como às conseqüências negativas do conflito sobre a prestação de serviços de saúde. Para concluir, são feitos alguns comentários gerais sobre a situação descrita e dadas algumas sugestões para o estudo do problema e possíveis ações partindo do setor saúde.

‣ A funcionalidade dos Territórios Estratégicos para acumulação capitalista pela via da violência na Colômbia, nas duas últimas décadas

González Serna, Aura; Tôrres Aguiar Gomes, Edvânia (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
48.12319%
Esta Pesquisa se inscreve no contexto das manifestações da realidade econômica e política da Colômbia, privilegiando os desdobramentos que, nas últimas duas décadas, vêm configurando o conflito armado e civil. Constatamos que da mão da violência exercida contra a população civil, consegue-se instaurar o terror e se estruturar uma forma relativamente estável de governo. A partir destas observações empíricas, a questão central será desvelar se a aparência do conflito solapa interesses para viabilizar o processo de reapropriação de riqueza [usos] destes territórios estratégicos, garantindo, por sua vez, retorno para o capital, em escala ampliada. Os objetivos da Pesquisa foram: i) Identificar nas práticas do capital hegemônico, os conteúdos de legalidade e ilegalidade que fundamentam sua procura do controle social nos territórios estratégicos, fazendo possível a confrontação das falácias que mascaram na esfera da economia; ii) Identificar, nos territórios estratégicos, novas significações na base produtiva e iii) Apreender e compreender como vem acontecendo [nas duas últimas décadas] a recomposição do processo de acumulação para os interesses do capital em territórios estratégicos. Através de um estudo comparativo de base qualitativa entre conteúdos ideológico-politicos e econômicos...

‣ A problemática dos direitos humanos em situação de conflito armado entre o Estado e grupos subversivos

Ipince, Yasmin Azucena Calmet
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 189 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
48.601167%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política, Florianópolis, 2012.; A problemática social, econômica e política da América Latina, em especial dos países que enfrentam conflitos armados, tem recebido repercussão no âmbito internacional, sobretudo pelo alto índice de violação de direitos humanos que os enfrentamentos entre o governo e os grupos subversivos têm ocasionado. O recente conflito armado no Peru, iniciado na década de 1980, e as estratégias contrassubversivas do Estado renderam-lhe ao país a morte e o desaparecimento de mais de 25 mil peruanos. A sistematização da violência política e o consequente endurecimento da tática antissubversiva do Estado durante os governos de Fujimori (1990-2000) trouxeram uma inevitável indagação sobre quais eram as percepções que os agentes envolvidos no conflito armado tinham sobre os direitos humanos. Por meio do método misto de pesquisa, análise hemerográfica e entrevistas semiabertas, esta dissertação tem como objetivo analisar as representações dos principais atores envolvidos nas violações de direitos humanos no conflito armado ocorridas no período dos governos de Alberto Fujimori.
; Abstract : The social...

‣ El deber de la memoria. La agenda investigativa sobre la cobertura informativa del conflicto armado en Colombia, 2002-2012; The Duty of Memory. The Research Agenda on Media Coverage of the Armed Conflict in Colombia: 2002-2012; O dever da memória. A agenda investigativa sobre a cobertura informativa do conflito armado na Colômbia, 2002-2012

Tamayo, Camilo; Universidad de Huddersfield; Bonilla, Jorge; Universidad EAFIT
Fonte: Universidad de la Sabana Publicador: Universidad de la Sabana
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; Investigación Documental; info:eu-repo/semantics/publishedVersion
Português
Relevância na Pesquisa
68.95152%
El presente artículo ofrece una mirada interpretativa de las principales tendencias que han guiado el estudio sobre la relación entre los medios de comunicación, el periodismo y la confrontación armada en Colombia entre 2002 y 2012. ¿Cuál es la agenda investigativa que la academia, las organizaciones sociales y de periodistas han elaborado sobre esta problemática? El estudio reúne 89 trabajos que se pueden agrupar en tres tendencias principales: las miradas al oficio: riesgos, libertades y garantías para informar en medio del conflicto; las agendas del conflicto: fuentes, lenguajes y públicos de la información, y los escenarios emergentes: (pos)conflicto, víctimas y memoria. El artículo cierra con 12 aprendizajes que resultaron de la interpretación de las tendencias encontradas, y que pretenden propiciar puntos de atención sobre los lugares de mirada del periodismo, la academia y las organizaciones de la sociedad en contextos de conflicto armado.; An interpretative look at the overriding trends in research on the relationship between the media, journalism and the armed conflict in Colombia between 2002 and 2012 is provided in this article. What is the research agenda developed and pursued by academia, civil society organizations and journalists concerning this issue? In attempting to answer that question...

‣ Transnational Organized Crime in Colombia; La delincuencia organizada trasnacional en Colombia; Delinquência organizada transnacional na Colômbia

Torres-Vásquez, Henry
Fonte: Universidade La Sabana Publicador: Universidade La Sabana
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
48.282544%
The following article discusses the proliferation of delinquent behavior perpetrated by transnational organized crime. To do so, it looks at how the "Medellin Cartel" developed in the midst of the armed conflict in Colombia, the characteristics and genesis of its particular pattern of criminal activity in the country, and how it relates to the host ofproblems arising from the corruption and impunity prompted by the huge amounts of money obtained by delinquency of this sort through a variety of serious criminal offenses.; Este artículo expone la proliferación de conductas punibles ejecutadas por la delincuencia organizada de tipo trasnacional. Para esto, se estudia cómo el “Cártel de Medellín” se desenvolvió en medio del conflicto armado en Colombia, las características y génesis de ese modelo de criminalidad en el país y la correspondencia que existe entre ésta y el cúmulo de problemas que suscita en torno a la corrupción e impunidad determinada por las grandes cantidades de dinero que esta índole de criminalidad obtiene con la ejecución de diversos y graves tipos penales.; Este artigo expõe a proliferação de condutas puníveis executadas pela delinquência organizada de tipo transnacional. Para isso, estudase como o “Cartel de Medellín” se desenvolveu em meio do conflito armado na Colômbia...

‣ Factores psicosociales que inciden en la Reintegración Social de tres reclusos con vínculos a los grupos armados ilegales (FARC-EP, UC-ELN y AUC) del Centro Penitenciario y Carcelario de Villahermosa; Psychosocial factors which affect the social re-integration of three inmates with links to the illegal armed groups (FARC-EP, UC-ELN and AUC) of the Villahermosa prison; Fatores psicossociais que incidem na reintegração social de três reclusos com vínculos aos grupos armados ilegais (FARC-EP, UC-ELN e AUC) do Centro Penitenciário e Carcerário de Villahermosa

Romero Rodríguez, Tatiana A.; Restrepo Acuña, Natalia; L. Díaz., Ivonne
Fonte: Pontificia Universidad Javeriana Cali Publicador: Pontificia Universidad Javeriana Cali
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; "Artículo revisado por pares"; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artículo Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
48.785444%
Esta investigación exploró los factores psicosociales que facilitan o dificultan la Reintegración Social en tres sujetos con vínculos a los grupos armados ilegales (FARC-EP, UC-ELN y AUC) que se encuentran en el Centro Penitenciario y Carcelario de Villahermosa. Estos factores fueron: percepción del conflicto armado en Colombia y de la dinámica del grupo armado ilegal y del patio. Se utilizó metodología cualitativa con diseño descriptivo-exploratorio, la recolección de información se realizó por medio de entrevistas a profundidad y los participantes fueron tres hombres ubicados en los patios: 2, 4 y 9. La información recolectada se sistematizó por medio del software Ethnograph versión 5.0. Los principales hallazgos fueron: 1) la percepción sobre el conflicto armado contiene elementos estructurales, económicos, culturales que legitiman el mantenimiento del mismo, y 2) se replica la dinámica del grupo armado ilegal en la dinámica grupal al interior de la prisión, teniendo en cuenta esto, se concluye que estos factores dificultan el proceso de reintegración social.; This research explored the psychosocial factors which facilitate or hinder the social re-integration of three individuals with links to the illegal armed groups (FARC-EP...

‣ POÉTICAS DO LUTO: memórias que ocupam a cidade; POETRY OF MOURNING: memories that occupy the city; Poéticas del duelo: memorias que ocupan la ciudad

Florez, Victor Miguel Vich; Scudeler), (Tradução: Camila
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 25/06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
48.601167%
O presente artigo busca pensar qual é a função política do luto no cenário peruano atual, com o tema do conflito armado entre o Estado peruano e o Sendero Luminoso, que resultou em 70.000 mortos e mais de 15.000 desaparecidos, apresentando três iniciativas femininas de interrupções simbólicas ou poéticas do luto. Através de uma expansão na definição do que constitui um objeto artístico, descreve a utilização de bilhetes de ônibus, montagem de um manto simbólico e tessitura de um cachecol coletivo como espaços encontrados por estas artistas para trazer ao debate atual esta temática que o Estado peruano insiste em continuar ocultando.; This article seeks to think what is the political function of mourning in the current Peruvian scenario, with the theme of armed conflict between the Peruvian government and the Shining Path, which resulted in 70,000 dead and over 15,000 missing, presenting three female symbolic interruption initiatives or poetics of mourning. By expanding the definition of what constitutes an object of art, this article describes the use of bus tickets, the assembling of a symbolic robe and the weaving of a collective scarf as spaces found by these artists to bring this issue to the ongoing debate which the Peruvian State insists in keeping it concealed.; O presente artigo busca pensar qual é a função política do luto no cenário peruano atual...

‣ Um calendário contra o esquecimento: a memória do conflito armado interno do Peru (1980-2000) no projeto “Un Día en la Memoria” (2011), de Mauricio Delgado

Souza, Carla Dameane Pereira; Universidade Federal da Bahia
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/08/2014 Português
Relevância na Pesquisa
68.34394%
Este artigo tem o objetivo de refletir sobre questões que envolvem a relação entre a fotografia, a memória e o testemunho e analisar de que maneira essa relação faz-se presente no projeto artístico de Net Art “Un día en la memoria” (2011), de Mauricio Delgado. Nesse projeto, Delgadopropõe uma ressignificação dos calendários comuns que destacam aquelas datas relacionadas às comemorações cívicas e religiosas, ao criar um calendário no qual todos os dias do ano estão marcados pela recente história do Conflito Armado Interno (CAI) vivido pelo Peru entre os anos 1980 e 2000. Para confecção do calendário, o artista visual utilizou testemunhos e fotografias divulgados pelas imprensas jornalística e oficial do Estado e das Organizações de Direitos Humanos de seu país e sobre esses materiais empregou variadas técnicas da arte digital oferecendo a eles um novo formato. Desse modo, as reflexões aqui propostas devêm da necessidade de responder a questionamentos que dizem respeito ao modo como este projeto assume o caráter de arte de contrainformação, uma vez que intervém no espaço público (virtual e urbano) como forma de afrontar a amnésia coletiva.

‣ As mulheres no conflito armado do Ruanda

Silva,Vera
Fonte: Associação Portuguesa de Estudos sobre as Mulheres - APEM Publicador: Associação Portuguesa de Estudos sobre as Mulheres - APEM
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 Português
Relevância na Pesquisa
68.74278%
Este artigo analisa o conflito do Ruanda, desde o seu início até ao genocídio de 1994 e período pós-genocídio, indagando sobre as experiências e práticas das mulheres neste contexto de conflito armado. Pretende-se descrever as principais causas que levaram ao processo de etnicização do poder político e à luta entre as elites Hutu e Tutsi pelo domínio do Estado e que estiveram na origem de um conflito que parece não ter fim, tendo provocado já milhares de mortes e de pessoas deslocadas e refugiadas. Pretende-se, assim, identificar problemáticas específicas relativas às mulheres, quer no processo de formação das identidades étnicas, quer no conflito armado do Ruanda, quer, ainda, nas acepções limitadas do olhar das ciências sociais sobre as mulheres nos conflitos armados.

‣ Efeitos do conflito armado sobre a vida e a saúde na Colômbia

Franco,Saúl; Suarez,Clara Mercedes; Naranjo,Claudia Beatriz; Báez,Liliana Carolina; Rozo,Patricia
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2006 Português
Relevância na Pesquisa
68.74278%
O presente trabalho trata das conseqüências do conflito armado interno (CAI) que a Colômbia tem vivido durante as últimas quatro décadas. Começa identificando o contexto e o momento atual do conflito. A seguir, são descritas algumas das formas, expressões e conseqüências do conflito armado interno, com maior impacto sobre a vida, a qualidade de vida, a saúde e as doenças da população e sobre os serviços de saúde no país. Especial ênfase é dada às altas taxas de mortalidade por homicídio, ao fenômeno do deslocamento forçado pela violência, aos seqüestros e às minas antipessoais. Entre os grupos populacionais mais afetados, destacam-se homens jovens, mulheres, crianças e as minorias étnicas indígenas e afrodescendentes. Esta análise também se refere ao sério problema das contínuas infrações da Lei Internacional Humanitária e aos ataques contra a Missão Médica, assim como às conseqüências negativas do conflito sobre a prestação de serviços de saúde. Para concluir, são feitos alguns comentários gerais sobre a situação descrita e dadas algumas sugestões para o estudo do problema e possíveis ações partindo do setor saúde.