Página 1 dos resultados de 3631 itens digitais encontrados em 0.222 segundos

‣ Evidências da sofisticação do padrão de consumo dos domicílios brasileiros: uma análise de cestas de produtos de consumo doméstico; Evidence of the sophistication of consumption patterns of Brazilian households: an analysis of household consumption product baskets

Luppe, Marcos Roberto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
47.437793%
A economia brasileira passa por um momento positivo em sua história, devido principalmente a fatores gerados pela estabilidade econômica advinda com o Plano Real. O conjunto de dados apresentados neste trabalho evidencia uma melhora das condições socioeconômicas de grande parte da população, o que levou a um aumento da renda dos indivíduos e um fortalecimento do poder de consumo dos brasileiros. Nesse contexto, esta tese teve como objetivo a busca de evidências que indicassem uma mudança e possível sofisticação do padrão de consumo dos domicílios brasileiros. Além disso, procurou-se verificar em quais níveis socioeconômicos e em quais regiões as mudanças do padrão de consumo foram mais significativas. Os dados utilizados neste trabalho derivam de um painel de consumidores (Homescan) e foram analisadas informações de dez categorias de produtos de consumo doméstico para os anos de 2007, 2008 e 2009, considerando-se as áreas geográficas auditadas pela Nielsen e os níveis socioeconômicos dos domicílios. Nas análises dos dados, utilizaram-se modelos de equações de estimação generalizadas (EEG), além de análises estatísticas descritivas para avaliar a evolução das variáveis não-contempladas nesses modelos. Além disso...

‣ Distribuição de renda e consumo agregado : uma avaliação para o Brasil

Cavalieri, Claudia Helena
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Português
Relevância na Pesquisa
47.407427%
Em meados da década de 30, como uma implicação da Teoria Geral de Keynes, a noção de que uma equalização na distribuição da renda tenderia a elevar o consumo agragado, ganhou destaque na Teoria Econômica. Entretanto, com o amplo debate suscitado pelas evidências apresentadas por Kuznets (1942) e Goldsmith (1955), para os EUA, e a posterios formulação de hipóteses alternativas acerca do comportamento do consumo, essa noção foi posta em dúvida

‣ Consumo ético e sustentabilidade ambiental : estudo exploratório para conhecer comportamentos de aprendizagem, participação, responsabilidade e solidariedade do consumidor

Heimbecher, Dorothy Roma
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
47.44822%
O modelo de desenvolvimento sustentável trata de questões como a iniqüidade social, as limitações ambientais e a necessidade de compatibilizar o presente com as expectativas das gerações futuras. O consumo contemporâneo, hedonista e individualista, de troca de informações, de diferenciação social e de vocação consumista, parece dificultar que essas questões sejam ponderadas e se priorize a sustentabilidade ambiental. Como uma direção de comportamento em que o consumidor está orientado pelo senso de integração coletiva, de responsabilidade com os outros e o ambiente, o consumo ético estabelece uma ponte entre consumo contemporâneo e sustentabilidade. Como objetivo deste estudo, de caráter exploratório, busca-se conhecer tendências de comportamento para o consumo ético, um tema ainda incipiente no campo das ciências sociais. No levantamento bibliográfico, procurou-se integrar conteúdos que delimitassem a interdisciplinaridade entre consumo, desenvolvimento sustentável e ética, gerando as variáveis de estudo. Foram pesquisados estudantes como “líderes do amanhã” por sua influência nas organizações. A amostragem foi não probabilística por julgamento. O instrumento de pesquisa, baseado em escala de Likert de sete pontos...

‣ Expansão do crédito e suavização do consumo na economia brasileira

Steter, Ellen Regina
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
47.686147%
Considerando a teoria do consumo, especialmente a da renda permanente, a maximização da utilidade para o indivíduo ocorre quando ele consegue suavizar o seu consumo ao longo da vida. Dessa forma a estabilidade no consumo é preferida à momentos de expansão precedidos de retração. Estudos aplicados às séries brasileiras encontraram que consumo é impactado de maneira significativa pela renda corrente, não se comportando, portanto, apenas como um passeio aleatório. Uma das hipóteses sugeridas para explicar a dependência do consumo brasileiro à renda corrente seria a possibilidade de restrição à liquidez. O presente trabalho, teve como objetivo verificar se após a expansão creditícia experimentada pela economia brasileira, nos últimos anos, o crédito teria corroborado favoravelmente para a suavização do consumo das famílias. Para tanto, utilizou-se um banco de dados do primeiro trimestre de 1996 (pós implementação do PROER/PROES) até o primeiro trimestre de 2013. No decorrer do período abordado, foi possível identificar duas quebras estruturais no crédito, uma atrelada ao adento do crédito consignado e a outra referente ao impacto da crise financeira internacional. Dessa forma, a regressão considerando o consumo como variável dependente em função da renda...

‣ A culpa das mães como antecedente do consumo

Battistella-Lima, Suzana Valente
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
47.394253%
A culpa, uma emoção de valência negativa, é objeto de interesse da literatura científica em comportamento do consumidor desde os anos 1990. Um grupo de pessoas especialmente susceptível ao sentimento de culpa são as mães, e o pressuposto desta dissertação é que esta emoção influencia suas decisões de consumo. O objetivo aqui é investigar se a culpa pode ser um antecedente do consumo, e para isso a pesquisa foi realizada por meio de métodos mistos sequenciais com mães de crianças entre 3 e 12 anos. A primeira fase foi um estudo exploratório qualitativo e a segunda foram dois experimentos em que foram testadas hipóteses sobre as relações entre: 1) Culpa da mãe em relação ao bem estar do filho e influência do filho nas decisões de consumo; 2) Culpa da mãe em relação ao bem estar do filho e atendimento aos pedidos de compra do filho; 3) Culpa da mãe em relação ao bem estar do filho e frequência com que a mãe compra produtos supérfluos para o filho; sendo estas últimas duas relações moderadas pelo estilo de consumo da mãe e pelo poder de insistência do filho. O primeiro experimento (técnica projetiva) comprovou as três hipóteses e o segundo experimento (questionamento direto) comprovou a terceira hipótese e sua moderação. Os diferentes resultados devem-se à escolha da estratégia de pesquisa utilizada...

‣ O consumo como ponto de partida para a compreensão do capitalismo: a contribuição de Veblen

Porto, Ariana Georgia Sanches
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Português
Relevância na Pesquisa
47.430986%
Esse trabalho buscou contribuir teoricamente para o tema, com uma pesquisa bibliográfica sobre a Economia Institucional e a teoria de Veblen sobre consumo e racionalidade. Nesse trabalho foram identificados os principais conceitos do Institucionalismo, como divergem da Economia Neoclássica e a questão do consumo conspícuo abordado por Veblen

‣ Consumo sustentável : padrões de consumo da nova classe média brasileira

Rodríguez Arancibia, Felipe Eduardo
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
47.44822%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2012.; Hoje é possível perceber no Brasil um aumento e uma mudança do padrão de consumo de um segmento expressivo da sociedade, a chamada nova classe média ou nova camada de trabalhadores. O crescimento do número de pessoas recentemente ingressos no mercado de consumo pressiona os recursos naturais e os serviços ambientais dos diversos ecossistemas. Uma transição para um novo modelo de desenvolvimento sustentável exige a modificação dos paradigmas de produção e de consumo vigentes. À luz destas mudanças de padrões econômicos e de consumo, surge a necessidade de se questionar quais são os fatores que envolvem estas mudanças e como interagem com o consumo sustentável. Esta dissertação pretende ser um aporte para o esclarecimento deste questionamento. A metodologia utilizada na pesquisa foi a revisão sistemática de bibliografia, análise documental, e um pequeno trabalho de campo, que permitiu o desenvolvimento de uma história de vida de uma família da nova classe média brasileira da cidade de Brasília. Os lares desta faixa da população no Brasil somam 46,24%, e em números totais são cerca de 26 milhões de pessoas que ascenderam na pirâmide social...

‣ Consumo familiar: efeitos da valorização do salário mínimo nas decisões de gasto das famílias brasileiras, nordestinas e potiguares, no período de 1995 a 2011

Figueiredo, Jonilson de Souza
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Economia; Economia Regional Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Economia; Economia Regional
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
47.54813%
This research objectify to analyze the effects of minimum wage recovery in the household consumption in the Brazil, northeastern region of the Brazil and the state of the Rio Grande do Norte, in the period of 1995 to 2011. This is because the search for the strengthening of the internal market, via incentive policies to private demand has assumed prominence in the Government agenda. Thus, under the justification of the fierce debate about the effectiveness of countercyclical policies of Brazil, in view of the recent economic crisis, aims to: 1) retake the theoretical debate and, to a certain extent, the evolution of the theory of household consumption, as well as some conclusions about their connection with the minimum wage; 2) to describe the experiences and the effects of this legislation in economic history, with emphasis on the Brazilian case; 3) to present some of the available statistics to research bases, with attention to the specifics of each and the empirical results found for consumption in Brazil; 4) to estimate the effects of minimum wage variation in household consumption in Brazil (BR), northeast (NE) and Rio Grande do Norte (RN). From this, in order to quantify this relationship, makes inferences from the effects of the wage bill and the minimum wage on consumption...

‣ A sustentabilidade ecológica do consumo da população de Minas Gerais no ano de 2008: uma aplicação do método da pegada ecológica

Gonzalez, Marcos Henrique Godoi
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
47.39853%
Este trabalho tem como objetivo principal analisar a sustentabilidade ecológica do consumo da população do estado de Minas Gerais no ano de 2008 por meio do cálculo da Pegada Ecológica para a referida região. Trata-se de uma metodologia já consolidada e bastante utilizada para aferição do grau de sustentabilidade ecológica da população de um determinado território, sendo portanto parâmetro para elaboração de políticas públicas que tenham como diretriz básica a obtenção do chamado Desenvolvimento Sustentável. A dissertação conta com três capítulos: i. o primeiro capítulo traz uma revisão bibliográfica sobre o surgimento e evolução do conceito de Desenvolvimento Sustentável, bem como uma discussão sobre escalas na visão da Economia Ecológica, como forma de estabelecer um marco teórico para o trabalho; ii. o segundo capítulo - também de caráter revisional - traz uma sistematização sobre o estado da arte no que tange aos indicadores de sustentabilidade, apontando, inclusive, o motivo pelo qual se optou pelo indicar específico a ser utilizado; iii. por fim, o terceiro capítulo trará a aplicação da metodologia da Pegada Ecológica, apresentando os resultados e sua discussão. Entre os resultados...

‣ Ensayos sobre economía dinámica : restricciones de liquidez, utilización del capital

Puch, Luis A.
Fonte: Universidade Carlos III de Madrid Publicador: Universidade Carlos III de Madrid
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
47.724165%
En esta tesis doctoral se utilizan dos extensiones del modelo dinámico de equilibrio general estocástico para contestar las siguientes cuestiones: 1. ¿Cuáles son las consecuencias de las restricciones de liquidez para i) las reglas de decisión individuales de los hogares, ii) las variables agregadas, y iii) la distribución de la riqueza? 2. ¿Que papel juega la subutilización de los factores productivos en la propagación de las fluctuaciones agregadas? Respecto a la primera cuestión, la evidencia microeconómica pone de manifiesto que las restricciones de liquidez afectan a un gran número de hogares. Una hipótesis de trabajo justificable es que las restricciones de liquidez no afectan a todos los agentes en todos los periodos. Es por esto que el análisis de los efectos de las restricciones de liquidez que se lleva a cabo se enmarca en la literatura reciente sobre economías con agentes heterogéneos. Respecto a la segunda cuestión, las encuestas de coyuntura industrial sugieren que las empresas generalmente subutilizan su capacidad productiva. Esta subutilización parece ser una característica permanente en nuestras economías, y su variabilidad apunta a que la subutilización juega un papel importante en la propagación de las fluctuaciones agregadas. Para cuantificar este papel se considera el enfoque de los ciclos reales en un modelo puramente competitivo...

‣ A financeirização do consumo : uma análise das modificações do consumo pessoal nos Estados Unidos da década de 1980 à crise financeira de 2007-9; Financialization of consumption : an analysis of personal consumption changes in U.S. from the 1980's until the 2007-9 crisis

Lídia Brochier
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/02/2014 Português
Relevância na Pesquisa
47.743164%
O consumo pessoal, dentro da tradição keynesiana, costuma ser entendido como uma função estável da renda, constituindo o elemento passivo e previsível da demanda agregada. Sabe-se que o investimento é o elemento mais instável da economia, sujeito frequentemente a flutuações e alterações imprevistas. Contudo, as transformações verificadas nas economias capitalistas, a partir do processo de financeirização, também originaram modificações no consumo e no papel ocupado por essa variável na economia - podendo funcionar como motor ativo de expansão dos gastos. Logo, pretende-se analisar nesta dissertação como o consumo é entendido pelas teorias convencionais do consumo e mostrar seus limites e contribuições para apreender a evolução recente do consumo pessoal, dado que esse se mostra crescentemente vinculado ao crédito, ao endividamento e à dinâmica de valorização dos ativos. Além disso, objetiva-se examinar como as principais questões relacionadas à financeirização afetam o consumo das famílias nos Estados Unidos. Essas questões são: as inovações financeiras (e as inovações no mercado imobiliário), o efeito riqueza, o processo de estagnação das rendas, a política monetária e o papel desse país na economia mundial. Por fim...

‣ O clima do consumo : a sociedade de consumidores no debate sobre a mudança climática

Paz, Josi
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
47.484297%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Departamento de Sociologia, Programa de Pós-Graduação, 2012.; A tese problematiza o debate recente sobre a mudança climática como um imperativo ecológico para a sociedade de consumidores. Seu objetivo é situar a problemática do consumo nesse debate. No Brasil, a visibilidade da austeridade retórica do ambientalismo, em torno da hipótese do aquecimento global, coincide com a afluência de milhões de novos consumidores e da própria economia nos últimos anos, incrementando demandas, ofertas e polêmicas. A idéia de um aquecimento global do planeta, provocado pela ação humana, reverbera nas mas em que medida? A pesquisa combinou técnicas qualitativas diversas, no registro da sociologia histórico-compreensiva (observação participante no supermercado, estudo discursivo de cartilhas do consumidor e embalagens, etnografia na internet, entrevistas semi-roteirizadas, abordagem de consumidores em Brasília e na sua IV região administrativa, Brazlândia), explorando diversas manifestações culturais do consumo, simbólicas e materiais, para compreender em que medida essa prática social realiza o estilo de vida urbano. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT; This thesis problemizes the climate change debate as an ecological imperative to the consumption society. It aims drawing the main lines about the consumption debate that emerges from it. In Brazil...

‣ La familia como unidad económica de consumo en el barrio Suba de Bogotá

Barrios Bernal, Arturo; Corredor Zaccour, Jorge; Hoyos Diez, Juan Guillermo, dir.
Fonte: Universidade La Sabana Publicador: Universidade La Sabana
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
47.52918%
Este proyecto de investigación se desarrollo con el deseo de conocer los hábitos de consumo de las familias colombianas, ya que son de gran importancia en la economía del apís, además de ser determinantes en el proceso de oferta y demanda de esta. La importancia económica de las familias se fundamenta en que se constituyen en focos de consumo y producción, los cualesson factores que afectan directamente la economía. Como punto de estudio se escogió el barrio Suba de Bogotá, pues tiene una concentración de población bastante alta, constituyéndose como una zona importante para la economía de la ciudad. Con esta investigación se espera conocer los factores económicos que determinan las variables que nacen de las familias y afectan la economía

‣ Análisis de la distribución espacial de la reducción en la demanda de agua potable como efecto de políticas de ahorro en su consumo en el Área Metropolitana del Valle de Aburrá

Gutiérrez Chaverra, Diana Catalina
Fonte: Universidad EAFIT; Maestría en Economía; Escuela de Economía y Finanzas Publicador: Universidad EAFIT; Maestría en Economía; Escuela de Economía y Finanzas
Tipo: Tesis de Maestría; acceptedVersion
Português
Relevância na Pesquisa
47.58499%
El presente estudio presenta un análisis, espacialmente desagregado, de la disminución en el consumo residencial de agua en el Área Metropolitana del Valle de Aburrá (AMVA) durante el periodo 2005 – 2010 e identificar las características socioeconómicas asociadas a estos patrones -- Además, se analiza la forma cómo las políticas y campañas para incentivar la disminución del consumo de agua potable han sido acogidas en el AMVA -- Los resultados obtenidos muestran claras diferencias espaciales (y por estrato) en los niveles de consumo de agua, así como en los niveles de reducción de dicho consumo en el período analizado -- También, por medio de modelos de econometría espacial, se encuentra que las características socioeconómicas juegan un papel relevante a la hora de explicar los niveles de consumo de agua y que estos consumos presentan autocorrelación espacial sustantiva que indica que los niveles de consumo de agua potable en un área determinada no solo dependen de las características socioeconómicas del área, sino también de los niveles de consumo de las áreas vecinas -- Por último, se encuentra que los impactos derivados del desincentivo económico al consumo excesivo, tiene un efecto inmediato que no perdura en el tiempo

‣ Diseño de la economía chilena

Salazar Hernandéz, Hugo Andrés
Fonte: Universidad de Chile; CyberDocs Publicador: Universidad de Chile; CyberDocs
Tipo: Tesis
Português
Relevância na Pesquisa
47.430986%
No disponible a texto completo; Esta investigación tiene por objeto diseñar, construir y operar una celda de electro obtención de cobre a escala de laboratorio basada en electro diálisis reactiva. El diseño debe establecer ventajas con respecto a las celdas de electro obtención convencional, razón por la cual se consideraron los siguientes objetivos: disminuir el consumo específico de energía del proceso (kWh/kg de Cu), aumentar la superficie específica del cátodo utilizado (m2/kg de cátodo), elevar la velocidad de transferencia de masa desde la solución hacia la superficie del cátodo y minimizar o eliminar la generación de neblina ácida. Para cumplir los objetivos planteados, se utilizó un cátodo particulado, el cual posee una superficie específica mayor que los cátodos de lámina convencionales. Este cátodo particulado se ubica al interior de un cilindro polimérico y se mantiene en constante movimiento mediante un sistema de agitación mecánica. Esto, en conjunto con la agitación producida en las soluciones por medio de un sistema de recirculación, permite elevar la velocidad de transferencia de masa. Por otra parte, el uso de la oxidación de Fe2+ a Fe3+ como reacción anódica permite reducir la tensión de celda (y por ende...

‣ Comportamiento del consumo durable en Chile (1981-2012)

Toro Lecaros, Aníbal
Fonte: Universidad de Chile Publicador: Universidad de Chile
Tipo: Tesis
Português
Relevância na Pesquisa
57.74207%
Seminario para optar al grado de Ingeniero Comercial, Mención Economía; Desde los inicios de la macroeconom a como disciplina dentro de la Econom a, ha surgido gran inter es por comprender los agregados principales que constituyen las Cuentas Nacionales de los pa ses. En particular, el consumo no s olo ha adquirido un inter es especial por su aporte al Producto Interno Bruto -m as del 50% del gasto del PIB de cada pa s se destina a consumo-, sino tambi en por su posibilidad de considerarse como un indicador parcial -y, por supuesto, discutible y perfectibledel bienestar de los habitantes de dicho pa s. Uno de los componentes clave del consumo privado es el consumo en bienes durables, los cuales se caracterizan por tener una vida util determinada, ser reemplazados por obsolescencia o falla general, y poder ser reutilizados en reiteradas ocasiones hasta el n de su vida util, la cual es extendida. Respecto a los ciclos econ omicos, la evidencia emp rica muestra que el consumo durable posee un comportamiento proc clico, donde su incidencia en el consumo privado es alt sima, a pesar de que no constituye m as del 15% del consumo privado total. Frente a esta descripci on, cabe preguntarse c omo es posible que suceda esta din amica con el consumo durable...

‣ La economía del consumo como propuesta socio-teórica

Ortiz Negrón, Laura L.
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Article; info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //2007 Português
Relevância na Pesquisa
47.666665%
El concepto economía de consumo se expone como propuesta que permite examinar los diversos desplazamientos del fenómeno del consumo a nivel contemporáneo. Se presenta así un abordaje interdisciplinario de aquellos factores y procesos sociales que han configurado a Puerto Rico como una economía de consumo. La modernización particular de Puerto Rico así como sus transformaciones sociales durante las últimas décadas producen una mirada contextual de esta economía de consumo. Se destacan las transformaciones del capital y la inscripción del consumo como orden de significación como las pistas hermenéuticas en este análisis.; We propose the concept of "economy of consumption" as a way of examining the multiple effects of contemporary consumption. We present an interdisciplinary approach to the factors and social processes that have configured Puerto Rico as an economy of consumption. If one considers the specific ways in which modernization has affected the country, as well as the social transformations it has undergone in recent decades, one can take a contextual view of Puerto Rico as an economy of consumption. The transformations of capital and the inscription within consumption itself, as an order of signification, are the hermeneutic keys of this analysis.

‣ Proposing a sustainable consumption scale; Proposición de una escala de consumo sustentable; Proposição de uma escala de consumo sustentável

Ribeiro, Juliane de Almeida; Veiga, Ricardo Teixeira
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2011 Português
Relevância na Pesquisa
47.594043%
The article reports the construction and empirical assessment of a sustainable consumption scale, based on a survey carried out in 2009 with 512 undergraduate students from a major Brazilian federal university. Starting with the review of scales concerning environmentally friendly consumption, found in marketing and consumption behavior literature, a construct of sustainable consumption was worked out, which guided the proposition of a scale to render it operational. The methodological procedures adopted in the development of the scale followed the recommendations of experts such as Netemeyer, Bearden and Sharma (2003), Hair et al. (2005) and Harrington (2009). In the analysis of the empirical data, the sample was randomly split in two subsamples, and exploratory and confirmatory factor analyses were conducted. Sustainable consumption, conceptually defined as environmental awareness in the purchase of goods and services, the avoidance of wasted resources, the effort to recycle materials and products, and the propensity toward a more frugal lifestyle can be rendered operational using a 13-item scale with four dimensions: environmental awareness, economy of resources, recycling and frugality. Replications of the final scale are suggested...

‣ Mudanças no consumo de bens culturais no Brasil após a estabilização da moeda

Earp, Fábio de Sá; Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro; Paulani, Leda Maria; FEA-USP
Fonte: Nova Economia; Nova Economia Publicador: Nova Economia; Nova Economia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
57.430986%
O objetivo do presente artigo é sugerir explicações para a clara assimetria existente entre, de um lado, a evolução global do consumo das famílias brasileiras após a estabilização da moeda e, de outro, a performance que aí têm três dos chamados “bens culturais”: o cinema, a música e o livro. Os dados mostram que, enquanto no primeiro caso temos uma trajetória claramente ascendente, nos três mercados citados, a trajetória é, no melhor dos casos, estável, e na maior parte dos casos, descendente. A explicação sugerida combina três elementos: uma mudança no padrão de consumo de bens duráveis em paralelo com o crescimento e a melhora distributiva, a mudança no tipo de sociabilidade que o novo padrão implicou e fenômenos específicos desses três mercados que elevaram o número de bens substitutos.

‣ Novas evidências empíricas sobre a dinâmica trimestral do consumo agregado das famílias brasileiras no período 1995-2009

Schettini, Bernardo Patta; Santos, Cláudio Hamilton Matos; Amitrano, Cláudio Roberto; Squef, Gabriel Coelho; Ribeiro, Márcio Bruno; Gouvêa, Raphael Rocha; Orair, Rodrigo Octávio; Martinez, Thiago Sevilhano
Fonte: Universidade Estadual de Campinas - Instituto de Economia - Setor de Publicações Publicador: Universidade Estadual de Campinas - Instituto de Economia - Setor de Publicações
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares;
Publicado em 14/12/2015 Português
Relevância na Pesquisa
47.407427%
Este trabalho apresenta especificações econométricas inéditas para o consumo agregado das famílias brasileiras em níveis trimestrais, no período 1995-2009. Argumenta-se, em particular, que a utilização de aproximações trimestrais da renda disponível do setor privado (a preços de 1995 encadeados), do crédito disponibilizado às famílias brasileiras (em % do PIB) e (de uma proxy) da taxa de juros real da economia como variáveis explicativas da dinâmica trimestral do consumo agregado dessas famílias gera modelos com elevado grau de ajuste “dentro da amostra” e “fora da amostra”. Tais modelos sugerem, ainda, uma elasticidade-renda (privada, excluindo rendas líquidas de propriedade) próxima de 0,4 e semielasticidades-crédito e taxa de juros da ordem de 2% e -2% para o consumo agregado das famílias brasileiras.Abstract This paper presents new econometric specifications for the quarterly behavior of aggregate consumption of Brazilian households from 1995 to 2009. It is argued, in particular, that the use of quarterly measures of both private disposable income (in chained 1995 prices), the credit granted to households (as a % of GDP) and a proxy for real interest rates as explanatory variables for the level of quarterly household consumption lead to well adjusted models “within the sample” with good “out of sample” performance. Moreover...