Página 1 dos resultados de 57 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

‣ A CUT nos governos Lula e a reorganização sindical : o caso do Sind-Rede/BH

Rocha, Wanderson Paiva
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
153.96297%
O presente trabalho tem como propósito analisar a relação da Central Única dos Trabalhadores (CUT) com os governos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, bem como compreender o processo de desfiliação das entidades sindicais com essa central. A análise desse processo estará associada com os reflexos da globalização econômica no mundo do trabalho e no sindicalismo, assim como sobre o sindicalismo no Brasil e a reorganização do movimento sindical. Por fim, identificar como foi à constituição da Coordenação Nacional de Lutas (Conlutas) enquanto alternativa para o movimento sindical brasileiro, tendo como estudo de caso o Sind-Rede/BH.; Dissertação de mestrado em Sociologia, apresentada à Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, sob a orientação de Elisío Guerreiro Estanque e Márcia Ondina Vieira.

‣ Construção social do lugar: segurança e risco na visão de desabrigados em decorrência de desastres relacionados às chuvas; Social construction of place: security and risk in homeless view due to disasters related to rainfall

Pavan, Beatriz Janine Cardoso
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2009 Português
Relevância na Pesquisa
153.96297%
Os desastres relacionados às chuvas ampliam-se em todo o mundo e de forma significativa no Brasil, resultado de uma configuração problemática dos fixos e fluxos sociais no território, da vulnerável inserção espacial da população e do despreparo institucional das políticas públicas e de enfrentamento dos desastres. A observação das práticas sociais na transformação do meio, da interdependência dos elementos da infra-estrutura e da dinâmica social e ecossistêmica, é um aspecto importante para identificar o processo pelo qual o território se fragiliza ensejando desastres, mas é a desigualdade social nas formas de viver e habitar o espaço urbano que diferencia a afetação das populações. Após os danos humanos (feridos, mortos), os danos materiais na residência são os que mais fazem emergir uma insegurança existencial para as famílias, visto que a casa é carregada de significados: ela é território, abrigo, lar, referencial. A situação é agravada quando, numa situação extrema de ameaça ao imóvel, o morador é obrigado a abandonar a sua casa e, muitas vezes, o faz sem o amparo financeiro ou social e tem como única alternativa se dirigir aos abrigos temporários ofertados pelo Estado. Além da perda do patrimônio material...

‣ Pessoas em situação de rua na cidade de São Paulo: itinerários e estratégias na construção de redes sociais e identidades; Homeless people in the city of São Paulo: routes and strategies in the construction of social nets and identities

Galvani, Debora
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/10/2008 Português
Relevância na Pesquisa
174.1991%
Compreende-se que a população em situação de rua, enquanto grupo social, transita entre zonas de vulnerabilidade e desfiliação conforme definidas por Robert Castel, pois está freqüentemente submetida à ausência de emprego ou a trabalhos temporários e a uma trajetória marcada por rupturas. Em muitos casos, a rede de assistência é o elemento fundamental na sua organização cotidiana. A heterogeneidade deste grupo social constitui uma premissa neste estudo. No interior de tal diversidade, foram identificados grupos e pessoas que pareciam proporcionar referência para a discussão de formas endógenas/internas (e de auto-organização) de superação dessa condição. Assim, meu interesse neste estudo esteve voltado para a compreensão dos processos contrários ao movimento de dissociação social, além de abranger o desenvolvimento de estratégias como a criação de redes sociais e o fortalecimento de identidades. Trata-se de pesquisa etnográfica, envolvendo convívio prolongado com o grupo social estudado e aproximação com seus modos de vida. A coleta de dados foi realizada por doze meses em 2006, com observação de campo, entrevistas e coleta de documentos. Foram realizadas entrevistas com cinco colaboradores e visitas aos seus circuitos e "pedaços" pela cidade. Os critérios para inclusão dos colaboradores da pesquisa foram: estar inserido em programa de moradia; participar de organização política (movimentos sociais específicos); integrar redes de relações de caráter religioso; integrar circuitos ligados a arte e cultura; utilizar serviços da rede assistencial como recurso complementar para organização de seu cotidiano; possuir formas de geração de renda. Além destas dimensões...

‣ Fatores de proteção sob a ótica de adolescentes vítimas de violência doméstica e abrigados - subsídios para a construção da resiliência; Protection factors under the optician of teenagers victims of domestic violence and sheltered people - subsidies for the resilience construction

Carlos, Diene Monique
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/09/2010 Português
Relevância na Pesquisa
153.96297%
A violência está presente nos diferentes espaços da sociedade brasileira, se configurando como um grave problema de saúde pública. Ela se materializa principalmente contra pessoas em situação peculiar de desenvolvimento, como crianças e adolescentes. Nosso estudo teve como objetivo conhecer e analisar, sob a ótica de adolescentes vítimas de violência doméstica e abrigados, os fatores de proteção a que estão submetidos e/ou têm acesso. Trata-se de um estudo com abordagem qualitativa, se delineando como pesquisa social estratégica, modalidade estudo de caso. Para a coleta de dados, foram realizados grupos focais, entrevistas semi-estruturadas e observação participante. Participaram dos grupos focais 17 adolescentes vítimas de violência doméstica e abrigados na ONG - Cidade dos Meninos, no município de Campinas - SP; destes, sete participaram das entrevistas individuais. A análise dos dados foi realizada por meio da análise de conteúdo, modalidade temática. Emergiram dois núcleos temáticos principais: Contexto do abrigo; e Rede social. No primeiro núcleo, foi discutido o contexto do abrigo, que apesar dos esforços realizados contemporaneamente, ainda mantém um ambiente autoritário, com regras e punições freqüentes; os adolescentes ressaltam a importância do vínculo e confiança estabelecidos com alguns funcionários...

‣ Depressão: mobilização e sofrimento social; Depression: mobilization and social suffering

Pereira, Luciano
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/06/2010 Português
Relevância na Pesquisa
274.1991%
O mundo pós-fordista pode ser caracterizado pela mobilização para o trabalho das capacidades cognitivas, comunicacionais e afetivas. Além desse salto qualitativo, há, nos últimos trina anos, uma forte intensificação do labor. Essas mudanças resultam em um aumento do controle da força de trabalho, sendo que sua subsunção se dá, agora, mais pela dominação política do que pelas determinações econômicas. Procuramos analisar como o sofrimento social particularmente quando se manifesta na forma de depressão é inerente à configuração atual do mundo do trabalho e está estritamente vinculado às diversas ocupações, todas elas marcadas pela sobrecarga, pela desfiliação e pelo permanente estado de mobilização. Paradoxalmente à época da superestimação dos transtornos mentais e da medicação da sociedade, o sofrimento no trabalho é expulso do campo clínico, teórico e político.; The post-Fordian world can be characterized by the mobilization of the cognitive, communicational and affective capabilities to labour. In addiction to this qualitative leap, there has been a strong intensification of labour in the past thirty years. These changes have resulted in an increase in the control of the labouring forces...

‣ Jovens em Marsilac: discussões e representações sociais sobre vulnerabilidade; Youngsters in Marsilac: discussions and social representations on vulnerability

Silva Junior, Antonio Henrique Ribeiro da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/05/2011 Português
Relevância na Pesquisa
153.96297%
Neste trabalho focamos atenção nos jovens de Marsilac, um distrito localizado no extremo sul da cidade de São Paulo, predominantemente rural e marcado pela presença de indicadores sociais associados à baixa renda e grau de instrução populacional, pouca oferta de serviços públicos e violência. Contando com uma amostra de 36 participantes de ambos os sexos e com idades entre 12 e 17 anos, propusemos a realização de grupos focais para coleta de dados e uma subsequente análise do material e seu conteúdo, a fim de subsidiar uma discussão ampla sobre vulnerabilidade no contexto de suas vidas, tendo como referenciais os pressupostos do sociólogo Robert Castel - que a entende como central no processo de mobilidade social, que vai da inserção à desfiliação, e tem como eixos a precariedade nas relações interpessoais e de trabalho/produtividade. Neste sentido, resultados demonstraram a presença de alguns fatores precários responsáveis pela criação de uma situação vulnerável nos dois eixos, principalmente criadas pela falta de acesso pleno aos espaços sociais e de formação profissional ou empregabilidade propriamente, agravadas neste sentido por vivências de discriminação. Como um segundo objetivo e apoiados em Moscovici...

‣ Circuitos e práticas religiosas nas trajetórias de vida de adultos em situação de rua na cidade de São Paulo; Circuits and religious practices in life trajectories of adult homeless people in city of São Paulo

Galvani, Debora
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/04/2015 Português
Relevância na Pesquisa
153.96297%
A partir do estudo de percursos singulares, objetivou-se compreender as principais dimensões e implicações da participação de adultos em situação de rua em circuitos religiosos na construção de redes de interdependência. Trata-se de pesquisa com base nos princípios da etnografia, cujo trabalho de campo desenvolveu-se por meio do diálogo, pela participação e por meio de entrevistas com foco na história de vida. A heterogeneidade de formas de dissociação social e de modos de reconfigurações de percursos de vida nas ruas e nos espaços públicos da cidade de São Paulo, alicerçados na religiosidade, é o foco da discussão deste estudo. No interior desta heterogeneidade, privilegiam-se os grupos e as pessoas que proporcionaram referência para a discussão de formas endógenas/internas (e de autoorganização) de superação dessa condição, em movimentos opostos a desfiliação e à desqualificação social. Este estudo teve seu ponto de partida com histórias de pessoas que partilharam a experiência do Ponto de Encontro e Cultura/Metuia-USP. A análise foi realizada em duas perspectivas: por um lado, a reconstituição da história de vida dos interlocutores, com o objetivo central de mostrar suas redes de interdependência com foco nos circuitos de participação religiosa...

‣ O trabalho com o fumo : subjetivação e precarização na atividade das trabalhadoras safristas

Freitas, Caroline Lorena Schulte de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
153.96297%
O trabalho de safra no beneficiamento do fumo, em Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul, se articula significativamente com as discussões contemporâneas sobre precarização do trabalho e sobre tempo. Este trabalho sazonal traz a marca da precarização desde seus primórdios, indicando que práticas precarizantes já existem há muito tempo, embora sua discussão seja atual. A progressiva redução do número de postos de trabalho, a redução do período da safra, a automação do processo do trabalho desenvolvida pelas empresas e o aumento de exigência para a admissão de safristas, em relação à escolaridade, indicam a instabilidade e exclusão social que perpassam estes trabalhadores e que não ocorrem sem reflexos em seu processo de subjetivação. A partir de uma pesquisa com safristas do sexo feminino, sindicalizadas, de diferentes funções e empresas, procedemos, neste trabalho, a uma análise de como os safristas vivenciam este trabalho de poucos meses, com repetição e interrupção previsível, quais os elementos de precarização que estão presentes nas condições de trabalho, bem como os efeitos que produzem na subjetivação destes trabalhadores. Para realizar a pesquisa e a análise dos dados, utilizamos o aporte teórico da Psicologia...

‣ Errâncias e errantes: um estudo sobre a mobilidade do sujeito e o uso de bebidas alcoólicas na contemporaneidade

Nascimento, Eurípedes Costa do
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 144 f. il. + anexo
Português
Relevância na Pesquisa
184.79896%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Psicologia - FCLAS; O consumo de álcool tem sido uma das maiores preocupações da saúde pública no mundo e suas causas parecem estar associadas a diversos fatores, dentre eles, a cultura. Articulados com a errância e impulsionado por motivos sócio-econômicos ou mesmo por razões pessoais, traz consigo profundas modificações no plano psicossocial. Considerando a especificidade dessa população, seu modo peculiar de vida na condição da errância, essa pesquisa teve por objetivos investigar as razões que levam esses sujeitos à ruptura com a vida sedentária e o papel que a bebida alcoólica exerce nesse processo de desfiliação. Foram tomados como sujeitos, 16 trecheiros do sexo masculino que fazem uso, assumidamente, de bebidas alcoólicas. A coleta de dados foi realizada através de entrevistas gravadas com roteiro estruturado no Centro de Triagem e Encaminhamento Migrante da cidade de Assis, S.P., abordando os motivos para a errância, o uso do álcool ao longo da vida, as relações familiares e perspectivas futuras no modo de vida itinerante. As entrevistas foram submetidas, posteriormente, a uma análise de conteúdo. Os resultados demonstraram que o momento da ruptura com a vida sedentária e a iniciação no trecho...

‣ Diálogos sobre o não aprender

Hostins, Regina Célia Linhares
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
174.1991%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação.; Este estudo tem como propósito analisar os discursos pedagógicos sobre sujeitos que "não aprendem", com vistas a apreender suas condições de produção, bem como as contradições que determinam sua construção. Sua principal fonte de investigação é o conjunto de documentos que encaminha alunos das escolas da rede regular de ensino de Santa Catarina para o Serviço de Apoio Pedagógico, modalidade de ensino especializado em funcionamento nessas escolas. Os discursos mereceram um estudo aprofundado no sentido de compreender: Como e por que são produzidos ? Em que condições são produzidos? Com quem dialogam? O que expressam das relações sociais? As análises suscitaram a discussão de conceitos como: diferença e deficiência; linguagem, discurso e dialogia; pertencimento, exclusão e desfiliação. Para compreendê-los procurou-se aprofundar o diálogo com interlocutores como Vygotsky e Bakthin, expandindo-se as possibilidades de análise mediante articulações com estudos no campo da história e da sociologia - com as obras de Ginzburg, Thompson, Goffmann e Castel - bem como com estudos de Eni Orlandi no campo da análise do discurso. A pesquisa consistiu na descrição e análise dos textos (68 relatórios pedagógicos)...

‣ Adolescentes com experiência de vida nas ruas : compreendendo os significados da maternidade e paternidade em um contexto de vulnerabilidade/desfiliação

Gontijo, Daniela Tavares
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
291.32195%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2007.; Estudar sobre crianças e adolescentes que fazem das ruas seu espaço de sobrevivência traz à tona o processo de vulnerabilidade social vivenciado por muitas famílias brasileiras marcadas pela situação de miséria, abandono e violência. Neste contexto, muitos adolescentes vivenciam a sexualidade e a possibilidade ou a experiência de ser tornarem pais ou mães, baseados nos valores individuais mas também relacionados às limitações e possibilidades subjacentes a estes processos. O objetivo deste estudo foi analisar os significados de maternidade e paternidade para adolescentes com experiência de vida nas ruas, relacionando-os ao processo de vulnerabilidade/desfiliação discutido por Castel (2005). Pesquisa social estratégica realizada de 2004 a 2007 em duas instituições não-governamentais que assistem adolescentes em situação de rua no município de Goiânia (GO). Participaram deste estudo 13 adolescentes com idade entre 12 e 17 anos que viviam em situação de rua há pelo menos 6 meses. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas e analisados no Método de Interpretação de Sentidos segundo os temas A Danada da Rua e Pai apóia...

‣ Espaço representacional do sindicalismo docente das universidades

Santos, Patrícia Targino Melo
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
191.32195%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de História, 2007.; A história da Associação Nacional dos Docentes de Ensino Superior (Andes) esteve durante muito tempo associada à história da Central Única dos Trabalhadores (CUT). Neste sentido, a filiação e a desfiliação, entre essas duas instituições sindicais, são marcos norteadores que condicionaram a prática docente e as representações elaboradas sobre o trabalho. Deste modo, pode-se perceber como a dinâmica das transformações conjunturais gerou impasses e contradições, vivenciados na articulação dos interesses sindicais particulares e gerais. A filiação e a desfiliação entre Andes-SN e CUT serviram de marcos norteadores na busca pelo entendimento dos processos de reconhecimento e legitimidade do sindicalismo docente das universidades. Questionando a pertinência da filiação e da desfiliação, tanto para os integrantes da Andes quanto para a direção sindical, buscou-se avaliar o nível de identificação entre o discurso, formalmente instituído por essa mesma direção sindical, e a visão da sua base representada. Identificar as vinculações sociais instituídas no cenário social no qual se constituiu a história dessa Associação Sindical tornara-se imprescindível para o desenvolvimento da análise em questão. Neste sentido...

‣ Crianças e adolescentes em situação de rua: contribuições para a compreensão dos processos de vulnerabilidade e desfiliação social

Gontijo,Daniela Tavares; Medeiros,Marcelo
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2009 Português
Relevância na Pesquisa
274.1991%
O conceito de vulnerabilidade vem sendo discutido no campo da saúde coletiva como um potencial instrumento para transformação nas práticas de saúde, uma vez que possibilita uma articulação entre indivíduo-coletivo. Entendendo a saúde como um processo de subjetivação determinada por contextos sociais, culturais e históricos, o presente artigo pretende abordar o tema crianças e adolescentes em situação de rua, a partir do conceito de vulnerabilidade, com base nas lentes teóricas apresentadas por Robert Castel. Castel entende a situação de marginalidade vivenciada por diferentes indivíduos e grupos sociais de forma dinâmica, através dos eixos do trabalho e da inserção relacional. No que se refere às crianças e adolescentes em situação de rua, acreditamos que elas refletem um processo de intensificação da vulnerabilidade (que culmina na desfiliação) a que estão submetidas milhares de famílias brasileiras, em virtude do quadro de extrema desigualdade social vivenciado em nosso país. Esperamos que nossas reflexões contribuam para a construção de um referencial teórico em saúde coletiva que forneça subsídios para o planejamento e implementação de ações de saúde direcionadas a esta população.

‣ Pedro e seus circuitos na cidade de São Paulo: religiosidade e situação de rua

Galvani,Debora; Barros,Denise Dias
Fonte: UNESP Publicador: UNESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
274.1991%
Trata-se de estudo de caso, com base na reconstituição da história de vida de um adulto em situação de rua na cidade de São Paulo. A pesquisa etnográfica e a história de vida compuseram as estratégias para coleta de dados, realizada durante 12 meses. Na análise, buscou-se desvendar singularidades no processo de construção de identidades capazes de redimensionar e conferir historicidade à experiência da situação de rua. Na discussão da trajetória de Pedro, a análise da religiosidade é fundamental para releitura da sua história de rua. Aliada a outras redes, mostrou possibilidades distintas de construção de redes de interdependência, caracterizando movimentos de ressignificação e de reconstrução de sentidos, afastando-se dos processos de desfiliação. A identidade socialmente negativa vinculada à situação de rua pode ser descentrada, adquirindo contornos e dinâmicas mais elucidativos. No entanto, ocorrem a necessidade e o desafio de construção de alternativas coletivas à precariedade da experiência de rua.

‣ O inexistente caráter dúplice da ação declaratória de justa causa para desfiliação partidária

Yarshell, Flávio Luiz
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
274.1991%
Investiga se a mera improcedência da ação declaratória de justa causa para desfiliação partidária basta para que, como efeito da rejeição do pedido, se decrete desde logo a perda do mandato na mesma decisão.

‣ Significados da maternidade e paternidade para adolescentes em processo de vulnerabilidade e desfiliação social; Maternity and paternity meanings for adolescents in vulnerability and social disaffiliation process; Significados de maternidad y paternidad de adolescentes en proceso de vulnerabilidad y desafiliación

Gontijo, Daniela Tavares; Medeiros, Marcelo
Fonte: Marcelo Medeiros Publicador: Marcelo Medeiros
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
291.32195%
v.12,n.4,p.607-615,out./dez. 2010.; A existência de adolescentes nas ruas dos grandes centros urbanos reflete as situações de vulnerabilidade e desfiliação social que resultam do processo de marginalização social vivenciado por milhões de pessoas. Para este grupo, as ruas tornam-se o cenário da vida cotidiana onde a descoberta e exercício da sexualidade se concretizam. O objetivo deste estudo foi descrever e analisar os significados de maternidade e paternidade para adolescentes com experiência de vida nas ruas, que vivenciam o processo de vulnerabilidade/desfiliação. Pesquisa social estratégica de abordagem qualitativa, realizada em duas casas de abrigo temporário em uma capital da Região Centro Oeste em 2007. Participaram 13 adolescentes de 12 a 17 anos, com experiência de vida nas ruas. Na coleta dos dados foram utilizadas entrevistas semi-estruturadas e observação participante. A análise foi conduzida por meio do Método de Interpretação de Sentidos. Os resultados apontam a complexidade que envolve os processos de significação dos fenômenos em estudo. Os significados atribuídos à maternidade e paternidade pelos adolescentes são permeados pelo processo de vulnerabilidade/desfiliação vivenciado cotidianamente...

‣ Pedro e seus circuitos na cidade de São Paulo: religiosidade e situação de rua; Pedro's circuits in the city of São Paulo: religiosity and homelessness; Pedro y sus circuitos por la Ciudad de São Paulo, Brasil: religiosidad y situación de calle

GALVANI, Debora; BARROS, Denise Dias
Fonte: Revista Interface - Comunicação, Saúde, Educação Publicador: Revista Interface - Comunicação, Saúde, Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
274.1991%
Trata-se de estudo de caso, com base na reconstituição da história de vida de um adulto em situação de rua na cidade de São Paulo. A pesquisa etnográfica e a história de vida compuseram as estratégias para coleta de dados, realizada durante 12 meses. Na análise, buscou-se desvendar singularidades no processo de construção de identidades capazes de redimensionar e conferir historicidade à experiência da situação de rua. Na discussão da trajetória de Pedro, a análise da religiosidade é fundamental para releitura da sua história de rua. Aliada a outras redes, mostrou possibilidades distintas de construção de redes de interdependência, caracterizando movimentos de ressignificação e de reconstrução de sentidos, afastando-se dos processos de desfiliação. A identidade socialmente negativa vinculada à situação de rua pode ser descentrada, adquirindo contornos e dinâmicas mais elucidativos. No entanto, ocorrem a necessidade e o desafio de construção de alternativas coletivas à precariedade da experiência de rua.; This is a case study based on the reconstitution of the life history of a homeless adult in the city of São Paulo. Ethnographic research and life history were the strategies in a 12-month long data collection. The analysis tried to reveal...

‣ Estado do Bem-Estar Social e desfiliação social.

Silveira, Alair Suzeti; Universidade Federal de Mato Grosso - UFMT
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 17/10/2013 Português
Relevância na Pesquisa
274.1991%
http://dx.doi.org/10.5007/2175-7984.2013v12n24p145A partir dos anos 80, o mundo vem passando por mudanças significativas que não apenas sacralizam o mercado e satanizam o Estado, mas produzem um coletivo de desfiliados sociais, como qualificou Robert Castel. Mais do que trabalhadores sem emprego ou perspectivas de consegui-lo, trata-se de homens e mulheres “esquecidos” à margem da sociedade, como desvalidos sociais sem lugar e sem garantias cidadãs frente a um Estado cada vez mais hermético às suas responsabilidades sociais. O objetivo deste ensaio é, pois, refletir sobre a dinâmica das relações sociais de produção capitalistas e os custos sociais de um exército de esquecidos, imersos na vulnerabilidade e provisoriedade das relações cotidianas, marcadas pela hegemonia do neoliberalismo, da cultura pós-moderna e das restrições à política como prática coletiva orgânica. O desafio, neste cenário, é recuperar formas de coesão e solidariedade societal e o Estado socialmente responsável.

‣ Pedro e seus circuitos na cidade de São Paulo: religiosidade e situação de rua

Galvani,Debora; Barros,Denise Dias
Fonte: UNESP Publicador: UNESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
274.1991%
Trata-se de estudo de caso, com base na reconstituição da história de vida de um adulto em situação de rua na cidade de São Paulo. A pesquisa etnográfica e a história de vida compuseram as estratégias para coleta de dados, realizada durante 12 meses. Na análise, buscou-se desvendar singularidades no processo de construção de identidades capazes de redimensionar e conferir historicidade à experiência da situação de rua. Na discussão da trajetória de Pedro, a análise da religiosidade é fundamental para releitura da sua história de rua. Aliada a outras redes, mostrou possibilidades distintas de construção de redes de interdependência, caracterizando movimentos de ressignificação e de reconstrução de sentidos, afastando-se dos processos de desfiliação. A identidade socialmente negativa vinculada à situação de rua pode ser descentrada, adquirindo contornos e dinâmicas mais elucidativos. No entanto, ocorrem a necessidade e o desafio de construção de alternativas coletivas à precariedade da experiência de rua.

‣ Crianças e adolescentes em situação de rua: contribuições para a compreensão dos processos de vulnerabilidade e desfiliação social

Gontijo,Daniela Tavares; Medeiros,Marcelo
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2009 Português
Relevância na Pesquisa
274.1991%
O conceito de vulnerabilidade vem sendo discutido no campo da saúde coletiva como um potencial instrumento para transformação nas práticas de saúde, uma vez que possibilita uma articulação entre indivíduo-coletivo. Entendendo a saúde como um processo de subjetivação determinada por contextos sociais, culturais e históricos, o presente artigo pretende abordar o tema crianças e adolescentes em situação de rua, a partir do conceito de vulnerabilidade, com base nas lentes teóricas apresentadas por Robert Castel. Castel entende a situação de marginalidade vivenciada por diferentes indivíduos e grupos sociais de forma dinâmica, através dos eixos do trabalho e da inserção relacional. No que se refere às crianças e adolescentes em situação de rua, acreditamos que elas refletem um processo de intensificação da vulnerabilidade (que culmina na desfiliação) a que estão submetidas milhares de famílias brasileiras, em virtude do quadro de extrema desigualdade social vivenciado em nosso país. Esperamos que nossas reflexões contribuam para a construção de um referencial teórico em saúde coletiva que forneça subsídios para o planejamento e implementação de ações de saúde direcionadas a esta população.