Página 1 dos resultados de 79 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

‣ Alianças intersetoriais: um estudo no município de Cubatão/SP; Intersectional alliances: a study in the municipal district of Cubatão/SP

Matos, Maria Cristina Pereira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/04/2007 Português
Relevância na Pesquisa
58.13296%
Este estudo, na configuração de uma tese de doutoramento, se dedica à temática das alianças intersetoriais, ou seja, a projetos de ação conjunta entre organizações com fins lucrativos, organizações sem fins lucrativos e o poder público, expresso pelas prefeituras locais. Conceitualmente, abordam-se alianças, considerando-as mais efetivas e eficazes, porque mais perenes do que as parcerias, cujo caráter, segundo a ótica desta tese, é pontual e momentâneo. A abordagem dessa temática demanda que a fundamentação teórica, a partir de uma linha de pesquisa voltada para o empreendedorismo e a responsabilidade social, resgate tópicos que se deslocam do processo de globalização presente na sociedade contemporânea, passando pela questão social, pela ação do Estado, pela necessidade de um desenvolvimento sustentável, finalizando com reflexões a respeito do Terceiro Setor. Na perspectiva de uma abordagem empírica que pudesse evidenciar na realidade concreta as discussões teóricas encetadas, está apresentada a pesquisa cujo locus foi o município de Cubatão. A experiência vivida por este município transita de um comprometimento com a qualidade de vida humana e ambiental para projetos sociais significativos, ainda que possa ser palco de outros embates sócio-ambientais frente às características de um importante pólo industrial. Usando de um instrumento já validado em pesquisa realizada pelo Ceats ? Centro de Empreendedorismo Social e Administração do Terceiro Setor ? e coordenada pela Profª Drª Rosa Maria Fischer...

‣ O papel das associações e cooperativas no desenvolvimento das empreendedoras ceramistas : um estudo multicasos no Brasil e na Nicaragua

Patriarca, Maria Clarice Silva
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
68.7665%
Este trabalho tem como objetivo verificar qual é o papel das cooperativas e associações no desenvolvimento das empreendedoras ceramistas no Brasil e na Nicaragua. Para tanto, foram escolhidas duas associações no Brasil e duas cooperativas na Nicaragua. A definição das organizações se deu pelas semelhanças que elas apresentam. A pesquisa se desenvolveu como um estudo de caso múltiplo, e as entrevistas foram realizadas através de questões semiestruturadas. Os sujeitos tiveram liberdade para acrescentar quaisquer informações que achassem necessárias. Foram identificadas oito categorias gerais, que foram reduzidas a três categorias principais. Os dados obtidos foram analisados através da Análise de Conteúdo e, como resultado, podem-se verificar, entre outras coisas, os impactos gerados aos ceramistas pela participação em associações e cooperativas, tanto em aspectos pessoais, familiares e sociais, além das questões que envolvem a comunidade onde estão inseridos. Verificou-se, também, a necessidade de divulgação e desenvolvimento de políticas públicas que tenham como objetivo final os artesãos, e as características diferenciadas entre o foco dado à participação nas associações, no Brasil, e nas cooperativas...

‣ Identidade empreendedora de mulheres no Paraná

Machado, Hilka Vier
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
67.9321%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção; A criação de pequenos negócios por mulheres está sendo importante econômica e socialmente para muitos países. No Brasil elas respondem por 25% das pequenas empresas e no Paraná, Estado onde este estudo foi realizado, elas representam aproximadamente o mesmo percentual. Ao estudos desenvolvidos sobre empreendedoras focalizam principalmente o perfil, em termos de características genéricas, as dificuldades que elas encontram, como também as características de seu modo de gestão. Este estudo apresenta uma abordagem do estudo de empreendedoras baseada na identidade, como uma forma explicativa do comportamento e da estruturação da ação empreendedora. O objetivo desta pesquisa é o de compreender a criação e o desenvolvimento de empreses por mulheres, a partir do auto conceito empreendedor. Como recomendam os estudos sobre Identidade este estudo tem um caráter qualitativo, baseado no método de estudo de caso. Dez casos foram selecionados em 5 cidades do Estado do Paraná e da análise destes resultou um modelo de identidade empreendedora. A formação do auto conceito esteve diretamente ligada à estruturação da ação empreendedora para os casos em análise. Nesse sentido ao resultados apresentados configuram- se como hipóteses ligadas à ação empreendedora por parte de mulheres.

‣ A dinâmica socioespacial das atividades características do turismo (ACTS) no Estado de Santa Catarina

Rueckert, Rachel Aparecida de Oliveira
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 302 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
77.33284%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Geografia, Florianópolis, 2014.; Neste estudo, objetiva-se analisar a dinâmica socioespacial das atividades características do turismo (ACTs) no Estado de Santa Catarina com enfoque no mercado de trabalho. Para tanto, realizou-se uma pesquisa quali-quantitativa cujas técnicas de coleta de dados reúnem dados históricos, índices oficiais do mercado de trabalho e opiniões de especialistas para prospectar um cenário das atividades características do turismo catarinense para 2020. A técnica de prospecção de cenários utilizada é a pesquisa Delphi, que visa obter consenso a partir de opiniões de um grupo de especialistas a respeito de eventos futuros, pressupondo que o julgamento coletivo, quando organizado adequadamente, é melhor que o ponto de vista de um só indivíduo. Aplicou-se o questionário a um grupo heterogêneo, formado por 34 representantes de diferentes entidades públicas e privadas relacionadas ao turismo. Os resultados demonstram que o mercado de trabalho voltado às ACTs sofre influência direta das trajetórias geográficas e históricas percorridas pelo Estado de Santa Catarina...

‣ Proyecto WINNET 8: Innovación en la promoción de la igualdad de género en Europa

Baltazar, Maria da Saudade; Santos, Marcos Olimpio
Fonte: GESSA – Grupo de Estudios Sociales Aplicados Publicador: GESSA – Grupo de Estudios Sociales Aplicados
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
58.213896%
Em 5 de Novembro de 2009 foram aprovados condicionalmente 74 projectos no âmbito do Programa Inter-regional de Cooperação (INTERREG IVC: http://www.interreg4c.net/Projects.html) que permite a cooperação entre autoridades e actores no nível regional e local de diferentes países da U.E.27, mais Noruega e Suíça. Este projectos encontram-se vocacionados para troca e transferência de experiências, e, para o desenvolvimento conjunto de abordagens, mediante instrumentos que melhorem a eficácia de políticas de desenvolvimento regional e contribuam para a modernização económica local. De entre os projectos aprovados conta-se a candidatura “WRC FTN” coordenada e dirigida pelo seguinte conjunto de parceiros suecos: i) Município de Älvdalen (parceiro líder, representado pelo dirigente Gunnaar Barke: gunnar.barke@alvaden.se), ii) Federação Nacional de Centros de Recursos das Mulheres e, iii) Agência Sueca para a Economia e Crescimento Regional, localizados na Região de Dalarna. Esta parceria foi portanto constituída com o objectivo de se tornar uma Rede de Procura Rápida. O projecto que os parceiros desenharam foi apresentado em cooperação com 7 países parceiros de Estados Membros da U.E.: Portugal (Universidade de Évora e CCDR Alentejo); Bulgária; Finlândia; Grécia; Itália; Polónia; e Reino Unido. A iniciativa foi direccionada para combater os seguintes obstáculos à competitividade e ao crescimento económico regional: i) a baixa taxa de emprego entre as mulheres...

‣ A mulher empreendedora: Perfil, motivações, duplicidade de papéis e influências do meio envolvente

Santos, Gina Maria Marques de Carvalho
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
58.45728%
Dissertação de Mestrado em Gestão; O objectivo geral deste estudo é caracterizar e relacionar o perfil, a duplicidade de papéis, as motivações e o meio envolvente (rural vs urbano) da mulher empreendedora portuguesa. Alguns estudos (Buttner & Moore, 1997; Diaz Garcia, 2000; Mallon & Cohen, 2001; DeMartino & Barbato, 2003; Carter & Shaw, 2006; Brush, 2008) da recente literatura sobre empreendedorismo feminino aferem quais as motivações que levam as mulheres a tornarem-se empreendedoras, e identificam quais os seus factores de medição de sucesso, no entanto uma das lacunas apontadas por diversos investigadores é a escassez de estudos que visem a dicotomia urbana versus rural (Driga, Lafuente & Vaillant, 2009) e a duplicidade de papéis da mulher empreendedora (Caputo & Dolinsky, 1998; Byron, 2005; Carter & Shaw, 2006; Ford, Heinen, & Langkamer 2007; Shelton, 2008). Assim, tomando em consideração os resultados dos diversos estudos realizados no âmbito do empreendedorismo feminino, com este estudo pretendemos dar um contributo positivo para a melhor e maior compreensão desta área de investigação tomando em consideração as relações entre o perfil da mulher empreendedora, a gestão da duplicidade de papéis...

‣ Empreendedorismo no sector da beleza : brasileiras na Quinta do Conde

Chaves, Tiago Miguel Marques
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
58.136636%
Mestrado em Antropologia, especialidade em Globalização, Migrações e Multiculturalismo; Empreendedorismo no Sector da Beleza: Brasileiras na Quinta do Conde O ponto de partida para esta pesquisa, surgiu no decorrer de um estudo anterior (2009) em que durante o trabalho de campo, constatou-se a sobre-representação de um sector que doravante será designado por sector/ramo da beleza na Quinta do Conde, freguesia do concelho de Sesimbra que, para além da sua enorme visibilidade, encontra-se centrado no género feminino e num grupo bem concreto. Nessa perspectiva, pretende-se efectuar uma etnografia da globalização no feminino, mapeando os percursos migratórios de mulheres brasileiras residentes na freguesia da Quinta do Conde e que se tornaram empreendedoras no sector da beleza. Procurar-se-á descodificar se a sua opção por este ramo, se deveu a uma questão de oportunidade, necessidade ou disposições sociais e se o mercado se encontra baseado nesse aspecto, numa lógica marcada pela nacionalidade no que respeita às contratações efectuadas. Serão salientadas questões económicas que lhes são inerentes: averiguar os prós e contras na tomada de decisão que se pensa ser neste processo decisiva e fulcral e que passa pela sua partida do Brasil e chegada a Portugal e pela opção de abertura de um salão de cabeleireiro e tudo o que isso acarreta (burocracia; dinheiro; energia; tempo; disponibilidade; conhecimentos). Outras questões abordadas...

‣ A "beleza" das mulheres imigrantes empreendedoras

Rodrigues, Frederica Almeida Azevedo
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova DE lISBOA Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova DE lISBOA
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /07/2010 Português
Relevância na Pesquisa
68.01914%
Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Migrações, Inter-Etnicidades e Transnacionalismo; A ideia inicial da dissertação partiu da constatação da existência de um aparente sector vivaz de actividade empresarial constituído por mulheres imigrantes - a beleza - sem que acerca de tal via de incorporação económica existissem estudos, nem quanto ao perfil das empresárias, nem quanto às características e condições dessas actividades. Propomo-nos a explorar quais os factores que conjunturalmente conduzem as mulheres imigrantes empreendedoras para o sector da beleza. Argumentamos que a forte presença das mulheres imigrantes empreendedoras no ramo da beleza é produto da representação social e institucional dos papéis e relações de género que marcam tanto as oportunidades da oferta, como da procura no mercado. Por outro lado, ao inserirem-se numa configuração relacional densa, relativamente fechada e coesa, em termos de etnicidade e género, as mulheres imigrantes empreendedoras no sector da beleza podem beneficiar de um capital social fundamental para os seus negócios. É esta inserção que lhes faculta conhecimentos prévios sobre a situação do mercado específico do seu negócio...

‣ Mulheres empreendedoras: o desafio da escolha do empreendedorismo e o exercício do poder

Jonathan,Eva G.
Fonte: Departamento de Psicologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro Publicador: Departamento de Psicologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 Português
Relevância na Pesquisa
58.697314%
Este trabalho pretende fazer uma reflexão sobre a relação das mulheres com o poder. Isto é feito embasado em uma síntese de observações realizadas em diferentes estudos sobre o empreendedorismo feminino. Tendo em vista o desafio da escolha do empreendedorismo, analisa-se as motivações das mulheres para empreender, as consequências e as dificuldades enfrentadas, além das estratégias utilizadas para lidar com as demandas vinculadas à multiplicidade dos papéis femininos. O exame das características de liderança, observadas em empreendedoras, revela que elas tendem a construir redes sociais e a exercer o poder com os outros e não sobre os outros. Além disso, no comando de seus empreendimentos sociais, evidencia-se que as mulheres exercem o poder em prol de mulheres, objetivando empoderá-las e promover sua inclusão profissional e social. Com isto, provocam significativas mudanças sociais, econômicas e culturais.

‣ Mulheres empreendedoras: medos, conquistas e qualidade de vida

Jonathan,Eva Gertrudes
Fonte: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá Publicador: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2005 Português
Relevância na Pesquisa
58.271875%
Face ao desafio de construir conhecimento sobre os aspectos psicológicos envolvidos no empreendedorismo feminino brasileiro, este estudo busca analisar as inquietações e o bem-estar subjetivo de mulheres empreendedoras. Quarenta e nove donas de variados negócios no Rio de Janeiro foram entrevistadas em suas empresas. Uma medida de auto-avaliação mostrou que as empreendedoras compartilhavam uma boa qualidade de vida, fundamentada principalmente na satisfação com o trabalho, com os filhos e com o auto-respeito. Os dados evidenciaram que os múltiplos papéis desempenhados pelas empreendedoras possuem relevância semelhante. A análise qualitativa das entrevistas revelou que as empreendedoras são destemidas e autoconfiantes, embora preocupadas com questões financeiras e com o crescimento das empresas. Auto-realizadas, apaixonadas e identificadas com seus empreendimentos, as empreendedoras se percebem num processo contínuo de conquistas. Dificuldades relativas à discriminação de gênero e à multiplicidade de papéis, bem como os demais dados, são discutidos à luz da literatura sobre empreendedorismo feminino.

‣ Gênero, imersão e empreendedorismo: sexo frágil, laços fortes?

Vale,Gláucia Maria Vasconcellos; Serafim,Ana Carolina Ferreira; Teodósio,Armindo dos Santos de Sousa
Fonte: Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração Publicador: Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
68.58874%
Homens e mulheres estiveram, historicamente, imersos em redes sociais distintas. Quanto tal fato poderia estar repercutindo, ainda hoje, na situação das mulheres, enquanto empreendedoras? Apesar de sua importância, a literatura sobre empreendedorismo feminino, imersão e redes sociais é relativamente recente. O presente trabalho, de cunho teórico-empírico, avança nesse campo, ao analisar, no contexto de uma metodologia quantitativa, o processo de criação de empresas de mulheres, comparando-o com o dos homens. Conclui-se que existem diferenciações tanto na natureza da imersão como na maneira como as mulheres utilizam as redes na construção de seus empreendimentos. As mulheres recorrem, relativamente mais, a laços que lhe são mais próximos, para informações e suporte. O artigo apresenta quatro tipos de contribuições. No plano teórico oferece alguns elementos para a reflexão sobre a universalidade versus as peculiaridades do comportamento empreendedor e avança na compreensão e operacionalização do conceito de imersão. No plano metodológico, além do caráter inédito da pesquisa quantitativa e comparativa, também introduz, como inovação, um conjunto de indicadores sobre imersão. No plano prático, ao desvendar aspectos pouco conhecidos da dinâmica empreendedora feminina...

‣ Mulheres e suas histórias: razão, sensibilidade e subjetividade no empreendedorismo feminino

Ferreira,Jane Mendes; Nogueira,Eloy Eros Silva
Fonte: Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração Publicador: Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2013 Português
Relevância na Pesquisa
58.72039%
O objetivo deste artigo é identificar os elementos que permitem conhecer a subjetividade de mulheres empreendedoras segundo a teoria proposta por González Rey (2009). A subjetividade se dá por meio de uma configuração de sentidos subjetivos provenientes tanto do plano individual, como também dos construídos socialmente. Assim, a constituição subjetiva é formada por meio de diferentes forças que se mantêm em permanente transformação ao longo da trajetória dos sujeitos. A metodologia utilizada para alcançar o objetivo seguiu os parâmetros da Epistemologia Qualitativa. Trata-se de uma abordagem qualitativa em que é utilizado um conjunto de procedimentos específicos desenhados especialmente para desvendar os indicadores de sentido que, por sua vez, formam a configuração subjetiva. Os resultados indicam que a configuração subjetiva do empreendedorismo para as mulheres está apoiada em sentidos subjetivos associados às suas trajetórias, ao contexto atual e à cultura dentro da qual a atividade é desenvolvida. O empreendedorismo, nesta pesquisa, aparece como uma característica individual que começa a ser constituída na infância. No entanto, as empreendedoras se constituem como tal ao longo de sua história, quando devem lidar com as condições adversas do mundo empresarial...

‣ Rupturas e continuidades no discurso e prática de mulheres empresárias joinvilenses

Laemmle, Morgana Thays
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 144 f.; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
58.41929%
Orientadora: Profª. Drª. Marlene Tamanini; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Sociologia. Defesa: Curitiba, 27/03/2015; Inclui referências : fls. 134-140; Área de concentração: Sociologia; Resumo: Esta dissertação é fruto da pesquisa realizada entre 2013 e 2014 com mulheres empresárias na cidade de Joinville, visando compreender quais são os conteúdos das relações de gênero vividos por estas mulheres enquanto empreendedoras e quais são os princípios motivadores refletidos na decisão de empreender. Por meio do olhar sociológico e de perspectivas analíticas pertencentes ao campo dos estudos de gênero, coloca-se um olhar focado nas teorias sensíveis aos aspectos da divisão sexual do trabalho, dentro dos estudos de gênero, para pensar a reflexividade das entrevistadas, como são gendrificadas e como se expressam em sua experiência de mulheres empresárias no contexto da cidade de Joinville e do discurso de sua vocação para o trabalho. O campo dos estudos de gênero permite neste estudo a desnaturalização das relações e ampliação do horizonte para considerar o conjunto de relações sociais imbricadas nas decisões e nos investimentos pessoais e profissionais...

‣ O impacto da formação na capacidade empreendedora dos estudantes de enfermagem

Gomes, José Hermínio Gonçalves; Melo, Rosa Cândida de Carvalho Pereira de; Parreira, Pedro Miguel Santos Dinis; Vaquinhas, Marina Montezuma Carvalho Mendes; Costa, João Manuel Lucas da
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em 21/07/2014 Português
Relevância na Pesquisa
58.287007%
Introdução Nos últimos anos, devido ao aumento do desemprego e com a alteração do paradigma da empregabilidade, a temática do empreendedorismo tem ganho particular relevância, quer no discurso político, quer na comunicação social e na sociedade em geral. Neste sentido é fundamental que as instituições de ensino promovam o desenvolvimento da capacidade empreendedora nos estudantes. Objetivos Os objetivos deste estudo são avaliar a sua capacidade empreendedora; avaliar o impacto da formação sobre empreendedorismo na sua capacidade empreendedora; e determinar alguns fatores preditivos da capacidade empreendedora dos estudantes do Ensino Superior Politécnico. Metodologia Estudo quantitativo, correlacional e comparativo numa amostra não probabilística constituída por estudantes, que responderam ao questionário "motivações empreendedora dos estudantes do ensino superior". Este estudo foi realizado, em estudantes que estavam a frequentar o 4º ano do curso de licenciatura em enfermagem, antes e depois de ser lecionada a unidade curricular, onde é lecionada a temática de empreendedorismo. Resultados A amostra é constituída por 192 estudantes, 10,9% pertenciam ao sexo masculino e 89,9% ao sexo feminino. No 1º estudo...

‣ Espaços interacionais e discursividades sobre gênero e desenvolvimento no programa trabalho e empreendedorismo da mulher e no projeto com licença, eu vou à luta no Distrito Federal

Machado, Hairam
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
59.13316%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Programa de Pós-Graduação em Estudos Comparados Sobre as Américas, 2012.; Este trabalho aborda duas iniciativas de governo, direcionadas às mulheres no Distrito Federal, no período de 2009 a 2011: o Programa Trabalho e Empreendedorismo da Mulher - PTEM e o Projeto Com Licença, Eu Vou à Luta. O primeiro resultou de parceria entre a Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República – SPM/PR, entidades da sociedade civil e governos locais. O Projeto Com Licença, Eu Vou à Luta foi implementado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento social e Transferência de Renda do Distrito Federal – SEDEST. O planejamento das ações, tanto de um quanto de outro, fundamentou-se no discurso de promoção da autonomia das mulheres por meio de fomento ao empreendedorismo e capacitação para o mercado de trabalho. A análise do objeto empírico adota o pressuposto de que ambos os Programas de Trabalho constituíram espaços políticos interacionais decorrentes de uma articulação discursiva mais ampla e por vezes permeada por contradição, qual seja a de gênero e desenvolvimento. A questão central da pesquisa tem como ponto de partida o modo de inclusão das mulheres nas políticas públicas de trabalho que visam ao desenvolvimento...

‣ A institucionalização e a influência de uma rede no exercício do papel empreendedor: estudo de caso de uma associação de mulheres de negócios

Vier Machado, Hilka; Greatti, Ligia; Freire de Oliveira, Márcia
Fonte: Universidad Icesi; Universidad Federal de Santa Catarina Publicador: Universidad Icesi; Universidad Federal de Santa Catarina
Tipo: conferencePaper; Documento de conferencia Formato: PDF; Electrónico
Português
Relevância na Pesquisa
67.87616%
Uma das vertentes dos estudos de gênero encontra-se no campo de estudos do Empreendedorismo e tem como foco de análise a atuação de mulheres no papel de empreendedoras. Este estudo tem como objetivo compreender a ação de uma Associação de mulheres de negócios para o fortalecimento da atuação de empreendedoras. Ele foi realizado em um município que conta com a participação expressiva de empreendedoras na economia local, sendo a confecção a principal atividade econômica. Trata-se de uma pesquisa qualitativa e exploratória, realizada por meio de um estudo de caso, que utilizou fontes primárias e secundárias para coleta dos dados. A análise interpretativa dos dados apontou que as atividades de maior abrangência foram as sociais, principalmente voltadas para arrecadação de fundos. Outras atividades, como a participação em Feiras de Negócios e alguns convênios foram firmados ao longo do período de dez anos, tempo em que a Associação permaneceu em atividade. No entanto, dificuldades de institucionalização e apenas nós fracos entre as associadas foram constatados. Assim, os resultados apontam que essa rede, a BPW Cianorte, contribuiu muito pouco para melhoria do desempenho do papel empreendedor das mulheres de negócio associadas e de suas empresas.

‣ Um olhar através do teto de vidro: relatos das mulheres empreendedoras de empresas baseadas no conhecimento sobre os primeiros anos de seus negócios

Roedel Botelho, Louise de Lira; Schons, Claudine; Vieira, Beatriz; Castro de Almeida Cunha, Cristiano José
Fonte: Universidad Icesi; Universidad Federal de Santa Catarina Publicador: Universidad Icesi; Universidad Federal de Santa Catarina
Tipo: conferencePaper; Documento de conferencia Formato: PDF; Electrónico
Português
Relevância na Pesquisa
67.615234%
Este trabalho busca tentar compreender o fenômeno do teto de vidro nas vidas das empreendedoras, segundo as percepções das mesmas. Para tanto, decidiu-se estudar tal fenômeno no contexto dos cinco primeiros anos da gestão das empreendedoras. Neste sentido, parece que a primeira vista os primeiros anos de um negócio são fundamentais para garantir o sucesso e o desempenho do empreendimento e é justamente neste período que as empreendedoras sentem-se inseguras e sob muita pressão, conforme os relatos extraídos dos dados da presente pesquisa. Como metodologia de pesquisa, adotou-se o paradigma interpretativista e a abordagem qualitativa e a modalidade do estudo de caso. Quanto à amostragem, foram entrevistadas três empreendedoras de empresas de tecnologia, todas situadas no estado de Santa Catarina. Quanto às contribuições para o campo teórico, este trabalho poderá servir de alicerce literário no que tange a compreensão do empreendedorismo feminino em empresas inovadoras. No campo prático, este estudo pode servir de alicerce para o preparo das novas gerações de mulheres para os desafios que elas encontrarão no campo empresarial.

‣ As mulheres participantes do Programa de Inclusão Econômica da Mulher da Prefeitura da Cidade de Fortaleza – CE / Brasil: contexto e resultados

Bezerra, Lélia Cardoso
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
67.879443%
Dissertação de Mestrado em Gestão; O objectivo geral dessa pesquisa é conhecer o Programa de Inclusão Econômica da Mulher da Prefeitura Municipal de Fortaleza, verificando de que maneira o mesmo promove o empoderamento da mulher e a diminuição da pobreza. Para fundamentar teoricamente o estudo, foi feita uma revisão bibliográfica sobre o gênero feminino como status e papel social, seguido pelo levantamento histórico sobre a mulher na sociedade, sobre as políticas públicas para as mulheres, com destaque para as políticas praticadas no município de Fortaleza, e o estudo sobre o empreendedorismo, o empoderamento da mulher e sua relação com a dupla jornada de trabalho. Nossa investigação visa apresentar as contribuições para a inclusão econômica da mulher e seu empoderamento a partir da demonstração de ações de políticas públicas conduzidas pelo governo municipal da cidade de Fortaleza. O detalhamento das ações e dos resultados por elas obtidos deverá servir de fonte para projetos que tenham intenções semelhantes. Buscamos também realizar sua documentação científica de forma a gerar credibilidade, sem a intenção de promoção partidária. Conhecer e analisar os resultados de ações dessa natureza devem solidificar decisões que norteiem propostas o futuro...

‣ Análisis del Discurso de “Mujeres de Negocio” Asociadas a la Business Professional Women; Discourse Analysis of “Women in Business” Associated Business Professional Women; Análise do Discurso de “Mulheres de Negócio” Associadas à Business Professional Women

Menezes, Raquel Santos Soares; Oliveira, Janete Lara de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 02/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
78.03064%
En el presente artículo, se analizan los discursos de “mujeres de negocio”, de acuerdo con sus historias de vida relatadas a la Business Professional Women (BPW), la Asociación de las Mujeres de Negocio, una red con actuación mundial que representa mujeres que se dedican a la actividad empresarial o actúan como profesionales autónomas. El objetivo del análisis es plantear algunos puntos de reflexión acerca de la representación de la mujer que se considera “de negocios”, manifestada en sus discursos. Seis narrativas de mujeres fueron analizadas, en función de cuatro elementos discursivos – selección léxica, recorridos figurativo, temático y semántico ─, que permiten delinear una trama de acontecimientos y relaciones que legitiman la posición alcanzada de “mujer de negocios”. Aunque las historias consideradas sean bastante distintas, en lo que se refiere al origen, porte y área de actuación de las empresarias, es interesante verificar que los sentidos atribuidos al suceso profesional aparecen normalmente vinculados a momentos de extremas dificultades y grandes conquistas. Así, sufrimiento y superación caracterizan dos recorridos figurativos antagónicos, constantemente ilustrados por los temas del casamiento...

‣ Biopolitics, gender and international organizations: market for women’s rights; Biopolítica, gênero e organismos internacionais: mercado dos direitos das mulheres

Lemos, Flávia Cristina Silveira; Profa. adjunta IV de Psicologia social/UFPA.; Cruz, Franco Farias da; Doutorando em Psicologia/UFPA.; Reis Junior, Leandro Passarinho; Professor Dr. em Educação/UFPA.; Sampaio, Válber; Mestrando em Psicologia/UFPA.; Cr
Fonte: Eduff Publicador: Eduff
Tipo: ; Estudos Históricos; Formato: application/pdf
Publicado em 26/11/2015 Português
Relevância na Pesquisa
58.32869%
This article aims to analyze governance practices of women by UNESCO and UNICEF from the historical and documentary perspective. Makes up a critique of instrumentality of the rights of same by the neoliberal management and wonders whether the present entrepreneurship proposed by these organizations. It is also analyzed how these bodies governing bodies of women through family relationships, marital and for the education of children. Finally, are problematized the links between gender actions, the crossing of a biological rationality of gender and the empowerments of women in politics to mediate conflicts in the community on behalf of the security.; Este artigo tem o objetivo de analisar práticas de governo das mulheres pela UNESCO e UNICEF a partir da perspectiva histórica e documental. Efetua-se uma crítica à instrumentalidade dos direitos das mesmas pelo gerenciamento neoliberal. Interroga-se a vertente do empreendedorismo proposto por estes organismos e também é analisado como estes órgãos regulam os corpos de mulheres pelas relações familiares, pela conjugalidade e pela educação dos filhos. Por fim, são problematizadas as articulações entre ações sexistas, o atravessamento de uma racionalidade biológica de gênero e o empoderamentos das mulheres na política para mediar conflitos na comunidade...