Página 1 dos resultados de 25 itens digitais encontrados em 0.008 segundos

‣ Acidentes de trabalho com material perfuro-cortante nos enfermeiros

Martins, Matilde; Babieri, Maria do Céu; Correia, Teresa
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra. Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra.
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Português
Relevância na Pesquisa
79.174688%
Os acidentes de trabalho ocasionados com material perfuro-cortante são os mais prevalentes entre os enfermeiros em consequência das actividades realizadas. Acresce ainda o não cumprimento das precauções universais de biossegurança, a inexperiência, a insuficiente formação, orientação ou supervisão e a falta ou inadequação no uso de equipamentos de protecção individual. Estes acidentes representam grande risco para a saúde dos enfermeiros. Sendo as lesões físicas de somenos importância, assumem as repercussões psicológicas uma maior relevância advinda da exposição a microrganismos patogénicos. Analisar os acidentes de trabalho por material perfuro-cortante entre os profissionais de enfermagem de um hospital central da região do Porto no período de 2005 a 2010. Identificar os factores predisponentes a acidentes de trabalho por material perfuro-cortante nos enfermeiros. Contribuir para a implementação de medidas de prevenção e protecção da saúde dos enfermeiros neste contexto. Estudo transversal retrospectivo referente ao período de 1 de janeiro de 2005 e 31 de dezembro de 2010. A amostra ficou constituída por 145 enfermeiros que tiveram acidente de trabalho, notificado, por material perfuro-cortante. A informação foi obtida através dos registos de notificação do inquérito da DGRH e da ficha de urgência. A recolha de dados foi realizada por uma das investigadoras após autorização do Conselho de Administração durante o mês de abril de 2011 nos dias úteis entre as 9:00 e as 17:00 horas no serviço saúde ocupacional. Foram notificados 375 acidentes de trabalho entre os enfermeiros sendo 145 por material perfuro-cortante. A maior prevalência destes acidentes verificou-se no género feminino 84...

‣ Riscos no bloco operatório realidades que podem influenciar a gestão

Perdigoto, Paula Alexandra Bordelo
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Tecnologia e Gestão Publicador: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Tecnologia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
58.92497%
Este estudo, ao abordar a problemática dos riscos no bloco operatório na perspectiva da gestão, tem como objectivo identificar e analisar os riscos biológicos, químicos, físicos e mecânicos a que os profissionais do bloco operatório estão sujeitos para assim poder identificar os custos que lhes estão associados e poder agir sobre eles. Acredita-se que o conhecimento da realidade se constitui como uma ferramenta para a gestão pois permite a tomada de decisões com base em factos concretos. De forma a atingir tal objectivo apresentam-se os riscos a que podem estar sujeitos os profissionais de saúde de forma a enquadrar um estudo exploratório, transversal e descritivo da realidade que se observa nos blocos operatórios do Centro Hospitalar do Nordeste, E.P.E., nas unidades hospitalares de Bragança, Macedo de Cavaleiros e Mirandela. A colheita de dados foi realizada através de questionário e de checklists de observação de riscos. Os resultados obtidos revelam que a grande maioria dos colaboradores não sofreu acidentes, de qualquer natureza e que a notificação de qualquer tipo de acidente é diminuta. No entanto, quando envolvem material biológico, a entrada percutânea, o sangue e a actividade “operar” apresentam-se como a fonte...

‣ Avaliação da exposição dos trabalhadores ao ruído : (análise de casos)

Pereira, Anabela Sofia de Almeida Barbosa
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 17/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
58.474155%
Dissertação de mestrado em Ciências do Ambiente; A exposição ao ruído no local de trabalho é causa directa da segunda mais importante doença profissional no nosso país - a surdez - originando ainda, frequentemente, outras perturbações fisiológicas e psicológicas. Tais perturbações podem conduzir a estados de fadiga física e psíquica que, para além de custos sociais evidentes, se acabam por traduzir também em custos económicos para as empresas, devido a perdas de produtividade e de qualidade do trabalho, desmotivação e absentismo. O reconhecimento destes problemas levou à elaboração de legislação com vista à protecção dos trabalhadores, é assim objectivo deste trabalho abordar a temática do ruído no local de trabalho com base na legislação em vigor, em Portugal, sobre este assunto. Foi assim, desenvolvido um estudo sobre a legislação em vigor em Portugal e foi avaliado o impacto do ruído nos locais de trabalho, através da realização de estudos práticos – avaliação da exposição dos trabalhadores ao ruído, em distintas empresas do sector do têxtil e vestuário, onde existem processos de trabalho com níveis sonoros elevados. Em todos os locais de trabalho há ruídos, estes podem atingir ou não níveis de intensidade perigosos para a saúde e para a segurança dos trabalhadores. Assim...

‣ Relatório de estágio

Vitorino, Maria de Fátima de Sousa
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2010 Português
Relevância na Pesquisa
68.046143%
O presente relatório constitui o instrumento final de apresentação do Estágio empreendido ao longo do Curso de Mestrado em Enfermagem Médico-Cirúrgica, no Serviço de Urgência do Centro Hospitalar do Porto e na Comissão de Controlo de Infecção do Hospital Pedro Hispano. Recorrendo a uma metodologia descritiva e analítica, expõem-se os objectivos traçados, descrevem-se as actividades concretizadas e partilham-se as reflexões críticoreflexivas, suportadas por bibliografia idónea. Pretende-se, assim, evidenciar as competências adquiridas no âmbito da Especialização em Enfermagem Médico-Cirúrgica. A propósito do estágio desenvolvido no Serviço de Urgência apresentam-se três questões centrais: o cuidar da pessoa a vivenciar processos complexos de doença crítica e/ou falência orgânica, a dinamização da resposta a situações de catástrofe ou emergência multivítima e a maximização da intervenção na prevenção e controlo da infecção. Relatam-se as vivências de prática clínica, as situações-problema detectadas e as estratégias de resolução propostas, na prestação de cuidados de Enfermagem ao cliente em situação crítica. As situações-problema detectadas relacionam-se, directa ou indirectamente...

‣ A adesão dos enfermeiros na adopção das medidas de precaução padrão quanto ao uso dos equipamentos de protecção individual

Ferreira, Ana Cristina Pereira Cirne Grais
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /10/2011 Português
Relevância na Pesquisa
130.75683%
Sendo o objecto deste estudo “A adesão dos enfermeiros na adopção das medidas de Precaução Padrão quanto ao uso dos Equipamentos de protecção individual”, procurámos saber quais as razões da adesão ou não adesão subjacentes às práticas dos prestadores de cuidados, reveladoras numa primeira instância dos motivos da existência deste projecto. Tratou-se de um estudo descritivo e transversal inserido numa abordagem quantitativa, situado no contexto hospitalar, onde os participantes foram enfermeiros prestadores de cuidados de todos os serviços, que se caracterizaram por ser maioritariamente mulheres, com uma média de idades de 35 anos, com a licenciatura como habilitação literária e a categoria profissional de enfermeiro graduado, com uma média de 15 anos de tempo de exercício profissional. Foi utilizado o Questionário como técnica de colheita de dados, tendo sido elaborado e testado através de pré-teste, e posteriormente aplicado à população referida entre os meses de Junho e Setembro de 2010. Os dados foram submetidos ao programa informático Statistical Package for Social Science (versão 17.0) e a posterior tratamento estatístico e análise. Como principais conclusões destacamos: - A quase totalidade dos enfermeiros (98...

‣ Protocolos de actuação no controlo do risco associado à infecção cruzada em medicina dentária - um estudo observacional

Marques, Inês Afonso Mendonça
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 25/09/2013 Português
Relevância na Pesquisa
58.25171%
Introdução: Diversos estudos comprovam a existência de um potencial risco de infecção cruzada na prática da Medicina Dentária, uma vez que inúmeras infecções podem ser transmitidas através do contacto directo ou indirecto com sangue e/ou saliva, de salpicos, de aerossóis e de instrumentos ou equipamentos contaminados. (1) Objectivos: Os principais objectivos deste estudo visaram alargar o conhecimento na área da prevenção da infecção cruzada em Medicina Dentária e avaliar o nível de interesse e conhecimento dos profissionais de saúde oral sobre esta temática em particular. Materiais e métodos: O estudo consistiu na distribuição de um questionário de auto resposta fechada, que foi elaborado com base nas fontes bibliográficas consultadas, composto por vinte e quatro questões. O questionário foi aplicado a uma amostra de 123 indivíduos, dos quais 98% eram médicos-dentistas. A média de idades dos inquiridos era cerca de 29,62 anos, sendo que 30,9% provinham do distrito de Viseu. Resultados: após ter-se efectuado a análise estatística dos dados recolhidos, foi possível perceber que uma grande parte da amostra tinha um elevado domínio sobre determinados parâmetros específicos, como os métodos de protecção individual...

‣ Famílias de acolhimento de idosos : a experiência no concelho de Bragança

Veloso, Maria Manuela Nunes Figueiredo Rodrigues Serrano
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
58.046143%
Nos termos do Decreto-Lei N.º 391/91 de 10 de Outubro, o “Acolhimento Familiar” é uma medida de Política Social que consiste em integrar, temporária ou permanentemente, em famílias consideradas idóneas, pessoas idosas ou adultos com deficiência, que se encontrem em situação de dependência ou de perda de autonomia, vivam isoladas e sem apoio de natureza sócio-familiar e/ou em situação de insegurança. Destina-se a evitar ou retardar o recurso à institucionalização garantindo à pessoa acolhida um ambiente sócio-familiar e afectivo propício à satisfação das suas necessidades quando não possa permanecer no seu domicílio. Trata-se de uma resposta social que tem vindo a expandir-se nos últimos anos destacando-se como modalidade de cuidado integral, necessário ao bem-estar dessa população. A partir da experiência de Acolhimento Familiar (AF) no concelho de Bragança, procurou-se conhecer as características das famílias de acolhimento (FA) e as situações de vida dos idosos que motivam a opção por esta resposta. Foram utilizados três questionários aplicados às 16 Famílias de Acolhimento em actividade no concelho, aos 42 indivíduos acolhidos e aos 7 profissionais da Segurança Social envolvidos no acompanhamento destas situações. Os principais resultados indicam que o contexto de AF é uma boa opção de protecção e cuidado personalizados...

‣ Análise de risco e segurança na contrução de túneis

Gomes, Bruno Miguel Campino
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2009 Português
Relevância na Pesquisa
78.58181%
O presente trabalho aborda os diversos métodos de segurança e prevenção de riscos, que se devem ter para com as diferentes actividades envolvidas durante a construção de obras subterrâneas. São também focados alguns aspectos que dizem respeito à preparação de uma obra subterrânea, nomeadamente o conhecimento prévio do terreno. É dada atenção aos riscos que os trabalhadores correm ao estarem em contacto com a atmosfera do túnel, e em locais de trabalho que também envolvem circulação de equipamentos mecânicos, e consequentemente à sua prevenção. Os tipos de equipamentos de protecção, tanto colectiva como individual, também não são esquecidos, assim como a sinalização necessária a este tipo de obras. Posteriormente, fala-se das características de maciços rochosos e terrosos, e da sua influência para a escolha dos métodos de escavação. Estes métodos, podem ser mecânicos ou então pode-se recorrer ao uso de explosivos, e a sua escolha varia de terreno para terreno. Dentro dos métodos mecânicos, existem diversos equipamentos. Aqui, abordam-se as técnicas de segurança que devem ser aplicadas, aquando da utilização, tanto das máquinas como dos explosivos. Finalmente, referem-se as opções de suporte primário e de revestimento definitivo...

‣ Remoção de fibrocimento: amianto

Delgado, José Manuel Mendes
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
88.82412%
O trabalho desenvolvido visa possibilitar um enquadramento objectivo e sustentado, entre as práticas existentes no sector da construção civil, no contacto e na remoção de fibrocimento e em simultâneo, responder às exigências e instruções existentes na legislação em vigor. A experiencia acumulada há vários anos, na remoção de chapas de fibrocimento com amianto, as pesquisas efectuadas e o contacto com empresas especializadas e laboratórios, permitem desenvolver um trabalho, que será importante no desenvolvimento de boas práticas, permitindo que as empresas do sector de construção civil, que trabalhem com materiais com amianto, possam cumprir a legislação em vigor e em simultâneo contribuam para a prevenção contra o risco de se contrair doenças, como a asbestose, mesotelioma, cancro do pulmão e cancro gastrointestinal. O desenvolvimento do tema, servirá para evidenciar um trabalho, que terá como resultado final, dar a conhecer os riscos existentes nos contactos com materiais que contenham amianto, as doenças a que podem estar sujeitos, o conhecimentos da legislação em vigor, o desenvolvimento de boas práticas e a gestão de custos.; The work is to give an objective framework and sustained between the practices in the construction industry...

‣ A Cooperação do Exército com a Protecção Civil

Silva, Marco
Fonte: Academia Militar. Direção de Ensino Publicador: Academia Militar. Direção de Ensino
Tipo: Outros
Publicado em 01/08/2008 Português
Relevância na Pesquisa
59.28048%
Com este trabalho pretendemos verificar se, no âmbito do PLANO LIRA CENTRO, estará adequada a forma de actuação da Escola Prática de Infantaria face à introdução da Lei n.º 27/2006, de 3 de Julho. Através das entrevistas realizadas a alguns comandantes de pelotão empenhados, em missões de cooperação com a Protecção Civil no ano de 2007, obtivemos respostas às questões que nos propusemos estudar, embora umas fossem mais concludentes do que outras. As nossas questões incidiram sobre a formação, a logística e a relação de comando de forma a verificar se estas estão adequadas às missões de cooperação do Exército com a Autoridade Nacional de Protecção Civil. Ao longo do trabalho conseguimos verificar algumas falhas na actuação dos militares. Após termos realizado a análise das entrevistas propostas, cruzando os resultados com a revisão de literatura, concluímos que os militares desempenham missões que não estão previstas no Plano LIRA Centro, nomeadamente o combate. Concluímos que a formação ministrada aos militares não é a suficiente, cremos, portanto, que deve ser efectuada uma revisão ao conteúdo da mesma pelo CID. Esta revisão deve incidir nas normas de segurança individuais...

‣ Gestão de Risco na Radiologia: Avaliação das Atitudes Proactivas/Reactivas na Protecção Radiológica na Região de Trás-os-Montes e Alto Douro

Belchior, Cristina Maria Mendes Silva
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
79.39622%
Dissertação de Mestrado em Gestão dos Serviços de Saúde; O risco pode considerar-se minimizado quando a política de segurança radiológica da instalação estiver em conformidade com a legislação e as atitudes dos profissionais forem proactivas na aplicação dos princípios básicos da radioprotecção. A Comissão Internacional de Protecção Radiológica estabelece três princípios na radioprotecção, nomeadamente a justificação, a optimização e a limitação. Esta investigação tem como objectivo analisar o risco através da avaliação das atitudes nos procedimentos preventivos de Radioprotecção nos serviços de radiologia, no sector público/sector privado do Nordeste Transmontano. Para tal, procedeu-se à elaboração de um questionário com 30 questões, que foi aplicado em dois centros hospitalares, quatro Centros de Saúde e 8 clínicas. Responderam 96 técnicos de radiologia. Os dados obtidos foram posteriormente organizados de modo a serem tratados estatisticamente no software SPSS. Concluímos que, apesar de a maior parte dos técnicos de radiologia da região de Trás-os-Montes e Alto Douro actuarem de uma forma proactiva, alguns manifestam ainda atitudes reactivas no que diz respeito à sua e à protecção do utente. Os técnicos de radiologia não se protegem suficientemente face à radiação pois nem sempre usam os equipamentos de protecção individual quando necessário...

‣ Usabilidade dos equipamentos de protecção individual radiológica : pesquisa com técnicos e enfermeiros do CHLC

Santos, Ana Isabel Simões
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
150.03315%
Mestrado em Ergonomia; O objectivo deste estudo foi caracterizar a adequação dos Equipamentos de Protecção Individual Radiológica aos profissionais e às tarefas que realizam, em termos de usabilidade, garantindo eficácia, conforto e segurança. O questionário aplicado teve uma amostra constituida por 8 enfermeiros e 17 técnicos de radiologia de dois hospitais do CHLC (Centro Hospitalar de Lisboa Central), na sua maioria mulheres com uma idade média de 45,04 anos. Realizaram-se também observações sistemáticas a 2 enfermeiros e a 1 Técnico de radiologia para analisar a actividade. A subescala do significado do trabalho revela valores positivos (3,86) e a subescala das exigências quantitativas revela valores de risco (3,75). Os profissionais referiram sintomatologia ao nivel cervical (57,89% nos últimos 7 dias), ombros (33,33%), região dorsal (28,57%), lombar (68,18%) e anca/coxa (40%) nos últimos 12 meses. O EPI-R usado com maior frequência é o colar protector da tiróide e, em termos de aventais, é o avental inteiro com protecção nas costas. O EPI-R usado com menor frequência são os óculos e as luvas de protecção dada a sua escassez nos serviços e a sua indisponibilidade para todos os profissionais. Em termos de conforto o colar protector da tiróide e o avental saia-casaco são os EPI-R mais confortáveis e o EPI-R menos confortável é o avental inteiro sem protecção nas costas. Peso e temperatura são o factor de desconforto mais associado aos EPI-R.

‣ Brucelose na Província do Namibe, Angola, 2012 : prevalências humana (profissionais da pecuária) e animal, factores de risco, conhecimento e práticas

Mufinda, Franco Cazembe
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
78.263447%
RESUMO - Enquadramento: A Brucelose é uma antropozoonose prevalente no Mundo e é uma das mais negligenciadas. A sua transmissão ao ser humano é directa e indirecta, e acontece por via de contacto com animal infectado, o consumo de leite e seus derivados não pasteurizados e a não observância de uso de equipamentos de protecção individual e colectiva, entre outros factores. O conhecimento da prevalência e incidência da brucelose animal e humana no Namibe, uma província de Angola, é muito escasso sendo poucos os estudos que evidenciam esta doença no seio dos profissionais da pecuária expostos: trabalhadores de matadouros, veterinários e criadores de gado. É assim pertinente, com base em estudos científicos específicos, caracterizar esta situação. Objectivos: Caracterizar os ambientes dos profissionais (matadouro, talhos e salas municipais de abate e explorações); estimar a seroprevalência da brucelose humana em profissionais da pecuária (trabalhadores de matadouros e criadores de gado bovino) na província do Namibe, Angola em 2012; determinar a associação da presença da brucelose humana com variáveis sócio-demográficas, de conhecimento, de práticas e de características das explorações; determinar a prevalência da Brucelose em animais e em explorações; caracterizar os factores associados à presença da Brucelose em explorações bovinas; caracterizar o conhecimento e práticas sobre a Brucelose dos profissionais da pecuária e analisar a relação entre as prevalências nas explorações (infectadas versus não infectadas) e nos criadores (infectados versus não infectados). Métodos e materiais: estudos observacional e transversal seroepidemiológico em 131 trabalhadores de talhos...

‣ Construção e avaliação das propriedades psicométricas de uma escala de eventos adversos associados às práticas enfermagem

Castilho, Amélia Filomena de Oliveira Mendes; Parreira, Pedro Miguel Santos Dinis
Fonte: Formassau Publicador: Formassau
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 01/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
78.048335%
As circunstâncias complexas que envolvem a prestação de cuidados de saúde predispõem à ocorrência de avaliações, decisões e práticas incorrectas, que podem originar danos nos doentes. O presente estudo, de natureza não experimental, quantitativo de design transversal (cross-sectional) e descritivo, teve como objectivo construir e analisar as propriedades psicométricas de uma escala de avaliação dos eventos adversos associados à prática de enfermagem no doente internado. A construção da referida escala teve como referencial a proposta de Pasquali (1999) e Moreira (2009). A amostra constituiu-se com enfermeiros que frequentaram os vários cursos de pós licenciatura e mestrado em Enfermagem na Escola Superior de Enfermagem no ano lectivo 2010/2011 (n=149). A versão inicial, apresentada numa escala de cinco pontos, foi apreciada por um painel de peritos. É composta por duas subescalas (processo e resultado) que abrangem seis tipos de eventos adversos em áreas de cuidados críticas para a segurança dos doentes. A subescala de práticas de enfermagem, composta por 39 itens, avalia o processo relativo ao cumprimento de práticas preventivas e falhas na aplicação de normas profissionais. Da análise factorial emergiram dez dimensões com os seguintes valores médios: vigilância (4...

‣ O socorro em Portugal : organização, formação e cultura de segurança nos corpos de bombeiros, no quadro da Protecção Civil

Amaro, António Duarte; Tedim, Fantina; Lourenço, Luciano
Fonte: Porto : [Edição do Autor] Publicador: Porto : [Edição do Autor]
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
58.917617%
Em Portugal, a base da organização do socorro às populações continua assente nas Associações / Corpos de Bombeiros ditos voluntários. Este modelo de voluntariado denota enormes fragilidades, quer na componente associativa designadamente nas áreas de gestão, quer na componente operacional, com défices acentuados, não só, ao nível da formção inicial e contínua, mas também, ao nível da cultura da segurança individual e colectiva. Não estando em causa o valor insubstituível do voluntariado, o carinho e a simpatia das comunidades pelos seus "bombeiros", impõe-se uma mudança organizacional na dinâmica do socorro, assente na afirmação inequívoca do binómio Municípios - Bombeiros, no quadro das responsabilidades de Protecção Civil que a Lei confer às Autarquias. Nesta lógica, a implementação do Centro Municipal de Operações de Socorro, constituiria um passo de gigante para o enquadramento racional, não só dos corpos de bombeiros existentes nos Municípios, mas também da figura do Comandante Operacional Municial. Obviamente, em todo este processo de mudança e transformação, em que a formação e o treino são cruciais para um socorro eficaz e de qualidade, a resposta da Escola Nacional de Bombeiros...

‣ A utilização de equipamentos de protecção individual pelos profissionais de enfermagem : práticas relacionadas com o uso de luvas

Lima, Jorge Patrício de Barros
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 19/02/2009 Português
Relevância na Pesquisa
78.477104%
Dissertação mestrado em Engenharia Humana; O presente estudo visa a caracterização das práticas dos enfermeiros relativamente ao uso de luvas. Tendo em consideração os objectivos delineados e a revisão bibliográfica efectuada, foi desenvolvido um guia de observação que inclui um conjunto de itens destinados à identificação das várias regras que é necessário observar no uso correcto de luvas, reconhecidas como preponderantes no risco de transmissão de infecção profissional-utente e utente-profissional. Com o intuito de conhecer alguns aspectos associados ao uso de luvas, nomeadamente a frequência e os motivos apontados para o não uso das mesmas, foram inquiridos os enfermeiros pertencentes aos serviços de medicina de uma unidade hospitalar no norte de Portugal. A população alvo do estudo era constituída pelos 130 enfermeiros pertencentes aos referidos serviços. No estudo de observação a amostra era composta por 114 enfermeiros, tendo 108 respondido ao questionário sobre caracterização do uso de luvas, elaborado para o efeito. O confronto entre a caracterização das práticas dos enfermeiros relativas ao uso de luvas e os resultados da observação directa evidencia significativas discordâncias. Os resultados sugerem que os motivos apontados para o uso de luvas são coincidentes com a protecção nos dois sentidos (utente e profissional). A urgência no procedimento...

‣ Clima de segurança numa empresa de Betão Pronto: Avaliação do Clima de Segurança

Martins, Manuel Celestino dos Santos
Fonte: Escola Superior de Ciências Empresariais Publicador: Escola Superior de Ciências Empresariais
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 23/07/2013 Português
Relevância na Pesquisa
78.04286%
Dissertação de Mestrado em Segurança e Higiene no Trabalho; O Clima de Segurança é dos conceitos mais estudados na tentativa de compreender a perceção dos trabalhadores sobre a segurança e saúde no trabalho nas organizações e qual a sua influência na causalidade e prevenção da sinistralidade laboral. O estudo foi realizado numa empresa de betão pronto, e teve como objetivo principal caracterizar o clima de segurança, através da aplicação de um questionário a uma amostra de colaboradores do quadro e de prestadores de serviço, de modo a identificar os pontos fortes e fracos do mesmo. Na primeira parte do trabalho foram feitas referências a conceitos e estudos sobre cultura e clima organizacional e cultura e clima de segurança. A segunda parte foi dedicada á descrição da organização, metodologia utilizada, amostra, instrumento e procedimento e análise e discussão dos resultados empíricos. No que concerne aos dados obtidos observou-se que a média das diferentes subescalas do Clima de Segurança relativas à Segurança Física se situa no intervalo entre 3,14 e 4,77 e o desvio padrão oscila entre 0,59 e 1,39. A subescala com a média mais elevada é a subescala Responsabilidades (M = 4,77), sendo a subescala Aprendizagem Organizacional (M = 3...

‣ Segurança, higiene e saúde no trabalho: equipamentos de protecção individual

Gaspar, Cândido Dias
Fonte: Universidade Aberta Publicador: Universidade Aberta
Tipo: info:eu-repo/semantics/lecture; info:eu-repo/semantics/other
Publicado em //2001 Português
Relevância na Pesquisa
108.83396%
Um projeto da Universidade Aberta e do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) com o apoio do Fundo Social Europeu e do Estado Português.; Formação - Profissional; Planeamento e informação-prioridade à proteção coletiva. O treino e a relação entre responsáveis e utilizadores. Formação e requisitos dos equipamentos de proteção individual. Categorização e manutenção de EPIs.

‣ Exposição profissional a citostáticos: caracterização da exposição em unidades hospitalares portuguesas

Prista, João; Suspiro, Alexandra; Veiga, Ana Costa; Ladeira, Carina; Nunes, Carla; Pedro, João de Almeida; Gomes, Mário; Pádua, Mário; Brito, Miguel; Gato, Sara; Viegas, Susana
Fonte: Autoridade para as Condições do Trabalho Publicador: Autoridade para as Condições do Trabalho
Tipo: Livro
Publicado em /02/2015 Português
Relevância na Pesquisa
68.037417%
Os citotóxicos constituem um grupo farmacoterapêutico que interfere por vários mecanismos de ação com o DNA, levando à destruição celular. Estes agentes terapêuticos são preparados diariamente em Unidades Hospitalares Portuguesas, e utilizados no tratamento de várias doenças, nomeadamente neoplasias. Dependendo do mecanismo de ação, estes fármacos podem ser agrupados em vários subgrupos: agentes alquilantes, antibióticos, antimetabolitos, geradores de radicais livres e inibidores mitóticos (Despacho nº 21 844/2004). Os agentes alquilantes interagem diretamente com o DNA de células tumorais; os antibióticos interferem com a transcrição de DNA; os antimetabolitos bloqueiam a síntese de DNA e RNA; os geradores de radicais livres produzem radicais livres reactivos que se ligam ao DNA e, finalmente, os inibidores mitóticos actuam no mecanismo mitótico necessário à cariocinese. Os fármacos antineoplásicos são cada vez mais utilizados quer na terapêutica de doenças malignas quer com intuitos profiláticos (terapêutica adjuvante) e num espetro crescente de patologia benigna (doenças autoimunes, doenças inflamatórias crónicas do foro gastroenterológico ou reumatológico, entre outras). Têm em comum o facto de poderem lesar o genoma celular (efeito genotóxico). Idealmente...

‣ Qualidade do Ar e Exposição de Bombeiros ao Fumo em Fogos Florestais Experimentais

Miranda,Ana Isabel; Martins,Vera; Cascão,Pedro; Amorim,Jorge Humberto; Valente,Joana; Tavares,Richard; Tchepel,Oxana; Borrego,Carlos; Viegas,Domingos Xavier; Ribeiro,Luís Mário; Pita,Luís Paulo; Cordeiro,Carlos Robalo; Ferreira,António Jorge
Fonte: Unidade de Silvicultura e Produtos Florestais Publicador: Unidade de Silvicultura e Produtos Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 Português
Relevância na Pesquisa
58.474155%
A poluição causada pelo fumo proveniente de fogos florestais pode afectar a saúde humana, em particular a do pessoal envolvido nas operações de combate ao fogo. Visando contribuir para o conhecimento científico sobre a exposição de bombeiros ao fumo durante fogos florestais, foram recolhidos dados de exposição individual ao monóxido de carbono, dióxido de azoto, compostos orgânicos voláteis e matéria particulada, no decorrer de queimas experimentais realizadas em 2008 na região centro de Portugal. O estudo incidiu sobre um grupo de dez bombeiros munidos de equipamentos portáteis de medição em contínuo dos níveis de exposição aos poluentes referidos. Os níveis medidos são muito elevados, excedendo os valores-limite de qualidade do ar impostos pela União Europeia para protecção da saúde humana e os valores recomendados pela Organização Mundial de Saúde, o que aponta para a necessidade de definição e implementação de medidas de protecção respiratória dos bombeiros durante operações de combate a fogos florestais, para evitar a exposição a níveis susceptíveis de causarem danos na saúde.