Página 1 dos resultados de 150 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

‣ A contradição entre universalidade da cultura humana e o esvaziamento das relações sociais: por uma educação que supere a falsa escolha entre etnocentrismo ou relativismo cultural

Duarte, Newton
Fonte: Universidade de São Paulo (USP), Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo (USP), Faculdade de Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 607-618
Português
Relevância na Pesquisa
27.141128%
A tese do fim das metanarrativas defendida pelo pós-modernismo implica a negação da universalidade da cultura. Não se trata apenas do fato de que a cultura humana ainda não tenha alcançado um estágio de verdadeira universalidade nem mesmo se trata do fato de que a classe dominante tenha até hoje submetido a cultura humana a seus interesses particulares de classe e, para tanto, tenha sufocado e destruído muito da riqueza contida nas culturas locais. Para o pós-modernismo, o problema não reside na visão burguesa de cultura humana, mas sim na própria idéia de que possa haver uma cultura universal. Os pós-modernos afirmam que qualquer projeto educacional pautado na idéia da existência ou da possibilidade de uma cultura universal é um projeto conservador, autoritário e etnocêntrico. O texto defende a tese de que a concepção marxiana acerca do processo histórico de constituição da riqueza humana universal contém os elementos teóricos necessários para a superação da falsa opção, postulada pelas diversas correntes do pós-modernismo, entre o etnocentrismo e o relativismo cultural. em Marx, a universalização da cultura humana ocorre, na sociedade capitalista, por meio da universalização do valor de troca das mercadorias como mediação fundamental das relações sociais. Trata-se...

‣ Media, etnocentrismo e estereótipos sociais

Cabecinhas, Rosa
Fonte: Vega Publicador: Vega
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2002 Português
Relevância na Pesquisa
27.141128%
Nesta comunicação analisamos o papel dos media na construção dos estereótipos sociais, nomeadamente, dos estereótipos referentes a grupos étnicos. Apresentamos os resultados de uma experiência sobre o processamento de informação social que se desenrolou em duas fases. Na primeira fase os participantes foram confrontados com hipotéticas notícias de jornal que deveriam analisar. Na segunda fase (dois dias depois) foi-lhes pedido para reproduzirem a notícia que leram o mais fielmente possível. As notícias apresentadas descreviam acontecimentos positivos ou negativos associados a um protagonista cujo grupo étnico diferia de versão para versão. Nesta comunicação analisamos o tipo de erros cometidos pelos participantes na reconstrução das mensagens e discutimos a importância de uma educação crítica face aos media.

‣ O Eu e o Outro - O processo de aprendizagem intercultutal - Parte I

Alves Pereira, Paulo
Fonte: Rede de Estudos Ambientais de Países de Língua Portuguesa Publicador: Rede de Estudos Ambientais de Países de Língua Portuguesa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
27.635234%
A sociologia da consciência chama à realidade cultural quotidiana “um mundo de certezas” . “Isto significa que as estruturas basilares, através das quais a sociedade é experimentada, não são postas em causa, mas são assumidas como condições de vida aparentemente naturais e evidentes.” . Na etnologia, este espartilhamento nas evidências culturais é também descrito como etnocentrismo “natural”. Etnocentrismo é, neste sentido, como Stagl o expressa, “um egocentrismo extensível ao grupo. Cada um considera, de forma naiv, a sua posição como o centro do mundo e organiza em volta dele as suas experiências e actuações” . Para evitar confusão com uma compreensão estreita, mas entretanto muito difundida, de etnocentrismo, preferimos falar de “centrismo cultural”, porque se trata aqui dos fenómenos fundamentais da pertença a uma comunidade de comunicação, e não de uma determinada etnia, que é colocada no centro das orientações quotidiana. O centrismo cultural significa apenas: ligações ao espaço e perspectividade do sistema de orientação. As representações de superioridade cultural não são (ainda) necessárias. Insinua-se involuntariamente uma tendência de valoração, assim que esta perspectiva é utilizada na percepção...

‣ Os factores influenciadores do consumo de produtos nacionais em Portugal

Matos, Elisa Nunes Correia de
Fonte: Escola Superior de Comunicação Social Publicador: Escola Superior de Comunicação Social
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /11/2014 Português
Relevância na Pesquisa
27.141128%
Dissertação apresentada à Escola Superior de Comunicação Social como parte dos requisitos para obtenção de grau de mestre em Publicidade e Marketing.; O consumo doméstico constitui uma forma de consumir produtos focada no próprio país de origem. De acordo com a literatura da especialidade, a imagem que os consumidores têm do seu próprio país, a ligação afectiva e o etnocentrismo do consumidor são em certa medida preditores do comportamento de consumo de produtos nacionais. Como tal, é intento desta investigação, contribuir para uma compreensão mais aprofundada acerca do impacto destes factores sobre a intenção de compra de produtos nacionais por parte do consumidor português. Para testar a existência de uma influência destes factores sobre a intenção de compra recorremos a um método de análise quantitativo que se traduziu na aplicação de um questionário a 163 indivíduos. Com base nos resultados obtidos confirmámos as quatro hipóteses de trabalho previamente definidas.; Domestic consumption is a way of consuming products focused on the home country. According to the literature, the image that consumers have of their own country and their products, their emotional bond to the country and their ethnocentric tendencies can predict to some extent the consumption behavior of domestic consumer. As such...

‣ Hermenêutica Negra Feminista: um ensaio de interpretação de Cântico dos Cânticos 1.5-6

Caldeira,Cleusa
Fonte: Centro de Filosofia e Ciências Humanas e Centro de Comunicação e Expressão da Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Centro de Filosofia e Ciências Humanas e Centro de Comunicação e Expressão da Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
27.141128%
A partir da instrumentalidade da Hermenêutica Negra Feminista, pretende-se interpretar Cântico dos Cânticos, capítulo 1, versículos 5-6. Nesse exercício hermenêutico que privilegia a experiência da mulher negra, marcada pelo sexismo, racismo e classismo, propõe-se resgatar o texto de sua unilateral interpretação ocidental. Evidencia-se que a tradução desse texto bíblico tem sido condicionada pela lógica do etnocentrismo, e as interpretações são pautadas pelo eurocentrismo, o que acaba inviabilizando a identificação da influência afro-asiática na formação e autocompreensão dos israelitas.

‣ Clareamento gengival: ensino e etnocentrismo

Bolla,Edson Daruich; Goldenberg,Paulete
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.447002%
O estudo objetivou identificar os padrões de estética bucal/gengival subjacentes à formação e prática profissional do cirurgião-dentista, na perspectiva do etnocentrismo. A partir da análise documental e da realização de entrevistas (semiestruturadas) com cirurgiões dentistas formados há dez ou mais anos, o estudo recorreu a uma abordagem qualitativa, ancorada na análise temática. No âmbito do ensino da periodontia, o estudo evidenciou que a presença da pigmentação fisiológica é omitida ou tratada como uma alteração de normalidade e/ou antiestética. Todos os entrevistados aprenderam a realizar o clareamento gengival em nível de pós-graduação, sendo estimulados a ofertar tal procedimento em nome de um sorriso saudável e bonito. Diante da supervalorização da eficiência da técnica, ressalta a ausência da discussão da questão estética na perspectiva étnica. Parece que a oferta do clareamento gengival se faz norteada pelo padrão branco de beleza, evidenciando o caráter etnocêntrico do procedimento.

‣ A contradição entre universalidade da cultura humana e o esvaziamento das relações sociais: por uma educação que supere a falsa escolha entre etnocentrismo ou relativismo cultural

Duarte,Newton
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
27.141128%
A tese do fim das metanarrativas defendida pelo pós-modernismo implica a negação da universalidade da cultura. Não se trata apenas do fato de que a cultura humana ainda não tenha alcançado um estágio de verdadeira universalidade nem mesmo se trata do fato de que a classe dominante tenha até hoje submetido a cultura humana a seus interesses particulares de classe e, para tanto, tenha sufocado e destruído muito da riqueza contida nas culturas locais. Para o pós-modernismo, o problema não reside na visão burguesa de cultura humana, mas sim na própria idéia de que possa haver uma cultura universal. Os pós-modernos afirmam que qualquer projeto educacional pautado na idéia da existência ou da possibilidade de uma cultura universal é um projeto conservador, autoritário e etnocêntrico. O texto defende a tese de que a concepção marxiana acerca do processo histórico de constituição da riqueza humana universal contém os elementos teóricos necessários para a superação da falsa opção, postulada pelas diversas correntes do pós-modernismo, entre o etnocentrismo e o relativismo cultural. Em Marx, a universalização da cultura humana ocorre, na sociedade capitalista, por meio da universalização do valor de troca das mercadorias como mediação fundamental das relações sociais. Trata-se...

‣ El problema del etnocentrismo en el debate antropol??gico entre Clifford Geertz, Richard Rorty y L??vi-Strauss

Aguilera Portales, Rafael
Fonte: Pedro G??mez Publicador: Pedro G??mez
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.762744%
Este art??culo es una peque??a aproximaci??n al debate que tuvieron Clifford Geertz y Richard Rorty sobre el problema de la interculturalidad y el etnocentrismo en la globalizaci??n actual. Nuestras sociedades posmodernas se enfrentan a nuevos retos y problemas que solucionar, como el racismo, el nacionalismo, el fundamentalismo, que tienen su ra??z en el etnocentrismo. Richard Rorty defiende un etnocentrismo leve y moderado para salir del universalismo vac??o, abstracto y caduco, mientras Geertz critica duramente a ambos por incurrir en un relativismo radical.; Economical, cultural, and technological globalization prolongs the problems such as racism, nationalism, fundamentalism. The present article explains one noteworthy discussion between Glifford Geertz and Richard Rorty, with L??vi-Strauss about the interculture. Richard Rorty defends one moderate and light ethnocentrism which we remove of all empty, abstract, and very old universalism, while Geertz harshly criticises their radical cultural relativism. This discussion occurs within of one relevant debate on postmodernity.

‣ Escisi??n social y modos de etnocentrismo en Guatemala

Caballero Mariscal, David
Fonte: Universidad de Granada Publicador: Universidad de Granada
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.447002%
Guatemala puede considerarse como uno de los pa??ses de mayor poblaci??n ind??gena de toda Latinoam??rica. No obstante, y a pesar de la diversidad cultural y las ra??ces mayas, el complejo proceso sociohist??rico del pa??s y los rigores del dilatado Enfrentamiento han conllevado una profunda escisi??n social entre ind??genas y los denominados ladinos. Este art??culo pretende establecer, por medio de la observaci??n in situ en el trabajo de campo, el acercamiento a la metodolog??a cuantitativa del cuestionario cerrado en distintos puntos del pa??s, tanto rurales como urbanos, y la revisi??n bibliogr??fica, una clasificaci??n de los modos de etnocentrismo presentes en Guatemala, y que puede ser aplicada a las sociedades latinoamericanas y otras que, en t??rminos generales, han experimentado un proceso de transculturaci??n similar.; Guatemala can be considered as one of the most noteworthy countries in Latin American in terms of high percentages of indigenous population . Despite the cultural diversity and the Mayan roots, its complex social and historic process, and due to the rigors of its hard Armed internal Conflict, deep social splintering has developed between ladinos and indigenous groups. This paper seeks to establish one classification for the different ways of ethnocentrism in Guatemala that can be applied to similar societies in Latin America which have undergone a similar transculturation process. The instruments and methodology adopted are based mainly on the direct observation in field work...

‣ O Etnocentrismo na produção historiográfica dos franciscanos no Brasil da primeira metade do século XVI

Ribeiro, Rodrigo Alves
Fonte: Ciência & Trópico Publicador: Ciência & Trópico
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 18/07/2011 Português
Relevância na Pesquisa
27.447002%
RESUMO Analisa como se estrutura a produção historiográfica franciscana e seus ideais aculturadores católicos, revelando o quanto de etnocentrismo contém essa produção intelectual. Mostra, assim, o viés com que foram documentados os valores culturais ameríndios. Propõe, igualmente, que os historiadores dos franciscanos no Brasil colônia, antes de destacarem os fatos sociopolíticos e religiosos que influenciaram a atuação da Ordem em terras brasileiras, observem mais detidamente a forma de pensar desses religiosos. Palavra-chaves: catolicismo, franciscanos, aculturação, ameríndios, etnocentrismo. ABSTRACT The ethnocentrism in the historiographical production of the franciscans in Brazil at the first moiety of XVI century. v.31, n. 1, p. 23-24, jan/jun, 2003 Analyses how is the Structural historiographical production of Franciscans and its Catholics acculturate ideal, revealing as the ethnocentrism contains this intellectual production. Displays, thus, obliquity with which were make the documents containing the Amerindians cultural values. Proposes, equally, that the historians of the franciscanes in Brazil Colony, before enphasing the facts social-politics and religious that influenced the performance of the order at Brazilian lands...

‣ Uma ouvinte em Curso de LIBRAS; A hearer attending a course of LIBRAS

Marlene Catarina de Freitas
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/07/2009 Português
Relevância na Pesquisa
27.635234%
O presente trabalho, desenvolvido na área de Lingüística Aplicada, foi norteado pela pergunta de pesquisa: Como se configura o trânsito ouvinte-surdo, com foco na auto-observação desta pesquisadora ouvinte, no contexto de um curso de LIBRAS ministrado por um professor surdo? E, complementarmente, em um centro de apoio a alunos surdos onde a pesquisadora é estagiária? Dentro desse contexto, visto como sociolinguisticamente complexo, levanto as dificuldades/facilidades encontradas nesse trânsito, incluindo meu processo de entrada em contato/conflito com a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS). Por se tratar de uma pesquisa de cunho etnográfico (Erickson, 1984), o trabalho de campo foi realizado através de observação participante, no caso, auto-observação, registrada através de anotações de campo, depois elaboradas em forma de diários desta pesquisadora. Os registros (Erickson, 1986) gerados (Mason, 1997) constituem o corpus desta pesquisa. Diante de algumas questões que se mostraram relevantes para responder a pergunta de pesquisa, tive como base autores de diversas áreas, como os Estudos Culturais (Skliar; 1998; Hall, 1997), Sociologia (Elias e Scotson, 2000; Cuche, 2002), Antropologia (Thomaz, 1995), Lingüística Aplicada (Maher...

‣ Efeito país de origem e etnocentrismo: caso dos vinhos espumantes italianos

Ribeiro, Elisabete Susana dos Santos
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.762744%
Dissertação de Mestrado Mestrado em Empreendedorismo e Internacionalização Orientada por Mestre Anabela Ribeiro; O presente estudo pretende avaliar se o país de origem é a característica com maior impacto na perceção dos consumidores em relação ao espumante, ou entender quais as características mais importantes, procurando assim compreender o volume de importações de espumantes de Itália, quando Portugal é um país que consome maioritariamente vinho nacional. Os espumantes Italianos foram escolhidos como alvo deste estudo, pois, de todas as importações de espumantes efetuadas pelo mercado português, o maior número destas é oriundo de Itália. O efeito do país de origem é um tema vastamente estudado por vários pesquisadores de todo o mundo e em diversas categorias de produtos. Na revisão bibliográfica, são indicados dois temas interligados com o efeito do país de origem: a animosidade e o etnocentrismo. O segmento que pretendemos atingir foram os jovens, como tal, foi enviado um inquérito para uma Faculdade da Universidade do Porto e para um Instituto pertencente ao Politécnico do Porto, obtendo-se 210 respostas. Para estes estudantes, o país de origem não foi a característica considerada mais importante na avaliação dos espumantes...

‣ ??tica y antropolog??a, dos disciplinas 'a la altura de los tiempos'

Haro Honrubia, Alejandro de
Fonte: Pedro G??mez Publicador: Pedro G??mez
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
27.447002%
En este trabajo, incidimos en el -por otra parte indiscutible- papel de los estudios antropol??gicos y ??ticos en todo an??lisis social y cultural de la sociedad occidental actual. La antropolog??a, especialmente, concede, verdad hist??rica compartida entre el gremio de antrop??logos, perspectiva comparativa y transcultural, que ya es m??s que suficiente. Oxigena, sobre todo, cualquier estudio cient??fico espec??fico ajeno a ella. Confiere una perspectiva, es pertinente indicarlo, especialmente sanadora, por cuanto libera, o al menos eso intenta, todo an??lisis disciplinar de opacos etnocentrismos, cierto que ineludibles, pero que en este sentido reducen, y mucho, toda pretensi??n epistemol??gica rigurosa y completa. Este trabajo identifica toda una serie de problem??ticas asociadas al mundo de la cultura y la moral en un marco global, cual es la presente sociedad occidental. Tiempos culturalmente intempestivos los nuestros que encumbran, por ello mismo, todas aquellas cuestiones de manifiesto cariz ??tico y antropol??gico. El etnocentrismo es un universal cultural seg??n rezan los distintos manuales de antropolog??a, pero el etnocentrismo cultural del europeo actual rebasa, por cuanto es ostensiblemente inquisitivo, todo l??mite moral.; In this paper I analyse some of the outstanding aspects concerning the moral and cultural world of present western societies. The aim is to defend a double perspective: empirical and metaphysical. In the present essay...

‣ Intercultural philosophy and emerging paradigm: a new approach to the "reasons" of a different culture; Filosofía intercultural y paradigma emergente: un nuevo enfoque para las "razones" de una cultura diferente; Filosofia intercultural e paradigma emergente: um novo enfoque para as “razões” de uma cultura diferente

Kaliberda, Ana Marcia; Universidade Estadual do Centro Oeste, Guarapuava, PR; Xavier, Cesar Rey; Universidade Estadual do Centro Oeste, Guarapuava, PR; Marçal Gonzaga, Carlos Alberto; Universidade Estadual do Centro Oeste, Guarapuava, PR
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa Empírica de Campo; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
27.635234%
http://dx.doi.org/10.5007/1807-1384.2014v11n2p37This research begins with the questioning of a certain paradigmatic crisis that, according to some authors, is not restricted to the scientific modus faciendi, but also reaches knowledge itself, considered under a broader perspective and applied to all our values and relationship among men, nature and society. It’s worth mentioning the crisis that is known as “dominant paradigm”, by which there is an urgent need for a new scientific practice and a new form of knowledge appropriation, one in which the common sense is rescued and receives proper value. This is the proposal of the so called “emerging paradigm” which we believe, paves the way for the heterodoxy of proposals, such as the Intercultural Philosophy, to find conducive soil in the construction of alternative ways, to embrace indigenous knowledge and cultures. Some epistemological aspects that make up the Intercultural Philosophy are described, in particular, its negative view on ethnocentrism. It is argued that this new form of making philosophy meets the requirements of an emerging paradigm; in that it does not favor this or that logos as the “absolute and universal reason”, but allows the expression of other forms of rationality that often clash the standards of what is considered “conventional”...

‣ O ironismo de Richard Rorty: uma terceira via entre etnocentrismo e relativismo

Araujo, Ricardo Corrêa
Fonte: Universidade Federal da Paraíba -UFPB Publicador: Universidade Federal da Paraíba -UFPB
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Estudos hermenêuticos Formato: application/pdf
Publicado em 16/11/2013 Português
Relevância na Pesquisa
37.447002%
Este artigo tenta investigar a questão do relativismo associado à filosofia pós-nietzschiana ou pós-metafísica, em que alguns tentam incluir Richard Rorty. Nossa pretensão é mostrar como este pensa, por meio do conceito “ironismo”, sua afinidade com diversas posições pós-metafísicas, mas também um afastamento dos seus aspectos possivelmente relativistas, a fim de escapar de acusações de relativismo cultural como a elaborada por Hilary Putnam. Em conclusão, pretende-se mostrar que o ironismo de Rorty, redescrito por ele como um antiantietnocentrismo, pode ser caracterizado como uma terceira via entre o etnocentrismo tradicional e o relativismo cultural.

‣ Etnocentrismo, xenofobia y migraciones internacionales en una perspectiva comparada

Alaminos,Antonio; López,Cristina; Santacreu,Oscar
Fonte: Universidad Autónoma del Estado de México, Facultad de Ciencias Políticas y Administración Publicador: Universidad Autónoma del Estado de México, Facultad de Ciencias Políticas y Administración
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.762744%
Mediante un análisis comparado de 15 países, tanto desarrollados como en vías de desarrollo y empleando encuestas de opinión pública, se contrastan varias hipótesis relacionales entre etnocentrismo y xenofobia. Los resultados establecen al etnocentrismo como un elemento común a las sociedades analizadas, de forma que los núcleos de opinión etnocéntrica se encuentran tanto en los países emisores de emigración como en las sociedades receptoras. Asimismo, se comprueba la estrecha vinculación entre etnocentrismo y xenofobia, así como que en las sociedades con mayor grado de multiculturalidad de origen inmigratorio son más probables las actitudes xenófobas de origen etnocéntrico. Las conclusiones señalan que esta xenofobia, si bien se activa contextualmente (experiencia de inmigración multicultural), tiene sus raíces emocionales en los prejuicios etnocéntricos, indistintamente de posibles experiencias negativas con los inmigrantes.

‣ Actualidad del relativismo cultural

Sánchez Durá,Nicolás
Fonte: Centro de Investigaciones y Estudios Superiores en Antropología Social Publicador: Centro de Investigaciones y Estudios Superiores en Antropología Social
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2013 Português
Relevância na Pesquisa
27.635234%
Este ensayo tiene tres propósitos. En primer lugar, propone examinar las relaciones entre etnocentrismo y relativismo. El etnocentrismo puede tomar tres formas distintas: a saber, la de una universalidad impostada, la del exotismo y la de un particularismo narcisista exacerbado. El relativismo cultural es una postura que asume la inconmensurabilidad de los conceptos y valores que deben ser considerados como válidos dentro de las imágenes del mundo definidas. En segundo lugar, se argumenta que el etnocentrismo es una posición infundada y moralmente desastrosa. En tercer lugar, se sostiene que el relativismo cultural en su versión moderada puede servir de guía a los antropólogos sociales: les enseña la tolerancia y el escepticismo acerca de los valores de su propia cultura.

‣ Reflexiones sobre la actualidad del relativismo cultural: respuesta a Nicolás Sánchez Durá

Jacorzynski,Witold
Fonte: Centro de Investigaciones y Estudios Superiores en Antropología Social Publicador: Centro de Investigaciones y Estudios Superiores en Antropología Social
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2013 Português
Relevância na Pesquisa
27.447002%
Este ensayo propone entablar una discusión con las tesis contenidas en el artículo de Nicolás Sánchez Durá, "Actualidad del relativismo cultural". En primer lugar, se analizan el etnocentrismo y el relativismo como dos respuestas éticas distintas al fenómeno de la diversidad cultural. En segundo lugar, se desarrollan la formulación del relativismo y el concepto de cultura propuestos por Sánchez Durá para analizarlos a la luz de la epistemología elaborada por el Wittgenstein tardío. En tercer lugar, se agregan argumentos a favor del relativismo cultural. El relativismo cultural, visto como una doctrina, tropieza con dilemas lógicos y conceptuales; considerado como una actitud contextual de índole moral y política, contribuye a combatir la autoridad del etnocentrismo basado en la exclusividad del otro.

‣ Venezolanismo vs. Etnocentrismo

Jáimez,Rita
Fonte: FACES - UCV Publicador: FACES - UCV
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.447002%
Nos proponemos determinar la valoración que la Real Academia Española (RAE) tiene de las particularidades léxicas del español de Venezuela. Partimos del rechazo de moreno de Alba (1988) a Zamora (1967) y Lerner (1974), quienes, en muchos sentidos caracterizan al español hablado en América como arcaico. Empleamos la metodología contrastiva a través de las siguientes fases: (i) revisión de la presencia de algunas voces en diversos diccionarios. (ii) exploración del tratamiento que la Academia da a los venezolanismos. (iii) Exposición de los principios básicos en los que se sustenta esta institución para seleccionar los - ismos. Y (iv) descripción del dinamismo e historia del español. Los resultados sugieren visos de etnocentrismo en ésta.

‣ Clareamento gengival: ensino e etnocentrismo

Bolla,Edson Daruich; Goldenberg,Paulete
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.447002%
O estudo objetivou identificar os padrões de estética bucal/gengival subjacentes à formação e prática profissional do cirurgião-dentista, na perspectiva do etnocentrismo. A partir da análise documental e da realização de entrevistas (semiestruturadas) com cirurgiões dentistas formados há dez ou mais anos, o estudo recorreu a uma abordagem qualitativa, ancorada na análise temática. No âmbito do ensino da periodontia, o estudo evidenciou que a presença da pigmentação fisiológica é omitida ou tratada como uma alteração de normalidade e/ou antiestética. Todos os entrevistados aprenderam a realizar o clareamento gengival em nível de pós-graduação, sendo estimulados a ofertar tal procedimento em nome de um sorriso saudável e bonito. Diante da supervalorização da eficiência da técnica, ressalta a ausência da discussão da questão estética na perspectiva étnica. Parece que a oferta do clareamento gengival se faz norteada pelo padrão branco de beleza, evidenciando o caráter etnocêntrico do procedimento.