Página 1 dos resultados de 626 itens digitais encontrados em 0.010 segundos

‣ Exclusão digital de pequenas e médias empresas brasileiras e os fatores que influenciam a adoção das TICs nessas organizações: um estudo exploratório dos dados da pesquisa TIC empresas; The digital divide in small and medium enterprises Brazilian and factors affecting the adoption of information and comunication technologys in such organizations: an exploratory study of research data "TIC companies"

Siqueira, Érica Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/10/2014 Português
Relevância na Pesquisa
68.02383%
A economia da informação é o termo utilizado para designar o período econômico atual, no qual a informação - especialmente por meio da produção de tecnologia e da geração de inovação - tem grande relevância para a condução dos negócios e também para a geração de valor agregado. Tecnologia e inovação seriam, portanto, o motor de uma nova economia, cujo centro não é mais a produção em escala, mas sim a produção com o emprego maciço de informação e conhecimento. Nesse ambiente, as empresas devem buscar criar e compartilhar informações, conhecimentos e inovações. O investimento nas tecnologias da informação e comunicação (TICs), permite o acesso à informação e ao conhecimento, bem como uma rápida integração inter e intra organizacional. Há, entretanto, pessoas, organizações e países desprovidos de acesso ou com baixos níveis de acesso às (TICs), ou aos benefícios dessas; são classificados como excluídos digitais. Os excluídos digitais estão à parte dessa nova realidade mundial. Diante desse cenário, o objetivo deste estudo é entender a exclusão digital de empresas no Brasil, fenômeno que atinge, especialmente, as pequenas e médias empresas (PMEs) e que, no entanto, permanece um tema pouco debatido na literatura nacional. Para esse propósito...

‣ Um estudo exploratório sobre a exclusão digital e as organizações sem fins lucrativos da cidade de São Paulo

Iizuka, Edson Sadao
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
68.240093%
Este trabalho analisa a exclusão digital e, subsidiariamente, alguns dos efeitos desta exclusão nas organizações sem fins lucrativos da cidade de São Paulo. Inicialmente, foi pesquisado a exclusão social, para de um lado compreender o contexto em que se insere a exclusão digital e, por outro, analisar algumas de suas semelhanças e distinções. Posteriormente, foram analisados artigos, dissertações e documentos em temas e assuntos relacionados à exclusão digital. Em seguida, para ampliar o horizonte de entendimento sobre a exclusão digital, sistematizou-se algumas das principais idéias e reflexões de quatro autores: Manuel Castells, Pierre Lévy, Jürgen Habermans e Marshal McLuhan. Finalmente, foi analisado a exclusão digital nas organizações sem fins lucrativos da cidade de São Paulo. No início da pesquisa de campo, foram coletados os dados das organizações sem fins lucrativos da cidade de São Paulo a partir de oito diferentes bancos de dados: PMSP, RITS, ABONG, CVSP, Tertio Millennio, www.meioambiente.org.br, www.filantropia.org, www.terceirosetor.org.br. Para atingir os objetivos propostos, efetuou-se uma pesquisa exploratória, de cunho qualitativo, que contou com uma revisão teórica, entrevistas não-estruturadas com especialistas e...

‣ Inclusão digital e restrições de acesso à tecnologia: o caso dos terminais de auto-atendimento bancário

Nierdele, Michele Andréa
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
57.760728%
Investiga a percepção dos usuários sobre a usabilidade do sistema de auto-atendimento bancário. Contextualiza as TIC e a sua utilização no cenário sócio-econômico e cultural da contemporaneidade, alertando para a gravidade do problema da exclusão digital e a importância da usabilidade na promoção da inclusão. Destaca aspectos da sociedade da informação e as transformações ocorridas no cenário mundial em áreas como educação e trabalho. Aborda o problema de forma qualitativa. Como instrumentos de coleta de dados utiliza o levantamento bibliográfico e a entrevista semi-estruturada. Evidencia a pesquisa empírica realizada na Agência Chapecó, da Caixa Econômica Federal, em Chapecó-SC, que além dos usuários do sistema de auto-atendimento bancários, abrange atendentes e representante da instituição financeira. Conclui que os usuários enfrentam problemas na utilização dos referidos equipamentos e as dificuldades percebidas pelos entrevistados indicam a necessidade de melhorias na usabilidade dos terminais, como também, reforçam as considerações sobre os processos de inclusão digital, que devem priorizar muito mais do que a mera disponibilização das Tecnologias da Informação e Comunicação para as pessoas. As conclusões remetem à gravidade do problema da exclusão digital e à necessidade de iniciativas eficazes para combatê-lo.; Investigates the perception of users on the usability of the system of self-service banking. Context and use of ICT in socio-economic scenario and the contemporary cultural...

‣ Inclusões digitais em uma área rural : uma etnografia de jovens e computadores; Digital inclusions in a rural area : an etnography of young people and computers

Lucca Vichr Lopes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/02/2015 Português
Relevância na Pesquisa
57.60718%
O que convencionou-se chamar de inclusão digital constitui, em verdade, um emaranhado de conceituações que convergem ao suposto de que, ao proporcionar o acesso à informação, estas tecnologias podem trazer uma melhora real na qualidade de vida das pessoas que as utilizam. É possível que o acesso a um computador (e à internet) possibilite esta melhora, mas os condicionantes para que isto ocorra envolvem desde a qualidade do equipamento técnico utilizado à destreza com que o usuário interage com a máquina. De acordo com o Comitê Gestor da Internet (CGI), moradores de áreas rurais, de baixas renda e escolaridade representam, em linhas gerais, o caso mais extremo de exclusão digital. Neste estudo, partirei da Teoria Ator-Rede (TAR) e de seu ferramental etnográfico, para evidenciar alguns destes condicionantes a partir da experiência em uma área rural no interior de São Paulo. Para isto, ministrei dez aulas sobre conteúdos básicos de informática a alunos do ensino médio de uma escola pública rural. Busquei deste modo, compreender como ocorre o acesso destas populações em áreas rurais, como se utilizam destas tecnologias e quais os condicionantes que caracterizam a inclusão digital nestas localidades. Apesar de...

‣ O anglicismo na internet como fator de exclusão digital

Madeira, Mauro Notarnicola
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 111 f.| grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
67.59705%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; Este trabalho apresenta uma pesquisa sobre uso de anglicismos nas páginas WEB e seu potencial de contribuir para dificultar a inclusão digital no âmbito da Internet. São analisados temas como fatores da exclusão digital, a ergonomia de sistemas computacionais e o processo de interação com páginas WEB. Para validar a pesquisa, um teste de usabilidade é aplicado a uma interface WEB contendo hiperlinks em inglês, extraindo-se indicações qualitativas sobre a dificuldade adicional que o inglês apresenta para usuários inexperientes e que não são proficientes nesta língua. Este trabalho contempla ainda uma revisão que ressalta a importância do "código" nos sistemas de comunicação, sua relação com a interface WEB e a falta de critérios para a construção de sistemas de informação para serem utilizados em nosso país que tenham como base o contexto lingüístico. Ressalta-se a falta de metodologias que abordem este tema sob a perspectiva da cultura local, pois as metodologias de construção/avaliação de sistemas de informação são importadas e não incorporam, com a necessária profundidade...

‣ O impacto da exclusão digital na utilização potencial de um mercado eletrónico de serviços de cuidados de saúde e serviços sociais; The impact of the digital divide in the potential use of an electronic market for health and social care services

Cunha, Maria Manuela Cruz; Simões, Ricardo; Varajão, João; Miranda, Isabel
Fonte: Associação Ibérica de Sistemas e Tecnologias de Informação (AISTI) Publicador: Associação Ibérica de Sistemas e Tecnologias de Informação (AISTI)
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
57.449%
Cada vez mais os indivíduos necessitam de competências digitais avançadas para participar plenamente na sociedade. Numa Europa em crescente envelhecimento é atualmente reconhecida a importância e o potencial da indústria de serviços para envelhecer bem baseados nas tecnologias de informação e de comunicação (TIC), de que é exemplo o mercado eletrónico de serviços sociais e de cuidados de saúde, o GuiMarket, proposto pelos autores para um município do Norte de Portugal. Com base nos resultados de um inquérito realizado junto de uma amostra de 315 indivíduos, o artigo discute a importância reconhecida a tal serviço e a frequência de utilização prevista, concluindo existir uma íntima relação entre o acesso às TIC e a utilização que os inquiridos preveem fazer do GuiMarket.; More and more, individuals need advanced digital skills to fully participate in society. In a Europe increasingly aging is now recognized the importance and potential of the service industry for aging well based on information and communication technologies (ICT), as exemplified by the electronic market of social services and healthcare, the GuiMarket, that the authors proposed to a municipality in the North of Portugal. Based on the results of a survey undertaken on a sample of 315 individuals...

‣ Exclusão digital: problemas conceituais, evidências empíricas e políticas públicas

Sorj,Bernardo; Guedes,Luís Eduardo
Fonte: Centro Brasileiro de Análise e Planejamento Publicador: Centro Brasileiro de Análise e Planejamento
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2005 Português
Relevância na Pesquisa
67.80074%
Partindo de uma pesquisa realizada nas comunidades de baixa renda do município do Rio de Janeiro, este artigo pretende contribuir para a compreensão da dinâmica de inclusão e exclusão digital nos setores mais pobres da população. Com base numa amostragem que representa um universo de cerca de 1,2 milhão de pessoas, procura ir além da polaridade entre os que têm e os que não têm acesso a computador e Internet enfatizando os múltiplos aspectos da exclusão digital e apresentando suas implicações para a elaboração de políticas públicas e projetos sociais.

‣ As tecnologias da informação e a exclusão digital

Lucas,Clarinda Rodrigues
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2002 Português
Relevância na Pesquisa
67.80074%
As tecnologias da informação e a nova economia baseada no conhecimento provocam debates concernentes às dimensões sociais, políticas e culturais conseqüentes ao seu uso, consolidadas no termo exclusão digital, que tem aparecido com freqüência na mídia, na Internet e em alguns artigos da área da Ciência da Informação, referindo-se ao não uso destes recursos tecnológicos. Por exclusão digital ou infoexclusão, entende-se a diferença socioeconômica entre indivíduos, famílias, empresas e regiões geográficas, decorrentes da desigualdade quanto ao acesso e uso das tecnologias da informação, representada pela Internet. No âmbito das bibliotecas, consideradas instituições sociais que podem ter um sentido de comunidade, isto é, um espaço de conexão entre recursos de informação com as comunidades que as utilizam, o objetivo de inclusão social estaria concretizado em políticas de informação para a cidadania, em oposição à exclusão socioeconômica. Neste texto são analisados os aspectos ligados às questões relativas ao uso e às políticas que cercam a tecnologia da informação e lhe atribuem conteúdo.

‣ Exclusão digital e exclusão social: elementos para uma discussão

Mattos,Fernando Augusto Mansor
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2003 Português
Relevância na Pesquisa
67.83233%
O presente artigo tem por objetivo descrever e interpretar de forma crítica o papel que as novas Tecnologias da Informação e da Comunicação têm desempenhado no recente processo de "globalização". Essa avaliação será feita para o conjunto da economia mundial e para o Brasil, em particular. A hipótese que deve nortear este trabalho é a de que as novas tecnologias da Informação e da Comunicação tendem a ampliar o padrão de exclusão social vigente no atual momento histórico do Capitalismo. E também reproduzem, de forma ampliada, as assimetrias existentes entre os países, promovidas pelo processo de globalização econômica. Este estudo chama a atenção para o papel estratégico que adquire o acesso às informações promovido pelas novas Tecnologias da Informação e da Comunicação e destaca como a exclusão digital determina novas formas de exclusão social.

‣ O retrato da exclusão digital na sociedade brasileira

Almeida,Lília Bilati de; Paula,Luiza Gonçalves de; Carelli,Flávio Campos; Osório,Tito Lívio Gomes; Genestra,Marcelo
Fonte: TECSI Laboratório de Tecnologia e Sistemas de Informação - FEA/USP Publicador: TECSI Laboratório de Tecnologia e Sistemas de Informação - FEA/USP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2005 Português
Relevância na Pesquisa
68.052007%
A exclusão digital vem ganhando destaque nos últimos anos. As atenções começam a se voltar para este assunto, que já é visto como causa e conseqüência da exclusão em nossa sociedade. O Brasil é palco de desigualdades que criam uma demanda por políticas de transferência e geração de renda. Porém, não basta disponibilizar os meios; é importante mostrar às pessoas como as tecnologias podem contribuir para suas tarefas e atividades, trazendo conhecimento e novas oportunidades. Este trabalho, baseado em pesquisa bibliográfica reflexiva e qualitativa, aborda aspectos que estão normalmente associados com a exclusão digital, como a exclusão social, a sociedade do conhecimento, o e-gov e a economia contemporânea, dentre outros, além de fatores que devem ser levados em consideração para elaboração de políticas de combate à exclusão digital. Como resultado desta reflexão, identificam-se algumas das reais conseqüências e o significado da exclusão digital na sociedade brasileira. O fator motivador deste trabalho foi a observação dos impactos que a tecnologia da informação exerce sobre o trabalho e a vida dos cidadãos brasileiros.

‣ Exclusão digital, uma avaliação de políticas públicas municipais - o caso da cidade de Bonito, PE

Santos da Figueira, Carlos; Benzaquen Sicsu, Abraham (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
57.449%
À medida que o mundo se dirige à consolidação da Sociedade do Conhecimento e da Informação, ele vai assumindo novo perfil econômico e social. Neste novo cenário mundial, já ocorreu uma profunda mudança de valores. Mas, embora empolgante, o mundo do conhecimento e da informação tem um lado perigoso: o de marginalizar, com facilidade, os indivíduos do processo econômico. E isso traz péssimas conseqüências sociais, que se avolumam pelo ininterrupto criar de novas tecnologias, a uma velocidade que forja um novo tipo de analfabeto, não mais o das letras, mas o da informática e das línguas estrangeiras. Neste instante vem à tona, de forma pujante, a questão da interiorização do conhecimento, ou seja, a ação de levar o conhecimento de ponta para o interior da Nação. O conhecimento levado aos municípios gera neles a possibilidade de seus cidadãos caminharem com as próprias pernas, serem cidadãos de fato, poderem sonhar por dias melhores para si e para os seus. Esta dissertação busca contribuir com o entendimento de como os gestores municipais das cidades de pequeno porte podem melhor formular e implementar políticas públicas que visem o ensino das tecnologias de informação e comunicação (TICs). Foi escolhido o município de Bonito...

‣ Software livre como meio de promoção à educação e combate à exclusão digital

Degraf, Rafael Jefferson
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Monografia Graduação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
67.94502%
Objetivando -se uma reflexão ,pautada sobre a possibilidade de softwares livres figurarem como meio de promoção do direito à educação e combate à exclusão digital,buscou-se através do presente trabalho,abordar,de forma interdisciplinar, aspectos fundamentais atinentes ao tema,explorando e definindo termos ,tais como: hardware; software; código-fonte; e regime jurídico dos softwares. Contextualizou-se , o tema central,através do conceito de sociedade informacional e suas características, demonstrando a nova realidade instaurada ,caracterizada pela facilidade e agilidade da comunicação e utilização da informação como fonte de produtividade e podar na sociedade. Assim,considerando a exclusão digital como um fator agravante da exclusão social,destacaram-se os pressupostos para um combate efetivo da exclusão tecnológica, ou seja a utilização dos softwares livres, e a ênfase na educação. Fez-se, a partir desse ponto, um estudo sintético sobre a configuração histórica constitucional brasileira do direito à educação ,até sua conformação atual, quando então se discorre sobre os principais pontos atinentes à matéria. Finalmente,adentra-se o tema do software livre ,estabelecendo-se sua definição e apresentando-se algumas vantagens e desvantagens em seu uso...

‣ Inclusão digital? : um estudo sociologico sobre o CDI Campinas : comite para democratização da informação

Elisa Cardeal Mueller Miranda
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/06/2005 Português
Relevância na Pesquisa
67.636772%
Este trabalho tem por objetivo apresentar o debate sobre a exclusão digital, discutido através da pesquisa empírica realizada junto à organização não-governamental CDI Campinas - Comitê para Democratização da Informática. Cuja missão é a abertura de EICs - Escolas de Informática para Cidadania, em parceria com organizações que desenvolvam políticas de inclusão social. Como fio condutor elaboramos 5 categorias de análise da inclusão digital: alfabetização digital, aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a viver juntos e aprender a ser. Sendo que as quatro últimas se fundamentam nos 4 Pilares da Educação, propostos pelo Relatório da Comissão da Unesco sobre a Educação para o Século XXI, chefiado por Jacques Delors. Partimos ainda da avaliação de que o processo de. inclusão digital deve ir além do oferecimento de recursos físicos (computadores e conexão à internet), sendo necessário ainda recursos digitais, humanos e sociais, que possam refletir numa apropriação crítica e significativa das tecnologias de informação e comunicação. Os resultados da pesquisa apontaram que o processo de inclusão digital realizado pelo CDI Campinas está capacitando seus alunos na alfabetização digital. Contudo...

‣ Desafios para a inclusão digital no Brasil

Mattos,Fernando Augusto Mansor de; Chagas,Gleison José do Nascimento
Fonte: Escola de Ciência da Informação da UFMG Publicador: Escola de Ciência da Informação da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 Português
Relevância na Pesquisa
57.70883%
O objetivo deste artigo é apontar alguns dos principais limites e possibilidades que devem nortear as políticas de inclusão digital no Brasil. A primeira parte do artigo mostra que o surgimento das novas Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC's) tem ampliado o caráter assimétrico e excludente do atual processo de globalização econômica. A segunda parte do artigo descreve a elevada desigualdade econômica e social brasileira, a qual se expressa também em acentuada exclusão digital.A terceira parte destaca os limites e condicionantes das políticas públicas de inclusão digital no Brasil, considerando-se as peculiaridades sociais e econômicas enumeradas nas partes iniciais do artigo e também as especificidades das tecnologias envolvidas.Nas conclusões, são destacadas as dificuldades de inclusão digital em uma sociedade já acentuadamente desigual como a brasileira.

‣ O retrato da exclusão digital na sociedade brasileira; The profile of digital exclusion in Brazilian society

Almeida, Lília Bilati de; Paula, Luiza Gonçalves de; Carelli, Flávio Campos; Osório, Tito Lívio Gomes; Genestra, Marcelo
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2005 Português
Relevância na Pesquisa
68.141235%
A exclusão digital vem ganhando destaque nos últimos anos. As atenções começam a se voltar para este assunto, que já é visto como causa e conseqüência da exclusão em nossa sociedade. O Brasil é palco de desigualdades que criam uma demanda por políticas de transferência e geração de renda. Porém, não basta disponibilizar os meios; é importante mostrar às pessoas como as tecnologias podem contribuir para suas tarefas e atividades, trazendo conhecimento e novas oportunidades. Este trabalho, baseado em pesquisa bibliográfica reflexiva e qualitativa, aborda aspectos que estão normalmente associados com a exclusão digital, como a exclusão social, a sociedade do conhecimento, o e-gov e a economia contemporânea, dentre outros, além de fatores que devem ser levados em consideração para elaboração de políticas de combate à exclusão digital. Como resultado desta reflexão, identificam-se algumas das reais conseqüências e o significado da exclusão digital na sociedade brasileira. O fator motivador deste trabalho foi a observação dos impactos que a tecnologia da informação exerce sobre o trabalho e a vida dos cidadãos brasileiros.; The digital exclusion comes gaining prominence in the last years. The attentions are converging to this subject that is already seen as a cause and consequence of exclusion in our society. Brazil has a lot of inequalities that creates a request for politics of transference and income generation. However...

‣ A exclusão digital e sua interferência no processo de desenvolvimento em competência informacional dos usuários da biblioteca do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de Minas Gerais (SENAI/MG) do município de Matozinhos; The digital exclusion and its interference in the development process in information literacy of the users of the National Service of Industrial Learning Minas Gerais (SENAI/MG) library city of Matozinhos

Pinheiro, Alejandro de Campos; Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial
Fonte: Departamento de Ciência da Informação – UFSC Publicador: Departamento de Ciência da Informação – UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Questionário; Formato: application/pdf
Publicado em 05/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
67.950513%
http://dx.doi.org/10.5007/1518-2924.2014v19n41p157O artigo discute como a exclusão digital pode prejudicar os usuários da biblioteca do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI/MG) do município de Matozinhos no seu processo de desenvolvimento em competência informacional. Com o intuito em descobrir, identificar os interesses e conhecer os hábitos de seus usuários, a biblioteca do SENAI/MG de Matozinhos, em parceria com a biblioteca do SENAI/MG de Pedro Leopoldo elaborou e aplicou um questionário para todos os alunos de forma a aperfeiçoar os produtos e serviços oferecidos. Dentre as diversas questões aplicadas haviam algumas relacionadas sobre o conhecimento da área de informática, as quais foram essenciais para fundamentar as relações entre exclusão digital e a competência informacional. Por meio da análise dos resultados identificou-se que o consulente possui dúvidas, dificuldades e ausência de conhecimento básico suficiente para a utilização do computador e dos softwares nele encontrados. Esses fatores inibem a sua iniciativa em descobrir o funcionamento dessa ferramenta e o impedem de possuir autonomia suficiente para realizar pesquisas na internet, desenvolver os trabalhos escolares e conhecer as fontes de informação adequadas.; The article discusses how the digital exclusion can harm users of the National Industrial Apprenticeship Service (SENAI/MG) of the city of Matozinhos library on your development process in information literacy. In order to discover...

‣ Sociedade da informação e inclusão digital: uma análise crítica | Information society and digital inclusion: a critical analysis

Mattos, Fernando Augusto Mansor de; PUC Campinas; Dias Rocchetti Santos, Bruna Daniela; PUC Campinas
Fonte: Ibict Publicador: Ibict
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 29/04/2009 Português
Relevância na Pesquisa
58.0139%
Resumo O presente texto faz uma leitura crítica da dinâmica da inclusão e da exclusão digital no contexto brasileiro e de suas implicações socioeconômicas, bem como demonstra algumas das falhas de interpretação calcadas em certo determinismo tecnológico e de uma visão exacerbadamente otimista acerca do papel das chamadas novas Tecnologias da Informação e da Comunicação (TICs) no Capitalismo Contemporâneo. Além disso, pretende-se abordar a relação entre a exclusão social, a exclusão digital e o fenômeno da globalização, além de apontar a relevância dos fatores qualitativo e cognitivo no que se refere às políticas públicas de inclusão digital.  Palavras-chave capitalismo contemporâneo; sociedade da informação; inclusão digital; exclusão digital; globalização Abstract This paper aims to analyze the dynamics of the digital divide in the Brazilian context and its socio-economic implications, as well to as it demonstrates some of the imperfections of some studies backed up by a kind of technological determinism and of an extremely optimistic view about the Information Technologies. Moreover, it intends to interpret the relation between the social exclusion, the digital divide and the phenomenon of the economic globalization...

‣ LIMITAÇÕES DIGITAIS; DIGITAL LIMITATIONS

Bellini, Carlo Gabriel Porto; Giebelen, Edwin; Casali, Richélita do Rosário Brito
Fonte: UFPB Publicador: UFPB
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 09/07/2010 Português
Relevância na Pesquisa
57.53256%
As tecnologias de informação e comunicação – TICs constituem ferramental indispensável para a inserção do indivíduo na sociedade contemporânea, no sentido de seu pleno exercício de cidadania. Discussões sobre limitações de acesso e de uso das TICs são comuns na literatura acadêmica internacional (usualmente tratadas pelo termo “exclusão digital”) e também preocupam cidadãos e gestores na elaboração de políticas públicas. No presente estudo, de natureza conceitual e crítica, identificam-se as formas básicas de limitação digital presentes na literatura e elabora-se uma mais refinada distinção entre elas a partir do entendimento de que fenômenos de naturezas diferentes vêm sendo equivocadamente tratados de maneira indistinta e sem igual profundidade. Três formas principais de limitação digital são definidas (limitação de acesso, limitação cognitivo-informacional e limitação comportamental) e suas interdependências são identificadas e descritas à luz da teoria do comportamento planejado. Como resultado adicional, percebe-se que o fenômeno da limitação digital envolve mais dimensões do que usualmente se imagina e apresenta uma dinâmica complexa de possibilidades de solução, dado que a interdependência entre as três formas de limitação é muito sensível a alterações em fatores tecnológicos...

‣ O discurso iluminista da exclusão digital: crítica do Mundaneum Informático Pós-Fordista de Knoxville, Tenessee

Berrio-Zapata, Cristian; Valentim, Marta Lígia Pomim; Santana, Ricardo César Gonçalves; Humaña, Iván Darío Hernández
Fonte: UFPB Publicador: UFPB
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 23/02/2015 Português
Relevância na Pesquisa
57.39972%
Discute o projeto da Sociedade da Informação e os discursos que se alicerçam nele, como parte de uma concepção política e ideológica universalizada pelos países que criaram e dominam a tecnologia informática que, por sua vez, está alinhada à ordem industrial capitalista Pós-Fordista, assim como à ênfase na acumulação econômica e o consumismo comercial. Explica-se como a tecnologia da informação cria rotinas e legitima ordens sociais, analisando como durante o mandato de Bill Clinton nos EUA, o discurso da sociedade informatizada conotou sua associação com o desenvolvimento e o bem estar social. Esta associação é revelada no discurso feito por Clinton na cidade de Knoxville no ano 1996. Ali é semeada a preocupação sobre a Brecha Digital como uma nova forma de “doença social” que impede a passagem para um mundo melhor, centrado na produtividade, a acumulação e o consumo em sociedades informacionalmente densas. Surge um choque entre o mundo grafocêntrico- industrial e as comunidades orais pré-industriais por conta da tentativa de transplantar as formas institucionais do ocidente desenvolvido. Os pilares da nova ordem mundial informatizada são explanados assim como eles substituem as narrativas épicas anteriores...

‣ Inclusão digital e desenvolvimento econômico na construção da sociedade da informação no Brasil

Mattos, Fernando Augusto M.
Fonte: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia Publicador: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion;
Publicado em 17/01/2007 Português
Relevância na Pesquisa
57.39972%
O objetivo deste artigo é investigar o modo como as tecnologias da informação e das comunicações têm sido absorvidas nas sociedades capitalistas, em especial no caso brasileiro. A partir da análise de uma literatura crítica a respeito do processo de globalização econômica e levando em conta as estatísticas disponíveis sobre exclusão digital, pretendemos mostrar que, ao contrário do que apregoa a literatura mais tradicional e laudatória a respeito dessas novas tecnologias, a maneira como tem ocorrido a introdução das chamadas TIC's nas sociedades contemporâneas tende a acentuar o caráter assimétrico e socialmente excludente demonstrado pelo atual processo de globalização econômica. No caso do Brasil, em especial, essas assimetrias se expressam de forma ainda mais acentuada. Acesso ao texto completo (HTM)