Página 1 dos resultados de 5 itens digitais encontrados em 0.037 segundos

‣ O sistema tributário: constituição econômica e justiça fiscal; The tax system: economical constitution and fiscal justice

Silva, Pedro Eduardo Pinheiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/06/2010 Português
Relevância na Pesquisa
27.77117%
Nesta obra, discorre-se sobre os princípios jurídicos, deduzidos do valor justiça, importantes à conformação de um sistema tributário, cujos efeitos econômicos mostrem-se constitucionais em face dos objetivos da Constituição Econômica, dentre os quais se incluem a justiça social e a justiça fiscal. A história constitucional republicana brasileira condicionou o surgimento da técnica da minudência, de modo que se impõe superá-la para reconhecer legítimas limitações ao poder de tributar, implícitas ou explícitas, fora dos capítulos especificamente dedicados à matéria tributária, reconhecendo-se, assim, a unidade inerente ao ordenamento jurídico. O autor conclui que há diversas limitações constitucionais ao exercício de competências tributárias, comprometidas com o valor justiça, determinadas por princípios da Constituição Econômica e por princípios decorrentes da justiça fiscal, implícitos ou explícitos, que determinam os contornos de um sistema tributário ideal, não do ponto de vista da Ciência das Finanças, mas da ordem constitucional vigente, a ser instituído e tutelado pelos formuladores da política tributária que, por isso, não devem buscar objetivos meramente orçamentários, condicionantes de uma desordenada atividade de instituição de tributos...

‣ Contribuições à gestão de micro, pequenas e médias empresas (MPMEs): um estudo sobre a adoção de práticas administrativas e sua relação com o porte e com a lucratividade; Contributions to the management of micro, small and médium business (MSMBs): a study on the adoption of administratives practices and its relation to the size and profitability

Mello, Alexssandro Augusto Pereira Correa de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/04/2015 Português
Relevância na Pesquisa
48.5736%
As Micro, Pequenas e Médias empresas, MPME, são responsáveis por em torno de 30% do PIB e por mais da metade dos trabalhos formais no Brasil, tamanha importância aponta a crescente necessidade de pesquisas que suportem o seu desenvolvimento e amadurecimento. Neste contexto, esta tese teve como foco as MPMEs, procurando responder quais são as práticas de gestão que mais impactam na lucratividade, bem como a associação destas práticas de gestão ao porte. As práticas de gestão foram concebidas a partir da cadeia de valor, formando-se nove dimensões: Estratégia, Estrategista, Gestão de Pessoas, Gestão de Valor, Gestão Financeira, Gestão de Operações, Mercadológico, Sistemas de Informação e Governança. Para a construção do instrumento de coleta de dados utilizou-se as referencias conceituais apontadas ao longo do referencial teórico. Dessa forma, montou-se um questionário com 204 perguntas, sendo 160 ligadas diretamente à representação destas práticas e mais 44 que suportaram o alcance do objetivo proposto. Por conseguinte, obteve-se um instrumento robusto para ser respondido em 60 minutos. Foi formada uma amostra de 197 empresas respondentes de diversos setores da economia, sendo 91 micro, 65 pequenas e 37 médias. Para a análise destas respostas utilizou-se a metodologia quantitativa exploratória...

‣ Um estudo dos instrumentos de informação econômico-financeira utilizados no processo de gestão das microempresas do comércio varejista da Associação dos Municípios do Alto Uruguai Catarinense - AMAUC /

Dal Vesco, Ari
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xiv, 147f.| tabs. +
Português
Relevância na Pesquisa
59.32883%
Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico.; O objetivo geral do estudo consiste em verificar quais instrumentos de informação econômico-financeira, considerados relevantes no processo de gestão, são utilizados nas microempresas do comércio varejista do vestuário na Associação dos Municípios do Alto Uruguai Catarinense - AMAUC. O design que caracteriza o presente estudo é do tipo exploratório, descritivo, tendo como método a aplicação de formulário. Sua abordagem é quantitativa. O nível de análise é organizacional e a unidade de análise corresponde aos administradores das microempresas. A população foi estudada utilizando-se o censo, compreendendo 244 microempresas. As variáveis pesquisadas referem-se ao perfil das microempresas e de seus administradores, aos instrumentos de informação econômico-financeira utilizados, ao interesse em adotar os instrumentos de informação e aos instrumentos de informação considerados relevantes. No que diz respeito ao perfil das microempresas estudadas constatou-se que são administradas, em sua grande maioria, pelos proprietários e que metade delas pagam aluguel do imóvel onde estão situadas. Seus administradores são...

‣ Factores determinantes das necessidades de financiamento inicial das microempresas do Concelho de Évora

Valente, Rui Filipe Trindade
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
58.80219%
As microempresas têm um papel reconhecidamente importante para as economias dos países e regiões onde se inserem. Têm também um papel fundamental no que respeita à criação e manutenção de postos de trabalho, na redução da pobreza em regiões subdesenvolvidas, e também pelo importante peso político em virtude da sua conotação com o espírito democrático. A criação e desenvolvimento das microempresas enfrentam no entanto alguns constrangimentos, derivados da sua reduzida dimensão e consequente falta de economias de escala. Financeiramente, as restrições de capital inicial são apontadas na literatura financeira como dos mais relevantes. Este estudo caracteriza do ponto de vista sócio-económico os microempresários do concelho de Évora, assim como determina o impacto dos principais fatores condicionantes das suas necessidades de financiamento. A relação existente entre as necessidades de financiamento e as suas variáveis explicativas foi estimada recorrendo a um modelo de regressão do tipo Logit. Foram identificados como fatores significativos o modo de entrada na atividade, a dinâmica da empresa, o número de trabalhadores e a condição de migrante. ***/Abstract - Microenterprises play an important part in the economy of their countries and regions. In addition to having a fundamental role concerning job creation and maintenance and in poverty reduction in underdeveloped areas...

‣ A utilidade da contabilidade para as microempresas

Gouveia, Henrique Miguel Nascimento
Fonte: Universidade do Algarve Publicador: Universidade do Algarve
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
48.690366%
Dissertação de mestrado, Contabilidade, Faculdade de Economia, Universidade do Algarve, 2014; São diversos os utilizadores da informação contabilística e o seu uso resultará dos interesses de cada um. Na presente dissertação estuda-se a utilidade da informação contabilística nas microempresas. Constitui-se como objetivo determinar se os gerentes/administradores destas empresas, com sede em Portugal continental, atendem a esta informação na gestão e que fatores podem influenciar a consideração da informação contabilística. Para a concretização deste trabalho, analisaram-se as respostas de um inquérito on-line, enviado a mais de 65.000 empresas, por e-mail. Obtiveram-se 609 respostas que representam a amostra do estudo. Os resultados indicam que a informação contabilística é um recurso de grande parte das microempresas inquiridas e que diversas variáveis agrupadas em: estruturais, perfil do gerente/administrador e estrutura económica/financeira da entidade contribuem para que a informação contabilística seja utilizada na gestão. Os gerentes/administradores que têm formação nas áreas económicas (Economia, Finanças, Auditoria, Contabilidade, Gestão, etc.) atribuem em geral mais importância à informação contabilística. Não se evidenciou nenhum fator concreto que explique o motivo pelo qual algumas empresas não utilizam a informação contabilística...