Página 1 dos resultados de 5 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

‣ Condutividade hidráulica de materiais de baixa permeabilidade: desenvolvimento, construção e teste de um sistema de medida; Hydraulic conductivity of low permeability materials: development, construction and test of a measurement system

Dourado, Kleber Azevedo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/09/2003 Português
Relevância na Pesquisa
28.992627%
Este trabalho trata do desenvolvimento, montagem e teste de equipamentos para ensaios de materiais de baixa condutividade hidráulica, o qual inclui sistemas de controle hidráulico de volume constante, permeâmetros do tipo parede flexível e interfaces água-percolante. A vantagem desse arranjo está no maior controle dos ensaios e, notadamente, na redução do tempo de ensaio com emprego do sistema hidráulico de volume constante (sistema fechado), quando comparado aos ensaios que empregam o sistema aberto de controle hidráulico. Para testar o equipamento, foram ensaiados geocompostos bentoníticos (geosynthetic clay liners - GCLs) de fabricação nacional, em corpos de prova moldados com diâmetro de 100 mm e também, em uma mistura de solo com bentonita. Os resultados da condutividade hidráulica obtidos para os geocompostos bentoníticos se situaram na ordem de '10 POT.-9' e '10 POT.-10' cm/s, compatíveis com os publicados na literatura sobre o material, e os ensaios na mistura solo-bentonita produziu resultados na ordem de '10 POT.-8' cm/s, e foram conseguidos com cerca de 3 horas de ensaio. Aborda-se ainda a aplicabilidade da lei de Darcy aos materiais ensaiados.; This work describes the development, construction, calibration and test of equipment for testing low hydraulic conductivity materials...

‣ Transporte de solutos em barreiras de material argiloso compactado (CCL) e geocomposto bentonítico (GCL): fluxos diretos, acoplados e comportamento membrana; Solute transport through compacted clay liner (CCL) and geosynthetic clay liner (GCL): direct and coupled flux and membrane behavior

Laespiga, Marcos Andrés Musso
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/08/2008 Português
Relevância na Pesquisa
50.489863%
Neste trabalho foi analisado o comportamento de um solo argiloso compactado (CCL) da Fm. Corumbataí e de um geocomposto bentonítico (GCL) composto por bentonita 'NA', frente a gradientes hidráulicos e químicos. As propriedades físicas e mineralógicas dos solos foram avaliadas, bem como determinados em ensaios de adsorção em lote os parâmetros das isotermas de Freundlich e Langmuir. Foi desenvolvido um equipamento para avaliar o comportamento membrana e poder calcular o coeficiente de eficiência químico-osmótico ('ômega') em ensaio de difusão-membrana. Os ensaios de advecção foram executados com o equipamento já existente no departamento de Geotecnia. Em todos os ensaios foram utilizadas soluções monoiônicas de 'KCL' e 'CU'CL IND.2' 2'H IND.2'O'. O valor do factor de retardamento Rd determinado no ensaio em lote (batch test) foi maior que o Rd medido no ensaio de advecção, enquanto que, no ensaio de difusão-membrana, obteve-se o menor valor de Rd. Tanto o GCL quanto o CCL apresentaram comportamento membrana e geração de pressão osmótica para as soluções utilizadas. No entanto, com a solução de 'K POT.+' as diferenças de pressão se mantiveram durante o ensaio, enquanto que no caso da solução de 'CU POT.+2' a pressão induzida no corpo de prova do CCL e do GCL tem um pico e logo diminue até zero. O GCL teve um aumento na condutividade hidráulica...

‣ Migração de poluentes inorgânicos em liners compostos; Migration of pollutant inorganic through composite liners

Souza, Rafaela Faciola Coelho de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/11/2009 Português
Relevância na Pesquisa
50.489863%
Neste trabalho analisa-se o comportamento de duas configurações de liners através da percolação com solução de 'K'CL'. São utilizadas amostras de solo compactadas, do interior do estado de São Paulo, provenientes da Formação Corumbataí, combinadas a um geocomposto bentonítico (GCL) de fabricação nacional. São utilizados ensaios em coluna de percolação em dois corpos-de-prova, nas configurações: solo compactado acima do GCL e solo compactado abaixo do GCL. Esses ensaios permitiram a determinação da condutividade hidráulica e dos parâmetros de transporte dos materiais estudados. Dessa forma, compara-se o comportamento desses materiais combinados com os resultados obtidos por Musso (2008), que adotou a configuração independente. Após o início da percolação com solução 'K'CL' a condutividade hidráulica ('K') das duas configurações apresentou comportamento crescente. No entanto, este aumento no 'K' não afetou o desempenho hidráulico dos materiais, e a condutividade hidráulica mostrou-se com valores da ordem de '10 POT.-11' m/s. O fator de retardamento da configuração na qual o GCL encontra-se acima da camada de solo compactado se mostrou maior com relação à outra configuração analisada. No geral...

‣ Transporte de 'CU POT.2+' em liners compostos de solo argiloso compactado (CCL) e geocomposto bentonítico (GCL); 'CU POT.2+' transport in composite liners made with compacted clay soil (CCL) and geosynthetic clay liner (GCL)

Arab, Paola Bruno
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/09/2011 Português
Relevância na Pesquisa
50.489863%
Neste trabalho foi avaliado o desempenho de liners compostos frente a soluções de 'CU''CL IND.2'.2'H IND.2''O'. Foram utilizados um solo argiloso compactado (CCL) da Formação Corumbataí (interior do estado de São Paulo) e um geocomposto bentonítico (GCL) de fabricação nacional. Quatro corpos de prova foram preparados para a realização do ensaio de percolação em coluna, sendo dois montados com CCL sobre GCL e outros dois com GCL sobre CCL. Os corpos de prova com configurações distintas foram submetidos à percolação de duas soluções de 'CU POT.2+': uma com concentração de 0,024M e outra com 0,012M. Após o início da percolação da solução contaminante houve aumento da condutividade hidráulica, porém os valores mantiveram-se na ordem de '10 POT.-11' m/s, compatíveis com as exigências requeridas em diversas legislações ambientais. O liner composto mostrou-se mais eficiente como barreira de controle de fluxo comparado com Musso (2008), que estudou ambos materiais separadamente. A configuração dos liners não influenciou os valores de Rd obtidos, ao contrário da concentração das soluções. Observou-se que os resultados de Rd são inversamente proporcionais às concentrações utilizadas. Neste trabalho...

‣ Caracterização dos comportamentos hidráulico e mecânico de geocompostos bentoníticos e de outros sistemas geossintéticos destinados às camadas de cobertura de aterros sanitários; Caractérisation du comportement hydraulique et mécanique des géocomposites bentonitiques et d\'autres systèmes géosynthétiques destinés aux couches de couverture des centres de stockage de déchets

Pitanga, Heraldo Nunes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2007 Português
Relevância na Pesquisa
28.992627%
Esta tese consiste no estudo da permeabilidade à gás e da resistência ao cisalhamento de interface de geocompostos bentoníticos (GCLs) e de outros sistemas geossintéticos que compõem as camadas de cobertura de aterros sanitários. Com relação ao fluxo gasoso, a pesquisa teve o propósito de apresentar um equipamento e propor uma nova metodologia de ensaio destinada a medir a permeabilidade a gás de GCLs parcialmente hidratados sob regime de fluxo transiente. Comparada à metodologia convencional de determinação desse parâmetro sob regime de fluxo permanente, o método proposto forneceu resultados similares, porém de um modo mais rápido e por meio de uma aparelhagem mais simples. O atrito de interface de geossintéticos foi estudado mediante o emprego do equipamento plano inclinado, sob baixas tensões de confinamento. O estudo mostrou que os geossintéticos são sensíveis à deformação acumulada sobre sua superfície que pode implicar um aumento ou uma redução da resistência de interface. A pesquisa permitiu concluir que é possível distinguir o comportamento resistente de interfaces do tipo solo compactado-geossintético submetidas a baixas tensões confinantes via equipamento de plano inclinado. As constatações experimentais permitem questionar o uso de geossintéticos de reforço do solo de cobertura segundo a metodologia construtiva tradicional que considera a necessidade de emprego destes geossintéticos para reforçar a interface solo-geotêxtil suposta crítica. Além disso...