Página 1 dos resultados de 521 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

‣ Geologia e hidrogeologia da Ilha das Flores (Açores - Portugal)

Azevedo, José Manuel Martins
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
37.447278%
Em termos gerais, o presente trabalho objectivou-se para a caracterização de dois grandes domínios da Geologia da ilha das Flores: 1. O estudo litológico e vulcanostratigráfico das formações, aparelhos e estruturas vulcânicas. Como complemento e/ou decorrência lógica da abordagem daquele tema, apresenta-se a definição: (1) dos enquadramentos vulcano-tectónico e geocronológico da ilha no contexto regional e (2) do percurso vulcanogenético e tectónico do corpo insular. De forma simplificada, analisa-se ainda a Geomorfologia insular actual e traça-se uma análise interpretativa da evolução geomorfológica da ilha. 2. A caracterização da Hidrogeologia insular, tendo como principal suporte a interpretação vulcano-estrutural efectuada previamente. A análise da Hidrologia da superfície e do substracto sub-superficial constitui também um elemento de suporte para a abordagem deste tema. * * * De acordo com os objectivos propostos, a dissertação organiza-se em dois segmentos maiores - 1a. e 2a. Partes -, cada uma desta com quatro Capítulos: 1ª Parte: Enquadramento geral (geográfico, vulcano-tectónico e geocronológico); Geomorfologia; Geologia; Evoluções vulcano-tectónica e geomorfológica. Neste segmento...

‣ Estudo hidrogeológico da região de Lorena - São Paulo

Souza, João Carlos Simanke de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/04/2004 Português
Relevância na Pesquisa
27.16759%
O município de Lorena situa-se na porção leste do Estado de São Paulo e ocupa uma área de 416 km² abrangendo ao norte parte da Serra da Mantiqueira e ao sul a Serra do Mar, passando na parte central pelo vale do rio Paraíba do Sul. O foco estendido da região estudada totaliza cerca de 1.400 km² e abrange parte das folhas topográficas de Lorena, Cruzeiro, Guaratinguetá, Campos de Cunha e Delfim Moreira. A geração de mapas temáticos geológico e hidrogeológico em escala detalhada de 1:50.000, pretende contribuir para o conhecimento da hidrogeologia regional da Bacia Sedimentar de Taubaté na região estudada. Apresenta diretriz sobre as futuras perfurações de poços em função dos resultados e medições de parâmetros hidráulicos presentes na região de Lorena. A interpretação e análise de uma grande gama de informações históricas contribuirão para o embasamento de decisões que assegurem o desenvolvimento sustentável do aqüífero sedimentar presente na região, otimizando o uso racional dos recursos hídricos subterrâneos. Dá orientações de caráter geral objetivando a preservação do manancial para gerações futuras. O aqüífero presente na área estudada é de alta potencialidade com capacidades específicas variando de 4 a 10 m³/h.m...

‣ Tectônica Cenozóica na Porção Média da Bacia do Rio Piracaia e sua Aplicação à Hidrogeologia

Fernandes, Amelia Joao
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/08/1997 Português
Relevância na Pesquisa
37.16759%
A área de estudo localiza-se na região da grande Campinas. Na sua porção oriental afloram gnaisses e granitoides pré-cambrianos, que pertencem aos domínios da Nappe Socorro-Guaxupé e da Faixa Alto Rio Grande. Na porção oriental ocorrem o Grupo Itararé, diabásios e depósitos cenozóicos. Dentre estes, o mais importante, em termos de área de ocorrência e de espessura corresponde à Formação Rio Claro que foi depositada em ambiente fluvial meandrante, mais provavelmente durante o Neógeno. Posteriormente a esta formação, foram sedimentados depósitos coluviais de topo e encosta (TQlc), depósitos de fluxos gravitacionais (Qlg), depósitos de terraços e demais sedimentos das planícies aluviais. Posteriormente ao magmatismo Serra Geral, a região foi submetida a cinco eventos tectônicos, de regime transcorrente, denominados, do mais antigo para o mais recente, de T'SIGMA'1NE, T'SIGMA'1EW, T'SIGMA'1NW, T'SIGMA'1NS, T'SIGMA'1NNE. Com exceção do mais antigo, todos afetam os depósitos cenozóicos. As principais estruturas por eles geradas correspondem a falhas transcorrentes, muitas vezes com componentes oblíquas, e fraturas conjugadas, ambas de mergulhos elevados a subverticais. Falhas normais ou inversas são de ocorrência subordinada. O evento mais antigo é anterior à deposição da Formação Rio Claro e a ele se associam falhas EW sinistrais e NNE dextrais. O evento T'SIGMA'1EW...

‣ Hidrogeologia em meio urbano. Região de Cuiabá e Várzea Grande-MT; Not available.

Migliorini, Renato Blat
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/02/2000 Português
Relevância na Pesquisa
37.16759%
Foram realizadas pesquisas hidrogeológicas nas regiões metropolitanas de Cuiabá e Várzea Grande, coletadas informações e levantados dados importantes para análise da hidrogeologia da região. Os procedimentos adotados e os principais resultados obtidos podem ser resumidos como se segue. Depois de uma detalhada revisão bibliográfica dos estudos sobre a geologia do Grupo Cuiabá, e dada a inexistência de trabalhos geológicos de detalhe e semi-detalhe, necessários para um melhor conhecimento dos fatores condicionantes do armazenamento e fluxo das águas subterrâneas, realizamos um Mapeamento Geológico local na escala 1:25.000, visando especialmente à caracterização litológica e ao arranjo estrutural do substrato metamórfico de baixo grau, dos metassedimentos que compõem o Grupo Cuiabá. Pudemos individualizar duas formações geológicas que constituem nossa proposta para o Grupo Cuiabá na área estudada: a Formação Miguel Sutil e a Formação Rio Coxipó. O sistema aqüífero na região de Cuiabá e Várzea Grande é livre, heterogêneo e anisotrópico. A matriz rochosa é praticamente impermeável, sendo as fraturas e fissuras os condutos de movimentação mais fácil para as águas subterrâneas. As melhores condições aqüíferas encontram-se na litofácies argilo-areno-conglomerática da Formação Miguel Sutil e na litofácies metadiamictitos com matriz arenosa da Formação Rio Coxipó. A partir da análise visual da imagem SPOT SX Bandas 1...

‣ Geologia e hidrogeologia das cabeceiras do arroio dos Ladrões, estação experimental FEPAGRO, Encruzilhada do Sul/RS

Gonçalves, Denis dos Santos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.16759%
O presente trabalho tem por finalidade estudar a geologia e a hidrogeologia das cabeceiras do Arroio dos Ladrões em uma área de 25 km², pertencente à bacia hidrográfica do Rio Camaquã, no município de Encruzilhada do Sul/RS, visando o aproveitamento de água subterrânea em aquíferos fraturados para apoiar os experimentos agropecuários desenvolvidos na Estação Experimental da Fundação de Pesquisas Agropecuárias (FEPAGRO), do Estado do Rio Grande do Sul. O estudo aerofotogeológico preliminar definiu três unidades litológicas principais na região que posteriormente foram confirmadas no trabalho de campo. As duas primeiras unidades estão relacionadas, tratando-se de rochas granitóides ricas em muscovita, biotita, kfeldspato e quartzo caracterizando um Muscovita Granito denominado Granito Cordilheira. As duas unidades são distintas, então, por suas diferentes estruturas, enquanto a unidade 1 apresenta trechos com estrutura foliada devido a milonitização sofrida por cisalhamento, a unidade 2 apresenta estrutura maciça, textura inequigranular grossa. A unidade 3 aparece relacionada às anteriores cobrindo o Granito Cordilheira, e é formada por rocha sedimentar remanescente da Bacia do Paraná. A região onde se concentrou a maior atenção dos estudos encontra-se na unidade 1. Nesta região...

‣ Registros neotectônicos no Distrito Federal : implicações para o condicionamento dos recursos hídricos subterrâneos

Xavier, Thaísa Oliveira
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
27.447278%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Geociências, 2010.; Os processos neotectônicos apesar de pouco estudados são de fundamental importância no entendimento de reativações recentes de estruturas como fraturas e outras anisotropias originadas em período geológico anterior. A identificação das reativações é principalmente evidenciada em feições impressas em depósitos quaternários, nos solos e no modelado da paisagem. Aliada a estas estruturas, estudos de outras áreas das geociências como hidrogeologia, geomorfologia, sismicidade, sensoriamento remoto, e outras, podem auxiliar na caracterização das feições neotectônicas. Os processos neotectônicos são particularmente importantes para o entendimento da evolução das paisagens (morfodinâmica) e para o condicionamento de direções de fluxo subterrâneo (hidrogeologia). Esta pesquisa apresenta de forma sistemática e detalhada os principais registros da atividade neotectônica no Distrito Federal, de forma a realizar a caracterização de cada registro, bem como sua evolução. Os principais registros da atividade neotectônica incluem: presença de falhas normais de pequenos rejeito em latossolos, existência de grábens que preservam rochas e feições recentes...

‣ Contribuição da hidrogeologia para o planeamento e a gestão sustentável da água no arquipélago dos Açores

Cruz, J. Virgílio; Brito, A. G.
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2002 Português
Relevância na Pesquisa
37.16759%
A água subterrânea constitui um recurso de importância estratégica vital nos Açores, o que resulta do seu significado ambiental e do valor sócio-económico e cultural intrínseco. No entanto, no passado, o desenvolvimento deste recurso foi frequentemente realizado sem atender à complexidade e à vulnerabilidade dos sistemas aquíferos. A hidrogeologia dos Açores denota as características peculiares dos meios vulcânicos, e condiciona o aproveitamento dos recursos de água subterrânea existentes, estimados em 1587.7 Mm³/ano. A distribuição de pontos de água subterrânea de ilha para ilha é bastante heterogénea, e os parâmetros hidrodinâmicos mostram igualmente uma grande variabilidade. Do ponto de vista da qualidade, a salinização tem implicado constrangimentos ao desenvolvimento dos recursos hídricos subterrâneos, o que resultou no abandono de diversos furos de captação. Para além da salinização e da poluição natural, relacionada com a influência do vulcanismo activo, a poluição difusa provocada pelas actividades agrícolas é outro processo que implica uma pressão adicional sobre a qualidade da água subterrânea nos Açores. A elaboração do Plano Regional da Água correspondeu ao primeiro esforço coerente para formular um diagnóstico integrado relativo aos recursos hídricos subterrâneos. No presente trabalho...

‣ Contributo para o estudo hidrogeológico da carta 19-D Coimbra-Lousã

Cunha, Liliana Cristina Martins da
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
27.16759%
Os recursos hídricos subterrâneos são, quer historicamente, quer nos dias de hoje, uma importante fonte de água para abastecimento urbano, industrial e agrícola. No entanto, estes recursos podem ser afectados, por um lado, por problemas relacionados com a sua sobre-exploração, e por outro, por problemas relacionados com a degradação da qualidade da água subterrânea captada. Nas últimas décadas, assistiu-se a grande desenvolvimento da Hidrogeologia, ramo da Geologia Aplicada que trata do estudo das águas subterrâneas. Na área da folha 19-D Coimbra - Lousã (escala 1:50 000), já foram elaborados alguns trabalhos parcelares. No entanto, nunca foi realizado um estudo que abarque a totalidade da área cartografada nessa folha. Esta dissertação, que se insere no âmbito do desenvolvimento de uma tese de mestrado, pretende ser um primeiro esquisso nesse sentido. Mas esta primeira abordagem a diversos aspectos da hidrogeologia da carta 19-D ressente-se de uma gritante falta de dados que tivesse permitido uma caracterização “mínima” da área em apreço. Por outro lado, a qualidade do material recolhido, é, infelizmente também, muito sofrível, senão mesmo deficiente. Estas razões justificam o título da dissertação (“CONTRIBUTO”)...

‣ Hidrogeologia e recursos hídricos da Ilha de Santiago (Cabo Verde)

Gomes, Alberto da Mota
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
37.447278%
O presente trabalho tem o propósito de divulgar importantes estudos hidrogeológicos efectuados na Ilha de Santiago com a colaboração de diversas entidades, devendo-se salientar a empresa francesa BURGÉAP, as NAÇÕES Unidas e Instituições Cabo-verdianas. Do mesmo modo se procura salientar a parceria conseguida no sentido de se implementar a execução de barragens, isto é, no inventário e estudos de base das zonas favoráveis à captação de águas superficiais e construção de barragens. O trabalho está estruturado em 10 capítulos complementares: I – Enquadramento do Arquipélago de Cabo Verde; II – Apresentação da Ilha de Santiago; III – Geologia; IV - Geomorfologia e Alimentação de Aquíferos; V - Climatologia; VI - Hidrogeologia; VII – Qualidade de Água Subterrânea; VIII- O uso da Geofísica em Hidrogeologia – O método VLF; IX - Hidrologia Superficial; X - Comportamento das Rochas Vulcânicas face à circulação das águas. Na sequência dos trabalhos realizados, foi possível a obtenção de água potável para abastecimento às populações, água para agricultura e para outras necessidades ABSTRACT: This work tends to publish important hydrogeology studies realized in Santiago Islands with the collaboration of different entities...

‣ Hidrogeomorfologia e sustentabilidade de recursos hídricos subterrâneos

Teixeira, José Augusto Alves
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
27.16759%
A água subterrânea de rochas duras é uma fonte importante para fins domésticos, industriais e agrícolas e mesmo para o consumo humano. A geologia, a tectónica, a geomorfologia e as características hidrológicas controlam o fluxo, ocorrência e armazenamento das águas subterrâneas. A disponibilidade da água subterrânea no meio geológico está totalmente dependente das áreas de recarga e de descarga numa determinada bacia. A precipitação é a principal fonte de recarga em aquíferos descontínuos, enquanto que a descarga depende dos declives do terreno e dos gradientes do nível hidrostático e ainda das condições hidrogeológicas do solo. A hidrogeomorfologia é um domínio interdisciplinar emergente, que estuda as relações entre as unidades geomorfológicas e o regime das águas superficiais e subterrâneas de uma determinada área. A compreensão do papel da geomorfologia é essencial para avaliar de forma rigorosa os sistemas hidrogeológicos e os recursos hídricos. Os dados de detecção remota providenciam uma informação espacial valiosa e actualizada da superfície terrestre e dos recursos naturais. Os recentes avanços tecnológicos colocaram as técnicas de detecção remota e os sistemas de informação geográfica (SIG) numa posição cimeira como ferramentas de gestão metodológica. Foi criada...

‣ DIAGRAFIAS APLICADAS À HIDROGEOLOGIA

Ramalho, Elsa Cristina; Marques da Silva, Manuel; Correia, António
Fonte: Palimage Publicador: Palimage
Tipo: Livro
Português
Relevância na Pesquisa
37.447278%
Embora por vezes subvalorizadas por alguns técnicos que trabalham em Hidrogeologia, as diagrafias constituem uma importante ferramenta de suporte na elaboração do projecto de uma captação, permitindo que se obtenham maiores rendimentos com menores custos. Esta importância sustenta-se em aspectos tão diversos da utilização de diagra¬fias como a definição da coluna das captações, a estimativa de parâmetros hidráulicos dos aquíferos ou ainda a identificação de fracturas em rochas cristalinas. Desenvolvidas inicialmente pela indústria petrolífera, a sua utilidade em Hidrogeologia é hoje mais que reconhecida, na medida em que as diagrafias possibilitam a obtenção de um conjunto de propriedades físicas das formações atravessadas que proporcionam uma boa estimativa da qualidade química da água nativa a captar e proceder a identifica¬ções e correlações litológicas entre diferentes furos. Consoante as sondas utilizadas, as diagrafias poderão ser aplicadas em furos entubados ou em open-hole. Em cada caso, as informações passíveis de ser obtidas variam consoante a situação do furo e os equipamentos e verbas disponíveis. A presente obra pretende ser um apoio para os técnicos ligados à Hidrogeologia, no sentido de poderem tirar o melhor partido possível da informação adquirida ou já existente a partir de diagrafias e...

‣ Estudo hidrogeológico da sub-bacia hidrográfica de Alcântara-Lisboa

Oliveira, Margarida Duarte de
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
27.16759%
Tese de mestrado em Geologia Aplicada (Hidrogeologia), apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2010; O presente trabalho centra-se no estudo hidrogeológico da Sub-Bacia Hidrográfica de Alcântara, no âmbito da Hidrogeologia Urbana da cidade de Lisboa. Realizaram-se duas campanhas de amostragem, uma na estação húmida e outra na estação seca, para recolha de amostras de água em vários locais dentro da Sub-Bacia de Alcântara com vista à comparação da composição química da água. Estes locais foram previamente inventariados, enumerando-se poços, minas de água e nascentes onde, para além da amostragem, se efectuaram medições de parâmetros “in situ”, como o pH, Temperatura, Condutividade Eléctrica e Potencial Redox. Efectuaram-se análises laboratoriais para analisar os iões presentes na água e os componentes bacteriológicos. Procedeu-se a um levantamento das estações meteorológicas mais próximas do local de estudo: Tapada da Ajuda, Istituto Geofísico Infante D.Luís, Portela/Gago Coutinho, Caneças e Cacém, com registo de precipitação desde 1977 até 2007, com o objectivo de calcular a precipitação média caída na bacia recorrendo ao método dos Polígonos de Thiessen. Averiguou-se se existe influência de acções antrópicas na composição química da água subterrânea. Pela análise estatística feita à amostragem correlaccionaram-se as amostras emparelhadas para verificar a existência de semelhanças ou dissemelhanças na composição química da água.; This work focuses on a hydrogeological study of sub-basin of Alcântara...

‣ Hidrogeologia

Pedrosa, Yolanda; Pereira, Ana Paula Teixeira; Sampaio, José Eduardo
Fonte: Laboratório Nacional de Energia e Geologia Publicador: Laboratório Nacional de Energia e Geologia
Tipo: Parte de Livro
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.16759%
Versão revista e actualizada do capítulo "Hidrogeologia" da Notícia Explicativa da Folha 6-D, Vila Pouca de Aguiar, da Carta Geológica de Portugal, escala 1:50.000

‣ A hidrogeologia da porção centro-norte do município de Maracanaú, sudoeste da Região metropolitana de Fortaleza - CE

Carlos Lopes Lemos, Ediu; Costa Santos, Almany (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
37.16759%
Esta pesquisa teve por objetivo avaliar a hidrogeologia da porção Centro-Norte do município de Maracanaú, situada a sudoeste da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), Estado do Ceará, Nordeste do Brasil, com área de 68 km2 correspondendo a 65% da área total do município. O município de Maracanaú dista da capital 22 km, com acesso feito através da CE 060. As etapas de trabalho constaram de levantamento bibliográfico, cadastramento de 296 poços, sendo 247 do tipo tubular, 47 poços manuais e 02 poços amazonas. Dos 296 poços, apenas 15 possuíam fichas com dados construtivos e perfis litológicos. Foram também catalogadas 22 fichas com dados de análises físico-químicas onde foram avaliados os parâmetros alcalinidade, Sólidos Totais Dissolvidos, Ca2+, Mg2+, Na+, K+, Fe3+, HCO3 -, Cl-, SO4 2-, CO3 2-, NO2 - e F-. Em termos geoestratigráficos, ocorrem na área rochas cenozóicas representadas pelos depósitos quaternários aluvionares, sedimentos terciários da Formação Barreiras e depósitos Colúvio-Eluvionares, além de afloramentos dos Complexos Granitóide-Migmatítico e Gnáissico-Migmatítico representantes do embasmento cristalino. Essas unidades apresentam diferentes processos de formação e deposição. A variação litoestratigráfica apresentada reflete-se na existência de quatro sistemas hidrogeológicos de diferentes potencialidades e formam...

‣ Estudos preliminares sobre a hidrogeologia e a hidroquímica da zona urbana de SINOP - MT

Comelli, Cleciani
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.16759%
Resumo: Esta pesquisa procurou realizar uma avaliação preliminar e inédita da hidrogeologia e hidrogeoquímica das águas subterrâneas da zona urbana do município de Sinop. O município está situado no médio-norte mato-grossense e utiliza exclusivamente águas subterrâneas para abastecer sua população de mais de 100.000 habitantes. Geologicamente, está localizado sobre litotipos areníticos que compõe a porção leste da Bacia dos Parecis. Este setor é individualizado como sub-bacia do Alto Xingu, constituído por rochas sedimentares representadas por conglomerados e arenitos do Grupo Parecis e areias, siltes e cascalhos da Formação Ronuro, do cretáceo superior e neógeno-quaternário, respectivamente. Hidrogeologicamente, a região está inserida no Sistema Aquífero Parecis, considerado um sistema aquífero granular que se mostra como um manancial subterrâneo poroso, com boas possibilidades de exploração e potencial elevado em função de sua extensa área de ocorrência. Foram identificados dois aquíferos referencialmente explotados em Sinop, são eles o Utiariti e Coberturas Cenozoicas Indiferenciadas. As condições de armazenamento e circulação de água foram bastante homogêneas e as vazões obtidas pouco oscilaram. Os aquíferos na região são próximos à superfície...

‣ Estudo da hidrogeologia no munic?pio de Palestina do Par? usando o m?todo de eletroresistividade

MONTEIRO, Edson Cardoso
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
37.16759%
Esse trabalho de geof?sica aplicada ? hidrogeologia, foi realizado numa ?rea localizada na por??o sudeste do estado do Par?, mas precisamente na cidade de Palestina ? margem esquerda do rio Araguaia. Ironicamente existem problemas de abastecimento de ?gua pot?vel para a popula??o da cidade. Esse problema deve-se ao fato que, no momento, ? antiecon?mico o tratamento e transporte de ?gua do rio para a cidade. Considerando que a extra??o de ?gua subterr?nea ? economicamente mais vi?vel para a solu??o desse problema, o Departamento de Geof?sica e o curso de P?s-gradua??o de Geof?sica da Universidade Federal do Par? (UFPa), por solicita??o da prefeitura daquele munic?pio e da Funda??o Nacional de Sa?de (FNS), participaram no levantamento geof?sico de eletroresistividade para investigar os poss?veis locais de ocorr?ncia de ?gua subterr?nea. Foram realizadas, na ?rea, 21 Sondagens El?tricas Verticais (SEVs) medidas na superf?cie, utilizando o arranjo Schlumberger com abertura m?xima dos eletrodos AB e MN de 500m e 50m, respectivamente. Para a sua interpreta??o foram usados os programas de modelagem direta (EGSLIB/SEV1D) e inversa (EGSLIB/SEV1DIN) de RIJO (1994), de modelos de n camadas horizontais, homog?neas e isotr?picas. Com base nos resultados da interpreta??o das 21 SEVs...

‣ "Versionamiento 2009-2010 de la vulnerabilidad intrínseca a la contaminación, y el modelo hidrogeológico matemático de Villavicencio para un área de 30.000 Ha, utilizando herramientas gis y visual-modflow - ""análisis 3d"""

Leal Sierra, Jesús Alirio
Fonte: Universidad Militar Nueva Granada; Facultad de Ingeniería; Especialización en Geomática Publicador: Universidad Militar Nueva Granada; Facultad de Ingeniería; Especialización en Geomática
Tipo: bachelorThesis; Trabajo de grado Formato: pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27.334326%
Las bases de datos geoespaciales utilizando ArcSDE permiten administrar la información geográfica en un sistema multiusuario, proporcionando una interfaz abierta a los sistemas de administración de bases de datos relacionales, las cuales permiten a la herramienta ArcGIS manipular la información geográfica brindando la optimización necesaria para el análisis de la información, concurrencia de los usuarios y manejo de versiones con el fin de ejecutar cambios que son realizados sobre los elementos de un nivel geoespacial a través del tiempo. De esta forma se pueden duplicar datos mediante una versión, utilizando la herramienta Database Server para generar un modelo hidrogeológico que muestre el cálculo de la Vulnerabilidad intrínseca a la contaminación, empleando como insumo un modelo digital de elevación, planchas topográficas, geología regional, datos de recarga de los acuíferos para los años 2009 y 2010, profundidad del nivel freático entre otros, obteniendo cómo resultado dos modelos para cada una de las versiones. Los valores de recarga para cada año fueron requeridos para el cálculo de la Vulnerabilidad intrínseca y para generar la recarga del modelo matemático hidrogeológico ejecutado en Visual ModFlow...

‣ COASTAL HIDROGEOLOGY: COMPARATIVE ISSUES IN AREA OF RECENT QUATERNARY SEDIMENT HOLOCENE – PARANÁ COAST; HIDROGEOLOGIA COSTEIRA: ASPECTOS COMPARATIVOS EM ÁREA DE SEDIMENTO RECENTE DO QUATERNÁRIO HOLOCENO – LITORAL DO PARANÁ

de Souza, Rogério Tadeu; Universidade Federal do Paraná; da Rosa Filho, Ernani Francisco; Universidade Federal do Paraná; Bonis Silva, Thiago Elias Ramos; MDGEO Serviços de Hidrogeologia Ltda; Hindi, Eduardo Chemas; Universidade Federal do Paraná; Co
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 29/05/2013 Português
Relevância na Pesquisa
47.334326%
The coastal hydrogeology has characteristics quite peculiars, both in quantitative and qualitative point of view. This study, we present the comparative results between two studies in two areas of the coastline of Paraná. One area is located in Valadares Island and the other in an area located in Pontal do Sul.  The results show that even being in the same geological feature and close, approximately 17 km, the hydrogeological results show considerable variations. The Valadares Island, the effect of the tidal in the groundwater level influences the quality of water and the underground flux which not observed in Pontal do Sul. The hydraulic conductivity variation is of the order of 102 cm/s. The electric conductivity in Pontal do Sul is considerably lower than Valadares Island, indicating an unconfined aquifer of continental origin and without influence of tidal. The recharge in both areas are mainly related to rainfall but, the discharge in Valadares Island is related to the wells that serve the population in the form of supply while in Pontal do Sul the discharge is strongly skewed toward  to Perêque river and its mangrove area in a very narrow range, near the beach, to the sea.; A hidrogeologia costeira possui características bastante peculiares...

‣ APLICACIÓN DE TÉCNICAS GEOESTADISTICAS EN LA HIDROGEOLOGÍA DEL BAJO CAUCA ANTIOQUEÑO

MEJÍA RIVERA,OSCAR; BETANCUR VARGAS,TERESITA; LONDOÑO CIRO,LIBARDO
Fonte: DYNA Publicador: DYNA
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2007 Português
Relevância na Pesquisa
37.16759%
El desarrollo de los sistemas de información Geográfica (SIG) y la aplicación de la geoestadística ha dado un nuevo impulso al análisis de la información espacial aplicada a la hidrogeología. En la subregión de Bajo Cauca Antioqueño, las aguas subterráneas representan un recurso natural estratégico al constituir casi la única fuente segura de abastecimiento para mas de 200000 habitantes de la región y en la medida en que juegan un papel importante en la regulación del sistema hídrico regional al estar conectado con decenas de ciénagas y humedales. El objetivo general de este trabajó consistió en obtener a partir de la reinterpretación de información secundaria, un modelo conceptual del sistema acuífero del Bajo Cauca antioqueño, utilizando técnicas geoestadisticas tipo kriging. Se ha logrado obtener una representación espacial de las superficies freática y piezométrica de los acuíferos, así como proponer una posible distribución de la transmisividad hidráulica y sugerir la red de flujo más probable para el sistema acuífero superior. Con los resultados de este trabajo, se pretende alimentar un modelo numérico y con este, contribuir a la creación de herramientas de gestión para la administración de este recurso estratégico en la región.

‣ Importancia de la hidrogeología urbana; ciencia clave para el desarrollo urbano sostenible

Dávila Pórcel,René Alberto; Gómez,Héctor de León
Fonte: Sociedad Geológica Mexicana, A.C. Publicador: Sociedad Geológica Mexicana, A.C.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.16759%
La expansión urbana resultado del continuo crecimiento poblacional, la creación de industrias de diversos tipos y la paralela concentración de humanos en espacios reducidos, requieren de abastecimiento de agua suficiente y de buena calidad. En muchas ciudades del orbe el agua subterránea es la fuente principal del suministro para la población. A su vez, las actividades antropogénicas vierten grandes volúmenes de aguas residuales y efluentes industriales. El uso de una gran variedad de hidrocarburos y productos químicos en los procesos industriales ocasiona contaminación del suelo y de las fuentes de 0abastecimiento de agua potable. La complicada interacción entre los sistemas de flujo de agua subterránea y las ciudades (infraestructura, procesos, actividades y desechos) requiere de estudios cada vez más complejos, motivo por el cual emerge una nueva rama científica denominada "hidrogeología urbana" (HU), que es considerada una especialidad de las ciencias hidrogeológicas. El presente trabajo proporciona una visión general de la HU que permite entender los aspectos conceptuales, su campo de aplicación y su manejo. Se presenta información referida a la interdependencia de las ciudades y el aprovechamiento del agua, se detallan los procesos y mecanismos que estudia esta nueva rama del conocimiento...