Página 1 dos resultados de 59 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

‣ Sistemas de preparo do solo e culturas de cobertura na produção orgânica de feijão e milho: I - atributos físicos do solo

Cunha,Eurâimi de Queiroz; Stone,Luís Fernando; Moreira,José Aloísio Alves; Ferreira,Enderson Petrônio de Brito; Didonet,Agostinho Dirceu; Leandro,Wilson Mozena
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.960864%
Há necessidade de se avaliar a contribuição de plantas de cobertura e do seu manejo na manutenção ou melhoria da qualidade física do solo em áreas sob produção orgânica. Este trabalho objetivou determinar a influência das plantas de cobertura crotalária (Crotalaria juncea), guandu (Cajanus cajan (L.) Millsp), mucuna-preta (Mucuna aterrima), sorgo-vassoura (Sorgum technicum) e pousio nos atributos físicos de solo cultivado com feijão e milho orgânicos, sob semeadura direta (SD) e preparo convencional (PC). O trabalho foi conduzido em Santo Antônio de Goiás-GO, em Latossolo Vermelho distrófico, no delineamento de blocos ao acaso, com quatro repetições. Em novembro de 2003 foram instalados quatro experimentos, dois em SD e dois em PC, sendo um com feijão e outro com milho em cada sistema. Amostragens do solo das parcelas e de uma mata próxima aos experimentos foram realizadas em novembro de 2007, nas camadas de 0,00-0,10 e 0,10-0,20 m, para determinação do teor de matéria orgânica (MO) e de atributos físicos do solo. O uso desse solo para a produção agrícola, independentemente do sistema de preparo, resultou em redução no teor de MO e em modificações nos seus atributos físicos, aumentando sua densidade (Ds) e resistência à penetração (RP) e reduzindo a macroporosidade (Mp)...

‣ Resistência do arroz de terras altas ao alumínio

Guimarães,Cleber M.; Neves,Péricles de C. F.; Stone,Luís F.; Zimmermann,Francisco J. P.
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
36.960864%
Objetivou-se, com este trabalho, identificar indicadores de resistência à toxicidade de alumínio em arroz de terras altas e linhagens com baixa susceptibilidade a esta toxicidade. Avaliaram-se 48 linhagens de arroz em solução nutritiva e dois níveis de estresse de alumínio: 0 e 40 mg dm-3 de Al; após 21 dias de teste, estimaram-se a massa da matéria seca das raízes e do dossel, o comprimento máximo das raízes e a altura das plantas e, também, índices de susceptibilidade à toxicidade de alumínio. Verificou-se que todos os indicadores de susceptibilidade ao alumínio, exceto aqueles relacionados à variabilidade do pH, se correlacionaram significativamente. O índice de susceptibilidade do crescimento radicular (S Rcm) por se considerar, no seu cálculo, o crescimento radicular com e sem estresse de Al e a pressão de estresse de Al em que as linhagens foram avaliadas, constitui-se em importante parâmetro a ser usado na seleção para resistência à toxicidade ao alumínio. Conforme a distribuição das linhagens em quartis, delimitados pelo comprimento radicular superior a 47 cm e pelo SRcm menor que 0,92, selecionou-se o grupo de linhagens, CNA4120, CNA4164 e CNA1383, que apresenta raízes bem desenvolvidas, tanto na ausência como na presença de alumínio.

‣ Resposta fenotípica de arroz de terras altas ao estresse de fósforo no solo

Guimarães,Cleber M.; Stone,Luís F.; Neves,Péricles C. F.
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 Português
Relevância na Pesquisa
36.960864%
Avaliaram-se, neste trabalho, em condições de baixo e alto teor de fósforo (P) no solo, 51 linhagens de arroz provenientes do Banco Ativo de Germoplasma da Embrapa Arroz e Feijão, com o objetivo de identificar indicadores de eficiência no uso de P e linhagens com eficiência diferenciada no uso desse nutriente. O índice de eficiência do uso de fósforo mostrou ser mais adequado que a produtividade em baixo teor de fósforo no solo, na avaliação da eficiência diferenciada das linhagens no uso do P. Três linhagens, CNA 4634, CNA 4120 e CNA 3178, apresentam bom comportamento produtivo, tanto em alto como em baixo teor de P no solo e 22 mostraram bom comportamento produtivo em alto teor de P no solo; entretanto, não foram eficientes no aproveitamento de baixo P disponível no solo enquanto as demais foram desconsideradas em razão de indicarem baixo comportamento produtivo sob boa disponibilidade de P.

‣ Eficiência produtiva de cultivares de arroz com divergência fenotípica

Guimarães,Cleber M.; Stone,Luís F.; Neves,Péricles de C. F.
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.196414%
O objetivo do trabalho foi avaliar, fenotipicamente, as cultivares de arroz tradicionais Guarani e Caiapó, e as modernas, CIRAD L(-1)41, Maravilha, BR IRGA 409 e Metica 1, por meio da associação entre os vários componentes da produtividade de grãos, para prover base de seleção genética em populações de plantas. O estudo foi conduzido na estação chuvosa do ano agrícola de 2003-2004, na área experimental da Embrapa Arroz e Feijão, em Santo Antônio de Goiás, GO. Em condições de sequeiro, com suplementação hídrica, as cultivares de arroz de terras altas CIRAD L(-1)41, Guarani, Caiapó e Maravilha, apresentaram maiores índices de colheita e menores percentagens de esterilidade de espiguetas que as de arroz irrigado BR IRGA 409 e Metica 1. Concluiu-se que a maior produção de biomassa pelas cultivares de arroz irrigado não se refletiu na produtividade de grãos. A CIRAD L(-1)41 por apresentar alta área foliar, panículas densas com alto número de grãos e um comportamento intermediário em todos os componentes avaliados, como índice de colheita, massa dos grãos, fertilidade de perfilhos, perfilhamento, esterilidade de espiguetas e taxa de crescimento, produziu 12,5% a mais que a segunda mais produtiva. O aumento do índice de colheita e da massa dos grãos e a redução da esterilidade das espiguetas devido às suas altas correlações com a produtividade...

‣ Uso do índice S na determinação da condutividade hidráulica não-saturada de solos do cerrado brasileiro

Andrade,Rui da S.; Stone,Luís F.
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.196414%
O emprego de modelos numéricos permite determinar a condutividade hidráulica não-saturada, K(h), de modo mais rápido e a um custo menor que a medição em campo; para tanto, é necessário o desenvolvimento de modelos cada vez mais acurados. Propôs-se, neste trabalho, verificar se o modelo baseado no índice S (declividade da curva característica de retenção da água do solo em seu ponto de inflexão) e na tensão da água nesse ponto de inflexão (hi) é adequado para a determinação da condutividade hidráulica não-saturada de solos de diferentes classes texturais. O estudo foi realizado sobre 2166 amostras de solo, das quais constavam informações sobre textura, condutividade hidráulica saturada e retenção da água do solo, registradas nos bancos de dados dos Laboratórios de Solo das Embrapa Arroz e Feijão e Embrapa Cerrados, abrangendo solos sob cerrado das regiões CO, N e NE do Brasil. Verificou-se que a condutividade hidráulica não-saturada no ponto de inflexão da curva de retenção (Ki) pode ser determinada a partir do índice S e de hi, independentemente da textura do solo, e que determinações de K(h) feitas com base em Ki apresentaram altas correlações com valores medidos. O uso do índice S e de hi na determinação de K(h) deve ser mais testado para determinar seu poder de predição.

‣ Índice S como indicador da qualidade física de solos do cerrado brasileiro

Andrade,Rui da S.; Stone,Luís F.
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.257202%
Neste trabalho o objetivo principal foi verificar a adequação do índice S definido como sendo a declividade da curva característica de retenção da água do solo em seu ponto de inflexão, no diagnóstico da qualidade física de solos de cerrado. Nos bancos de dados dos Laboratórios de Solo das Embrapa Arroz e Feijão e Embrapa Cerrados foram selecionadas 2364 amostras, abrangendo solos sob cerrado das regiões CO, N e NE do Brasil. Valores de índice S obtidos destas amostras foram correlacionados com a densidade do solo, macroporosidade e porosidade total, considerando-se as classes texturais: muito argilosa, argilosa, argilo-arenosa, franco-argilo-arenosa, franco/franco-arenosa e areia-franca/arenosa e se buscaram, na literatura, valores limites de atributos físicos que separavam, de acordo com a textura, solos com boa e pobre qualidade estrutural e, com base neles, estabelecidos valores limites para o índice S; este índice se correlacionou altamente com os atributos físicos considerados mostrando ser um indicador adequado da qualidade física de solos de cerrado; já o valor limite de S = 0,045 mostrou-se apropriado para a divisão entre solos de boa qualidade estrutural e solos com tendência a se tornar degradados, enquanto valores de S≤0...

‣ Culturas de cobertura e qualidade física de um Latossolo em plantio direto

Andrade,Rui da S.; Stone,Luís F.; Silveira,Pedro M. da
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2009 Português
Relevância na Pesquisa
36.960864%
Com este trabalho se objetivou determinar o efeito de culturas de cobertura na qualidade física de um Latossolo Vermelho distrófico em plantio direto. O experimento foi irrigado por pivô central e conduzido na Embrapa Arroz e Feijão, em Santo Antônio de Goiás, GO, no delineamento de blocos ao acaso, com oito repetições. Os tratamentos consistiram de oito culturas de cobertura: braquiária; milho consorciado com braquiária; guandu anão; milheto; mombaça; sorgo; estilosantes e crotalária. As sete primeiras vêm sendo cultivadas no verão desde dezembro de 2001 e a crotalária a partir de novembro de 2003. No inverno de cada ano e após dessecação dessas culturas, foi implantado o feijoeiro irrigado e, em fevereiro de 2006, determinados o conteúdo de matéria orgânica do solo, alguns atributos físicos e sua qualidade física, por meio do índice S. As culturas de cobertura, especialmente as gramíneas, favoreceram a agregação do solo na camada superficial. O cultivo do solo modificou a sua estrutura comparativamente à mata nativa, aumentando sua densidade e reduzindo a macroporosidade, porosidade total e qualidade física. Entre as culturas de cobertura guandu, crotalária e milho consorciado com braquiária, foram as que mantiveram a camada superficial do solo com boa qualidade física.

‣ Culturas de cobertura e qualidade física de um Latossolo em plantio direto.

ANDRADE, R. da S.; STONE, L. F.; SILVEIRA, P. M. da
Fonte: Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 13, n. 4, p. 411-418, jul./ago. 2009. Publicador: Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 13, n. 4, p. 411-418, jul./ago. 2009.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
47.31342%
Com este trabalho se objetivou determinar o efeito de culturas de cobertura na qualidade física de um Latossolo Vermelho distrófico em plantio direto. O experimento foi irrigado por pivô central e conduzido na Embrapa Arroz e Feijão, em Santo Antônio de Goiás, GO, no delineamento de blocos ao acaso, com oito repetições. Os tratamentos consistiram de oito culturas de cobertura: braquiária; milho consorciado com braquiária; guandu anão; milheto; mombaça; sorgo; estilosantes e crotalária. As sete primeiras vêm sendo cultivadas no verão desde dezembro de 2001 e a crotalária a partir de novembro de 2003. No inverno de cada ano e após dessecação dessas culturas, foi implantado o feijoeiro irrigado e, em fevereiro de 2006, determinados o conteúdo de matéria orgânica do solo, alguns atributos físicos e sua qualidade física, por meio do índice S. As culturas de cobertura, especialmente as gramíneas, favoreceram a agregação do solo na camada superficial. O cultivo do solo modificou a sua estrutura comparativamente à mata nativa, aumentando sua densidade e reduzindo a macroporosidade, porosidade total e qualidade física. Entre as culturas de cobertura guandu, crotalária e milho consorciado com braquiária, foram as que mantiveram a camada superficial do solo com boa qualidade física.; 2009

‣ Uso do índice S na determinação da condutividade hidráulica não-saturada de solos do cerrado brasileiro.

ANDRADE, R. da S.; STONE, L. F.
Fonte: Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 13, n. 4, p. 376-381, jul./ago. 2009. Publicador: Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 13, n. 4, p. 376-381, jul./ago. 2009.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
47.54897%
O emprego de modelos numéricos permite determinar a condutividade hidráulica não-saturada, K(h), de modo mais rápido e a um custo menor que a medição em campo; para tanto, é necessário o desenvolvimento de modelos cada vez mais acurados. Propôs-se, neste trabalho, verificar se o modelo baseado no índice S (declividade da curva característica de retenção da água do solo em seu ponto de inflexão) e na tensão da água nesse ponto de inflexão (hi) é adequado para a determinação da condutividade hidráulica não-saturada de solos de diferentes classes texturais. O estudo foi realizado sobre 2166 amostras de solo, das quais constavam informações sobre textura, condutividade hidráulica saturada e retenção da água do solo, registradas nos bancos de dados dos Laboratórios de Solo das Embrapa Arroz e Feijão e Embrapa Cerrados, abrangendo solos sob cerrado das regiões CO, N e NE do Brasil. Verificou-se que a condutividade hidráulica não-saturada no ponto de inflexão da curva de retenção (Ki) pode ser determinada a partir do índice S e de hi, independentemente da textura do solo, e que determinações de K(h) feitas com base em Ki apresentaram altas correlações com valores medidos. O uso do índice S e de hi na determinação de K(h) deve ser mais testado para determinar seu poder de predição.; 2009

‣ Índice S como indicador da qualidade física de solos do cerrado brasileiro.

ANDRADE, R. da S.; STONE, L. F.
Fonte: Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 13, n. 4, p. 382-388, jul./ago. 2009. Publicador: Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 13, n. 4, p. 382-388, jul./ago. 2009.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
47.609756%
Neste trabalho o objetivo principal foi verificar a adequação do índice S definido como sendo a declividade da curva característica de retenção da água do solo em seu ponto de inflexão, no diagnóstico da qualidade física de solos de cerrado. Nos bancos de dados dos Laboratórios de Solo das Embrapa Arroz e Feijão e Embrapa Cerrados foram selecionadas 2364 amostras, abrangendo solos sob cerrado das regiões CO, N e NE do Brasil. Valores de índice S obtidos destas amostras foram correlacionados com a densidade do solo, macroporosidade e porosidade total, considerando-se as classes texturais: muito argilosa, argilosa, argilo-arenosa, franco-argilo-arenosa, branco/franco-arenosa e areia-franca/arenosa e se buscaram, na literatura, valores limites de atributos físicos que separavam, de acordo com a textura, solos com boa e pobre qualidade estrutural e, com base neles, estabelecidos valores limites para o índice S; este índice se correlacionou altamente com os atributos físicos considerados mostrando ser um indicador adequado da qualidade física de solos de cerrado; já o valor limite de S = 0,045 mostrou-se apropriado para a divisão entre solos de boa qualidade estrutural e solos com tendência a se tornar degradados, enquanto valores de S = 0...

‣ Eficiência produtiva de cultivares de arroz com divergência fenotípica.

GUIMARÃES, C. M.; STONE, L. F.; NEVES, P. de C. F.
Fonte: Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 12, n. 5, p. 465-470, 2008. Publicador: Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 12, n. 5, p. 465-470, 2008.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
47.54897%
O objetivo do trabalho foi avaliar, fenotipicamente, as cultivares de arroz tradicionais Guarani e Caiapó, e as modernas, CIRAD L-141, Maravilha, BR IRGA 409 e Metica 1, por meio da associação entre os vários componentes da produtividade de grãos, para prover base de seleção genética em populações de plantas. O estudo foi conduzido na estação chuvosa do ano agrícola de 2003-2004, na área experimental da Embrapa Arroz e Feijão, em Santo Antônio de Goiás, GO. Em condições de sequeiro, com suplementação hídrica, as cultivares de arroz de terras altas CIRAD L-141, Guarani, Caiapó e Maravilha, apresentaram maiores índices de colheita e menores percentagens de esterilidade de espiguetas que as de arroz irrigado BR IRGA 409 e Metica 1. Concluiu-se que a maior produção de biomassa pelas cultivares de arroz irrigado não se refletiu na produtividade de grãos. A CIRAD L-141 por apresentar alta área foliar, panículas densas com alto número de grãos e um comportamento intermediário em todos os componentes avaliados, como índice de colheita, massa dos grãos, fertilidade de perfilhos, perfilhamento, esterilidade de espiguetas e taxa de crescimento, produziu 12,5% a mais que a segunda mais produtiva. O aumento do índice de colheita e da massa dos grãos e a redução da esterilidade das espiguetas devido às suas altas correlações com a produtividade...

‣ Sustentabilidade de sistemas orgânicos com plantas de cobertura na cultura do arroz, por meio de alterações físicas do solo.

AGUIAR, R. A. de; MOREIRA, J. A. A.; STONE, L. F.; BERNARDES, T. G.; JESUS, R. P. de.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 40, n. 2, p. 142-149, abr./jun. 2010. Publicador: Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 40, n. 2, p. 142-149, abr./jun. 2010.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
37.313418%
O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito de diferentes plantas de cobertura de solo sobre os atributos físicos de um Latossolo Vermelho distrófico, em sistema de produção orgânico, com preparo convencional. O trabalho foi conduzido, por dois anos, na área experimental da Embrapa Arroz e Feijão, em Santo Antônio de Goiás, GO, em um sistema de sucessão de plantas de cobertura-arroz, no qual as plantas de cobertura eram semeadas no outono/inverno e a cultura subsequente, o arroz, cultivar Aimoré, semeada no verão. Foram utilizadas as seguintes plantas de cobertura: mucuna preta (Mucuna aterrima), crotalária (Crotalaria juncea), guandu-anão (Cajanus cajan), sorgo vassoura (Sorghum technicum) e pousio com vegetação espontânea. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, com quatro repetições. Foram coletadas, no segundo ano de experimentação (2005), amostras de solo, nas parcelas e em mata próxima, nas profundidades de 0,00-0,10 m; 0,10-0,20 m; e 0,20-0,30 m, para determinação do teor de matéria orgânica (MO), atributos físicos, índice S e estado de agregação do solo. O manejo das plantas de cobertura de solo foi efetuado por ocasião do florescimento. A biomassa foi incorporada ao perfil por meio de aração. Para a porosidade total...

‣ Sistemas de preparo do solo e culturas de cobertura na produção orgânica de feijão e milho. I - Atributos físicos do solo.

CUNHA, E. de Q.; STONE, L. F.; MOREIRA, J. A. A.; FERREIRA, E. P. de B.; DIDONET, A. D.; LEANDRO, W. M.
Fonte: Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, MG, v. 35, n. 2, p. 589-602, mar./abr. 2011. Publicador: Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, MG, v. 35, n. 2, p. 589-602, mar./abr. 2011.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
47.31342%
Há necessidade de se avaliar a contribuição de plantas de cobertura e do seu manejo na manutenção ou melhoria da qualidade física do solo em áreas sob produção orgânica. Este trabalho objetivou determinar a influência das plantas de cobertura crotalária (Crotalaria juncea), guandu (Cajanus cajan (L.) Millsp), mucuna-preta (Mucuna aterrima), sorgo-vassoura (Sorgum technicum) e pousio nos atributos físicos de solo cultivado com feijão e milho orgânicos, sob semeadura direta (SD) e preparo convencional (PC). O trabalho foi conduzido em Santo Antônio de Goiás-GO, em Latossolo Vermelho distrófico, no delineamento de blocos ao acaso, com quatro repetições. Em novembro de 2003 foram instalados quatro experimentos, dois em SD e dois em PC, sendo um com feijão e outro com milho em cada sistema. Amostragens do solo das parcelas e de uma mata próxima aos experimentos foram realizadas em novembro de 2007, nas camadas de 0,00?0,10 e 0,10?0,20 m, para determinação do teor de matéria orgânica (MO) e de atributos físicos do solo. O uso desse solo para a produção agrícola, independentemente do sistema de preparo, resultou em redução no teor de MO e em modificações nos seus atributos físicos, aumentando sua densidade (Ds) e resistência à penetração (RP) e reduzindo a macroporosidade (Mp)...

‣ Sistemas de preparo do solo e culturas de cobertura na produção orgânica de feijão e milho. I - Atributos físicos do solo.

CUNHA, E. de Q.; STONE, L. F.; MOREIRA, J. A. A.; FERREIRA, E. P. de B.; DIDONET, A. D.; LEANDRO, W. M.
Fonte: Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, MG, v. 35, p. 589-602, 2011. Publicador: Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, MG, v. 35, p. 589-602, 2011.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
47.31342%
Há necessidade de se avaliar a contribuição de plantas de cobertura e do seu manejo na manutenção ou melhoria da qualidade física do solo em áreas sob produção orgânica. Este trabalho objetivou determinar a influência das plantas de cobertura crotalária (Crotalaria juncea), guandu (Cajanus cajan (L.) Millsp), mucuna-preta (Mucuna aterrima), sorgo-vassoura (Sorgum technicum) e pousio nos atributos físicos de solo cultivado com feijão e milho orgânicos, sob semeadura direta (SD) e preparo convencional (PC). O trabalho foi conduzido em Santo Antônio de Goiás-GO, em Latossolo Vermelho distrófico, no delineamento de blocos ao acaso, com quatro repetições. Em novembro de 2003 foram instalados quatro experimentos, dois em SD e dois em PC, sendo um com feijão e outro com milho em cada sistema. Amostragens do solo das parcelas e de uma mata próxima aos experimentos foram realizadas em novembro de 2007, nas camadas de 0,00?0,10 e 0,10?0,20 m, para determinação do teor de matéria orgânica (MO) e de atributos físicos do solo. O uso desse solo para a produção agrícola, independentemente do sistema de preparo, resultou em redução no teor de MO e em modificações nos seus atributos físicos, aumentando sua densidade (Ds) e resistência à penetração (RP) e reduzindo a macroporosidade (Mp)...

‣ Aplicação de diferentes escalas temporais do índice padronizado de precipitação (SPI) na estimativa da variabilidade da produtividade de arroz de terras altas.

FERNANDES, D. S.; HEINEMANN, A. B.; STONE, L. F.
Fonte: In: WORLD WATER CONGRESS, 14., 2011, Porto de Galinhas. Adaptive water management: looking to the future: book of abstracts. [S.l.]: IWRA, 2011. Publicador: In: WORLD WATER CONGRESS, 14., 2011, Porto de Galinhas. Adaptive water management: looking to the future: book of abstracts. [S.l.]: IWRA, 2011.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: p. 70.
Português
Relevância na Pesquisa
57.459233%
O trabalho objetivou avaliar o índice padronizado de precipitação (SPI) em diferentes escalas temporais (mensal, trimestral, semestral e anual) na ocorrência de eventos de seca e seus efeitos na estimativa da produtividade do arroz de terras altas em seis diferentes microrregiões do Estado de Goiás.; 2011

‣ Sustentabilidade de sistemas orgânicos com plantas de cobertura na cultura do arroz, por meio de alterações físicas do solo.

AGUIAR, R. A. de; MOREIRA, J. A. A.; STONE, L. F.; BERNARDES, T. G.; JESUS, R. P. de.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 40, n. 2, p. 142-149, abr./jun. 2010. Publicador: Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 40, n. 2, p. 142-149, abr./jun. 2010.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
37.313418%
O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito de diferentes plantas de cobertura de solo sobre os atributos físicos de um Latossolo Vermelho distrófico, em sistema de produção orgânico, com preparo convencional. O trabalho foi conduzido, por dois anos, na área experimental da Embrapa Arroz e Feijão, em Santo Antônio de Goiás, GO, em um sistema de sucessão de plantas de cobertura-arroz, no qual as plantas de cobertura eram semeadas no outono/inverno e a cultura subsequente, o arroz, cultivar Aimoré, semeada no verão. Foram utilizadas as seguintes plantas de cobertura: mucuna preta (Mucuna aterrima), crotalária (Crotalaria juncea), guandu-anão (Cajanus cajan), sorgo vassoura (Sorghum technicum) e pousio com vegetação espontânea. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, com quatro repetições. Foram coletadas, no segundo ano de experimentação (2005), amostras de solo, nas parcelas e em mata próxima, nas profundidades de 0,00-0,10 m; 0,10-0,20 m; e 0,20-0,30 m, para determinação do teor de matéria orgânica (MO), atributos físicos, índice S e estado de agregação do solo. O manejo das plantas de cobertura de solo foi efetuado por ocasião do florescimento. A biomassa foi incorporada ao perfil por meio de aração. Para a porosidade total...

‣ Influência do uso do solo na qualidade da água no bioma Cerrado: um estudo comparativo entre bacias hidrográficas no Estado de Goiás, Brasil.

RABELO, C. G.; FERREIRA, M. E.; ARAÚJO, J. V. G. de; STONE, L. F.; SILVA, S. C. da; GOMES, M. P.
Fonte: Revista Ambiente & Água, Taubaté, v. 4, n. 2, p. 172-187, 2009. Publicador: Revista Ambiente & Água, Taubaté, v. 4, n. 2, p. 172-187, 2009.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
37.03504%
Com base na hipótese de que a qualidade da água de uma bacia hidrográfica está diretamente relacionada com o grau de equilíbrio entre fatores naturais e antrópicos, buscou-se neste artigo analisar os efeitos da conversão dos remanescentes de Cerrado sobre a manutenção e viabilidade ecológica das bacias hidrográficas. Para tanto, foram adotadas como área de estudo duas bacias de médio porte localizadas no Estado de Goiás (área representativa desse bioma), com características diferentes no que diz respeito aos aspectos físicos (solo, topografia e cobertura vegetal) e antrópicos (nível de degradação ambiental e índice de desenvolvimento econômico): (1) a bacia do Ribeirão João Leite, localizada no Centro-Sul Goiano (nível de antropização = 88%); e (2) a bacia do Rio São Domingos, ao Norte do Estado (nível de antropização = 25%). As análises químicas demonstram que a água na bacia do Rio São Domingos apresenta, de um forma geral, melhor qualidade para o consumo humano e para a manutenção do ecossistema na região analisada, refletindo o elevado estado de conservação dessa bacia.; 2009

‣ Efeitos de culturas de cobertura na qualidade física do solo sob plantio direto; Effects of cover crops on physical quality of soil under no-tillage

Andrade, Rui da Silva
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós Graduação em Agronomia - Nível Doutorado; Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós Graduação em Agronomia - Nível Doutorado; Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.301104%
The objective of this study was to verify the suitability of S index in the diagnostic of physical quality of Cerrado soils and, based upon it, to determine the effect of cover crop mulches on physical quality of a Dystrophic Red Latosol (Oxisol) under no-tillage. A total of 2364 samples were selected from the soil data base of Embrapa Rice & Beans and Embrapa Cerrados, covering Cerrado soils from Mid-West, North, and Northeast regions of Brazil. Values of S index, defined as the slope of the soil water retention curve at its inflection point, obtained from these samples were correlated to soil bulk density, macroporosity, and total porosity, considering the following textural classes: very clayey, clayey, sandy clay, sandy clay loam, loam/sandy loam e loamy sand/sand. Based on review of literature, critical values were established for the physical attributes that separated, according to the texture, soils with good and poor structural quality and, based upon they, critical values were established for the S index. In order to study the effect of cover crop mulches on soil physical quality, an experiment was carried out under center pivot at Embrapa Rice & Beans, in Santo Antônio de Goiás, GO, in a randomized block design...

‣ Deficiência hídrica, vermiculita e cultivares. I. Efeito na produtividade do arroz.

STONE, L. F.; LIBARDI, P. L.; REICHARDT, K.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 19, n. 6, p. 695-707, jun. 1984. Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 19, n. 6, p. 695-707, jun. 1984.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
37.03504%
Os efeitos de quatro lâminas d'água, correspondentes a 55, 70, 85 e 100% da evapotranspiração máxima, e de dois tratamentos de vermiculita (sem e com adição de 10% em volume ao solo) na produtividade das cultivares de arroz (Oryza sativa L.) IAC 47, IRAT 13 e IET 1444, foram estudados em um experimento em vasos. A adição de vermiculita aumentou o pH, a CTC e os teores trocáveis de cálcio, magnésio e potássio, e diminuiu o teor de alumínio. Ela, entretanto, não afetou a produtividade do arroz nem a eficiência do uso da água (EUA). Em condições de deficiência hídrica, a cultivar IRAT 13 apresentou maior estabilidade de produção, maior EUA, maior índice de colheita (IC) e maior relação raiz/colmo do que as outras, indicando maior adaptação ao estresse hídrico. A deficiência hídrica reduziu o numero de grãos cheios por panícula, o peso dos grãos, o rendimento de grãos e de matéria seca total, a altura total das plantas, o IC, a EUA e aumentou a percentagem de grãos vazios, a duração do ciclo e o rendimento de matéria seca das raízes. Ela aumentou a relação raiz/colmo das cultivares de sequeiro, mas não afetou a da cultivar de arroz irrigado.; 1984

‣ Aplicación de un sistema de demanda casi ideal (AIDS) a cortes de carnes de bovino, porcino, pollo, huevo y tortilla en el periodo de 1995-2008

Ramírez Tinoco,Jesús; Martínez Damián,Miguel Ángel; García Mata,Roberto; Hernández Garay,Alfonso; Mora Flores,José Saturnino
Fonte: Instituto Nacional de Investigaciones Forestales, Agrícolas y Pecuarias Publicador: Instituto Nacional de Investigaciones Forestales, Agrícolas y Pecuarias
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.313418%
En este trabajo se estiman las elasticidades de la demanda Marshallianas y Hicksianas para diferentes productos como: cortes de carne de bovino (bistec y cortes especiales), porcino (bistec, pulpa y molida), pollo entero, huevo y tortilla. Para ello se estimó un Sistema de Demanda Casi Ideal (AIDS), con ecuaciones aparentemente no relacionadas (SUR, por sus siglas en ingles), aplicando el índice de precios Stone. De acuerdo con los resultados de las elasticidades precio propias Marshallianas y Hicksianas, 11 de 12 productos resultaron con elasticidad menores a uno, o sea inelásticos. En el caso de las elasticidades precio cruzadas, las combinaciones que resultan como sustitutos son: bistec de bovino con cortes especiales de bovino, porcino (bistec, pulpa y molida) y pollo entero, la otra combinación es cortes especiales con porcino. La tortilla, se visualiza como complementaria con todos los cortes y con el huevo, las elasticidades gasto indican que los cárnicos y el huevo se establecen como bienes normales necesarios. El modelo AIDS es utilizado para pronosticar cambios en la demanda, por lo que, ante un aumento del 10 % en los precios de los productos en estudio, se pronostica una disminución de las cantidades demandadas de bistec (7.4 %)...