Página 1 dos resultados de 333 itens digitais encontrados em 0.011 segundos

‣ Avaliação do consumo de desflurano nos doentes com monitorização da profundidade anestésica através do índice biespectral: estudo comparativo com a monitorização baseada em parâmetros clínicos

Serra, Sofia Gabriela Afonso Reis
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
38.394827%
Objectivo: Avaliar o consumo de desflurano nos doentes em que a monitorização da profundidade anestésica foi guiada por BIS (índice biespectral) comparativamente aos doentes em que a monitorização da profundidade anestésica foi apenas baseada nos parâmetros clínicos. Respectivas implicações económicas. Doentes: 60 doentes do Instituto Português de Oncologia de Francisco Gentil do Porto-E.P.E. estado físico ASA (American Association of Anesthesiology) I, II e III, submetidos a cirurgia abdominal por laparotomia, programada e com duração superior a uma hora. Foram excluídos os seguintes grupos populacionais: idade inferior a 18 anos, mulheres grávidas, doentes sob terapêutica crónica com opioídes, doença coronária arterial, doença do sistema nervoso central ou cerebrovascular, toxicodependência, medicação com neurolépticos, história de hipertermia maligna ou hipersensibilidade aos halogenados. Método: Os doentes foram randomizados em dois grupos, pela técnica do envelope fechado, antes da indução anestésica. Grupo I – 30 doentes, monitorização da profundidade anestésica guiada pelo BIS; Grupo II – 30 doentes, monitorização da profundidade anestésica guiada por parâmetros clínicos (pressão arterial...

‣ Alterações de proteinograma em canídeos com leishmaniose antes e após tratamento

Monteiro, Patrícia Marques
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
38.56239%
A quantificação da titulação de anticorpos para a monitorização da resposta à terapêutica em pacientes com Leishmaniose canina é controversa. Alguns estudos afirmam que a mesma não diminui nos primeiros meses após o tratamento, enquanto outros, mais recentes, afirmam que há uma diminuição lenta e progressiva durante a terapêutica. O proteinograma poderá ser utilizado em alternativa como meio de diagnóstico auxiliar mas também como monitorização terapêutica. O presente estudo foi realizado numa amostra de 14 indivíduos da espécie Canis familiaris (n=14) com Leishmaniose. O estudo teve como objetivo principal avaliar as alterações presentes no proteinograma e perceber a sua evolução em 3 momentos de estudo diferentes: diagnóstico (M0); 30 dias após início de terapêutica (M1) e 120 dias após início da terapêutica (M2). Para além do proteinograma, a titulação de anticorpos foi também avaliada em 2 momentos diferentes, M0 e M2. A maioria dos pacientes apresentou alterações ao nível das frações proteicas no momento do diagnóstico: hiperglobulinémia γ e β associada a uma hiperproteinémia, hipoalbuminémia e inversão da relação albumina/globulina (A/G). Observou-se ainda: uma diminuição estatisticamente significativa das frações α-2...

‣ Avaliação da biodisponibilidade de uma nova formulação de micofenolato mofetil e de um método para sua monitorização terapêutica; Assessment of the bioavailability of a new micophenolate mofetil formulation and a method for therapeutic monitoring

Romano, Paschoalina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/03/2007 Português
Relevância na Pesquisa
47.889224%
O Micofenolato Mofetil (MMF) é amplamente utilizado em transplantes de órgãos sólidos e tem como seu metabólito ativo o ácido micofenólico (MPA). A alta variabilidade intra e interindividual dos níveis plasmáticos de MPA em pacientes transplantados renais que recebem a mesma dose de MMF, a combinação com diferentes imunossupressores que afetam seu metabolismo e a oscilação destes níveis com o tempo decorrido após o transplante justificam a sua monitorização. Pequenas mudanças na dose de MMF podem comprometer a eficácia terapêutica. O objetivo deste trabalho foi avaliar a farmacocinética de duas formulações de MMF. Estudouse um ensaio para a dosagem de ácido micofenólico (MPA) plasmático (EMIT® 2000, Dade Behring) e a seguir, a biodisponibilidade da nova formulação de MMF disponibilizada por Strides Arcolab (MMF-SA), comparativamente ao CellCept® em pacientes transplantados renais estáveis. A metodologia de imunoensaio enzimático (EMIT) apresenta resultados relativamente mais elevados em relação à cromatografia líquida de alta resolução, devido à reação cruzada do metabólito acil glucoronídeo de MPA (AcMPAG) com o anticorpo presente no reagente. O método é capaz de detectar não só o MPA...

‣ Avaliação técnica SPME/LC na análise de antidepressivos em amostra de plasma para fins de monitorização terapêutica; Evaluation of SPME/LC technique in the antidepressants analysis in plasma sample for ends of therapeutic monitoring

Silva, Bruno José Gonçalves da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/04/2007 Português
Relevância na Pesquisa
68.337563%
As recentes técnicas miniaturizadas de preparo de amostra, microextração em fase sólida (SPME) e in tube SPME, apresentam uma série de vantagens em relação aos métodos clássicos de extração (extração líquido-líquido e extração em fase sólida), tais como: não requer instrumentação analítica sofisticada, utilização de pequenas quantidades de solventes orgânicos, rápido processo operacional, permite automação das análises, a reutilização das fases extratoras, e integra em um único sistema a extração, concentração e introdução da amostra no cromatográfico. Esta dissertação tem como objetivo a padronização, validação e comparação dos métodos SPME/LC-UV com dessorção off line e in tube SPME/LC-UV, para a análise dos antidepressivos da nova geração (mirtazapina, citalopram, paroxetina, duloxetina, fluoxetina e sertralina) em amostras de plasma para fins de monitorização terapêutica. As variáveis: fase extratora, pH da matriz, tempo e temperatura de extração e de dessorção e força iônica apresentaram grande influência na eficiência do processo SPME. O método SPME/LC-UV padronizado, apresentou limite de quantificação (LQ) de 25 a 50 ng mL-1, ampla faixa de linearidade (LQ ? 500 ng mL-1...

‣ Desenvolvimento de metodologia para monitorização terapêutica da azatioprina por cromatografia líquida de alta eficiência-UV (HPLC-UV) em transplantados renais; Development of a methodology for therapeutic drug monitoring of azathioprine by high performance liquid chromatography-UV (HPLC-UV) in renal transplant recipients

Pacheco Neto, Maurilio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/06/2010 Português
Relevância na Pesquisa
47.71177%
A azatioprina (AZA) é um imunossupressor utilizado no tratamento de doenças autoimunes como lúpus eritematoso sistêmico, doença de Crohn, doença inflamatória intestinal e contra a rejeição em transplantes de órgãos sólidos. Após mais de 40 anos de uso a AZA continua exercendo um papel central nos regimes imunomoduladores, devido ao fato de combinar eficácia, segurança e baixo custo. Sabe-se que a atividade da tiopurina metiltransferase pode determinar, pelo menos em parte, a eficácia clínica da AZA. Esta enzima apresenta polimorfismo genético co-dominante e a distribuição dos alelos variantes é significativamente diferente entre as populações. A grande variabilidade farmacocinética no metabolismo AZA justifica a sua monitorização terapêutica. Neste trabalho otimizou-se uma metodologia para a quantificação dos metabólitos da AZA, 6-TGN e 6-MMP, por cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC/UV-Vis), utilizando-se um detector de ultravioleta-visível em um único comprimento de onda, após a amostra passar por uma desproteinização ácida simples e ser aquecida para a conversão dos metabólitos em suas respectivas bases livres. Os valores destes metabólitos foram determinados em uma população de 124 pacientes transplantados renais. Para adequarmos o processo às legislações locais e internacionais...

‣ Monitorização terapêutica da olanzapina em pacientes esquizofrênicos; Therapeutic monitoring of olanzapina in schizophrenic patients

Fonseca, Marina Salviato Balbão Santiago
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/08/2009 Português
Relevância na Pesquisa
68.099165%
A olanzapina é um fármaco antipsicótico atípico utilizado no tratamento da esquizofrenia. Como efeitos adversos relacionados ao seu uso encontram-se obesidade, hiperlipidemia, diabetes mellitus tipo 2 e hipertensão, podendo acarretar no desenvolvimento de síndrome metabólica. O presente trabalho tem por objetivo realizar a monitorização terapêutica em pacientes na terapia com olanzapina, estabelecendo uma possível correlação entre a dose-concentração plasmática e a potenciação do risco a reações adversas, constituindo suporte clínico na eficácia do tratamento. A análise dos parâmetros antropométricos (peso, índice de massa corpóreo, circunferência do braço, circunferência do abdome, circunferência do quadril, prega cutânea triciptal, prega cutânea biciptal, prega cutânea subescapular, prega cutânea suprailíaca, resistência, porcentagem de massa gorda e taxa metabólica basal), parâmetros hemodinâmicos (pressão arterial sistólica, pressão arterial diastólica e freqüência cardíaca) e parâmetros bioquímicos (aspartato aminotranferase, alanina aminotransferase, gama glutamiltransferase, creatinina, ácido úrico, amilase, insulina, bilirrubinas, glicemia, cálcio, sódio e potássio), perfil lipídico (colesterol total...

‣ Avaliação das técnicas de microextração e eletroforese capilar em meio não aquoso (NACE) para determinação de antidepressivos em amostras de plasma para fins de monitorização terapêutica; Evaluation of microextractions techniques and nonaqueous capillary electrophoresis (NACE) for the determination of antidepressants in plasma samples for therapeutic drug monitoring

Catai, Ana Paula Formenton
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/03/2012 Português
Relevância na Pesquisa
48.49906%
A monitorização terapêutica tem sido descrita como um recurso clínico valioso, na individualização do regime de dosagem, de acordo com a concentração do fármaco em amostras de plasma ou soro. O objetivo da monitorização terapêutica é assegurar a eficácia clínica e minimizar os efeitos adversos dos fármacos prescritos na clínica. A química analítica moderna tem sido direcionada para a simplificação dos métodos através da miniaturização dos sistemas analíticos, minimização do consumo de solvente orgânico e do volume da amostra. Neste contexto, metodologias analíticas utilizando as técnicas de microextração, extração sortiva em barra de agitação (SBSE) e microextração em sorvente empacotado (MEPS), juntamente com a eletroforese capilar em solução não-aquosa (NACE) foram desenvolvidas para fins monitorização terapêutica de antidepressivos inibidores seletivos da recaptação de serotonina (ISRSs: fluoxetina, sertralina, paroxetina e citalopram) em amostras de plasma de pacientes em terapia com ISRSs. Inicialmente foram padronizadas as condições eletroforéticas com detecção espectrofotométrica (UV) para análise simultânea dos ISRSs em amostras de plasma. Dentre as condições avaliadas (diferentes soluções de eletrólitos em meio aquoso e não aquoso...

‣ Epilepsia Refratária e Lamotrigina: Monitorização terapêutica e resposta clínica em pacientes ambulatoriais; Refractory Epilepsy and Lamotrigine: Therapeutic Drug Monitoring and Clinical results in outpatients

Baldoni, André de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/09/2013 Português
Relevância na Pesquisa
68.337563%
Introdução: O tratamento farmacológico é primeira opção para o tratamento da epilepsia, e cerca de 40% dos pacientes não respondem à monoterapia e, sendo necessário o uso de dois ou mais fármacos antiepilépticos (FAE) para o melhor controle das crises epilépticas. Nesta situação clínica a lamotrigina (LTG) é o FAE de segunda geração com maior prevalência de uso, em associação com os demais FAE. Objetivo: Analisar o perfil sociodemográfico, farmacoepidemiológico, clínico e laboratorial dos pacientes com epilepsia refratária em uso de LTG, bem como verificar a racionalidade da monitorização terapêutica da LTG. Casuística e Método: Este estudo de caráter observacional e transversal foi realizado com 75 pacientes com epilepsia refratária em uso de LTG atendidos no Ambulatório de Epilepsia de Difícil Controle (AEDC) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCFMRP-USP), no período de maio/2011 a abril/2012. As variáveis clínicas analisadas foram a qualidade de vida (Quality of Life in Epilepsy - Qolie-31), o perfil de eventos adversos (AEP - Adverse Events Profile) e a adesão ao tratamento medicamentoso (Morisky- Green). Os dados sociodemográficos e farmacoterapêuticos foram coletados através dos prontuários médicos. Além disso...

‣ Monitorização terapêutica da agomelatina, sertralina e venlafaxina; Therapeutic monitoring of agomelatine, sertraline and venlafaxine

Moura, Bruna Cordeiro Santos de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
68.425083%
Atualmente, a quantidade de pacientes que são diagnosticados com alguma forma de depressão, entre elas, o transtorno depressivo maior, aumenta consideravelmente, quer seja em razão de diagnósticos mais precisos ou pela própria epidemiologia da doença. Acresça-se o fato de que muitos pacientes, apesar da quantidade de tipos de antidepressivos atualmente disponíveis para a terapêutica, são refratários ao tratamento prescrito, em razão dos efeitos adversos apresentados ou ainda em razão de simplesmente não se observar melhora com a prescrição. Em razão disso, novos tratamentos farmacológicos são disponibilizados. Para auxiliar na máxima eficácia em sua utilização, esse trabalho propôs o desenvolvimento de metodologia analítica para a determinação simultânea de antidepressivos tricíclicos e não tricíclicos, a saber: moclobemida, venlafaxina, citalopram, agomelatina, duloxetina, amitriptilina e sertralina em plasma humano por cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC), para posteriormente ser aplicada na monitorização de pacientes depressivos. O método consistiu na extração líquido-líquido com recuperação entre 73% a 86%, exceto para a moclobemida (55%). A separação foi obtida usando uma coluna em fase reversa LiChrospher® 60 RP-select B em LichroCART 250mm x 4mm...

‣ Monitorização terapêutica do topiramato em pacientes com epilepsia refratária; Therapeutic Drug Monitoring of topiramate in patients with refractory epilepsy

Marques, Fabiana Angelo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/04/2015 Português
Relevância na Pesquisa
68.099165%
A estratégia mais amplamente utilizada no tratamento da epilepsia é a farmacoterapia. Entretanto cerca de 30% dos pacientes mesmo utilizando o fármaco adequado para o seu diagnóstico não respondem ao tratamento proposto, sendo então diagnosticados com epilepsia refratária. Entre as drogas antiepilépticas (DAE) utilizadas no tratamento da epilepsia refratária encontra-se o topiramato (TPM). O objetivo do presente estudo foi avaliar a concentração plasmática (Cp) do TPM verificando a influência da dose prescrita (mg/Kg/dia), sexo, idade e o uso de outras DAE sobre a mesma, correlacionando-a com a frequência de crises epilépticas, reações adversas, qualidade de vida e adesão a farmacoterapia. Este estudo observacional transversal foi realizado com 37 pacientes com epilepsia refratária em uso de TPM atendidos no Ambulatório de Epilepsia de Difícil Controle do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. As variáveis de interesse foram qualidade de vida (Quality of Life in Epilepsy - QOLIE-31), reações adversas ao medicamento (RAM) (Liverpool Adverse Event Profile - LAEP), adesão a farmacoterapia (Modified Morisky Scale - MMS), tipo de crise epiléptica, tipo de epilepsia...

‣ Eficácia da monitorização residencial da pressão arterial no controle da hipertensão : um ensaio clínico randomizado com monitorização ambulatorial da pressão arterial

Silva, André Luis Ferreira da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
38.24943%
Título: Eficácia da monitorização residencial da pressão arterial no controle da hipertensão: um ensaio clínico randomizado com monitorização ambulatorial da pressão arterial Introdução: A hipertensão arterial é o principal fator de risco para doenças cardiovasculares e sua prevalência é elevada tanto nos países desenvolvidos quanto naqueles em desenvolvimento. Apesar da existência de opções terapêuticas farmacológicas e não farmacológicas eficazes, as taxas de controle da hipertensão arterial ainda são insatisfatórias em todo o mundo. A má-adesão à prescrição terapêutica é um fenômeno complexo e pouco compreendido que contribui para as baixas taxas de controle da hipertensão. Diferentes estratégias foram testadas em ensaios clínicos com o objetivo de melhorar a adesão terapêutica, com resultados variados. No entanto, o panorama geral da adesão à medicação anti-hipertensiva não mudou significativamente. A monitorização residencial da pressão arterial (MRPA) com dispositivos oscilométricos automáticos tem sido proposta como um instrumento capaz de melhorar a adesão e influenciar no controle da hipertensão, mas seu real efeito ainda é debatido. Objetivo: avaliar a eficácia da MRPA no controle terapêutico (aferido por MAPA de 24h) de pacientes hipertensos não controlados...

‣ O doente sob terapêutica anticoagulante oral e a intervenção farmacêutica

Oliveira, Cláudia Sofia Godinho André da Graça
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
38.407778%
Tese de mestrado, Farmácia (Cuidados Farmacêuticos), Universidade de Lisboa, Faculdade de Farmácia, 2012; Os antagonistas da vitamina K são anticoagulantes orais com efectividade comprovada na prevenção e tratamento de episódios tromboembólicos, que constituem a terceira causa de morte por doença cardiovascular. Devido à variabilidade da dose-resposta, a terapêutica com estes fármacos requer monitorização da razão normalizada internacional (INR), educação contínua do doente e boa comunicação entre doentes e profissionais de saúde. Realizaram-se três estudos epidemiológicos visando o conhecimento da evolução do consumo dos anticoagulantes orais em Portugal, a caracterização do perfil do doente sob terapêutica anticoagulante oral e sua correlação com o controlo do INR, bem como a caracterização da intervenção farmacêutica nas farmácias comunitárias portuguesas neste âmbito. A recolha de dados foi efectuada a partir de uma base de dados do Infarmed (estudo 1), por aplicação de questionários a 241 doentes sob terapêutica anticoagulante oral (estudo 2) e a 126 farmacêuticos comunitários (estudo 3). Foi realizada uma análise descritiva para todas as variáveis e a associação estatística entre estas e o controlo do INR foi avaliada através do teste de x2. No estudo 1 verificou-se um crescimento de 66% do consumo dos anticoagulantes orais em Portugal entre 2000 e 2007...

‣ Artrite reumatoide: impacto da terapêutica com agentes biológicos nos parâmetros clínicos e laboratoriais

Monteiro, Ana Alexandre Chegão Pissarra
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
48.19783%
A Artrite Reumatoide (AR) é uma doença autoimune, inflamatória crónica sistémica, de etiologia desconhecida e está associada à incapacidade progressiva, complicações sistémicas, morte prematura e elevados custos socioeconómicos. O tratamento farmacológico da AR pode ser realizado em monoterapia ou em combinação e inclui o uso de anti-inflamatórios não-esteroides, glucocorticoides e fármacos antirreumáticos modificadores da evolução da doença. Nas últimas décadas surgiram os fármacos biológicos e estes vieram revolucionar o tratamento das doenças autoimunes, nomeadamente a AR. Este projeto de investigação é num estudo retrospetivo desde o ano de 2008, até ao presente ano e a amostra inicial todos os doentes com AR, seguidos nas Consultas de Doenças Autoimunes da Unidade Local de Saúde da Guarda. Assim, o presente trabalho teve como objetivo analisar o impacto da terapêutica com agentes biológicos no Disease Activity Score (DAS28) e em diferentes parâmetros laboratoriais em doentes com AR. Procedeu-se a uma análise dos perfis de evolução da doença e das correlações entre o DAS28 e diferentes parâmetros laboratoriais. Os parâmetros laboratoriais foram analisados no Laboratório de Análises Clínicas do Serviço de Patologia Clínica da Unidade Local de Saúde da Guarda de acordo com as normas e critérios definidos para a avaliação de cada parâmetro. Concluiu-se que a terapêutica convencional e a terapêutica biológica apresentam uma eficácia semelhante...

‣ Métodos de avaliação da adesão à terapêutica medicamentosa : experiência profissionalizante na vertente de farmácia comunitária, hospitalar e investigação

Carvalho, Eva Liberal Ferreira
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /01/2015 Português
Relevância na Pesquisa
38.471523%
O presente trabalho divide-se em três capítulos e tem como base as três vertentes inseridas no meu Estágio Curricular, presente no plano de estudos do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas: Investigação, Farmácia Comunitária e Farmácia Hospitalar. O primeiro capítulo diz respeito ao trabalho de investigação que desenvolvi relativamente aos métodos tecnológicos inovadores para a monitorização da adesão à terapêutica medicamentosa. Nos tempos que correm, verificamos que uma percentagem significativa da população mundial tem necessidade de tomar medicação e de controlar e/ou tratar, tanto as patologias agudas como as crónicas. A avaliação da adesão à terapêutica medicamentosa e o conhecimento dos diversos fatores que a influenciam são determinantes para o desenvolvimento de estratégias, por parte dos diversos profissionais de saúde, tendo em vista aumentar essa mesma adesão, fundamental para o controlo eficaz e eficiente das doenças crónicas e para a prevenção de muitas das complicações graves que lhes estão associadas. Existem sistemas eletrónicos, como o Medication Event Monitoring System (MEMS), o Short Message Service (SMS) e, mais recentemente, uma tecnologia à base de circuitos integrados (CIs) digeríveis que se revelaram promissores na avaliação da adesão à terapêutica medicamentosa. Estes sistemas/tecnologias permitiram ultrapassar muitas das desvantagens associadas aos métodos de avaliação da adesão à terapêutica correntemente utilizados. Foi efetuada uma revisão da literatura envolvendo todos os artigos que mencionam as tecnologias anteriormente mencionadas...

‣ Acurácia, utilidade e complicações da monitorização subcutânea contínua da glicose (CGMS) em pacientes pediátricos com diabetes tipo 1

Maia,Frederico F. R.; Araújo,Levimar R.
Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria Publicador: Sociedade Brasileira de Pediatria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2005 Português
Relevância na Pesquisa
38.379773%
OBJETIVO: Avaliar a acurácia, utilidade e complicações da monitorização subcutânea contínua da glicemia em crianças e adolescentes com diabetes melito tipo 1 (DM1). MÉTODOS: Foram estudados retrospectivamente 16 pacientes (16,12±4,41 anos), submetidos à monitorização subcutânea contínua da glicemia (Medtronic; Northridge, CA, EUA) por 72 horas. Foram analisados os valores de glicemia capilar média e pelo sensor monitorização subcutânea contínua da glicemia; excursões glicêmicas (monitorização subcutânea contínua da glicemia versus. glicemia capilar); hiperglicemia pós-prandial (< 140 mg/dl); hipoglicemia noturna assintomática; complicações (trauma, infecção local, desconexão) e conduta terapêutica após a monitorização subcutânea contínua da glicemia. Os níveis de A1c foram determinados antes e 3 meses após a monitorização subcutânea contínua da glicemia. RESULTADOS: A glicemia capilar média durante a monitorização subcutânea contínua da glicemia foi de 214,3±66,5 mg/dl vs. 207,6±54,6 detectada pelo sensor, com correlação significante (p = 0,001). O coeficiente de correlação e erro médio absoluto foram de 0,86±0,21 e mediana de 12,6%, respectivamente. A monitorização subcutânea contínua da glicemia mostrou-se mais eficaz na detecção de excursões glicêmicas (p = 0...

‣ Ciclosporina A e tacrolimus: uma revisão

Garcia,Solange Cristina; Lopes,Luciana dos Santos; Schott,Karen Lilian; Beck,Sandra Trevisan; Pomblum,Valdeci Juarez
Fonte: Sociedade Brasileira de Patologia Clínica; Sociedade Brasileira de Patologia; Sociedade Brasileira de Citopatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Patologia Clínica; Sociedade Brasileira de Patologia; Sociedade Brasileira de Citopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2004 Português
Relevância na Pesquisa
48.099165%
INTRODUÇÃO: Monitorização terapêutica de imunossupressores ciclosporina A (CsA) e tacrolimus (FK506) é indispensável para manter níveis estáveis das drogas, evitando para o transplantado a perda do enxerto, no caso de baixas doses, ou a toxicidade, em altas doses, permitindo ajustes individuais. HISTÓRICO: Na década de 80, foi introduzida a utilização dos potentes imunossupressores CsA e FK506, revolucionando o transplante de órgãos com a diminuição da rejeição. MECANISMO DE AÇÃO: A CsA e o FK506 são inibidores da transcrição do primeiro sinal para ativação dos linfócitos T, apresentando estruturas químicas diferentes, mas mecanismos semelhantes. TOXICIDADE: Os principais efeitos relacionados à dose da CsA e do FK506 são a nefro e a neurotoxicidade. Estudos apontam o FK506 como droga alternativa à utilização da CsA porque aquele demonstrou menor nefrotoxicidade e uma reversibilidade dos efeitos neurotóxicos diante da redução da dose. METODOLOGIA ANALÍTICA: Na monitorização de rotina para a CsA, os imunoensaios, radioimunoensaio (RIA) e imunoensaio monoclonal com fluorescência polarizada (FPIAm) ocuparam o lugar da cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE), detecção ultravioleta (UV). O método de referência para o FK506 é a CLAE com detecção por espectrometria de massa (LC/MS). Porém...

‣ Motorização terapêutica do metotrexato sob altas doses, em pacientes portadores de leucemia linfoblástica aguda; Therapeutical drug monitoring of methotrexate under high dosages in pacients with acute lymphoblastic leukemia

LELES, Raphael Nunes
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciências Farmacêuticas; Ciências da Saúde - Farmácia Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciências Farmacêuticas; Ciências da Saúde - Farmácia
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
47.488423%
Methotrexate (MTX) is a drug with high toxicity, used in high doses for the treatment of neoplasic diseases. Therapeutic concentrations preserve the effectiveness, but higher values increases the toxicity risks. The aim of this article was to develop and validate an analytical method on HPLC-PDA to measure methotrexate plasma levels on children affected by LLA. The analytical method was performed with a mobile phase composed by acetic acid 0,1%:methanol:acetonitrile in concentration gradients during the analysis. The validation parameters were: specificity, relative recovery, lowest (LLQ) and higher limits of quantification, precision (Intra-assay standard deviation), accuracy, log time stability, calibration curve and co-validation. Biological samples were collected from 7 patients hospitalized on Araújo Jorge Hospital totaling 42 blood samples used to estimate the pharmacokinetic parameters. As results we obtained a method with a flow-rate of 1.5 mL/min, the methotrexate and teophyllin detection were observed in 304 and 271 nm respectively, in 13 minutes of carryover. The relative recovery was about 71%, LLQ about 0,1 μg/Ml. Intra-assay standard deviation was 11% for LLQ and no more than 14,88% for other concentrations; the accuracy was 97...

‣ Monitorização das concentrações plasmáticas de Efavirenz: critérios de aplicabilidade à prática clínica e efeitos do fármaco a longo termo

Pereira, Sofia de Azeredo
Fonte: Faculdade de Ciências Médicas. Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Médicas. Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
38.87373%
Resumo O objectivo geral deste trabalho foi contribuir para optimizar a terapêutica anti-retroviral e o seu impacto na qualidade de vida do indivíduo infectado pelo vírus da imunodeficiência humana. Pretendia-se definir se o análogo não-nucleósido inibidor da transcriptase reversa do vírus da imunodeficiência humana, efavirenz, cumpria os requisitos para ser monitorizado na prática clínica, estabelecer as condições para a sua eventual monitorização e, simultaneamente, investigar outras acções farmacodinâmicas do efavirenz em terapêuticas prolongadas. Os critérios que fundamentam a indicação da monitorização das concentrações plasmáticas de fármacos, em geral, incluem: correlação entre a concentração do fármaco e a eficácia/toxicidade; variabilidade inter-individual elevada; variabilidade intra-individual e janela terapêutica reduzidas e ainda a elevada probabilidade de interacções medicamentosas. A correlação entre concentração plasmática de efavirenz e eficácia/toxicidade era conhecida e o facto de o efavirenz ser substrato, indutor e inibidor do sistema enzimático citocromo P450 e ser utilizado em terapêuticas crónicas e nunca em monoterapia, constituíam fortes argumentos para a aplicação da monitorização terapêutica ao efavirenz. O presente trabalho contribuiu para o conhecimento de outros critérios...

‣ Métodos de avaliação da adesão à terapêutica medicamentosa : experiência profissionalizante na vertente de farmácia comunitária, hospitalar e investigação

Carvalho, Eva Liberal Ferreira
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /01/2015 Português
Relevância na Pesquisa
38.471523%
O presente trabalho divide-se em três capítulos e tem como base as três vertentes inseridas no meu Estágio Curricular, presente no plano de estudos do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas: Investigação, Farmácia Comunitária e Farmácia Hospitalar. O primeiro capítulo diz respeito ao trabalho de investigação que desenvolvi relativamente aos métodos tecnológicos inovadores para a monitorização da adesão à terapêutica medicamentosa. Nos tempos que correm, verificamos que uma percentagem significativa da população mundial tem necessidade de tomar medicação e de controlar e/ou tratar, tanto as patologias agudas como as crónicas. A avaliação da adesão à terapêutica medicamentosa e o conhecimento dos diversos fatores que a influenciam são determinantes para o desenvolvimento de estratégias, por parte dos diversos profissionais de saúde, tendo em vista aumentar essa mesma adesão, fundamental para o controlo eficaz e eficiente das doenças crónicas e para a prevenção de muitas das complicações graves que lhes estão associadas. Existem sistemas eletrónicos, como o Medication Event Monitoring System (MEMS), o Short Message Service (SMS) e, mais recentemente, uma tecnologia à base de circuitos integrados (CIs) digeríveis que se revelaram promissores na avaliação da adesão à terapêutica medicamentosa. Estes sistemas/tecnologias permitiram ultrapassar muitas das desvantagens associadas aos métodos de avaliação da adesão à terapêutica correntemente utilizados. Foi efetuada uma revisão da literatura envolvendo todos os artigos que mencionam as tecnologias anteriormente mencionadas...

‣ Artrite reumatoide: impacto da terapêutica com agentes biológicos nos parâmetros clínicos e laboratoriais

Monteiro, Ana Alexandre Chegão Pissarra
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
48.19783%
A Artrite Reumatoide (AR) é uma doença autoimune, inflamatória crónica sistémica, de etiologia desconhecida e está associada à incapacidade progressiva, complicações sistémicas, morte prematura e elevados custos socioeconómicos. O tratamento farmacológico da AR pode ser realizado em monoterapia ou em combinação e inclui o uso de anti-inflamatórios não-esteroides, glucocorticoides e fármacos antirreumáticos modificadores da evolução da doença. Nas últimas décadas surgiram os fármacos biológicos e estes vieram revolucionar o tratamento das doenças autoimunes, nomeadamente a AR. Este projeto de investigação é num estudo retrospetivo desde o ano de 2008, até ao presente ano e a amostra inicial todos os doentes com AR, seguidos nas Consultas de Doenças Autoimunes da Unidade Local de Saúde da Guarda. Assim, o presente trabalho teve como objetivo analisar o impacto da terapêutica com agentes biológicos no Disease Activity Score (DAS28) e em diferentes parâmetros laboratoriais em doentes com AR. Procedeu-se a uma análise dos perfis de evolução da doença e das correlações entre o DAS28 e diferentes parâmetros laboratoriais. Os parâmetros laboratoriais foram analisados no Laboratório de Análises Clínicas do Serviço de Patologia Clínica da Unidade Local de Saúde da Guarda de acordo com as normas e critérios definidos para a avaliação de cada parâmetro. Concluiu-se que a terapêutica convencional e a terapêutica biológica apresentam uma eficácia semelhante...