Página 1 dos resultados de 950 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

‣ Antropofagia ou Multiculturalismo? Oswald de Andrade na 24ª Bienal de São Paulo; Antropophagy or Multiculturalism? Oswald de Andrade at 24ª Biennial of São Paulo

Queiroz, Helena Pereira de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/03/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.29508%
Esta dissertação examina os conceitos que embasaram o projeto curatorial da 24ª Bienal de São Paulo, a última Bienal do século XX, realizada em 1998. Busca-se tirar o foco da análise unicamente da Antropofagia e do canibalismo para inserir a mostra no contexto do multiculturalismo. Parte-se do pressuposto de que o fenômeno do multiculturalismo, presente nas discussões políticas decorrentes das mudanças advindas da globalização e da consequente desterritorialização da arte no mundo contemporâneo, tornou anacrônica a tentativa de construção de identidades nacionais fixas, tema central do modernismo brasileiro. Nesse contexto, a 24ª Bienal teria se firmado internacionalmente não por estar centrada em um tema periférico da cultura brasileira, como pretendo comprovar, mas sim por inscrever-se no debate do multiculturalismo em tempos de globalização pós-colonial.; This dissertation (Antropophagy or Multiculturalism? Oswald de Andrade at 24th Biennial of São Paulo) examines the concepts behind the curatorial project of the 24th Biennial of Sao Paulo, the last Biennial of the twentieth century, held in 1998. The research aims to include the multiculturalism context in the discussion, taking of the focus of analysis based just on Antropophagy and cannibalism. It starts from the assumption that the phenomenon of multiculturalism...

‣ Estudos culturais e multiculturalismo : uma perspectiva das relações entre campos de estudos em Stuart Hall

Zorzi, José Augusto
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.429426%
O presente trabalho discute as relações teóricas existentes entre o conceito/campo de estudos do “multiculturalismo” e os “estudos culturais”. O “multiculturalismo” é um tema central nas discussões tanto no âmbito acadêmico quanto na esfera política dos Estados na contemporaneidade. O objetivo geral é estabelecer como as noções teóricas e metodológicas dos “estudos culturais” britânicos interferiram na concepção do conceito de “multiculturalismo”, bem como na sua constituição como um campo de estudos. Especificamente, a apresentação desta relação entre os “estudos culturais”, um campo interdisciplinar que se formou na década de 1960 na Inglaterra, e o “multiculturalismo”, será realizada a partir de alguns textos produzidos por Richard Hoggart, Raymond Williams e Edward Thompson, associados, direta ou indiretamente, ao Centre for Contemporary Cultural Studies – CCCS da Universidade de Birmingham, lócus dos “estudos culturais”, e de trabalhos sobre o “multiculturalismo” publicados por Stuart Hall, também ligado ao CCCS.; The present work discusses the theoretical relations between the concept/field of studies of “multiculturalism” and the “cultural studies”. “Multiculturalism” is a central point in the discussions in the academic as well as political arena of States in contemporary world. The general objective is to establish how theoretical and methodological notions of British “cultural studies” interfered in the construction of the concept of “multiculturalism”...

‣ Multiculturalismo em ciência da informação: percepções e ações dos profissionais da informação em bibliotecas escolares

Mattos, Miriam de Cássia do Carmo Mascarenhas
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 144 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
37.189153%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciência da Informação - FFC; This study has as objective to investigate the library worker’s perception and actions about the changes happened on the educational context in the last decades, in reference to the inclusion laws, the multiculturalism themes, and about his routine professional action. The research universe was composed by school library workers who act on municipal public schools in Florianópolis. Through questionnaires and interviews with these workers and another people who have influence on their academic formation, a research was realized and it was qualitatively analyzed. The data founded showed that is necessary a new public politic, more expansive about the combat against the prejudice and about the promotion of human dignity, with a larger politic of continuous education professional’s formation socializing the library workers. A bibliography revision was done too, and it brought up themes as school library, mediation of information, multiculturalism and social paradigm in information science, witch has subsidize this work’s interpretation; Este estudo teve como objetivo investigar a percepção e ações dos bibliotecários quanto às mudanças ocorridas no contexto educacional nas últimas décadas...

‣ Reflexões acerca do multiculturalismo e dos direitos humanos

Vieira, Márcia Guedes; Pinto, Simone Rodrigues
Fonte: Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas (CEPPAC) Publicador: Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas (CEPPAC)
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.371582%
Este artigo pretende, a partir da crítica ao multiculturalismo, apresentar as propostas de Boaventura de Sousa Santos acerca de um multiculturalismo emancipatório. A crítica ao multiculturalismo surge principalmente de autores como Alain Touraine e Anibal Quijano, que chamam a atenção para algumas nuances de caráter eurocêntrico e discriminatório do conceito. Da mesma forma, percebemos que o conceito de multiculturalismo muitas vezes corrobora uma visão ocidentalizada dos direitos humanos, cujo conjunto de leis e tratados protetivos surgem a partir de uma tradição liberal do indivíduo e sua relação com a sociedade, que alijam outras concepções baseadas em tradições periféricas. É obvio que a diversidade cultural, econômica e política da comunidade internacional leva a dificuldades em encontrar um verdadeiro consenso global quanto ao significado dos direitos humanos.

‣ Interpretações do mundo e multiculturalismo: incomensurabilidade e diálogo entre culturas

André, João Maria
Fonte: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti Publicador: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.540981%
Neste artigo procurar-se-á, em primeiro lugar, esboçar o quadro em que se pode colocar a questão do multiculturalismo a partir de três fenómenos que o contextualizam na actualidade: a erosão do Estado-Nação, a Globalização e a Sociedade-Rede. Num segundo momento serão analisadas as dificuldades inerentes à caracterização do multiculturalismo e, num terceiro momento, procurar-se-á tematizar, em sede epistemológica, a questão do multiculturalismo, num debate sobre incomensurabilidade versus possibilidade de diálogo entre as diversas interpretações de mundo próprias de diferentes visões culturais. Finalmente, partindo da constatação do carácter redutor da epistemologização exagerada da problemática do multiculturalismo, inflectir-se-á o seu equacionamento para outras vertentes, como a vertente da identidade cruzada com a vertente da afectividade, aprofundando o conceito de mestiçagem, como sinónimo de identidade múltipla e compósita e como exercício de um diálogo intercultural que poderá encontrar na actividade artística um modelo fecundo de concretização.; This article seeks, at first, to outline the framework in which one can rethink the issue of multiculturalism according to three phenomena that contextualize it today: the erosion of the nation state...

‣ Museus, educação e multiculturalismo: um estudo de caso

Domingues, Susana Isabel Antunes
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.371582%
Mestrado em Museologia; A presente dissertação pretende contribuir para a análise das temáticas relacionadas com os museus, educação e multiculturalismo. A partir de duas iniciativas promovidas pela Fundação Calouste Gulbenkian: a exposição Looking Both Ways. Das Esquinas do Olhar. Arte da Diáspora Africana Contemporânea, em 2005 e Fórum Cultural O Estado do Mundo - Plataforma 2, em 2006/2007. No que toca à última iniciativa focamo-nos no programa Transfert e no programa Jardim do Mundo. Partindo da análise deste caso prático, foi nosso objectivo compreender de que forma os museus abordam a questão do multiculturalismo. A exposição Looking Both Ways. Das Esquinas do Olhar. Arte da Diáspora Africana Contemporânea focou trabalhos de artistas africanos onde se evidenciavam as influências pessoais de cada um. O projecto ARTAFRICA desempenhou aqui um papel fundamental. O Fórum Cultural O Estado do Mundo - Plataforma 2 promoveu por um lado a fruição de objectos de arte noutros espaços que não os museus – Tranfert; por outro, desenvolveu uma iniciativa integrando elementos de grupos minoritários – Jardim do Mundo. Adicionalmente, foi nosso objectivo reflectir sobre a pertinência de um projecto educativo neste género de iniciativas centrando-nos na figura central do educador enquanto mediador. Analisamos também os termos multiculturalismo e interculturalismo dentro do contexto museológico. Por fim...

‣ Uma avaliação sobre a relação multiculturalismo e educação

Werneck,Vera Rudge
Fonte: Fundação CESGRANRIO Publicador: Fundação CESGRANRIO
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.29508%
O artigo tem como objetivo a avaliação da relação entre multiculturalismo e educação. Inicia com considerações gerais sobre o tema, passando, em seguida, para a análise das noções de identidade e de cultura, categorias indispensáveis para a compreensão da noção de multiculturalismo. Conceitua então a educação como o processo que leva o educando a reconhecer, apreender e hierarquizar os valores de modo próprio e adequado para que possa situar-se no mundo como pessoa e como personalidade. Entendendo a avaliação como a análise do valor de algo com relação a um determinado referencial, vai fundamentar-se do ponto de vista filosófico na Teoria dos Valores de Max Scheler (1955) e de Yvan Gobry (1975). Do ângulo sociológico baseia-se em Tomás Tadeu da Silva (1994, 2005). Conclui levantando as exigências da educação com relação ao multiculturalismo e mostrando a necessidade do estabelecimento de referenciais para que se possa realizar o procedimento da avaliação dessa relação.

‣ Multiculturalismo e educação: do protesto de rua a propostas e políticas

Gonçalves,Luiz Alberto Oliveira; Silva,Petronilha Beatriz Gonçalves e
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2003 Português
Relevância na Pesquisa
37.371582%
No presente artigo retomam-se alguns elementos analisados em estudo anterior de nossa autoria, intitulado "O jogo das diferenças: o multiculturalismo e seus contextos". Considerando as profundas modificações no contexto do debate brasileiro sobre o tema, abordam-se aqui novas questões que, no nosso entender, têm ficado na superfície das discussões no campo da educação, na medida em que elas tendem a focalizar o multiculturalismo como se fosse unicamente um movimento escolar ou educacional. Pretende-se salientar que, antes de serem introduzidas no campo educacional, expressões do multiculturalismo se fazem presentes nas artes, nos movimentos sociais, em políticas. Aponta-se como o multiculturalismo implica o reconhecimento da diferença, o direito à diferença, colocando em questão o tipo de tratamento que as identidades tiveram e vêm tendo nas democracias tradicionais. Finalmente, o artigo pretende também chamar a atenção para o peso do contexto de cada sociedade multicultural na definição de propostas e políticas, em educação. No plano internacional, nem sempre a reação contra o etnocentrismo seguiu na direção da multiculturalidade; encontramos tanto propostas nesse sentido como alternativas etnicamente centradas. Conclui-se que uma educação multicultural exigirá um grande trabalho de desconstrução de categorias...

‣ Multiculturalismo

Silva, Guilherme Corrêa da
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Monografia Graduação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.29508%
O presente trabalho versa sobre o multiculturalismo,sua história,filosofia e política,com o objetivo de demonstrar a necessidade do aprofundamento de seu estudo na doutrina jurídica. O multiculturalismo se baseia na questão de diferença, da tolerância e da discriminação positiva,numa relação de conhecimento de identidades por parte do Estado com grupos sociais de origens diferentes como etnia,cultura ,religião,política e ideologia,entre outros,ainda respeitando e incluindo o individuo,política esta que se insurge através da mudança paradigmática sobre os princípios constitucionais da igualdade e da dignidade. Através dos estudos culturais e ontológicos é que irá se descobrir a identidade de cada grupo e é nesta relação que se interpõe a interdisciplinaridade do tema quanto ao seu conteúdo e seus objetivos. No mesmo diapasão,Direito e Literatura adentra como opção de estudo por parte do investidor do multiculturalismo ,pela essência livre e questionadora da literatura narrativa ,pela sua liberdade em questionar ,criticar e criar,campos inalcançáveis para o Direito ,e pro estas razões,se qualifica como fruto cultural da uma dada sociedade,passível de investigação multicultural ,tendo como exemplo a análise do livre "Admirável Mundo Novo".

‣ Multiculturalismo y consenso: una aproximación desde el liberalismo político de John Rawls

Camargo Díaz, Antonio Miguel
Fonte: Facultad de Ciencia Política y Gobierno Publicador: Facultad de Ciencia Política y Gobierno
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterThesis; info:eu-repo/semantics/acceptedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 26/09/2013 Português
Relevância na Pesquisa
37.29508%
La presente tesis gravita en torno a la siguiente pregunta: ¿cómo puede ser el liberalismo político una alternativa frente a los desafíos del multiculturalismo? La respuesta se presenta a partir de tres capítulos: en el primero se especifica la estructura y contenido del liberalismo político; en el segundo se caracterizan los desafíos del multiculturalismo en Francia, a partir del asunto del velo islámico y las consideraciones de los actores involucrados; en el tercero se analizan los argumentos y opiniones sobre el asunto del velo en Francia, con base en las categorías específicas del liberalismo político, especialmente el consenso traslapado. Se concluye que las posibilidades de consenso dependen del apego que tengan los ciudadanos hacia ciertos valores propios de una concepción política de la justicia, de la capacidad para apartarse de su forma particular de ver el mundo (doctrina comprensiva) en las discusiones públicas, así como de la voluntad que tengan los individuos para ser razonables y respetar las directivas de indagación en las discusiones políticas.; This thesis revolves around the following question: how can be the political liberalism an alternative to the challenges of multiculturalism? The answer comes from three chapters: the first...

‣ Multiculturalismo y capitalismo. Una lectura desde la sospecha; Multiculturalismo y capitalismo. Una lectura desde la sospecha

Gómez Martínez, Diego León
Fonte: Pontificia Universidad Javeriana Cali Publicador: Pontificia Universidad Javeriana Cali
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artículo Formato: application/pdf; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.371582%
This article discusses multiculturalism from a critical hermeneutical perspective. This paper, which is descriptive and reflective, approaches multiculturalism and pluralism conceptually. It supports the idea that multiculturalism is a strategic liberal doctrine that is used to help collective identities enter the market, strengthen the capitalist project, and ensure its hegemonic victory in consumer society and the modern state.; El presente artículo aborda el multiculturalismo desde una perspectiva crítico-hermenéutica. Siendo descriptivo y reflexivo, este trabajo hace algunas aproximaciones conceptuales relacionadas con el multiculturalismo y el pluralismo, llegando a sostener la idea según la cual el multiculturalismo es una doctrina liberal estratégica para ingresar a los colectivos identitarios al mercado, para fortalecer el proyecto capitalista y para asegurar su triunfo hegemónico en la sociedad de consumo y en el Estado moderno.

‣ El multiculturalismo, ¿una nueva ideología?

Velasco Arroyo, Juan Carlos
Fonte: Akal Publicador: Akal
Tipo: Capítulo de libro Formato: 1379470 bytes; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.29508%
Desde la perspectiva de la filosofía política, se aborda la cuestión de la delimitación conceptual del multiculturalismo con el objeto de aportar cierta claridad a un término cargado de enorme ambigüedad (I); a continuación se presentan algunos de los retos que en el orden político y jurídico el multiculturalismo plantea al triunfante liberalismo de nuestros días (II); y, en último lugar, se ofrece una visión crítica de las limitaciones políticas del discurso multiculturalista (III). En definitiva, se defiende que el «multiculturalismo» no constituye una ideología políticamente articulada, sino un repertorio discursivo empleado por movimientos políticos variopintos cuyo denominador común se cifra en atribuir a unos rasgos colectivamente compartidos el origen de unas condiciones estructurales de desventaja social.; Peer reviewed

‣ Multiculturalismo e educação: do protesto de rua a propostas e políticas; Multiculturalism and education: from street protest to proposals and policies

Gonçalves, Luiz Alberto Oliveira; Silva, Petronilha Beatriz Gonçalves e
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2003 Português
Relevância na Pesquisa
37.371582%
No presente artigo retomam-se alguns elementos analisados em estudo anterior de nossa autoria, intitulado "O jogo das diferenças: o multiculturalismo e seus contextos". Considerando as profundas modificações no contexto do debate brasileiro sobre o tema, abordam-se aqui novas questões que, no nosso entender, têm ficado na superfície das discussões no campo da educação, na medida em que elas tendem a focalizar o multiculturalismo como se fosse unicamente um movimento escolar ou educacional. Pretende-se salientar que, antes de serem introduzidas no campo educacional, expressões do multiculturalismo se fazem presentes nas artes, nos movimentos sociais, em políticas. Aponta-se como o multiculturalismo implica o reconhecimento da diferença, o direito à diferença, colocando em questão o tipo de tratamento que as identidades tiveram e vêm tendo nas democracias tradicionais. Finalmente, o artigo pretende também chamar a atenção para o peso do contexto de cada sociedade multicultural na definição de propostas e políticas, em educação. No plano internacional, nem sempre a reação contra o etnocentrismo seguiu na direção da multiculturalidade; encontramos tanto propostas nesse sentido como alternativas etnicamente centradas. Conclui-se que uma educação multicultural exigirá um grande trabalho de desconstrução de categorias...

‣ Multiculturalismo y comunicación: disertaciones teóricas y propuestas; Multiculturalismo y comunicación: disertaciones teóricas y propuestas; Multiculturalismo y comunicación: disertaciones teóricas y propuestas

Martínez Lozano, Consuelo Patricia; Dominguez, Daniel Solís
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigos; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
37.51109%
El objetivo del presente trabajo es reflexionar sobre las articulaciones entre el campo de la comunicación y los contextos multiculturales. Estas relaciones representan un espacio de análisis que debe abordarse, porque de alguna manera en esas inter-conexiones se definen formas de socialización relevantes, como la construcción de la identidad tanto individual como colectiva. Las articulaciones entre la multiculturalidad y la comunicación implican procesos en donde el poder es un eje transversal y forma parte de la estructura de dicha relación. El texto es una propuesta para una agenda de investigación sobre el análisis de la comunicación con perspectiva multicultural. Entre las muchas manifestaciones de la multiculturalidad, desarrollamos cuatro aspectos: género, religión, diferencias generacionales y etnicidad. En el texto hay una posición teórica respecto al multiculturalismo, este se entiende desde un enfoque crítico, reflexivo y se orienta hacia acciones que permitan elaborar cambios en las relaciones de dominación/subordinación de acuerdo a situaciones, agentes, relaciones y contextos específicos, construidos históricamente.DOI.: 10.5841/extraprensa.v2i13.717; The objective of this text is to reflect on the links between the communication environment and the multicultural contexts. These relations represent an analysis field that must be approached...

‣ A cultura caipira: reflexões sobre multiculturalismo, educação e diversidade; A cultura caipira: reflexões sobre multiculturalismo, educação e diversidade; A cultura caipira: reflexões sobre multiculturalismo, educação e diversidade

Prados, Rosália Maria Netto; Geraldes, Mary Angela
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigos; Pesquisa bibliográfica; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.371582%
As demandas da Educação, diante das marcantes transformações contemporâneas, a diversidade e o multiculturalismo, exigem a busca de novas perspectivas de análise para a discussão sobre os desafios da convivência no atual contexto sociocultural. Neste estudo, foram considerados não só conceitos de pluralismo e de hibridismo cultural, mas também sobre identidade cultural e processos de identificação, para fundamentar a discussão sobre os valores subjacentes ao discurso manifestado em letras de músicas de raiz, em que se reconstrói a imagem do homem do campo. A metodologia é a da análise semiótica discursiva, da desconstrução dos processos de sentido, para a reconstrução de sistemas de valores implícitos que integram o imaginário coletivo da comunidade paulista, subjacentes ao discurso do caipira. A partir desta análise, evidenciam-se os desafios da Educação como processo de formação para o diálogo intercultural.  DOI: 10.5841/extraprensa.v1i10.343; Las demandas de la educación, habida cuenta de las transformaciones contemporáneas en huelga, la diversidad y el multiculturalismo, requieren la búsqueda de nuevas perspectivas de análisis para el debate sobre los desafíos de vivir en el contexto sociocultural de hoy. En este estudio...

‣ Multiculturalismo folclórico e/ou multiculturalismo crítico: o que pratica a escola?

Márcia Ângela Patrícia; Fundação Universidade Federal de Rondônia; Nair F. Gurgel do Amaral
Fonte: Revista de Estudos de Literatura, Cultura e Alteridade - Igarapé Publicador: Revista de Estudos de Literatura, Cultura e Alteridade - Igarapé
Tipo: Artigo Avaliado por Pares; Formato: application/pdf
Publicado em 04/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.540981%
O presente artigo é fruto de uma pesquisa realizada em uma escola da rede municipal de ensino de Ariquemes, Rondônia, com o objetivo de averiguar que tipo de multiculturalismo pratica a escola a partir da percepção dos professores e da coordenação pedagógica. Buscou-se compreender como os professores lidam com a questão da diversidade e a diferença na sala de aula, tendo como norte os pressupostos teóricos do multiculturalismo apontados por Moreira e Candau (2003, 2007), Pereira (2004), Santomé (1995), Mclaren (2007), sendo este último precursor dos estudos sobre o multiculturalismo crítico, o que possibilitou averiguar o processo e os fenômenos encontrados na relação aluno-aluno, professor-aluno e aluno e funcionários dessa escola. Os resultados revelam mais distanciamentos do que aproximações ao multiculturalismo crítico, preponderando o multiculturalismo folclórico no sentido político, filosófico e pedagógico.

‣ Actitudes hacia el multiculturalismo, valores e inteligencia emocional en población militar en misiones de paz

Sosa,Fernanda Mariel; Mele,Silvia; Zubieta,Elena
Fonte: Anuario de investigaciones Publicador: Anuario de investigaciones
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.29508%
Los contingentes cada vez más extensos de personas que migran de un contexto cultural a otro por razones económicas, políticas, culturales o sociales ponen en el centro del análisis al multiculturalismo y a las competencias a él asociadas. Desde la preocupación por las nuevas exigencias que los contextos y las experiencias multiculturales demandan a los individuos, es relevante profundizar el estudio de los valores y las habilidades sociales que ayudan a reducir el estrés de aculturación como es el caso de la inteligencia emocional. El estudio tiene el objetivo de indagar la relación entre las actitudes hacia el multiculturalismo, los valores y la inteligencia emocional sobre la base de una muestra intencional de 104 sujetos de formación militar que partirían a realizar misiones de paz. Se pudo verificar el predominio de valores de Autotrascendencia así como su asociación con niveles adecuados de inteligencia emocional y actitudes favorables hacia el multiculturalismo.

‣ LIBERALISMO, MULTICULTURALISMO Y ESTADO DE BIENESTAR

SELAMÉ G,NICOLE; VILLAVICENCIO M,LUIS
Fonte: Ideas y Valores Publicador: Ideas y Valores
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.29508%
Se examina si las políticas de la diferencia son compatibles con las políticas de redistribución que caracterizan el Estado de Bienestar. Se muestra cómo Brian Barry construye una versión caricaturizada del multiculturalismo, y se indaga si la dicotomía entre liberalismo y multiculturalismo admite alguna conciliación. Para terminar, se revisa la pertinencia y potencia de la tesis que postula la compatibilidad entre multiculturalismo y el Estado de Bienestar.

‣ El paradigma del multiculturalismo frente a la crisis de la educación intercultural

Arriarán Cuéllar,Samuel; Hernández Alvídrez,Elizabeth
Fonte: Escuela Nacional de Antropología e Historia Publicador: Escuela Nacional de Antropología e Historia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.29508%
En este artículo se analizan las diferencias y semejanzas entre la interculturalidad y el multiculturalismo. Con este fin se discuten cuatro teorías: 1) la concepción identificada con una rama de los estudios culturales, cuyos exponentes son Stuart Hall y otros; 2) el enfoque identificado con el "poscolonialismo", con autores como Homi K. Bhabha; 3) la teoría liberal con teóricos como Joseph Raz, Ernesto Garzón Valdés, Will Kymlicka y Jacob T. Levy; y 4) la teoría comunitarista de Charles Taylor. Además de recientes enfoques filosóficos del multiculturalismo surgidos en México que obligan a mantener distancia con los enfoques eurocentristas. Finalmente, los autores señalan que, contrariamente a lo que se postula, estamos ante una transición del paradigma de la interculturalidad al multiculturalismo. Esto se debe a lo sucedido en los últimos años en países como Irak, Bosnia, Kosovo, Afganistán, etcétera. Estos acontecimientos obligan a replantear a nivel general la problemática del conflicto intercultural. Y a nivel particular la problemática educativa como fracaso de la educación intercultural. Dicho fracaso se debe entre otras cosas a la falta de una verdadera discusión y diálogo intercultural que ponga en duda las matanzas...

‣ Multiculturalismo, interculturalismo y autonomía

Cruz Rodríguez,Edwin
Fonte: Centro de Investigación en Alimentación y Desarrollo, A. C. Publicador: Centro de Investigación en Alimentación y Desarrollo, A. C.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.29508%
Este artículo examina dos enfoques teóricos sobre la autonomía: el multiculturalismo liberal y el interculturalismo latinoamericano. El argumento principal es que el enfoque intercultural es idóneo para fundamentar la autonomía que el multiculturalismo porque tiene un mayor alcance metodológico y sus horizontes normativos son más amplios. En primer lugar, se examinan las críticas del interculturalismo al multiculturalismo liberal de Kymlicka. Seguidamente, se estudian sus concepciones de la autonomía.