Página 1 dos resultados de 652 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

‣ Tratamento térmico mínimo do suco de laranja natural: estudo da viabilidade de armazenamento em latas de alumínio. ; Fresh single-strength orange juice minimal heat treatment: storage viability in aluminium cans

Shigeoka, Denise Sayuri
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/06/1999 Português
Relevância na Pesquisa
68.93698%
No presente projeto, foi estudada a viabilidade do uso da lata de alumínio como embalagem para suco de laranja natural submetido a tratamento térmico mínimo, através de ensaios de vida de prateleira durante um período de 57 dias, com armazenamento em geladeira. O suco foi processado em trocador de calor tipo placas às temperaturas nominais de pasteurização de 80ºC e 85ºC e embalado à temperatura ambiente sob atmosfera de nitrogênio em latas de alumínio revestidas com verniz protetor. As análises foram efetuadas na freqüência de 14 dias (1º, 15º, 29º, 43º e 57º dia após o processamento). As respostas analisadas foram pH, ºBrix, acidez titulável, “ratio”(ºBrix/acidez titulável), sólidos totais, sólidos insolúveis e detecção de íons alumínio e análises microbiológicas (contagem total de bactérias mesofílicas e contagem de leveduras e bolores). As análises de variância dos resultados indicaram que as condições de processo reais estudadas (82,5ºC - 35 s; 82,5ºC - 45 s; 87,5ºC - 35 s e 87,5ºC - 45 s) não influenciaram as características físico-químicas do suco (pH, ºBrix, acidez titulável, “ratio”). Durante o período de armazenamento testado (57 dias), foi verificado que não houve aumento do conteúdo de íons alumínio no suco de laranja e os valores encontrados foram abaixo do limite tolerado de ingestão semanal de alumínio (Provisional Tolerable Weekly Intake – PTWI) estabelecido pela FAO/WHO. Sob o aspecto microbiológico (contagem total de bactérias mesofílicas e contagem de leveduras e bolores)...

‣ Tratamento térmico mínimo do suco de laranja natural: cinética da inativação da pectinesterase. ; Single-strength orange juice minimal heat treatment: Pectin-methilesterase inactivation kinetics.

Badolato, Gabriela Gastaldo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/04/2000 Português
Relevância na Pesquisa
69.164297%
A pasteurização do suco de laranja está associada a degradação da pectina solúvel. Neste trabalho, suco de laranja natural foi pasteurizado em um trocador de calor de placas utilizando três diferentes temperaturas: 82,5, 85,0 e 87,0 °C e tempos de retenção variando de 11 a 59 s, com o intuito de se obter um produto "minimamente processado". Suco de laranja em garrafa de polietileno foi comparado ao suco em lata de alumínio armazenados durante o período de 21 dias, sob temperatura de refrigeração. Foram realizadas análises de ° Brix, acidez, pH, sólidos insolúveis, sólidos totais, teor de polpa, atividade da pectinesterase, microbiologia e sensorial. O principal objetivo deste trabalho foi estudar a cinética da enzima pectinesterase e correlacionar estes resultados com atributos de qualidade do suco de laranja processado. As propriedades físico-químicas do suco de laranja processado apresentaram diferenças significativas devido as variações da matéria-prima durante o período de estudo, de junho de 1999 a fevereiro de 2000. A condição de pasteurização obtida mais apropriada foi a de 87°C e tempo de retenção variando de acordo com o pH do suco; pH 4,0 requereu um tempo de retenção maior do que pH 3...

‣ Estudo da cinética de inativação térmica da pectinesterase em suco de laranja natural minimamente processado. ; Inactivation kinetics of pectin methylesterase in minimally processed orange juice.

Tribess, Tatiana Beatrís
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/06/2003 Português
Relevância na Pesquisa
69.112256%
A pasteurização mínima do suco de laranja consiste na utilização de temperatura e tempo mínimos de forma a garantir uma inativação parcial da pectinesterase. Desta forma obtém-se um produto com vida de prateleira superior ao suco d’e laranja fresco e qualidades sensoriais preservadas. O suco de laranja pasteurizado sob tratamento térmico mínimo é uma alternativa de produto para o mercado interno, contribuindo para um melhor aproveitamento da fruta em épocas de safra. O objetivo deste trabalho foi estudar a cinética de inativação térmica da pectinesterase no suco de laranja por meio de processamentos isotérmicos contínuos em três temperaturas de processamento (82,5; 85,0 e 87,5 ºC), seis valores de pH controlados (3,6; 3,7; 3,8; 3,9; 4,0 e 4,1) e no mínimo seis tempos de retenção para cada condição de valores de pH/temperatura de processamento. Os resultados foram ajustados a um modelo matemático da cinética de inativação da PE. Também foram analisadas as características físico-químicas do suco fresco e após o processamento e foi realizada uma estimativa da vida de prateleira a partir da análise sensorial do suco. Os parâmetros físico-químicos do suco de laranja foram influenciados pelo pH do suco...

‣ Efeitos das radiações gama e ultra-sônica em suco de laranja contaminado por Alicyclobacillus acidoterrestris; Effects of the gamma and ultrasound radiation in orange juice contaminated by Alicyclobacillus acidoterrestris

Pires, Cristiane Cassiolato
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/2006 Português
Relevância na Pesquisa
69.01793%
O suco de laranja possui características que dificultariam ou mesmo impediriam o crescimento de microrganismos, mesmo assim já foram isolados fungos filamentosos, leveduras, bem como bactérias lácticas e termorresistentes. Dentre as bactérias termorresistentes e deteriorantes está a Alicyclobacillus acidoterrestris que tem causado prejuízos no setor de suco de laranja concentrado e congelado. Esta bactéria está apta a crescer em temperaturas abaixo de 35°C, constituindo um risco aos sucos de laranja que estejam contaminados. Mesmo os que já passaram por tratamento térmico, se forem estocados em local sem refrigeração, podem sofrer deterioração. Como os métodos tradicionais de descontaminação e conservação não têm se mostrado eficientes na inviabilização dessa bactéria, outras formas de esterilização tornam-se necessárias, dentre elas destacam-se as radiações gama e ultra-sônica. A radiação gama é capaz de esterilizar alimentos e reduzir as cargas microbiológicas, permitindo assim ampliar o período de armazenamento. A aplicação de ultra-som tem sido utilizada atualmente com o objetivo de controle microbiológico, sendo essa técnica eficiente por causar a destruição das células microbianas. Sendo o Brasil o maior produtor e exportador de suco de laranja concentrado congelado...

‣ Suco de laranja tem efeito sinérgico à estatina e ao genfibrozila no tratamento da aterosclerose; Orange juice has a synergic effect to statin and gemfibrozil in the treat-ment of atherosclerosis

Raposo Filho, José Joaquim Fernandes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/08/2010 Português
Relevância na Pesquisa
68.944434%
FUNDAMENTO: O suco de laranja (Citrus sinensis) é rico em vitami-na C, folatos e seu principal flavonóide, a hesperidina, cuja conformação es-pacial é semelhante à genisteína de soja que tem ação favorável sobre o aparelho cardiovascular. A vitamina C é conhecida como potente inibidor da peroxidação lipídica. Mas sua capacidade por possuir efeitos terapêuticos no tratamento da aterosclerose é pouco estudada. OBJETIVO: O presente tra-balho visa a determinar se o suco de laranja pode ter efeito aditivo no trata-mento com estatinas e fibratos, reduzindo placas ateroscleróticas e a quanti-dade de LDL Oxidado (LDL ox). MÉTODOS: Análise do efeito do suco nas dimensões de cortes histológicos e na quantidade de anticorpos anti LDL oxidado (antiLDLox) em lesões ateroscleróticas na aorta de coelhos. RE-SULTADOS: O suco de laranja potencializou a redução de área de placas ateroscleróticas e a quantidade de LDL(ox) em relação às reduções obtidas com rosuvastatina e gemfibrozil. CONCLUSÕES: O suco de laranja tem efei-to sinérgico ao tratamento convencional da aterosclerose de coelhos; Statins and fibrates have been used as anti-atherosclerotic drugs. However, a high number of treated patients still present acute events and death by atherosclerotic complications. Flavonoid ingestion has been associ-ated with lower risk of death...

‣ Orange juice improved lipid profile and blood lactate of overweight middle-aged women subjected to aerobic training

Aptekmann, Nancy Preising; Cesar, Thais Borges
Fonte: Elsevier B.V. Publicador: Elsevier B.V.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 343-347
Português
Relevância na Pesquisa
68.89593%
Objective This study investigated how consumption of orange juice associated with aerobic training affected serum lipids and physical characteristics of overweight middle-aged womenMethods The experimental group consisted of 13 women who consumed 500 mL/d of orange juice and did 1 h aerobic training 3 times a week for 3 months The control group consisted of another 13 women who did the same aerobic training program but did not consume orange juiceResults At the end of the experiment the control group lost an average of 15% of fat mass (P < 0 05) and 25% of weight (P < 0 05) whereas the experimental group lost 11% of fat mass and 1 2% of weight (P < 0 05) Consumption of orange juice by the experimental group was associated with Increased dietary intake of vitamin C and folate by 126% and 61% respectively Serum LDL-C decreased 15% (P < 0 05) and HDL-C increased 18% (P < 0 05) in the experimental group but no significant change was observed in the control group Both groups improved the anaerobic threshold by 20% (P < 0 05) but blood lactate concentration decreased 27% in the experimental group compared to the 17% control group suggesting that experimental group has less muscle fatigue and better response to trainingConclusions The consumption of 500 mL/d of orange juice associated with aerobic training in overweight women decreased cardiovascular disease risk by reducing LDL-C levels and increasing HDL-C levels This association also decreased blood lactate concentration and increased anaerobic threshold showing some improvement in the physical performance (C) 2010 Elsevier B.V. All rights reserved

‣ Antioxidant Activity of Commercial Ready-to-Drink Orange Juice and Nectar

Stella, Suzana P.; Ferrarezi, Alessandra C.; dos Santos, Karina O.; Monteiro, Magali
Fonte: Wiley-Blackwell Publicador: Wiley-Blackwell
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: C392-C397
Português
Relevância na Pesquisa
68.85052%
Total antioxidant activity (TAA), total phenolic compounds (TPC), and physicochemical characteristics of ready-to-drink orange juice and nectar from the most consumed brands available in Brazil were evaluated. TPC ranged from 18.7 to 54.2 mg of gallic acid/100 mL, and TAA varied from 57.88 to 349.32 mu mol TEAC/100 mL ready-to-drink orange juice and nectar. The ascorbic acid content was the only physicochemical parameter that showed strong variation among packages and brands. Correlation of TPC with TAA showed that the higher the level of TPC the higher the TAA. Correlation of ascorbic acid content with TAA is higher for ready-to-drink orange juice than nectar. The same was found for the correlation of ascorbic acid content with TPC. The results confirm the contribution of the TPC to TAA.

‣ Long-term orange juice consumption is associated with low LDL-cholesterol and apolipoprotein B in normal and moderately hypercholesterolemic subjects

Aptekmann, Nancy P.; Cesar, Thais B.
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
69.20056%
Abstract. Background: This study investigated the hypothesis that long-term orange juice consumption (≥ 12 months) was associated with low risk factors for cardiovascular disease in adult men and women with normal and moderately high cholesterol blood levels. Methods. The sample consisted of 103 men (18-66 y) and 26 women (18-65 y); all were employees of an orange juice factory with daily access to free orange juice. The results showed that 41% of the individuals consumed 2 cups (480 mL) of orange juice per day for at least twelve months, while 59% of the volunteers are non-consumers of orange juice. Results: Orange juice consumers with normal serum lipid levels had significantly lower total cholesterol (-11%, p <0.001), LDL-cholesterol (-18%, p < 0.001), apolipoprotein B (apo B) (-12%, p < 0.01) and LDL/HDL ratio (-12%, p < 0.04) in comparison to non-consumers, as did the consumers with moderate hypercholesterolemia: lower total cholesterol (-5%, p <0.02), LDL-cholesterol (-12%, p <0.03), apolipoprotein B (-12%, p <0.01) and LDL/HDL ratio (-16%, p <0.05) in comparison the non-consumers counterparts. Serum levels of homocysteine, HDL- cholesterol and apolipoprotein A-1, body composition and the dietary intake of food energy and macronutrients did not differ among orange juice consumers and non-consumers...

‣ Optimisation of High Hydrostatic Pressure Processing of Pêra Rio Orange Juice

Bisconsin-Junior, Antonio; Rosenthal, Amauri; Monteiro, Magali
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1-8
Português
Relevância na Pesquisa
68.72631%
The influence of high hydrostatic pressure (HHP) on Pêra Rio orange juice was investigated using response surface methodology. A central composite design was used to evaluate the effects of three processing conditions (independent variables), namely pressure (100-600 MPa), temperature (30-60 °C) and time (30-360 s), on the native microflora and pectin methylesterase (PME) activity of orange juice. Analysis of variance showed that second-order polynomial models fitted well with the experimental data for PME residual activity (R2 = 0.9586, p < 0.001) and aerobic microorganism count (R2 = 0.9879, p < 0.001). The optimum HHP processing conditions to produce orange juice with PME residual activity of less than 20 % and low microorganism count (<2 log cycles CFU/mL) were 550 to 600 MPa, 55 to 60 °C and 330 to 360 s. © 2013 Springer Science+Business Media New York.

‣ Orange Juice and Hesperidin Promote Differential Innate Immune Response in Macrophages ex vivo

Zanotti Simoes Dourado, Grace Kelly; Abreu Ribeiro, Livia Carolina de; Carlos, Iracilda Zeppone; Cesar, Thais Borges
Fonte: Verlag Hans Huber Publicador: Verlag Hans Huber
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 162-167
Português
Relevância na Pesquisa
68.85052%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); The purpose of this study was to verify the immune response induced by intake of orange juice or hesperidin on macrophages through the secretion of cytokines and nitric oxide. Mice were divided in three groups treated orally with orange juice, hesperidin, or control for 2 weeks. Ex vivo macrophages from all groups of mice were cultured with or without lipopolysaccharide (LPS)-stimuli, and the levels of nitric oxide (NO) and of the cytokines IL-10, IL-12, and TNF-alpha were evaluated. Macrophages of non-LPS-stimulated, orange juice treatment increased IL-12 levels by 143 % and the other cytokines and NO levels were unchanged. Hesperidin treatment increased IL-12 levels by 72 % and strongly decreased the NO secretion. For LPS-stimulated macrophages the orange juice (OJ) treatment decreased TNF-alpha secretion by 100 % and did not alter other cytokines, while NO levels increased 41 %. Hesperidin treatment decreased NO, IL-10, IL-12, and TNF-alpha levels by 56 %, 47 %, 29 %, and 63 %, respectively. In conclusion, OJ and hesperidin showed different immune responses, suggesting that hesperidin displays a suppressive effect on inflammation generated by LPS, while OJ seems to enhance the functions of macrophages associated with antimicrobial activity.

‣ Efeito de diferentes aromas citricos sobre a qualidade e estabilidade sensoriais de suco de laranja pronto para beber.; Effect of different citrus aromas on sensory quality and stability of ready-to-drink orange juice.

Selma Bergara Almeida
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/01/2006 Português
Relevância na Pesquisa
69.311123%
Para a recuperação do aroma e sabor de fruta fresca ao suco industrializado, subprodutos do processamento do suco de laranja, como óleo essencial e essências aquosa e oleosa, são normalmente reincorporados ao produto processado. A adição de cada um desses subprodutos confere ao produto final qualidade e estabilidade sensoriais distintas. O presente trabalho teve por objetivo avaliar a qualidade e estabilidade sensoriais do suco de laranja reconstituído, produzido com laranjas de variedades brasileiras e aromatizado com quatro diferentes aromas naturais de laranja, quais sejam: I - óleo essencial; II - frações destiladas de essência oleosa (oil phase); III - aroma formulado contendo frações destiladas de óleo essencial e de essência oleosa; e, IV - aroma formulado contendo frações destiladas de óleo essencial, frações destiladas de essência oleosa e de essência aquosa (water phase). Assim, esta pesquisa consistiu em quatro etapas, a saber: avaliação do impacto dos quatro aromas naturais sobre a aceitação e perfil sensorial do suco de laranja pronto para beber em condições pré-processamento térmico; avaliação da estabilidade sensorial dos aromas naturais ao processamento térmico do suco; avaliação do impacto dos aromas naturais sobre a estabilidade sensorial do suco pronto para beber durante o armazenamento da bebida e...

‣ Avaliação da influencia do grau de maturação do fruto citrico na composição quimica e sensorial de refrigerantes, refrescos, e energeticos a base de suco de laranja.; Evaluation of the influence of the degree of maturation of the citric fruit in the chemical and sensorial composition of cooling, refreshments, and energy to the orange juice base.

Mario Benassi Junior
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/02/2005 Português
Relevância na Pesquisa
69.27835%
Foram formuladas três tipos de bebidas cítricas: Refrigerante, Refresco e Energético, e avaliada a influência do nível de maturação do suco na qualidade final dessas formulações. O Refrigerante foi formulado com 10 % de suco, em 5 diferentes níveis de maturação, com relação Brix/Acidez ("Ratio") de: 8, 10, 12, 14 e 17. Os Refrescos foram formulados com 30 % de suco, oriundo de níveis de ?Ratio? 10 e 17, e com três diferentes níveis de acidez (ácido cítrico): 0,75%, 0.55%, 0,35%, gerando bebidas com níveis finais de "Ratio" de 14, 19 e 30, totalizando seis tratamentos. Os Energéticos foram formulados com 2 % de suco, em níveis de ?Ratio? de 10 e 17, e três níveis de estabilizante (goma xanthana) 0,04%, 0,05% e 0,06%, totalizando seis tratamentos. Nessas bebidas, e no suco concentrado utilizado como matéria prima, foram realizadas as seguintes determinações físico-químicas: viscosidade, cor (Hunter -L, a, b), opacidade, ácido ascórbico, pH, pectina, prolina, atividade de pectinesterase, cinzas, e minerais (N, P, K, Ca, Mg, S, B, Cu, Fe, Mn, Zn, Na, Al), em triplicata, além disso as bebidas foram avaliadas através de análise sensorial, composta de um teste de aceitação, com escala não estruturada de 0 a 9 (desgostei muitíssimo...

‣ Influencia das diferentes temperaturas de estocagem na sobrevivencia de Alicyclobacillus acidoterrestris CRA 7152 em suco de laranja tratado por enchimento a quente.; Influence of different storage temperatures on Alicyclobacillus acidoterrestris CRA 7152 survival in hot-filled orange juice.

Ana Claudia Neves Franco Spinelli
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/07/2006 Português
Relevância na Pesquisa
68.982393%
Os tratamentos térmicos de enchimento a quente não são suficientes para eliminar Alicyclobacillus acidoterrestris no suco de laranja, devido a sua alta resistência térmica neste produto. O controle deste microrganismo apenas pode acontecer sob adequada estocagem do produto. Com o intuito de analisar as condições térmicas de estocagem na germinação do Alicyclobacillus acidoterrestris em suco de laranja enchido a quente foi desenvolvida uma metodologia abrangendo desde o processamento em unidade Microthermics UHT (Ultra High Temperature), passando pelo monitoramento de vida de prateleira, até o alcance da fase estacionária do microrganismo, através de contagem das formas vegetativas utilizando o meio YSG (Yeast Extract Soluble Starch Glucose). A vazão aplicada foi de 1,7 L/min., ao passo que diversos termosensores foram estrategicamente posicionados para acompanhamento termométrico de todo o procedimento. Os parâmetros de crescimento foram analisados por meio da utilização do software DMFit, que ajusta os modelos primários de Baranyi & Roberts e Gompertz modificado. O objetivo central desta pesquisa foi observar possíveis inibições do crescimento em função das condições impostas, permitindo esclarecer qual é a melhor condição de estocagem do suco de laranja enchido a quente para evitar a germinação...

‣ Estudo da especificidade da Tanase de Paecilomyces variotii e sua aplicação na biotransformação dos polifenóis do suco de laranja; Tannase specificity studies and its application in biotransformation of orange juice polyphenols

Lívia Rosas Ferreira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/08/2012 Português
Relevância na Pesquisa
69.077017%
A tanino acil hidrolase (EC 3.1.1.20), conhecida como tanase, é uma enzima com habilidade de atuar em ligações éster e depsídicas de taninos hidrolisáveis e também foi descrita como capaz de hidrolisar polifenóis como ácido clorogênico, epicatequina galato e epigalocatequina galato. Os polifenóis, ou compostos fenólicos, estão distribuídos em uma ampla variedade de fontes vegetais e estão relacionados à prevenção de câncer e doenças cardiovasculares. No entanto, os polifenóis ocorrem frequentemente como glicosídeos ou outros conjugados, o que pode comprometer a biodisponibilidade e os efeitos benéficos destes compostos à saúde, sendo necessária a biotransformação destes conjugados no trato gastrointestinal. Como alternativa tecnológica, a biotransformação enzimática dos polifenóis ou de suas fontes vegetais também pode liberar estes compostos de seus conjugados e consequentemente, melhorar a atividade funcional de tais antioxidantes. O objetivo do presente trabalho foi estudar a especificidade do extrato semipurificado de tanase de Paecilomyces variotii frente a diferentes padrões comerciais de polifenóis e avaliar sua atuação na matriz alimentar suco de laranja quanto a modificações em características físico-químicas...

‣ Viabilidade técnica e econômica do aproveitamento para consumo humano da água evaporada na industrialização de suco de laranja concentrado; Technical and economic viability of use for human consumption of the evaporated water in the concentrated orange juice industrialization

Alba Lucia Andrade Coelho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/06/2013 Português
Relevância na Pesquisa
69.069966%
Além do suco de laranja concentrado congelado, as indústrias do setor produzem vários subprodutos. A água evaporada é produzida na etapa de concentração do suco, sendo separada por condensação no próprio evaporador. Essa água evaporada é totalmente aproveitada pelas próprias indústrias em várias operações, porém de forma pouco nobre. Considerando que se trata de produto oriundo da própria fruta, o presente trabalho teve como proposta o seu aproveitamento para comercialização na forma de "água da fruta" envasada para consumo humano, avaliando ainda a viabilidade econômica dessa forma de aproveitamento. Também foi proposta uma tecnologia para tratamento dos efluentes líquidos das indústrias cítricas, permitindo sua recirculação. Para avaliar a viabilidade técnica e econômica do aproveitamento para consumo humano, de parte da água evaporada durante a produção de sucos cítricos concentrados, foram realizadas as etapas de caracterização da água evaporada de suco de laranja, identificando os parâmetros que necessitavam correção (cor e turbidez), adotando padrão brasileiro para água envasada para consumo humano como referência. Em seguida, foi identificada tecnologia para adequar os parâmetros de qualidade da água evaporada...

‣ Evaluation of different culture media and enrichment in orange juice upon the growth of Alicyclobacillus spp.

Anjos,Márcia Maria; Ruiz,Suelen Pereira; Abreu Filho,Benício Alves
Fonte: Instituto Biológico Publicador: Instituto Biológico
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
68.72631%
Bacteria of the genus Alicyiclobacillus spp. form spores and develop in acid media, leading to the spoilage of citrus juices. Brazil is the largest exporter of orange juice concentrate, and yet, it has been extensively studied due to changes in taste and smell. Several investigations have reported different culture media used to detect and enumerate Alicyiclobacillus spp. The objective of the present study was to evaluate the recovery of Alicyiclobacillus spp. spores grown in ALI, BAT, K agar and YSG media using the methodology suggested by ABECitrus. Five inocula were used, two from reference strains and three from pasteurized concentrated orange juice. Cell recovery after the enrichment in reconstituted orange juice was also analyzed. An initial population of 6 log CFU/mL was inoculated. ALI, BAT and YSG media were able to recover the initial population of all different inocula, with no significant differences between the results. When compared to BAT, however, the preparation of ALI and YSG media was simpler and had more advantages. The recovery with K agar medium was lower than the other media for all the tested inocula, with significant differences found for Alicyclobacillus acidocaldarius 0298T (3.66 log CFU/mL) and Alicyclobacillus pomorum-like CBMAI 0278 (4.11 log CFU/mL).

‣ Frozen concentrated orange juice processed by high pressure homogeneization technology = : Processamento de suco de laranja concentrado e congelado por tecnologia de homogeneização a alta pressão; Processamento de suco de laranja concentrado e congelado por tecnologia de homogeneização a alta pressão

Thiago Soares Leite
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2014 Português
Relevância na Pesquisa
68.838965%
O Brasil é o maior produtor mundial de laranja, sendo que a maior parte desta produção é destinada a fabricação do suco concentrado congelado (Frozen concentrated Orange Juice - FCOJ). Devido ao seu grande volume de exportação e sua alta consistência (viscosidade aparente), o conhecimento de suas propriedades reológicas se torna necessária para um melhor dimensionamento de equipamentos e processos. Na homogeneização a alta pressão (HAP), uma tecnologia de processamento não térmica, o produto é pressurizado e forçado a passar por um pequeno orifício aumentando drasticamente sua velocidade, fazendo a pressão diminuir para a atmosférica, causando forte cisalhamento e cavitação. Estes fenômenos causam alteração na estrutura de células e biopolímeros, impactando no tamanho das partículas e na maneira como se interagem, alterando assim, as características reológicas do produto. O presente trabalho se baseou na utilização desta tecnologia em FCOJ visando diminuição da sua consistência, e alteração de demais comportamentos reológicos, para gerar uma economia de energia em diversas operações unitárias como bombeamento, congelamento, transporte e estocagem. Reduções mesmo que pequenas na consistência possibilitam grande economia de energia devido aos grandes volumes de suco processado no Brasil. Este trabalho teve como objetivo avaliar a influência da alta pressão de homogeneização (HAP) no comportamento reológico em estado estacionário (independente e dependente do tempo). Foram avaliados também...

‣ Effect of Processing Techniques at Industrial Scale on Orange Juice Antioxidant and Beneficial Health Compounds

Gil-Izquierdo, Ángel; Gil Muñoz, M.ª Isabel; Ferreres, Federico
Fonte: American Chemical Society Publicador: American Chemical Society
Tipo: Artículo Formato: 259768 bytes; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
69.077017%
8 pages, 4 figures, 2 tables.; Phenolic compounds, vitamin C (l-ascorbic acid and l-dehydroascorbic acid), and antioxidant capacity were evaluated in orange juices manufactured by different techniques. Five processes at industrial scale (squeezing, mild pasteurization, standard pasteurization, concentration, and freezing) used in commercial orange juice manufacturing were studied. In addition, domestic squeezing (a hand processing technique) was compared with commercial squeezing (an industrial FMC single-strength extraction) to evaluate their influences on health components of orange juice. Whole orange juice was divided into soluble and cloud fractions after centrifugation. Total and individual phenolics were analyzed in both fractions by HPLC. Commercial squeezing extracted 22% more phenolics than hand squeezing. The freezing process caused a dramatic decrease in phenolics, whereas the concentration process caused a mild precipitation of these compounds to the juice cloud. In pulp, pasteurization led to degradation of several phenolic compounds, that is, caffeic acid derivatives, vicenin 2 (apigenin 6,8-di-C-glucoside), and narirutin (5,7,4‘-trihydroxyflavanone-7-rutinoside) with losses of 34.5, 30.7, and 28%, respectively. Regarding vitamin C...

‣ Influence of Industrial Processing on Orange Juice Flavanone Solubility and Transformation to Chalcones under Gastrointestinal Conditions

Gil-Izquierdo, Ángel; Gil Muñoz, M.ª Isabel; Tomás Barberán, Francisco; Ferreres, Federico
Fonte: American Chemical Society Publicador: American Chemical Society
Tipo: Artículo Formato: 259768 bytes; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
68.831772%
6 pages, 6 tables, 1 figure.; Orange juice manufactured at industrial scale was subjected to digestion under in vitro gastrointestinal conditions (pH, temperature, and enzyme and chemical conditions) to evaluate the influence of individual industrial processing treatments on flavanone solubility, stability, and ability to permeate through a membrane under simulated physiological conditions. Four industrial processes including squeezing, standard pasteurization, concentration, and freezing were evaluated. Hand squeezing was compared with industrial squeezing. After in vitro gastrointestinal digestion of the orange juices, the flavanones able to permeate through a dialysis membrane, and those remaining in the retentate were evaluated by HPLC as were those present in the insoluble fraction. In all of the assayed orange juices, a high content of precipitated chalcones (≈70% of the total flavanones) was formed under the physiological conditions of the gastrointestinal tract. Hand squeezing provided a higher concentration of flavanones in the permeated fraction and lower transformation to chalcones than industrial squeezing. Standard pasteurization did not influence the solubility and permeability of the orange juice flavanones and chalcones. Industrial concentration did not affect the amount of flavanones able to permeate but decreased the chalcones produced. Juices produced from frozen orange juice contained considerably smaller amounts of both soluble flavanones and insoluble chalcones.; The authors are grateful to the Fundación Seneca and Consejería de Agricultura...

‣ In Vitro Availability of Flavonoids and Other Phenolics in Orange Juice

Tomás Barberán, Francisco; Gil Muñoz, M.ª Isabel; Gil-Izquierdo, Ángel; Ferreres, Federico
Fonte: American Chemical Society Publicador: American Chemical Society
Tipo: Artículo Formato: 259768 bytes; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
69.048447%
7 pages, 1 figure, 5 tables.; Hand-squeezed navel orange juice contains 839 mg/L phenolics, including flavanones, flavones, and hydroxycinnamic acid derivatives. The flavanones are the main phenolics in the soluble fraction (648.6 mg/L) and are also present in the cloud fraction (104.8 mg/L). During refrigerated storage of fresh juice (4 °C), 50% of the soluble flavanones precipitate and integrate into the cloud fraction. Commercial orange juices contain only 81−200 mg/L soluble flavanones (15−33%) and the content in the cloud is higher (206−644 mg/L) (62−85%), showing that during industrial processing and storage the soluble flavanones precipitate and are included in the cloud. An in vitro simulation of orange juice digestion shows that a serving of fresh orange juice (240 mL) provides 9.7 mg of soluble hesperidin (4‘-methoxy-3‘,5,7-trihydroxyflavanone-7-rutinoside) and 4.7 mg of the C-glycosylflavone vicenin 2 (apigenin, 6,8-di-C-glucoside) for freshly squeezed orange juice, whereas pasteurized commercial juices provide 3.7 mg of soluble hesperidin and a higher amount of vicenin 2 (6.3 mg). This means that although orange juice is a very rich source of flavanones, only a limited quantity is soluble, and this might affect availability for absorption (11−36% of the soluble flavanones...