Página 1 dos resultados de 1664 itens digitais encontrados em 0.010 segundos

‣ Organizational learning of controllers and controlled agencies : innovations and challenges in promoting accountability in the recent brazilian democracy.

Olivieri, Cecilia; Teixeira, Marco Antonio Carvalho; Durand, Maria Rita Garcia Loureiro; Abrúcio, Fernando
Fonte: Irvine Publicador: Irvine
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
67.7061%
This paper analyzes a case of organizational learning in the Ministry of Social Development and Fight against Hunger. This organizational learning process was generated from demands that were external to the organization and it was pos-sible thanks to the way in which Ministry’s departments interacted with the governmental internal control agency (Of-fice of the Comptroller General), and thanks to the Ministry’s specific conditions, both organizational and contingent. This paper demonstrates that build ing dialogue in the pro cess of auditing an d inspection led to improvement in the co n-trol process and also in public policy management. Both the Office of the Comptroller General and the Ministry of So-cial Development underwent learning processes. Office’s analysts needed to learn the working and implementation logic of a new policy in social development area (the Unified Social Welfare System), and the Ministry employees needed to produce rules and administrative procedures to support the inspection, as well as review con cepts and proce-dures involved in Ministry’s relationship with municipalities.

‣ O aprendizado organizacional na internacionalização de empresas: casos na indústria calçadista brasileira; Organizational learning in the internationalization of the firm: cases of brazilian shoemakers

Versiani, Ângela França
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
67.835635%
O presente trabalho apresenta uma pesquisa que teve por objetivo compreender a trajetória de exportação de empresas brasileiras do setor calçadista, visando identificar como a permanência nas atividades internacionais relaciona-se ao aprendizado organizacional. Com base nesse objetivo, elaborou-se sua construção teórica, a qual estabelece o diálogo entre a literatura sobre aprendizagem organizacional e a de internacionalização de empresas. Ao relacionar esses dois referenciais, pretendeu-se preencher uma das lacunas verificadas na literatura, qual seja, apreciar a capacidade explicativa do aprendizado e do conhecimento no comportamento de internacionalização. Assim sendo, realizou-se uma pesquisa qualitativa, investigando pelo método do process-tracing, dez empresas do setor calçadista brasileiro. O foco de análise buscou identificar as causas responsáveis por manter as organizações exportando de forma contínua, e se essa continuidade ou o aprofundamento da experiência internacional relacionava-se a uma nova base de conhecimentos organizacionais incorporada pelas empresas. A análise dos dados revelou que a permanência e continuidade nas exportações decorrem de diferentes conjuntos de causas que exibem diferentes resultados. Isto significa que as causas são de natureza conjuntural e combinatória...

‣ A evolução das organizações de apoio às entidades sindicais brasileiras: um estudo sob a lente da aprendizagem organizacional; The evolution of the organizations that support Brazilian unions: a study under the organizational learning point of view

Amorim, Wilson Aparecido Costa de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/06/2007 Português
Relevância na Pesquisa
68.08084%
Este estudo objetivou principalmente analisar, sob a lente da aprendizagem organizacional, se as mudanças ocorridas nas relações do trabalho afetaram Organizações de Apoio às Entidades Sindicais. Sua atenção recaiu em especial nas negociações coletivas e atividades dos sindicatos nos anos 90. As finalidades específicas deste trabalho foram: identificar as competências organizacionais destas organizações antes do período da década de 90; as competências organizacionais demandadas pelas organizações a partir da primeira metade dos anos 90; como os processos de aprendizagem organizacional desenvolvidos foram percebidos pelos sindicatos após 1994 no Brasil; os eventos que originaram estas novas competências, os conhecimentos associados a estas competências e como a rede constituída a partir destes processos de aprendizagem organizacional afetou os demais agentes da mesma; e, finalmente, elaborar histórico das organizações no período da década de 90 em diante para contextualização do estudo. Os pontos de partida teóricos foram dois: a aprendizagem organizacional (inclusive a discussão econômica sobre conhecimento e aprendizagem), relações de trabalho (para a contextualização do ambiente de atuação destas organizações). Sobre aprendizagem organizacional abordaram-se o debate sobre competências organizacionais e...

‣ Descortinando os processos da aprendizagem organizacional no desenvolvimento de competências em instituições de ensino; Unveiling the organizational learning processes in the development of competences in higher education Institutions

Takahashi, Adriana Roseli Wünsch
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/2007 Português
Relevância na Pesquisa
68.12145%
No âmbito organizacional, este estudo aborda competências e aprendizagem a partir da perspectiva de recursos (Visão Baseada em Recursos). Contudo, apesar dos inúmeros estudos já realizados sobre aprendizagem, muitos desafios ainda permanecem em discussão. Mesmo não havendo uma teoria ou modelo amplamente aceito (FIOL; LYLES, 1985), há pontos de consenso na literatura. Entre eles, o de que aprendizagem organizacional é essencial para a compreensão de como as organizações evoluem ao longo do tempo. No centro do debate da aprendizagem, está a discussão sobre o conhecimento. A aprendizagem organizacional, como uma lente (PRANGE, 2001) permite abordar a apropriação do conhecimento pela organização. Mas a aprendizagem envolve mais do que a criação do conhecimento individual, abrangendo sua utilização e institucionalização na organização. O resultado da aprendizagem organizacional é a aquisição de uma nova competência: uma habilidade de aplicar novos conhecimentos para melhorar a performance de uma atividade presente ou futura. Portanto, está implícito neste trabalho o pressuposto de que as competências estão relacionadas com a aprendizagem organizacional. Apesar de alguns autores terem mostrado que há uma relação entre competências e aprendizagem...

‣ Aprendizagem organizacional e mudança: um estudo exploratório-descritivo em organizações comunitárias da zona sul de São Paulo; Organizational learning and change: a descriptive exploratory study in community organizations in the south zone of Sao Paulo

Pedreira, Luana Schoenmaker da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/09/2010 Português
Relevância na Pesquisa
67.955303%
Este estudo objetivou identificar se e como as mudanças ocorridas em organizações comunitárias estavam relacionadas a processos de aprendizagem organizacional e se esta relação resultou no desenvolvimento ou aperfeiçoamento de competências organizacionais. Assim, sua base teórica foi desenvolvida a partir das teorias sobre a aprendizagem e competência organizacional. O trabalho realizado caracteriza-se como qualitativo, exploratório e descritivo, e nele utilizou-se o estudo de caso como estratégia de pesquisa. A coleta de dados foi realizada, por sua vez, em duas organizações comunitárias da periferia urbana que possuem configurações organizacionais diferentes. A análise dos dados demonstrou que ocorreram mudanças significativas nos recursos organizacionais destas entidades quando estas enfrentaram um relevante desafio à continuidade e aperfeiçoamento de sua atuação, assim como que estas mudanças estão relacionadas à aprendizagem organizacional. Mostrou, também, que os processos de aprendizagem organizacional redundaram no desenvolvimento e aperfeiçoamento de competências organizacionais importantes para as entidades pesquisadas. A competência essencial identificada em cada uma das organizações (Ofertar atividades sintonizadas com as demandas da comunidade e que promovam o bem comum e Ofertar serviços com qualidade e voltados ao atendimento das demandas da comunidade) guarda similaridades entre si. Quanto às competências organizacionais...

‣ Aprendizagem organizacional na pequena empresa: proposta de um mapa conceitual; Organizational learning in small firms: proposal for a conceptual map

Moraes, Caroline Teixeira de Barros
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/03/2013 Português
Relevância na Pesquisa
67.952324%
O objetivo principal deste trabalho é construir um mapa conceitual, informado pelas Teorias de Aprendizagem Organizacional, que represente os processos de aprendizagem organizacional na realidade da pequena empresa. O tema geral da pesquisa é a aprendizagem organizacional, sobre o qual foi realizada uma busca sistemática e uma revisão do estado da arte da literatura. O tema específico da pesquisa é a aprendizagem organizacional na pequena empresa, sobre o qual ainda parece haver uma lacuna importante na bibliografia, principalmente nas publicações brasileiras. Assim, a revisão bibliográfica do tema específico foi realizada primariamente sobre o tema mais amplo pequena empresa, utilizando a abordagem segundo a qual a pequena empresa apresenta algumas especificidades que podem ser compreendidas em três dimensões: o dirigente, a organização e o ambiente. O questionamento central da pesquisa é Como mapear a aprendizagem organizacional em relação às especificidades da pequena empresa? Para responder a esse questionamento a pesquisa foi desenvolvida em três etapas: primeiramente foi construído o mapa conceitual representativo dos processos de aprendizagem organizacional encontrados na pequena empresa, partindo da revisão bibliográfica. O mapa é composto por dois construtos principais...

‣ Aprendizagem organizacional em organizações baseadas em empreendedorismo social da Colômbia e do Brasil; Organizational learning process in social entrepreneurial organizations from Colombia and Brazil

Medrano, Valentina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2015 Português
Relevância na Pesquisa
67.962954%
Este estudo teve como objetivo comparar aspectos individuais e organizacionais associados com o processo de aprendizagem organizacional em organizações empreendedoras sociais dos países Colômbia e Brasil. O trabalho realizado caracteriza-se como qualitativo e comparativo, e utilizou-se o estudo de caso como estratégia de pesquisa. A coleta de dados foi realizada, por sua vez, por entrevistas, observações participantes e análise de documentos oficiais nos dois estudos de casos. A análise de conteúdo dos dados mostraram que há um processo de aprendizagem organizacional em estas organizações predominantemente pela coerência entre objetivos pessoais e organizacionais representado em uma intencionalidade por parte dos sujeitos e a organização de transformação social, harmonia que facilitou o processo de aprendizagem organizacional de forma semelhante nas duas organizações pesquisadas. Em quanto aos aspectos organizacionais associados ao processo de aprendizagem mostrou que está associado a padrões culturais organizacionais, memoria, comunicação, estratégia e estrutura organizacional. A constatação da natureza psicossocial do processo de aprendizagem organizacional permeia os processos e procedimentos na organização...

‣ The use of ICT in organizational learning practices: A mixed methods study in a Portuguese organization

Petiz, Sara; Ramos, Fernando; Roseiro, Pedro
Fonte: IATED Publicador: IATED
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Português
Relevância na Pesquisa
68.007856%
Advanced economies, also known as knowledge-based economies, rely their performance on high skilled workers and quick access to information and knowledge, allowing organizations to react to a competitive, rapidly changing and global environment. Innovation is recognized as a crucial factor for survival, driving the development of new or improved products, services, processes or marketing strategies. Innovation seems to be closely related to organizational learning through which new knowledge is developed, distributed and used. Several proposals consider organizational learning capability in a multidimensional perspective. Based on these proposals, five dimensions were identified as main driving influences to innovation: idea generation; market and technology surveillance; problem solving; dialogue and knowledge transfer; training and competence development. Recent developments on information and communication technologies (ICT), especially web 2.0 social tools, allow workers a more participatory attitude and control on their learning, promoting collaboration and cooperation between teams and networks. It is important that organizations understand how the use of ICT and web 2.0 may improve the organizational learning capability. This study aims at understanding how a Portuguese innovative large company uses ICT and web 2.0 tools to enhance learning practices in order to support the discussion of an answer to the driving research question: how are ICT tools being used to promote organizational learning in innovative organizations?. The paper describes relevant theoretical aspects on organizational learning...

‣ Organizational learning and organizational design

Curado, Carla
Fonte: Emerald Publicador: Emerald
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2006 Português
Relevância na Pesquisa
67.99493%
Literature review Approach This paper explores a new idea presenting the possible relationship between organizational learning and organizational design. The establishment of this relation is based upon extensive literature review. Findings Organizational learning theory has been used to understand several organizational phenomena, like resources and competencies, tacit knowledge or the role of memory in the organization; however, it is difficult to identify fits and consequent misfits between organizational learning and the organizational design. Research limitations This one is a theoretical paper, so there is a possible limitation, regarding the lack of empirical support. Practical implications At the end of the paper a number of recommendations regarding the organizational design are suggested, in order to promote organizational learning in the firms. Value of the paper This paper identifies some links between organizational learning and organizational design, providing the grounds for a subsequent development and empirically testing of those relations.

‣ Records management: a basis for organizational learning and innovation

Cunha,Francisco José Aragão Pedroza; Ribeiro,Núbia Moura; Pereira,Hernane Borges de Barros
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2013 Português
Relevância na Pesquisa
67.65323%
The understanding of (trans)formations related to organizational learning processes and knowledge recording can promote innovation. The objective of this study was to review the conceptual contributions of several studies regarding Organizational Learning and Records Management and to highlight the importance of knowledge records as an advanced management technique for the development and attainment of innovation. To accomplish this goal, an exploratory and multidisciplinary literature review was conducted. The results indicated that the identification and application of management models to represent knowledge is a challenge for organizations aiming to promote conditions for the creation and use of knowledge in order to transform it into organizational innovation. Organizations can create spaces and environments for local, regional, national, and global exchange with the strategic goal of generating and sharing knowledge, provided they know how to utilize Records Management mechanisms.

‣ Fostering Organizational Learning: The Impact of Work Design on Workarounds, Errors, and Speaking Up about Internal Supply Chain Problems

Tucker, Anita Lynn
Fonte: Harvard University Publicador: Harvard University
Tipo: Research Paper or Report
Português
Relevância na Pesquisa
67.65323%
A potential avenue for organizational learning is frontline employees’ experience with internal supply chain problems. However, extensive research has established that employees rarely speak up to managers about problems. They tend to work around problems without additional effort to create organizational learning. This paper tests the premise that managerial action, via work design, can alter this dynamic. We use laboratory experiments to test the impact of three work design variables on proactive, improvement-oriented behaviors, workarounds, and errors. We find that two out of the three work design variables were effective at inducing proactive improvement-oriented behavior. Our results suggest that small changes in job design can reduce employee silence about organizational problems. Furthermore, we test the impact of the variables on risky workarounds and errors to account for unanticipated negative effects of work design to facilitate speaking up.

‣ Organizational Learning from Experience in High-Hazard Industries: Problem Investigation as Off-Line Reflective Practice

Rudolph, Jenny; Hatakenaka, Sachi; Carroll, John S.
Fonte: MIT - Massachusetts Institute of Technology Publicador: MIT - Massachusetts Institute of Technology
Formato: 569267 bytes; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
67.94864%
Learning from experience, the cyclical interplay of thinking and doing, is increasingly important as organizations struggle to cope with rapidly changing environments and more complex and interdependent sets of knowledge. This paper confronts two central issues for organizational learning: (1) how is local learning (by individuals or small groups) integrated into collective learning by organizations? and (2) what are the differences between learning practices that focus on control, elimination of surprises, and single-loop incremental ?fixing? of problems with those that focus on deep or radical learning, double-loop challenging of assumptions, and discovery of new opportunities? We articulate these relationships through an analysis of particular learning practices in highhazard organizations, specifically, problem investigation teams that examine the most serious and troubling events and trends in nuclear power plants and chemical plants. We first distinguish a controlling orientation from a rethinking orientation, and illustrate learning practices with three case studies from the nuclear power and chemical industries and a questionnaire study of three nuclear power plants. We then extend our framework to create a four-stage model of organizational learning: (1) local learning by decentralized individuals and work groups...

‣ The role of leaders in building organizational learning capacity

Beal, Gordon
Fonte: Brock University Publicador: Brock University
Tipo: Electronic Thesis or Dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
67.93604%
In a world in which social, economic, and environmental circumstances are continuously evolving and increasingly complex, leaders face the challenging prospect of navigating their organizations through unpredictable operating conditions. Finding a way to tap into the learning capacity of the people who comprise their organizations may be the answer to adapt and to survive. This qualitative research study explored the role of leaders in building this organizational learning capacity. The literature identified three domains of personal, interpersonal, and organizational capacity for learning in an organizational setting. Interviews with three senior leaders who had successfully built learning capacity in their respective organizations revealed four elements of leader commitment: (a) to the process of building learning capacity, (b) to organizational objectives and results, (c) to personal actions and behaviours, and (d) to the people of the organization. Each of the four elements of leader commitment spans the three domains of learning capacity that can guide leaders as they build organizational learning capacity.

‣ The relationship of individual, team and organizational learning in Ontario hospital clinical labratories

Tanyaovalaksna, Sumeth
Fonte: Brock University Publicador: Brock University
Tipo: Electronic Thesis or Dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
68.054414%
I t is generally accepted among scholars that individual learning and team learning contribute to the concept we refer to as organizational learning. However, a small number of quantitative and qualitative studies that have investigated their relationship reported contradicting results. This thesis investigated the relationship between individual learning, team learning, and organizational learning. A survey instrument was used to collect information on individual learning, team learning, and organizational learning. The study sample comprised of supervisors from the clinical laboratories in teaching hospitals and community hospitals in Ontario. The analyses utilized a linear regression to investigate the relationship between individual and team learning. The relationship between individual and organizational learning, and team and organizational learning were simultaneously investigated with canonical correlation and set correlation. T-test and multivariate analysis of variance were used to compare the differences in learning scores of respondents employed by laboratories in teaching and those employed by community hospitals. The study validated its tests results with 1,000 bootstrap replications. Results from this study suggest that there are moderate correlations between individual learning and team learning. The correlation individual learning and organizational learning and team learning and organizational learning appeared to be weak. The scores of the three learning levels show statistically significant differences between respondents from laboratories in teaching hospitals and respondents from community hospitals.

‣ Organizational learning and performance: Relationship between the dynamic and the operational capabilities of the firm

Bustinza S??nchez, ??scar Fernando; Molina Fern??ndez, Luis Miguel; Arias Aranda, Daniel
Fonte: Academic Journals Publicador: Academic Journals
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
67.65323%
This paper analyzes the relationship between organizational learning mechanisms, normally regarded as dynamic capabilities, and the operational flexibility of the firm, considered as an operational capability, within the context of the measurement of firm performance. Organizational learning is a dynamic process which enables the firm to adapt to changing environments, so making it easier for it to change established behaviour patterns and routines. This dynamic capability is therefore directly related to organizational routines and the operational processes that underlie these routines, and the objective of this study is to analyze this relationship and its effect on firm performance. To this end, we carried out an empirical study to test the relationships proposed in our model. Our most important findings were firstly that there is a link between the dynamic and the operational capabilities of the firm, and secondly that the development of dynamic capabilities will result in improved firm performance.

‣ Does industry matter? Examining the role of industry structure and organizational learning in innovation and brand performance

Weerawardena, Jay; O'Cass, Aron; Julian, Craig C.
Fonte: Elsevier Science Inc Publicador: Elsevier Science Inc
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2006 Português
Relevância na Pesquisa
67.813896%
A manager's perception of industry structure (dynamism) has the potential to impact various organizational strategies and behaviors. This may be particularly so with regard to perceptions driving organizational learning orientations and innovation based marketing strategy. The position taken here suggests that firms operating within a competitive industry tend to pursue innovative ways of performing value-creating activities, which requires the development of learning capabilities. The results of a study of SMEs suggest that market focused learning, relative to other learning capabilities plays a key role in the relationships between industry structure, innovation and brand performance. The findings also show that market focused learning and internally focused learning influence innovation and that innovation influences a brand's performance.; http://www.elsevier.com/wps/find/journaldescription.cws_home/505722/description#description; Jay Weerawardena, Aron O'Cass and Craig Julian

‣ Continuous improvement programs as processes for organizational learning: a case study of a company in the food products industry

Fischer, André Luiz
Fonte: Universidade do Rosário Publicador: Universidade do Rosário
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 22/05/2010 Português
Relevância na Pesquisa
67.7061%
This article intends to show the relationships between quality practices and the process of organizational learning. When we look at the literature about programs of continuous improvement we see that theoreticians consider that the process of organizational learning is a superior stage in the quality culture adopted by companies. To investigate this possibility, we put together a series of indicators taken from classic authors who have written about organizational learning. Adopting a multiple methodology, we applied these indicators to two plants belonging to the Nestlé food product company which have introduced continuous improvement programs over the last two years.

‣ A model of organizational learning in practice; Un modelo de aprendizaje organizacional en la práctica

Castañeda Zapata, Delio Ignacio; Duarte Aponte, Sandra Patricia
Fonte: Universidad Icesi; Facultad de Ciencias Administrativas y Económicas Publicador: Universidad Icesi; Facultad de Ciencias Administrativas y Económicas
Tipo: article; Artículo Formato: pdf; 439-444; Electrónico
Português
Relevância na Pesquisa
67.795737%
El artículo analiza el proceso de aprendizaje organizacional evidenciado en el diseño de un nuevo servicio de empaque para el sector farmacéutico, utilizando el modelo 41 de Crossan, Lane y White (1999), y sus desarrollos posteriores. Se realizó un estudio exploratorio, utilizando métodos de investigación cualitativa. Se encontró evidencia de los procesos de aprendizaje identificados en el modelo original y en sus desarrollos posteriores. Los resultados de las entrevistas y el focus group sugieren que el aprendizaje no es siempre un proceso lineal como está establecido en el modelo. El aprendizaje individual y grupal son procesos paralelos, interactuantes e inacabados. El estudio contribuye a adicionar evidencia empírica del modelo 41 de aprendizaje organizacional, y sus desarrollos posteriores, en una firma manufacturera.; The paper analyzes the organizational learning process experienced in the design of a new packing service for the pharmaceutical sector, using the 4I model designed by Crossan, Lane and White (1999) and its further developments. It was carried out an exploratory study using qualitative research methods. It was found evidence supporting the learning processes stated by the original model and its further developments. The interviews and focus group results suggested that organizational learning is not always a lineal process as stated by the model. Individual and group learning are parallel interacting and unfinished processes. This study contributed to adding empirical evidence to the 4I model of organizational learning and its further developments...

‣ A relação entre Competência Informacional e Aprendizagem Organizacional: um olhar a partir do framework dos 4 I(s); The relationship between Information Literacy and Organizational Learning: a view from the framework of 4 I(s)

Bem, Roberta Moraes; Coelho, Chistianne Coelho de Souza Reinisch
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 25/09/2014 Português
Relevância na Pesquisa
67.84776%
Introdução: a Competência Informacional, como habilidade de lidar com a informação, no sentido de localizar, adquirir, selecionar e tomar decisões assertivas se apresenta como um elemento importante no contexto da Gestão do Conhecimento e das organizações que aprendem continuamente. A Gestão do Conhecimento está associada ao conhecimento como fator de produção estratégico, onde o sucesso e a competitividade de uma organização estão associados a sua habilidade de adquirir, representar, gerenciar, utilizar e disseminar conhecimento. Todavia, a relação da Competência Informacional com a Gestão do Conhecimento não é muito explorada, especialmente sob o foco da Aprendizagem Organizacional, que este trabalho propõe.Objetivo: verificar a conexão existente entre as referidas disciplinas (Aprendizagem Organizacional e Competência Informacional), sob a ótica da abordagem do framework dos 4 I(s) – que compreende as fases de intuição, interpretação, integração e institucionalização – consideradas no processo de aprendizagem.Metodologia: estudo exploratório que partiu de revisão bibliográfica, seguindo com a análise dos documentos.Resultados: Aspectos da abordagem da Competência Informacional, como o “aprendizado ao longo da vida” (lifelong leanrning) e os “processos cognitivos” são mais representativos quando se relaciona Competência Informacional com Aprendizagem organizacional. Todavia...

‣ Portal corporativo interno de um hospital universitário: um estímulo à aprendizagem organizacional; Internal corporate portal of a university hospital: the stimulus for organizational learning

Sguario, Valeria Maria Gataz; UEL; Tomaél, Maria Inês; UEL
Fonte: Departamento de Ciência da Informação – UFSC Publicador: Departamento de Ciência da Informação – UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 03/10/2011 Português
Relevância na Pesquisa
67.65323%
http://dx.doi.org/10.5007/1518-2924.2011v16n32p57Diante da utilização de portais como importantes veículos de comunicação e informação, este artigo relata o desenvolvimento do portal corporativo interno de um hospital universitário, mediante a analogia com os processos de análise, síntese e representação da informação, bem como os benefícios alcançados e as perspectivas para o fomento da gestão da informação e da aprendizagem organizacional. O artigo se divide em três tópicos. A primeira parte discute os processos de gestão da informação e da aprendizagem organizacional, enfatizando a influência e as contribuições da tecnologia da informação. A segunda descreve o processo de análise - com a coleta das informações; de síntese - com a definição dos objetivos e do planejamento; e da representação das informações - que resultou no desenvolvimento do portal. E, por último, são apresentados os benefícios e as perspectivas de evolução desse portal, bem como a força da cultura organizacional e do indivíduo nesse contexto.; In view of the use of portals as important vehicle for communication and information, this article reports the internal corporate portal development of a university hospital...