Página 1 dos resultados de 148 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

‣ Blogs íntimos: percursos no contexto discursivo do meio digital; Blogs íntimos: percursos no contexto discursivo do meio digital

Tavernari, Mariana Della Dea
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/10/2009 Português
Relevância na Pesquisa
27.905566%
Ferramentas de publicação e instrumentos de mídia social, os diários virtuais íntimos, blogs de conteúdo temático relacionado ao cotidiano, exploram as potencialidades imersivas e interativas das mídias digitais e compõem percursos de sentidos no labirinto hipertextual anunciando a problemática do descentramento do sujeito, do interdiscurso e da autoria. Partindo de uma perspectiva teórica e metodológica enunciativa e discursiva, percorrem-se as instâncias sintáticas, semânticas e pragmáticas da materialidade do enunciado para investigar as formas de emergência do sujeito no espaço e no tempo e explorar analiticamente fenômenos da contemporaneidade: as articulações identitárias e as formas de subjetivação, o processamento da memória e a relação entre o público e o privado no ciberespaço. Tal metodologia de análise do corpus confere uma visão do objeto não apenas como um componente dos dispositivos de comunicação multidirecionais, mas como uma ferramenta de articulação narrativa de si, marcada por um modo de enunciação específico, diferente daquele dos diários íntimos tradicionais uma vez que o contexto hipertextual altera as condições de produção do discurso. Dessa metodologia baseada na Teoria da Enunciação e na Análise do Discurso de linha francesa depreende-se não apenas os mecanismos lingüísticos de insurgência subjetiva mas também as formas de inserção do sujeito na ordem do discurso.; As publication and social media tools...

‣ APRESENTAÇÃO

Linguísticos, Percursos
Fonte: PERcursos Linguísticos Publicador: PERcursos Linguísticos
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
38.0876%

‣ REFLEXÃO DA TRADUÇÃO SOB A PERSPECTIVA DA RETEXTUALIZAÇÃO

Castro, Mayelli
Fonte: PERcursos Linguísticos Publicador: PERcursos Linguísticos
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/msword; application/pdf
Publicado em 31/07/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.654448%
Este artigo tem como objetivo geral fazer uma reflexão do ato tradutório considerado como “Retextualização” baseada na hipótese defendida por Neuza Gonçalves Travaglia (2003). Pretendemos discutir a atividade de traduzir enquanto (re)produção textual, ou seja, produção de um novo/mesmo texto que originou-se de uma língua diferente; analisar as fases do processo de produção textual, mais especificamente em relação às operações realizadas na produção de um texto original, isto é, a partir da construção de sentidos; reconhecer e examinar os fatores de textualidade que contribuíram para o processo de tradução e também os fatores lingüísticos e extralingüísticos. Trata-se de uma análise textual, com suas fases de produção e, consequentemente, de co-produção. Procurou-se a abordagem de textos com finalidades didáticas. O gênero textual é a charge, assim, o corpus a ser analisado é uma questão de vestibular da UENF (Universidade Estadual do Norte Fluminense – RJ). Na questão há três charges seguidas de suas respectivas traduções.

‣ A VARIAÇÃO ENTRE AS FORMAS DO FUTURO DO PRETÉRITO E PRETÉRITO IMPERFEITO DO INDICATIVO NA FALA CAPIXABA

Tesch, Leila
Fonte: PERcursos Linguísticos Publicador: PERcursos Linguísticos
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.868643%
Este trabalho analisa a variação entre as formas do futuro do pretérito e do pretéritoimperfeito do indicativo, sintéticas (amaria e amava, respectivamente) e perifrásticas (iriaamar e ia amar, respectivamente), na expressão de informação no âmbito do irrealis, na falade informantes capixabas. Com base nos princípios da Sociolinguística Variacionista, foraminvestigados os contextos linguísticos e sociais correlacionados à variação estudada. O corpuspertence ao banco de dados do projeto “O português falado na cidade de Vitória”, PortVix.No conjunto, os resultados demonstraram um uso equilibrado entre as formas de futuro dopretérito e pretérito imperfeito do indicativo. Analisando-se separadamente os verbos não-modais e modais, aqueles foram mais utilizados no futuro do pretérito e estes, no pretéritoimperfeito do indicativo, além de inibirem as formas perifrásticas. Os três fatores sociais(sexo, faixa etária e escolaridade) foram selecionados pelo programa computacional Goldvarb(versão 2001). A forma perifrástica IA + verbo foi favorecida nos falantes mais jovens, emverbos não-modais, resultado que pode indicar um processo de mudança em curso. Emrelação aos fatores linguísticos investigados, o paralelismo...

‣ COMPOSTOS TOPONÍMICOS - UMA ABORDAGEM PARA O PROCESSAMENTO AUTOMÁTICO DO PORTUGUÊS DO BRASIL

Lima, Rosana
Fonte: PERcursos Linguísticos Publicador: PERcursos Linguísticos
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.868643%
Os estudos linguísticos com vistas ao processamento automático das línguasnaturais ganhou impulso diante da necessidade de fornecer à máquina uma descriçãoexaustiva e formalizada dos fenômenos linguísticos a fim de que essas informações estejamdisponíveis para a utilização por programas de geração automática de textos (orais e escritos),tradução de textos, recuperação de informação entre outros. Para que esses programasfuncionem de maneira eficiente faz-se necessária a inserção de dados acerca do maior númerode estruturas linguísticas possível, descritas detalhadamente. Apresenta-se neste artigo umaabordagem acerca dos nomes próprios de lugar (compostos), os compostos toponímicos, parao processamento automático do português do Brasil.

‣ AS ESCOLHAS DISCURSIVAS NA PRODUÇÃO ESCRITA DE UM SUJEITO-CRIANÇA: SUBJETIVIDADE, GÊNERO E ETHOS

Almeida, Maria Angélica
Fonte: PERcursos Linguísticos Publicador: PERcursos Linguísticos
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.654448%
Neste trabalho, pretendo mostrar que a criança, ao fazer escolhas identificáveis emseu texto, demonstra capacidade de assumir atitude responsiva ativa em certas situações deenunciação. A atitude responsiva ativa é, para Bakhtin ([1979]/2003), o que coloca o sujeitonuma ativa posição discursiva, tornando-o capaz de concordar, discordar, completar e aplicaros elementos linguísticos da comunicação discursiva, ocorrendo durante todo o processo decompreensão linguística. É importante ressaltar que essa atitude responsiva é determinadapelas condições de produção e revela o lugar que o ethos ocupa no discurso. Na busca dessaatitude responsiva ativa, deparamo-nos com os conceitos de escolhas discursivas,subjetividade e gênero propostos por Bakhtin e complementados por autores como:Benveniste, Possenti, Foucault e outros. Além disso, abordamos a noção de ethos postuladapor Maingueneau (1993/1995), pois entendemos que, por estar vinculado ao exercício dapalavra, o ethos pode se conciliar com a noção de sujeito-ativo de Bakhtin. A pesquisa seguiráos moldes do paradigma indiciário proposto por Ginzburg (1986), que consiste em analisar oobjeto de pesquisa seguindo os indícios dos pormenores que constituem o quadrorepresentativo das hipóteses a serem verificadas. O corpus da pesquisa é um recorte daprodução escrita de um sujeito em fase de escolarização...

‣ VOLUME COMPLETO

Linguísticos, Percursos
Fonte: PERcursos Linguísticos Publicador: PERcursos Linguísticos
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
38.0876%

‣ POLÍTICA EDITORIAL

Linguísticos, Percursos
Fonte: PERcursos Linguísticos Publicador: PERcursos Linguísticos
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
38.0876%

‣ VOLUME COMPLETO

Linguísticos, Percursos
Fonte: PERcursos Linguísticos Publicador: PERcursos Linguísticos
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
38.0876%

‣ POLÍTICA EDITORIAL

Linguísticos, Percursos
Fonte: PERcursos Linguísticos Publicador: PERcursos Linguísticos
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
38.0876%

‣ O estilo nos contos de Chico Anysio: uma análise linguística

Ferraz, Luana; Carmelino, Ana Cristina
Fonte: PERcursos Linguísticos Publicador: PERcursos Linguísticos
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/vnd.openxmlformats-officedocument.wordprocessingml.document; application/pdf
Publicado em 31/07/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.868643%
Com base nas reflexões teóricas de Bakhtin (2010) sobre os gêneros do discurso, este trabalho objetiva a caracterização do gênero conto, destacando a relevância do estilo individual do autor na construção desse tipo de enunciado. Marcado pelo uso criativo da linguagem, o gênero conto mostra-se bastante maleável, o que determina que sua caracterização esteja presa, sobretudo, às escolhas estilísticas efetuadas pelo autor. Sendo assim, buscamos verificar, a partir da análise do conto Tudo é questão de fé, contido na obra O batizado da vaca (1972), de Chico Anysio, algumas das regularidades caracterizadoras do gênero conto de modo geral e, principalmente, alguns dos traços linguísticos recorrentes que ajudam a compor o aclamado estilo desse autor. As análises revelam que Chico Anysio lança mão de diferentes recursos linguísticos e estratégias de ordem sociocognitiva, cultural e interacional, unindo as características determinadas pelo gênero conto a traços estilísticos individuais na construção de uma narrativa claramente direcionada ao público popular.

‣ DOMÍNIOS CONCEPTUAIS METAFÓRICOS NA CHARGE POLÍTICA

Gomes, Languisner
Fonte: PERcursos Linguísticos Publicador: PERcursos Linguísticos
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/vnd.openxmlformats-officedocument.wordprocessingml.document; application/pdf
Publicado em 12/05/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.654448%
O objetivo deste trabalho é evidenciar o fenômeno da mesclagem conceptual como processo de construção dos sentidos na linguagem não verbal. Esta discussão ancora-se nos pressupostos da Linguística Cognitiva segundo os quais construímos sentidos ao ativarmos categorias linguísticas e elementos não linguísticos, socialmente construídos e culturalmente compartilhados. Os dados apresentados foram obtidos a partir da análise da charge do político Sarney visto como um rato, à luz das teorias cognitivas sobre linguagem e compreensão, mais especificamente a Teoria da Metáfora Conceptual (LAKOFF; JOHNSON, 1980) e Teoria da Mesclagem Conceptual (FAUCONNIER; TURNER, 2002). Esta pesquisa permitiu-nos a identificação de ocorrências da mesclagem, culminando em construções metafóricas. Propomos o conceito de mesclagem conceptual para designar o fenômeno que resulta nas metáforas próprias dos gêneros compostos por códigos verbais e não verbais. Pretendemos, através da exposição desses dados, mostrar que a junção de imagens e palavras, comumente compreendida como elemento facilitador da leitura, pode, na verdade, resultar em jogos complexos, cujas pistas nem sempre são recuperadas em um primeiro contato. Dentro desse quadro...

‣ ATLAS TOPONÍMICO DO TOCANTINS (ATT): CRIAÇÃO DE UM SOFTWARE PARA A CATALOGAÇÃO DOS DADOS DAS FICHAS LEXICOGRÁFICO-TOPONÍMICAS

Andrade, Karylleila Santos
Fonte: PERcursos Linguísticos Publicador: PERcursos Linguísticos
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 12/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
37.654448%
Esta proposta é um recorte do ATT – Atlas Toponímico do Tocantins cujo objetivo geral é a criação de um software para catalogar as informações registradas nas 120 fichas lexicográfico-toponímicas, resultado do trabalho de coleta e análise de dados, provenientes dos mapas dos 139 municípios do estado do Tocantins. A ficha apresenta aspectos  linguísticos, históricos, geográficos, etimológicos, taxionômicos (natureza física ou antropocultural). Os elementos que compõem a ficha lexicográfico-toponímica, especificada neste trabalho, são característicos do estudo onomástico. Ao identificarem-se os signos motivadores, suas origens e sua evolução toponímica, resgatam-se os valores inseridos na base histórico-social da região estudada. O levantamento dos dados para montagem da ficha  estimula o saber-conhecer da história da comunidade, assim como, auxilia na compreensão da cosmovisão individual e coletiva que forma a identidade cultural e linguística de uma região, no caso, o território tocantinense.

‣ PLURILINGUISMO, MULTILINGUISMO E BILINGUISMO: REFLEXÕES SOBRE A REALIDADE LINGUÍSTICA MOÇAMBICANA

Menezes, Leonarda Jacinto
Fonte: PERcursos Linguísticos Publicador: PERcursos Linguísticos
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 28/11/2013 Português
Relevância na Pesquisa
37.654448%
Moçambique é um país plurilíngue e pluricultural. Esta situação linguística e cultural decorre de fatores históricos e sociais. No país coexistem várias línguas étnicas de origem bantu  com a Língua Portuguesa, além de línguas transplantadas por imigrantes que se instalaram no país, diversidade linguística que faz de Moçambique uma sociedade plurilíngue e pluricultural, resultado de convivências com várias etnias, várias línguas e várias culturas. A situação de plurilinguismo e do bilinguismo no país, remetem-nos para a relação língua e sociedade, questão objeto de estudos da Sociolinguística, ciência que se preocupa em explicar a variabilidade linguística e sua relação com diversos fatores linguísticos e sociais, buscando também relacionar variação e mudança linguística. As variações em língua portuguesa em Moçambique abrangem as dimensões, que incluem aspectos fonético-fonológicos, morfo-sintácticos, semântico-pragmáticos e retóricos.

‣ USO DE ANGLICISMOS, VARIAÇÃO E MUDANÇA LINGUÍSTICA: O CASO DA REVISTA EXAME

Valadares, Flávio Biasutti
Fonte: PERcursos Linguísticos Publicador: PERcursos Linguísticos
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 14/07/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.654448%
O artigo trata de empréstimos linguísticos, especificamente dos anglicismos, na perspectiva da variação e mudança linguística; apresenta conceitos de estrangeirismos, variação e mudança linguística; analisa casos de anglicismos utilizados em matérias da Revista Exame; e conclui que o uso de alguns anglicismos de forma recorrente pela mídia impressa brasileira tende a um direcionamento de possível mudança linguística em progresso.

‣ Expediente

Gerente, Editor
Fonte: PERcursos Linguísticos Publicador: PERcursos Linguísticos
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 15/07/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.67868%
Revista PERcursos LinguísticosConselho EditorialEquipe Editorial

‣ APRESENTAÇÃO

Furieri, Débora
Fonte: PERcursos Linguísticos Publicador: PERcursos Linguísticos
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2015 Português
Relevância na Pesquisa
48.0876%
Apresentação do n.10, vol. 5, ano 2015 01 da Revista PERcursos Linguísticos

‣ MENTE E LINGUAGEM: A PERSPECTIVA CHOMSKYANA E SUA REPERCUSSÃO NAS DISCUSSÕES DE PUTNAN, FODOR E SEARLE

Freitas, Nathália Luiz de
Fonte: PERcursos Linguísticos Publicador: PERcursos Linguísticos
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2015 Português
Relevância na Pesquisa
37.654448%
Este artigo possui o objetivo de compreender e analisar aspectos relativos a propostas teóricas sobre mente/linguagem desenvolvidas por Chomsky e suas repercussões nas teorizações de Putnan, Fodor e Searle em obras que abordam tal escopo. A partir de uma perspectiva metodológica dialógica, em que é utilizada como instrumento a revisão bibliográfica, foram considerados certos fenômenos mentais/linguísticos discutidos por esses autores. Observa-se que, embora cada um dos estudiosos privilegie a reflexão acerca de determinado objeto hipotético, como intencionalidade, linguagem do pensamento, Gramática Universal e externalismo semântico, Chomsly, Putnan, Fodor e Searle concebem a indissociabilidade entre mente e linguagem nos processos de significação humana.

‣ OS CONTATOS LINGUÍSTICOS EM TIMOR-LESTE: MUDANÇAS E REESTRUTURAÇÃO GRAMATICAL

Albuquerque, Davi Borges
Fonte: PERcursos Linguísticos Publicador: PERcursos Linguísticos
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2015 Português
Relevância na Pesquisa
37.654448%
Este artigo procura analisar os diferentes casos de línguas em contato em Timor-Leste, quais línguas nativas sofreram mudanças devido ao contato e quais sofreram reestruturação gramatical devido a um contato ainda mais intenso. Ainda, as línguas de origem austronésia e papuásica de Timor-Leste sofreram mudanças linguísticas distintas, como o Tetum, o Manbae e o Tokodede que tiveram contato intenso e mudanças induzidas pelo contato, enquanto outras línguas, como o Baikenu, o Makasae e o Bunak, sofreram poucas mudanças linguísticas. 

‣ RACISMO E CULTURA: UMA ENTREVISTA COM TEUN A. VAN DIJK

Rezende, Patrick; Nogueira, Mayara de Oliveira; Amaral, Renata Martins
Fonte: PERcursos Linguísticos Publicador: PERcursos Linguísticos
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Entrevista com convidado" Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2015 Português
Relevância na Pesquisa
48.301797%
A Universidade Federal do Espírito Santo, instituição à qual a Revista PERcursos Linguísticos está vinculada, tem o prazer de receber no ano de 2015 o professor Teun A. Van Dijk como um dos palestrantes que contribuirá nas discussões levantadas no III Congresso Nacional de Estudos Linguísticos.  A presente entrevista realizada com o linguista traz à tona tanto questões relacionadas ao campo teórico-metodológico em que está vinculado o pesquisador – notadamente o campo da Análise Crítica do Discurso (ACD) –, quanto às formações discursivas mais específicas ligadas às elites simbólicas (pesquisadores, professores, entre outros), racismo e poder.