Página 23 dos resultados de 1181 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

‣ Les freins à l'adoption d'une approche d'éco-conception dans le processus de développement de produits: le cas des petites et moyennes entreprises

Cornet, Julie
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
163.1485%
Scientifiques, gouvernements, entreprises et consommateurs s’entendent aujourd’hui pour dire que le système naturel est déréglé, que l’activité industrielle en est la cause principale. L’éco-conception est une manière de concevoir des biens ou des services en diminuant leurs impacts sur l’environnement et la société. De plus en plus présente dans les grandes entreprises où, associée à une gestion intégrée de l’environnement, elle procure des bénéfices non négligeables et une image de marque, l’éco-conception a beaucoup de difficultés à s’implanter dans les petites et moyennes entreprises. Dans ce travail, nous avons cherché à comprendre les raisons de ces difficultés. Deux approches ont été utilisées, l’une basée sur une analyse documentaire des rapports de RSE de dix entreprises, grandes et petites, de différents secteurs d’activité, qui nous a permis de fixer le cadre et le formalisme de la démarche de recherche, l’autre sur le principe d’entretiens semi-dirigés à partir de questions ciblées. Après une présentation générale de ce qu’est l’éco-conception et quelle en est la problématique appliquée aux PME (chapitre 2), nous précisons le cadre méthodologique de la recherche (chapitre 3) et exposons ses résultats (chapitre 4). Nous montrons que les freins à l’adoption de l’éco-conception dans les PME sont multiples et complexes...

‣ Empreendedorismo internacional: plano de negócios de criação da GIBS

Fernandes, José António Amorim
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
163.1485%
Dissertação apresentada ao Instituto Politécnico do Porto, Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto, para obtenção do Grau de Mestre em Empreendedorismo e Internacionalização Orientador: Doutor Orlando Manuel Martins Marques de Lima Rua Coorientadora: Mestre Anabela Paula Alferes Ferreira Ribeiro; Nota: 18 valores; O objetivo fundamental desta dissertação consubstancia-se em potencializar a internacionalização das PME portuguesas, nomeadamente as detentoras de marca própria, com vista a contribuir para a alavancagem da economia portuguesa. As soluções estratégicas passaram pela conjugação de conceitos como empreendedorismo e internacionalização, utilizando-se teorias, modelos e ferramentas de estratégia, marketing, logística, finanças e internet, como forma pragmática de otimização operacional com vista ao sucesso pretendido. Tal permitirá que as PME possam assim internacionalizar-se de uma forma sustentável, através de plataformas de e-commerce, com custos marginais. As soluções propostas são exequíveis para a implementação de projetos empresariais empreendedores e inovadores a nível internacional, fornecendo os meios necessários para que tal possa suceder, pretendendo-se assim que o caso da GIBS – Global International Business Solutions...

‣ Estratégia de internacionalização da Grande Porto: seleção, modos de entrada e marketing-mix na abordagem dos mercados internacionais

Coelho, José Elisiário Moura Neto
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
163.1485%
Dissertação apresentada ao Instituto Politécnico do Porto para obtenção do Grau de Mestre em Gestão das Organizações, Ramo de Gestão de Empresas Orientada pelo Professor Doutor José Freitas Santos; A abertura da economia mundial tem vindo a ganhar destaque no contexto empresarial e a criar oportunidades e ameaças não só às grandes empresas como, também, às Pequenas e Médias Empresas (PME). A facilidade de acesso aos mercados internacionais e o consequente aumento da concorrência força as empresas a um pensamento estratégico permanente e a dotarem-se de ferramentas de gestão que possam auxiliar na assertividade de operar ao nível doméstico e internacional. A internacionalização das empresas assume um papel preponderante no desenvolvimento económico dos países e, quando este processo é implementado com sucesso, tende a proporcionar maiores retornos e sustentabilidade para as organizações. Para as PME esta é uma questão chave para a sua estagnação ou evolução no mercado. Possuindo estas maiores limitações de recursos e menor experiência internacional, são obrigadas a reequacionar estratégias bem definidas para a consecução dos objetivos corporativos propostos. O objetivo desta dissertação é explicar como uma PME seleciona os mercados externos e escolhe os respetivos modos de entrada...

‣ Consultoria de gestão numa entidade do setor não lucrativo

Mariz, Diogo de Jesus
Fonte: Instituto Politécnico do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
163.1485%
Relatório de Estágio apresentado ao Instituto de Contabilidade e Administração do Porto para a obtenção do grau de Mestre em Contabilidade e Finanças, sob orientação da Professora Doutora Amélia Silva; Este relatório de estágio integra a última etapa de conclusão do mestrado no Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto, para a obtenção do grau de Mestre em Contabilidade e Finanças. Procura-se apresentar a realização de um estágio curricular, na Associação dos Comerciantes de Materiais de Construção (APCMC), pelo período de seis meses. A APCMC é a entidade que representa, no nosso país, o sector do comércio de materiais de construção. A opção pelo estágio, em detrimento da dissertação ou projeto, prende-se com uma grande motivação em desenvolver competências profissionais de consultoria na área económica e financeira em PME, uma função para a qual me sentia tecnicamente preparado depois de ter concluído os três primeiros semestres do Mestrado em Contabilidade e Finanças. Na verdade, a APCMC afigurava-se como o local de estágio ideal pois, ao longo dos tempos, esta associação tem procurado aproximar-se dos seus membros, através de práticas de serviços diretos de consultoria...

‣ A importância das consultoras noprocesso de internacionalização das micro, pequenas e médias empresas em Portugal

Castanheira, Olívia Vera Allen Celestino da Silva
Fonte: Instituto Politécnico do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
163.1485%
Relatório de Estágio Apresentado ao Instituto de Contabilidade e Administração do Porto para a obtenção do grau de Mestre em Empreendedorismo e Internacionalização, sob orientação da Mestre Inês Veiga Pereira; Sob a temática ―A importância das Consultoras no Processo de Internacionalização das Micro, Pequenas e Médias Empresas em Portugal foi frequentado um estágio durante o segundo semestre do ano lectivo de 2013/14, para obtenção do grau de mestre em Empreendedorismo e Internacionalização. Este teve lugar numa empresa de serviços do ramo da Consultoria de Gestão. Trata-se de uma empresa de dimensão micro que pretende ajustar o seu mix de produtos à actual realidade económica a nível global. Baseado na informação recolhida em estatísticas e dados oficiais, constatou-se que o tecido empresarial nacional tem ao seu dispor serviços e entidades especializadas em práticas de gestão no âmbito da Internacionalização que, na maior parte do tempo, não rentabiliza. No âmbito desta questão e no que respeita à empresa consultora objecto, foi definido como problema de estágio a análise, identificação e caracterização dos obstáculos que impedem as Organizações e as Consultoras, de trabalharem a vertente da internacionalização em parceria. Como objectivo primário...

‣ O papel do fundo de maneio das pequenas e médias empresas

Sá, Ana Isabel Ferreira de
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Estudos Industriais e de Gestão Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Estudos Industriais e de Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
163.1485%
Dissertação de Mestrado em Finanças Empresariais; Considerando que as empresas com falta de liquidez recorrem às instituições financeiras mas numa altura de contração e de aumento de assimetria de informação as próprias empresa com maiores dificuldades são tentadas a usar determinados “mecanismos” de forma a suprir as suas necessidades de financiamento, então o objetivo do presente trabalho visa estudar, de forma empírica, a relação entre o valor do Fundo de Maneio das Pequenas e Médias Empresas Portuguesas (PME) e o nível de crédito obtido junto das Instituições Financeiras. Para o efeito é utilizada uma análise comparativa entre o universo nacional de 2166 com a CAE (Código de Actividade Económica) 25120 – Fabricação de portas e elementos similares em metal face ao universo de 196 PME do distrito de Braga com o mesmo CAE; este estudo é complementado com um estudo de caso de empresa do setor em questão. Os resultados obtidos através destes dados e deste estudo de caso permitem verificar que, quer em termos financeiros, quer em termos económicos as empresas do distrito de Braga, no setor referido...

‣ A perceção e o nível de congruência dos valores da marca corporativa dos colaboradores e clientes

Aveiro, Virgínia de Gouveia
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
163.1485%
Doutoramento em Gestão/ Classificação: M31; JEL: M14; Esta investigação tem como objetivo analisar a perceção e o Person-organisation Fit (P-O Fit) - nível de congruência entre os valores organizacionais e os valores pessoais - com os valores da Marca Corporativa, segundo uma abordagem comparativa entre clientes e colaboradores com quem mais diretamente contatam e lhe são visíveis. É dada particular relevância ao contexto geográfico, ao tipo de afiliação na empresa, comparando colaboradores efetivos com os em outsourcing, os quais embora pertencentes a outras empresas, exercem funções similares às dos colaboradores efetivos e desempenham o mesmo papel perante o Cliente. Se, por um lado, se constata um investimento crescente na comunicação da Marca Institucional, por outro a racionalização de custos tem fomentado a utilização de serviços de subcontratação externa, mesmo nas operações core business. Estas duas opções estratégicas incluem vários riscos na coesão da Cultura Organizacional e na construção e transmissão junto dos Clientes dos valores da Marca Institucional para Colaboradores com diferentes processos de socialização. Numa era que potencializa o trade-off entre relacionamento continuado com os Clientes e o racionamento de custos...

‣ A importância do Spread e das garantias na concessão de crédito às pequenas e médias empresas

Fortunato, Carlos Jorge Chasqueira
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
163.1485%
A grande maioria das pequenas e médias empresas (PME) depende dos bancos comerciais para obterem financiamento bancário. Como os custos de transacção, o custo de funding e as garantias exigidas pelos bancos limitam o fornecimento de crédito às PME, este estudo analisa os determinantes do custo do financiamento, isto é, do spread aplicado aos empréstimos e das garantias particulares solicitadas aos mutuários no processo de concessão de crédito. Para tal recolheu-se informação relativamente a 18.687 empréstimos concedidos a PME, por um dos maiores bancos portugueses. Os resultados obtidos com base no modelo OLS e com referência aos determinantes do spread indicam que: i) o valor do spread cobrado aumenta sempre que sejam exigidas garantias aos sócios e/ou gerentes; ii) com referência às garantias prestadas pela empresa e pelas SGM obtém-se um efeito contrário, isto é, um decréscimo do valor do spread; iii) para empréstimos de longo prazo e de montantes mais elevados o valor do spread diminui, efeito explicado pela redução dos custos de monitorização dos contratos de crédito; iv) quanto às características do mutuário, as empresas que tenham decréscimos no seu volume de negócios ou que apresentem incumprimentos após a concessão do empréstimo provocam aumentos no spread...

‣ O impacto do novo acordo de Capital de Basileia na concessão de crédito e pequenas e médias empresas

Rocha, Catarina Delgado de Aguilar Botelho
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
163.1485%
Este estudo tem como objetivo investigar qual o impacto da introdução do Novo Acordo de Basileia II (BII) no montante de crédito concedido às Pequenas e Médias Empresas (PME), em Portugal. Para tal, foi recolhida uma amostra de 56 empréstimos concedidos por uma Instituição financeira (IF), representando o mercado bancário português, entre 1 de janeiro de 2006 e 31 de dezembro de 2012, adotando-se como metodologia um modelo de regressão linear múltipla. Os resultados obtidos evidenciam que a introdução do BII não degradou as condições de acesso ao crédito das PME consideradas no estudo e que o possível “Efeito Basileia II” apenas se verifica nas empresas não classificadas de acordo com o QIS3. Todavia este efeito acentuasse após 1 de janeiro de 2008, dada a forte redução do montante de crédito que é concedido a estas PME.

‣ Resposta da aplicação do 1-MCP em frutos de mamoeiro 'Golden' em diferentes estádios de maturação

Souza,Maximiliano Silva de; Azevedo,Inga Gonçalves de; Corrêa,Sávio Figueira; Silva,Marcelo Gomes da; Pereira,Messias Gonzaga; Oliveira,Jurandi Gonçalves de
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2009 Português
Relevância na Pesquisa
163.1485%
O estudo de fatores que influenciam no processo de amadurecimento é fundamental para o planejamento do processo de comercialização, principalmente em frutos com padrão de respiração climatérico e perecível, como é o caso do mamão. Nesse trabalho, avaliou-se o efeito da aplicação do 1-MCP (1-metilciclopropeno) sobre o amadurecimento de frutos de mamoeiro nos estádios 0; 1 e 2 de maturação. O 1-MCP diminui a produção de etileno (≈79%) e a taxa respiratória (≈45%), principalmente em frutos no estádio 0 de maturação. O uso deste inibidor da ação do etileno retardou a perda de coloração verde da casca dos frutos, principalmente em frutos nos estádios 0 e 1 de maturação. Houve redução na perda de firmeza do fruto e do mesocarpo nos estádios 1 e 2. Entretanto, em frutos no estádio 0 de maturação, a firmeza do mesocarpo manteve-se alta, o que pode comprometer a aceitação destes frutos pelo consumidor. O teor de sólidos solúveis não foi influenciado pela aplicação do 1-MCP. O efeito do 1-MCP na redução da atividade das enzimas PME e PG foi maior em frutos nos estádios 0 e 1 de maturação em comparação a frutos no estádio 2 de maturação. A atividade da PME demonstrou crescente aumento ao longo do período de armazenamento...

‣ Functional Connectivity Disruption in Neonates with Prenatal Marijuana Exposure

Grewen, Karen; Salzwedel, Andrew P.; Gao, Wei
Fonte: Frontiers Media S.A. Publicador: Frontiers Media S.A.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 04/11/2015 Português
Relevância na Pesquisa
163.1485%
Prenatal marijuana exposure (PME) is linked to neurobehavioral and cognitive impairments; however, findings in childhood and adolescence are inconsistent. Type-1 cannabinoid receptors (CB1R) modulate fetal neurodevelopment, mediating PME effects on growth of functional circuitry sub-serving behaviors critical for academic and social success. The purpose of this study was to investigate the effects of prenatal marijuana on development of early brain functional circuitry prior to prolonged postnatal environmental influences. We measured resting state functional connectivity during unsedated sleep in infants at 2–6 weeks (+MJ: 20 with PME in combination with nicotine, alcohol, opiates, and/or selective serotonin reuptake inhibitors; −MJ: 23 exposed to the same other drugs without marijuana, CTR: 20 drug-free controls). Connectivity of subcortical seed regions with high fetal CB1R expression was examined. Marijuana-specific differences were observed in insula and three striatal connections: anterior insula–cerebellum, right caudate–cerebellum, right caudate–right fusiform gyrus/inferior occipital, left caudate–cerebellum. +MJ neonates had hypo-connectivity in all clusters compared with −MJ and CTR groups. Altered striatal connectivity to areas involved in visual spatial and motor learning...

‣ Regulation and role in pathogenicity of Erwinia chrysanthemi 3937 pectin methylesterase.

Boccara, M; Chatain, V
Fonte: PubMed Publicador: PubMed
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /07/1989 Português
Relevância na Pesquisa
163.1485%
The gene pem, encoding the pectin methylesterase (PME) of Erwinia chrysanthemi 3937, was cloned and mutagenized by mini-Mu transposable elements. A second gene, pecY, which could act as a negative regulator of PME was found 5' to the pem gene. A PME-E. chrysanthemi derivative inoculate onto Saintpaulia plants was shown to be clearly noninvasive, demonstrating the important role of this enzyme in soft rot disease.

‣ The in situ observation of the temperature and pressure stability of recombinant Aspergillus aculeatus pectin methylesterase with Fourier transform IR spectroscopy reveals an unusual pressure stability of β-helices

Dirix, Carolien; Duvetter, Thomas; Loey, Ann Van; Hendrickx, Marc; Heremans, Karel
Fonte: Portland Press Ltd. Publicador: Portland Press Ltd.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
163.1485%
The stability of recombinant Aspergillus aculeatus PME (pectin methylesterase), an enzyme with high β-helix content, was studied as a function of pressure and temperature. The conformational stability was monitored using FTIR (Fourier transform IR) spectroscopy whereas the functional enzyme stability was monitored by inactivation studies. Protein unfolding followed by amorphous aggregation, which makes the process irreversible, was observed at temperatures above 50 °C. This could be correlated to the irreversible enzyme inactivation observed at that temperature. Hydrostatic pressure greater than 1 GPa was necessary to induce changes in the enzyme's secondary structure. No enzyme inactivation was observed at up to 700 MPa. Pressure increased PME stability towards thermal denaturation. At 200 MPa, temperatures above 60 °C were necessary to cause significant PME unfolding and loss of activity. These results may be relevant for an understanding of the extreme stability of amyloid fibrils for which β-helices have been proposed as a structural element.

‣ Effect of pectin methylesterase gene expression on pea root development.

Wen, F; Zhu, Y; Hawes, M C
Fonte: PubMed Publicador: PubMed
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /06/1999 Português
Relevância na Pesquisa
163.1485%
Expression of an inducible gene with sequences common to genes encoding pectin methylesterase (PME) was found to be tightly correlated, both spatially and temporally, with border cell separation in pea root caps. Partial inhibition of the gene's expression by antisense mRNA in transgenic pea hairy roots prevented the normal separation of root border cells from the root tip into the external environment. This phenotype was correlated with an increase in extracellular pH, reduced root elongation, and altered cellular morphology. The translation product of the gene exhibited PME activity in vitro. These results are consistent with the long-standing hypothesis that the demethylation of pectin by PME plays a key role in cell wall metabolism.

‣ Arabidopsis PME17 Activity can be Controlled by Pectin Methylesterase Inhibitor4

Sénéchal, Fabien; Mareck, Alain; Marcelo, Paulo; Lerouge, Patrice; Pelloux, Jérôme
Fonte: Taylor & Francis Publicador: Taylor & Francis
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 31/03/2015 Português
Relevância na Pesquisa
163.1485%
The degree of methylesterification (DM) of homogalacturonans (HGs), the main constituent of pectins in Arabidopsis thaliana, can be modified by pectin methylesterases (PMEs). Regulation of PME activity occurs through interaction with PME inhibitors (PMEIs) and subtilases (SBTs). Considering the size of the gene families encoding PMEs, PMEIs and SBTs, it is highly likely that specific pairs mediate localized changes in pectin structure with consequences on cell wall rheology and plant development. We previously reported that PME17, a group 2 PME expressed in root, could be processed by SBT3.5, a co-expressed subtilisin-like serine protease, to mediate changes in pectin properties and root growth. Here, we further report that a PMEI, PMEI4, is co-expressed with PME17 and is likely to regulate its activity. This sheds new light on the possible interplay of specific PMEs, PMEIs and SBTs in the fine-tuning of pectin structure.

‣ How do pectin methylesterases and their inhibitors affect the spreading of tobamovirus?

Lionetti, Vincenzo; Raiola, Alessandro; Cervone, Felice; Bellincampi, Daniela
Fonte: Taylor & Francis Publicador: Taylor & Francis
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 31/10/2014 Português
Relevância na Pesquisa
163.1485%
After replication in the cytoplasm, viruses spread from the infected cell into the neighboring cells through plasmodesmata, membranous channels embedded by the cell wall. As obligate parasites, viruses have acquired the ability to utilize host factors that unwillingly cooperate for the viral infection process. For example, the viral movement proteins (MP) interacts with the host pectin methylesterase (PME) and both proteins cooperate to sustain the viral spread. However, how and where PMEs interact with MPs and how the PME/MP complexes favor the viral translocation is not well understood. Recently, we demonstrated that the overexpression of PME inhibitors (PMEIs) in tobacco and Arabidopsis plants limits the movement of Tobacco mosaic virus and Turnip vein clearing virus and reduces plant susceptibility to these viruses. Here we discuss how overexpression of PMEI may reduce tobamovirus spreading.

‣ Pediatric severe pseudomembranous enteritis treated with fecal microbiota transplantation in a 13-month-old infant

WANG, JIAYI; XIAO, YONGMEI; LIN, KAI; SONG, FEIFEI; GE, TING; ZHANG, TING
Fonte: D.A. Spandidos Publicador: D.A. Spandidos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
163.1485%
Fecal microbiota transplantation (FMT) is a procedure used to restore the intestinal microbiota of a diseased individual using indigenous intestinal microorganisms from a healthy donor. The current case report presents the first case of a 13-month-old male with severe pseudomembranous enteritis (PME) treated with FMT. The infant was admitted to Shanghai Children's Hospital with a 2-month history of diarrhea, and a 1.5-month history of retractable edema, hypoalbuminemia, electrolyte disturbance and malnutrition. Besides necessary nutritional support, the patient was treated twice with oral metronidazole combined with or without vancomycin. Diarrhea was partially remitted. However, the infant had bloody or dark-green feces, and a distended abdomen. On day 96 from the initiation of the disease, a single FMT via a nasal jejuna feeding tube was performed. From day 2 until 4 months post-FMT, the patient presented with no diarrhea, normal feces and a satisfactory weight. To the best of our knowledge, this is the first pediatric PME treated with FMT. The current data show that FMT is an efficient choice for recurrent clostridium difficile infection and PME in adults and a few pediatric cases. Due to a lack of safety and effectiveness data...

‣ The determinants of male retirement in urban Brazil

Queiroz,Bernardo Lanza
Fonte: Nova Economia Publicador: Nova Economia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2007 Português
Relevância na Pesquisa
163.1485%
I use matched and unmatched PME data to study the determinants of male's retirement over the past two decades. The PME is a very rich source of data, although not very used. The matched data consists of a series of short panel data constructed by matching individual records across adjacent years of the PME. Some patterns I find are not surprising. For example, probability of being retired increases monotonically with age, and the strong dependence of labor transition on other individual characteristics such as education. Some other patterns are more interesting and surprising. The labor force participation rates of older workers in the main metropolitan areas are lower than what is observed in the rest of the country. The main explanation is that workers in the main metropolitan areas had earlier enrollment into the system and they also have better access to early retirement benefits. I also observed an inverse U-shaped relation between education and retirement. Less and more educated workers have similar retirement patterns during the period studied. Last, I find that more educated workers, and those in the formal sector, have higher retirement probabilities than less educated and those in the informal labor market.

‣ Renda e pobreza: os impactos do Plano Real; Texto para Discussão (TD) 439: Renda e pobreza: os impactos do Plano Real; Income and poverty: the impact of the Real Plan

Rocha, Sonia
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
Português
Relevância na Pesquisa
163.1485%
Os resultados bem-sucedidos do Plano Real no controle da inflação suscitam o interesse em relação aos seus efeitos sobre a pobreza absoluta, isto é, sobre a subpopulação cujo rendimento familiar per capita se situa aquém do mínimo indispensável para atendimento das necessidades básicas no âmbito do consumo privado. Dadas as restrições quanto à disponibilidade de informações estatísticas adequadas para análise dessa questão no período após julho de 1994, optou-se por recorrer à Pesquisa Mensal de Emprego (PME/IBGE) como fonte de microdados. Por esta razão, a primeira seção discute a questão metodológica, tendo por base indicadores de pobreza obtidos a partir da PME e da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD/IBGE) para uma mesma data de referência em 1990. Para o período pós-real e utilizando apenas a PME, foi examinada a evolução dos indicadores de pobreza para quatro datas nas seis regiões metropolitanas. Apesar de situações locais diferenciadas em termos de incidência de pobreza absoluta e de progressos realizados no período, observa-se a consistente redução da proporção de pobres, tendo como contrapartida o agravamento da intensidade de pobreza medida pelo hiato da renda. No entanto...

‣ Mudanças no mercado de trabalho retiram famílias da pobreza?: determinantes domiciliares e agregados para a saída da pobreza nas regiões metropolitanas do Brasil; Texto para Discussão (TD) 1336: Mudanças no mercado de trabalho retiram famílias da pobreza?: determinantes domiciliares e agregados para a saída da pobreza nas regiões metropolitanas do Brasil

Machado, Ana Flávia; Ribas, Rafael Perez
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
Português
Relevância na Pesquisa
163.1485%
O objetivo do artigo é estimar a probabilidade de famílias saírem da pobreza, assim como os seus determinantes, considerando o tempo de permanência nesta situação. Interesse particular reside em avaliar se mudanças de curto prazo no mercado de trabalho afetam a probabilidade de famílias permanecerem na pobreza. Assumindo que as transições de pobreza ocorrem com mais freqüência em intervalos de tempo menores, dados organizados em periodicidade mensal são melhores que aqueles organizados por intervalos anuais, e por isso utilizamos o painel da Pesquisa Mensal de Emprego (PME), de março de 2002 a maio de 2007. A PME é o único painel disponível no Brasil que permite análise sobre duração. Entretanto, em se tratando de pobreza, informações sobre renda não-trabalho são imprescindíveis e, dado que a PME não dispõe destes dados, imputamos a renda não-trabalho para sanar a questão. Tendo em vista que este estudo possui um período curto de acompanhamento dos domicílios, adotamos técnicas de estimação que controlam tanto a censura à direita como à esquerda. Entre os resultados, podemos destacar: quanto mais tempo a família fica na pobreza, maiores são suas chances de permanecer nela; entre as características domiciliares...