Página 3 dos resultados de 1181 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

‣ O impacto da distância psicológica no processo de internacionalização das PME portuguesas

Fernandes, Carla Susana Sanina Marques
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
363.1485%
Um dos principais temas de investigação em marketing internacional, é seguramente o conceito de distância psicológica. Desde Beckerman, passando pela escola de Uppsala, até mais recentemente Sousa e Lages, que os investigadores comportamentalistas, têm dado à distância psicológica enumeras definições, medições, aplicações e constructos distintos. O facto de não haver uma decisão definitiva sobre a melhor forma de operacionalizar a distância psicológica, conduziu a uma má percepção do conceito e a algum descredito sobre a sua utilidade enquanto ferramenta de apoio à gestão. Por outro lado, assistimos muitas vezes ao tratamento deste conceito de uma forma isolada, não se identificando as múltiplas interdependências possíveis com outras variáveis no processo de internacionalização. No seguimento da investigação sobre o tema, este trabalho oferece um novo modelo que pretende medir o impacto da distância psicológica no processo de internacionalização das PME portuguesas. Baseado na PD Scale proposta por Sousa e Lages, assumimos o constructo da distância psicológica como multidimensional, e avaliamos o seu impacto nas estratégias de marketing internacional. Contribuindo para a originalidade do modelo...

‣ Cluster no setor do mobiliário : apoio associativo à internacionalização das PME

Nunes, Anabela Andrade
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
363.1485%
O presente relatório integra a fase final do Mestrado em Economia, na Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra. Este procura descrever, de forma sucinta, um estágio curricular realizado na Associação Empresarial de Paços de Ferreira, na área da Internacionalização. Este relatório descreve todas as tarefas realizadas durante esse período. O relatório contém uma breve revisão da literatura sobre o conceito de cluster, na perspetiva da competitividade, direcionando-o ao caso particular do ramo do mobiliário. De forma a explicar a evolução da intensidade exportadora deste setor, atuando nos mercados externos conjuntamente com o apoio financeiro público, tomou-se como exemplo o programa SI Qualificação e Internacionalização das PME. Apresenta-se um modelo econométrico, após a descrição das caraterísticas das empresas que participaram nos projetos, procurando analisar a relação das caraterísticas destas empresas com a sua capacidade de atuar nos mercados externos. Os resultados, em conjunto com a experiência adquirida durante o estágio ajudaram a compreender os fatores explicativos da capacidade exportadora das empresas que atuam em estratégias de cooperação.; Relatório de estágio de mestrado em Economia (Economia Financeira)...

‣ O impacto dos sistemas QAS nas PME portuguesas

Mendes, Maria de Fátima Ribeiro
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 24/05/2007 Português
Relevância na Pesquisa
363.1485%
Dissertação de Mestrado em Engenharia Industrial - Área de Especialização Qualidade, Segurança e Manutenção; Este trabalho, apresenta o estudo do impacto dos sistemas de gestão nas áreas da qualidade, ambiente e segurança e saúde no trabalho nas pequenas e médias empresas portuguesas, visto ser uma das metodologias utilizadas pelas empresas para fazerem frente à competitividade e à globalização. Utiliza como base as normas ISO 9000 referente ao sistema de gestão da qualidade, as ISO 14000 referente ao sistema de gestão ambiental e as OHSAS 18000 para o sistema de gestão da segurança e saúde no trabalho. Tem como fundamentação teórica os conceitos do sistema de gestão da qqualidade, ambiente e segurança. O conceito de sistemas integrados de gestão e de PME. A técnica utilizada para avaliação dos sistemas implementados, foi o inquérito por questionário às empresas, considerando que estas tinham de possuir pelo menos o sistema de gestão da qualidade certificado e ser uma pequena ou média empresa. No trabalho discute-se as razões pela qual as empresas aderem ou não às certificações, os benefícios e o impacto que as empresas obtiveram e questões pertinentes sobre os três sistemas de gestão e algumas directrizes contidas nas normas ISO 9000...

‣ O desempenho operacional nas fusões e aquisições entre PME da Península Ibérica

Coelho, António Pedro Almeida Antunes
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
368.00605%
Dissertação de mestrado em Finanças; As Fusões & Aquisições são tidas como um meio de rentabilizar recursos e aumentar receitas. Seja pelo interesse que despertam, seja pela disponibilidade de informação, a atenção dos investigadores neste âmbito tem convergido nas grandes operações envolvendo empresas cotadas, com predominância da análise do desempenho baseada em indicadores de mercado. Os resultados encontrados não permitem conclusões consistentes: surgem tanto melhorias como diminuição no desempenho operacional e as alterações verificadas são, umas vezes, não significativas mas, outras vezes, assumem dimensões significativas. O presente estudo centra-se nas PME, que não têm merecido grande atenção, apesar de apresentarem um peso inquestionável na economia mundial. Orientamos a nossa investigação para estudar, em PME da Península Ibérica, o efeito de F&A no desempenho operacional dos adquirentes e alvos envolvidos nesse processo. São utilizadas quatro medidas de desempenho operacional (Rendibilidade do Activo, Margem EBITDA, Margem EBITDA Ajustada para variações no Fundo de Maneio e Solvabilidade) e uma de constrangimento financeiro (Disponibilidades normalizadas pelo Activo) com as quais se pretende colher informações relativamente às variantes constitutivas desse desempenho. Para tal efectuamos testes de diferenças entre médias e medianas e regresões pelo MMQ. Os resultados apontam para que...

‣ Effects of controlled atmosphere (CA) storage on pectinmethylesterase (PME) activity and texture of ‘Rocha’ pears

Galvis-Sánchez, Andrea C.; Morais, Alcina M.M.B.
Fonte: Society for Chemical Industry Publicador: Society for Chemical Industry
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2001 Português
Relevância na Pesquisa
368.00605%
Firmness and pectinmethylesterase (PME) activity were evaluated in pears (cv Rocha) after 9 months of storage in controlled atmosphere (CA) followed by various periods of exposure to air at room temperature. The free calcium content was also evaluated in tissues. Fruit firmness decreased with increasing time of air exposure for all four different CA storage conditions tested. After 9 days of air exposure, fruits stored in 2% O2 + 1.5% CO2 were less firm than control fruits (stored in air) and showed higher PME activity. In spite of normal textural changes being observed with increasing time of exposure to air at room temperature, the underlying metabolism might have been affected by CA storage.

‣ Determinantes da liquidez: evidência empírica nas PME

Xará, Joana Soares Cereja
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
363.1485%
Este trabalho tem como principal objetivo a procura de evidência empírica sobre os determinantes do nível de liquidez das PME portuguesas, bem como analisar até que ponto o comportamento destes determinantes difere em períodos de estabilidade ou crise económica. Para a concretização do estudo estimámos, através da metodologia de dados em painel, o comportamento dos determinantes da liquidez no período compreendido entre 2002 e 2011, considerando uma amostra de 4.355 empresas. A evidência encontrada confirma a existência de uma relação significativa entre algumas das variáveis consideradas como potenciais determinantes da liquidez e esta, bem como com a sua evolução ao longo do período em análise. De facto, os resultados evidenciam uma relação positiva entre a dimensão das empresas e a probabilidade de dificuldades financeiras e a variável dependente, tesouraria, bem como uma relação negativa entre o endividamento e a estrutura de vencimento da dívida e a tesouraria das empresas. Os resultados revelam ainda um efeito da crise na liquidez das empresas da amostra, nomeadamente através da redução do passivo de curto prazo e do endividamento em geral, bem como um aumento do ciclo de conversão de caixa. Os testes de robustez permitiram...

‣ Financiamento das PME e a sua dependência face ao crédito bancário

Pinho, Verónica Filipa Simões de
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
368.00605%
O principal objetivo deste trabalho consiste em estudar os determinantes da estrutura de capital das PME portuguesas e a forma como podem ter influência na sua política de financiamento, procurando demonstrar que existem diferenças nas estruturas de capital, dos diferentes sectores de atividade. Desde o estudo pioneiro desenvolvido por Modigliani & Miller que a temática da estrutura de capital tem sido amplamente discutida. Os resultados obtidos demonstram que existem diferenças na estrutura de capital em todos os setores de atividade. A relação entre uma determinada característica das empresas e a estrutura de capital pode diferir em sinal e magnitude em todos os setores, fornecendo insights sobre a relevância das teorias da estrutura de capital para os diferentes sectores. Os resultados também sugerem alguma evidência de que a estrutura de capital das PME portuguesas pode ser explicada através da Teoria Pecking Order e da teoria do Trade-Off, assumindo-se como teorias complementares.; The main objective of this work is to study the determinants of capital structure of Portuguese SMEs and how they can have an influence on its financial policy, to show that there are differences in capital structures, in the different sectors of activity. Since the pioneering study developed by Modigliani & Miller that the issue of capital structure has been widely discussed. The results show that there are differences in the structure of capital in all sectors of activity. The relationship between a particular characteristic of firms and capital structure can differ in sign and magnitude across all sectors...

‣ O efeito da crise financeira na estrutura de capital das PME portuguesas

Couto, Tiago Alexandre Quental
Fonte: Universidade de Aveiro Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
363.1485%
Este trabalho tem como principal objetivo identificar os determinantes do nível de endividamento das PME portuguesas, bem como o seu comportamento perante períodos económicos díspares, de expansão ou recessão. Através da metodologia dos dados em painel não balanceados, analisámos o período compreendido entre 2004 e 2012, considerando uma amostra de 1.444 pequenas e médias empresas portuguesas. A evidência encontrada confirma a existência de uma relação significativa entre todas as variáveis explicativas e o grau de endividamento das empresas da amostra. Os resultados evidenciam uma relação positiva entre a tangibilidade dos ativos de uma empresa, a dimensão e taxa de crescimento do ativo, e o nível de endividamento da empresa. Encontrámos ainda evidência da existência de uma relação negativa entre a rendibilidade, as vantagens fiscais não resultantes de dívida e o ciclo de vida, e o nível de endividamento da empresa. Ao contrário do esperado, os resultados confirmam a existência de uma relação positiva entre o risco de negócio e o endividamento. Por fim, a crise financeira do subprime veio influenciar negativamente os níveis de endividamento das empresas portuguesas, consequência do racionamento e encarecimento do crédito bancário. Os testes de robustez permitiram...

‣ O Planeamento Estratégico e a Gestão Estratégica nas PME

Azeitão, João; Roberto, José
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Aula Formato: 121454 bytes; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
363.1485%
A gestão estratégica deve assumir-se como abordagem integral capaz de alinhar dois processos fundamentais: eficiência operacional e estratégia competitiva. Para tal, é necessária uma revisão aos processos já existentes e executados pelos diferentes sectores da organização. E, neste âmbito, o Balanced Scorecard representa um instrumento bastante valioso na medida em que permite monitorizar o desempenho organizacional numa perspectiva de interdependência com a estratégia, e possibilita a retro-alimentação do processo de planeamento estratégico. A actual conjuntura económica constitui uma séria ameaça para as pequenas e médias empresas (PME) se estas não se imbuírem de um espírito de antecipação face aos acontecimentos. Apela-se, portanto, a um novo estilo de governação empresarial que há-de, forçosamente, passar pelo investimento na planificação estratégica e em sistemas integrados de informação estratégica e operacional. Neste particular o Balanced Scorecard pode revelar-se uma ferramenta bastante importante, desde que estejam reunidas certas condições mínimas para a sua implementação.

‣ O Planeamento Estratégico e a Gestão Estratégica nas PME

Azeitão, João; Roberto, José
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
363.1485%
A gestão estratégica deve assumir-se como abordagem integral capaz de alinhar dois processos fundamentais: eficiência operacional e estratégia competitiva. Para tal, é necessária uma revisão aos processos já existentes e executados pelos diferentes sectores da organização. E, neste âmbito, o Balanced Scorecard representa um instrumento bastante valioso na medida em que permite monitorizar o desempenho organizacional numa perspectiva de interdependência com a estratégia, e possibilita a retro-alimentação do processo de planeamento estratégico. A actual conjuntura económica constitui uma séria ameaça para as pequenas e médias empresas (PME) se estas não se imbuírem de um espírito de antecipação face aos acontecimentos. Apela-se, portanto, a um novo estilo de governação empresarial que há-de, forçosamente, passar pelo investimento na planificação estratégica e em sistemas integrados de informação estratégica e operacional. Neste particular o Balanced Scorecard pode revelar-se uma ferramenta bastante importante, desde que estejam reunidas certas condições mínimas para a sua implementação.

‣ Estudo da relação entre o perfil do profissional e a qualidade da informação contabilística na ótica dos gestores das PME de Excelência da Região Alentejo

Mestre, Cristiana Romão
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
368.00605%
Cada vez mais existe a necessidade de consciencializar as empresas da importância de produzirem uma informação contabilística credível, útil, fidedigna e acima de tudo transparente, ou seja, com qualidade. Esta qualidade da informação é importante na medida em que influencia as decisões e o dia a dia das empresas. Em virtude do tipo de informação contabilística ser fruto de quem a elabora, o presente trabalho de investigação tem como objetivo averiguar se existe ou não relação entre a qualidade da informação contabilística e o perfil do profissional responsável pela elaboração dessa informação, na ótica dos gestores e diretores financeiros das PME de Excelência da Região Alentejo. Neste contexto, o estudo empírico tem por base as PME de Excelência da Região Alentejo, apuradas em dois rankings nacionais, sendo o inquérito o método escolhido para a recolha dos dados. Os resultados obtidos mostram que a qualidade da informação contabilística é independente do perfil do profissional responsável pela elaboração dessa informação; ABSTRACT: Increasingly there is a need to awareness the companies for the importance to produce a useful, reliable and transparent accounting information, ie, with quality. This quality of the information is important once that influences decisions and day-to-day business. Due to the type of accounting information be the result of who prepares the present research aims to determine whether there is relationship between the quality of accounting information and profile of the professional responsible for preparing this information...

‣ O Papel da Gestão de Tesouraria de Curto Prazo nas PME

Pires, Leonel
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 18/11/2013 Português
Relevância na Pesquisa
368.00605%
Atendendo à expressividade das PME em Portugal, e à pouca especificidade quanto ao funcionamento destas, realizou-se este estudo de caso, à Socingraf, empresa gráfica, com o objetivo de analisar as opções de tesouraria de curto prazo. Escolhida por aparentar ser um bom exemplo de uma empresa nacional, foi PME Líder até 2011. A dissertação é composta pelos enquadramentos metodológico e teórico, e por um estudo da empresa. Este estudo baseia-se numa análise dos documentos contabilísticos, rácios e outros métodos mais especializados, seguida de uma visão global das três entrevistas realizadas, concluindo com uma síntese das principais decisões do gestor a partir do segundo semestre de 2012. Desta forma, identificámos algumas das dificuldades com que a empresa se tem vindo a defrontar, os instrumentos financeiros de curto prazo mais utilizados, bem como algumas opções na gestão de tesouraria no que respeita a clientes e fornecedores. Tendo as decisões de tesouraria aparentado ser mais uma reação ao mercado, do que o resultado de uma estratégia de desenvolvimento da empresa, podemos concluir que, atendendo ao modelo de funcionamento nas pequenas empresas, existe grande dificuldade em conseguir planear com precisão e tomar decisões...

‣ Determinantes da estrutura de capital das PME portuguesas

Oliveira, Inês Gonçalves de
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
368.00605%
Tese de Mestrado em Finanças / Classificação JEL: C23, G32, G33; Desde o clássico e pioneiro artigo de Modigliani e Miller (1958), a estrutura de capital tem sido um dos temas mais estudados em finanças empresariais. A heterogeneidade das conclusões e dos resultados encontrados não permitiu ainda chegar a uma posição concreta e universalmente aceite. A presente dissertação tem como objectivo investigar se as práticas empresariais seguidas pelas pequenas e médias empresas portuguesas (PME), no que se refere às decisões financeiras, permitem validar os argumentos propostos pelas teorias explicativas da estrutura de capital. Tendo como base uma amostra de dados em painel, com 3,748 observações relativas a 1,743 PME portuguesas referente ao período entre 2007 e 2010, os resultados empíricos não evidenciam uma tendência clara de que estas empresas sigam uma abordagem concreta na definição da sua estrutura de capital. Ao invés, as decisões sobre a estrutura de capital parecem obedecer à observação de um conjunto de atributos resultantes da sobreposição de várias abordagens teóricas referidas pela literatura. Os atributos cujos coeficientes estimados reúnem maior significância estatística ao nível dos sectores de actividade analisados...

‣ O balanced scorecard como catalisador da auto-suficiência das PME portuguesas : estudo de caso

Caseiro, Luciana Pedrosa de Oliveira
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
368.00605%
Projecto de Mestrado em Gestão de Recursos Humanos / Sistema de classificação JEL (Journal Economics Literature) • L1 - Market Structure, Firm Strategy, and Market Performance • L2 - Firm Objectives, Organization, and Behavior • O - Economic Development, Technological Change, and Growth O Balanced Scorecard como Catalisador da Auto-Suficiência das PME Portuguesas - Estudo de Caso; O tecido empresarial português é em 99,6% constituído por micro, pequenas e médias empresas. Portugal é, por isto, um país de PME. Dado as características particulares desta tipologia de empresas, este trabalho pretende dissimular a complexidade, dificuldade de implementação e investimento associado aos sistemas de gestão estratégica e à gestão dos recursos humanos neste tipo de empresas através do Balanced Scorecard. Em termos metodológicos será apresentado um estudo de caso bem como um possível plano de acção como ponto de partida para a mudança organizacional. Este trabalho pretende, então, dar um contributo útil a cada empresa que acredite que a mudança pode surgir de dentro e para dentro. Ou seja, que com as ferramentas aliadas ao Balanced Scorecard aqui descritas se possa pensar critica e estrategicamente os seus constrangimentos financeiros...

‣ Desafios das PME industriais no desenvolvimento colaborativo de novos produtos

Moreira, António Carrizo
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2004 Português
Relevância na Pesquisa
368.00605%
0 relacionamento colaborativo ao Iongo da cadeia de valor tem sido tradicionalmente baseado em actividades produtivas. As abordagens colaborativas baseadas em processos de desenvolvimento de novos produtos envolvem um relacionamento bem mais aprofundado, o que implica desafios a nível de coordenação e de integração inter-empresarial. Estes desafios têm sido estudados em ambientes relativamente globais, envolvendo grandes empresas multinacionais com amplos recursos tecnológicos cuja aplicabilidade em contextos como o portugues é difícil devido às condicionantes tecnológica e dimensional do seu tecido produtivo. De forma a poder avaliar os desafios das PME industrials portuguesas, recorreu-se a um estudo envolvendo quatro empresas produtoras dos sectores automóvel e electrónico e a vinte dos seus fornecedores. As conclusões apontam para um relacionamento pouco colaborativo a nível de desenvolvimento de novos produtos, devido a dois factores principals: as fraquezas tecnológicas das PME e fraco envolvimento a montante dos seus clientes.

‣ O impacto da Gestão do Conhecimento na Gestão da Qualidade Total nas empresas distinguidas como PME Líder em 2012

Espírito Santo, Lídia
Fonte: Instituto Politécnico de Leiria Publicador: Instituto Politécnico de Leiria
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 03/11/2014 Português
Relevância na Pesquisa
368.00605%
Dissertação de Mestrado em Controlo de Gestão apresentada à Escola Superior de Tecnologia de Gestão do Instituto Politécnico de Leiria.; Num ambiente economicamente instável, as organizações devem criar condições para vingarem no mercado onde se inserem. A aposta das empresas em fatores diferenciadores como a Gestão do Conhecimento e a Gestão da Qualidade Total torna-se cada vez mais evidente. De acordo com a literatura, a Gestão do Conhecimento e a Gestão da Qualidade Total têm características análogas, na medida em que se baseiam nos recursos humanos, na partilha de conhecimentos e na satisfação dos clientes, estando por isso relacionadas. Como forma de verificar a importância que as organizações atribuem a estes conceitos, avançou-se com o presente estudo que incidiu nas Pequenas e Médias Empresas que foram distinguidas como PME líder em 2012. O principal objetivo desta investigação é analisar a influência que a Gestão do Conhecimento exerce na Gestão da Qualidade Total nas PME que se destacaram em 2012 como líderes. Os resultados obtidos indicam que a Gestão do Conhecimento está associada positivamente com a Gestão da Qualidade Total. Apesar de esta conclusão ir ao encontro da teoria, a generalização deverá ser feita com alguma precaução...

‣ Gestão de inovação nas pequenas e médias empresas portuguesas: o caso das PME de excelência

Cardoso, Aryana Germana de Sousa Gomes
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
368.00605%
O desenvolvimento de qualquer investigação pressupõe a existência de algo que nos inquieta e nos induz curiosidade e este trabalho não constitui uma exceção. Considero que as Pequenas e Médias Empresas - PME são reconhecidas como o motor da economia Europeia e que os serviços incorporados na cadeia de valor representam uma grande oportunidade de diferenciação, planear a internacionalização da empresa acaba por se tornar um grande desafio. Este trabalho objetiva analisar a gestão de inovação nas pequenas e médias empresas portuguesas, tendo por base um estudo de caso da empresa A.F Azevedo – Ferramentas. Neste sentido, foram aplicados questionários/modelo de entrevista como instrumentos de recolha de dados de estudo. No final do trabalho são apresentadas propostas que permitem sensibilizar e motivar a reflexão sobre a temática Gestão de Inovação de modo que as PME consigam tirar as boas ideias do papel e transforma-las em produtos no mundo real, sendo que inovar não é apenas fazer coisas diferentes, mas, também, fazer as mesmas coisas de formas diferentes, criando novos potenciais de satisfação,focando sempre no contributo da Gestão de Inovação para as melhorias da empresa de médio e longo prazo.; The development of any investigation assumes thatthere is something that causes us restless and curious and this work is no exception. Considering that the Small and Medium Entrerprises –SME are known by being Europe´s engine and that the incorporated services into the company´s value chain represent a differentiation opportunity...

‣ Evolução das políticas públicas de apoio as PME, em Portugal

Baptista, Paulo de Gouveia
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
368.00605%
Mestrado em Gestão e Estratégia Industrial; No contexto de turbulência económica vivenciado atualmente, ganha ainda mais sentido falar na eficiente afetação dos recursos que, por si, se apresentam escassos. Esta preocupação, transversal a muitas áreas, ganha particular relevo no âmbito das políticas públicas, uma vez que a má ou débil administração dos recursos económicos poderá penalizar a competitividade global de um País, além de afetar inúmeros particulares. É pois esperado que estes recursos sejam eficientemente aplicados tendo em conta as necessidades reais e específicas de cada país. Centrando-se nas PME, o presente trabalho procura verificar se este particular grupo de empresas conseguiu conquistar, ao longo dos anos, o seu merecido lugar de destaque no âmbito dos programas de apoio implementados em Portugal, bem como averiguar de que forma a visão dos policy makers, sobre as mesmas, tem vindo a evoluir. Para tal, esta investigação qualitativa, realizada através da análise de produtos escritos, recai sobre os principais resultados de três programas implementados em Portugal (PEDIP, PRIME e QREN), alcançando algumas considerações relativamente ao rumo que a aplicação de tais políticas poderão vir a ter futuramente em Portugal...

‣ PEC e a vertente empresarial: impacto na gestão de tesouraria das PME

Costa, José Eduardo Díaz da
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
368.00605%
Dissertação de Mestrado apresentada ao Instituto de Contabilidade e Administração do Porto para a obtenção do grau de Mestre em Contabilidade e Finanças, sob orientação de Cláudia Maria Pereira Esta versão contém as críticas e sugestões dos elementos do júri.; Nota: 16 valores; A presente dissertação abrange uma série de áreas de investigação distintas, como sendo a Gestão, Finanças, Fiscalidade, bem como a Contabilidade. Assim, para a consecução da presente dissertação, efetuou-se, numa primeira fase, uma breve abordagem e análise das bases teóricas existentes até ao presente, principalmente daquelas que se encontram mais diretamente relacionadas com o tema em defesa: Pagamento Especial por Conta (PEC) e Gestão de Tesouraria (Gestão Financeira de Curto Prazo), procedendo-se assim a um enquadramento inicial acerca da incidência da dissertação, assim como a sua pertinência na atualidade. Numa fase posterior, analisou-se a interligação existente entre os dois conceitos em análise na fase inicial (PEC e Gestão de Tesouraria), com a pretensão de se demonstrar que está patente nos resultados financeiros aferidos pelas empresas o impacto da componente fiscal em variáveis tão fundamentais para a Gestão de Tesouraria...

‣ Monte Carlo simulation of orange juice pectinmethylesterase (pme) inactivation by combined processes of high hydrostatic pressure (hhp) and temperature

Serment-Moreno,V.; Mújica-Paz,H.; Torres,J.A.; Welti-Chanes,J.
Fonte: UAM, Unidad Iztapalapa, División de Ciencias Básicas e Ingeniería Publicador: UAM, Unidad Iztapalapa, División de Ciencias Básicas e Ingeniería
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
368.00605%
The variability effect of kinetic data was investigated by simulating orange juice; pectinmethylesterase (PME) inactivation with combined processes of high hydrostatic pressure-temperature (100-500 MPa; 20-40°C), applying the Monte Carlo method. Parameters from an Eyring-Arrheniius model that predicts the kinetic inactivation constant (k) as a function of both pressure and temperature were found reported in literature and considered for the enalysis. The kinetic analysis was carried out with both Monte Carlo simulations and the traditional deterministic approach, which only considers mean values and does not take into account data variability. Simulations with the Monte Carlo method demonstrated that residual PME activity predicted with deterministic calculations greatly differed from those obtained through confidence intervals of simclated probabilistic distributions. Meen values overrated residual enzyme activity from 4% to ≈ 2, 800% when compared to the 95% confidence intervals generated with the Monte Carlo method. This divergence augmented as both applied pressure and temperature levels increased. Similar risk analysis projects can be further developed to establish the foundations for future food processing regulations of enzymatic control.