Página 1 dos resultados de 50 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

‣ Património e turismo em áreas de baixas densidade : o caso das aldeias do Pessegueiro e do Esquio

Ventura, Marta Sofia Gomes
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
17.356848%
Este trabalho apresenta uma reflexão sobre as trajectórias, dinâmicas e desenvolvimento das áreas rurais de montanha. A crescente valorização ambiental das áreas rurais trouxe novos dinamismos e potencialidades a estes espaços de baixas densidades. Outrora afectados por um intenso êxodo rural e por um paulatino e doloroso despovoamento e esquecimento, começam a ser redescobertos e a ganharem multifuncionalidades, vinculando-se a actividades lúdicas, desportivas ou terapêuticas. As áreas de montanha, sobretudo no sul da Europa, devido às suas características naturais, estruturais e funcionais são, agora, áreas deprimidas e fragilizadas. A descoberta de atractividade e formas de as potencializar económica e socialmente é, na actualidade, um desafio. Esta dissertação está estruturada em duas partes distintas. Numa primeira fase, com base numa revisão bibliográfica, procedeu-se à caracterização da actual situação das áreas rurais, potencialidades, recursos, modelos, estratégicas e politicas de desenvolvimento a nível nacional, regional e local; o que mudou no espaço rural português, como passou de um espaço vivo vinculado às actividades do sector primário a um espaço de consumo urbano. Paralelamente...

‣ Estudo Sistémico do Arquivo da Câmara Municipal de Penela

Ferreira, Helena
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
16.714071%

‣ Lathyrus sativus L. : application of biotechnological and biochemistry techniques towards plant breeding

Gonçalves, Letice
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
17.356848%
O chícharo (Lathyrus sativus L.) é uma das culturas de grão que tem sido negligenciada (NUC), no entanto apresenta um elevado potencial para ser uma importante fonte de proteínas, principalmente em países com deficit alimentar, uma vez que consegue desenvolver-se em terrenos marginais inapropriados para outras culturas mais exigentes. Ademais, o chícharo pode ser um importante reservatório de diversidade genética, com características de elevado interesse, que poderá ser utilizado em programas de melhoramento vegetal. Apesar das enormes vantagens que o chícharo comporta, todo o seu potencial está ainda por realizar. Recentemente tem havido um renovado interesse nesta cultura, inclusive em Portugal, e algumas das mais modernas biotecnologias têm sido aplicadas no sentido de promover o melhoramento desta planta. O objetivo deste trabalho é a realização do um estudo de oito variedades tradicionais portuguesas abrangendo três diferentes, mas complementares, aspetos concomitantes com o melhoramento do chícharo: propagação através da cultura de tecidos, avaliação da diversidade genética e identificação e quantificação da neurotoxina β- ODAP. Colheram-se, junto dos produtores da região do Sicó, oito genótipos das variedades tradicionais. Foram estabelecidas culturas in vitro de ápices meristemáticos em meio MS suplementado com 1 μM BAP...

‣ Incêndios Florestais em Portugal Continental fora do "período crítico". Contributos para o seu conhecimento.

Fernandes, Sofia
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
16.714071%
Todos os anos, durante o verão, milhares de hectares de floresta são devastados pelos incêndios florestais que se verificam em várias regiões do globo. Na Europa, por exemplo, a maior parte, concentram-se na região do Mediterrâneo. Portugal tem sido o país mais afetado registando, maioritariamente, entre os meses de julho a setembro, uma grande concentração do número de ocorrências e área ardida, pelo que estes meses foram designados de período crítico, durante o qual vigoram medidas especiais de prevenção, deteção e combate a incêndios florestais. Apesar dos incêndios florestais serem mais frequentes na época estival, estes podem ocorrer em qualquer altura do ano, desde que se reúnam condições propícias à sua deflagração. Por vezes, até assumem grandes dimensões, como os dois grandes incêndios florestais ocorridos em Penela, no distrito de Coimbra, nos finais do mês de março de 2012, cuja área ardida atingiu os 1 882 ha. Ora, a presente investigação tem por objetivo apresentar uma reflexão sobre os incêndios florestais que deflagraram em Portugal Continental, fora do “período crítico”, entre 1981 e 2012, com vista a uma melhor compreensão da real dimensão desta problemática, pouco debatida entre nós...

‣ Uma casa museu em território de ecomuseu - Fernando Namora em Condeixa

Rodrigo, Lino; Nujo, Fernanda; Pessoa, Miguel
Fonte: Edições Universitárias Lusófonas Publicador: Edições Universitárias Lusófonas
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
16.714071%
“(...) A nossa vida cultural sacrifica o convívio frutuoso, e para isso doseado de respeito mútuo, ao espectáculo do sectarismo tribal. Que faz vista. Que é trombeta de prestígio. (...)” Fernando Namora, in Sino na Montanha. A Casa-Museu Fernando Namora foi inaugurada a 30 de Junho de 1990. Integra uma colecção oferecida pelos familiares do escritor à Câmara Municipal de Condeixa-a-Nova. É um Museu-edifício e é assim que ela se apresenta num vasto espaço que é o Território do Ecomuseu—uma mancha geográfica que se estende desde Arzila até Penela (Desenho 1). Enquanto Casa-Museu, e consoante as disponibilidades discretas de cofre, esta já feita a inventariação sistemática dos materiais do acervo. Está organizada uma listagem dos objectos museológicos, num total de 6974, que vemos acompanhados das respectivas fotografias—sinal seguro de que existe preocupação com a segurança desta herança cultural, nomeadamente contra roubo. No que respeita ainda a segurança na Casa-Museu e espaço imediatamente envolvente, têm sido feitas acções de formação na área do socorrismo e luta contra incêndio, o que pressupõe obviamente a disponibilização de meios para essas tarefas.

‣ Narrativas Tatuadas. A narrativa como convergência entre a ilustração e tatuagem

David Carlos da Silva Penela
Fonte: Universidade do Porto Publicador: Universidade do Porto
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
16.714071%

‣ Aspetos de criatividade, fantasia e imaginação na educação visual

Antunes, Ana Margarida Penela de Deus
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
16.714071%
O presente Relatório Final debruça-se na implementação de um projeto de desenvolvimento do processo criativo e capacidade de resolução de problemas, nos alunos do 9ºano de escolaridade do 3º ciclo do Ensino Básico, no âmbito da disciplina de Educação Visual. Para isso fez-se uso da Metodologia Projetual do designer Bruno Munari. De forma a desenvolver o pensamento criativo, serão estudados e aplicados os aspetos da fantasia, imaginação e criatividade referidos por Munari no livro Fantasia. O projeto consiste na utilização da Metodologia Projetual como ferramenta didática, criando assim diferentes etapas onde a exploração de ideias e novas soluções foram uma constante na aprendizagem do aluno. A análise dos dados foi realizada recorrendo a dois questionários, construídos pela investigadora, que permitiram conhecer a opinião dos alunos quanto ao projeto e o seu desenvolvimento. Apesar da amostra na qual foi aplicado este estudo ter sido muito reduzida, permitiu verificar, nos alunos, um aumento na produção de ideias criativas e novas soluções.; The current Final Report is focused on the implementation of a project aimend to develop the creative process and problem solving capacity of students from the 9th year of scholarship...

‣ Mosaicos da villa romana do Rabaçal, Penela, Portugal: Prelúdio de arte bizantina?

Pessoa, Miguel
Fonte: Edições Colibri / Instituto de História da Arte - Faculdade de Ciências Sociais e Humanas/UNL Publicador: Edições Colibri / Instituto de História da Arte - Faculdade de Ciências Sociais e Humanas/UNL
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2007 Português
Relevância na Pesquisa
27.356848%
Revista do IHA, N.3 (2007), pp.84-101; Os mosaicos da Villa romana do Rabaçal, em particular as figuras das Estações do Ano, são reveladores de um alto valor artístico. Exemplarmente integrados numa arquitectura de extraordinária qualidade, ilustram bem um tipo de trabalho de uma oficina numa zona periférica no extremo ocidental da costa atlântica, em meados do século IV. Reflectem um estilo, capacidade técnica e uma boa interpretação de modelos cujos paralelos longínquos sugerem a presença de uma oficina itinerante de afinidades orientais, da qual talvez venhamos a conhecer no futuro outras criações, bem como o correspondente itinerário de influências. Assim sendo, esta obra influenciada pelos artistas da corte imperial instalada em Constantinopla, a nova capital do império romano no segundo terço do século IV, constitui-se, no actual estado da nossa investigação, como um raro exemplo de arte protobizantina em Portugal.

‣ Retratos ou Alegorias nos Mosaicos das Estações do Ano da Villa Romana do Rabaçal, Penela, Portugal?

Pessoa, Miguel
Fonte: Instituto de História da Arte - Faculdade de Ciências Sociais e Humanas/UNL Publicador: Instituto de História da Arte - Faculdade de Ciências Sociais e Humanas/UNL
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2008 Português
Relevância na Pesquisa
27.356848%
Revista do IHA, N.5 (2008), pp.38-67; A localização, entre 1985 e 1987, de dois conjuntos de mosaicos exibindo o tema das Estações do Ano, na pars urbana da Villa romana do Rabaçal, datados da 2ª metade do séc. IV, suscitou desde logo a atenção, na medida em que trouxe ao nosso conhecimento uma maior variedade artística entre as representações da figura humana conhecidas até hoje nos mosaicos romanos de Portugal. Constituem, em nosso entender, um exemplo de prelúdio de arte bizantina, cuja chamada Idade de Ouro será alcançada no reinado de Justiniano (527-565). De facto, estas figuras são”embaixadoras” das suas congéneres ravenatico-bizantinas.

‣ Contributo da educação ambiental/EDS para a construção da cidadania no currículo 1.º Ciclo do Ensino Básico

Fenrinha, Maria dos Anjos Penela César
Fonte: Faculdade de Ciências e Tecnologia Publicador: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
16.714071%
Dissertação para obtenção do Grau de Doutor em Ciências da Educação, Especialidade Educação, Sociedade e Desenvolvimento; A Escola surge como um espaço onde os diferentes atores se encontram, para partilharem saberes e, colaborativamente, encontrarem caminhos e soluções. A sociedade atual tem sofrido grandes transformações, e a problemática relativa ao Ambiente tem que ser trabalhada com os alunos, para que deste modo sejam criados alicerces logo a partir dos primeiros anos de escolaridade, adoptando uma perspectiva de Educação Ambiental (EA) / Educação para o Desenvolvimento Sustentável (EDS). O Ambiente aparece no currículo do 1.º ciclo do ensino básico (1.º CEB) incluído na área de estudo do meio, designadamente no 4.º ano de escolaridade, embora de forma pouco expressiva. Até lá e embora passível de ser trabalhado nas diversas áreas curriculares, o seu estudo fica essencialmente sujeito à sensibilidade que cada professor possui para esta temática. Também os projetos de EA/EDS construídos nas escolas, desenvolvem algumas vezes estas competências nos alunos, sendo contudo que nem todos os professores aderem a estes projetos. Nesse sentido, propomos a criação de uma área curricular de EA/EDS...

‣ β-arrestin- and c-Src-dependent degradation of G-protein-coupled receptor kinase 2

Penela, Petronila; Elorza, Ana; Sarnago, Susana; Mayor, Federico
Fonte: Oxford University Press Publicador: Oxford University Press
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 17/09/2001 Português
Relevância na Pesquisa
16.714071%
G-protein-coupled receptor kinase 2 (GRK2) plays a key role in the regulation of G-protein-coupled receptors (GPCRs). GRK2 expression is altered in several pathological conditions, but the molecular mechanisms that modulate GRK2 cellular levels are largely unknown. We recently have described that GRK2 is degraded rapidly by the proteasome pathway. This process is enhanced by GPCR stimulation and is severely impaired in a GRK2 mutant that lacks kinase activity (GRK2-K220R). In this report, we find that β-arrestin function and Src-mediated phosphorylation of GRK2 are critically involved in GRK2 proteolysis. Overexpression of β-arrestin triggers GRK2-K220R degradation based on its ability to recruit c-Src, since this effect is not observed with β-arrestin mutants that display an impaired c-Src interaction. The presence of an inactive c-Src mutant or of tyrosine kinase inhibitors strongly inhibits co-transfected or endogenous GRK2 turnover, respectively, and a GRK2 mutant with impaired phosphorylation by c-Src shows a markedly retarded degradation. This pathway for the modulation of GRK2 protein stability puts forward a new feedback mechanism for regulating GRK2 levels and GPCR signaling.

‣ Mdm2 is involved in the ubiquitination and degradation of G-protein-coupled receptor kinase 2

Salcedo, Alicia; Mayor, Federico; Penela, Petronila
Fonte: PubMed Publicador: PubMed
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
16.714071%
G-protein-coupled receptor kinase 2 (GRK2) is a central regulator of G-protein-coupled receptor signaling. We report that Mdm2, an E3-ubiquitin ligase involved in the control of cell growth and apoptosis, plays a key role in GRK2 degradation. Mdm2 and GRK2 association is enhanced by β2-adrenergic receptor stimulation and β-arrestin. Increased Mdm2 expression accelerates GRK2 proteolysis and promotes kinase ubiquitination at defined residues, whereas GRK2 turnover is markedly impaired in Mdm2-deficient cells. Moreover, we find that activation of the PI3K/Akt pathway by insulin-like growth factor-1 alters Mdm2-mediated GRK2 degradation, leading to enhanced GRK2 stability and increased kinase levels. These data put forward a novel mechanism for controlling GRK2 expression in physiological and pathological conditions.

‣ Association of 14-3-3 Proteins to β1-Adrenergic Receptors Modulates Kv11.1 K+ Channel Activity in Recombinant Systems

Tutor, Antonio S.; Delpón, Eva; Caballero, Ricardo; Gómez, Ricardo; Núñez, Lucía; Vaquero, Miguel; Tamargo, Juan; Mayor, Federico; Penela, Petronila
Fonte: The American Society for Cell Biology Publicador: The American Society for Cell Biology
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /11/2006 Português
Relevância na Pesquisa
16.714071%
We identify a new mechanism for the β1-adrenergic receptor (β1AR)-mediated regulation of human ether-a-go-go–related gene (HERG) potassium channel (Kv11.1). We find that the previously reported modulatory interaction between Kv11.1 channels and 14-3-3ε proteins is competed by wild type β1AR by means of a novel interaction between this receptor and 14-3-3ε. The association between β1AR and 14-3-3ε is increased by agonist stimulation in both transfected cells and heart tissue and requires cAMP-dependent protein kinase (PKA) activity. The β1AR/14-3-3ε association is direct, since it can be recapitulated using purified 14-3-3ε and β1AR fusion proteins and is abolished in cells expressing β1AR phosphorylation–deficient mutants. Biochemical and electrophysiological studies of the effects of isoproterenol on Kv11.1 currents recorded using the whole-cell patch clamp demonstrated that β1AR phosphorylation–deficient mutants do not recruit 14-3-3ε away from Kv11.1 and display a markedly altered agonist-mediated modulation of Kv11.1 currents compared with wild-type β1AR, increasing instead of inhibiting current amplitudes. Interestingly, such differential modulation is not observed in the presence of 14-3-3 inhibitors. Our results suggest that the dynamic association of 14-3-3 proteins to both β1AR and Kv11.1 channels is involved in the adrenergic modulation of this critical regulator of cardiac repolarization and refractoriness.

‣ G protein-coupled receptor kinase 2 positively regulates epithelial cell migration

Penela, Petronila; Ribas, Catalina; Aymerich, Ivette; Eijkelkamp, Niels; Barreiro, Olga; Heijnen, Cobi J; Kavelaars, Annemieke; Sánchez-Madrid, Francisco; Mayor, Federico
Fonte: Nature Publishing Group Publicador: Nature Publishing Group
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
16.714071%
Cell migration requires integration of signals arising from both the extracellular matrix and messengers acting through G protein-coupled receptors (GPCRs). We find that increased levels of G protein-coupled receptor kinase 2 (GRK2), a key player in GPCR regulation, potentiate migration of epithelial cells towards fibronectin, whereas such process is decreased in embryonic fibroblasts from hemizygous GRK2 mice or upon knockdown of GRK2 expression. Interestingly, the GRK2 effect on fibronectin-mediated cell migration involves the paracrine/autocrine activation of a sphingosine-1-phosphate (S1P) Gi-coupled GPCR. GRK2 positively modulates the activity of the Rac/PAK/MEK/ERK pathway in response to adhesion and S1P by a mechanism involving the phosphorylation-dependent, dynamic interaction of GRK2 with GIT1, a key scaffolding protein in cell migration processes. Furthermore, decreased GRK2 levels in hemizygous mice result in delayed wound healing rate in vivo, consistent with a physiological role of GRK2 as a regulator of coordinated integrin and GPCR-directed epithelial cell migration.

‣ New roles of G protein-coupled receptor kinase 2 (GRK2) in cell migration

Penela, Petronila; Ribas, Catalina; Aymerich, Ivette; Mayor, Federico
Fonte: Landes Bioscience Publicador: Landes Bioscience
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
16.714071%
G protein-coupled receptor kinase 2 (GRK2) was initially identified as a key player, together with β-arrestins, in the regulation of multiple G protein-coupled receptors (GPCR). Further research has revealed a complex GRK2 interactome, that includes a variety of proteins related to cell motility, and a role for GRK2 kinase activity in inhibiting chemokine-induced immune cell migration. In addition, we have recently reported that GRK2 positively regulates integrin and sphingosine-1-phosphate-dependent motility in epithelial cell types and fibroblasts, acting as a scaffold molecule. We suggest that the positive or negative correlation of GRK2 levels with cell migration would depend on the cell type, specific stimuli acting through plasma membrane receptors, or on the signalling context, leading to differential networks of interaction of GRK2 with cell migration-related signalosomes.

‣ A Carsificação nas Colinas Dolomíticas a Sul de Coimbra (Portugal centro-ocidental) - Fácies deposicionais e controlos estratigráficos do (paleo)carso no Grupo de Coimbra (Jurássico Inferior)

Dimuccio, Luca Antonio
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
17.356848%
É proposto um modelo evolutivo geológico/geomorfológico para explicar a distribuição espácio-temporal do paleocarso que afeta a sucessão carbonatada marinha de águas rasas do Jurássico Inferior (Grupo de Coimbra), aflorante na região Coimbra-Penela (Portugal centro-ocidental), numa configuração morfo-estrutural específica (Colinas Dolomíticas). No Grupo Coimbra, apesar do caráter essencialmente dolomítico e da presença de níveis areno-pelito/argilosos e margosos interpostos, identifica-se alguma carsificação, sendo visíveis vários aspetos ligados tanto à micro como a meso-carsificação. Todos os tipos de formas cársicas observadas são preenchidas por uma cobertura siliciclástica pós-jurássica (autóctone e/ou alóctone), o que aponta para uma natureza paleocársica. O principal objetivo deste trabalho é estudar o tipo de interação existente entre as fácies deposicionais, a diagénese precoce, as descontinuidades (sin e pós-deposicionais) e a distribuição espácio-temporal do paleocarso. O conceito de paleocarso não se limita aqui à definição de uma forma, e eventualmente do depósito que a preenche, que resultam de um ou vários processos/mecanismos, mas é interpretado como parte do registo geológico local e regional. As informações de campo recolhidas na observação detalhada de 21 afloramentos (entre várias dezenas de outras observações de campo)...

‣ Medo de cair e autonomia na execução das atividades de vida diária: estudo numa comunidade de idosos

Silva, Sara Margarida Lourenço da
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
17.356848%
As quedas são um dos principais fatores de morbilidade e mortalidade entre os idosos, afetando a sua autonomia e qualidade de vida. O natural desenvolvimento do processo de senescência conduz uma diminuição do equilíbrio, da força muscular, da flexibilidade e a alterações posturais levam a que o idoso sinta medo de cair, mesmo os que nunca caíram. Em ambas as situações, o medo de cair afeta a autoconfiança o que se repercute negativamente na autonomia na execução das atividades de vida diária do idoso. Estudo quantitativo, descritivo correlacional de nível II, analítico e transversal, cujo objetivo foi o de explorar e determinar a existência de uma relação entre a influência que o grau de autonomia que o idoso tem na execução das atividades de vida diária (AVD) exerce sobre o medo de cair, numa comunidade de idosos do concelho de Penela. Partiu-se de uma população que abrangeu os idosos que usufruem dos serviços prestados pelo Centro de Dia e Apoio Domiciliário da Cumieira ? Cáritas Diocesana de Coimbra e Lar e Centro de Dia e Apoio Domiciliário da Santa Casa da Misericórdia de Penela, perfazendo um total de 91 idosos. Para realizar a recolha de dados, que decorreu nos meses de Janeiro, Fevereiro e Março de 2014...

‣ Património e Cidadania: dos vestígios arqueológicos à ação pedagógica

Ferreira, Ana Paula Ramos
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
17.356848%
A articulação entre cidadania e património é fundamental para a sensibilização do indivíduo para o património. Neste sentido, têm os educadores um papel fundamental na ação junto das crianças. Daí a abordagem deste tema no universo da Escola, pois aqui não está só em causa o conhecimento, mas também a preparação da participação ativa do cidadão na vida em comunidade. A responsabilidade do professor de História é, nesta matéria, relevante. Ele é determinante na construção da consciência histórica dos futuros cidadãos: deverá levá-los a perceber que fizeram parte da História e a podem influenciar. Procurou-se assim, por um lado, mostrar as potencialidades do património arqueológico romano como instrumento didático no Ensino Básico, no âmbito da História, e, por outro, olhar para a Antiguidade Clássica como importante referência cultural através de testemunhos arqueológicos. Uma vez que o passado não se conhece diretamente, mas por intermédio de sinais que se analisam com o recurso a metodologia concreta e discursos rigorosos e coerentes, o contacto com a ruína ou com o objeto permite ao aluno, ele próprio, reconstruir esse processo, verificando que a História é “criação” e não “invenção” ou “ficção”...

‣ Recensão a: PEREIRA, Isabel; PESSOA, Miguel; SILVA, Teófilo, As Moedas. Villa Romana do Rabaçal (Penela – Portugal).

Encarnação, José d'
Fonte: Instituto de Arqueologia da Faculdade de Letras de Coimbra Publicador: Instituto de Arqueologia da Faculdade de Letras de Coimbra
Tipo: Revisão
Português
Relevância na Pesquisa
27.69354%
Procura-se mostrar a enorme importância que tem a publicação de um estudo como este das moedas encontradas na villa romana do Rabaçal.; Recensão a: PEREIRA, Isabel; PESSOA, Miguel; SILVA, Teófilo, As Moedas. Villa Romana do Rabaçal (Penela – Portugal). 25 Anos de Trabalhos Arqueológicos (1984-2010), Câmara Municipal de Penela, 2012. ISBN: 978-989-95800-8-4. O volume da revista, apesar de publicado em 14-01-2015, refere-se a 2012.

‣ O Idoso em Contexto Rural: o Exemplo do Concelho de Penela

Marmé, Sara Margarida Rasteiro Rodrigues
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
37.900735%
De acordo com a Organização Mundial de Saúde, a população com mais de 60 anos, a nível mundial, aumentará cerca de 22%, isto no horizonte até 2050. Em Portugal, embora este fenómeno abranja todo o território, é nas áreas rurais e sobretudo de interior que este mais se faz sentir. Como consequência deste fenómeno, surge o agravamento de um outro problema social muito evidente em Portugal que se prende com a exclusão social. Este problema social impede a população com mais de 60 anos de participar ativamente na vida cívica, quer porque a situação económica não lho permite quer porque apresenta uma mobilidade física reduzida. Numa tentativa de minimizar o impacto negativo, as políticas públicas introduziram um novo conceito designado por “inclusão social”. Este conceito tem como principal objetivo garantir às pessoas em risco ou socialmente debilitadas o acesso aos recursos necessários que permitam envelhecer de forma saudável, com a qualidade de vida a que têm direito. É com base nestes pressupostos que se pretende enfatizar o papel do idoso na sociedade em que vivemos, sobretudo nas áreas rurais, através de uma abordagem que integra as escalas Europeia, Nacional e Concelhia. Importante também será compreender o comportamento e a forma como se relaciona com o território que o circunda...