Página 1 dos resultados de 179 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

‣ "Recursos humanos de enfermagem na rede hospitalar do município de Uberaba-Minas Gerais" ; "Nursing staff in the hospitals network of Uberaba-Minas Gerais"

Iwamoto, Helena Hemiko
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/10/2005 Português
Relevância na Pesquisa
38.205317%
A área de enfermagem tem vivenciado algumas problemáticas relativas a recursos humanos, entre elas: escassez de enfermeiros, insatisfação no trabalho e alta rotatividade nos serviços.Este estudo descritivo teve como objetivos: descrever a distribuição das diferentes categorias de trabalhadores de enfermagem segundo variáveis demográficas e de inserção no emprego na rede hospitalar do município de Uberaba-Minas Gerais; mensurar e descrever a rotatividade desses trabalhadores. O estudo foi realizado em 11 hospitais, sendo um público, seis privados e quatro filantrópicos. A população constituiu-se de todos os enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem que, no período de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2003, antiveram vínculo empregatício nos hospitais estudados. As variáveis demográficas estudadas foram: sexo e idade; aquelas de inserção no emprego: regime de contrato, jornada semanal, tempo de trabalho e rendimento médio. A rotatividade foi verificada aplicando-se indicadores globais: taxas de admissão (TA) e de desligamento (TD), taxa líquida de substituição (TLS), permanência média no emprego (em anos); e específicos: tempo mediano de trabalho dos demitentes (em meses) e curva de sobrevivência no emprego. Os dados foram coletados mês a mês...

‣ Percursos desiguais : trajetórias ocupacionais dos trabalhadores no setor de telecomunicações no período pós-privatização

Silva, Luís Fernando Santos Corrêa da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
48.477544%
Este estudo aborda as trajetórias ocupacionais dos trabalhadores de um segmento de mercado profundamente afetado, desde meados da década de 1990, por transformações tecnológicas, institucionais e organizacionais: o setor de telecomunicações no período pós-privatização no Brasil. Em termos teóricos, as perspectivas que permitem interface com o tema das trajetórias ocupacionais de trabalhadores têm discutido quais são as possibilidades de se promover segurança no mercado de trabalho ao trabalhador, tendo em vista que há, na atualidade, uma maior heterogeneidade nas situações de emprego e tendência de fragmentação das categoriais sócio-ocupacionais antes homogêneas. Mediante a análise longitudinal do mercado de trabalho do setor de telecomunicações, foi realizada a reconstituição das trajetórias ocupacionais de duas coortes de trabalhadores: a) primeiro período pós-privatização, coorte de 1998 (trajetória de 1998 a 2002); b) segundo período pós-privatização, coorte de 2003 (trajetória de 2003 a 2007). Para tanto, foram utilizados dados agregados disponíveis nas Bases RAIS e RAIS Migra, do Ministério do Trabalho e Emprego do Brasil. Em síntese, foi possível concluir que a passagem do primeiro período pós-privatização...

‣ Ensaios sobre o seguro desemprego no Brasil : teorias e evidências

Teixeira, Gibran da Silva
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
38.451772%
A presente tese de doutorado estuda duas questões referentes ao programa brasileiro de Seguro Desemprego: o impacto do benefício sobre o salário de reinserção dos trabalhadores beneficiados, bem como sobre o tempo de procura por emprego. No primeiro ensaio são apresentados alguns fatos estilizados referente ao problema de pesquisa, entre os quais destacam-se: i) Descrição Jurídica e os principais objetivos do Programa brasileiro de Seguro Desemprego; ii) O Status Quo do Programa Seguro Desemprego; iii) O Perfil do Trabalhador Beneficiado pelo Programa; iv) Salário de reinserção de trabalhadores contemplados e não contemplados pelo programa (2006-2009) com tempo de permanência no trabalho anterior entre um mês e onze meses; e v) Procura por emprego de trabalhadores contemplados e não contemplados pelo programa (2006-2010) com tempo de permanência no trabalho anterior entre um mês e onze meses. No segundo ensaio, avalia-se o impacto do benefício Seguro Desemprego sobre o salário de reinserção de seu público alvo, utilizando-se as Teorias de Job Search e do Capital Humano. Na estratégia empírica, utilizaram-se informações da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio - PNAD no período de 2006 a 2009, bem como o método de regressão com descontinuidade. Os resultados indicaram que para o período avaliado...

‣ Rotatividade dos profissionais de enfermagem de um hospital universitário público; Nursing professional turnover of university public hospital

Yvete Carvalho Chaves Balabanian
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/07/2014 Português
Relevância na Pesquisa
48.17939%
A rotatividade de profissionais de enfermagem é impactante para a qualidade e segurança da assistência prestada aos usuários, para o desgaste dos profissionais envolvidos na educação permanente, assim como para o dispêndio de valores para custear os processos demissionais e admissionais nas instituições empregadoras. A reposição do profissional depende de processos de seleção e contratação que demandam tempo para a sua admissão, período em que a equipe fica sobrecarregada pela sua ausência ou pela presença temporária de outro trabalhador não capacitado para as atividades específicas da unidade de trabalho. Portanto, é relevante para a gestão hospitalar o estudo do mecanismo que leva os profissionais a buscarem a troca de emprego nas instituições de saúde, os motivos e a análise dos índices da rotatividade, podendo elucidar as circunstâncias, as consequências e propor possíveis intervenções da administração da instituição para a retenção de trabalhadores, para que a assistência de enfermagem seja realizada por profissionais competentes, experientes, que visem à qualidade da assistência de forma humanizada. O presente estudo realizou a análise dos fatores relacionados à rotatividade dos trabalhadores de enfermagem...

‣ Mudanças estruturais e mobilidade ocupacional no mercado de trabalho metropolitano no peródo 1982-2002.

Vaz, Fábio Monteiro
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
48.00005%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Departamento de Economia, 2006.; A dissertação analisa a evolução do mercado de trabalho metropolitano no período 1982-2002 a partir da perspectiva teórica da segmentação. Supondo que os limites da segmentação no mercado de trabalho se ajustam próximos da linha que divide as ocupações em formais e informais, procura-se avaliar o impacto das mudanças estruturais dos anos 90 sobre o destino do trabalhador no mercado de trabalho e identificar quais os grupos de trabalhadores foram mais prejudicados nesse processo. A hipótese é de que a diminuição do emprego formal na indústria de transformação e o processo de informalização das relações de trabalho que se verificou em todos os setores nos anos 90 contribuíram para a intensificação da segmentação no mercado de trabalho, uma vez que aumentaram as barreiras à transição para o emprego formal e a probabilidade de permanência no setor informal. Além disso, pelo fato dos contornos da segmentação serem mais fracos entre setores de atividade, os trabalhadores mais prejudicados nesse processo não foram aqueles desligados da indústria durante o processo de reestruturação produtiva – que muito provavelmente conseguiram manter sua posição na ocupação no novo setor de inserção –...

‣ Flexibilidade e permanência : a duração dos empregos no Brasil (1992-2006)

Gonzalez, Roberto Henrique S.
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
58.51621%
Dissertação (mestrado)-Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2009.; Esta pesquisa procura identificar quais as tendências recentes da duração dos empregos no Brasil, a fim de responder que processos explicam a significativa flexibilidade numérica do emprego, expressa em elevadas taxas de contratação e demissão. Se nos países capitalistas centrais o movimento de flexibilização do trabalho iniciado na década de 1980 rompeu com a estabilidade dos empregos e com a predominância do contrato padrão típico do período fordista, no caso do Brasil, altas taxas de rotatividade e a duração relativamente curta dos empregos se mantiveram todo o processo de industrialização; o desenvolvimento do capitalismo ocorreu em paralelo ao poder discricionário das empresas na determinação das condições de trabalho, especialmente em termos da liberdade de contratar e demitir. Por outro lado, a introdução de novos métodos de produção flexível, baseados no trabalho polivalente, supostamente reduziria as vantagens da alta rotatividade como forma de controle do trabalho e redução de custos. A investigação empírica utilizou a duração do emprego como indicador de flexibilidade numérica...

‣ Satisfação com o trabalho e impacto causado nos profissionais de serviço de saúde mental

Rebouças,Denise; Legay,Letícia Fortes; Abelha,Lúcia
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2007 Português
Relevância na Pesquisa
47.843213%
OBJETIVO: Analisar o nível de satisfação no emprego e o impacto causado nos profissionais de um serviço de saúde mental e possíveis associações com variáveis sociodemográficas e funcionais. MÉTODOS: Estudo transversal com 321 profissionais de uma instituição de saúde mental de longa permanência, no Rio de Janeiro, RJ, em 2005. Os instrumentos utilizados foram: as escalas de avaliação da Satisfação da Equipe em Serviços de Saúde Mental e a do Impacto do Trabalho em Serviços de Saúde Mental, e um questionário sobre características sociodemográficas e profissionais. Para a análise das associações entre variáveis foram empregados os testes Kruskal-Wallis, Mann-Whitney, qui-quadrado e regressão linear múltipla. RESULTADOS: O escore médio de satisfação foi 3,29±0,64 e o de impacto do trabalho foi 1,77±0,62. Dos profissionais estudados, 61,8% apresentaram nível intermediário de satisfação. Foram observadas associações positivas da satisfação com: ter sido contratado por organização não-governamental, exercer atividades sem contato direto com pacientes, trabalhar em projeto inovador, ter idade mais avançada e nível de escolaridade mais baixo. Os níveis mais elevados de impacto do trabalho foram observados entre servidores públicos...

‣ Redes de relações sociais e acesso ao emprego entre os jovens: o discurso da meritocracia em questão

Silva,Mariléia Maria da
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2010 Português
Relevância na Pesquisa
58.0229%
Este trabalho consiste em analisar a trajetória de inserção profissional dos egressos do ensino superior, enfatizando as formas de acesso empregadas pelos jovens para alcançar um emprego, relacionando-as às redes de relações sociais. O discurso em voga, sobretudo proveniente dos arautos das agências de consultoria de recursos humanos, enfatiza o aumento da qualificação como antídoto contra o desemprego. O estudo se pauta nos dados obtidos para elaboração de tese de doutorado. Os resultados da pesquisa apontam três modos predominantes de acesso ao emprego: "intermédio da família", "intermédio dos amigos" e "concurso público". Nesse sentido, a garantia de estabilidade no emprego representada pelo ingresso no setor público e as formas particularistas são as que se destacam, o que contraria o discurso da excelência da competitividade como fator determinante na conquista e permanência no emprego.

‣ Manifestação do sofrimento e resistência ao adoecimento na gestão do trabalho

Brant,Luiz Carlos; Minayo-Gomez,Carlos
Fonte: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública. Publicador: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 Português
Relevância na Pesquisa
47.31458%
O presente artigo visa a identificar e compreender as formas de resistências, a partir das manifestações do sofrimento, na gestão do trabalho. Empreendemos uma investigação numa empresa pública, do setor de serviços, numa metrópole da região Sudeste do Brasil. Recorremos a entrevistas abertas com trabalhadores, gestores e profissionais de saúde dessa empresa. Para a análise dos relatos obtidos, empregamos como metodologia a hermenêutica-dialética. Constatamos que algumas das concepções do sofrimento na literatura especializada relegam o trabalhador à posição de doente ou de vítima, negligenciando a sua capacidade de resistência e a positividade proporcionada pela manifestação do sofrimento. Os depoimentos evidenciaram a existência de resistência reativa, que se apresentava sob as formas catártica e ambivalente, e uma resistência ativa. Concluímos que as formas reativas criam condições mínimas para a permanência no emprego, são capazes de evitar o estigma de doente, entretanto, não conseguem evitar as situações favorecedoras do sofrimento. No âmbito da gestão não se reconhece a existência do processo de adoecimento no trabalho e seus dispositivos de atribuição da identidade de doente; os modelos teóricos que orientam as avaliações de serviços não contemplam os benefícios e avanços originários das diferentes formas de resistência.

‣ Satisfação do profissional de saúde da equipe multidisciplinar envolvidos no método mãe canguru

Serrano, Milene Xavier Mariano; Lima, Ana Cláudia Vasconcelos Martins de Souza (Orientadora); Sarinho, Silvia Wanick (Coorientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
47.4016%
Nos últimos anos, a Institucionalização ampliada, da “Atenção Humanizada ao Recém - nascido de Baixo Peso - Método Mãe Canguru”, nas maternidades, gerou estudos da sua implantação, porém esses precisam de uma abordagem mais precisa sobre aspectos do processo de trabalho, como o grau de satisfação dos profissionais visto que para desenvolver uma assistência humanizada e adequada ao recém-nascido de baixo peso é necessário que o profissional de saúde esteja satisfeito na realização das suas atividades no trabalho. O objetivo desse estudo é conhecer a satisfação dos profissionais de saúde da equipe multidisciplinar envolvidos no Método Mãe-Canguru. Trata-se de um estudo descritivo, de corte transversal e caráter avaliativo, realizado entre os anos de 2010 e 2011, com 322 profissionais de saúde da equipe multidisciplinar recrutados em 04 unidades de Saúde que possuem o Método Mãe- Canguru implantado, em Recife-PE. A amostra foi intencional e composta por àqueles que cumpriram com os critérios de inclusão. Foram excluídos os profissionais que tinham menos de 03 (três) meses de atuação no método e/ou que se recusaram a responder o questionário. Foi utilizado como instrumento de coleta de dados um questionário adaptado desenvolvido em projeto anterior...

‣ Fatores explicativos da permanência e saída do emprego

Barbosa, Jenny Dantas; Sarathy, Ravi
Fonte: Universidade Federal de Sergipe Publicador: Universidade Federal de Sergipe
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
48.011235%

‣ Sentidos do trabalho para concurseiros

Albrecht, Pricila Anny Tomachski
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 125 f.| grafs.
Português
Relevância na Pesquisa
48.694214%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-graduação em Psicologia, Florianópolis, 2010; Esta dissertação teve como objetivo compreender os sentidos do trabalho para graduados em preparação para concursos públicos. Adotou-se a perspectiva qualitativa, e a coleta de dados foi realizada em duas etapas. Os instrumentos aplicados foram um questionário na primeira etapa e uma entrevista semi-estruturada na segunda. Responderam ao questionário 93 alunos de dois cursinhos preparatórios para concursos públicos na cidade de Florianópolis, cuja análise evidenciou um perfil dos concurseiros e os motivos da busca pelo serviço público. Nas entrevistas participaram 11 dos 93 respondentes. Os dados foram transcritos e tratados com base na técnica de análise de conteúdo, a qual permitiu identificar quatro categorias: concepções de trabalho, emprego, serviço público e trabalho no serviço público; trajetórias acadêmicas e profissionais; concursos e planejamento de carreira e vida de concurseiro. As concepções de trabalho remeteram a um duplo sentido do trabalho: meio de subsistência, mas também elemento indispensável e intrínseco ao ser humano. O trabalho difere de emprego...

‣ Ações afirmativas de gênero e trabalho : o Programa Pró-equidade de Gênero na Eletronorte

Costa, Anabelle Carrilho da
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
57.843213%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Serviço Social, Programa de Pós-Graduação em Política Social, 2011.; Apesar do aumento significativo da participação das mulheres no mercado de trabalho, esta ainda se apresenta precarizada em relação à masculina. A origem dessa desigualdade está na divisão sexual do trabalho, que situa as mulheres como principais responsáveis pela reprodução social e em guetos profissionais restritos e menos valorizados. Em 2005 surge no Brasil o Programa Pró-equidade de Gênero, pensado como uma ação afirmativa. O Pró-equidade está em sua terceira edição e tem como propósito contribuir para a eliminação da discriminação no acesso, remuneração, ascensão e permanência no emprego. Essa pesquisa visou identificar avanços e desafios que permeiam a implementação do Pró-equidade em uma empresa do setor eletro-energetico, a Eletronorte – DF, e oferecer elementos analíticos para a criação de estratégias de promoção da igualdade de gênero. A metodologia consistiu da análise qualitativa de caso, sob a perspectiva de gênero. A estratégia metodológica incluiu análise documental, observação participante e entrevistas a implementadoras (10) e beneficiárias (08 engenheiras) do Programa. Os resultados apontam que o Pró-equidade é inovador...

‣ Formação profissional e emprego : um estudo sobre o programa escola de fábrica no município de três de maio/RS

Aires, Paulo Renato Manetzeder
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
48.55741%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2007.; Este estudo investigou a relação entre os cursos de formação profissional promovidos pela unidade gestora SETREM, no município de Três de Maio/RS, e o ingresso ou a permanência dos jovens participantes do projeto Escola de Fábrica nos respectivos setores produtivos. O referencial teórico estudado contemplou aspectos das implicações da Política Neoliberal sobre a economia, sobre a política e sobre a sociedade; aspectos da educação profissional no Brasil, além da Lei 11.180 que instituiu o Projeto Escola de Fábrica; a categoria trabalho e as políticas sociais (de trabalho) no Brasil; bem como, o desemprego juvenil. Com base no referencial, o estudo procurou identificar as características sócio econômicas e o perfil profissional dos envolvidos, o significado do Projeto para o Município, o trabalho dos professores no Projeto, as condições para permanência no Projeto, as competências desenvolvidas - percepção dos professores e estudantes - e os requisitos de acesso ao emprego na empresa. Além disso, realizou-se análise comparativa entre as competências desenvolvidas e as requeridas. A pesquisa realizada é caracterizada como pesquisa qualitativa...

‣ O atrito nas pesquisas longitudinais: o caso da Pesquisa Mensal de Emprego (PME) do IBGE; Texto para Discussão (TD) 1347: O atrito nas pesquisas longitudinais: o caso da Pesquisa Mensal de Emprego (PME) do IBGE; The Attrition in longitudinal studies: the case of the Monthly Employment Survey (PME) from IBGE

Ribas, Rafael Perez; Soares, Sergei Suarez Dillon
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
Português
Relevância na Pesquisa
58.460854%
O objetivo deste artigo é estimar os determinantes do atrito/permanência de pessoas no painel da Pesquisa Mensal de Emprego (PME), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e, além disso, testar se ignorar a não-aleatoriedade deste desgaste causa algum viés na análise de regressões. O atrito pode ser de três tipos: a) aleatório, que não gera qualquer tipo de viés em estimações de parâmetros; b) função de variáveis observadas, cujo viés pode ser corrigido mediante repesagem adequada; e c) função de variáveis não-observadas, cujo viés pode ser corrigido usando-se um probit bivariado para variáveis discretas ou a correção de Heckman para variáveis contínuas. Os resultados apontam que a taxa de atrito na pesquisa tende a ser maior nos meses de férias, e que há uma forte correlação dessa taxa com as características geralmente associadas a uma mobilidade geográfica maior. Além disso, tanto características do processo de entrevista quanto fatores socioeconômicos são significativamente relacionados à probabilidade de atrito no painel. Nos modelos adotados para testar o viés do desgaste no painel, assim como de outros critérios de seleção amostral, constatamos que todos estes são endógenos...

‣ Satisfação com o trabalho e impacto causado nos profissionais de serviço de saúde mental; Job satisfaction and work impact among providers of a mental health service

Rebouças, Denise; Legay, Letícia Fortes; Abelha, Lúcia
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2007 Português
Relevância na Pesquisa
47.843213%
OBJETIVO: Analisar o nível de satisfação no emprego e o impacto causado nos profissionais de um serviço de saúde mental e possíveis associações com variáveis sociodemográficas e funcionais. MÉTODOS: Estudo transversal com 321 profissionais de uma instituição de saúde mental de longa permanência, no Rio de Janeiro, RJ, em 2005. Os instrumentos utilizados foram: as escalas de avaliação da Satisfação da Equipe em Serviços de Saúde Mental e a do Impacto do Trabalho em Serviços de Saúde Mental, e um questionário sobre características sociodemográficas e profissionais. Para a análise das associações entre variáveis foram empregados os testes Kruskal-Wallis, Mann-Whitney, qui-quadrado e regressão linear múltipla. RESULTADOS: O escore médio de satisfação foi 3,29±0,64 e o de impacto do trabalho foi 1,77±0,62. Dos profissionais estudados, 61,8% apresentaram nível intermediário de satisfação. Foram observadas associações positivas da satisfação com: ter sido contratado por organização não-governamental, exercer atividades sem contato direto com pacientes, trabalhar em projeto inovador, ter idade mais avançada e nível de escolaridade mais baixo. Os níveis mais elevados de impacto do trabalho foram observados entre servidores públicos...

‣ Manifestação do sofrimento e resistência ao adoecimento na gestão do trabalho; Manifestation of suffering and resistance to the illness process in work management

Brant, Luiz Carlos; Minayo-Gomez, Carlos
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2009 Português
Relevância na Pesquisa
47.31458%
O presente artigo visa a identificar e compreender as formas de resistências, a partir das manifestações do sofrimento, na gestão do trabalho. Empreendemos uma investigação numa empresa pública, do setor de serviços, numa metrópole da região Sudeste do Brasil. Recorremos a entrevistas abertas com trabalhadores, gestores e profissionais de saúde dessa empresa. Para a análise dos relatos obtidos, empregamos como metodologia a hermenêutica-dialética. Constatamos que algumas das concepções do sofrimento na literatura especializada relegam o trabalhador à posição de doente ou de vítima, negligenciando a sua capacidade de resistência e a positividade proporcionada pela manifestação do sofrimento. Os depoimentos evidenciaram a existência de resistência reativa, que se apresentava sob as formas catártica e ambivalente, e uma resistência ativa. Concluímos que as formas reativas criam condições mínimas para a permanência no emprego, são capazes de evitar o estigma de doente, entretanto, não conseguem evitar as situações favorecedoras do sofrimento. No âmbito da gestão não se reconhece a existência do processo de adoecimento no trabalho e seus dispositivos de atribuição da identidade de doente; os modelos teóricos que orientam as avaliações de serviços não contemplam os benefícios e avanços originários das diferentes formas de resistência.; The present article aims to identify and understand resistance forms based on suffering manifestations in work management. We undertook an investigation in a public company from the services sector...

‣ Flexibilidade e permanência: A duração dos empregos no Brasil (1992-2006)

Sieczkowski Gonzalez, Roberto Henrique; UnB
Fonte: Universidade de Brasilia Publicador: Universidade de Brasilia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 11/04/2011 Português
Relevância na Pesquisa
47.28309%
Mestrado em Sociologia, sob a orientação do Prof. Dr. Sadi Dal Rosso, no dia 13 de abril de 2009.

‣ ÍNDICE DE QUALIDADE DO EMPREGO FORMAL NO CULTIVO DE CAFÉ: COMPARATIVO ENTRE AS MESORREGIÕES MINEIRAS; INDEX OF FORMAL EMPLOYMENT QUALITY IN THE CULTURE OF COFFEE: COMPARISON BETWEEN MESOREGIONS OF MINAS GERAIS

da Silva Filho, Luís Abel; de Sousa, Eliane Pinheiro
Fonte: Revista da ABET Publicador: Revista da ABET
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 07/08/2013 Português
Relevância na Pesquisa
47.970396%
O principal objetivo deste estudo consiste em verificar a qualidade do emprego formal na lavoura cafeeira do estado de Minas Gerais para o ano de 2009, levando em consideração os indicadores: rotatividade, permanência no emprego, faixa etária, nível de instrução e concentração salarial. Para tal, mensurou-se o IQEF (Índice da Qualidade do Emprego Formal) a partir da média desses indicadores considerados. Os dados são provenientes da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) e do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) do Ministério do Trabalho e do Emprego (MTE). Os resultados revelam que o Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba apresentou melhor desempenho do IQEF, podendo isso ser atribuído ao fato dessa mesorregião ter-se destacado com o maior valor nos indicadores nível de instrução e concentração salarial. Em contrapartida, o pior desempenho foi verificado no Sul/Sudoeste de Minas, onde s indicadores relativos à faixa etária e ao nível de instrução apresentaram os menores valores.; The main goal of this study is to determine the quality of the formal employment in the coffee cultivation in the mesoregions of the State of Minas Gerais for the year 2009, taking into account the following indicators: turnover...

‣ Satisfação com o trabalho e impacto causado nos profissionais de serviço de saúde mental

Rebouças,Denise; Legay,Letícia Fortes; Abelha,Lúcia
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2007 Português
Relevância na Pesquisa
47.843213%
OBJETIVO: Analisar o nível de satisfação no emprego e o impacto causado nos profissionais de um serviço de saúde mental e possíveis associações com variáveis sociodemográficas e funcionais. MÉTODOS: Estudo transversal com 321 profissionais de uma instituição de saúde mental de longa permanência, no Rio de Janeiro, RJ, em 2005. Os instrumentos utilizados foram: as escalas de avaliação da Satisfação da Equipe em Serviços de Saúde Mental e a do Impacto do Trabalho em Serviços de Saúde Mental, e um questionário sobre características sociodemográficas e profissionais. Para a análise das associações entre variáveis foram empregados os testes Kruskal-Wallis, Mann-Whitney, qui-quadrado e regressão linear múltipla. RESULTADOS: O escore médio de satisfação foi 3,29±0,64 e o de impacto do trabalho foi 1,77±0,62. Dos profissionais estudados, 61,8% apresentaram nível intermediário de satisfação. Foram observadas associações positivas da satisfação com: ter sido contratado por organização não-governamental, exercer atividades sem contato direto com pacientes, trabalhar em projeto inovador, ter idade mais avançada e nível de escolaridade mais baixo. Os níveis mais elevados de impacto do trabalho foram observados entre servidores públicos...