Página 1 dos resultados de 870 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

‣ Subsídios à avaliação do ciclo de vida do pescado: avaliação ambiental das atividades de piscicultura e pesque-pague, estudo de caso na bacia hidrográfica do rio Mogi-Guaçu; Inputs to the life cycle assessment of the fish from fishery: environmental evaluation of the activities of fish production and fishery, study of case in water basin of the Mogi-Guaçu river

Millani, Thiago José
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/08/2007 Português
Relevância na Pesquisa
37.394614%
O desafio de se atingir o desenvolvimento sustentável tem levado os sistemas produtivos buscar um equilíbrio entre os aspectos ambientais, econômicos e sociais. Com relação ao uso dos recursos hídricos, a aqüicultura se mostra, no Brasil, como uma atividade economicamente emergente, mas que precisa considerar os aspectos de sustentabilidade em sua produção. O presente trabalho apresenta como objetivo avaliar os potenciais impactos causados pelas atividades de piscicultura e pesque-pague no corpo hídrico, localizado na região de montante da bacia hidrográfica do rio Mogi-Guaçu. Dentre as metodologias de avaliação de impactos ambientais, pode-se destacar a Avaliação do ciclo de vida (ACV) por seu caráter sistêmico, e por isso é utilizada neste trabalho. Para o desenvolvimento do estudo da ACV, foi utilizado o método Environmental Design of Industrial Products - EDIP, alguns métodos de caracterização hídrica na fase de inventário da ACV e uma avaliação qualitativa da introdução de espécies não nativas em uma região. Os resultados deste trabalho estão estruturados de acordo com a metodologia da ACV, aplicada ao pescado advindo de pesque-pague em estudo de caso localizado na região de montante da bacia hidrográfica do rio Mogi-Guaçu. A unidade funcional adotada é a quantidade de kcal contida em um kg de filé de peixe. A utilização da metodologia da ACV na produção animal permite uma avaliação quantitativa dos principais impactos ambientais gerados ao longo do seu ciclo de vida...

‣ Avaliação da alface hidropônica usando água de piscicultura misturada com diferentes porcentagens de soluções nutritivas; Evaluation of the hydroponic lettuce using water from fish production system mixed with different percentage of nutritive solutions

Testolin, Gilmar
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/05/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.394614%
O presente trabalho foi conduzido em estufa plástica, na Escola Agrotécnica Federal de Concórdia, SC, com o objetivo de avaliar o desempenho agronômico da cultura da alface, variedade cultivada Vera, no sistema hidropônico utilizando a água de criação de peixes misturada com diferentes percentuais de macro e micronutrientes na solução nutritiva; e avaliar o incremento de fitomassa seca, analisando os teores de nitrato (NO3 -) nas folhas da alface na colheita. Os seguintes tratamentos foram utilizados: (T1) água mais 100% da solução nutritiva descrita por Castellane e Araújo (1995) (testemunha); (T2) água da piscicultura com 50% da solução nutritiva do tratamento T1; (T3) água da piscicultura com 100% dos micronutrientes da solução nutritiva dos tratamentos T1 e T2; e (T4) somente água da piscicultura. Os resultados evidenciaram que: (a) a água residual da criação de peixes (Tilápia), em açudes no sistema semiintensivo, não é capaz de fornecer os nutrientes necessários para o crescimento e desenvolvimento das plantas de alface para fins comerciais; (b) a produção de alface utilizando o sistema semiintensivo com o uso da água da piscicultura é técnicamente viável em açudes, desde que seja realizada uma adubação complementar para suprir as necessidades nutricionais das plantas; (c) o tratamento T1 (testemunha) foi a que apresentou os melhores resultados...

‣ Laboratórios na floresta. Os Baniwa, os peixes e a piscicultura no alto rio Negro; Laboratories in the forest: the Baniwa, the fish and the pisciculture in the Upper Rio Negro

Estorniolo, Milena
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/11/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.317368%
O objetivo da pesquisa é refletir a respeito de iniciativas de desenvolvimento sustentável e segurança alimentar entre os povos indígenas na Terra Indígena do Alto Rio Negro, localizada no município de São Gabriel da Cachoeira AM, com foco sobre os projetos de piscicultura entre os Baniwa que habitam as margens do rio Içana e afluentes. Os projetos de piscicultura foram implementados pela Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro (FOIRN) e apoiados pelo Instituto Socioambiental (ISA) e, entre os Baniwa, as atividades têm como sede principal a Escola Indígena Baniwa e Coripaco Pamáali. Na escola, técnicos indígenas de piscicultura e alunos em geral participam de treinamentos, oficinas e aulas a respeito de temas como sustentabilidade, manejo do meio ambiente e biodiversidade, e aprendem técnicas de reprodução artificial de peixes em laboratório. A intenção da pesquisa é captar os pontos de vista dos diversos atores envolvidos com esse projeto, de forma a mostrar como técnicos indígenas, lideranças de associações e assessores técnicos não indígenas entendem e negociam entre si a importância e as motivações dos projetos, além das definições dos entes associados a eles como os peixes e o meio ambiente e as maneiras pelas quais se dão as interações entre os conhecimentos indígenas e científicos. Como se procurou evidenciar...

‣ Indicadores técnico-econômicos para o gerenciamento do modelo Alto Vale do Itajaí de piscicultura integrada (MAVIPI)

Tamassia, Sergio Tadeu Jurovsky
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xvii, 213 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
37.052524%
Pós-graduação em Aquicultura - FCAV; Objetivou-se com o presente estudo analisar a viabilidade de gerenciamento do MAVIPI (Modelo Alto Vale do Itajaí de Piscicultura Integrada) usando-se um banco de dados integrado, estruturado com base nas informações sistematicamente coletadas e armazenadas durante 10 anos de condução do projeto. Inicialmente são apresentados os fatores que viabilizaram a proposição do MAVIPI. Na sequencia foi apresentada a base teórica que da suporte ao MAVIPI e que foi utilizada referencia para a avaliações conduzidas usando-se os indicadores desenvolvidos. Finalmente foram apresentadas propostas de alguns indicadores e ferramentas de análise produzida a partir do banco de dados e possíveis interpretações. Mas um grande número deles pode ser obtido. Como conclusão fica a constatação que um banco de dados como que foi compilado, a partir de anotações baseadas em algumas ferramentas disponíveis, permite o desenvolvimento de um número muito grande de indicadores e ferramentas de gerenciamento. Entretanto a definição de quais indicadores são os mais adequados, deve ser objeto de discussão com o publico alvo. Mas considerando que o publico alvo do MAVIPI são os pequenos piscicultores, sem muito conhecimento teórico sobre gerenciamento...

‣ Enrofloxacina na piscicultura : estudo da incorporação do fármaco na ração visando a redução da taxa de lixiviação na água; Enrofloxacin for pisciculture : study of the incorporation of the drug in the feed in order to reduce the rate of leaching in water

Renata Antunes Estaiano de Rezende
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/11/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.210413%
A piscicultura no Brasil tem crescido de maneira significativa ao longo dos últimos 20 anos, refletido pelo aumento da produção com elevadas densidades de estocagem. Com a intensificação da atividade aquícola, o surgimento de surtos causados por vários agentes etiológicos tornam-se cada vez mais freqüentes, dentre eles as bacterioses. Para combater o agente responsável por essas enfermidades, muitos antibióticos são utilizados de maneira ilícita, podendo, além de não apresentar efetividade durante o tratamento, causar letalidade aos animais e danos ambientais. Atualmente, o Brasil possui apenas dois antimicrobianos aprovados para uso na aquicultura: florfenicol e oxitetraciclina. A enrofloxacina (ENR) é um antibiótico largamente utilizado na medicina veterinária por apresentar elevado potencial de eficácia no tratamento de bacterioses. Porém, apesar de no Brasil ainda não ter uso regulamentado na piscicultura, muitos produtores acabam utilizando-a de forma ilícita, sendo adicionada à ração ou em banhos de imersão. Esses procedimentos de administração favorecem a perda do fármaco por meio da lixiviação, promovem a mudança do ecossistema aquático, além de prejudicar a saúde animal e do consumidor. Possíveis alternativas para facilitar a administração da ENR...

‣ Pesquisa e extensão na piscicultura continental catarinense: rotinas no campo experimental de piscicultura de Camboriú – CEPC/EPAGRI

Martins, Tiago Manenti
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 67 f.
Português
Relevância na Pesquisa
37.453018%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Agrárias. Curso de Engenharia de Aquicultura.; O estágio foi realizado no Campo Experimental de Piscicultura Camboriú - CEPC, pertencente à Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina - EPAGRI, de Janeiro a Maio de 2014. No decorrer deste período foram acompanhadas diversas atividades de pesquisa e de extensão rural relacionadas ao desenvolvimento de tecnologias para o cultivo de peixes de água doce no estado de Santa Catarina. Dentre elas, trabalhos com alimentação e nutrição, arrastos de rede, despescas seletivas e totais, transporte, seleção, contagem, embalagem, venda e distribuição de alevinos e matrizes, monitoramento dos parâmetros de qualidade da água, reprodução, aplicação de hormônios para desova, desovas naturais e induzidas, larvicultura e alevinagem, reversão sexual, preparação e manutenção de viveiros, manejos sanitários, controle de enfermidades e predadores, biometrias, melhoramento genético, engorda e cultivos em sistemas heterotróficos, utilização e testes de equipamentos e automatização para piscicultura, todos relacionados a espécies nativas e exóticas cultivadas comercialmente em Santa Catarina. Houve ainda...

‣ Caracterização preliminar de emissões de efluentes de piscicultura semi-intensiva em meio estuarino

Barata, Luís Miguel Marques do Carmo Amaral
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
37.210413%
Introdução - Os impactos provocados por aquaculturas em meios estuarinos são de ordem vária, havendo escassez de informação sobre a resultante destes impactos no domínio paisagístico, na ocupação de solos e de margens e dos seus efluentes. Em Portugal, a piscicultura tem vindo a sofrer um grande desenvolvimento, favorecido pela disponibilidade de locais, pelas boas condições ambientais e, particularmente pela existência de comparticipações nos investimentos pelo Estado Português e pela U. E. A nível jurídico, a legislação que regulamenta o estabelecimento de unidades de aquacultura é a Portaria n° 747/86 de 16 de Dezembro, a qual, dizendo particularmente respeito a aquaculturas em tanques, faz prevalecer, no entanto dados relativos a projectos e à sua viabilidade técnico-económica, em detrimento dos aspectos ambientais que possam advir destas actividades. Estes últimos constam nas normas da Directiva 85/377/CEE de 27 de Junho de 1985, relativa à avaliação dos efeitos de determinados projectos públicos e privados no ambiente, e são introduzidos no Direito interno através do Decreto-Lei n° 186/90 de 6 de Junho. Aqui, refere-se, em linhas gerais, mas sem concretizar, ser a melhor politica ambiental aquela em que à partida contribui para a criação de condições preventivas que permitam evitar perturbações do ambiente...

‣ Planos de vigilância em piscicultura

Pereira, Maria Manuel Cordeiro Vale
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em 04/04/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.210413%
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária; Actualmente, a importância da aquicultura em geral e da piscicultura em particular como fonte de alimento é incontestável. O grande desenvolvimento recente da aquicultura resultou num aumento da produtividade do sector mas também num aumento da ocorrência de diversos processos patológicos. As patologias de natureza infecciosa assumem um lugar de destaque por terem um grande impacto económico. A vigilância epidemiológica das infecções é um elemento essencial das políticas de sanidade animal a nível mundial. Tanto a legislação da União Europeia (UE) como as publicações da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) relativas à produção aquícola abrangem este tema, fornecendo indicações como quais as doenças que devem ser vigiadas e que tipo de vigilância deve ser efectuada em diferentes situações. Este trabalho tem como principal objectivo fazer uma revisão bibliográfica da temática da vigilância epidemiológica em piscicultura, dando especial ênfase às várias normas responsáveis pela regulamentação desta estratégia sanitária no sector. Adicionalmente, serão levantadas algumas questões pertinentes acerca da aplicação prática da vigilância epidemiológica a nível das explorações.; ABSTRACT - Nowadays...

‣ Piscicultura continental no Rio Grande do Sul: situação atual, problemas e perspectivas para o futuro

Baldisserotto,Bernardo
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.317368%
Esta revisão aborda a situação da piscicultura continental no Rio Grande do Sul nos últimos anos em termos de produção e problemas enfrentados pelo setor. Além disso, apresenta algumas perspectivas futuras para a piscicultura continental neste Estado. O Rio Grande do Sul contribui com uma boa porcentagem da produção brasileira de piscicultura continental, mas passa por um período de estagnação nos últimos anos. Há um predomínio muito grande de espécies de peixes exóticas na produção (principalmente carpas). A venda de peixes concentra-se no período que antecede à Páscoa e a fiscalização sanitária ainda é reduzida. Produtores estão iniciando a formação de cooperativas na região central do Rio Grande do Sul. A publicação de livros sobre cultivo de espécies nativas e a estagnação da produção pesqueira extrativa continental nos últimos anos pode favorecer a criação de espécies nativas, das quais várias são sugeridas nesta revisão. A criação de espécies nativas para venda como peixe ornamental ainda é uma opção a ser explorada no futuro pelos piscicultores deste Estado.

‣ Sustentabilidade da piscicultura no baixo São Francisco alagoano: condicionantes socioeconômicos

Araújo,Juliana Sheila de; Sá,Maria de Fátima Pereira de
Fonte: ANPPAS - Revista Ambiente e Sociedade Publicador: ANPPAS - Revista Ambiente e Sociedade
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.210413%
Este trabalho teve como objetivo analisar, sob a ótica do desenvolvimento sustentável, características socioeconômicas do desenvolvimento da piscicultura no baixo rio São Francisco alagoano. Foram entrevistados piscicultores ativos e inativos da região, entre março e julho de 2005. Os resultados indicaram, principalmente, que o nível de renda pode ser determinante para o desenvolvimento de uma piscicultura comercial sustentável, com parte dos pequenos produtores dependendo de subsídio governamental.

‣ Avanços da maricultura na primeira década do século XXI: piscicultura e carcinocultura marinha

Sampaio,Luís André; Tesser,Marcelo Borges; Wasielesky Júnior,Wilson
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.210413%
A piscicultura marinha é um setor pouco desenvolvido na maricultura brasileira. Por vários anos foi avaliado o potencial de cultivo de algumas espécies como o robalo-peva Centropomus parallelus e o linguado Paralichtys orbignyanus. Entretanto, somente a partir do investimento sobre o bijupirá Rachycentron canadum é que empresas privadas passaram a demonstrar maior interesse na atividade. Além dos sistemas tradicionais de piscicultura, o bijupirá pode ser criado em tanques-rede oceânicos. Esta espécie apresenta crescimento rápido, atingindo entre 4 e 8 kg em um ano de vida, e carne de excelente qualidade. A carcinocultura tem sido questionada por questões ambientais, uso de insumos como farinha e óleo de peixe e disseminação de doenças. A criação de camarões em sistemas sem renovação de água "ZEAH" (Zero Exchange, Aerobic, Heterotrophic Culture Systems) ou cultivo em meio aos Bioflocos (BFT) aplica métodos que minimizam estes problemas, contribuindo para uma maricultura mais saudável.

‣ Piscicultura familiar no Tocantins: uma experiência participativa.

PRYSTHON, A.; LIMA, A. F.; BERGAMIN, G. T.; PEDROZA FILHO, M. X.
Fonte: In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE AQUICULTURA E BIOLOGIA AQUÁTICA, 5., 2012, Palmas. Unir, consolidar e avançar: anais. Palmas: AQUABIO, 2012. Publicador: In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE AQUICULTURA E BIOLOGIA AQUÁTICA, 5., 2012, Palmas. Unir, consolidar e avançar: anais. Palmas: AQUABIO, 2012.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
Português
Relevância na Pesquisa
37.317368%
A Embrapa Pesca e Aquicultura vem desenvolvendo um projeto de pesquisa voltado à inovação tecnológica na piscicultura familiar. Iniciado em 2011, o Projeto Divinópolis vem sendo implementado nos municípios de Divinópolis e Abreulândia-TO e visa fortalecer a piscicultura por intermédio da geração de estratégias de desenvolvimento sustentável nos sistemas de produção familiar. A iniciativa do projeto originou-se a partir da constatação de uma grande crença e esforço de agricultores familiares desta região em diversificar o sistema de produção, visando o incremento da renda e o aumento da segurança alimentar por meio da inclusão do peixe na dieta familiar. O projeto abrange cerca de 80 produtores familiares, distribuídos em assentamentos e propriedades rurais particulares. A estratégia para desenvolver a piscicultura vem sendo construída de forma participativa, buscando construir novos conhecimentos em espaços que promovam a reflexão sobre a realidade dos produtores e a descentralização nas tomadas de decisão.; 2012; Organizado por: Sílvio Ricardo Maurano; AQUACIÊNCIA 2012.

‣ Piscicultura familiar: primeiros olhares e oportunidades de ação no Tocantins.

LIMA, A. F.; PRYSTHON, A.; BERGAMIN, G. T.; PEDROZA FILHO, M. X.
Fonte: In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE AQUICULTURA E BIOLOGIA AQUÁTICA, 5., 2012, Palmas. Unir, consolidar e avançar: anais. Palmas: AQUABIO, 2012. Publicador: In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE AQUICULTURA E BIOLOGIA AQUÁTICA, 5., 2012, Palmas. Unir, consolidar e avançar: anais. Palmas: AQUABIO, 2012.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
Português
Relevância na Pesquisa
37.453018%
Nos últimos anos a piscicultura vem se consolidando como atividade de destaque no sistema de produção da agricultura familiar. A visão dos produtores sobre a atividade vem se modificando, deixando de ser uma atividade marginalizada na propriedade e se tornando uma alternativa de diversificação da produção. Contudo, o acesso dos produtores à extensão aquícola ainda é deficiente. O acesso às tecnologias ainda é considerado um elemento fraco na cadeia produtiva da aquicultura, sobretudo na piscicultura familiar. Apesar destes gargalos, a produção piscícola oriunda da agricultura familiar tem aumentado significativamente nos últimos anos, em especial no estado de Tocantins. O crescimento da piscicultura familiar neste estado levou a Embrapa Pesca e Aquicultura a desenvolver uma ação denominada Projeto Divinópolis, que visa identificar demandas e propor ações relacionadas à geração de tecnologias para a piscicultura familiar, além de fornecer subsídios para políticas públicas e ações de fomento. Tais ações vislumbram o fortalecimento da cadeia produtiva da piscicultura nos municípios de Divinópolis e Abreulândia, área de abrangência do projeto.; 2012; Organizado por: Sílvio Ricardo Maurano; AQUACIÊNCIA 2012.

‣ Dinâmicas de desenvolvimento da piscicultura e políticas públicas no vale do Ribeira, Estado de São Paulo.

SILVA, N.J.R. da; BEURET, J.-E.; MIKOLASEK, O.; FONTENELLE, G.; DABBADIE, L.; MARTINS, M.I.E.G.
Fonte: Cadernos de Ciência & Tecnologia, Brasília, v.22, n. 1, p.139-151, jan./abr. 2005. Publicador: Cadernos de Ciência & Tecnologia, Brasília, v.22, n. 1, p.139-151, jan./abr. 2005.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
37.317368%
O artigo analisa a ligação existente entre as políticas públicas e o desenvolvimento da piscicultura no Vale do Ribeira. A trajetória da piscicultura foi reconstruída com base na caracterização, em quatro períodos, das interações entre a produção, a ciência, a formação e o financiamento, quatro pólos de competência que constituem as bases de um sistema local de inovação. Um sistema com essas características surgiu em uma das cidades do Vale do Ribeira, constituindo o núcleo a partir do qual a inovação se desenvolveu. Ele se ampliou, mas as relações mudaram de natureza, passando a ser estritamente comerciais, o que não permitiu criar uma capacidade de inovação coletiva capaz de enfrentar a crise econômica da piscicultura.; 2005

‣ Tipologia da piscicultura familiar no Nordeste Paraense.

CORREA, R.; MOTA, D.; MEYER, G.
Fonte: Agrotrópica, Ilhéus, BA, v. 22, n. 2, p. 75-88, maio/ago. 2010. Publicador: Agrotrópica, Ilhéus, BA, v. 22, n. 2, p. 75-88, maio/ago. 2010.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
37.210413%
O objetivo do artigo é traçar a tipologia da piscicultura de base familiar no Nordeste paraense. A metodologia constou de abordagens qualitativas e quantitativas com uso de questionário, entrevistas e observações nos espaços onde são desenvolvidas as atividades relativas ao cultivo de peixes num recorte do território do Nordeste Paraense constituído pelos municípios de Mãe do Rio, Aurora do Pará, Irituia e São Domingos do Capim. No total, quinze estabelecimentos foram visitados, sendo tanto de gestão individual como de coletiva. Os principais resultados mostram que coexistem diferentes experiências que se diferenciam segundo a forma de gestão, o tipo de sistema e as espécies cultivadas. Os principais problemas enfrentados são a falta de assistência técnica contínua, o elevado custo da ração e a ocorrência de doenças que, em geral, ocasionam a mortalidade dos peixes. Mesmo assim, os agricultores insistem no cultivo e buscam diferentes alternativas para viabilizá-lo visando tanto o consumo quanto o mercado; 2010

‣ Avan??os da maricultura na primeira d??cada do s??culo XXI: piscicultura e carcinocultura marinha

Sampaio, Lu??s Andr?? Nassr de; Tesser, Marcelo Borges; Wasielesky Junior, Wilson Francisco Britto
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.210413%
A piscicultura marinha ?? um setor pouco desenvolvido na maricultura brasileira. Por v??rios anos foi avaliado o potencial de cultivo de algumas esp??cies como o robalo-peva Centropomus parallelus e o linguado Paralichtys orbignyanus. Entretanto, somente a partir do investimento sobre o bijupir?? Rachycentron canadum ?? que empresas privadas passaram a demonstrar maior interesse na atividade. Al??m dos sistemas tradicionais de piscicultura, o bijupir?? pode ser criado em tanquesrede oce??nicos. Esta esp??cie apresenta crescimento r??pido, atingindo entre 4 e 8 kg em um ano de vida, e carne de excelente qualidade. A carcinocultura tem sido questionada por quest??es ambientais, uso de insumos como farinha e ??leo de peixe e dissemina????o de doen??as. A cria????o de camar??es em sistemas sem renova????o de ??gua ???ZEAH??? (Zero Exchange, Aerobic, Heterotrophic Culture Systems) ou cultivo em meio aos Bioflocos (BFT) aplica m??todos que minimizam estes problemas, contribuindo para uma maricultura mais saud??vel.; Marine fish culture is still in its infancy in Brazil. For several years the snook Centropomus parallelus and the flounder Paralicithys orbignyanus were considered for aquaculture, but their commercial application has not yet been achieved. However...

‣ Piscicultura no Maranhão em água doce : situação atual e perspectivas de crescimento futuro

Maria Paixão Filho, José; Raimundo Oliveira Vergolino, Jose (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
37.394614%
Trabalho desenvolvido sobre Piscicultura em água doce, no qual se demonstram as condições atuais no Maranhão, como também as já existentes no Nordeste e outras regiões brasileiras.Contudo, o foco principal está voltado para o estado maranhense, contextualizando os tipos de cultivo existente, que possam ser considerados como processo produtivo de vantagens econômicas exportáveis. Outro aspecto levantado foi os tipos de peixes mais demandados como também ofertados, não esquecendo a competitividade interna com outros tipos de pesca existentes, com ênfase a pesca artesanal, mostrando as vantagens comparativas e competitivas entre si. A primeira base de análise estudada foi a demanda, observando-se as potencialidades do setor pesqueiro como fator de crescimento econômico, como também a análise de mercado, visando crescimento diante do comércio internacional. A segunda base de análise observa-se a prospecção de oferta da pesca em cativeiro com perspectiva de crescimento da Piscicultura em águas interiores, como também, a viabilidade econômica no mercado interno e externo. Em síntese, verifica-se a possibilidade de tornar a Piscicultura em água doce no Maranhão competitiva com perspectivas via exportação

‣ ADAPTAÇÃO METODOLÓGICA PARA ESTUDOS DE ORGANISMOS ZOOPLANCTÔNICOS"IN SITU", APLICADOS À PISCICULTURA

FIM,Jorge D. I.; HARDY,Elsa R.
Fonte: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Publicador: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1993 Português
Relevância na Pesquisa
37.210413%
Os organismos zooplanctônicos desempenham um importante papel na alimentação de larvas e pós-larvas de peixes, tanto na natureza, como em cativeiro em tanques de piscicultura. No aspecto do cultivo de zooplâncton cm massa, somente conhecendo-se os valores de alguns parâmetros importantes do ciclo de vida de um único indivíduo, em situações diversas, é que se pode avaliar se este estará respondendo de maneira adequada, ou não, a determinado tratamento aplicado. O trabalho mostra uma adaptação de mamadeiras plásticas comerciais para a utilização no estudo individualizado de microcrustáceos zooplanctônicos (cladóceros), em laboratório (aquários), viveiros de piscicultura, ou ambientes naturais (lagos e igarapés).

‣ An?lise de desenvolvimento do tambaqui, Colossoma macropomum (Cuvier, 1818) (Pisces, Serrasalmidae), utilizando a massa de mandioca branca, Manihot esculenta (Crantz) como complemento alimentar em viveiros de piscicultura em ?rea de v?rzea

SOUZA, Alex da Silva
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
37.453018%
O Estado possui condi??es favor?veis para o desenvolvimento da piscicultura, que se constituir? numa alternativa para a produ??o de prote?nas de origem animal, capaz de auxiliar na redu??o dos acentuados d?ficits encontrados na dieta alimentar da popula??o paraense de baixa renda, assim como, minimizar os problemas pontuais causados pela sobrepesca e polui??o qu?mica. E as v?rzeas da Amaz?nia brasileira, constituem-se ent?o, num grande potencial para o desenvolvimento da piscicultura racional, mantendo a sustentabilidade do ecossistema atrav?s de tecnologias de manejo, em substitui??o aos m?todos extrativistas tradicionais e predat?rios. Um dos principais entraves da piscicultura ? o elevado custo a ra??o que chega a compor at? 80% do custo total da atividade, visto que n?o existe uma dieta com produtos regionais que baixasse esse custo, O custo das ra??es extrusadas ofertadas na regi?o extrapola o limite da economia, devido principalmente ? agrega??o do frete, vista a escassez das ind?strias locais, assim como os altos pre?os dos principais insumos, notadamente em se tratando da fra??o prot?ica que ? mais onerosa da dieta. Com base nessa realidade, a regi?o Amaz?nica lan?a m?o de subprodutos da agroind?stria de f?cil aquisi??o e baixo custo...

‣ Fomento la Piscicultura, Tuluá, Valle del Cauca

Diario Occidente
Fonte: Biblioteca Departamental Jorge Garcés Borrero; Facultad de Ciencias Administrativas y Económicas Publicador: Biblioteca Departamental Jorge Garcés Borrero; Facultad de Ciencias Administrativas y Económicas
Tipo: info:eu-repo/semantics/contributionToPeriodical; Documento histórico; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: JPEG; 1 Fot.; 10.5 X 14.5 cm; Electrónico
Português
Relevância na Pesquisa
37.210413%
El Archivo del Patrimonio Fotográfico y Fílmico del Valle del Cauca es responsabilidad de la Biblioteca Departamental del Valle Jorge Garcés Borrero, por convenio de cooperación suscrito con la Secretaria de Cultura Departamental, con el fin de aunar esfuerzos para su conservación, preservación y divulgación del Archivo entre la comunidad Vallecaucana, especialmente entre los estudiantes e investigadores que visitan la Biblioteca, propiciando el su uso y consulta permanente. La universidad Icesi es un colaborador en el proceso de difusión, facilitando la tecnología que permite la consulta de las imágenes.; Fomento la Piscicultura, Tuluá, Valle del Cauca, el gobierno a través de la Umata adelanta un programa de construcción de lagos en corregimientos y veredas de las zonas plana y montañosa para el fomento de la piscicultura, como alternativa de mejoramiento de los ingresos de los campesinos; Valle del Cauca, Gobernación; Archivo del Diario Occidente - Biblioteca Departamental Jorge Garcés Borrero