Página 1 dos resultados de 40 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

‣ Alterações morfométricas no plexo mioentérico do cólon menor equino distendido experimentalmente; Morphometrical alterations in myoenteric plexus of experimentally distended equine small colon

MENDES, Heloisa Maria F.; ESCOBAR, André; VASCONCELOS, Anilton C.; ZUCOLOTO, Sérgio; ALVES, Geraldo Eleno S.; FALEIROS, Rafael R.
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
70.255054%
O cólon menor dos equinos é frequentemente acometido por afecções obstrutivas, sendo a disfunção da motilidade uma complicação comum após o tratamento cirúrgico. Este transtorno pode estar relacionado com lesões no plexo mioentérico ocorridas durante a distensão intestinal, contudo pouco se sabe sobre sua fisiopatologia. O objetivo deste estudo foi avaliar as alterações morfológicas na inervação mioentérica em segmentos de cólon menor de eqüinos submetidos à distensão intraluminal com pressão suficiente para promover redução da perfusão microvascular (isquemia parcial) da parede intestinal. Nove eqüinos foram submetidos à distensão do cólon menor por 4h. Fragmentos da parede intestinal foram colhidos antes e ao final da distensão, após 1,5 e 12 horas de reperfusão no segmento experimental e ao final do procedimento em segmento distante. As amostras foram fixadas e processadas rotineiramente e secções histológicas foram coradas com cresil violeta para a morfometria. Por meio de um software de análise de imagens, obtiveram-se a área, o perímetro e os diâmetros mínimo e máximo do corpo neuronal, do núcleo e do nucléolo dos neurônios e as áreas do citoplasma e do nucleoplasma. Verificou-se redução significativa (P<0...

‣ Efeitos da ração autoclavada sobre os aspectos quantitativos e morfométricos dos neurônios mioentéricos do jejuno de ratos em períodos de pré e pós-desmame ; Effects of the autoclaved diets in the quantitative and morphometric aspects of rat’s jejunum myenteric neurons in pre and pos weaning

Gonçalez, Patrícia Orlandini
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2004 Português
Relevância na Pesquisa
49.26973%
Para evitar a presença de microorganismos nas rações fornecidas para animais de laboratório, são utilizados processos de esterilização como a autoclavagem, porém esta ocasiona perda de nutrientes, como as proteínas, devido à alta temperatura usada. A deficiência protéica pode afetar a atividade celular, provocando diferentes alterações nos tecidos. Por estes fatos, objetivou-se avaliar a ação da ração autoclavada sobre os neurônios do plexo mioentérico do jejuno de ratos em período de crescimento. Para tanto, foram utilizados ratos em período dedesmame (21 dias) provindos de mães que receberam ração autoclavada ou não autoclavadadurante a gestação e lactação e ratos em período de pós-desmame (21 a 70 dias) alimentados com o mesmo tipo de dieta que as mães recebiam. Para a mensuração do perfil do corpo celular e contagem do número de neurônios por área, estes foram evidenciados pelo método de nadh-diaforase. O peso corpóreo dos animais não apresentou diferença significativa em relação ao tipo de alimentação (p > 0,05). Houve uma diminuição do comprimento jejuno-íleo em ratos alimentados com ração autoclavada (p > 0,05). O número de neurônios por área aumentou aproximadamente 10% para ratos que receberam ração autoclavada (p > 0...

‣ Efeitos da ingestão do ácido 2,4-diclorofenoxiacético sobre neurônios mioentéricos do duodeno de ratos (Rattus norvegicus); Ingestion effects of herbicid 2,4-dichlorophenoxyacetic acid on myenteric neurons of the duodenum of rats (Rattus norvegicus)

Pereira, Ana Paula Castello
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/09/2006 Português
Relevância na Pesquisa
49.26973%
O ácido 2,4 diclorofenoxiacético (2,4-D) é um herbicida amplamente utilizado na agricultura sendo moderadamente tóxico para os seres humanos e demais animais. Apresenta neurotoxicidade, mas seu mecanismo de ação no sistema nervoso não está totalmente esclarecido. Há indícios de que este herbicida atue nos neurônios serotoninérgicos e dopaminérgicos de maneira seletiva, mas não há estudos suficientes para afirmarem sua exata ação sobre o sistema nervoso periférico. Entre os efeitos advindos da intoxicação com 2,4-D estão manifestações gastrointestinais. O presente trabalho teve como objetivo verificar os efeitos da administração do 2,4-D diluído em água nos neurônios mioentéricos do duodeno de ratos. Para tanto, 36 ratos (Rattus norvegicus) foram separados em três grupos (n = 12): controle (C); tratamento com 2,5 μg/Kg de 2,4-D (B) e tratamento com 5 μg/Kg de 2,4-D (A). Após 15 dias de experimento, os animais foram anestesiados, eutanasiados e seus duodenos foram retirados. Os neurônios mioentéricos foram evidenciados por meio de preparados de membrana corados pelo método de Giemsa e pela técnica de evidenciação neuronal pela ação da NADH-diaforase. Estes preparados de membrana foram analisados ao microscópio de luz para contagem dos neurônios e através de programa computadorizado de análise de imagens foi feita a mensuração do perfil do corpo celular (PCC) desses neurônios. A análise quantitativa demonstrou diminuição no número de neurônios do duodeno nos animais que receberam 2...

‣ Avaliação morfológica e quantitativa dos neurônios do plexo mioentérico nas diferentes porções do ceco de ratos com seis e doze meses de idade, sedentários, e ratos submetidos à atividade física regular, com doze meses; Morphological and quantitative evaluation of the neurônios of the myenteric plexus in the different portions of the cecum of sedentary rat, with six and twelve months of age, and rats undergone to the physical regular activity, with twelve months

Silva, Elizangela dos Anjos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
50.509326%
Estudou-se o arranjo do plexo mioentérico, o número de neurônios e a área do perfil do corpo celular (µm2) dos neurônios mioentéricos, nas diferentes porções das regiões apical e basal, do ceco de ratos Wistar. Trinta ratos foram, igualmente, distribuídos em grupos de seis (G-6) e doze meses de idade (G-12S), sedentários, e um grupo com doze meses (G-12T), que foi submetido a um programa de atividade física de intensidade moderada. Foram montados preparados de membrana que receberam as técnicas histoquímica de NADH-diaforase (NADH-d) e NADPH-diaforase (NADPH-d). O arranjo do plexo mioentérico e o número de neurônios foram avaliados comparativamente entre os três grupos e entre as diferentes porções das regiões do ceco. Os neurônios das regiões apical e basal foram distribuídos em classes com intervalos de 100µm2, sendo comparadas às médias da mensuração dos pares, considerando as variáveis de idade e tratamento. Não foram observadas alterações na arquitetura do plexo mioentérico nas diferentes porções do ceco dos animais nos três grupos estudados. O número de neurônios NADH-d positivos foi maior do que o de NADPH-d em todas as porções, de ambas as regiões, de todos os grupos. O grupo G-12T apresentou maior número de neurônios NADH-d reativos do que os animais sedentários...

‣ Influência da atividade física sobre o envelhecimento inicial do plexo mioentérico do jejuno em rato Wistar; Influence of the physical activity on the initial aging of myenteric plexus of jejunum in Wistar rat

Clebis, Naianne Kelly
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/03/2006 Português
Relevância na Pesquisa
59.538105%
Embora diversos trabalhos relatem as alterações fisiológicas que ocorrem no trato gastrointestinal com a senescência e com o exercício físico, poucos são os relatos morfológicos a respeito destas duas variantes. Portanto, o objetivo deste trabalho foi verificar qual a influência da atividade física (corrida em esteira) na ultraestrutura, na densidade neuronal (neurônios/mm2) e na área do perfil do corpo celular (µm2) dos neurônios mioentéricos do jejuno de ratos com a idade. Para tanto, foram utilizados 45 ratos Wistar divididos em três grupos: C (controle com seis meses), S (sedentário com 12 meses) e T (treinado com 12 meses) sendo utilizado 5 animais para cada técnica/grupo. Os preparados de membrana do jejuno foram corados com as técnicas histoquímicas de NADH e NADPH para estimar o número de neurônios e a área do perfil neuronal. Os resultados alcançados nos testes de esforço (TEMs) forçam sempre maiores no grupo T do que no grupo S. O peso dos animais do grupo T foi menor que os do grupo S. A área do jejuno-íleo foi mensurada e não presentou diferença significativa (P>0,05) entre os animais dos grupos C, S e T. Com exceção da membrana basal que apresentou-se menos definida e da região periganglionar que encontrava-se mais espassada nos animais do grupo S...

‣ Efeitos da lesão térmica corporal na mucosa e nos componentes do plexo mioentérico do estômago de ratos.; Effects of burn injury in mucous and stomach myenteric plexus structure of rats.

Galvanini, Paulo Alexandre
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/11/2008 Português
Relevância na Pesquisa
70.255054%
O Sistema nervoso entérico está localizados entre as camadas constituintes das paredes do trato gastrintestinal, entre as camadas musculares longitudinal e circular, que se estende por todo o trato digestório, desde o esôfago até o reto. Desordens gastrintestinais são complicações comuns causadas pela lesão térmica. A presente pesquisa avalia, em estômagos de ratos alterações na mucosa e no plexo mioentérico submetidos à lesão térmica corporal. O número de neurônios NADH-d e NADPH-d aumentaram significativamente nos animais queimados. Analisando a média da área do perfil dos neurônios NADH-dr e NADPH-dr evidenciaram uma diminuição significativa de 26% e 24%, respectivamente, na área do perfil dos neurônios dos animais queimados. Assim, associados o VIP o NO e a acetilcolina se apresentaram de maneira a interferir no esvaziamento gástrico causando ulcerações que foram observadas pela técnica da MEV na mucosa gástrica. Com esses dados, pode-se concluir que a LTC interfere no plexo mioentérico do estômago de ratos causando uma gastroparesia.; The enteric nervous system is located among the layer constituents of the gastrintestinal tract. Between the longitudinal and circular muscle layers, which extend throughout the digestory tract from the esophagus to the rectum. Gastrintestinal disorders are common complications caused by burn injury. This research evaluates...

‣ Repercussões morfológicas da lesão térmica corporal nos componentes do plexo mioentérico do jejuno de ratos adultos.; Morphological repercutions of burn injury components of the myenteric plexus in the jejunum of adults rats.

Seyfert, Carlos Eduardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/09/2009 Português
Relevância na Pesquisa
70.255054%
As lesões térmicas corporais (LTC) são um sério problema de saúde, atingindo principalmente crianças. A extensão e a profundidade da lesão são fatores que alteram várias estruturas. Alterações gastrintestinais também são relatadas, sendo a principal delas, a atrofia das mucosas, provocando ulcerações e a perda da barreira seletiva. Na presente pesquisa avaliou-se através de técnicas histoquímicas, imunohitoquimicas e de microscopia de luz, as alterações ocorridas nos componentes do plexo mioentérico e na espessura da mucosa do jejuno em três porções: oral (O), média (M) e aboral (A), de ratos adultos com 30% da superfície corpórea exposta ao escaldamento, 4 dias (q4) e 10 dias (q10) após a LTC. Verificou-se em q10 o não restabelecimento da massa corpórea, a diminuição da área do jejuno, bem como espessura de sua mucosa. No plexo mioentérico, a área média do perfil celular dos neurônios NADPH não variou, tendo estes uma menor densidade em q10, sendo estes corpos altamente reativos em q4 e q10. Varicosidades grandes destacaram-se em q4 e q10, quando pela SP e VIP.; Burn is a determinant factor to alter body structures as the striated muscle. It also determines gastrintestinal mucosal atrophy what produce loss of selective barrier. With histochemical...

‣ Estudo do receptor P2X7 nas classes neuronais do íleo de ratos submetidos à isquemia intestinal com reperfusão.; Study of the P2X7 receptor in neurons of the ileum of rats subjected to intestinal ischemia with reperfusion.

Palombit, Kelly
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/06/2010 Português
Relevância na Pesquisa
50.255054%
Dor abdominal pode ser consequente a inúmeras causas, entre as várias possibilidades precisamos ficar atentos aos quadros de isquemia intestinal. No trato digestório a isquemia/reperfusão intestinal (I/R-i) acarreta alterações morfológicas nos neurônios entéricos. Este trabalho tem como objetivo analisar o comportamento das diferentes classes neuronais e do receptor P2X7 no plexo mioentérico do íleo de ratos Wistar submetidos à I/R-i. A isquemia intestinal foi obtida pela obstrução do fluxo sanguíneo das artérias ileais no período de 35 minutos, seguida pelos períodos de reperfusão de 6, 24, 72 horas e 1 semana. No grupo sham não houve a oclusão das artérias ileais. Os tecidos foram preparados por métodos imunohistoquímicos de duplas marcações do receptor P2X7 com a Óxido Nítrico Sintase neuronal (NOSn), calbindina (Calb), calretinina (Calr) e Acetilcolina Transferase (ChAT) e do receptor P2X7, da NOSn e da ChAT com o pan-neuronal anti-HuC/D. As análises qualitativas e quantitativas das contagens das duplas marcações, das densidades neuronais e da área dos perfis foram obtidas dos microscópios de fluorescência e de Confocal de Varredura à Laser. Os resultados qualitativos demonstraram diminuição da expressão do receptor P2X7 no grupo I/R-i de 24 horas e retorno da expressão nos grupos I/R-i de 72 horas e 1 semana. Os dados quantitativos demonstraram: a) os neurônios do plexo mioentérico foram imunorreativos ao receptor P2X7; b) não houve alterações significativas nas duplas marcações do receptor P2X7 com os neurônios NOSn-ir...

‣ Efeito do exercício físico no envelhecimento inicial do plexo mioentérico do colo de rato Wistar: estudo quantitativo, morfométrico e ultra-estrutural; Effects of physical activity in the inicial aging of the myenteric plexus of colon of Wistar rat: quantitative, morphometric and ultraestructural study

Gagliardo, Karina Martinez
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/03/2006 Português
Relevância na Pesquisa
50.04485%
O conhecimento de todas as facetas que envolvem o processo de envelhecimento é uma necessidade atual, uma vez que a população idosa vem aumentando em todo mundo. O sistema digestório é um importante alvo das alterações do envelhecimento, sendo a constipação um freqüente distúrbio referido. Por esta razão, estudos sobre os neurônios do plexo mioentérico são necessários. Ainda, sabendo que a atividade física é uma terapêutica indicada para se evitar a constipação, este trabalho teve por objetivos estudar quantitativamente e qualitativamente os efeitos do envelhecimento nos neurônios NADH- e NADPH-diaforase reativos do plexo mioentérico do colo de ratos adultos (GRUPO A) e de meia-idade (GRUPO B), assim como o possível efeito da atividade física (corrida) sobre os neurônios dos animais de meia-idade (GRUPO C). Ainda, a presente pesquisa objetivou verificar as possíveis alterações da camada muscular (circular e longitudinal) do colo, assim como a ultra-estrutura neuronal nos diferentes grupos. Quanto à morfologia, nenhuma alteração neuronal ou no arranjo do plexo foi constatada. Entretanto, uma maior quantidade de colágeno ao redor do gânglio foi verificada nos animais do Grupo B. Alterações quantitativas foram encontradas tanto nos neurônios NADH-d reativos como nos NADPH-d reativos. Ambas populações neuronais tiveram a densidade diminuída com o envelhecimento...

‣ Efeito da colite ulcerativa experimental sobre o receptor P2X7 no sistema nervoso entérico de ratos wistar.; Effect of experimental ulcerative colitis on the P2X7 receptor in the Wistar rats enteric nervous system.

Silva, Marcos Vinicius da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
50.04485%
No trato digestório a colite ulcerativa apresenta necrose no intestino como processos patofisiológicos. Este projeto visou estudar neurônios com códigos químicos do sistema nervoso entérico (SNE) e a morfologia estrutural do intestino grosso de animais com colite ulcerativa. Grupos: a) Colite: injetados com TNBS, b) PBS: injetados com PBS e c) controle. Os tecidos foram preparados por métodos imunohistoquímicos de duplas marcações do receptor P2X7 com NOS, ChAT, Calb, Calr, anti-HuC/D (pan-neuronal) e S100 (células glias). No grupo Colite, no plexo mioentérico, o receptor P2X7 estava diminuído. No tecido lesado apresentou aumento de neutrófilos e da lâmina própria, alteração de colágeno e destruição do epitélio e células caliciformes. Reduziram colocalizações de neurônios com receptor no plexo mioentérico e aumento no plexo submucoso. Houve reduções nas densidades e áreas dos neurônios no SNE. Conclui-se que a colite afetou os neurônios entéricos e células gliais, causou alterações morfológicas, sendo assim, pode afetar motilidade intestinal.; In the digestive tract ulcerative colitis have a bowel necrosis as pathophysiological processes. This project aimed to study neurons with their respective chemicals codes the enteric nervous system (ENS) as well as structural morphology of the distal colon of animals with ulcerative colitis. Groups: a) colitis: TNBS injected...

‣ Caracterização morfoquantitativa do plexo mioentérico do intestino delgado de camundongos mdx : um modelo de distrofia muscular de Duchenne; Morphoquantitative features of myenteric plexus of small intestine of mdx mice: a model for Duchenne muscular dystrophy

Beber, Eduardo Henrique
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
70.692974%
O plexo mioentérico é uma vasta rede de nervos e gânglios localizado entre as camadas longitudinal e circular da túnica muscular externa de todo o trato gastrintestinal (TGI). A distrofia muscular de Duchenne (DMD) é uma miopatia ligada ao cromossomo X causada pela ausência da distrofina que, além dos evidentes efeitos degenerativos no músculo esquelético, causa severas alterações do TGI. No entanto as causas dessas alterações não são claras. Pesquisadores demonstraram que a distrofina é expressa nas fibras musculares lisas e também nos neurônios do plexo mioentérico, todavia não existe um consenso sobre o papel desta nessas estruturas. Desta forma pretende-se estudar os componentes do plexo mioentérico do intestino delgado de camundongos mdx (o modelo animal da DMD) nas idades de 4 e 10 semanas e de seus respectivos controles, camundongos C57BL/10. Os animais de ambos os grupos tiveram o intestino delgado retirado e seccionado em segmentos oral, médio e aboral para posterior avaliação através das técnicas histoquímicas de evidenciação neuronal: NADH-d, NADPH-d e AChE. Além disso, a musculatura lisa e os neurônios do plexo mioentérico foram analisados por MET. A análise quantitativa mostrou que o grupo MDX4 apresentou uma área total do intestino delgado significativamente maior que o C4 (p<0...

‣ Caraterização morfoquantitativa do plexo mioentérico do esôfago no modelo de distrofia muscular camundongo MDX; Morphoquantitative features of myenteric plexus of the oesophagus in MDX mice

Mariotti, Valquiria Barboza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
70.255054%
A Distrofia Muscular de Duchenne (DMD) é um tipo de miopatia grave, degenerativa e progressiva, geneticamente determinada e ligada ao cromossomo X. Além dos graves distúrbios cardiorrespiratórios e da motricidade, o paciente apresenta disfunções do sistema digestório, caracterizadas pelas desordens da motilidade. Entretanto, sabe-se que tais disfunções não ocorrem no camundongo MDX. O objetivo deste estudo foi estimar a densidade numérica por área da população total de neurônios (QA[T]) e dos neurônios nitrérgicos (QA[N]); assim como a área de secção transversal média do corpo celular destes neurônios (A[T] e A[N]) do plexo mioentérico esofágico e a largura média das fibras estriadas (L) das camadas musculares. Foram utilizados 40 camundongos machos da linhagem C57BL/10 nas idades de 4 e 10 semanas, distribuídos entre grupos experimentais (MDX4 e MDX10), e controles (C4 e C10). As estimativas foram analisadas em preparados de membrana dos esôfagos, e técnicas histoquímicas de NADH-diaforase (NADH-d) e NADPH-diaforase (NADPH-d) foram utilizadas para evidenciar toda a população de neurônios e os neurônios nitrérgicos, respectivamente. Os resultados mostraram que a QA[T] foi significativamente maior no grupo MDX10 em relação ao C10 (p<0.05); enquanto a QA[N] foi menor no grupo MDX4 em relação ao C4 (p<0.05). A A[T] foi menor no grupo MDX10 em relação ao MDX4 e ao C10 (p<0.05); enquanto que para a A[N] não houve diferença significativa entre os grupos controle e experimental...

‣ Avaliação dos efeitos da suplementação com ácidos ascórbicos sobre os aspectos morfoquantitativos do plexo mioentérico do jejuno de camundongos mdx com ausência de distrofina; Assessment of the effects of ascorbic acid supplementation on aspects morphoquantitative myenteric plexus of jejunum of mdx mice with absence of dystrophin

Lima, Any Kelly Gomes de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/11/2013 Português
Relevância na Pesquisa
70.509326%
O objetivo deste estudo foi analisar os efeitos da suplementação com ácido ascórbico (AA) sobre os aspectos morfológicos do plexo mioentérico de camundongos mdx jovens. Foram utilizados camundongos mdx e controles C57BL/10 machos divididos em seis grupos (n=5): GC30 (Grupo controle com 30 dias de idade); GC60 (Grupo controle com 60 dias de idade); GCS60 (Grupo controle suplementado com ácido ascórbico, com 60 dias de idade); GD30 (Grupo distrófico com 30 dias de idade); GD60 (Grupo distrófico com 60 dias de idade) e GDS60 (Grupo distrófico suplementado com AA, com 60 dias de idade). Após a eutanásia, os segmentos orais do jejuno (SOJ) foram coletados e submetidos a técnicas histoquimicas de evidenciação neuronal: NADH-diaforase, NADPH-diaforase e AChE. Os resultados demonstraram um aumento significativo do peso corporal para os animais distróficos (grupos GD30 e GD60) quando comparados aos seus respectivos controles (grupos GC30 e GC60). A análise quantitativa demonstrou que os animais do grupo GD60 possui área total do intestino delgado significativamente maior que os animais do grupo GC60; Não houve diferenças significativas entre os grupos GCS60 e GDS60. Em todos os grupos de animais com 60 dias, exceto para a densidade de neurônios nitrérgicos que se apresentou maior no grupo GCS60...

‣ Estudo morfoquantitativo do plexo mioentérico de cães afetados pela Distrofia Muscular do Golden Retriever (GRMD); Morphoquantitative study of the myenteric plexus of dogs affected by Golden Retriever Muscular Dystrophy (GRMD)

Silveira, Mariana Póvoa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/10/2013 Português
Relevância na Pesquisa
49.87969%
A distrofia muscular do Golden Retriever é uma miopatia hereditária, recessiva e fatal. Achados clinicopatológicos no trato gastrintestinal desses cães, como atrofia muscular, megaesôfago, dilatação gástrica são relatados, com possíveis alterações nos plexos entéricos. Este trabalho tem como objetivo analisar os neurônios colinérgicos e nitrérgicos do plexo mioentérico, a expressão do receptor P2X7 e a morfologia do íleo de cães afetados pela distrofia muscular comparados aos de cães não afetados. Os tecidos foram preparados por métodos imunohistoquímicos de marcação do Óxido Nítrico Sintase (NOS), Acetilcolina Transferase (ChAT), do pan-neuronal anti-HuC/D e do receptor P2X7. As análises qualitativas e quantitativas das contagens das marcações, das densidades neuronais e da área dos perfis foram obtidas dos Microscópios de Fluorescência, de Confocal de Varredura à Laser, e Microscópio Eletrônico de Transmissão. Os resultados qualitativos demonstraram que neurônios NOS-ir e ChAT-ir apresentaram morfologia Dogiel Tipo I com fibras que colocalizam com o receptor P2X7 e a musculatura intestinal com núcleos picnóticos e maior quantidade de fibras colágenas no grupo distrófico. Os dados quantitativos demonstraram: a) diminuição na área do perfil neuronal dos neurônios NOS-ir e ChAT-ir no grupo distrófico b) maior densidade de neurônios NOS-ir no grupo distrófico. O presente estudo adicionou informações sobre o código químico do plexo mioentérico de cães que podem facilitar o entendimento de desordens intestinais nesses animais.; The Golden Retriever muscular dystrophy is a hereditary myopathy...

‣ Alterações morfométricas no plexo mioentérico do cólon menor equino distendido experimentalmente

Mendes, Heloisa Maria F.; Escobar, André; Vasconcelos, Anilton C.; Zucoloto, Sérgio; Alves, Geraldo Eleno S.; Faleiros, Rafael R.
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 557-562
Português
Relevância na Pesquisa
70.255054%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); O cólon menor dos equinos é frequentemente acometido por afecções obstrutivas, sendo a disfunção da motilidade uma complicação comum após o tratamento cirúrgico. Este transtorno pode estar relacionado com lesões no plexo mioentérico ocorridas durante a distensão intestinal, contudo pouco se sabe sobre sua fisiopatologia. O objetivo deste estudo foi avaliar as alterações morfológicas na inervação mioentérica em segmentos de cólon menor de eqüinos submetidos à distensão intraluminal com pressão suficiente para promover redução da perfusão microvascular (isquemia parcial) da parede intestinal. Nove eqüinos foram submetidos à distensão do cólon menor por 4h. Fragmentos da parede intestinal foram colhidos antes e ao final da distensão, após 1,5 e 12 horas de reperfusão no segmento experimental e ao final do procedimento em segmento distante. As amostras foram fixadas e processadas rotineiramente e secções histológicas foram coradas com cresil violeta para a morfometria. Por meio de um software de análise de imagens, obtiveram-se a área, o perímetro e os diâmetros mínimo e máximo do corpo neuronal, do núcleo e do nucléolo dos neurônios e as áreas do citoplasma e do nucleoplasma. Verificou-se redução significativa (P<0...

‣ Repercussão funcional da expressão dos receptores A2A, NK1 e M3 em várias subpopulações celulares no plexo mioentérico do íleo de rato

Silva, Isabel Sofia Dias da
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
51.099614%
Dissertação de Mestrado em Genética Molecular Comparativa e Tecnológica; O sistema nervoso entérico (SNE) é formado por uma extensa rede neuronal intrínseca que acompanha todo o tracto gastrointestinal e que se organiza em dois grandes plexos nervosos; o plexo submucoso ou de Meissner (mais interno, localizado na submucosa) e o plexo mioentérico ou de Auerbach (mais externo, localizado entre as duas camadas musculares circular e longitudinal). O SNE possui numerosas células gliais e intersticiais de Cajal (ICC), que em conjunto com os neurónios controlam funções essenciais como a motilidade, secreção e fluxo sanguíneo intestinal. A motilidade gastrointestinal é regulada pela libertação de acetilcolina (ACh), de purinas (e.g. ATP, adenosina) e de taquicininas (e.g. Substância P) a partir de neurónios entéricos excitatórios (Furness, 2000). Por outro lado, tanto as células gliais como as intersticiais de Cajal estão envolvidas no metabolismo dos neurotransmissores e são capazes de libertar substâncias neuromoduladoras. O equilíbrio entre a activação de neurónios excitatórios e/ou inibitórios, das células não-neuronais adjacentes e das células efectoras (musculares, glandulares ou vasculares) determina a actividade funcional do intestino em cada momento. Substâncias irritantes como a capsaicina...

‣ Alterações morfométricas no plexo mioentérico do cólon menor equino distendido experimentalmente

Mendes,Heloisa Maria F.; Escobar,André; Vasconcelos,Anilton C.; Zucoloto,Sérgio; Alves,Geraldo Eleno S.; Faleiros,Rafael R.
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2009 Português
Relevância na Pesquisa
70.255054%
O cólon menor dos equinos é frequentemente acometido por afecções obstrutivas, sendo a disfunção da motilidade uma complicação comum após o tratamento cirúrgico. Este transtorno pode estar relacionado com lesões no plexo mioentérico ocorridas durante a distensão intestinal, contudo pouco se sabe sobre sua fisiopatologia. O objetivo deste estudo foi avaliar as alterações morfológicas na inervação mioentérica em segmentos de cólon menor de eqüinos submetidos à distensão intraluminal com pressão suficiente para promover redução da perfusão microvascular (isquemia parcial) da parede intestinal. Nove eqüinos foram submetidos à distensão do cólon menor por 4h. Fragmentos da parede intestinal foram colhidos antes e ao final da distensão, após 1,5 e 12 horas de reperfusão no segmento experimental e ao final do procedimento em segmento distante. As amostras foram fixadas e processadas rotineiramente e secções histológicas foram coradas com cresil violeta para a morfometria. Por meio de um software de análise de imagens, obtiveram-se a área, o perímetro e os diâmetros mínimo e máximo do corpo neuronal, do núcleo e do nucléolo dos neurônios e as áreas do citoplasma e do nucleoplasma. Verificou-se redução significativa (P<0...

‣ Inibição neonatal da recaptação de serotonina: repercussões sobre o desenvolvimento morfológico neuromuscular do esôfago em ratos nutridos ou não

Nogueira Ferraz Pereira, Kelli; Manhães de Castro, Raul (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
49.87969%
Existem períodos críticos do desenvolvimento do sistema nervoso que são vulneráveis a agressões do ambiente. Nessa fase da vida em mamíferos, acontece também o desenvolvimento do trato gastrintestinal, ressaltam-se suas estruturas neurais responsáveis pelo controle motor do sistema digestório. Durante essas etapas, estímulos precoces ou insultos podem resultar em mudanças persistentes na estrutura e função do organismo. Esse fenômeno, conhecido como programação, pode ser responsável pelo estabelecimento de doenças na vida adulta. O objetivo do presente estudo foi investigar as possíveis repercussões da desnutrição e/ou da inibição neonatal da recaptação de serotonina no desenvolvimento estrutural neuromuscular do esôfago em ratos. A amostra consistiu de 97 ratos machos da linhagem Wistar. Os animais foram divididos em dois grupos: nutrido (n=39) e desnutrido (n=58). A manipulação farmacológica com inibidor seletivo de recaptação de serotonina foi realizada durante o período de lactação. Os animais de cada grupo foram divididos em dois subgrupos: 1o tratados com soro fisiológico (NS, n=21; DS, n=38); 2o, com sertralina (10 mg/Kg pc, s.c.) (NSert, n=18; DSert, n=20). Ratos de cada subgrupo foram pesados e sacrificados para retirada de esôfago e posterior análise dos parâmetros macroscópicos e miscroscópicos aos 22 ou 90 dias de idade. O esôfago de cada animal era removido e medido o comprimento total; em seguida...

‣ Chronic effect of vagotomy in the morphometry of the myenteric plexus of rats' duodenum; Efeito crônico da vagotomia sobre a morfometria do plexo mioentérico do duodeno de ratos

MARTINS-JÚNIOR, Carlos Roberto; MAGALHÃES-JÚNIOR, Aezio de; INAGAKI, Paola Mayumi; PIRES, Pedro Paulo; LACHAT, João José; SILVA, Jesiel Mamedes
Fonte: Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Publicador: Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
60.366934%
BACKGROUND: The gastrointestinal disorders have been associated with morphological alterations in the myenteric nervous plexus. AIM: To evaluate, through morphometric studies, the chronic effects of the subdiaphragmatic trunk vagotomy on the nervous plexus. METHODS: Fifteen male exemplars of Wistar Rattus novergicus weighing about 150g, distributed into three groups, have been used: control (n=5), Sham (n=5) and vagotomized (n=5). The animals were sacrificed after 30 and 90 days post surgery. Fragments of duodenum were fixed in Bouin solution, embedded into paraffin and stained with HE and PAS. Morphometric analysis was performed by a Carl Zeiss KM 450 image system. The following aspects were observed: the density of nervous cells per linear micrometer (µm) (ND); the area of perikarya (µm²) (NA); the number of satellite cells per µm (SCD); and the number of satellite cells per neuron (SC/N). The averages were compared with the help of "software" program Sigma Plus through two way - ANOVA and Tuckey post-test. RESULTS: Denervation increased SC/N (p<0,05) and NA (p<0,05), in a time-dependent denervation way (p<0,05). However ND and SCD, decreased, which significantly with the animal's age (p<0,001). CONCLUSION: Vagotomy altered the myenteric plexus morphology in a time-dependent way.; RACIONAL: As disfunções gastrintestinais têm sido associadas à alterações morfológicas no plexo nervoso mioentérico. OBJETIVO: Avaliar através do estudo morfométrico...

‣ Distribuição dos receptores da adenosina no plexo mioentérico – músculo longitudinal do íleo de rato: implicações funcionais

Vieira, Cátia
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
69.87969%
A acetilcolina (ACh) é o neurotransmissor mais importante no controlo da motilidade gastrointestinal. A libertação de ACh dos neurónios entéricos é regulada por receptores neuronais específicos (De Man et al., 2003). Estudos prévios demonstraram que a adenosina exerce um papel duplo na libertação de ACh dos neurónios entéricos através da activação dos receptores inibitórios A1 e facilitatórios A2A (Duarte-Araújo et al., 2004). O potencial terapêutico dos compostos relacionados com a adenosina no controlo da motilidade e da inflamação intestinal, levou-nos a investigar o papel dos receptores com baixa afinidade para a adenosina, A2B e A3, na libertação de acetilcolina induzida por estimulação eléctrica nos neurónios mioentéricos. Estudos de imunolocalização mostraram que os receptores A2B exibem um padrão de distribuição semelhante ao do marcador de células gliais (GFAP). No que respeita aos receptores A1 e A3, estes encontram-se distribuídos principalmente nos corpos celulares dos neurónios ganglionares mioentéricos, enquanto os receptores A2A estão localizados predominantemente nos terminais nervosos colinérgicos. Neste trabalho mostrou-se que a modulação da libertação de ACh-[3H] (usando os antagonistas selectivos DPCPX...