Página 1 dos resultados de 76 itens digitais encontrados em 0.045 segundos

‣ Adesão às precauções-padrão de profissionais de enfermagem de um hospital universitário; Adherence to standard precautions by nursing professionals in a university hospital; Adhesión a las precauciones-patrón de profesionales de enfermería de un hospital universitario

Malaguti-Toffano, Silmara Elaine; Santos, Cláudia Benedita dos; Canini, Silvia Rita Marin da Silva; Galvão, Marli Terezinha Gimenes; Brevidelli, Maria Meimei; Gir, Elucir
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
58.35574%
OBJETIVO: Descrever e comparar os escores de adesão às precauções padrão (PP) de profissionais de enfermagem que atuavam nas unidades de internação de um hospital universitário do Estado de São Paulo. MÉTODOS: Trata-se de estudo quantitativo transversal, comparativo, com a aplicação da escala psicométrica de adesão às PP, desenvolvido por Gershon et al. (1995), traduzida e validada por Brevidelli e Cianciarullo (2009), entre primeiro de setembro de 2009 e 31 de março de 2010, com 256 profissionais de enfermagem. RESULTADOS: Evidenciou-se que 152 (59,4%) profissionais apresentaram escores médios altos para a adesão às PP, igual ou acima de 4,5; 98 (38,3%) escores intermediários, entre 3,5 e 4,49 e 6 (2,3%) baixos, ou seja, menor que 3,5. CONCLUSÕES: Não houve diferenças estatisticamente significativas entre os escores e outras variáveis, entretanto, destacou-se a importância do resultado positivo encontrado pela valorização das ações de educação permanente pela instituição.

‣ Adaptação e validação de um instrumento para verificação de fatores associados à adesão às precauções-padrão entre cirurgiões-dentistas que atuam na rede básica de saúde; Adaptation and validation of an instrument for verification of factors associated with the adhesion to Standard Precautions among dentists that work at the public health system

Ribeiro, Patricia Helena Vivan
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/02/2011 Português
Relevância na Pesquisa
58.35574%
Os acidentes com presença de material biológico são uma realidade na prática odontológica. A utilização de medidas preventivas como a adoção das Precauções Padrão (PP) é essencial. Na vivência profissional na área da saúde, verifica-se certa hesitação dos cirurgiões-dentistas (CD) no que diz respeito à adesão de práticas seguras. Diante desse quadro, surgiu a seguinte indagação: que fatores podem associar-se aos níveis de adesão às PP, a fim de prevenir a exposição desses profissionais a material biológico? Desse modo, este estudo constituiu-se de uma investigação metodológica quantitativa com o objetivo de adaptar e validar um instrumento para verificação de fatores associados à adesão às PP entre CD. O instrumento compôs-se de 49 itens distribuídos em 5 dimensões. O processo de validação do instrumento seguiu as seguintes etapas: adaptação do instrumento para as situações que envolvem riscos aos cirurgiões-dentistas por meio da análise semântica e análise de conteúdo, as quais foram realizadas por um comitê de juízes. O instrumento adaptado foi aplicado entre os meses de maio a dezembro de 2008 para 224 cirurgiões-dentistas que atuavam na Rede Básica de Saúde dos municípios de Apucarana...

‣ Adesão às precauções-padrão de profissionais de enfermagem de um hospital universitário; Adherence to Standard Precautions for healthcare professionals from a university hospital

Toffano, Silmara Elaine Malaguti
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/04/2011 Português
Relevância na Pesquisa
58.35574%
As Precauções-Padrão (PP) são consideradas como as principais medidas de prevenção à exposição com material biológico potencialmente contaminado e a adesão as PP contribui significativamente para reduzir esses riscos. Este estudo teve como objetivo descrever e comparar os escores de adesão às PP de profissionais de enfermagem que atuavam nas unidades de internação de um hospital universitário. Trata-se de um estudo transversal, comparativo e quantitativo, realizado em um hospital de ensino do interior do estado de São Paulo, Brasil. A amostra de 290 sujeitos foi calculada e sorteada segundo um plano amostral estratificado (alfa =0,01; número de preditores = 3, sendo, tempo de exercício na profissão, carga horária semanal, categoria profissional, effect size = 0,08, poder 0,99). Critérios de inclusão: exercer no mínimo seis meses de trabalho na função de enfermeiro, técnico ou auxiliar de enfermagem na instituição; estar lotado na unidade selecionada para a realização do estudo; prestar assistência direta aos doentes. Critérios de exclusão: exercer exclusivamente atividades administrativas; estar em férias, licença-saúde ou afastamento. Utilizou-se um formulário contendo variáveis demográficas e a escala psicométrica de adesão às PP...

‣ Fatores individuais, laborais e organizacionais associados à adesão às precauções-padrão de profissionais de enfermagem em uma instituição privada; Individual, labor and organizational factors associated with adherence to standard precautions of nursing professionals in a private institution

Felix, Adriana Maria da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
58.7809%
As Precauções- Padrão (PP) são medidas fundamentais para proteger pacientes e profissionais da área da saúde (PAS) da aquisição de microorganismos patogênicos. Entretanto, a adesão às PP é insatisfatória e vários motivos são descritos para essa baixa adesão. OBJETIVO: Analisar os fatores individuais, laborais e organizacionais associados com a adesão às PP de profissionais de enfermagem de uma instituição privada localizada na cidade de São Paulo. MÉTODO: Estudo transversal realizado com uma amostra de 291 profissionais de enfermagem, distribuídos proporcionalmente entre enfermeiros, técnicos e auxiliares que trabalhavam em setores críticos, semi-críticos e emergência. Os dados foram coletados no período de outubro de 2010 a janeiro de 2011. Para a coleta de dados, utilizou-se um instrumento com questões socio demográficas e escalas de Likert com 5 opções de respostas, segundo o referencial teórico Modelo Explicativo da Adesão às Precauções- Padrão. RESULTADO: 78,0% (226/291) dos profissionais de enfermagem responderam usar as PP na assistência a todos os pacientes. A análise multivariada mostrou que a adesão às PP foi associada a fatores individuais, expressa por profissionais mais jovens; fatores laborais...

‣ Adesão às precauções-padrão por profissionais de enfermagem que atuam em terapia intensiva em um hospital universitário do interior paulista; Adherence to standard precautions among nurses working in intensive care at a university hospital in the interior of São Paulo

Pereira, Fernanda Maria Vieira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
69.19588%
As Unidades de Terapia Intensiva atendem pacientes críticos, que demandam cuidados de alta complexidade. Com isso, a freqüente realização de procedimentos invasivos favorece a exposição do profissional e dos pacientes a riscos biológicos. Para diminuir os riscos associados ao trabalho dos profissionais que atuam nessas unidades, é imprescindível utilizar medidas preventivas durante a assistência das quais destacamos as precauções-padrão. Objetivos: Avaliar os fatores individuais, relativos ao trabalho e organizacionais relacionados à adesão às precauções-padrão por profissionais de enfermagem que atuam em terapia intensiva em um hospital universitário do interior paulista. Metodologia: Trata-se de um estudo de corte transversal, desenvolvido no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, no período de dezembro de 2010 a junho de 2011. A população de estudo constituiu-se por 178 profissionais da equipe de enfermagem - enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem- que atuavam na assistência a pacientes em terapia intensiva, de duas unidades distintas da instituição. Os instrumentos para a coleta de dados foram escalas psicométricas do tipo Likert desenvolvidas por Gershon et al. (1995)...

‣ Adaptação cultural e validação do Questionnaries for knowledge and compliance with standard precaution para enfermeiros brasileiros; Cultural adaptation and validation of the Questionnaires for knowledge and compliance with standard precaution for Brazilian nurses

Valim, Marília Duarte
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/10/2014 Português
Relevância na Pesquisa
49.52713%
As precauções-padrão preconizadas pelo Centers for Disease Control and Prevention e ratificadas pelo Ministério da Saúde, são medidas que minimizam a exposição ocupacional a material biológico potencialmente contaminado e previnem as infecções relacionadas à assistência em saúde. No entanto, constata-se que a adesão a essas medidas é problema dentre os profissionais de enfermagem e instrumentos para estudar a adesão de enfermeiros a essas medidas foram construídos para apoiar intervenções. Considerando-se que a adaptação e validação de um instrumento utilizado em diferentes culturas garante a sua maior confiabilidade e validade e que a viabilidade de um instrumento fidedigno, para aferir conhecimento e adesão de enfermeiros às precauções-padrão, se faz necessário no contexto brasileiro, este estudo teve por objetivos adaptar para enfermeiros brasileiros e validar o questionário de adesão às precauções-padrão e o questionário de conhecimento sobre as precauções-padrão (Questionnaires for Knowledge and Compliance with Standard Precaution).Trata-se de estudo metodológico, cujo processo de adaptação dos questionários seguiu as etapas: tradução inicial; síntese e consenso das traduções; realização do comitê de especialistas; retrotradução; validação semântica e pré-teste da versão final. O processo de adaptação contou com uma amostra de 42 enfermeiros de uma unidade de emergência vinculada a um hospital de ensino do interior de São Paulo...

‣ Influência de fatores individuais, organizacionais e relativos ao trabalho na adesão às precauções padrão

Gonçalves, Patrick Raphael Vicente
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 84 f. + 1 CD-ROM
Português
Relevância na Pesquisa
59.04928%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Odontologia Preventiva e Social - FOA; A equipe de saúde bucal, devido às peculiaridades que envolvem a prática odontológica, está predisposta a um alto coeficiente de acidentes envolvendo material biológico potencialmente contaminado. A fim de evitar tais injúrias, as precauções padrão foram estipuladas e recomendam, entre suas medidas, o não reencape de agulhas. Entretanto, ainda é comum entre os profissionais da área odontológica esta prática inadequada, que caracteriza a não adoção a comportamentos preventivos. Objetivou-se, neste trabalho, analisar a prevalência dos acidentes ocupacionais envolvendo as equipes de saúde bucal e verificar a influência de crenças, fatores psicossociais e organizacionais na adesão às precauções padrão entre as equipes de saúde bucal alocadas em um município de médio porte do interior do Estado de São Paulo. Para averiguar o número de acidentes, foi realizado um levantamento das notificações envolvendo material biológico, com base na ficha do Sistema de Informação de Agravos de Notificação, entre profissionais da saúde bucal no período de 2007 a 2011. Para explicar a adesão à recomendação de não reencapar agulhas...

‣ A adesão dos enfermeiros na adopção das medidas de precaução padrão quanto ao uso dos equipamentos de protecção individual

Ferreira, Ana Cristina Pereira Cirne Grais
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /10/2011 Português
Relevância na Pesquisa
59.31452%
Sendo o objecto deste estudo “A adesão dos enfermeiros na adopção das medidas de Precaução Padrão quanto ao uso dos Equipamentos de protecção individual”, procurámos saber quais as razões da adesão ou não adesão subjacentes às práticas dos prestadores de cuidados, reveladoras numa primeira instância dos motivos da existência deste projecto. Tratou-se de um estudo descritivo e transversal inserido numa abordagem quantitativa, situado no contexto hospitalar, onde os participantes foram enfermeiros prestadores de cuidados de todos os serviços, que se caracterizaram por ser maioritariamente mulheres, com uma média de idades de 35 anos, com a licenciatura como habilitação literária e a categoria profissional de enfermeiro graduado, com uma média de 15 anos de tempo de exercício profissional. Foi utilizado o Questionário como técnica de colheita de dados, tendo sido elaborado e testado através de pré-teste, e posteriormente aplicado à população referida entre os meses de Junho e Setembro de 2010. Os dados foram submetidos ao programa informático Statistical Package for Social Science (versão 17.0) e a posterior tratamento estatístico e análise. Como principais conclusões destacamos: - A quase totalidade dos enfermeiros (98...

‣ Fatores psicossociais e organizacionais na adesão às precauções-padrão

Brevidelli,Maria Meimei; Cianciarullo,Tamara Iwanow
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
59.3147%
OBJETIVO: Analisar a influência de fatores psicossociais e organizacionais na adesão às precauções-padrão para prevenir a exposição a material biológico em hospital. MÉTODOS: Estudo transversal realizado com 270 profissionais médicos e de enfermagem de um hospital universitário em São Paulo, SP, em 2002. Após seleção por amostragem casual simples, os participantes responderam um questionário sobre variáveis psicossociais na forma de escala de Likert. Foram avaliadas a validade de constructo (análise fatorial) e a confiabilidade (coeficiente alfa de Cronbach). A associação dos fatores psicossociais com a adesão às precauções-padrão foi obtida por meio de análise de regressão logística múltipla, com eliminação retrógrada de variáveis não significativas. RESULTADOS: As escalas mostraram validade e confiabilidade satisfatórias (coeficiente alfa de Cronbach entre 0,67 e 0,82). Fatores individuais relativos ao trabalho e organizacionais explicaram 38,5% do índice global de adesão às precauções-padrão. Esse índice global apresentou associação significativa entre adesão e pertencer ao grupo profissional de médicos, ter recebido treinamento em precauções-padrão no hospital, perceber menos intensamente os obstáculos para seguir as precauções-padrão...

‣ Adesão às precauções-padrão de profissionais de enfermagem de um hospital universitário

Malaguti-Toffano,Silmara Elaine; Santos,Cláudia Benedita dos; Canini,Silvia Rita Marin da Silva; Galvão,Marli Terezinha Gimenes; Brevidelli,Maria Meimei; Gir,Elucir
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 Português
Relevância na Pesquisa
58.35574%
OBJETIVO: Descrever e comparar os escores de adesão às precauções padrão (PP) de profissionais de enfermagem que atuavam nas unidades de internação de um hospital universitário do Estado de São Paulo. MÉTODOS: Trata-se de estudo quantitativo transversal, comparativo, com a aplicação da escala psicométrica de adesão às PP, desenvolvido por Gershon et al. (1995), traduzida e validada por Brevidelli e Cianciarullo (2009), entre primeiro de setembro de 2009 e 31 de março de 2010, com 256 profissionais de enfermagem. RESULTADOS: Evidenciou-se que 152 (59,4%) profissionais apresentaram escores médios altos para a adesão às PP, igual ou acima de 4,5; 98 (38,3%) escores intermediários, entre 3,5 e 4,49 e 6 (2,3%) baixos, ou seja, menor que 3,5. CONCLUSÕES: Não houve diferenças estatisticamente significativas entre os escores e outras variáveis, entretanto, destacou-se a importância do resultado positivo encontrado pela valorização das ações de educação permanente pela instituição.

‣ Clima de segurança organizacional e a adesão às precauções padrão entre dentistas

Ribeiro,Patrícia Helena Vivan; Brevidelli,Maria Meimei; Tipple,Anaclara Ferreira Veiga; Ribeiro,Renata Perfeito; Gir,Elucir
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 Português
Relevância na Pesquisa
58.35574%
OBJETIVO: Verificar a percepção do dentista a respeito do clima de segurança no trabalho em relação à adesão às precauções padrão. MÉTODOS: Trata-se de um estudo quantitativo, transversal realizado através da aplicação da escala de Clima de Segurança a uma população de 224 dentistas que atuavam em unidades de Atenção Básica de Saúde de seis municípios do Paraná. RESULTADOS: O escore total de 3,43 (DP=0,88) revela a baixa percepção dos dentistas a respeito do incentivo e apoio organizacional para adoção das PP. CONCLUSÃO: Clima de segurança insatisfatório, onde a percepção do dentista sobre a segurança de seu ambiente de trabalho é deficiente, evidenciando ações gerenciais de apoio à segurança fragilizadas, falta de um programa de treinamento em saúde ocupacional e deficiência do feedback para favorecer a adoção de práticas seguras.

‣ Uso das precauções-padrão na assistência de enfermagem: um estudo retrospectivo

Aguiar,Daniele Fernandes de; Lima,Aline Bárbara Garcia; Santos,Rita Batista
Fonte: Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2008 Português
Relevância na Pesquisa
58.899194%
Este estudo tem como objetivos analisar as publicações científicas e técnicas sobre os procedimentos de precauções-padrão em periódicos nacionais e internacionais e destacar aspectos importantes dos artigos no que se refere ao papel da enfermeira na prevenção e controle da infecção hospitalar. Constituíram como amostra da pesquisa as fontes secundárias em forma de livros e periódicos, com a finalidade de nos colocar em contato direto com os artigos levantados sobre o uso das precauções-padrão para as infecções hospitalares na assistência de enfermagem, entre 1999 e 2005. Foram encontrados 10 artigos relacionados ao uso de precauções-padrão: 70% foram obtidos em Banco de Teses, 20%, no site Scielo e 10%, na biblioteca de uma universidade pública do Rio de Janeiro, sendo 40% publicados no ano de 2003. Os resultados mostraram que, neste período, apesar de poucas publicações, houve uma contínua renovação do tema, tanto a nível nacional, quanto internacional.

‣ Precauções padrão: conhecimento e prática de acadêmicos de enfermagem e medicina para prevenção e controle de infecção em hospital escola; Standard precautions: knowledge and practice among nursing and medical students for prevention of infection control in a school hospital

Zapata, Mary Rocha Carneiro Garcia
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Enfermagem; Faculdade de Enfermagem - FEN Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Enfermagem; Faculdade de Enfermagem - FEN
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
58.35574%
The adherence; Adesão à Precauções Padrão (PP) é fundamental para a prevenção

‣ Prevenção e Controlo de Infeção na Prática dos Enfermeiros:Contributos da Formação

Castilho, Amélia Filomena de Oliveira Mendes
Fonte: ESENFC Publicador: ESENFC
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 01/09/2010 Português
Relevância na Pesquisa
48.7809%
Nem todas as infecções associadas aos cuidados de saúde são evitáveis, todavia, uma proporção significativa pode ser prevenida se conseguirmos envolver os profissionais de saúde na adopção de boas práticas no contexto da prevenção e controlo de infecção, nomeadamente as precauções padrão. Não obstante, reconhece-se que ainda permanece como um desafio a identificação de mecanismos promotores da adesão dos profissionais às práticas recomendadas, apesar da evidência científica. Considerando a importância da adesão dos enfermeiros às boas práticas em prevenção e controlo de infecção pretendeu-se identificar o estado da arte numa unidade de saúde, que factores a influenciam e em que medida a formação desenvolvida se adequa às necessidades e expectativas dos profissionais. Este estudo qualitativo, desenvolvido sob o método da investigação-acção privilegiou a presença do investigador no contexto. Na colheita de dados recorremos à observação participante, tendo como público-alvo os enfermeiros dos serviços de internamento, e a entrevistas semi-estruturadas dirigidas informantes-chave "práticos" e "peritos". Podemos concluir que a adesão dos enfermeiros às precauções padrão é satisfatória...

‣ Precauções Padrão, Risco Ocupacional e Acidentes de Trabalho

TelessaúdeRS
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Tipo: Vídeo
Português
Relevância na Pesquisa
58.22708%
Apresenta as medidas de precaução padrão a serem utilizadas pelos profissionais de saúde nas suas rotinas de trabalho. Dá ênfase à necessidade de imunização dos profissionais, por meio de vacinas, para reduzir riscos de infecção, e à necessidade de uso de barreiras protetoras, como luvas, máscaras, óculos e gorros, para evitar contato direto com matéria orgânica. Informa ainda sobre condutas a serem adotadas pelos profissionais de saúde após exposição a material biológico.

‣ Factors influencing adherence to standard precautions among nursing professionals in psychiatric hospitals; Factores que influencian la adhesión a las precauciones estándares entre profesionales de enfermería en hospital psiquiátrico; Fatores que influenciam a adesão às precauções-padrão entre profissionais de enfermagem em hospital psiquiátrico

Piai-Morais, Thaís Helena; Orlandi, Fabiana de Souza; Figueiredo, Rosely Moralez de
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/06/2015 Português
Relevância na Pesquisa
48.899194%
OBJETIVO Evaluar y correlacionar los factores individuales, relativos al trabajo y organizativos, que influencian la adhesión a las precauciones estándares entre los profesionales de enfermería de hospital psiquiátrico del interior del Estado de São Paulo. MÉTODO Estudio exploratorio, transversal, llevado a cabo con 35 profesionales de enfermería, utilizándose instrumento de evaluación de la adhesión a las precauciones estándares, mediante escalas del tipo Likert, variando de 1 a 5. RESULTADOS El conocimiento sobre las precauciones obtuvo puntaje elevado (4,69); ya la adhesión (3,86) y los obstáculos (3,78), puntajes intermedios; y las escalas de los factores organizativos, puntajes bajos (2,61). Hubo correlación de fuerte magnitud entre la escala de adhesión y la disponibilidad de equipo de protección individual (r=0,643; p=0,000). La escala de entrenamiento para la prevención de exposición al VIH (p=0,007) fue estadísticamente diferente entre los enfermeros y los auxiliares de enfermería. CONCLUSIÓN Los factores organizativos colaboraron negativamente para la adhesión a las precauciones estándares, señalando que las instituciones psiquiátricas carecen de condiciones laborales seguras, de capacitación permanente y acciones de gestión de control de las infecciones.; OBJECTIVE Evaluate and correlate individual...

‣ ADHERENCE TO STANDARD PRECAUTIONS OF NURSES WORKING IN INTENSIVE CARE AT A UNIVERSITY HOSPITAL; Adhesion a las precauciones estandar de profesionales de enfermeria actuantes enterapia intensiva de un hospital universitario; Adesão às precauções-padrão por profissionais de enfermagem que atuam em terapia intensiva em um hospital universitário

Pereira, Fernanda Maria Vieira; Malaguti-Toffano, Silmara Elaine; Silva, Adriana Maria da; Canini, Silvia Rita Marin da Silva; Gir, Elucir
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/06/2013 Português
Relevância na Pesquisa
59.16057%
This study evaluated individual factors relating to work and the organization, related to adherence to standard precautions for nurses working in intensive care. It was a cross-sectional study conducted in a large hospital with 178 professionals. For data collection, Likert-type psychometric scales were used. In the Adherence Scale to Standard Precautions we obtained a score of 4.45 (SD=0.27), classified as intermediate. There was a correlation when compared with the individual risk factors of the Scale of the Risk Personality (r =- 0.169, p=0.024) and the factors related to working with the barriers of the Scale for following standard precautions (r =- 0.359, p=0.000). Adherence to standard precautions among the nursing professionals was intermediate. Individual factors and factors related to work influenced the adherence to standard precautions.; Este estudio evaluó factores individuales, relativos al trabajo, y organizacionales, relacionados a la adhesión a las precauciones estándar por parte de profesionales de enfermería actuantes en terapia intensiva. Estudio de corte transversal, realizado con 178 profesionales en hospital de gran porte. Datos recolectados utilizando escalas psicométricas del tipo Likert. En la Escala de Adhesión a las Precauciones Estándar se obtuvo un puntaje de 4...

‣ Fatores psicossociais e organizacionais na adesão às precauções-padrão; Factores psicosociales y organizacionales en la adhesión a las precauciones-estándar; Psychosocial and organizational factors relating to adherence to standard precautions

Brevidelli, Maria Meimei; Cianciarullo, Tamara Iwanow
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
59.3147%
OBJETIVO: Analisar a influência de fatores psicossociais e organizacionais na adesão às precauções-padrão para prevenir a exposição a material biológico em hospital. MÉTODOS: Estudo transversal realizado com 270 profissionais médicos e de enfermagem de um hospital universitário em São Paulo, SP, em 2002. Após seleção por amostragem casual simples, os participantes responderam um questionário sobre variáveis psicossociais na forma de escala de Likert. Foram avaliadas a validade de constructo (análise fatorial) e a confiabilidade (coeficiente alfa de Cronbach). A associação dos fatores psicossociais com a adesão às precauções-padrão foi obtida por meio de análise de regressão logística múltipla, com eliminação retrógrada de variáveis não significativas. RESULTADOS: As escalas mostraram validade e confiabilidade satisfatórias (coeficiente alfa de Cronbach entre 0,67 e 0,82). Fatores individuais relativos ao trabalho e organizacionais explicaram 38,5% do índice global de adesão às precauções-padrão. Esse índice global apresentou associação significativa entre adesão e pertencer ao grupo profissional de médicos, ter recebido treinamento em precauções-padrão no hospital, perceber menos intensamente os obstáculos para seguir as precauções-padrão...

‣ Nurses' understanding of standard precautions at a public hospital in Goiania - GO, Brazil; Comprensión sobre precauciones modelo por los enfermeros de un hospital público de Goiania - GO, Brasil; Compreensão sobre precauções padrão pelos enfermeiros de um hospital público de Goiânia - GO

Melo, Dulcelene de Sousa; Souza, Adenícia Custódia Silva e; Tipple, Anaclara Ferreira Veiga; Neves, Zilah Cândida Pereira das; Pereira, Milca Severino
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/10/2006 Português
Relevância na Pesquisa
58.35574%
Standard Precautions (SP) are effective strategies to prevent and control nosocomial infections. This study aimed to verify nurses' understanding about standard precaution measures. Data were collected through interviews, followed by content analysis in accordance with Bardin. Eighty-two nurses took part in this study, 75.6% of whom understand SP as protective measures: for professionals (11.0%); for both professionals and patients (52.4%); for patient care independently of the diagnosis (7.3%); for patients with diagnosed infection (9.8%). Other nurses indicated SP as human care (4.9%) and only as Individual Protection Equipment (IPE) (11.0%). Most participants' understanding points to favorable cognitive adaptation to the daily implementation of SP. However, reductionist and even mistaken perceptions about their range persist, which makes the social function of these measures vulnerable.; Las precauciones modelo constituyen estrategias efectivas para la preservación y el control de las infecciones en los servicios de atención a la salud. La finalidad de esta investigación fue constatar la comprensión de los enfermeros respecto a las medidas de precaución modelo. Los datos fueron obtenidos a través de entrevista, seguida de un análisis de contenido de acuerdo con Bardin. Participaron de este estudio 82 enfermeros y el 75...

‣ Fatores psicossociais e organizacionais na adesão às precauções-padrão

Brevidelli,Maria Meimei; Cianciarullo,Tamara Iwanow
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
59.3147%
OBJETIVO: Analisar a influência de fatores psicossociais e organizacionais na adesão às precauções-padrão para prevenir a exposição a material biológico em hospital. MÉTODOS: Estudo transversal realizado com 270 profissionais médicos e de enfermagem de um hospital universitário em São Paulo, SP, em 2002. Após seleção por amostragem casual simples, os participantes responderam um questionário sobre variáveis psicossociais na forma de escala de Likert. Foram avaliadas a validade de constructo (análise fatorial) e a confiabilidade (coeficiente alfa de Cronbach). A associação dos fatores psicossociais com a adesão às precauções-padrão foi obtida por meio de análise de regressão logística múltipla, com eliminação retrógrada de variáveis não significativas. RESULTADOS: As escalas mostraram validade e confiabilidade satisfatórias (coeficiente alfa de Cronbach entre 0,67 e 0,82). Fatores individuais relativos ao trabalho e organizacionais explicaram 38,5% do índice global de adesão às precauções-padrão. Esse índice global apresentou associação significativa entre adesão e pertencer ao grupo profissional de médicos, ter recebido treinamento em precauções-padrão no hospital, perceber menos intensamente os obstáculos para seguir as precauções-padrão...