Página 1 dos resultados de 45 itens digitais encontrados em 0.000 segundos

‣ Intercâmbio RepositoriUM e ARCA

Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde
Fonte: ICICT Publicador: ICICT
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Português
Relevância na Pesquisa
27.377534%
Discorre sobre a realização de um Seminário de Intercâmbio entre o RepositoriUM, da Universidade do Minho e o ARCA, repositório institucional da Fiocruz. O evento contou com a presença de pesquisadores e profissionais das áreas de informação e gestão do conhecimento, onde foram abordados assuntos relevantes e pertinentes sobre a importância dos repositórios dentro dessas instituições.

‣ RepositóriUM : criação e desenvolvimento do Repositório Institucional da Universidade do Minho

Rodrigues, Eloy; Almeida, Matilde; Miranda, Ângelo; Guimarães, Augusta Xavier; Castro, Daniela
Fonte: Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /05/2004 Português
Relevância na Pesquisa
27.926199%
Nos últimos anos, os repositórios institucionais têm sido alvo de grande atenção por parte de universidades e bibliotecas universitárias. Os repositórios institucionais inserem-se no movimento vulgarmente conhecido por Open Access Initiative, que visa promover o acesso livre e irrestrito à literatura científica e académica, favorecendo o aumento do impacto do trabalho desenvolvido pelos investigadores e instituições, e contribuindo para a reforma do sistema de comunicação científica, reassumindo o controlo académico sobre a publicação, aumentando a competição e reduzindo o monopólio das revistas científicas das editoras comerciais. Neste contexto, os Serviços de Documentação da Universidade do Minho definiram como objectivo estratégico para 2003 a constituição de um Repositório Institucional – o RepositóriUM, com o propósito de armazenar, preservar e divulgar a produção intelectual das diversas comunidades científicas desta Universidade. O presente trabalho descreve a forma como o RepositóriUM foi implementado na plataforma DSpace, as funcionalidades do sistema, a estratégia de divulgação junto das comunidades científicas da Universidade do Minho, o processo de depósito ou auto-“arquivo” dos documentos e a aplicação do esquema de metadados Dublin Core na descrição dos documentos digitais depositados. Conclui-se apresentando os resultados e os ensinamentos obtidos neste primeiro ano do projecto...

‣ RepositóriUM : repositório institucional da Universidade do Minho

Rodrigues, Eloy
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em 20/11/2003 Português
Relevância na Pesquisa
27.377534%
Apresentação efectuada no Salão Nobre da Universidade do Minho, no acto de apresentação pública do RepositoriUM.

‣ RepositóriUM : repositório institucional da Universidade do Minho

Rodrigues, Eloy
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2004 Português
Relevância na Pesquisa
27.717183%
Os Serviços de Documentação da Universidade do Minho definiram como objectivo estratégico para 2003 a constituição de um Repositório Institucional – o RepositóriUM, com o propósito de armazenar, preservar e divulgar a produção intelectual desta Universidade. Os repositórios institucionais inserem-se no movimento de Acesso Livre (Open Access), que visa promover o acesso livre e irrestrito à literatura científica, favorecendo o aumento do impacto do trabalho dos investigadores. Nesta comunicação descreve-se a forma como o RepositóriUM foi implementado na plataforma DSpace, as funcionalidades do sistema, a estratégia de divulgação junto das comunidades científicas da Universidade do Minho e o processo de depósito dos documentos. Conclui-se apresentando os resultados e os ensinamentos deste primeiro ano do projecto, bem como as principais linhas que se irão prosseguir no seu desenvolvimento.

‣ RepositóriUM : implementing DSpace in portuguese : lessons for the future and research pathways

Rodrigues, Eloy; Baptista, Ana Alice; Ramos, Isabel; Sarmento e Souza, M. F.
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2004 Português
Relevância na Pesquisa
27.377534%
In this paper we describe the implementation of the Minho University (UMinho) Institutional Repository (RepositóriUM), Portugal. UMinho translated and has been using the first Portuguese version of DSpace, an Open Source software system developed in a partnership of the Massachusetts Institute of Technology (MIT) and Hewlett-Packard (HP). The five phases established for the implementation plan are pointed out in this work (1. installation, translation, and configuration; 2. upload of thesis and dissertations; 3. establishment of pilot communities; 4. making the repository public, and 5. opening to the overall UMinho community), as well as, the reasons that led to the choice of the six pilot communities of different areas of knowledge (Information Systems; Polymers Engineering; Biological Engineering; Management, and one from the Humanities and another from the Social Sciences areas) to participate in this implementation period. In this paper we wish to share the lessons learnt, and the pathways for research, in particular for cross-cultural research, according to some questions and observations obtained during the first 10 months of experience. With this information as a background, some research pathways have been identified and are starting to be further developed in the context of MSc or PhD research at UMinho.

‣ RepositóriUM: implementação do DSpace em português: lições para o futuro e linhas de investigação.

Rodrigues, Eloy; Baptista, Ana Alice; Ramos, Isabel; Sarmento e Souza, M. F.
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2004 Português
Relevância na Pesquisa
27.377534%
Neste trabalho descrevemos a implementação do Repositório Institucional (RepositóriUM) da Universidade do Minho (UMinho), Portugal. A UMinho traduziu e está a utilizar a primeira versão em língua portuguesa do DSpace, um programa Open Source desenvolvido numa parceria entre o Massachusetts Institute of Technology (MIT) e a Hewlett-Packard (HP). As cinco fases definidas para o plano de implementação são descritas neste trabalho (1. instalação, tradução e configuração; 2. carregamento de teses e dissertações; 3. instituição das comunidades piloto; 4. abertura do repositório ao público, e 5. abertura para toda comunidade da UMinho), bem como as razões que conduziram à escolha das seis comunidades piloto de diferentes áreas do conhecimento para participarem nesse período de implementação (Sistemas de Informações; Engenharia de Polímeros; Engenharia Biológica; Gestão, e uma da área de Ciências Humanas e outra da área de Ciências Sociais). Neste artigo pretendemos compartilhar as lições aprendidas com o processo, e os caminhos de investigação que o projecto abriu, em particular para investigação e comparação de comportamentos de comunidades com diferentes culturas, de acordo com algumas questões e observações surgidas durante os primeiros dez meses de experiência. Tendo estas informações como base...

‣ Development of usage statistics for RepositóriUM

Rodrigues, Eloy; Miranda, Ângelo
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /04/2006 Português
Relevância na Pesquisa
37.926199%
Apresentação efectuada no DSpace User Group Meeting: "Dugnad" among the fjords, Bergen, Norway, 20 - 21 April 2006.; The usage statistics software developed at Minho University, for RepositóriUM, the institutional repository based on DSpace is presented. The system was developed based on the principles and some of the components of the statistics application created and released by ANU. Despite the fact that the development was made to respond to the specific needs of RepositóriUM, the system is completely adjustable to other environments, because their components can be easily configured, changed or extended, to respond to different information needs. The system is composed by 3 main components: Log Processor, Data Model, Web Interface. The first one is responsible for the gathering, real time processing and storing of event logs generated by DSpace. It is composed by different event processors, each one adjusted to a specific event. The second component is the data model stored in a data base management system (DBMS), where the relevant, and properly processed, information is archived. The Web interface is flexible, allowing to configure – according with a base structure –the display of the information in the user interface. The structure of the system is based in the organization of information in two dimensions: type of information (access...

‣ RepositóriUM : the implementation of an Institutional Repository

Ferreira, Miguel; Rodrigues, Eloy
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em 21/02/2007 Português
Relevância na Pesquisa
38.307876%
Apresentação efectuada no Congress About Free Software in Libraries, 2, Jaume Fuster Library, Barcelona, 21 Fevereiro 2007.; Institutional repositories may be defined as information systems capable of storing, preserving and providing access to the intellectual output produced by the members of a given institution. Within the specific context of a university, an institutional repository may contribute to increase its visibility and significance within academia as it concentrates and promotes the results of research activities carried out in the organisation. Additionally, an institutional repository nourishes the ideal of an “institutional memory” by managing and preserving relevant informational items that otherwise would remain scattered, unattended or inaccessible. Closely related to concept of an institutional repository is the Open Access movement. Open Access means free online access to digital scholarly material – primarily peer-reviewed research papers, but extending also to other digital content that authors wish to make freely available to all users online [1]. Institutional repositories are considered the prime vehicle for the promotion and dissemination of such material. The Documentation Services of the University of Minho (SDUM) [2] have embraced the Open Access initiative with incommensurable passion and engaged in the implementation and promotion of its own institutional repository...

‣ Improving usage statistics for RepositóriUM

Rodrigues, Eloy; Miranda, Ângelo; Saraiva, Ricardo
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em 18/10/2007 Português
Relevância na Pesquisa
27.377534%
Apresentação efectuada no DSpace User Group Meeting 2007, Rome, Italy, 17-19 October 2007.

‣ Sharing some lessons learned from the RepositóriUM

Rosa, Flávia; Gomes, Maria João
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
28.17005%
The global movement for Open Access that emerged in the beginning of this century was fundamental to expand the channels of dissemination of scientific production of higher educational institutions. The Institutional Repositories (IR) were one of those channels. The Universidade do Minho, Portugal was the first worldwide community of Portuguese language and one of the first in Europe to translate and implement an IR, the RepositóriUM, in 2003. This study aims to examine the initiatives developed during the implementation phase of RepositóriUM and discuss its possible application in other contexts. It also fits in a broader context associated with the implementation project of the institutional repository of the Universidade Federal da Bahia, Brazil. The methods used to meet the initial step of this study consisted of a documentary survey of normative and bibliographic documents of the RepositóriUM and their content analysis, and analysis of the data collected automatically by the support software. After six years of implementation of the RepositóriUM, the data presented are positive both in terms of growth in the number of archives and communities, and in consultations and downloads translating into an increase visibility for both the institution and for its researchers. From the analysis we also considered that some measures associated with the process of implementation of the RepositóriUM can be successfully adopted by other institutions.; Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Universidade do Minho. Centro de investigação em Educação (CIEd)

‣ Política de acesso livre para a UFBA : partilhando experiências do RepositóriUM

Rosa, Flávia; Gomes, Maria João; Palácios, Marcos
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
27.377534%
O objetivo deste trabalho é analisar a experiência da Universidade do Minho (UM) com a implantação do seu repositório institucional (RI) que serve de base para a implantação do RI da UFBA, em andamento, e de sua política de acesso livre. Para este estudo, procedeu-se a uma análise de diferentes tipos de documentos, entrevista semi-estrutrada e análise de dados referentes ao acesso ao RepositóriUM, registrados automaticamente pelo software de suporte. Quanto a implantação do RI da UFBA, além da verificação de documentos - portarias procedentes da administração central da universidade - utilizou-se o diário de campo onde estão registradas todas as ações. Por fim apresentam-se os aspectos peculiares adotados pelo RI da UFBA e os elementos inspiradores a partir da experiência da UM.; Universidade do Minho. Centro de Investigação em Educação (CIEd); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES-Brasil)

‣ Coordenadores de comunidades de repositórios institucionais : o caso do RepositóriUM

Rosa, Flávia; Gomes, Maria João
Fonte: UFSC Publicador: UFSC
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /11/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.717183%
O Movimento do Acesso Livre – Open Access Movement (OAM) – foi estimulado por dois eventos importantes: a evolução das TIC, processo facilitador da disseminação e acessibilidade à informação, e os elevados custos das publicações científicas impressas, face a contextos de maiores constrangimentos financeiros da instituições de ensino superior e de investigação. Os Repositórios Institucionais (RI) são um dos elementos fundamentais do OAM e encontram-se em processo de expansão. Este texto reporta-se a um estudo focado nos coordenadores de comunidades do repositório institucional da Universidade do Minho tendo por objectivos a identificação do perfil dos coordenadores e a identificação de práticas de estímulo ao depósito ao nível das diferentes comunidades. A metodologia de investigação adoptada consistiu num levantamento (survey) através de um questionário online. Os dados recolhidos apontam para o reconhecimento, por parte dos coordenadores, das vantagens associadas ao depósito em RI, mas identificam também casos de desconhecimento do OAM e de baixo nível de auto-arquivamento por parte de alguns coordenadores de comunidades. São identificadas como principais iniciativas ao nível das políticas de estímulo ao depósito...

‣ O RepositóriUM – repositório institucional da Universidade do Minho : da génese à maturidade

Rodrigues, Eloy
Fonte: EDUFBA Publicador: EDUFBA
Tipo: Parte de Livro
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
27.377534%
Apesar completar apenas sete anos em Novembro de 2010, o RepositóriUM – repositório institucional da Universidade do Minho (UMinho), pode ser considerado como um repositório que já atingiu a maturidade e com uma longa experiência acumulada. Neste capítulo procuraremos descrever com algum detalhe os principais aspectos do processo da sua criação, evolução e consolidação, e apresentar um breve balanço do percurso até agora efectuado.

‣ O RepositóriUM e a política de auto-arquivo da produção científica da Universidade do Minho

Saraiva, Ricardo; Rodrigues, Eloy
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
28.17005%
Poster apresentado na "2.ª Conferência Luso-Brasileira de Acesso Aberto", Rio de Janeiro, Brasil, 24-25 Novembro 2011.; A criação do RepositóriUM – repositório institucional da Universidade do Minho (UMinho), em Novembro de 2003, e a definição, em Novembro de 2004, de uma política institucional de auto-arquivo da produção científica dos seus docentes e investigadores (cf. Despacho RT-56/2004, com efeitos a partir de Janeiro de 2005), tiveram, à luz do seu tempo, um carácter pioneiro, não apenas a nível nacional, mas também internacional, contribuindo para a afirmação e reconhecimento da Universidade do Minho como uma instituição de referência nos domínios do acesso aberto à literatura científica e dos repositórios institucionais. Desde então, o desenvolvimento do RepositóriUM e o crescente nível de utilização que vem registando (mais de seis milhões de downloads desde Janeiro de 2006) têm contribuído sucessivamente para aumentar a visibilidade global da UMinho e o impacto da investigação que nela se desenvolve, como indiciam alguns rankings e estudos já efetuados [1] sobre o número de citações das publicações da UMinho. Tudo isto confirmou que é do interesse da UMinho maximizar a visibilidade...

‣ Uma Década de Acesso Aberto na UMinho e no Mundo

Rodrigues, Eloy; Swan, Alma; Baptista, Ana Alice
Fonte: Universidade do Minho, Serviços de Documentação Publicador: Universidade do Minho, Serviços de Documentação
Tipo: Livro
Publicado em /11/2013 Português
Relevância na Pesquisa
27.926199%
O lançamento do RepositóriUM em 2003 constituiu-se como um projeto pioneiro no domínio dos repositórios institucionais e do movimento do Acesso Aberto ao conhecimento científico. No momento da sua apresentação pública havia decorrido cerca de um ano e meio sobre a disseminação da Declaração de Budapeste (BOAI – que definiu pela primeira vez o Acesso Aberto), precisamente um ano sobre a disponibilização do software em que foi desenvolvido (o DSpace) e apenas um mês sobre a difusão da Declaração de Berlim sobre o Acesso Aberto nas Ciências e Humanidades, que viria a recolher grande adesão nos anos seguintes. Nos dez anos que se seguiram à sua criação, o RepositóriUM consolidou-se como um serviço relevante no contexto da Universidade do Minho, catalisador de desenvolvimentos significativos no panorama nacional e de grande visibilidade e reconhecimento internacional, e simultaneamente o Acesso Aberto conheceu notáveis evoluções em Portugal e no mundo. Este livro, que assinala e celebra o décimo aniversário do RepositóriUM, ilustra estes progressos do Acesso Aberto, em especial através dos repositórios. Reunindo contributos de alguns dos mais ativos protagonistas e impulsionadores dos avanços neste período...

‣ RepositóriUM : 10 anos de Acesso Aberto ao conhecimento

Rodrigues, Eloy; Saraiva, Ricardo
Fonte: Universidade do Minho, Serviços de Documentação Publicador: Universidade do Minho, Serviços de Documentação
Tipo: Parte de Livro
Publicado em /11/2013 Português
Relevância na Pesquisa
28.35652%
O livro completo encontra-se disponível em: http://hdl.handle.net/1822/26144; No presente capítulo apresenta-se uma panorâmica geral da história do RepositóriUM – repositório institucional da Universidade do Minho, desde a sua génese até à atualidade. Na passagem do seu décimo aniversário, em Novembro de 2013, o RepositóriUM pode ser considerado como um repositório que já atingiu a maturidade e com uma longa experiência acumulada. Neste trabalho, que retoma e atualiza outros textos já publicados sobre o RepositóriUM (Rodrigues, 2010), são descritos com algum detalhe os principais aspectos do processo da criação, evolução e consolidação do repositório institucional da Universidade do Minho. A partir dessa descrição, apresenta-se ainda um breve balanço do percurso até agora efectuado, procurando identificar e refletir sobre os fatores críticos que contribuiram para o sucesso do RepositóriUM, e algumas notas conclusivas que também procuram abordar os principais desafios esperados num futuro próximo.; In this chapter we present a general overview of the history of RepositóriUM - institutional repository of the University of Minho, from its origins to the present day. Celebrating its tenth anniversary...

‣ Estudo de usabilidade em repositório digital de acesso aberto: o caso do RepositóriUM; Usability study on digital open access repositories: the case of RepositóriUM

Silva, Rayanne Thaynara Souza e
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
38.247366%
Dissertação de mestrado em Sistemas de Informação; O Movimento de Acesso Aberto surgiu com o intuito de facilitar o acesso aos documentos científicos produzidos no âmbito das universidades e dos institutos de pesquisa. Para isto, foram desenvolvidas duas estratégias de ação: uma que promove a criação de revistas científicas em acesso aberto e outra que propõe a criação de repositórios digitais para a preservação e divulgação da ciência produzida nas instituições de ensino e pesquisa. Visto que estes repositórios visam atender às necessidades dos utilizadores desta comunidade, o presente estudo buscou identificar aspetos de usabilidade que podem melhorar a interação entre os utilizadores e estas plataformas. Nesse sentido, tomou-se como objeto de estudo o Repositório Institucional da Universidade do Minho – RepositóriUM, bem como os utilizadores desta instituição. A partir de uma metodologia de investigação híbrida (empírica e estudo de caso), utilizaram-se dois instrumentos de coleta de dados: questionário e testes de utilização. O primeiro para identificação do perfil dos utilizadores e o grau de dificuldade destes na utilização plena do repositório. O segundo buscou identificar as dificuldades e facilidades dos utilizadores ao simular a execução de tarefas que abrangem as diversas funcionalidades do repositório. Este estudo contribuiu para a sinalização de aspetos positivos do RepositóriUM...

‣ A importância do depósito de publicações através da interoperabilidade com outros sistemas de informação: o caso do RepositóriUM

Saraiva, Ricardo
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2015 Português
Relevância na Pesquisa
38.17005%
Poster apresentado na "6.ª Conferência Luso-Brasileira de Acesso Aberto", São Salvador da Bahia, Brasil, 04-07 Outubro 2015.; Os repositórios de acesso aberto foram concebidos originalmente como uma forma de dar acesso imediato e amplo a trabalhos de investigação resultantes de atividades científicas, mas têm vindo a assumir-se cada vez mais como uma importante componente da infraestrutura global de e-Research. Um potencial dos repositórios reside na possibilidade de interligação e integração com outros sistemas de informação para criar uma rede que pode fornecer um acesso integrado aos resultados de investigação e (re)utilização por máquinas e/ou investigadores. No domínio dos repositórios a interoperabilidade pode ocorrer de diferentes formas. Ao nível do sistema, interoperabilidade ocorre quando os repositórios são configurados de forma a permitir a recolha de dados ou objetos digitais dentro ou fora através de sistemas externos. Neste campo refere-se o protocolo OAI-PMH, que especifica alguns critérios que devem ser cumpridos para permitir que sistemas externos possam aceder e recolher metadados. A interoperabilidade através do protocolo OAI-PMH tornou-se um padrão no universo dos repositórios. Quase todos os repositórios utilizam o OAI-PMH como base para a interoperabilidade e permitir a recolha dos seus metadados. Outros protocolos procuram também tentar aproveitar o potencial da interoperabilidade através da criação de sistemas que são projetados para facilitar a partilha de conteúdos (e não apenas dos registros de metadados) entre os sistemas. Um desses protocolos...

‣ RepositóriUM: criação e desenvolvimento do Repositório Institucional da Universidade do Minho

Rodrigues, Eloy; Serviços de Documentação da Universidade do Minho; Almeida, Matilde; Miranda, Ângelo; Guimarães, Augusta Xavier; Serviços de Documentação da Universidade do Minho; Castro, Daniela
Fonte: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; article Formato: application/pdf
Publicado em 12/05/2004 Português
Relevância na Pesquisa
27.926199%
Nos últimos anos, os repositórios institucionais têm sido alvo de grande atenção por parte de universidades e bibliotecas universitárias. Os repositórios institucionais inserem-se no movimento vulgarmente conhecido por Open Access Initiative, que visa promover o acesso livre e irrestrito à literatura científica e académica, favorecendo o aumento do impacto do trabalho desenvolvido pelos investigadores e instituições, e contribuindo para a reforma do sistema de comunicação científica, reassumindo o controlo académico sobre a publicação, aumentando a competição e reduzindo o monopólio das revistas científicas das editoras comerciais.Neste contexto, os Serviços de Documentação da Universidade do Minho definiram como objectivo estratégico para 2003 a constituição de um Repositório Institucional – o RepositóriUM, com o propósito de armazenar, preservar e divulgar a produção intelectual das diversas comunidades científicas desta Universidade. O presente trabalho descreve a forma como o RepositóriUM foi implementado na plataforma DSpace, as funcionalidades do sistema, a estratégia de divulgação junto das comunidades científicas da Universidade do Minho, o processo de depósito ou auto-“arquivo” dos documentos e a aplicação do esquema de metadados Dublin Core na descrição dos documentos digitais depositados.Conclui-se apresentando os resultados e os ensinamentos obtidos neste primeiro ano do projecto...

‣ Coordenadores de comunidades de repositórios institucionais: o caso do repositórium

Rosa, Flávia Garcia; Universidade Federal da Bahia; Gomes, Maria João; Instituto da Educação da Universidade do Minho - IE-UM
Fonte: Departamento de Ciência da Informação – UFSC Publicador: Departamento de Ciência da Informação – UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 23/11/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.717183%
http://dx.doi.org/10.5007/1518-2924.2010v15nesp2p100O Movimento do Acesso Livre – Open Access Movement (OAM) – foi estimulado por dois eventos importantes: a evolução das TIC, processo facilitador da disseminação e acessibilidade à informação, e os elevados custos das publicações científicas impressas, face a contextos de maiores constrangimentos financeiros da instituições de ensino superior e de investigação. Os Repositórios Institucionais (RI) são um dos elementos fundamentais do OAM e encontram-se em processo de expansão. Este texto reporta-se a um estudo focado nos coordenadores de comunidades do repositório institucional da Universidade do Minho tendo por objectivos a identificação do perfil dos coordenadores e a identificação de práticas de estímulo ao depósito ao nível das diferentes comunidades. A metodologia de investigação adoptada consistiu num levantamento (survey) através de um questionário online. Os dados recolhidos apontam para o reconhecimento, por parte dos coordenadores, das vantagens associadas ao depósito em RI, mas identificam também casos de desconhecimento do OAM e de baixo nível de auto-arquivamento por parte de alguns coordenadores de comunidades. São identificadas como principais iniciativas ao nível das políticas de estímulo ao depósito...