Página 1 dos resultados de 394 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

‣ Avaliação da satisfação dos profissionais e do impacto do seu trabalho em um centro de assistência psiquiátrica; Evaluation of professional satisfaction and the impact of their work in a psychiatric care center

Lossardo, Viviane Vencel dos Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/07/2014 Português
Relevância na Pesquisa
78.453247%
O exercício do trabalho em saúde mental é considerado um potencial causador de estresse e esgotamento para os profissionais, podendo influenciar negativamente a assistência prestada. A Organização Mundial de Saúde (OMS) tem incentivado estudos sobre a satisfação e o impacto do trabalho em profissionais que integram as equipes de saúde mental, a fim de avaliar os serviços oferecidos e consequentemente aprimorar esta assistência. O presente estudo investigou a satisfação e o impacto do trabalho causado em 246 dos 316 trabalhadores do Centro de Atenção Integral à Saúde Santa Rita (CAIS-SR), localizado no interior do estado de São Paulo. Estudo transversal com aplicação de três instrumentos: roteiro de contextualização e escalas IMPACTO-BR e SATIS-BR, em suas formas abreviadas. Os preceitos éticos foram respeitados. Realizou-se análise descritiva dos dados com base na análise estatística inferencial. Os resultados mostraram que a idade média dos participantes é de 44 anos, com predominância do gênero feminino, o qual representa 78,4% dos participantes; 57% dos participantes são casados e a maioria dos profissionais (51%) trabalha na instituição de 11 a 20 anos. A faixa salarial mais frequente era de 1.000 a 1.999 reais...

‣ Absenteísmo de trabalhadores de manufatura associado à qualidade de vida e satisfação no trabalho; Manufacturing workers absenteeism associated with quality of life and job satisfaction

Telma Terezinha Ribeiro da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/05/2014 Português
Relevância na Pesquisa
77.95034%
Introdução: A avaliação do absenteísmo e suas causas nas organizações demonstradas em estudos científicos apontam para um cenário de multicausalidade, envolvendo aspectos sociodemográficos, da qualidade de vida e seus domínios e do comportamento organizacional. Objetivo: Identificar as variáveis sociodemográficas, do comportamento organizacional e da qualidade de vida associadas ao absenteísmo em trabalhadores de empresa que atua na área de manufatura eletrônica. Métodos: Trata-se de estudo epidemiológico transversal de uma população com amostra representativa (n=536) trabalhadores de empresa de manufatura de eletrônicos na região metropolitana de Campinas-SP que ocupavam, em 2011, o cargo de operadores de produção, agrupados conforme o número de faltas nos últimos doze meses. Foram utilizados questionários autoaplicáveis para coleta de dados sociodemográficos, sobre a qualidade de vida e a satisfação no trabalho. As associações entre variáveis foram analisadas por meio do teste qui-quadrado, análise de variância e co-variância. Foram utilizados modelos de regressão logística simples e um modelo múltiplo através do método stepwise de seleção de variáveis. Resultados: Faltar mais dias no trabalho esteve associado ao sexo feminino...

‣ Satisfação no trabalho para farmacêuticos empregados em farmácias comerciais do município de Florianópolis, Santa Catarina - 2001

Borges, Felipe Pasquotto
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: ix,132 f.| il.
Português
Relevância na Pesquisa
68.17784%
Dissertação(mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública; A satisfação no trabalho é um indicador fundamental das condições em que um trabalho é exercido. Ela é um assunto que vem sendo amplamente pesquisado nos campos da sociologia, psicologia e administração de empresas, nos quais encontra inúmeras explicações para os seus determinantes. Com a profissão farmacêutica, cujas ações podem ter reflexos na saúde da população, estudos de satisfação no trabalho são quase inexistentes, considerando o Brasil. Por este motivo, o objetivo principal do presente levantamento foi identificar determinantes da satisfação no trabalho para farmacêuticos. A população pesquisada consistiu de 71 profissionais empregados em estabelecimentos comerciais de Florianópolis, Santa Catarina, os quais estavam oficialmente registrados como farmacêuticos responsáveis técnicos no Conselho Regional de Farmácia do referido estado. Os dados foram coletados através de questionários pré-testados e validados, entregues e recolhidos pessoalmente aos convidados à participação da pesquisa. O instrumento de coleta de dados continha questões sobre dados demográficos...

‣ Monitoramento da satisfação no trabalho em uma empresa financeira

Valle, Ângela da Rocha
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
68.22583%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2007.; O objetivo deste trabalho foi duplo: (1) desenvolver e validar um instrumento de avaliação da satisfação no trabalho e (2) descrever e analisar os índices de satisfação no trabalho em diversos segmentos dos funcionários de uma empresa financeira de economia mista, o Banco do Brasil. A satisfação no trabalho foi definida como a atitude do indivíduo em relação a aspectos gerais do seu trabalho. Pesquisas quantitativas e qualitativas foram realizadas resultando em um instrumento uni/multifatorial sobre satisfação no trabalho e sua versão reduzida (QST e QST-R). Dados obtidos com a aplicação das duas versões do QST em grandes amostras de funcionários do Banco do Brasil foram submetidas a diversas técnicas estatísticas multivariadas: análise fatorial exploratória e confirmatória (via modelagem por equações estruturais), estudos de invariância da estrutura fatorial, regressão múltipla padrão e análises de variância multivariada. Os resultados indicaram que ambas as versões do QST alcançaram índices bastante satisfatórios no que diz respeito à sua estrutura hexafatorial, a sua replicabilidade (estrutura estável tanto para o QST...

‣ Satisfação no trabalho numa cadeia de restaurantes

Silva, Joana Filipa Soares Coelho da
Fonte: Porto : edição de autor Publicador: Porto : edição de autor
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
78.21672%
Resumo da tese: Investigada por várias disciplinas como a sociologia, a psicologia, economia e ciências do trabalho, a satisfação no trabalho tem vindo a ser relacionada com comportamentos do mercado de trabalho, com a produtividade, absentismo e rotatividade dos funcionários. A satisfação no trabalho tem ainda sido considerada uma boa maneira de prever o bem-estar individual. Não existem muitos estudos em Portugal relativamente a este tema e é extremamente difícil encontrar algum relacionado com a restauração. O objectivo deste estudo é avaliar e relacionar a satisfação no trabalho, a rotatividade e as características sócio-demográficas de uma população de empregados de uma cadeia de restaurantes de comida típica portuguesa. De modo a atingir este objectivo utilizamos um questionário sócio-demográfico e uma adaptação para português da Escola de Satisfação Global com o Trabalho desenvolvida por Warr, Cook e Wall. De um modo geral concluímos que os empregados desta empresa estão satisfeitos com o seu trabalho. Concluímos que o grau de satisfação com o superior hierárquico directo, com a oportunidade de utilizar as suas capacidades e com os colegas de trabalho são os itens do questionário de satisfação que se relacionam mais com características sócio-demográficas e do restaurante...

‣ Satisfação no Trabalho dos Manipuladores de Alimentos : Trabalho de Investigação : Job Satisfaction of Food Handlers

Nunes, Heloísa Patrícia Gonçalves
Fonte: Porto : edição de autor Publicador: Porto : edição de autor
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 2 vols.(tese + relatório); 30 cm
Português
Relevância na Pesquisa
78.59019%
Resumo da tese: A satisfação no trabalho é amplamente estudada ao nível da psicologia, da sociologia, da economia e ciências do trabalho. Esta variável além de frequentemente relacionada com o desempenho dos trabalhadores, com o bem-estar físico e psicológico e com a satisfação com a vida em geral, é também associada a diversas fragilidades do sector HoReCa, como a elevada taxa de absentismo e rotatividade dos trabalhadores. O objectivo deste estudo foi avaliar a satisfação no trabalho dos manipuladores de alimentos dos SASUP. Para concretizar este objectivo procedeu-se à caracterização sócio - demográfica e procurou-se identificar relações entre esta, as características do trabalho e a satisfação no trabalho. Utilizou-se um questionário que incluía as características sócio - demográficas e uma escala de satisfação baseada na Overall Job satisfaction. Os manipuladores inquiridos encontravam-se em termos globais satisfeitos com o seu trabalho e com as actividades inerentes a este, apresentando maior insatisfação relativamente ao salário e com as perspectivas de promoção. A idade, o número de anos a trabalhar na área da Restauração e a função operador de caixa são as variáveis sócio - demográficas que apresentam maior influência sobre a satisfação geral. Das características do trabalho...

‣ Satisfação no trabalho temporário: implicações das motivações para aceitar o contrato de trabalho

Duarte, Ana Rita Gonçalves
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
68.16802%
Mestrado em Psicologia Social e das Organizações / Classificação nas categorias definidas pela American Psychological Association (PsycINFO Classification Categories and Codes): 3650 Personnel Attitudes & Job Satisfaction; 3660 Organizational Behavior.; As organizações recorrem cada vez mais a formas de trabalho que permitam flexibilidade na contratação e dispensa de colaboradores; recorrendo, frequentemente, a empresas de trabalho temporário trabalhadores, originando a uma relação jurídica triangular que nem sempre é pacífica: os trabalhadores queixam-se que a empresa de trabalho temporário não tem em conta os seus interesses e que na empresa utilizadora não são tratados da mesma forma que os colaboradores com contratos directos. Este estudo procura analisar as motivações dos trabalhadores para aceitar um contrato temporário e o seu efeito na satisfação com o trabalho, e se o suporte da empresa de trabalho temporário tem um efeito moderador nessa relação. Estudos anteriores mostram que os trabalhadores são motivados por factores como a experiência, preferência, família, incentivos económicos (motivações voluntárias), expectativa de contrato com a empresa utilizadora ou por ser a única alternativa de emprego (motivação involuntária); e que estas motivações têm diferentes efeitos na satisfação no trabalho: as voluntárias estão associadas positivamente à satisfação e as involuntárias negativamente. No presente trabalho recorreu-se a um questionário para recolher dados junto de uma amostra de 94 trabalhadores de uma empresa de trabalho temporário portuguesa...

‣ Satisfação no emprego: o impacto da educação

Almeida, Filipa Marina Alves de
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
98.89883%
Mestrado em Economia da Empresa e da Concorrência/ C51, I20, I24, I29, J24, J28; O presente estudo aborda o mismatch de competências dos indivíduos europeus, no sentido de compreender se a uma educação (des)adequada corresponde uma maior ou menor satisfação no emprego. Complementarmente, é tido como objectivo a aferição dos determinantes da satisfação no emprego, dando especial atenção à variável adequação de competências (sub e sobre-educação). Tendo por base o Fourth European Working Conditions Survey, que incide sobre inúmeras dimensões das condições de trabalho apuradas em 31 países europeus, e utilizando um índice de qualidade no emprego, assente numa abordagem multidimensional e micro-económica que incorpora dimensões objectivas e subjectivas foi estimado um modelo Tobit com o intuito de responder a estas questões. Os resultados do modelo gerado apontam, ao nível das características dos indivíduos, uma menor satisfação no género feminino, explicada através das dimensões aprendizagem, salário, autonomia e perspectivas de carreira. A educação é um aspecto-chave na determinação da satisfação que um indivíduo possa sentir em relação à sua ocupação. Conclui-se que níveis adicionais de educação geram maior satisfação. Inquiridos que tenham frequentado o ensino superior mostram-se mais satisfeitos ao nível das dimensões objectivas...

‣ A satisfação no trabalho percecionada pelo dietista/nutricionista: identidade profissional e organizacional do profissional de nutrição

Gaião, Ana Filipa da Cruz
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
68.17784%
Projeto, Mestrado em Gestão dos Serviços de Saúde/ JEL Classification System: I12, J28, J29; A satisfação no trabalho constitui-se como uma dimensão com dupla influência, uma vez que se repercute tanto nos trabalhadores como no funcionamento das organizações. No caso específico do setor da Saúde, o interesse pela satisfação revela-se preponderante também ao nível do utente. O presente trabalho tem o propósito de contribuir para aperfeiçoar o estudo da satisfação no trabalho de profissionais de Nutrição, nomeadamente percebendo como esta se relaciona com as suas identidades profissional e organizacional e compreendendo de que modo varia consoante a situação profissional. A amostra engloba 118 dietistas e nutricionistas. Para medir a satisfação no trabalho foi usada a versão reduzida do Minnesota Satisfaction Questionnaire. Para medir as identidades profissional e organizacional foi usada a escala desenvolvida por Bergami e Bagozzi (2000) e modificada por Bartel (2001). Os resultados obtidos mostram que os dietistas e nutricionistas se mostram satisfeitos com os diferentes aspetos da sua atividade, com exceção do rendimento auferido, da progressão profissional e da segurança/estabilidade que o emprego fornece. Observa-se a existência de uma relação significativa...

‣ Relação entre satisfação com aspectos psicossociais e saúde dos trabalhadores

Martinez,Maria Carmen; Paraguay,Ana Isabel Bruzzi Bezerra; Latorre,Maria do Rosário Dias de Oliveira
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2004 Português
Relevância na Pesquisa
68.157075%
OBJETIVO: Identificar se satisfação com aspectos psicossociais no trabalho está associada à saúde dos trabalhadores e verificar se essas associações são influenciadas por características sociodemográficas. MÉTODOS: Estudo transversal realizado com 224 empregados de uma empresa de auto-gestão de planos de previdência privada e de saúde na cidade de São Paulo. Foram administrados quatro questionários auto-aplicados referentes a aspectos sociodemográficos, satisfação no trabalho e saúde (física, mental e capacidade para o trabalho. As associações entre variáveis foram analisadas por meio dos testes t-Student, Mann-Whitney, Kruskal-Wallis, coeficiente de correlação de Spearman e da análise de regressão linear múltipla. RESULTADOS: Satisfação no trabalho apareceu associada ao tempo na empresa (p<0,001) e cargo (p=0,003), onde maiores níveis de satisfação foram observados entre os trabalhadores com menor tempo na empresa e aqueles com cargos de direção. A satisfação no trabalho esteve associada às dimensões da saúde mental e à capacidade para o trabalho (vitalidade: p<0,001; aspectos sociais: p=0,055; aspecto emocional: p=0,074; saúde mental: p<0,001 e capacidade para o trabalho: p=0,001). CONCLUSÕES: Satisfação no trabalho está associada à saúde dos trabalhadores nos seus aspectos "saúde mental" e "capacidade para o trabalho"...

‣ Satisfação com o trabalho e impacto causado nos profissionais de serviço de saúde mental

Rebouças,Denise; Legay,Letícia Fortes; Abelha,Lúcia
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2007 Português
Relevância na Pesquisa
78.675312%
OBJETIVO: Analisar o nível de satisfação no emprego e o impacto causado nos profissionais de um serviço de saúde mental e possíveis associações com variáveis sociodemográficas e funcionais. MÉTODOS: Estudo transversal com 321 profissionais de uma instituição de saúde mental de longa permanência, no Rio de Janeiro, RJ, em 2005. Os instrumentos utilizados foram: as escalas de avaliação da Satisfação da Equipe em Serviços de Saúde Mental e a do Impacto do Trabalho em Serviços de Saúde Mental, e um questionário sobre características sociodemográficas e profissionais. Para a análise das associações entre variáveis foram empregados os testes Kruskal-Wallis, Mann-Whitney, qui-quadrado e regressão linear múltipla. RESULTADOS: O escore médio de satisfação foi 3,29±0,64 e o de impacto do trabalho foi 1,77±0,62. Dos profissionais estudados, 61,8% apresentaram nível intermediário de satisfação. Foram observadas associações positivas da satisfação com: ter sido contratado por organização não-governamental, exercer atividades sem contato direto com pacientes, trabalhar em projeto inovador, ter idade mais avançada e nível de escolaridade mais baixo. Os níveis mais elevados de impacto do trabalho foram observados entre servidores públicos...

‣ Satisfação profissional de enfermeiros do Trabalho no Brasil

Chaves,Lilian Doris; Ramos,Laís Helena; Figueiredo,Elisabeth Niglio de
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 Português
Relevância na Pesquisa
68.652363%
OBJETIVO: Conhecer se enfermeiros do Trabalho somam a satisfação ao exercício da sua prática e quais são os fatores que a ela se associam. MÉTODOS: Estudo exploratório de corte transversal abrangendo 130 profissionais de empresas das cinco regiões brasileiras. Foram coletados dados sociodemográficos e foi aplicada a Escala de Satisfação no Trabalho do Occupational Stress Indicator (OSI), em três momentos do período de agosto de 2006 a março de 2007. RESULTADOS: Os cinco aspectos do OSI, associados à satisfação profissional foram: relacionamento com outras pessoas da empresa onde trabalha; conteúdo do trabalho que faz; grau de motivação sentido por seu trabalho; grau de segurança no emprego atual e grau de flexibilidade e liberdade que julga ter no trabalho. CONCLUSÃO: A satisfação profissional apresenta diferenciação significante entre os sexos, remetendo ao fato de que os profissionais possuem percepções diferentes de seu trabalho. Nas enfermeiras, foi evidente a importância e a preocupação com o grau de segurança no emprego. No grupo masculino, predominou a motivação, a participação em decisões importantes, a flexibilidade e liberdade no trabalho.

‣ Satisfação no serviço público: um estudo na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Ceará

Brandão,Isac de Freitas; Lima,Leticia Cesar de; Cabral,Augusto César de Aquino; Santos,Sandra Maria dos; Pessoa,Maria Naiula Monteiro
Fonte: Escola de Administração da UFRGS Publicador: Escola de Administração da UFRGS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2014 Português
Relevância na Pesquisa
68.675312%
A satisfação no trabalho é vista como um aspecto que, quando presente, motiva os empregados, e afeta positivamente a produtividade destes. Nesta perspectiva, o presente estudo buscou identificar os fatores preponderantes para satisfação no trabalho na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE/CE), à luz da teoria bifatorial de Herzberg (1997). Foi realizada uma survey com três grupos distintos de agentes públicos: auditores fiscais do trabalho, servidores administrativos e estagiários. Os dados foram analisados por meio de métodos quantitativos e análise de conteúdo. O questionário continha uma escala de satisfação tipo Likert de cinco pontos, versando sobre o nível de satisfação dos pesquisados, com cinco fatores motivacionais e seis fatores higiênicos, além de duas perguntas abertas sobre outros aspectos relativos à satisfação ou insatisfação dos respondentes com o trabalho. Os resultados revelaram que os fatores motivacionais que predominaram na geração da satisfação nos três grupos investigados foram a realização profissional, as atividades desempenhadas e a responsabilidade atribuída. Entre os fatores higiênicos, os servidores e estagiários do Ministério do Trabalho e Emprego mostraram-se mais satisfeitos...

‣ Satisfação no trabalho da equipe de enfermagem no Brasil; Job satisfaction of nursing staff in Brazil: an integrative review

MELO, Márcia Borges de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Enfermagem; Cuidado em Enfermagem Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Enfermagem; Cuidado em Enfermagem
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
78.230513%
Job satisfaction consists of a feeling of well-being resulting from the interaction of several occupational aspects with the general conditions of life. This is a complex and dynamic process, more and more valued by scholars of organizational behavior, due to the possible influence on the worker health, and therefore, on the results of the services provided. In this context, nursing emerges as a profession that deals with a large number of events that goes beyond the health-disease process, becoming important for the quality of care, a reflection of the main factors of satisfaction and dissatisfaction in the work of this team. Based on this, we focused on the analysis of the scientific publications related to job satisfaction of Brazilian nursing between the years 2000 and 2009. The practice based on the evidences has represented the theoretical method adopted. An integrative literature review in the databases LILACS and MEDLINE BDENF was the focus, totaling 17 publications in the last ten years. The results have revealed 01 literature review, 01 article of level III evidence, 13 of level IV, and 02 of level VI, which were categorized in the following topics: Job Satisfaction, Job Dissatisfaction and correlated factors. As key factors to job satisfaction...

‣ Motivação e satisfação no trabalho dos servidores da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul

Serpa, Camila
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
68.11654%
O objetivo deste trabalho é analisar os fatores que geram motivação e satisfação no trabalho dos funcionários do Setor de Comunicação Social da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, destacando a importância da motivação no bem-estar dos servidores, sendo aspecto essencial na organização para encarar os constantes desafios do dia-a-dia. Possibilitar a organização saber o que impulsiona seu quadro funcional, possibilita a organização, oportunidade de traças estratégias de gestão de pessoas a fim de fornecer uma equipe mais satisfeita e comprometida com os resultados da organização. A motivação é um objeto de estudo de diversos estudiosos, definida como uma força intrínseca ao indivíduo, ficando assim impossível gerar a motivação em outra pessoa. A presente pesquisa abordou uma revisão bibliográfica sobre o tema Motivação e algumas teorias mais conhecidas. Abordou também, Gestão de Pessoas, Satisfação no Trabalho, Motivação no Setor Público incluindo os fatores de motivação e desmotivação e motivar pessoas. Para analisar os fatores que geram motivação e satisfação no trabalho dos servidores, desenvolveu-se um estudo de caso exploratório, pesquisa quantitativa, através da aplicação de um questionário com perguntas fechadas e posteriormente foi realizada uma análise estatística dos dados coletados. Os dados foram analisados por cada pergunta do questionário...

‣ Satisfação com o trabalho e impacto causado nos profissionais de serviço de saúde mental; Job satisfaction and work impact among providers of a mental health service

Rebouças, Denise; Legay, Letícia Fortes; Abelha, Lúcia
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2007 Português
Relevância na Pesquisa
78.675312%
OBJETIVO: Analisar o nível de satisfação no emprego e o impacto causado nos profissionais de um serviço de saúde mental e possíveis associações com variáveis sociodemográficas e funcionais. MÉTODOS: Estudo transversal com 321 profissionais de uma instituição de saúde mental de longa permanência, no Rio de Janeiro, RJ, em 2005. Os instrumentos utilizados foram: as escalas de avaliação da Satisfação da Equipe em Serviços de Saúde Mental e a do Impacto do Trabalho em Serviços de Saúde Mental, e um questionário sobre características sociodemográficas e profissionais. Para a análise das associações entre variáveis foram empregados os testes Kruskal-Wallis, Mann-Whitney, qui-quadrado e regressão linear múltipla. RESULTADOS: O escore médio de satisfação foi 3,29±0,64 e o de impacto do trabalho foi 1,77±0,62. Dos profissionais estudados, 61,8% apresentaram nível intermediário de satisfação. Foram observadas associações positivas da satisfação com: ter sido contratado por organização não-governamental, exercer atividades sem contato direto com pacientes, trabalhar em projeto inovador, ter idade mais avançada e nível de escolaridade mais baixo. Os níveis mais elevados de impacto do trabalho foram observados entre servidores públicos...

‣ Satisfação no trabalho da equipe de enfermagem: revisão integrativa; Satisfacción en el trabajo del equipo de enfermería: revisión integradora; Job satisfaction of nursing staff: integrative review

Melo, Márcia Borges de; Barbosa, Maria Alves; Souza, Paula Regina de
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
78.09407%
A satisfação no trabalho consiste em sentimento de bem-estar. resultante da interação de vários aspectos ocupacionais, podendo influenciar a relação do trabalhador com a organização, clientes e família. Torna-se importante, para a qualidade da assistência de enfermagem, reflexão aprofundada sobre esse tema, e, por isso, objetivou-se neste estudo analisar as evidências científicas referentes à satisfação no trabalho da equipe de enfermagem brasileira. Trata-se de revisão integrativa da literatura nas bases de dados LILACS, MEDLINE, BDENF e Biblioteca Cochrane, totalizando 17 publicações categorizadas em: satisfação no trabalho, insatisfação no trabalho e fatores associados. Conclui-se que a satisfação no trabalho é determinada por rede complexa de fatores, podendo variar conforme o grupo estudado. Pesquisas adicionais, especialmente com níveis de evidências III, em diferentes campos de atuação da enfermagem, abrangendo todo Brasil, são necessárias para subsidiar a implantação de melhorias ocupacionais.; La satisfacción en el trabajo consiste en un sentimiento de bienestar resultante de la interacción de varios aspectos ocupacionales, pudiendo influenciar la relación del trabajador con la organización...

‣ EXPRESSION INDICATORS OF WORK (IN)SATISFACTION BY COORDINATORS NURSES IN AN UNIVERSITY HOSPITAL AREA; EXPRESSÃO DE INDICADORES DE (IN)SATISFAÇÃO NO TRABALHO POR ENFERMEIRAS COORDENADORAS DE ÁREA DE UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO

Gonzales, Rosa Maria Bracini
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em // Português
Relevância na Pesquisa
78.011626%
In this study I am tryng to understand work satisfaction as a basic element in determining the nurses quality of life. This way, I do a brief review of literature about quality of life, nursing and works satisfaction. Completing the study, I report an interview that quotidian was made with the nurse coordinators at University Hospital in Santa Maria, where some situations show evidence of job satisfaction and others of job insatisfaction. An analysis of the information, allows me to state that the nurses need to think carefully not only about quality of their clients lives, but also to reflect about quality of their own lives, considering that we can’t give what we don’t have.; Neste estudo busco compreender a satisfação no trabalho como um elemento fundamental na determinação da qualidade de vida das enfermeiras. Neste sentido faço uma breve revisão de literatura sobre qualidade de vida, cotidiano da enfermagem e a satisfação no trabalho. Complementando o estudo, relato o resultado de uma entrevista efetuada com as enfermeiras coordenadoras de área do Hospital Universitário de Santa Maria, onde são evidenciadas algumas situações que são motivo de satisfação e outras de insatisfação no trabalho. A análise dos dados permite dizer que as enfermeiras precisam repensar não apenas a qualidade de vida dos seus clientes mas...

‣ Satisfação com o trabalho e impacto causado nos profissionais de serviço de saúde mental

Rebouças,Denise; Legay,Letícia Fortes; Abelha,Lúcia
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2007 Português
Relevância na Pesquisa
78.675312%
OBJETIVO: Analisar o nível de satisfação no emprego e o impacto causado nos profissionais de um serviço de saúde mental e possíveis associações com variáveis sociodemográficas e funcionais. MÉTODOS: Estudo transversal com 321 profissionais de uma instituição de saúde mental de longa permanência, no Rio de Janeiro, RJ, em 2005. Os instrumentos utilizados foram: as escalas de avaliação da Satisfação da Equipe em Serviços de Saúde Mental e a do Impacto do Trabalho em Serviços de Saúde Mental, e um questionário sobre características sociodemográficas e profissionais. Para a análise das associações entre variáveis foram empregados os testes Kruskal-Wallis, Mann-Whitney, qui-quadrado e regressão linear múltipla. RESULTADOS: O escore médio de satisfação foi 3,29±0,64 e o de impacto do trabalho foi 1,77±0,62. Dos profissionais estudados, 61,8% apresentaram nível intermediário de satisfação. Foram observadas associações positivas da satisfação com: ter sido contratado por organização não-governamental, exercer atividades sem contato direto com pacientes, trabalhar em projeto inovador, ter idade mais avançada e nível de escolaridade mais baixo. Os níveis mais elevados de impacto do trabalho foram observados entre servidores públicos...

‣ Relação entre satisfação com aspectos psicossociais e saúde dos trabalhadores

Martinez,Maria Carmen; Paraguay,Ana Isabel Bruzzi Bezerra; Latorre,Maria do Rosário Dias de Oliveira
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2004 Português
Relevância na Pesquisa
68.157075%
OBJETIVO: Identificar se satisfação com aspectos psicossociais no trabalho está associada à saúde dos trabalhadores e verificar se essas associações são influenciadas por características sociodemográficas. MÉTODOS: Estudo transversal realizado com 224 empregados de uma empresa de auto-gestão de planos de previdência privada e de saúde na cidade de São Paulo. Foram administrados quatro questionários auto-aplicados referentes a aspectos sociodemográficos, satisfação no trabalho e saúde (física, mental e capacidade para o trabalho. As associações entre variáveis foram analisadas por meio dos testes t-Student, Mann-Whitney, Kruskal-Wallis, coeficiente de correlação de Spearman e da análise de regressão linear múltipla. RESULTADOS: Satisfação no trabalho apareceu associada ao tempo na empresa (p<0,001) e cargo (p=0,003), onde maiores níveis de satisfação foram observados entre os trabalhadores com menor tempo na empresa e aqueles com cargos de direção. A satisfação no trabalho esteve associada às dimensões da saúde mental e à capacidade para o trabalho (vitalidade: p<0,001; aspectos sociais: p=0,055; aspecto emocional: p=0,074; saúde mental: p<0,001 e capacidade para o trabalho: p=0,001). CONCLUSÕES: Satisfação no trabalho está associada à saúde dos trabalhadores nos seus aspectos "saúde mental" e "capacidade para o trabalho"...