Página 1 dos resultados de 744 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

‣ Rendimento e cor de selênio e seus compostos na coloração de vidros sodo-cálcicos.; Income and color of selenium and its compounds in the soda-lime-silica glasses coloration.

Felisberto, Camila Benini
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/11/2006 Português
Relevância na Pesquisa
37.65699%
Vidros comerciais de base silicato do tipo sodo-cálcico, apresentam coloração pela presença de óxidos de metais de transição, tais como ferro e cobalto, ou pela presença de elementos não-metálicos, tais como o selênio. Geralmente, a presença de selênio metálico (Se°) num vidro silicato confere-lhe a cor rosa (depende de seu estado de oxidação). Desse modo, industrialmente, adiciona-se selênio à composição de vidros quando se deseja produzir vidros róseos ou, mais freqüentemente, quando se deseja mascarar a cor esverdeada conferida pela presença de ferro, o principal contaminante das matérias-primas naturais. Entretanto, o selênio é encontrado em pequenas quantidades na natureza, daí seu alto custo. Além disso, da quantidade inicial de selênio colocada na composição de vidros industriais sodo-cálcicos, quase 80% são vaporizados durante a etapa de fusão do vidro. Este trabalho é dedicado ao estudo do efeito da adição de diferentes compostos portadores de selênio como matéria-prima em substituição ao selênio metálico, visando a redução da volatilização de selênio durante a fusão. Além do selênio metálico, foram utilizados selenitos de sódio, de bário, de zinco e de ferro. Os vidros foram obtidos por fusões em escala de laboratório...

‣ Avaliação dos níveis sanguíneos do hormônio tireoidiano ativo (T3) e do estado nutricional relativo ao selênio de mulheres residentes em área de exposição ao mercúrio; Assessment of thyroid hormone (T3) levels and selenium status of women living in mercury exposure area

Bortoli, Maritsa Carla de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/02/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.578843%
Este trabalho teve por objetivo avaliar, em seres humanos, se a exposição ao mercúrio acarreta alterações no estado nutricional relativo ao selênio que possam interferir na ativação do hormônio tireoidiano T3. Estas alterações poderiam ocorrer pela redução da disponibilidade do selênio, uma vez que este mineral é considerado um fator protetor contra a intoxicação pelo mercúrio, realizando ligações com o metal e desta forma, inibindo sua absorção; e portanto, a conversão do hormônio tiroidiano T4 em T3 poderia ser prejudicada, tendo em vista que é dependente de selenoproteínas. Alguns estudos têm avaliado a relação entre mercúrio e selênio na população brasileira, no entanto, não têm observado qual o efeito desta interação nos hormônios tiroidianos. A importância deste estudo está em detectar se existem estas alterações, e se elas forem observadas, sugerir formas de melhorar o estado nutricional relativo ao selênio, para minimizar a contaminação por mercúrio e os problemas acarretados pela redução dos níveis circulantes do hormônio tiroidiano ativo. Nesta pesquisa foram formados três grupos, um em Cubatão, um em Novo Airão na região amazônica e, como grupo controle, um em São Paulo. Foi observado que os grupos de Cubatão e São Paulo não se encontram em risco de intoxicação por mercúrio. Já o grupo formado em Novo Airão apresentou teores altos do metal. A ingestão de selênio em todos os grupos apresentou índices de inadequação de consumo acima dos 30%...

‣ Síntese e avaliação de compostos de selênio(IV) e telúrio(IV) como inibidores de cisteíno e treonino proteases; Synthesis and evaluation of selenium(IV) and tellurium(IV) compounds as cysteine and threonine proteases inhibitors

Piovan, Leandro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/07/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.65699%
Neste trabalho está descrito a síntese e avaliação biológica de uma série de compostos de selênio(IV) e telúrio(IV). Esta série foi planejada para que diferentes fatores estruturais pudessem ser avaliados e as possíveis relações entre a estrutura e atividade biológica dos compostos pudessem ser determinadas. Para tanto, selênio, telúrio, cloro e bromo foram diferentemente combinados em um esqueleto carbônico simples, contendo ou não um centro assimétrico. Os compostos de interesse foram sintetizados empregando metodologias quimio-enzimáticas, quando necessário, e reações clássicas da química do selênio e telúrio, levando aos compostos de interesse em poucas etapas e com bons rendimentos. No caso dos ensaios biológicos, parâmetros como potência relativa, constante de inibição de segunda-ordem, mecanismo de inibição, CI50 e viabilidade celular foram determinados dentro das possibilidades experimentais envolvendo cada enzima. As possíveis combinações deram origem a 12 compostos que foram avaliados como inibidores de cisteíno catepsinas B, K, V e S onde a potência relativa dos mesmos pode ser determinada. Para as cisteíno catepsinas V e S, as constantes de inibição de segunda-ordem foram determinadas e ficou evidenciado que a combinação entre telúrio e bromo leva aos compostos mais potentes para estas proteases...

‣ Selênio em carne bovina in natura: avaliação de acordo com a procedência e os tipos de corte; Selenium in beef in nature: assessement accoording to the origin and types of cuts

Pimentel, José Alexandre Coêlho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/08/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.609543%
Nos últimos anos o selênio tem sido objeto de muitas pesquisas envolvendo tanto aspectos nutricionais quanto funcionais relacionados à saúde humana, Entretanto, dados de composição de alimentos em relação a este nutriente são escassos, devido principalmente às dificuldades de analises, que depende de técnicas analíticas e de equipamentos sofisticados e pela dificuldade em rastrear a origem dos alimentos, considerando que este elemento é dependente das concentrações do mesmo nos solos. O estudo foi realizado com quarenta e oito bois macho, provenientes de pasto da raça Nelore e distribuídos em dois grupos de animais, Grupo I fazenda Arrastão no município Taboado /MS e Grupo II Fazenda Rancho Queimado José Bonifácio /SP. Desses 24 animais de cada estado, foram selecionados os seguintes cortes de carne para determinação da concentração de selênio: coxão mole, coxão duro, músculo, patinho e alcatra. A concentração de selênio foi determinada por meio da técnica de espectrometria de absorção atômica por geração de hidretos acoplada à cela de quartzo. Os resultados em base úmida (in natura) encontrados nos seguintes tipos de cortes de carne em São Paulo foram: coxão mole 1,86 µgSe/100g, coxão duro 1...

‣ Efeito do selênio orgânico nas características do sêmen in natura e refrigerado de cachaços; Effect of organic selenium on raw and stored semen characteristics in boars

Martins, Simone Maria Massami Kitamura
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.69195%
O selênio exerce função marcante na qualidade do sêmen, atuando no desenvolvimento da peça intermediária, no desenvolvimento das células de Sertoli, e, como componente das selenoproteínas, principalmente a glutationa peroxidase. O selênio é utilizado comumente nas dietas animais como selenito de sódio (inorgânica) e as fontes orgânicas têm revelado diferenciada biodiponibilidade, sendo importantes para aumentar o aproveitamento pelos animais e reduzir o impacto ambiental. Assim, o experimento averiguou os efeitos do selênio orgânico nas características seminais no sêmen in natura e refrigerado a 18ºC por três dias. Foram utilizados 12 cachaços divididos em três tratamentos: CONTROLE dieta formulada utilizando fonte inorgânica (0,30 ppm de selenito de sódio, n=4), INORGÂNICO dieta formulada utilizando fonte inorgânica (0,50 ppm de selenito de sódio, n=4) e ORGÂNICO - dieta formulada utilizando fonte orgânica (0,50 ppm de selênio- Sel-PlexTM, Alltech, Inc., n=4). As análises do sêmen consistiram da avaliação computadorizada da motilidade (CASA), e análises por citometria de fluxo da integridade das membranas plasmática e acrossomal, potencial de membrana mitocondrial, peroxidação lipídica...

‣ Estudo do efeito de compostos de selênio em vidros soda-cal-sílica.; Study of the effect of selenium compounds in soda-lime-silica glasses.

Cavalcante, Renata Andrade Kobayashi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/06/2013 Português
Relevância na Pesquisa
37.6757%
O selênio é utilizado como elemento colorante ou descolorante na indústria vidreira. Sua característica altamente volátil durante a fusão do vidro, com perdas de até 80%, tem sido uma questão discutida já há muito tempo. Assim, alternativas têm sido buscadas na tentativa de aumentar o rendimento do selênio. Utilizar o princípio da microencapsulação do selênio através da obtenção de vidros pelo método sol-gel apresenta-se como uma possibilidade para novos estudos. O método sol-gel permite obter vidros de alta pureza utilizando recursos mais simples que em uma fusão convencional. Este trabalho apresenta um estudo do rendimento do selênio em duas composições de vidros sodo-cálcicos. Para tanto, foram utilizadas diferentes fontes de selênio (Se0, ZnSeO3, Na2SeO3). Uma proposta desta pesquisa foi obter uma nova fonte de selênio através da síntese de um material rico em sílica pelo método sol-gel, o qual contenha selênio em sua formulação. Este material é utilizado como uma alternativa de inserção de selênio visando o aumento de seu rendimento durante a fusão, considerando-se o princípio da microencapsulação. As amostras vítreas contendo selênio apresentaram coloração rosa. Os resultados de análise química mostram que a incorporação de selênio foi maior para as amostras com maior concentração de álcalis. Uma das amostras contendo um dos materiais sintetizados pelo método sol-gel apresentou a menor perda de selênio (34%) dentre todas...

‣ Polimorfismo Pro198Leu no gene que codifica para a glutationa peroxidase 1 e sua relação com o estado nutricional relativo ao selênio de uma população adulta residente no município de Fortaleza, Ceará; Pro198Leu polymorphism at glutathione peroxidase 1 gene and its relationship to the nutritional status of selenium in an adult population of Fortaleza, Ceará, Brazil

Santos, Larissa Bezerra
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/11/2013 Português
Relevância na Pesquisa
37.578843%
O selênio (Se), mineral traço essencial para o ser humano, exerce sua função no organismo por meio de sua participação nas selenoproteínas, dentre as quais destacam-se as glutationas peroxidase (GPx), importantes no sistema de defesa antioxidante. São conhecidas sete isoformas da GPx, sendo a GPx 1 (citosólica) a mais abundante. Como a atividade dessa enzima encontra-se fortemente correlacionada com a concentração sanguínea de Se, este parâmetro é normalmente utilizado como indicador do balanço metabólico do mineral. A concentração de Se nos alimentos depende do local onde foram cultivados e reflete diretamente o teor do mineral no solo, sendo os alimentos da região Norte e Nordeste mais ricos nesse nutriente quando comparados às demais regiões brasileiras. O consumo inadequado de Se provoca uma diminuição da atividade dessa enzima, o que por sua vez pode afetar a proteção antioxidante. Além disso, estudos vêm mostrando que o polimorfismo Pro198Leu no gene da GPx1 também pode diminuir a atividade da GPx. O presente estudo se propôs a verificar a relação entre esse polimorfismo e o estado nutricional relativo ao selênio de uma população adulta residente no município de Fortaleza/Ceará. A população do estudo foi constituída por 176 indivíduos (79 homens e 97 mulheres)...

‣ Avaliação do estado nutricional relativo ao zinco e ao selênio de pacientes com síndrome de Turner em diferentes fases de desenvolvimento; Assessment of nutritional status on the zinc and selenium of patients with Turner syndrome in different stages of development

Pires, Liliane Viana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.635212%
Estudos relacionando a síndrome de Turner com o estado nutricional relativo aos micronutrientes, em especial o zinco e selênio, são praticamente inexistentes. Portanto, o presente estudo teve como objetivo avaliar o estado nutricional relativo ao zinco e ao selênio dessa população, considerando as diferentes fases de vida. A avaliação antropométrica das crianças mostrou que 55,6% estavam eutróficas e 44,4% com sobrepeso, de acordo com o índice de peso/estatura. As adolescentes foram classificadas segundo o percentil de IMC ajustado para a idade, onde 73,7% estavam eutróficas e 26,3% com sobrepeso. Em relação ao grupo das adultas, 42,9% estavam com sobrepeso e 14,3% com obesidade, considerando o IMC (kg/(m)2). A avaliação do consumo alimentar foi realizada por meio do software Nutwin, mostrando que a ingestão de zinco dietético de 35,7% das participantes do estudo estava abaixo da EAR. Em relação à ingestão de selênio, observou-se que 100% das pacientes consumiram quantidades deste mineral acima da EAR. Na avaliação da concentração de zinco plasmático foi demonstrado que 22,2%, 68,4% e 14,3% das crianças, adolescentes e adultas estavam deficientes em zinco. A concentração de zinco eritrocitário apresentou-se deficiente em 66...

‣ Efeito inibitório de formas orgânicas e inorgânicas de selênio sobre a atividade da enzima delta-aminolevulinato desidratase de fígado e brânquias de peixe - Jundiá (Ramdia quelen) e de fígado de rato (Rattus novergicus) "in vitro"

Böettcher, Alfério Clarisney
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.635212%
A enzima estudada no presente trabalho é delta-aminulevulinato dehidratase (δ-ALA D), uma enzima sufidrílica, cuja atividade pode ser inibida por uma variedade de agentes bloqueadores de grupos tiólicos . A reação catalisada pela δ-ALA D (formação do composto monopirrólico porfobilinogênio) faz parte da rota de síntese de compostos tetrapirrólicos como o grupamento heme, consequentemente a inibição desta enzima implica em alterações patológicas decorrentes da inibição da rota de biossíntese do heme e ainda resultar no acúmulo do substrato ALA, o qual pode ter atividade pró oxidante por estar envolvido na produção de espécies ativas de oxigênio. Avaliou-se a susceptibilidade da δ-ALA D de fígado de peixe e rato frente a inibição por selênio orgânico e inorgânico. Os resultados demostraram claramente que a enzima δ-ALA D de peixes e mamíferos é susceptível a inibição “in vitro” por compostos orgânicos e inorgânicos de selênio. A análise comparativa demostrou que a enzima δ-ALA D de peixes é mais resistente a inibição por selênio em relação a de mamíferos. Todavia não foi possível esclarecer as causas deste diferente comportamento. Os resultados demostraram que o sistema de hidroxilação previamente descrito em ratos que acelera cataliticamente a oxidação de DTT na presença de disselenetos também ocorre em tecidos de peixe. Neste sistema estão envolvidos fatores enzimaticos...

‣ Efeito da suplementação com diferentes níveis de selênio orgânico e inorgânico na produção e na composição do leite e no sangue de vacas em lactação; Effects of different sources and levels of selenium supplementation on milk yield and composition and selenium blood concentration in lactating cows

Viero, Vitório; Fischer, Vivian; Machado, Sandro Charopen; Zanela, Maira Balbinotti; Ribeiro, Maria Edi R.; Barbosa, Rosângela Silveira; Stumpf Junior, Waldyr; Cobuci, Jaime Araújo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.6757%
Avaliaram-se o efeito da suplementação de selênio, na dieta ofertada aos animais, sobre a concentração do mineral no sangue e no leite e as alterações nas características físico-químicas, contagem de células somáticas (CCS) e produção de leite. O experimento durou 63 dias, dos quais os primeiros 21 foram préexperimental. Foram utilizadas 32 vacas em lactação da raça Jersey, as quais apresentavam, ao início, peso corporal de 402,5+58,4kg, escore de condição corporal de 3,19+0,31, produção de leite de 10,4+2,1kg e número de dias em lactação de 141,4+69,3. Os tratamentos foram: sem suplementação (grupo-controle); com suplementação de selênio inorgânico 0,3 (dieta-padrão + 0,3mg selenito de sódio/kg de concentrado – SI0,3); com suplementação com selênio orgânico 0,3 (dieta-padrão + 0,3mg seleniometionina/kg de concentrado – SO0,3) e com suplementação de selênio orgânico 0,6 (dieta-padrão + 0,6mg seleniometionina/kg de concentrado – SO0,6). As quantidades totais de selênio das dietas foram, respectivamente, 2,38; 4,18; 4,18 e 5,98mg/dia para os tratamentos controle, SI0,3, SO0,3 e SO0,6. O delineamento experimental foi o completamente ao acaso. O número de dias em lactação e os valores obtidos no início do experimento foram usados como covariáveis. Foram realizadas avaliações da produção de leite...

‣ Atividade do micronutriente selênio na cinética de proliferação celular, citotoxicidade, indução de apoptose e expressão dos genes CASP9, BCL-XL e APC em células HT29

Mauro, Mariana de Oliveira
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 82 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
37.65699%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciências Biológicas (Biologia Celular e Molecular) - IBRC; Cânceres intestinais são correlacionados com a dieta. Assim, a determinação e compreensão das interações nutriente-genoma é importante. O presente trabalho avaliou a ação do selênio oligoelemento na citotoxicidade de proliferação celular, e na indução de apoptose in situ e na expressão dos genes CASP9, BCL-XL e APC em células de adenocarcinoma intestinal (HT29). Células HT29 foram cultivadas e tratadas com selênio nas concentrações de 5, 50 e 500 ng/mL, com ou sem o agente indutor de danos doxorrubicina. Essas células foram então avaliadas por meio do ensaio de citotoxicidade (MTT), proliferação celular e na indução de apoptose in situ. Para avaliar a expressão gênica, apenas as células tratadas com 500 ng/mL de selênio foram utilizadas. O RNA foi extraído a partir dessas células, e as expressões de CASP9, BCL-XL e APC foram analisadas pelo método de RTPCR. O gene GAPDH foi utilizado como gene de referência. O MTT mostrou que o selênio não foi tóxico em qualquer uma das concentrações testadas. O ensaio de proliferação celular mostrou que o selênio não interfere com a proliferação celular nas três concentrações testadas. Em contraste...

‣ Pre-concentração e determinação de selenio por espectrometria de absorção atomica com geração de hidreto em um sistema de analise por injeção em fluxo

Nivia Maria Melo Coelho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/12/1995 Português
Relevância na Pesquisa
37.6757%
Neste trabalho foi desenvolvido um método rápido e eficiente para a pré-concentração e determinação de selênio utilizando a técnica de Análise por lnjeção em Fluxo (F.I.A.) e Geração de Hidreto mediante detecção por Espectrometria de Absorção Atômica (E.A.A.) em amostras de interesse ambiental clínico e metalúrgico. A configuração F.I.A. utilizada foi a de zonas coalescentes, onde a amostra e o agente redutor (NaBH4) foram introduzidos, simultaneamente, em linhas contendo HCI e água, respectivamente. O hidreto de selênio gerado foi separado da fase líquida num reator-separador gás-líquido, usando N2 como gás de arraste, sendo transportado ao atomizador eletrotérmico. As melhores condições determinadas, experimentalmente, foram com uma bobina de mistura de 20 cm, volume de injeção de amostra e NaBH4 de 100 mL, HCl 1,0 mol/L e NaBH4 0,4%(m/v), temperatura de atomização de 700°C, vazão dos carregadores e do gás de arraste, 1,5 mL/min e 150 mL/min, respectivamente. O estudo de interferentes na fase líquida mostrou que os íons Fe(III), Co(II), Ni(II), Ag(I), Cr(III), Cu(II). Cd(II) e Zr(IV) provocaram uma alteração maior do que 10% no sinal de absorbância devido ao selênio. Para minimizar este efeito foi usado uma mini-coluna contendo 50 mg de resina de troca catiônica (Dowex 50W-X8) em linha. Quanto a interferência na fase gasosa...

‣ o selénio e a sua suplementação em diversas patologias : monografia : selenium and its supplementation in diversity of pathologies

Fernandes, Ivo Maciel Pereira
Fonte: Porto : edição de autor Publicador: Porto : edição de autor
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 2 vols.(tese + relatório); 30 cm
Português
Relevância na Pesquisa
37.635212%
Resumo da tese: O selénio é um mineral que entra na cadeia alimentar através dos vegetais e está distribuído pelos seres vivos sob diversas formas químicas, as quais constituem dois grandes grupos: o selénio orgânico e inorgânico. Os compostos dos dois grupos têm diferentes eficácias na suplementação, sendo a forma orgânica (selenometionina) a mais eficaz comparativamente com as formas inorgânicas (selenito e selenato). Nos tecidos humanos apenas se encontram a selenocisteína e a selenometionina. Ambos incorporam proteínas dos tecidos, mas só a selenocisteína é que activa as enzimas dependentes do selénio, como a glutationa peroxidase, a tioredoxina reductase, a iodotironina deiodinase, ou as selenoproteínas P e W. A selenometionina precisa de sofrer transformação para adquirir função fisiológica. A suplementação prolongada de selénio em pessoas saudáveis aumenta o risco da diabetes mellitus 2, mas se o indivíduo já for diabético, principalmente mal controlado, a suplementação previne ou atrasa algumas das complicações da doença. Na infertilidade masculina, em particular nos homens que têm baixos níveis de selénio no plasma seminal, a suplementação pode beneficiar a motilidade dos espermatozóides...

‣ Estado nutricional e ingestão de selênio em crianças com fenilcetonúria em Minas Gerais, Brasil

Alves,Michelle R. A.; Starling,Ana L. P.; Kanufre,Viviane C.; Soares,Rosângelis D. L.; Norton,Rocksane de C.; Aguiar,Marcos J. B.; Januario,José N.
Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria Publicador: Sociedade Brasileira de Pediatria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.6757%
OBJETIVO: Avaliar a ingestão alimentar e o estado nutricional em selênio em pacientes com fenilcetonúria. MÉTODOS: Foram avaliados prospectivamente 54 crianças com fenilcetonúria, entre 4 e 10 anos de idade. O estudo foi realizado antes e após o uso de mistura de aminoácidos complementada com selênio. A segunda fase do estudo foi realizada com, no mínimo, 90 dias de utilização da mistura complementada. O estado nutricional em selênio foi avaliado por meio da análise de parâmetros bioquímicos: dosagens séricas de selênio e tiroxina livre e dosagem de glutationa peroxidase no eritrócito. A ingestão alimentar de selênio foi avaliada por aplicação de Questionário de Frequência Alimentar Quantitativo. RESULTADOS: A idade média das crianças foi de 7,0±1,8 anos, e 35,2% eram do sexo feminino. O tempo médio de complementação de selênio, em fórmula especial, foi de 122,2±25,1 dias. A mistura de aminoácidos complementada com o mineral representou 72,9% da oferta diária de selênio. Após a complementação, as concentrações médias de selênio sérico e de glutationa peroxidase no eritrócito apresentaram aumento significativo (p < 0,05). A ingestão média diária de selênio aumentou significativamente (p < 0...

‣ Determinação de ultratraços de selênio em urina por geração de hidretos e espectrometria de absorção atômica em fluxo

Coelho,N. M. M.; Baccan,N.
Fonte: Fundação Editora da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP Publicador: Fundação Editora da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2004 Português
Relevância na Pesquisa
37.609543%
A determinação de selênio utilizando a geração de hidretos acoplada às técnicas atômicas vêm sendo utilizada com sucesso em amostras de urina. Devido a necessidade de se dispor de um método analítico capaz de determinar pequenas quantidades de selênio; é proposto o sistema de fluxo, por zonas coalescentes, utilizando a técnica de geração de hidretos, seguida da detecção por espectrometria de absorção atômica para a determinação de selênio em amostras de urina. O limite de detecção obtido é 0,3 ng mL-1, correspondendo a 30 pg de selênio e a freqüência analítica de 140 determinações por hora. A precisão (d.p.r.) do método foi de 2,0% para 1,0 ng mL-1. A quantidade de reagente (0,5 mg de NaBH4 para cada determinação) e de resíduo químico gerado no laboratório (170 mL h-1) é mínima. A aplicação do método proposto para análises de amostras de urina evidenciou a presença média de 4,0 ng mL-1 de selênio para pacientes que não ingeriram nenhum medicamento contendo selênio. Para pacientes que ingeriram uma dose única de medicamento contendo selênio, o teor encontrado nas amostras de urina analisadas variaram de 5,0 a 16,0 ng mL-1. Estudos de recuperação mostraram valores de 90,0% e 103...

‣ Efeito da suplementação com castanha-do-brasil (Bertholletia excelsa H.B. K) como fonte de selênio sobre os marcadores de estresse oxidativo, citocinas inflamatórias e sua relação com o polimorfismo Pro198Leu no gene da glutationa peroxidase 1 em pacientes com artrite reumatoide; Effect of Brazil-nut supplementation (Bertholletia excelsa HBK) as a source of selenium on markers of oxidative stress, inflammatory cytokines and their relationship with the polymorphism Pro198Leu of glutathione peroxidase-1 gene in patients with rheumatoid arthritis

Callou, Kátia Rau de Almeida
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/04/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.609543%
A artrite reumatoide (AR) é uma doença inflamatória crônica, caracterizada por inflamação das articulações e se manifesta por inchaço e incapacidade funcional das mesmas. A patologia da doença envolve a produção excessiva de radicais livres pelos neutrófilos ativados, podendo induzir à peroxidação lipídica nas membranas celulares o que leva ao aumento da inflamação. Nesse sentido, o selênio (principal fonte é a castanha-do-brasil) é um importante fator por diminuir a atividade dos hidroperóxidos por meio da ação da enzima antioxidante glutationa peroxidase (GPx). No entanto, estudos que avaliem a associação do estado nutricional relativo ao selênio em pacientes com AR com os biomarcadores do estresse oxidativo e de inflamação são escassos na literatura. Desse modo, a avaliação do efeito potencial in vivo da suplementação com castanha-do-brasil, como fonte de selênio, sobre os parâmetros descritos anteriormente e sua relação com o polimorfismo Pro198Leu no gene da GPx1, em pacientes com artrite reumatoide (AR), vêm a suprir essa lacuna. Inicialmente foi realizada a caracterização da castanha-do-brasil quanto à composição de macronutrientes e teor de selênio. O estudo em pacientes com artrite reumatoide foi de natureza longitudinal. Foram avaliados 46 pacientes com AR...

‣ Status de selênio de uma população residente em área de risco de contaminação por mercúrio. Influência de polimorfismos e ação sobre o estresse oxidativo; Selenium status of a population living in a mercury contamination risk area. Influence of polymorphisms and action on oxidative stress

Rocha, Ariana Vieira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/02/2015 Português
Relevância na Pesquisa
37.65699%
Estudos apontam que a região Amazônica apresenta concentrações significativas de selênio nos solos e que, por isso, a população não estaria susceptível à deficiência desse mineral. Em contrapartida, a região também apresenta dados de concentrações elevadas de mercúrio nos solos e rios, entretanto, a população não apresenta sinais clínicos evidentes de contaminação. Acredita-se que o selênio, um mineral antioxidante, possa ser um possível colaborador para a aparente tolerância ao mercúrio, pois uma das ações desse mineral é a de destoxificar o organismo contra metais tóxicos. Dependendo das concentrações no organismo, o mercúrio pode potencializar a geração das espécies reativas de oxigênio e, dessa forma, as defesas antioxidantes intrínsecas das células podem ser prejudicadas, resultando na condição conhecida por estresse oxidativo. A contaminação por mercúrio pode, ainda, comprometer a saúde tanto das mulheres quanto das crianças, pois esse metal, na forma de metilmercúrio, pode atravessar a barreira placentária e se concentrar, principalmente, no cérebro do feto. Aliado a isso, a presença de polimorfismos em certos genes podem alterar a expressão de enzimas antioxidantes como a glutationa peroxidase 1...

‣ Recuperação de selenio a partir de oxido de ferro resultante de procesamento de pirita

Marcelo Hemkemeier
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/11/1994 Português
Relevância na Pesquisa
37.6757%
A extração de selênio a nível mundial se dá basicamente de Iodos anódicos de refinarias de cobre e rei eitos industriais de ácido sulfúrico, já que, na maioria dos casos, selênio não é encontrado em depósitos independentes, mas sim, como impurezas de outros metais e minerais. 0 selênio é encontrado nos lodos de óxido de ferro ria forma elementar (Se0), ou como seleneto (Se-2), sendo que esta última forma reage com o hidrogênio formando compostos voláteis e muito tóxicos. Sua utilização é intensa nas áreas de elétrica, eletrônica, cerâmica, xerografia, alimentos e química. Foi determinada a cinética de extração de selênio, usando como solubilisador o cianeto de potássio. Para tanto variou-se concentração inicial de selênio no óxido de ferro (0,148; 0,113; 0, 056%) , temperatura (25, 40, 60, 80ºC) e tempo de reação (5, 15, 30, 50, 30, 120 min). Foi utilizado um excesso de 1100% de cianeto em relação à quantidade de selênio presente na amostra de óxido de ferro. O lodo de oxido de ferro estudado foi obtido de uma fábrica que processa pirita (FeS2). O método para extrair selênio do óxido de ferro para análise com espectrofotometria de absorção atômica consistiu de uma digestão básica com cianeto de potássio por três horas a 80ºC. Uma digestão com ácido fluorídrico também foi feita...

‣ Selenio en los pacientes críticos con Respuesta Inflamatoria Sistémica

Manzanares Castro,W.
Fonte: Nutrición Hospitalaria Publicador: Nutrición Hospitalaria
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/06/2007 Português
Relevância na Pesquisa
37.6757%
El Selenio es un micronutriente esencial para el hombre. Los estados de Respuesta Inflamatoria Sistémica (RIS) y Disfunción Orgánica Múltiple (DOM) tales como la sepsis severa, el trauma grave, la pancreatitis severa y quemaduras críticas se caracterizan por la existencia de estrés oxidativo. En este contexto, la depleción del estado nutricional de Selenio es una característica distintiva; la misma se traduce por una reducción de los niveles séricos de Selenio y de las diferentes selenoenzimas, en especial la Glutatión Peroxidasa y la Selenoproteína P. Estas selenoproteínas antioxidantes cumplen un rol protectivo frente a la lipoperoxidación de las membranas celulares participando además en el proceso de regulación de la respuesta inflamatoria. Ha sido demostrada la existencia de una correlación directa entre el grado de depleción de Selenio y la severidad de la enfermedad crítica. En los últimos años, numerosos estudios clínicos han investigado los efectos de la suplementación de Selenio en pacientes críticos con RIS -DOM. Esta estrategia terapéutica sería capaz de mejorar los resultados optimizando el pronóstico de la enfermedad crítica. En tal sentido, algunos pequeños estudios clínicos han demostrado una disminución del número de complicaciones infecciosas y de la estadía hospitalaria en los grupos de pacientes críticos suplementados con Selenio. Sin embargo...

‣ Suplementación con selenio en el paciente crítico: aspectos farmacológicos y evidencia actual

Manzanares,W.; Hardy,G.
Fonte: Nutrición Hospitalaria Publicador: Nutrición Hospitalaria
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/08/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.6757%
Los antioxidantes y en particular el selenio parenteral parecen vincularse con una reducción significativa de la mortalidad en los pacientes críticos con Síndrome de Respuesta Inflamatoria Sistémica (SRIS). Actualmente, el selenio parenteral es considerado la piedra angular dentro de la estrategia de tratamiento antioxidante en los pacientes críticos. En los últimos años, diferentes estudios clínicos han evaluado el impacto clínico del uso de selenio intravenoso (selenito) aportado como monoterapia o asociado a otros micronutrientes antioxidantes ("cócteles antioxidantes"). Sin embargo, los resultados de estos estudios no han sido concluyentes. En la actualidad existe una mejor comprensión sobre la farmacocinética y farmacodinamia del selenio intravenoso, siendo reconocido el efecto pro-oxidante del bolo intravenoso inicial así como el efecto antioxidante de la infusión continua. Sin embargo, la dosis óptima y el tiempo de suplementación de selenio no han sido aun definidos planteándose la existencia de una posible sinergia entre selenio y glutamina parenteral. Esta revisión analiza la evidencia actual sobre la suplementación de selenio en pacientes críticos con SRIS. El uso de altas dosis de selenio por vía parenteral (bolo inicial e infusión continua) parece ser una estrategia segura y efectiva en optimizar los niveles séricos de selenio y la actividad de ciertas selenoenzimas antioxidantes tales como la Glutatión Peroxidasa y la Selenoproteína P. Sin embargo...